Arquivo mensal: outubro 2017

Cinco lojas online com cupons de desconto para Cabelos Cacheados

Dicas de onde “garimpar” produtos para cabelos cacheados com os famosos códigos promocionais da internet

Os cabelos cacheados são o hit da vez. É cada vez mais comum ver homens e mulheres desfilando seus cachos pelas ruas da cidade, nas passarelas e editoriais de moda. Mas, só quem tem sabe o trabalho e o quanto custa cuidar dos fios.

Para manter os cabelos saudáveis, com aspecto bonito e os cachos definidos, é importante investir em produtos específicos para cabelos cacheados ou crespos. No entanto, em meio a tanta variedade de produtos, todos estes cuidados podem acabar saindo mais caro do que o planejado no fim do mês.

Para ajudar os adeptas do estilo a economizarem com os cuidados capilares, o Cuponomia, portal que reúne cupons de desconto e ofertas para compras online, oferece códigos promocionais exclusivos de até 20% de desconto nos produtos. Além dos descontos, é possível conseguir até ampola de tratamento grátis, aplicando os cupons. Confira onde encontrar e aproveite.

Natura
No e-commerce da Natura é possível encontrar diversas opções de máscara de hidratação e produtos para reconstrução dos fios, com desconto de 10% para quem utilizar o cupom.

The Beauty Box
A The Beauty Box oferece uma linha de produtos especiais com cremes, shampoos e condicionadores para cabelos cacheados. Na compra de qualquer produto para os cabelos você ganha uma ampola de tratamento, aplicando o cupom.

mulher cabelo cachos

Época Cosméticos

A Época Cosméticos também oferece cupom com 20% de desconto, para compras acima de R$49,00. Além de máscaras de tratamento é possível encontrar uma variedade de produtos específicos para cabelos cacheados, como hidratantes, cremes de pentear e finalizador.

iCabelos
Para economizar em produtos da Lola Cosmetics e Salon Line para cabelos crespos e cacheados, a iCabelos oferece cupom de 12% de desconto.

Ikesaki
Na Ikesaki online é possível encontrar linhas de shampoos e condicionadores para cuidar dos cachos de crianças e adultos, além de opções de finalizadores Leave in, com cupom de 5% de desconto.

Para obter os descontos, o usuário precisa copiar o código do cupom de desconto, disponível no site do Cuponomia  e inserir no campo indicado na finalização do pedido na loja.

Anúncios

Avon lança Documentário Repense o Elogio

Repense o Elogio mostra como o tratamento diferenciado dado a meninos e meninas impacta a autoestima e reforça as barreiras de gênero 

Meninas ouvem que são lindas, fofas, delicadas. Meninos que são fortes, espertos, corajosos. Mas de que forma estes adjetivos com os quais os adultos elogiam suas crianças reforçam estereótipos de gênero e limitam as oportunidades de meninas e meninos?

Para trazer essa reflexão sobre a maneira como a sociedade elogia suas crianças e estimular pais, educadores e adultos em geral a ampliarem seu vocabulário de elogios direcionados às meninas para além da aparência física, a Avon – empresa que há 130 anos está ao lado das mulheres – lança o documentário Repense o Elogio.

Anthony_REPENSE

Dirigido por Estela Renner – cineasta aclamada por outras produções relacionadas a temáticas da infância, entre elas a premiada O Começo da Vida e Muito Além do Peso, o filme de 46 minutos envereda por vários temas correlacionados, da construção da autoestima das crianças às formas diferenciadas como, de maneira geral, a sociedade cria meninos e meninas.

“É importante aprofundarmos a discussão sobre a desigualdade de gêneros na infância se queremos que a igualdade venha na maior velocidade possível”, opina David Legher, presidente da Avon. “Este documentário é a nossa contribuição para que mais pessoas parem para refletir sobre a forma como todos nós, inconscientemente, limitamos as possibilidades da mulher ao elogiarmos nossas meninas na maior parte das vezes por seus atributos físicos, desde muito cedo”.

