Domingo tem festival de rabanada, panetone, coxinha e cerveja artesanal

Festivais destas gostosuras acontecem em local amplo, seguro e coberto, na Vila Mariana, com entrada gratuita. Só de coxinhas serão mais de 40 tipos a partir de R$ 3,00 e rótulos consagrados da bebida que definitivamente conquistou os paulistas. Em paralelo haverá a tradicional Feira Natalina e montada a árvore de Natal Solidária. Som a cargo do DJ Dinho Garcia.

A rainha da gastronomia natalina é a estrela principal do 1° Festival da Rabanada de São Paulo. Mas ela não vem só. Junto, outra delícia da mesa natalina vai saciar os paladares ansiosos por essas guloseimas no3º Festival de Panetones. Para fechar a festa, o Festival de Coxinhas & Cerveja Artesanal. Tudo junto e gostosamente misturado no dia 16 de dezembro, das 12 às 20 horas, na Vila Mariana – próximo ao metrô Ana Rosa, em local amplo, seguro e coberto, promovido pelo Espaço As Meninas Feiras e Eventos.

“É o nosso presente de fim de ano para São Paulo. Vamos festejar e dar boas-vindas ao período mais aguardado por todos. Não conheço quem não goste de rabanadas, panetones e os demais doces desta época. Também teremos aquela dupla super amada pelos paladares mais exigentes: coxinha e cerveja artesanal. É para dar sorte a todos em 2019 e encerrar este ano com chave de ouro!”, comemora Elaine Vilela, sócia-proprietária do Espaço As Meninas Feiras e Eventos.

rabanadas

Conhecida também como fatia dourada ou fatia parida, a rabanada é um doce natalino histórico e fácil de preparar. Uma das explicações para o seu surgimento foi a necessidade do reaproveitamento do pão amanhecido, pois esse alimento representava o corpo de Cristo para os católicos. Sua origem remete a Portugal, mas em todo o mundo é possível encontrar variações da rabanada, como o “Eggy Bread”, na Inglaterra, o “French Toast”, nos Estados Unidos e o “Pain Perdu”, na França. A iguaria chegou ao Brasil pelos portugueses e rapidamente virou paixão nacional.

Outra guloseima de destaque é o Panetone. “O panetone se mantém uma grande paixão, ganhando variedades de sabores e tamanhos, mas mantendo o aroma que é só dele. Os brasileiros foram adaptando esse produto aos mais variados paladares e hoje temos gostosuras que parecem verdadeiras obras de arte”, destaca Elaine Vilela.

Existem várias lendas a respeito do surgimento do delicioso pão dourado. Uma delas é a que aconteceu na cidade de Milão, no século XV, quando um jovem de família rica se apaixonou por uma plebeia, filha de padeiro. O pai da moça não aceitava o namoro e o rapaz, para se aproximar da jovem e mostrar a seu pai que era uma pessoa de bem, disfarçou-se de padeiro e foi trabalhar em sua padaria como auxiliar.

panetone

Passados alguns dias, resolveu criar um pão diferente, doce, misturando frutas cristalizadas. Com o sucesso, o jovem passou a divulgá-lo como criação do Sr. Toni, o pai da moça, ficando conhecido como Pão do Toni. Com o passar do tempo, tornou-se mundialmente conhecido, mas os novos sabores são praticamente exclusivos dos brasileiros.

Cardápio irresistível

Só tem delícias no cardápio: rabanadas tradicionais e recheadas com doce de leite e creme de avelã, panetones recheados e decorados, panetones cobertos com chocolate brigadeiro decorado, panetones no pote, chocotones trufados, bolos de cenoura, cuca cremosa, tiramissu, brigadeiros, cupcakes, pão de mel no pote, bem casado no pote, suspicookies, bolos confeitados, tortas doces, biscoitos e doces, cakepop, brownie, alfajor, bolachas decoradas, balas de coco, biscoitinhos, chocolates artesanais; pirulito de chocolate decorado; bolo de rolo, merengue, figos recheados, cookies, raspadinhas, cannolis, churros.

