Arquivo mensal: fevereiro 2019

Harmonização paraense: cachaças artesanais e aperitivos que surpreendem

A versatilidade dos sabores típicos do Pará é indiscutível, e serve para composição de vários preparos de alimentos e até de bebidas. Pensando na valorização da matéria-prima da maior floresta tropical do mundo, a Daju Artesanal desenvolveu cachaças artesanais nos sabores açaí, jambu, cupuaçu e pimenta.

“As cachaças artesanais são consideradas exclusivas, uma vez que mesclam a destilação do caldo de cana-de-açúcar fermentado com a adição de frutas, folhas ou ervas da Amazônia, proporcionando uma experiência única de sabores e aromas”, revela Júlia Bentes, engenheira química e produtora das bebidas Daju Artesanal.

Os sabores da Amazônia já não são mais restritos ao Brasil, possuem admiradores espalhados por todo o mundo. De acordo com o chef Eduardo Amaral, que detém ampla expertise em harmonização de bebidas artesanais, a combinação entre cachaças e alimentos pode seguir a mesma linha de vinhos e outras bebidas. “Cachaças de sabor intenso combinam com pratos de sabor da mesma intensidade. Já as cachaças com sabores mais suaves harmonizam com alimentos mais leves”, explica.

De fato, a localização geográfica de Belém do Pará é privilegiada em vários aspectos e, hoje, é destaque no quesito paladar. Conhecida pelo forte caráter nativo brasileiro, incluindo raízes, folhas, frutos e sementes que são encontrados em abundância, fatores que despertam interesse de especialistas em gastronomia.

Para quebrar tabus sobre harmonização entre cachaças e petiscos, o chef  faz sugestões interessantes de combinações entre receitas leves de petiscos. Ele garante que os encontros entre as cachaças e os alimentos são capazes de promover uma verdadeira explosão de sabores.

Cachaça de Cupuaçu

cachaça cupuaçu

A mística desta cachaça começa pelo sabor que apesar de azedo, é muito suave. Porém, o processo de destilação a torna adocicada e leve, o que proporciona sessões de degustação e harmoniza perfeitamente com o o peixe popularmente conhecido com Filhote, considerado um nobre da culinária Amazônica. Além disso, é considerado extremamente suculento.

Cachaça de Açaí

cachala açai

O diferencial dessa cachaça está no frescor e na concentração do sabor do açaí, que deixa a bebida marcante. Ao harmonizar com o peixe dourada (precisa ser frita). A crocância e sabor delicado do peixe é o casamento perfeito com a cachaça de açaí.

Cachaça de Jambu

cachaça de jambu

Quase indescritível é o sabor da cachaça de jambu. Prevalece a sensação de dormência que toma conta da boca, nas que, ao mesmo tempo, consegue ser suave e saborosa com um leve salgado. O camarão no bafo preparado com limão consegue extrair a função cítrica. A junção desses sabores ao combinar com a cachaça de jambu causa uma espécie de salivação. Sensação considerada uma verdadeira explosão de sabores.

Cachaça de Pimenta de Moça

cachaça pimenta de moça

Considerada peculiar, a cachaça de pimenta é capaz de agradar os paladares mais apurados. O álcool da cachaça consegue extrair o ardor da pimenta e, ainda, gerar sabores deliciosos. Por ter um sabor marcante e predominante, a cachaça harmoniza de forma singular com o peixe pirarucu, um dos maiores peixes de águas doces do mundo, com carne suave, macia e sabor único.

Dica do Chef Eduardo Amaral

eduardo amaral

“Outra aguardente que pode ser harmonizada com o peixe pirarucu, é a famosa Cachaça do Índio, uma vez que os ingredientes predominantes na bebida são gengibre, milho, caldo de cana e rapadura. A mistura agridoce realça o contraste com o salgado”, explica o chef.

As cachaças possuem 38% de volume alcoólico. Os processos aplicados para produção de bebidas, como a apuração, saborização e engarrafamento, são feitos de forma artesanal para valorizar a essência e sabor da bebida.

