Arquivo mensal: janeiro 2018

Must have: saídas de praia são sucesso no verão brasileiro

Uma das peças queridinhas do verão são as saídas de praia. Elas ajudam a cobrir o corpo depois de dar um mergulho, são ideais para entrar e sair da praia ou da piscina, e ainda podem ser usadas como vestidinho para um passeio. As saídas de praia são versáteis, conferem um visual elegante, sofisticado e moderno e podem ser encontradas em diversas estampas, tecidos e comprimentos. Confira os modelos da Track & Field:

tropical

Tropical Vestido Camisetão – tricot leve e delicado, decote em “V” profundo na frente, fendas laterais.  Preço: R$ 369,00

angra

Angra Vestido – tecido em poliéster com elastano, modelo tipo regatão com estampa localizada na frente e nas costas. Preço:  R$ 198,00

indigo kaftan

Índigo Kaftan – tecido em renda de microfibra de poliamida com toque macio, superleve e fluido. Kaftan amplo, charmoso, com decote profundo, amarração frontal com duas ponteiras em metal com logo T&F, faixa central em tecido de malha mescla jeans.  Preço R$ 249,00

crochet vestido

Crochet Vestido – vestido em tricô listrado com efeito crochê, alça com cava em “V” profundo. Preço:  R$ 359,00

sorte kaftan

Sorte Kaftan – tecido em renda de microfibra de poliamida com toque macio, superleve, fluido. Kaftan amplo, charmoso, com decote profundo, amarração frontal com duas ponteiras em metal com logo T&F de um lado e do outro olho grego esmaltado. Preço: R$ 239,00

saida de praia.png

Informações: Track&Field

 

 

 

 

 

Anúncios

Proteção com melhor custo-benefício para curtir o verão protegida

Os cuidados com o sol são de conhecimento de todos. Ou deveriam ser. Sabe-se que ele é responsável pelo envelhecimento da pele, e, por isso, os bloqueadores solares são itens que já figuram entre os indispensáveis no dia a dia, ainda mais quando o assunto é aproveitar momentos divertidos com a família e amigos nas praias, nos parques e em atividades a céu aberto.

Para ajudar na prevenção do fotoenvelhecimento e até mesmo de problemas de pele, a Needs apresenta uma ampla linha de kits de protetores para os consumidores aproveitarem os dias ensolarados. A marca é da RD, maior empresa do varejo farmacêutico da América Latina, que tem a missão de trazer produtos de higiene e beleza por melhor custo-benefício.

Conheça os produtos abaixo, vendidos nas 1.550 lojas da Droga Raia e Drogasil e também pelos sites:

Kit Needs Solar – FPS 30 e FPS 60, de 120 g: previne o fotoenvelhecimento, além de ser resistente à água e ao suor. Eles são oil free e ideais para a pele delicada das crianças. Ambos os produtos são dermatologicamente testados.

needs solar 1.png

O kit contém:
Protetor solar Needs adulto FPS 30;
Protetor solar Needs infantil FPS 60;
Necessáire.
Preço: R$ 34,99

Kit Needs Solar – FPS 30, com protetor solar para corpo e facial, de 200 g e 40 g: previne o fotoenvelhecimento, além de ser resistente à água e ao suor. Eles são oil free, hipoalergênico e não comedogênico (evita o bloqueio dos poros). Ambos os produtos são dermatologicamente testados.

needes solar 2.png

O kit contém:
Protetor solar Needs corpo FPS 30;
Protetor solar Needs facial FPS 30;
Necessáire.
Preço: R$ 29,99

Kit Needs Gel – Pós-Sol Aloe Vera, de 120 g cada: gel hidratante que suaviza e refresca a pele após a exposição ao sol. Sua fórmula conta com 99% de Aloe Vera e promove uma sensação de frescor ao passar o produto pelo corpo. Ambos os produtos são dermatologicamente testados.

needes solar  3.png

O kit contém:
2 Géis Pós-Sol Needs Aloe Vera;
Necessaire.
Preço: R$ 22,99

Alimentação para gatos sensíveis

 

Alguns gatos têm mais sensibilidade e precisam de proteínas diferenciadas. O sistema digestivo sensível pode ser uma realidade entre os felinos tanto no contexto crônico – onde ocorrem com longos espaços de tempo e sem interferência aparente na saúde do gato – quanto no agudo.