Melissa_e_Matteo_REPENSE

Disponível gratuitamente – clique aqui –  o documentário é parte de um projeto global da Avon que começa pelo Brasil. Como ponto de partida, foi conduzida uma pesquisa online em várias regiões do país para checar quais adjetivos eram os mais lembrados na hora de elogiar cada um dos sexos. Quase 80% das palavras utilizadas pelos adultos para elogiar meninas estão relacionadas a aparência, como linda, bonita, princesa.  Já para os meninos, 70% referem-se a habilidades, como esperto, inteligente, corajoso.

“Inconscientemente, a maioria dos adultos elogia meninos e meninas de forma diferente e, apesar de parecer inofensivo, os elogios têm um poder enorme de estabelecer normas e condicionar quem os está recebendo. Se por um lado os elogios nos motivam, por outro eles também nos limitam e é por isso que essa campanha é tão importante: porque nos mostra como cada um de nós, por meio de ações simples, acaba ajudando a perpetuar estereótipos ou romper barreiras”, explica Gabriela Tebet, pedagoga e pesquisadora de temas ligados à infância. “Não há qualquer problema em chamar uma menina de linda, mas esse não pode e nem deve ser sua única qualidade. É preciso, portanto, ampliar o repertório de elogios e lembrar que meninas e também meninos são lindos, inteligentes e muito mais que apenas isso”.

Lys_e_Theo_REPENSE

“Na Avon, acreditamos que todas as garotas são lindas, mas também acreditamos que elas são muito mais do que isso. Por esse motivo, criamos esse projeto que visa incentivar a sociedade e os pais a refletirem sobre o impacto dos elogios na educação e autoestima das meninas desde a mais tenra idade. Afinal, o que dizemos para as meninas hoje influencia quem elas serão amanhã”, afirma Danielle Bibas, vice-presidente global de marcas, comunicação e conteúdo da Avon.

O documentário dá voz a vários adultos e a ainda mais crianças e adolescentes – entre elas, algumas bem conhecidas e porta-vozes dessa geração, como a cantora MC Soffia e as youtubers Carol Santina e Natália Correa. Foram entrevistadas mais de 80 pessoas nas cidades de São Paulo, Curitiba, Piracicaba, Santos e Recife em uma produção que durou 10 meses.

Soffia_REPENSE
MC Soffia

“Iniciamos o projeto para falar dos elogios e da importância que eles têm na infância, mas rapidamente concluímos que estávamos falando de algo muito mais complexo, pois o elogio é só mais um traço de uma cultura que reforça estereótipos”, conta Estela Renner. “Espero que assim como eu, outros pais e mães ganhem ferramentas para poderem refletir melhor sobre isso após assistirem ao documentário, e nós esperamos que essa onda se espalhe muito”, conclui.

Para contribuir com essa propagação, a Avon conta com o apoio da sua rede de revendedoras autônomas, que envolve mais de 1,6 milhão de mulheres em todo o país, do Instituto Avon, e da ONU Mulheres, organização global que tem como objetivo promover a igualdade de gênero e os direitos humanos e assegurar as condições adequadas para que mulheres de todas as idades e etnias terem seus direitos e oportunidades assegurado.

#repenseoelogio final_alterado2

“A sociedade reforça e perpetua a cultura de desigualdade de gênero também por meio da linguagem e da educação”, explica Nadine Gasman, Representante da ONU Mulheres no Brasil. “Projetos como este, que trazem o debate e propõem uma mudança nesses paradigmas, são fundamentais para que o processo para a igualdade de gênero seja acelerado e mulheres tenham mais oportunidades”.

 

Torta Nega Maluca é o destaque de outubro da Bella Gula

No mês das crianças a maior rede de tortaria e café do Sul do Brasil destaca uma das tortas mais pedidas por elas: a tradicional Nega Maluca

Outubro é conhecido como “Mês das Crianças” e é em homenagem a elas que a Bella Gula, destaca uma das tortas favorita da criançada, a tradicional Nega Maluca.