Além dos doces, panetones salgados, variados tipos de coxinha, burcoxinha, hambúrguer, crepes, porções e lanche de fraldinha, pães, patês, tortas, queijos, salames e embutidos e mango chutney, entre outras opções. Cachaças e vários rótulos de cervejas artesanais também fazem parte do cardápio exclusivo para este festival.

Crepe de coxinha, coxinha atolada, fondue de coxinha e hambúrguer de coxinha, além da garantia de delícias como coxinha de jaca, coxinha de bacon, coxinha de massa de mandioca, coxinha com molhos e as que já são clássicas, como a coxinha tradicional, carne seca, entre outras.

Das cervejas artesanais já estão confirmadas as melhores do estado e do país, com vários rótulos, como Cervejaria Camilos (IPA, witbier), Cerveja Benedetto (IPA, APA, weiss, pilsen, chopp com vinho, chopp black) e Beer Truck Veloso (pilsen, weiss, IPA, bock, witbier, chopp de vinho); Cervejaria Imperatriz (Cervejas Artesanais, Chopp de Vinho, e Canecas de Chopp); Labeer cervejaria (Kölsch; Weiss (cerveja com malte de trigo); American IPA; American Pale Ale (com adição de caldo de cana);Belgian Golden Strong ale; Belgian Saison (com adição de caju, manga e pimenta rosa) e a Cervejaria Mundo- (Villa Alemã e Providência)pilsen, premium, weiss, black

Feira de Natal

Além de aproveitar todas as delícias dos festivais, os frequentadores poderão antecipar suas compras de Natal sem o tumulto dos shoppings e grandes centros de compras. Além de prestigiar pequenos e médios produtores e artesãos, será possível adquirir produtos exclusivos, como semijoias, acessórios, roupas, brinquedos, cosméticos, diversos itens de moda e decoração para casa a preços convidativos.

Para cuidar do lado esotérico e conhecer algumas previsões pessoais para o novo ano, haverá leitura de tarot. Para animar, o som fica a cargo do consagrado DJ das noites paulistanas Dinho Garcia, com a melhor seleção de Rock dos Anos 80/90.

Como nos anos anteriores, será montada a Árvore de Natal Solidária do Espaço As Meninas. A ideia é arrecadar brinquedos que serão destinados a entidade beneficente. A animação fica a cargo do som do consagrado DJ das noites paulistanas Dinho Garcia, que levará a melhor seleção de músicas pop e rock dos Anos 80/90. É um gostoso e completo programa de lazer para todos os paulistanos.

Responsabilidade Social

Mantendo a parceria de vários anos com o Centro de Convivência Início de Luz, que abriga uma creche, serão arrecadados alimentos não perecíveis para a entidade sem fins lucrativos, que cuida de mais de cem crianças carentes das regiões do Cambuci e centro da capital paulista.

Selo Paixões Paulistanas

O 1° Festival de Rabanadas, 3º Festival de Panetones e o Festival de Doces Natalinos & Feira de Natal do Espaço As Meninas têm a certificação dos eventos e ações idealizados sob medida para o gosto dos paulistanos. Para criar o selo e o calendário de eventos, os organizadores fizeram uma vasta pesquisa e identificaram os temas que mais atraem o público da cidade de São Paulo, terra de todos os gostos e sabores. Este selo está produzindo uma variedade de festivais inéditos que acontecem desde 2012 e continuarão ao longo de 2019.

rabanada-recheada doce de leite.jpg
1° Festival de Rabanadas, 3º Festival de Panetones e Festival de Doces Natalinos & Feira de Natal
Data: domingo, 16 de dezembro 
Horário: das 12 às 20 horas
Endereço: Rua Joaquim Távora, 605, Vila Mariana – próximo ao metrô Ana Rosa. Local amplo, seguro e coberto
Entrada Gratuita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s