“Um motivo comum que estimula o vômito e/ou a diarreia do gato mais sensível pode significar que o organismo esteja rejeitando alguma substância existente no alimento”, explica o médico veterinária da Equilíbrio e Gerente Técnico Nacional da Total Alimentos, Marcello Machado.

Gatos_ração

São várias as razões que podem estimular a sensibilidade digestiva dos felinos e ocasionar este tipo de situação, desde a ingestão de objetos estranhos que ficam alojados no estômago, troca de ração repentina, bem como o uso incorreto de medicamentos, favorecendo o processo inflamatório e a disbiose intestinal.

“Observamos que os gatos podem apresentar queda de pelo, pelagem opaca ou até fezes diarreicas devido à sensibilidade alimentar, pensando nisso, a Equilíbrio desenvolveu a Equilíbrio Gatos Sensíveis, um alimento de excelente digestibilidade, com alto valor biológico e com uma fonte muito nobre, a lula”, conta Machado.

Gatos-Sensiveis_esq.png

Além da lula e das proteínas de frango, peixe e ovo, o alimento também contém teores ideais de ômegas 3 e 6, para promover a vitalidade da pele e brilho do pelo; e FOS, MOS e probiótico, para auxiliar na flora intestinal dos felinos.

“Por outro lado, é importante ressaltar que se o felino tem apresentado quadro de vômitos seguidos e frequentes, refletindo na perda de peso, falta de apetite, diarreia constante e prostração, um médico veterinário deve ser imediatamente consultado”, finaliza o médico veterinária da Equilíbrio.

Informações: Total Alimentos

Cuidados com a Osteoartrite Canina

A osteoartrite canina é uma doença comum, principalmente entre animais adultos e idosos. Por ser uma enfermidade crônica, não tem cura e, portanto, pode afetar a qualidade de vida dos animais.

A expectativa de vida dos cães tem aumentado consideravelmente nas últimas décadas, como resultado da preocupação dos tutores em proporcionar melhor qualidade de vida aos seus melhores amigos e das empresas em investir em pesquisa e desenvolvimento para trazer mais soluções para a saúde dos pets.

Manter a vacinação em dia, usar antiparasitários e ectoparasiticidas de qualidade e frequentar clínicas veterinárias regularmente são medidas que contribuem para que tutores e pets desfrutem com tranquilidade do seu tempo juntos, recomenda a Boehringer Ingelheim Saúde Animal, empresa parceira da Comac (Comissão de Animais de Companhia), do Sindan (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Saúde Animal).

Com o inevitável avanço da idade, os animais de companhia podem enfrentar dificuldades de locomoção devido à osteoartrite, doença comum em cães idosos por conta do desgaste das articulações. Para que eles possam viver mais confortavelmente recomendam-se visitas periódicas ao veterinário para acompanhamento do quadro de saúde e o uso de anti-inflamatório ou outros medicamentos prescritos pelo profissional em saúde animal.

cachorro deitado doente

Os tratamentos que agem no controle da dor e da inflamação nos cães, com diminuição de efeitos colaterais como vômitos, problemas gástricos ou renais, entre outros, ajudam o pet a ter uma vida mais normal e sem sofrimentos. “O tutor deve ficar atento ao comportamento do animal, observando alterações na locomoção ou nas atitudes, procurar por um médico-veterinário e utilizar medicamentos que atuam com eficácia no alívio dos sintomas dos mais diversos tipos e intensidade de dor, permitindo ao cão se movimentar e retomar o seu ritmo normal de vida”, explica Fabiana Porto, parceira da Comac e gerente de produtos para animais de companhia da Boehringer Ingelheim Saúde Animal.