“Essas características suaves e marcantes presentes nas cachaças as tornam propícias para acompanhar vários tipos de aperitivos”, conclui Amaral.

Sobre a Daju Artesanal

Há mais de quatro anos presente no mercado paraense, a marca se destaca por preservar o sabor natural das folhas, ervas e frutas da Amazônia na produção 100% artesanal de cachaças e licores. A linha de cachaças tem seis sabores: jambu, açaí, cupuaçu, jenipapo, pimenta e índio. Já a linha de licores se destaca em 17 sabores: gengibre, jenipapo, laranja, tangerina, lima da pérsia, tamarindo, cupuaçu, bacuri, açaí, cacau, castanha-do-pará, araçá, jambu e as novidades em chocolate, chocolate com pimenta e paçoca. Em 2018, recebeu o Troféu Imprensa Marajoara, com a melhor cachaça de jambu, e única contemplada no segmento de bebidas.

Cuidados com o Carnaval: ligue a sirene emocional

Chegou a época mais divertida do ano! Será? Para quem gosta de Carnaval, a dica pode ser curtir as festas com equilíbrio. Para quem não gosta, fica a receita: pode ser um bom momento para refletir e entrar em contato com seu mundo interior

Quem aí gosta de carnaval, levanta a mão. Especialmente para quem vai cair na folia durante a semana toda (e, às vezes, um pouco mais), Sérgio Bastos Jr, fisioterapeuta e especialista em Saúde Integrativa, lembra o mais importante: “O Carnaval passa, mas o que vivemos nele, não. Tanto para o bem quanto para o mal. As alegrias, a diversão, o brilho nos olhos nos transforma em pessoas melhores, mas os exageros podem ser um peso extra a carregar durante o resto do ano”.

carnaval mulher

Lidar com excessos deve ser primordial. O importante, segundo o especialista, é garantir que, independente do que aconteça e de onde e com quem esteja, seja você no comando das suas emoções. “É muito fácil, especialmente se estamos vivendo uma fase frágil e se não temos total certeza dos nossos desejos, se deixar levar pelo momento e, muitas vezes, acabar entrando em situações que podem gerar memórias traumáticas. Quantas pessoas vivem arrependimentos por impulsos ocasionados pela bebida, pelas companhias e pelo próprio ambiente?”

Onde quer que esteja, o especialista lembra que o importante é estar inteiro, de corpo e alma, senhor das próprias emoções. “É o que eu realmente quero fazer? Então, está tudo certo! Estou fazendo porque é convencional e precisa ser assim? Porque todo mundo está fazendo? Porque vou ser considerado mais legal? Opa, opa, é hora de parar para refletir”, lembra ele.

Ser aceito, uma necessidade humana

Há quem diga que nascemos para ser aceitos e que essa é uma condição humana. “Sim, nós precisamos do grupo social, de nos considerarmos iguais, pertencentes. Mas escolher a que grupo pertencer, honrando qualquer um que nos foi dado anteriormente, é criar autonomia emocional”, reforça. Não gosta dos excessos do Carnaval? Tudo bem!

Não é porque você é brasileiro que tem que vestir uma fantasia e ir pra rua. Hoje, em dia, há muito para fazer nessa época, e não necessariamente sair pulando freneticamente atrás do trio elétrico (mas, se quiser ir, está tudo bem também, o importante é seguir sua própria vontade e vibração!). Há retiros, grupos de estudo, sempre tem um hotelzinho na praia, uma viagem com amigos e até mesmo a sua casa, aconchegante, especialmente se você não morar em um circuito de Carnaval.

cachorro mulher jardim sol verão livro

Você pode aproveitar para ler aquele livro que está esperando há tempos, para terminar sua série favorita, para colocar os estudos em dia, para passear por lugares vazios, já que muita gente viaja nessa época e algumas cidades ficam mais calmas. Sério finaliza: “Gosta de festa, vá para a festa. Gosta de paz, fique na sua paz. Mas, independentemente do que escolher, lembre-se: seja senhor das suas vontades e esteja presente, inteiro e de coração.”

