Cuidados para curtir o carnaval com os cachorros

Blocos, bailes e desfiles de fantasias. O carnaval também tem programação para quem quer brincar junto com os pets. Mas, para se divertir sem comprometer a saúde dos melhores amigos, é importante tomar alguns cuidados. “As pessoas precisam ficar atentas a questões como hidratação, sol forte, aglomerações, som alto, além do cuidado com fantasias e adereços, já que alguns produtos podem comprometer a saúde dos pets”, explica a veterinária Karina Mussolino, gerente de clínicas da Petz. Ela aponta algumas dicas de bem-estar para os bichinhos caírem na folia:

1 – Escolha fantasias confortáveis

cachorros fantasias

Na hora,de montar o look dos pets, procure fantasias que não tapem os olhos, não dificultem a locomoção ou que sejam apertadas. “Para certificar-se do tamanho, basta sempre medir três dedos entre a roupinha e o corpo do pet, principalmente, na região do pescoço”, ensina a veterinária. O melhor é sempre optar por tecidos leves que favoreçam a circulação de ar. Para os bichinhos que não gostam de colocar roupinhas, uma opção são os adereços mais simples, como bandanas, laços, gravatinhas e até adesivos próprios para eles. Mechas e reflexos só devem ser feitos com profissionais especializados. Outra dica da veterinária é colocar fitas refletoras nas roupinhas dos bichos de estimação para que motoristas, motoqueiros ou ciclistas possam enxergá-los a distância, principalmente à noite.

2 – Atenção ao sol e à hidratação

cachorro bebendo agua

Ao participar de blocos de rua, bailes, concursos ou desfiles a céu aberto, os tutores precisam tomar cuidado também com o horário. A Dra. Karina explica que, debaixo de sol forte, os pets correm o risco de ter hipertermia – que é quando a temperatura corporal sobe excessivamente. “Por isso, o melhor é não expor o pet diretamente ao sol, por períodos prolongados, entre 10 e 16 horas, que é quando as temperaturas estão mais altas durante o dia”, recomenda. Levar garrafinhas d’água para que eles possam ingerir líquido em intervalos regulares. Também busque sempre caminhar perto da sombra, para evitar queimaduras nas patinhas. Além disso, também é fundamental utilizar protetor solar específico para os pets nas orelhas, focinho e barriga, principalmente nos de pelagem clara, que apresentam maior risco de desenvolver câncer de pele. “Todas essas medidas evitam o risco de problemas como insolação, queimaduras, entre outros, o que, claro, é muito importante para o bem-estar dos pets que participarem da folia”, orienta Karina.

3 – Barulho tem limite

cachorro festa fantasia the advocate
Foto: The Advocate

O som dos blocos e bailes costuma ser alto, o que pode assustar ou incomodar os pets, já que possuem capacidade auditiva maior do que a nossa. “Por isso, se possível, é sempre melhor optar por eventos mais tranquilos ou próprios para animais. Nestes ambientes, é mais fácil evitar o desconforto dos bichinhos”, aconselha.

4 – Multidão com segurança

guia dupla

Muitos pets não estão acostumados com multidões e podem estranhar ambientes com muita gente e até com outros animais. “De qualquer maneira, o uso de guias e coleiras é indispensável, seja qual for a situação. Afinal, esses acessórios evitam que os pets se percam dos donos ou entrem em conflito com outros bichinhos”, afirma Karina.

5 – Vacinação em dia

cachorro-vacina-doglistener

Fundamental estar com a carteira de vacinação em dia, pois ele vai ter mais contato com outros pets, além das chuvas desta época do ano, que podem trazer risco de leptospirose.

Fonte: Petz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s