Muitas lembranças costumam estar associadas a cheiro e sabor, por isso a produção é feita de maneira 100% artesanal, é uma deliciosa combinação de pão de ló de chocolate e brigadeiro, coberta com mais brigadeiro e chocolate granulado. A sugestão sai por R$ 99,90 (torta inteira) e R$ 12,90 (fatia).

torta nega maluca

Bella Gula é a maior rede de tortaria e café da Região Sul do Brasil. Atualmente a empresa gaúcha conta com 26 lojas no Rio Grande do Sul e outras seis unidades espalhadas por três estados – Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

Informações: Bella Gula

Jin Jin lança novos pratos em seu Festival do Yakisoba

Campanha trará pratos especiais para conquistar o paladar do brasileiro

Jin Jin anuncia mais uma edição de seu Festival do Yakisoba. Essa ação acontece até o dia 29 de outubro e trará como destaque para os clientes três novos sabores no cardápio: Yakisoba Lombo Tropical, Yakissoba Fish e Yakisoba Shimeji com Vagem.

yakisoba

A ação tem por objetivo valorizar um dos pratos mais pedidos pelo brasileiro com a oportunidade de inovar dentro da gastronomia oriental. O Yakisoba é o principal prato e o grande diferencial da rede que criou os novos sabores a partir de um desenvolvimento interno dos chefs buscando conquistar o paladar com a qualidade dos ingredientes para agradar seus clientes.

No Festival, a rede presenteia os clientes com cinco modelos de bowls (tigelas) colecionáveis exclusivos. Para ganhar um dos bowls do festival, o consumidor precisa saborear uma refeição acima de 350g ou um prato a la carte, acompanhado de uma bebida e escolher um bowl de sua preferência. É possível também comprar um exemplar da coleção separadamente.

jinjin120917_clip_image002

As lojas participantes e o regulamento completo podem ser conferidos no site. 

 

Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita terá testagem gratuita

Objetivo da data é reforçar a importância do diagnóstico e do tratamento adequados da sífilis congênita no pré-natal e da sífilis em ambos os sexos como IST; domingo é dia de testagem gratuita na esquina da Augusta com Peixoto Gomide

Neste sábado (21) será celebrado o Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita. A data é definida pela Lei federal 13.430/2017 para o terceiro sábado de outubro. Assim, o mês de outubro também ganha uma cor especial: além do já famoso “Outubro Rosa”, de prevenção ao câncer de mama, com a nova lei, temos agora o “Outubro Verde”.

O objetivo da campanha é reforçar a importância do diagnóstico e do tratamento adequados da sífilis congênita no pré-natal e da sífilis em ambos os sexos como infecção sexualmente transmissível.

Sífilis congênita é o nome que se dá quando a criança é infectada pela mãe com sífilis não tratada, o que também se chama de transmissão vertical. Essa transmissão pode acontecer em qualquer fase da gestação se a mãe não fizer um pré-natal adequado.

Entre 2014 e 2015, o número de casos de sífilis congênita cresceu cerca de 20% no Brasil, ao passar de 16.205 ocorrências para 19.305, segundo o boletim epidemiológico de sífilis do Ministério da Saúde. Até a metade do ano passado, 9.240 casos foram notificados.

Uma infecção, portanto, que atinge milhares de brasileiros, mas que muitos ainda a desconhecem; como consequência, não sabem preveni-la. “Por isso é tão importante a gestante ser acompanhada pela equipe de profissionais da UBS mais perto da casa dela, explica Valdir Monteiro Pinto, médico e consultor técnico do Programa Municipal de DST/AIDS (PM DST/AIDS), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo.

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível (IST) adquirida por meio do sexo sem camisinha, seja vaginal, anal ou até mesmo oral. Além da congênita, há mais dois tipos de notificação: em gestantes e adquirida – para os demais casos). “A infecção é dividida em quatro fases: primária, secundária, latente – quando não há sintomas – e a terciária. Cada uma possui características diferentes e tratamentos específicos”, esclarece Monteiro Pinto. “Sífilis tem cura, porém não causa imunidade. Portanto, a pessoa pode se infectar novamente se tiver novas relações sexuais desprotegidas”, enfatiza.

logo-sifilis-2016

Testagem rápida de sífilis e HIV no domingo

A unidade móvel do Programa Municipal de DST/AIDS (PM DST/AIDS), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo, estará mais uma vez na esquina das ruas Augusta e Peixoto Gomide, no centro da cidade, neste próximo domingo (22). Serão oferecidos testes rápidos e gratuitos de sífilis e HIV, das 14h às 18h*.

“A ideia é aproveitar o horário que as pessoas estão passeando pelo local no domingo à tarde e também aqueles que começam a chegar para curtir as festas que acontecem na região no início da noite”, diz Robinson Fernandes de Camargo, coordenador do PM DST/AIDS em exercício.