Fonte: Biointegral Saúde

Decoração: quatro cozinhas inesquecíveis para você se inspirar

Com um custo diferenciado em relação à madeira maciça e inúmeros atributos relacionados à sustentabilidade e preservação de recursos naturais, os painéis de MDF se consolidaram como uma das opções mais notáveis para a produção de móveis e decoração de interiores. Cores, tons, texturas e tecnologias surgem a todo instante para garantir versatilidade, usabilidade e diferenciação dos projetos e, de quebra, conferir personalidade, aconchego e funcionalidade aos ambientes.

Parceira e apoiadora da CasaCor, reconhecida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a Duratex traz quatro projetos de cozinhas incríveis nos quais foram utilizados produtos do seu portfólio, tanto na criação de mobiliários como nos revestimentos, e que servem de inspiração para quem está construindo ou reformando.

A arquiteta Flávia Bonet inspirou-se nos unicolores e trouxe uma proposta moderna de revestimento para a edição 2018 da CasaCor Paraná. Com textura acetinada e brilho suave, o padrão Rosa Glamour, da linha Essencial, deixou o ambiente descontraído e divertido.

cozinha 1

Joana Deicke e Maria Manoela Bento Pereira, assinaram a “Cozinha e Jantar com Varanda” na edição do ano passado da CasaCor Rio Grande do Sul, que teve a marcenaria do móvel da entrada do ambiente produzida com o painel Álamo, da linha Essencial Wood. O padrão Branco Diamante, da linha Trama, foi usado na produção do mobiliário abaixo da bancada da ilha.

cozinha 2

Em 2017, a designer de interiores Patrícia Pasquini, investiu nos painéis de alto brilho da linha Cristallo para destacar a beleza e capricho dos 53 m² do projeto Cozinha Urbana. O padrão escolhido foi o Álamo.

cozinha 3

Também em 2017, o padrão Carbono, da linha Trama, foi escolhido pela dupla Gladys Fernandes e Yeda Leite para a criação do mobiliário da Cozinha Gourmet, destaque da CasaCor Rio Grande do Norte.

cozinha 4

Fonte: Duratex

Fiever lança Carmel, a nova construção platform vulcanizada

A plataforma, trend dos anos 70 que estourou nos pés de estrelas do rock, voltou para ficar e já está fazendo a cabeça – e os pés – das fashionistas. A Fiever, marca do grupo Arezzo, é fã dessa construção, e acaba de lançar uma versão ainda mais estilosa do seu platform sneaker.

A Carmel, nova construção vulcanizada da Fiever, tem altura de 4,5 cm e alonga a silhueta, deixando qualquer look com um toque cool. Versátil, ela vem em modelos slip-on e com amarração, e apresenta duas tendências queridinhas do momento: o veludo cotelê e a lona metalizada.

 

 

Informações: Fiever

 

Novo xampu para cabelo oleoso trata caspa, fortalece e evita queda dos fios

Shampoo Bioscalp da Biozenthi deixa cabelos mais fortes e menos oleosos, além de tratar a caspa e auxiliar contra a queda capilar. Produto tem uso seguro para veganos e celíacos, além de ser livre de parabenos e alergênicos.

Características

Com poderosos ativos, o produto é formulado com os extratos vegetais de alecrim (restaurador, antiqueda e anticaspa), aloe vera (desobstrue os folículos), calêndula (anticaspa com propriedades regenerativas), além de jaborandi (reduz oleosidade), piritionato de zinco (propriedades bactericidas poderosas contra fungos), além dos ingredientes hidratantes óleo de argan, óleo de copaíba e glicerina. O produto também conta com menthol, que dá uma sensação de refrescância ao couro cabeludo.

Diferencial

Com formulação livre de substâncias alergênicas, glúten ou ingredientes de origem animal, sendo assim de uso seguro para veganos e celíacos, produto controla a caspa e tem ação fungicida e bactericida, além de diminui a queda acentuada de cabelos, abrindo os folículos capilares obstruídos para proporcionar o nascimento de novos fios.

shampoo_bioscalp.png

Shampoo Bioscalp – Preço: R$ 41,90

Informações: Biozenthi Laboratórios Cosméticos SAC: (48) 4102-3322

Direito Pet: após o divórcio, como definir a guarda do animal de estimação?

