Alimentos ajudam a controlar as taxas de glicose no sangue

O diabetes é considerado uma das principais Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs) e pode desencadear outras enfermidades como doenças cardiovasculares, renais, problemas na retina (retinopatia diabética), que podem ocasionar catarata e glaucoma.

Em abril de 2016, a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou um relatório global sobre a incidência de diabetes. Segundo a entidade, entre 1980 e 2014, a quantidade de diabéticos quadruplicou, atingindo 422 milhões de pessoas, sobretudo, em países em desenvolvimento. Esse aumento é acompanhado pelo crescimento da incidência da obesidade e sobrepeso na população.

Já a Pesquisa Vigitel 2016, divulgada pelo Ministério da Saúde, aponta que a quantidade de brasileiros diabéticos aumentou 61,8% entre 2006 e 2016, sendo a maior incidência entre pessoas acima de 65 anos, que representa 27,2%.

O diabetes tipo I ocorre quando o pâncreas não produz insulina em quantidade suficiente, e pode surgir em qualquer idade, sendo mais comum em crianças, adolescentes e adultos jovens. Já o diabetes tipo II, comum em adultos com mais de 40 anos, ocorre, sobretudo, por causa de maus hábitos alimentares associados ao sedentarismo. Por isso, a melhor forma de se prevenir o diabetes é alinhar a prática de atividades físicas com a alimentação saudável.

diabetes-alimentacao

Muita gente pensa que o açúcar está presente apenas em alimentos e bebidas adocicadas, por isso evitam o consumo desse tipo de produto, mas se esquece de se policiar ao ingerir outros tipos de alimentos, como massas, que são fontes de carboidratos, que por sua vez se transformam em glicose no processo digestivo.

A nutricionista da Grings Alimentos Saudáveis, Marília Zielinski, dá algumas dicas simples de reeducação alimentar para ter refeições mais nutritivas e saudáveis, e que podem ser adotadas tanto por quem deseja controlar ou reduzir os índices glicêmicos. Confira abaixo:

Prefira açúcares menos processados e mais naturais, como o açúcar de coco, que dentre todos os tipos, tem menor índice glicêmico e é uma opção para os diabéticos. O mascavo e o demerara também são mais nutritivos do que o refinado, contudo, não são tão indicados para quem deseja controlar a quantidade de glicose no sangue.

demerara

Opte pelas farinhas integrais em detrimento da farinha branca, pois concentram maior quantidade de fibras, dão mais saciedade, contribuem para o funcionamento do intestino, além de preservarem vitaminas e minerais antioxidantes. As prateleiras dos supermercados já trazem opções como a já tradicional de trigo, fonte rica de proteína, ferro, magnésio, zinco, fósforo, manganês, selênio, vitaminas E e do complexo B. Outra opção para quem quer investir nos integrais, é a farinha de sorgo, rica em fósforo, manganês e selênio.

pao-integral-bellanapoli
Foto: Bella Napoli

Prefira as massas integrais, pois são fontes de fibras, mas ainda devem ser ingeridas com moderação por conter carboidratos.

pasta e pane integrale

Dê preferência ao arroz integral para as refeições diárias. Essa simples troca proporciona inúmeros benefícios, principalmente com relação ao controle das taxas de açúcar no sangue e redução da gordura abdominal. Quanto mais fibras ingeridas, menor é a quantidade de glicose e lipídios absorvidos pelo organismo. Algumas marcas agregam um mix de grãos, como linhaça, gergelim, quinoa etc, deixando a refeição ainda mais saudável e nutritiva.

arroz integral Jules -Stonesoup
Foto: Jules -Stonesoup

Inserir grãos integrais na alimentação diária como chia, linhaça, quinoa, amaranto, sorgo, aveia, entre outros, contribui para aumentar a saciedade e o consumo de fibras, e também diminui a ingestão e absorção de carboidratos nas refeições, além de conter vitaminas e minerais que contribuem para um bom funcionamento do metabolismo do açúcar no organismo.

frutas com chia
Frutas com sementes de chia – Foto: Milza/Morguefile

Fonte: Grings Alimentos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s