Este será o quarto final de semana seguido de testagem no endereço. Até domingo passado, mais de 170 pessoas haviam sido atendidas e quase 345 exames, realizados.

Para fazer os testes rápidos de HIV e sífilis, basta chegar ao local e fazer um cadastro básico. O próximo passo é a coleta de uma gota de sangue e então aguardar 20 minutos pelo resultado. A resposta é dada por um profissional da saúde em uma sala isolada.

Na unidade móvel há também displays para a retirada gratuita de preservativos masculinos e femininos e gel lubrificante. A equipe do programa também faz orientação sobre as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs)/AIDS.

camisinhas

Prevenção

Para prevenir a sífilis, basta usar o preservativo durante as relações sexuais. É possível retirar camisinhas gratuitas em qualquer unidade de saúde e também nos terminais municipais de ônibus de São Paulo. Se for gestante, o pré-natal deve começar o quanto antes.

Os testes para identificar a infecção podem ser feitos na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais perto de casa ou em qualquer uma das 26 unidades da Rede Municipal Especializada (RME) em ISTs/AIDS da cidade. Os endereços da RME estão disponíveis aqui.

No final do mês passado, o PM DST/AIDS lançou um aplicativo voltado para os profissionais de saúde com o objetivo de prevenir a transmissão vertical (TV) da sífilis e também do HIV e das hepatites virais. É o “TVSP” que traz todos os protocolos clínicos e terapêuticos de uma forma simples, didática e bem visual. A tecnologia auxilia as equipes que atendem em UBSs e em maternidades a tomarem decisões desde o pré-natal ao puerpério (período pós-parto).

Além do aplicativo, a equipe do programa municipal realiza capacitações contínuas com os profissionais da rede municipal de saúde sobre os métodos de prevenção à TV das infecções e também as diretrizes para o tratamento correto.

O PM DST/AIDS ainda faz parte de diversos comitês municipais junto à Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa), outro órgão da SMS. Esses comitês investigam, por exemplo, as causas das mortes decorrentes da AIDS e os motivos da ocorrência da transmissão vertical. O objetivo é verificar cada passo, corrigir os erros e aperfeiçoar os métodos para prevenir novos casos.

Serviço:
Testagem Rápida e Gratuita de HIV e Sífilis
Local: Rua Augusta x Rua Peixoto Gomide, dentro do estacionamento da farmácia
Horário: 14h às 18h

Hoje é o Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita

Instituído em março deste ano pela Lei No 13.430, o primeiro Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita será celebrado em 21 de outubro próximo. A proposta surgiu com o grupo do Setor de DST da Universidade Federal Fluminense e da Sociedade Brasileira de Doenças Sexualmente Transmissíveis (SBDST), com sede na Associação Médica Fluminense, em Niterói (RJ), em função do alarmante aumento da doença por toda a população brasileira.

Sífilis é uma doença infecciosa transmitida pela bactéria Treponema pallidum por meio do sexo desprotegido ou transfusão sanguínea. Os maiores sintomas ocorrem nas duas primeiras fases, período em que é mais contagiosa. Ela se inicia com feridas nos genitais (externo e interno) e outras áreas do corpo como boca e ânus, que podem desaparecer espontaneamente, por isso dá a falsa impressão de cura.

A lesão inicial geralmente é única, indolor, limpa de bordas duras (cancro duro) e acompanhada de íngua na virilha. Algumas semanas depois surgem manchas na pele (abdome, tronco, palmas das mãos e plantas dos pés). Se não tratada, a infecção pode causar lesões no cérebro, no coração e nos ossos futuramente.

“Conhecida como ‘o camaleão da medicina’, a sífilis é uma doença que engana muito a gente. Se você abrir a página de um livro de clínica médica verá que ela entra em diversos diagnósticos: queda de cabelo, queda de sobrancelha, unha deformada, problema mental de neurossífilis, manchas no corpo, hepatite, pancreatite, aneurisma de aorta e doença cardiovascular entre muitos outros. O resultado positivo para sífilis não é necessariamente igual a ter a doença, porque se a pessoa já teve e tratou, pode haver uma cicatriz sorológica, o que possibilita que o exame dê positivo. Ao mesmo tempo, se a pessoa está no primeiro estágio da doença, no início, o exame pode dar negativo”, explica Mauro Romero, presidente da SBDST.