Fonte: Comac

Vitamina D pode influenciar em tratamentos de fertilidade?

Uma nova análise concluiu que existe uma relação entre o status de vitamina D da mulher e a taxa de sucesso do tratamento de reprodução assistida. A infertilidade é uma questão comum e angustiante, e afeta cerca de 6,1 milhões de casais só nos Estados Unidos. Isso é cerca de 10% de todos os casais em idade fértil.

Ao longo dos anos, os tratamentos de reprodução assistida – incluindo a fertilização in vitro (FIV) e a medicação de fertilidade – tornou-se muito mais generalizada e as taxas de sucesso aumentaram. Como exemplo, dependendo da idade da mulher e da clínica envolvida, as taxas de sucesso de FIV nos EUA variam de 13% a 43%.

“Houve um aumento inicial nas taxas de sucesso graças a métodos aprimorados de escolha de embriões com as maiores chances de sobrevivência. Mas, mais recentemente, as taxas de sucesso começaram a estagnar”, afirma Arnaldo Cambiaghi, diretor do Centro de Reprodução Humana do IPGO.

Vitamina D e reprodução

Os pesquisadores acreditam que há margem para melhorar as taxas de sucesso dos tratamentos. Uma série de fatores potenciais está sendo explorado e alguns cientistas voltaram sua atenção para o papel potencial da vitamina D.

A grande maioria do nosso suprimento de vitamina D é gerada em nossa pele após a exposição à luz solar. Isso significa que os indivíduos que vivem em ambientes mais frios ou mais escuros são mais suscetíveis a menores níveis, assim como as pessoas com pele mais escura, aqueles que regularmente usam roupas cobrindo a maioria da pele e aqueles que raramente vão para fora.

Uma ligação entre a vitamina D e a fertilidade tem sido teorizada com base em uma série de observações. Por exemplo, os receptores e as enzimas da vitamina D foram encontrados no endométrio. Além disso, em estudos com animais, a deficiência de vitamina D causa menor fertilidade e menor função dos órgãos reprodutores. Em humanos, a deficiência de vitamina D mostrou aumentar o risco de pré-eclâmpsia, hipertensão induzida pela gravidez, diabetes gestacional e menor peso ao nascer.

Pesquisadores da Universidade de Birmingham no Reino Unido decidiram dar uma olhada nos dados existentes para investigar ainda mais. Eles realizaram uma análise, reabriram 11 estudos, incluindo 2.700 mulheres submetidas a tratamentos. Suas descobertas foram publicadas na revista Human Reproduction.

vitamina-d
Imagem: Nursing.com

Deficiência de vitamina D e menores taxas de sucesso

Os estudos destacados envolveram mulheres submetidas à FIV ou injeção intracitoplasmática de esperma, transferência de embriões congelados ou ambos. Todos os níveis de vitamina D dos participantes foram verificados por exame de sangue. As concentrações de vitamina D de mais de 75 nanomol/l de sangue foram consideradas suficientes, inferiores a 75 nanomol/l de sangue como insuficientes e menos de 50 nanomol/l de sangue como deficientes.

A análise mostrou que os procedimentos em mulheres com níveis adequados de vitamina D eram um terço mais propensos a causar partos vivos do que em mulheres que eram deficientes. Quando os pesquisadores analisaram testes de gravidez positivos e gravidezes clínicas – ou seja, onde um batimento cardíaco pode ser detectado – em vez de nascimentos vivos, os resultados foram semelhantes.

Quando comparados com as mulheres que tinham concentrações insuficientes de vitamina D, aqueles com quantidades suficientes eram 46% mais propensos a ter uma gravidez clínica e 34% mais propensos a ter um resultado de teste de gravidez positivo. A análise não mostrou associação entre aborto e concentrações de vitamina D.