Advogada do Nakano Advogados Associados, especializado em Direito à Saúde Humana e Animal, explica como funcionam os mecanismos legais para solucionar a questão da guarda dos pets

gato e cachorro.png
A sociedade humana tem evoluído e, com isso, tem havido mudanças no conceito de configuração familiar. Para as famílias amorosas, quem têm um ou mais pets em casa, esses companheiros de quatro patas já são considerados membros oficiais do grupo.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos de Animais de Estimação, o Brasil conta com a quarta maior população de pets do mundo. E em 2015, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que, em cada 100 famílias, 44 criavam animais de estimação e só 36 tinham crianças até 12 anos de idade. Devido ao novo panorama, a definição da guarda dos pets após o divórcio de um casal se tornou uma questão recorrente.

“Existem famílias que não conseguem definir amigavelmente com quem fica a guarda do animal de estimação e este processo pode causar desgaste em todos os envolvidos e, inclusive, alterações no comportamento do pet. Para evitar atritos, existem formas assertivas de determinar como será dividida a guarda dos animais de estimação”, afirma Claudia Nakano, do Nakano Advogados Associados.

O processo pode ser realizado gratuitamente nos fóruns do Brasil, por meio dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs). Os canais para mediação são acessíveis e eficazes. “É possível solucionar cerca de 90% dos casos por meio dos Cejuscs. Geralmente são mediadores preparados para atender a área da família, principalmente questões como: guarda, partilha, visitas e pensões”, ressalta a advogada.

Os conciliadores e mediadores, bem como os servidores dos Núcleos Permanentes de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemecs) e dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs), são facilitadores de resoluções de conflitos visando o direito ao acesso e o dever de justiça.

casal e gato pexels

Fonte:  Claudia Nakano é advogada especializada no Direito à Saúde Humana e Animal,  membro da Comissão OAB vai à Faculdade e do Consumidor 2019, Presidente da Comissão de Saúde Pública e Suplementar da OAB Santana/SP e membro das Comissões de Direito do Consumidor, Saúde, Planos de Saúde e Odontológico da OAB Santana/SP, 2016/2018. Sócia e fundadora do escritório Nakano Advogados Associados, é pós-graduada em Direito Civil e Processual Civil e em Direito Médico, Hospitalar e Odontológico pela EPD – Escola Paulista de Direito.

 

Pets: novo medicamento trata infecções da pele, respiratórias e do trato urinário

Vetoquinol lança Marbocyl P, moderno antibiótico para cães e gatos à base de marbofloxacina

A Vetoquinol, um dos dez maiores laboratórios veterinários do mundo dedicados à saúde animal, amplia no Brasil a sua linha pet, com o lançamento do Marbocyl P, antibiótico para cães e gatos indicado no tratamento de um amplo espectro de infecções.

Marbocyl P é uma fluoroquinolona de terceira geração, altamente eficaz e palatável, resultado da expertise da Vetoquinol na pesquisa e desenvolvimento da marbofloxacina.

Marbocyl P é indicado no tratamento de:

Gatos

gato-cocando-os-olhos-warren-photographic

-Infecções cutâneas e subcutâneas (feridas, abscessos e flegmões) ;
– Infecções do trato respiratório superior.

Cães

cachorro doente

– Infecções da pele e tecidos moles (pioderma cutânea, impetigo, foliculite, furunculose, celulite);
– Infecções do trato urinário (ITU), associadas ou não à prostatite e/ou epididimite;
– Infecções do trato respiratório.

O medicamento pode ser administrado em cães e gatos a partir de 2,5kg, na dose de 2mg/kg uma única vez ao dia, sendo possível a utilização em tratamentos prolongados. O produto está disponível em três diferentes apresentações: 5mg, 20mg e 80mg, facilitando a prescrição pelo médico veterinário de acordo com o peso do paciente avaliado.