Em 2015, o número de indivíduos notificados com sífilis adquirida foi de 65.878, além de 33.365 gestantes com a doença no mesmo período no país. Os casos de sífilis congênita, transmitidas de mãe para filho, chegaram a 19.228, dos quais 687 resultaram em abortos e 661 em natimortos, sem contar os 221 óbitos pós-nascimento, um total que ultrapassa inclusive o número de mortes provocadas pelo zika vírus.

Aumento

Assessor do Programa Estadual e Municipal de DST/Aids de São Paulo, o obstetra e ginecologista Valdir Monteiro Pinto chama a atenção para os dados do Ministério da Saúde, que indicam que a sífilis adquirida vem crescendo em todas as faixas etárias no Brasil. De 2010 a 2015, os casos notificados subiram de 1.249 para 65.878, ou seja, 52 vezes. Os maiores aumentos ocorreram entre os jovens de 13 a 19 anos (61 vezes), seguido de pessoas entre 20 e 29 anos (59 vezes) e acima de 50 anos (55 vezes).

“As mulheres se encontram em situação de maior vulnerabilidade para aquisição das ISTs (infecções sexualmente transmissíveis) em geral e da sífilis em particular, principalmente pela dificuldade de negociação para o uso de preservativo em razão da desigualdade de gênero. Por outro lado, os homens, apesar de mais vulneráveis às doenças crônicas e de morrerem mais precocemente, não buscam os serviços de saúde de atenção básica, o que dificulta o diagnóstico precoce e o tratamento oportuno das ISTs, incluindo a sífilis”, reflete Valdir Monteiro Pinto.

Com o objetivo de oferecer informações técnicas atualizadas sobre a transmissão vertical do HIV, sífilis e hepatites virais, o Programa Municipal de DST/AIDS de São Paulo desenvolveu o aplicativo TV-SP. O app é direcionado especialmente para os profissionais da atenção primária e maternidades, de forma a subsidiá-los na tomada de decisão do pré-natal ao puerpério, contribuindo para melhoria da qualidade do serviço de saúde ofertado à população.

Grávidas

gestação gravidez pixabay luciana
Foto: Luciana Ferraz/Pixabay

“Mulheres que engravidam com a infecção, sem diagnóstico nem tratamento devido transmitem a bactéria pela placenta para o feto, causando abortamento ou infecção no recém-nascido, que deverá apresentar várias sequelas graves como deformações dentárias, nos ossos, surdez, perda da visão, deficiência mental e até morte”, adverte Paulo Giraldo, presidente da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp). Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que 25% das grávidas que têm sífilis sofrem aborto espontâneo ou dão à luz bebês natimortos.

“A meta era a erradicação da doença até os anos 2000, mas, infelizmente, foi o contrário. Houve um aumento crescente dos casos notificados de sífilis adquirida e de sífilis congênita, doenças que podem ser claramente curadas com o tratamento adequado. A realização da terapêutica indicada, quando do diagnóstico em gestantes, impede que haja a transmissão do agente para a criança. A gestante deve fazer o pré-natal para que haja o diagnóstico e o tratamento correto, durante a gravidez, impedindo a transmissão do treponema para o seu bebê”, aponta Claudio Barsanti, presidente da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP).

A transmissão vertical da sífilis ainda se mantém em taxas elevadas, apesar de possuir protocolo clínico bem conhecido, com triagem sorológica disponível e de baixo custo. A prevenção é feita com o uso de preservativo em todas as relações sexuais (vaginal, anal ou oral). Na gravidez é mandatório o exame de sangue para diagnóstico e tratamento precoce e a parceria sexual deve ser investigada.

“O aumento da oferta de acesso a exames e a informações prestadas pela equipe de saúde, em um ambiente de envolvimento e comprometimento, com maior adesão aos tratamentos prescritos e à prevenção, podem reduzir os indicadores de morbidade na população geral, de morbimortalidade materno-infantil e redução dos índices de sífilis congênita”, enfatiza o assessor dos programas de DST/Aids de São Paulo.