Uma descoberta surpreendente foi a alta prevalência de deficiência de vitamina D entre essas mulheres. Foi descoberto que apenas 26% das mulheres nos estudos tinham concentrações suficientes de vitamina D, 35% tinham concentrações deficientes e 45% tinham concentrações insuficientes.

Os pesquisadores são rápidos em explicar as limitações do estudo. O líder da equipe diz que embora uma associação tenha sido identificada, o efeito benéfico da correção da deficiência ou insuficiência de vitamina D precisa ser testado por meio da realização de um ensaio clínico. Também fala de uma nota importante de cautela para que as mulheres que desejam alcançar uma gravidez bem sucedida não corram para a farmácia para comprar suplementos de vitamina D até que saibam mais sobre seus efeitos.

Existe a possibilidade de overdose de vitamina D e isso pode levar a maior taxa de calcificação no corpo, o que pode enfraquecer os ossos e danificar o coração e os rins. Esta análise atual sustenta a teoria de que a vitamina D desempenha um papel importante na fertilização e na gravidez. No entanto, o teste de vitamina D é relativamente simples e econômico, e com isso as expectativas em torno dela aumentam.

mulher grávida

Outros estudos sobre vitamina D

Cambiaghi cita outra pesquisa sobre o tema: “A vitamina D pode ajudar a desacelerar o processo de envelhecimento das células e tecidos, de acordo com pesquisadores britânicos. Um trabalho científico do King›s College London chefiado pelo médico Brent Richards e publicado no American Journal of Clinical Nutrition, avaliou 2.160 mulheres com idades entre 18 e 79 anos, e verificou a concentração de vitamina D no sangue, comparando esse dado ao comprimento dos telômeros*. Foi observado que as mulheres com níveis mais altos de vitamina D no organismo tinham maior probabilidade de ter telômeros mais longos em suas células. Este estudo ainda não chega a comprovar causa e efeito, mas acredita-se que a vitamina D pode aumentar a atividade da telomerase**”.

“Direta ou indiretamente, a vitamina D controla mais de 200 genes, responsáveis pela integridade da resposta imunológica. As fontes alimentares não são suficientes para suprir a necessidade diária, mesmo havendo o consumo desses alimentos, a exposição solar é necessária para que ocorra a conversão da vitamina D em sua forma ativa para o organismo O Instituto Linus Pauling – Instituto de pesquisa de Micronutrientes para saúde/Universidade do Estado de Oregon – recomenda a exposição de 5 a 10 minutos ao sol diariamente sem proteção, no período de menor intensidade solar”, aconselha Cambiaghi.

Porém, ele lembra que não podemos esquecer que as radiações solares provocam manchas e apressam o envelhecimento cutâneo, além de constituir a principal causa do câncer de pele, portanto deve-se ter cuidado com exposição solar em excesso.

“As fontes naturais mais ricas em vitamina D são os óleos de fígado de peixe, salmão, sardinha, cavalinha, aveia, gema de ovo e produtos fortificados com vitamina D. Os vegetais e as frutas possuem baixo teor de Vitamina D, porém é fundamental que o consumo destes alimentos seja mantido devido a sua importância nutricional para a saúde como um todo”, finaliza o especialista.

*Os telômeros ou telómeros (do grego telos, final, e meros, parte) são estruturas constituídas por fileiras repetitivas de DNA que formam as extremidades dos cromossomos, que são os componentes do núcleo da célula responsáveis pela transmissão das características hereditárias. Sua principal função é manter a integridade estrutural do cromossomo.
** telomerase é uma enzima que funciona como protetor dos telômeros e tem influência crucial nos tipos de células; foi descoberta por Liz Blackburn, Carol Greider e Jack Szostak, que receberam o Premio Nobel em 2009

Fonte: Arnaldo Schizzi Cambiaghi é Diretor do Centro de reprodução humana do IPGO, ginecologista-obstetra especialista em medicina reprodutiva. Membro-titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparoscópica, da European Society of Human Reproductive Medicine. Formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa casa de São Paulo e pós-graduado pela AAGL, Illinois, EUA em Advance Laparoscopic Surgery. Também é autor de diversos livros na área médica

 

 

Receitas deliciosas feitas com coco

Você sabia que o coco é historicamente considerado uma fruta saudável por causa das vitaminas e minerais que possui? Agora no verão, a água de coco ajuda muito na hidratação.