Fonte: Vetoquinol

Carnaval – dicas para aproveitar as festas sem ter problemas com os pés

Bloquinhos de rua, desfiles e muito samba no pé – e haja pé para tantos dias de folia. A curtição do carnaval exige alguns cuidados básicos com esses dois protagonistas, que serão responsáveis por sustentar o corpo por horas a fio sem descanso. Segundo Valéria Vieira, podóloga e coordenadora técnica da rede Doctor Feet, o principal risco está relacionado a pisões e colisões, já que o contato com multidões nesses eventos é comum.

Além desses, outros riscos, como a fascite plantar e bolhas por atrito, podem ocorrer se não tomadas algumas medidas de prevenção. A especialista lista alguma dicas para evitar qualquer tipo de problema, confira:

mulher tenis rua pixabay
Pixabay

=Escolha sapatos fechados com absorção de impactos, como os tênis
=Não use chinelos, sandálias ou sapatilhas e não fique descalço em grandes multidões
=Use palmilhas ou calcanheiras se for ficar muito tempo em pé

saltocarnav_133719153
=Se usar salto, evite as bolhas usando protetores de dedo feitos de silicone, gel e adesivo, assim como o calcanhar
=Beba muita água para evitar a desidratação
=Em caso de dores, use um massageador específico para os pés ou mergulhe-os em uma bacia com água gelada por 30 minutos

escalda pés healthextremist
Foto: HealthExtremist

= Faça um escalda pé com óleos essenciais ou ervas para relaxar
=Coloque os pés para cima depois da folia e, se possível, durma com eles assim
=Ah, e outra dica muito importante: sexo só com camisinha! Seguindo esses e outros conselhos você poderá curtir as festas sem preocupação.

Fonte: Doctor Feet

Receitas fáceis, gostosas e práticas para se preparar para a folia

Antes de cair na folia e aproveitar o Carnaval é necessário preparar o corpo e, principalmente, o estômago para a diversão. Pensando nisso, Delícia selecionou três receitas de petiscos fáceis e práticos que irão ajudar a curtir todos os momentos da festa mais aguardada do ano. Confira:

Crespinhos de batata

Crespinhos de batata

Ingredientes
2 batatas grandes sem casca (500g)
½ xícara (chá) de farinha de trigo (60g)
2 colheres (sopa) de Margarina Delícia Supreme (40g)
2 ovos (110g)
Sal e pimenta a gosto

Para empanar
1 ovo
2 colheres (sopa) de água (30g)
1 pacote de parmesão ralado médio (50g)
Óleo de Milho Salada para fritar

Modo de preparo
Em uma panela contendo água fervente e sal leve as batatas para cozinhar até que estejam bem cozidas. Retire, escorra e amasse até obter consistência de purê.
Em uma panela, leve a Margarina Delícia Supreme para derreter. Junte a farinha de trigo e misture até que tenha sido absorvida pela margarina. Sempre misturando, adicione a batata e os ovos. Tempere com sal, pimenta do reino e cozinhe até que o fundo da panela comece a aparecer. Retire do fogo, deixe amornar e com pequenas porções de massa faça bolinhas. Passe-as na mistura de ovo e água, depois no parmesão ralado e leve para fritar rapidamente em óleo quente. Retire da panela, coloque em papel a toalha e sirva como aperitivo ou acompanhamento.

Rendimento: 4 a 5 porções.
Tempo de Preparo: 45 minutos.

Canapés de pasta de gengibre, kani e manga

canapé

Ingredientes

Pasta de gengibre
2 ½ colheres (sopa) de gengibre em conserva (50g)
2 ½ colheres (sopa) de Margarina Delícia Supreme (50g)
2 colheres (sopa) de creme de leite (20g)
Sal a gosto

Decoração
8 unidades de kani kama (160g)
1 manga tommy, sem caroço (180g)
Folhas de dill para acabamento
Torradas como base para os canapés

Modo de preparo
Em uma tábua, pique o gengibre bem miúdo e reserve. Em uma vasilha coloque a Margarina Delícia Supreme, o gengibre picado e o creme de leite. Tempere com o sal e misture bem até que todos os ingredientes estejam agregados. Corte a manga e o kani em lâminas bem finas e estreitas.