Mais informação

syhphilis-1
Ilustração: Treponema pallidum – Science Source

“A melhor forma de se diminuir o número de casos é a informação à sociedade e, principalmente, às futuras mães sobre o tratamento e a realização adequada do pré-natal”, concorda o presidente da SPSP.

“A união das especialidades médicas afins no combate à sífilis, tanto adquirida quanto congênita, deve ser cada vez mais intensa, com um fluxo de informações eficiente para que os médicos tenham dimensão do tamanho do problema e passem isso para os seus pacientes”, reforça o presidente da Sogesp.

Os postos de saúde oferecem testes rápidos para diagnosticar a doença, e o resultado deveria sair na hora, porém, segundo a SBDST, em alguns locais chega a demorar mais de 30 dias. “O exame de sífilis, VDRL, é feito a mais de 100 anos e conta com inúmeras publicações e campanhas para o combate da doença, mas, infelizmente, ainda temos um enorme problema pela frente. Precisamos aproveitar a oportunidade do Dia Nacional de Combate à Sífilis e construir a necessidade de unir diversos grupos para acabar com a doença”, destaca Mauro Romero.

O tratamento da doença é feito gratuitamente por meio do serviço público, entretanto, a penicilina, medicamento utilizado para administrar o tratamento, segundo Mauro, há anos conta com problemas de abastecimento.

Fontes: SBDST / Sogesp / SPSP

Expo São Roque Vinhos e Alcachofras

Colocar alimentos saudáveis no prato é uma preocupação dos dias de hoje. Cada vez mais, as pessoas querem ter, além de sabor, comidas que fazem bem para a saúde em suas refeições. O que muitos ainda não sabem é que uma flor pode ser grande aliada nesta busca pela melhor alimentação: a alcachofra.

Os seus benefícios são tantos que a alcachofra também é considerada uma planta medicinal, presente em vários produtos da indústria farmacêutica. Entre suas propriedades, a flor auxilia na digestão, reduz colesterol, regula a glicemia e é rica em fibras, vitaminas e minerais essenciais ao ser humano. Em outras palavras, ela emagrece e tem ação desintoxicante.

Os benefícios ao corpo são muitos e, além disso, a alcachofra é um coringa no prato. Ela pode ser preparada dos mais diversos modos, dependendo apenas da imaginação do cozinheiro. Ao molho, gratinada, recheada, à milanesa, no yakissoba, no pastel, na salada, na pizza. Basta saber o modo certo de prepará-la em cada uma das receitas para desfrutar de um resultado único.

Uma boa maneira de aprender essas receitas é se inspirar com um especialista. A Expo São Roque Vinhos e Alcachofras, feira que é realizada até dia 5 de novembro (sempre às sextas, sábados, domingos e no feriado do dia 02/11), é uma boa oportunidade para conhecer as técnicas necessárias. Durante a festa, o público poderá participar de workshops gratuitos de gastronomia com o chef Osley José, especialista na iguaria.

são roque1

Além disso, os restaurantes instalados o Recanto da Cascata, local do evento, terão cardápios especiais com destaque para a culinária à base de alcachofra.

Expo São Roque

O público terá ainda muitas outras atrações no evento. Há apenas 60 km de São Paulo, a festa vai reunir as principais vinícolas da cidade, que apresentarão seus vinhos para degustação. O visitante também poderá participar da Pisa da Uva, uma viagem no tempo que remete à tradição de pisar nas uvas, um dos primeiros processos para a elaboração e produção do vinho.

saoroque vinho

A festa neste ano tem como tema “Tempos e Ritmos”, um mergulho nos anos 50, 60, 70 e 80, dos anos dourados até o pop dançante. Quem puder visitar a Expo São Roque nas sextas-feiras, terá ainda mais atrações. Às 14 horas um bingo gratuito vai distribuir vários brindes. Logo depois, é a vez de do famoso Baile da Saudade, relembrando os hits que marcaram gerações.