Além disso, o coco é extremamente saboroso e versátil, e pode ser consumido de várias maneiras. Por conta de tudo isso, a fruta voltou para o radar tanto dos profissionais de saúde quanto para os de gastronomia, e por isso está sendo considerada a “fruta do momento”.

Que tal aproveitar essa fruta para fazer receitas saborosas para toda sua família? Maizena ensina duas formas deliciosas de aproveitar ainda mais o coco.

Pavê de coco e pêssego

pave coco e pessego

Ingredientes
1/2 xícara (chá) de amido de milho Maizena
2 e 1/2 xícara (chá) de leite
1 vidro de leite de coco (200 ml)
1 lata leite condensado
2 gemas
1 colher (sopa) demargarina
1 e 1/2 embalagem biscoito tipo champanhe
1 lata de pêssego em calda picado
2 colheres (sopa) de coco ralado

Modo de preparo
1.Em uma panela média, dissolva o amido de milho Maizena no leite.
2. Junte o leite de coco, o leite condensado e as gemas e cozinhe em fogo médio, mexendo sempre, até engrossar.
3. Retire do fogo e misture a margarina.
4. Reserve.
5. Em um refratário médio (29 x 22 cm), faça camadas com metade do biscoito, metade do creme reservado, metade do pêssego e metade do coco.
6. Repita a operação com o restante dos ingredientes.
7. Leve à geladeira por 3 horas ou até ficar firme.
8. Sirva gelado.

Rendimento: 10 porções
Tempo de preparo: 2 horas
Variação: se desejar, umedeça os biscoitos com a calda dos pêssegos.

Manjar de água de coco

manjar de agua dee coco.png

Ingredientes
Manjar
• 1 embalagem de coco ralado (100 g)
• 1 litro de água de coco
• 8 colheres (sopa) de amido de milho Maizena
• meia xícara (chá) de açúcar

Calda
• meia xícara (chá) de água
• meia xícara (chá) de açúcar
• 1 colher (sopa) de coco queimado

Rendimento: 16 porções
Tempo de preparo: 20 minutos
Tempo de geladeira: 4 horas
Tempo total: 4 horas e 20 minutos

Fonte: Maizena

 

Uso diário do óleo de cártamo promove mais saúde

Consumo do óleo pode diminuir o colesterol ruim e a gordura corporal, promover o ganho de massa magra, além de outros benefícios

O óleo de cártamo, extraído das sementes dessa planta, é um produto natural com diversos benefícios. O consumo diário de suplementos naturais dessa substância ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e formação de radicais livres que promovem o envelhecimento celular, auxilia na perda de peso e prevenção de diabetes tipo dois, entre outros.

Isso porque o óleo de cártamo é rico em ômega 6 e ômega 9, ácidos graxos fundamentais na prevenção de doenças cardiovasculares, e em vitamina E, que previne a formação de radicais livres, responsáveis pela ocorrência de alguns cânceres, o envelhecimento celular e a aterosclerose.

Para quem busca a perda de peso, o óleo de cártamo também pode ser um poderoso aliado por acelerar o metabolismo e promover o ganho de massa muscular.

Pensando em quer consumir o óleo de cártamo de forma prática, a Liteé Farma do Brasil disponibiliza no mercado um suplemento em cápsulas que faz parte de sua linha de nutricosméticos. De acordo com Helaine de Lima, responsável técnica da Liteé, além dos benefícios já conhecidos do combate ao colesterol e de sua ação antioxidante, o óleo de cártamo tem outras utilidades.