Montagem
Com o auxílio de uma faca espalhe uma porção de pasta de gengibre sobre uma torrada. Por cima coloque lâminas de manga e kani fazendo curvas para formar desenhos. Decore com folhas de dill.

Rendimento: 30 unidades
Tempo de Preparo: 1h

Arancino

Arancino.jpg

Ingredientes

Massa
3 xícaras (chá) cheias de arroz cozido (500g)
3 ovos (165g)
1 colher (chá) de açafrão (1g)
2 colheres (chá) de salsa picada (6g)
1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado (100g)

Recheio
1 xícara (chá) de mussarela ralada (110g)
¼ xícara (chá) de ervilhas congeladas (35g)
3 a 4 tomates cerejas compridos cortados em fatias (40g)

Acabamento
1 a 2 ovos para empanar (55 a 110g)
1 xícara (chá) de farinha de rosca (110g)
Sal a gosto
½ xícara (chá) de Margarina Delicia Cremosa com sal (100g) para fritar

Modo de preparo

Recheio: em uma vasilha misture todos os ingredientes e reserve.

Massa: em uma tigela coloque e misture todos os ingredientes da massa até que estejam bem unidos.

Montagem: faça bolinhas com pequenas porções da massa. Coloque o recheio ao centro e feche a massa dando em seguida um formato achatado ou arredondado. Passe-os pelo ovo e em seguida pela farinha de rosca. Em frigideira funda, revestida com teflon, leve um pouco de Delicia Cremosa para derreter. Acomode de 3 a 4 bolinhos e, em fogo médio/alto, frite-os de um lado e depois do outro até que fiquem dourados. Sirva-os quente.

Rendimento: 12 unidades de 85g
Tempo de preparo: 35 minutos

Fonte: Delícia/Bunge

 

Carnaval: nutricionista indica alimentos para aguentar a folia

O período de Carnaval no Brasil é sempre muito intenso e festejado por uma grande parte da população. Por isso, é importante manter os cuidados com a saúde, a partir de refeições que possam fortalecer e manter a energia do organismo.

Se alimentar corretamente é fundamental para que o bem-estar e a disposição estejam em alta. De acordo com a nutricionista Sabina Donadelli, o principal é se manter hidratado por meio de uma alimentação natural. “Alimentos ricos em açúcares são pesados, têm difícil digestibilidade e, por mais que deem a sensação de energia, por efeito rebote, levam o folião pra cama mais cedo”, ensina.

mix-de-castanhas-com-gengibre-caramelizados

Procure realizar uma refeição reforçada antes de sair de casa, com alimentos energéticos e nutritivos, como folhas, legumes, frutas e castanhas. Se o caso for comer na rua, faça escolhas inteligentes e opte por alimentos menos industrializados e processados.

goiaba vermelha

Sobre os excessos com bebidas alcoólicas, a nutricionista indica o consumo de água. “Muita água e muita goiaba ou goiabada, já que é uma fruta excelente fonte de vitamina C, que ajuda a curar a ressaca. A melhor dica é se lembrar de comer a goiaba antes de ir para cama”, ressalta. Assim o corpo repõe os minerais que foram gastos durante os festejos.

file de frango e salada pixabay
Pixabay

Caso seu carnaval seja comemorado em grande estilo no sambódromo, procure alimentações que não pesem mas, que sustentem. “O ideal é fazer uma refeição completa com carboidratos integrais, ovos ou frango e salada”, indica Sabina.

sucos

E como a criança também gosta de pular carnaval, precisa de cuidados: “Os pais devem evitar chocolates, além de excesso com balas e sorvetes. Pessoalmente, não sou muito adepta de suco em dietas, mas no carnaval é uma boa alternativa para manter a hidratação”, finaliza.

Fonte: Sabina Donadelli é formada e pós-graduada em Nutrição, a profissional alia seus conhecimentos da escola clássica com estudos da fitoterapia e dietoterapia oriental, como a chinesa e a indiana.