Serviço
25ª Expo São Roque – Vinhos e Alcachofras
Data: 06 de outubro a 05 de novembro (todas as sextas, sábados e domingo feriados), das 10 às 20h
Local: Recanto da Cascata – Av. Antônio Maria Picena, 34 – Vila Junqueira, São Roque
Ingressos: Sextas-feiras, R$ 10,00; Sábados, domingos e feriados (12/10 e 02/11), R$ 28,00 (após as 16h R$ 10,00)
Informações: Facebook

Sábado: Mãos que Acolhem promove feira de adoção no Campo Belo

Projeto em umano já fez a doação de 109 animais

O respeito e cuidado com os animais nos últimos anos ficou em mais evidência, as pessoas perceberam que os pets não devem ser vistos apenas como “guardiões da casa”, eles fazem parte da família, uma família que é amada e transmite amor.

Parece simples encontrar um pet, mas é uma ação que deve ser realizada com uma análise pessoal e de rotina para ver se essa recepção será boa para ambos os lados. É importante o candidato a tutor ter em mente que o animal necessita de cuidados e atenção, ao inserir o novo membro na vida, será exigida uma modificação em sua rotina.

adocao8adocao7adocao6adoção1

O projeto Mãos que Acolhem Bichos, que realiza ações para encontros entre pets e humanos, realizará neste final de semana uma feira de adoção em São Paulo. Além disso, o encontro permitirá socialização dos pets, troca de experiência entre tutores e diversão.

As atividades do Mãos que Acolhem são realizadas de forma independente por profissionais que atuam em áreas diversas. Assim, em todos os encontros, os responsáveis solicitam para quem puder, que doe ração.

“Nosso projeto é de muita seriedade. Durante o processo de adoção, realizamos uma entrevista com o candidato a tutor para entender se realmente está apto a adoção, e também podemos entender o perfil do animal indicado para o ambiente que vai recebê-lo. Aproveitamos a oportunidade também para dar instruções importantes para este início de relacionamento, no qual tanto o tutor quanto o pet estarão se conhecendo e adaptando manias e vontades”, declara Elis Pedro, da Mãos que Acolhem Bichos.

adocao3adocao2adocao5adocao4

Sobre o projeto:

Em 2016, após um a necessidade de ajudar 115 cães que estavam sob a responsabilidade de uma acumuladora em Embu Guaçu que havia falecido, profissionais liberais de áreas diversas, apaixonados pelo mundo animal, e buscando contribuir para o bem da sociedade, se uniram para encontrar lares com tutores adaptados para viver esse novo universo, a recepção de um membro de patas.

Hoje o projeto continua na ativa, com cães e gatos que são preparados para uma nova vida, para receberem e compartilhar amor e felicidades. O Mãos que Acolhem não é uma ONG, não possui abrigo, apenas desenvolve ações para contribuir para um mundo melhor entre humanos e pets.

image002 (5)

Feira de Adoção – Mãos que Acolhem
Data: 21/10/17, Sábado
Horário: das 11h às 16h
Local: Rua Vieira de Morais, 892 – Campo Belo

 

Parque Shopping Maia promove aulas de dança gratuitas

Zumba e Fitdance são algumas das aulas disponíveis ao público

Moradores de Guarulhos e região terão mais uma forma de praticar um estilo de vida saudável: o Parque Shopping Maia promove no mês de outubro Mega-aula, com atividades físicas disponibilizadas ao público sem custo e com orientação profissional. A primeira aula acontecerá no próximo domingo (22), às 10h30, com exercícios de dança como Zumba, Fitdance, Dance Mix, entre outros.

IMG-20171019-WA0015171019_114505.jpg

Mega-aula – Parque Shopping Maia
Data: 22 de outubro
Horário: 10h30
Local: Piso 1 – Alameda Gourmet – Parque Shopping Maia
Endereço: Avenida Bartholomeu de Carlos, nº 230, Jardim Flor da Montanha – Guarulhos

 

Nicole Kidman deslumbrante usando modelo Versace

Na última quarta-feira (18) aconteceu o CMT Artists of the Year 2017, a maior premiação da música country, em Nashville, no Tennessee, Estados Unidos. E a atriz Nicole Kidman compareceu ao evento ao lado do marido, o cantor Keith Urban.

A atriz estava deslumbrante usando um modelo Versace Spring Summer 2018. Ela escolheu um vestido de veludo rosa pálido de mangas compridas com detalhes arquitetônicos no ombro e um efeito entrelaçado no busto. Como sempre, uma das mais elegantes e belas da noite.

nicole kidman.png