“O óleo promove uma sensação maior de saciedade, já que ele retarda o esvaziamento gástrico. Além disso, o óleo de cártamo tem vitamina A e K em sua composição que combate os radicais livres e melhora a coagulação do sangue respectivamente”, conta Helaine, acrescentando: “É importante reforçar que a suplementação do óleo de cártamo, assim outros nutricosméticos, suplementos ou vitaminas, deve ser feita de maneira contínua para que seus benefícios possam ser notados”.

cartamo.png

O Óleo de Cártamo da Liteé Farma do Brasil é encontrado em frascos com 60 cápsulas gelatinosas de 1000mg fáceis de engolir e o consumo recomendado é de até 4 cápsulas ao dia.

Informações: Liteé

 

Promoção iFood premia consumidores com um ano de pedidos grátis

Promoção “Pede Pra Ganhar” vai pagar 3 prêmios de mais de R$10 mil para o vencedor e um amigo e um prêmio de R$ 500 todo dia

O ano de 2018 começou e o iFood já tem uma notícia para torná-lo ainda melhor. A partir de 8 de janeiro, todos os usuários do iFood que fizerem pedidos na plataforma vão concorrer automaticamente na promoção “Pede Pra Ganhar”, valendo mais de R$ 10 mil reais para serem usados durante um ano de pedidosna plataforma. Além disso, os ganhadores terão a chance de escolher um amigo para ganhar o mesmo valor também.

E não para por aí! Além dos prêmios semanais de um ano de pedidos no iFood, todos os dias os usuários que fizerem pedidos estarão concorrendo a R$ 500,00 em crédito na plataforma.

A mecânica da promoção é simples: serão três sorteios de mais de R$ 10 mil e 21 sorteios de R$ 500, durante os dias de promoção. O usuário que fizer um pedido pelo iFood até o dia 28 de janeiro, automaticamente terá a chance de participar. Quanto mais pedidos forem feitos na plataforma, maiores as chances de ganhar.

pede pra ganhar

Consulte regulamento clicando aqui.

 

Centro Europeu oferece curso intensivo de Beer Sommelier

As cervejas artesanais vêm conquistando cada vez mais espaço no mercado brasileiro e internacional. Nos últimos anos, uma grande variedade de rótulos e estilos tomou conta do país, se fazendo presente nos cardápios de bares, restaurantes e, logicamente, casas de cervejas especiais. Pensando neste mercado em franca expansão, o Centro Europeu, principal escola de profissões do Brasil, oferecer o inédito curso intensivo de Beer Sommelier, realizado na cidade de Curitiba.

O objetivo da atividade, que tem duração de quase 8 encontros, é fazer com que os participantes conheçam a história da cerveja, os processos produtivos, os estilos e as possibilidades de harmonizações. Durante o curso, que será supervisionado pelo chef de cozinha e Beer Sommelier Guilherme de Rosso, serão abordados temas como “História da cerveja”, “Ingredientes da cerveja”, “Aromas e Sabores”, “Famílias cervejeiras”, “Fichas de degustação”, “Processos de fabricação”, “Analise sensorial”, “Cerveja no método champenoise”, “Serviço e Glassware”, “Técnicas de harmonização”, “Cerveja na receita”, “Harmonização de queijos e doces com cervejas”, “On e Off Flavors” e “Escolas cervejeiras – Alemanha, República Tcheca, Reino Unido, Irlanda, Bélgica, Brasil e EUA”.

Para os alunos possam conhecer tudo sobre o mercado, o Centro Europeu vai disponibilizar, também, visitas técnicas à fábrica da cervejaria Way Beer, uma das grandes referências do mercado brasileiro de cervejas artesanais. Para completar, serão realizadas palestras especiais com grandes nomes do mercado cervejeiro e gastronômico, entre eles Gabriela Rizental (AMBEV), Alesandro Oliveira (Way Beer), Flávia Rogoski (Bon Vivant) e Marcelo Empinotti (Salumeria Monte Bello).

cervejas.jpg

As aulas do curso de Beer Sommelier, que terão início no próximo dia 29 de janeiro, acontecem na Sede Gourmet do Centro Europeu (Alameda Princesa Izabel, nº 1.300).

Informações: Centro Europeu – Tel.: (41) 3324-6669 

Ecoera lança hub de consumo consciente com marcas e produtos com atributos sustentáveis

Objetivo é propor novas experiências e formas de relacionamento entre bens de consumo e consumidor final

Em 20 de dezembro último, o Portal Ecoera, primeiro portal de serviços e produtos com atributos sustentáveis do Brasil, passa a disponibilizar cerca de 150 marcas e mais de mil produtos de moda, beleza, gastronomia e design de origem sustentável para os consumidores de todo o país. A projeção é reunir os melhores nomes engajados com causas ambientais do mercado e movimentar cerca de R$ 8 milhões no primeiro ano de operação.

Dentre as marcas disponíveis no portal estão Re-FARM, Lokal Wear, Vert, My Basic, Feira Rosenbaum, Pantys, Bioart, Bazar da Praça, Feito Brasil, Instituto Kabu, dentre outras. Todos os produtos estão listados na seção “Consumo Consciente” dentro do portal, cujo objetivo é promover formas mais justas e relações transparentes na cadeia de produção de bens de consumo.

sementes de seringueira - ecoera.jpg

“Pela primeira vez no Brasil, vamos compartilhar em um só espaço informação, serviços e produtos com atributos sustentáveis. Nossa meta é modificar completamente a experiência de se relacionar com as pessoas e com o meio ambiente no nosso dia a dia” explica Chiara Gadaleta, especialista em sustentabilidade e fundadora do Portal Ecoera.

Com uma curadoria de ponta liderada por Chiara em parceria com um time de especialistas, o Portal Ecoera também funcionará como um selo de legitimidade e procedência. “O consumidor se sentirá seguro e próximo às marcas e projetos que tenham uma relação verdadeira com as questões sociais e ambientais”, acrescenta Chiara.

Todos os produtos são avaliados a partir de indicadores de sustentabilidade e, para facilitar e segmentar o processo de busca no portal, eles estarão divididos em nove atributos: orgânico, vegano, produção local, produção artesanal, reuso, projeto social, empresa consciente, verde e reciclado. Com a ajuda desses filtros, o consumidor tem acesso à origem e processo de produção dos bens que está consumindo.

jarros de barros ecoera.jpg

Sobre Chiara Gadaleta

É consultora de moda sustentável, fundadora do Movimento EcoEra (coletivo de integração dos mercados de moda, beleza e design à questões sociais e ambientais), colunista da revista Vogue e apresentadora do programa “Menos é Demais”, da Discovery Home & Health.

CHIARA
Divulgação

Também é responsável por programas de inclusão social e capacitação junto a ONGs e Cooperativas por todo o Brasil. Atualmente coordena os projetos “Trançados do Uatumã”, em parceria com o Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas (Sema), e o Projeto Kapu, com uma das aldeias Wai Wai no norte do Pará.

Sobre o Ecoera

O Movimento EcoEra foi criado em 2008 pela consultora de moda especialista em sustentabilidade, Chiara Gadaleta. Desde a criação, o principal desafio do movimento foi integrar o mercado de moda, beleza e design a questões sociais e ambientais por meio de um conjunto de atividades, práticas e ações que aproximassem toda a cadeia produtiva da moda à sustentabilidade ambiental, social, econômica e cultural.

Esse esforço ajudou esses mercados a quebrar paradigmas e a inaugurar um novo capítulo em suas histórias, onde toda a cadeia – indústria, marcas, designers e público final – se unem para criar um ciclo de produção mais consciente, em que ética e estética possam andar lado a lado.