Arquivo da categoria: água

Dia Mundial da Água: especialista indica cinco atitudes para evitar o desperdício

Economia circular, novas tecnologias hidrossanitárias e calculadora de consumo são alguns exemplos que contribuem com a preservação da água

Comemorado no dia 22 de março, o Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992, durante uma conferência sobre o meio ambiente e o desenvolvimento. A data debate e alerta anualmente sobre alternativas para preservar um dos bens mais importantes do planeta.

A escolha de um dia dedicado à água reforça a grande importância desse patrimônio natural na vida das pessoas e no equilíbrio dos ecossistemas. Além de reforçar também a necessidade de conscientizar a população sobre o cuidado e a preservação desse bem, que desde muito tempo vem sendo explorado. A disponibilidade da água faz com que o seu valor seja esquecido, mas, na realidade, casos de regiões com escassez estão cada vez mais comuns.

“Estamos tratando com uma questão que afeta diretamente a fonte de vida da população, por isso medidas sustentáveis precisam ser aplicadas. Buscamos incentivar nossos colaboradores e clientes a economizar e preservar, além disso, também tentamos dar o exemplo praticando a economia circular. Coletamos a água da chuva e reutilizamos para limpeza dos espaços internos da empresa e pátios”, ressalta o gerente industrial da Censi, Arilson Decarlos.

Se conscientize você também. O especialista separou cinco dicas para você economizar em casa, anote aí:

água

– Economia Circular: ainda pouco conhecida, essa atitude busca dar valor ao que seria descartado. Alguns ambientalistas consideram que o consumo de água dentro do conceito de economia circular não é só uma opção, mas uma questão de sobrevivência. Dentro desse novo sistema, ao invés de descartar as águas residuais ou esgoto, é encontrado uma forma de reinserir no sistema evitando a realização de uma nova captação.

– Verifique vazamentos: nem sempre os vazamentos são visíveis, podendo ser também internamente. Nesse caso, se você não ficar de olho, só vai descobrir quando sua conta estiver nas alturas e uma grande quantidade de água ter sido desperdiçada. Um método comum para identificar o vazamento é fechar todas as saídas de água da residência e observar se o ponteiro do medidor continua girando. Se continuar, procure um profissional imediatamente, há grandes chances de encontrar um vazamento. Investir em mecanismos de antivazamento ajuda a prevenir e identificar.

mulher escovando dentes
Foto: JanFidler/Morguefile

– Economize água sempre que possível: quando for escovar os dentes, lavar a louça ou fazer a barba, não esqueça de fechar a torneira nos momentos em que não estiver usando. Uma torneira aberta pode desperdiçar em média 80 litros de água a cada cinco minutos. Não enrole na hora do banho, e também mantenha o chuveiro desligado enquanto não precisar da água. Evite lavar calçadas e garagens com água potável e colocar poucas peças de roupa para lavar, espere acumular o suficiente para atingir a capacidade total da máquina.

– Produtos hidrossanitários: além do antivazamento, outros produtos também podem auxiliar na economia de água. O sistema de duplo acionamento, por exemplo, diminui o gasto de 50% até 75% em relação às convencionais. Já os restritores e redutores de vazão são indicados para controlar a pressão da água e evitar o desperdício. Eles reduzem a saída de água em até quatro litros por minuto.

calculadora.png

– Calculadora on-line: você sabe o quanto de água gasta por dia? E se o seu consumo está dentro do indicado para cada habitante? A Organização das Nações Unidas (ONU) considera 110 litros de água por dia o ideal por pessoa. Para medir o quanto você gasta, existem algumas opções de calculadores on-line disponíveis. Por exemplo, clicando aqui, onde você coloca quantas pessoas moram na residência e o consumo mensal para verificar se a mediação está dentro ou acima do indicado pela ONU.

Pets devem ser secos após pegar chuva

Veterinária orienta sobre os cuidados para manter os pets com pelos hidratados, saudáveis e cheirosos

A expressão ‘cheiro de cachorro molhado’ é usada para dizer que algo está com um odor específico de umidade. Mas, na verdade, o cheiro é o resultado de uma reação química da água com algumas secreções produzidas pelos cães. “Por isso, é importante secar bem os bichinhos após pegar chuva ou passar por poças d’água, pois as partes molhadas podem desenvolver alergias e fungos”, explica a veterinária Karina Mussolino, gerente técnica de clínicas do Centro Veterinário Seres, do grupo Petz.

A dica é válida também para os cãezinhos que costumam ir à piscina ou à praia. Caso o pelo fique úmido, pode causar infecções que provocam cheiro ruim. “Procure secar bem com uma toalha limpa, principalmente as patinhas e dobrinhas, e depois, caso necessário, usar o secador numa temperatura morna”, orienta Karina. Mesmo em dias quentes, não é indicado deixar o bichinho molhado secando sozinho ao sol.

Escovação

escovando o cachorro quickanddirtytips
Foto: QuickandDirtyTips

Escovar ajuda a ativar a circulação e a diminuir o mau cheiro, mantendo os pets limpinhos. Até aqueles com pelagem curta devem ser escovados diariamente. “O tutor pode aproveitar a hora da brincadeira para usar aquelas escovas-luvas, assim, ao mexer no pet, já está higienizando”, recomenda a veterinária. Karina também alerta para o controle de pulgas e carrapatos nesta época. “Os pets podem ficar extremamente doentes e até vir a óbito pela falta de cuidado com as doenças transmitidas por ectoparasitas.”

Ambiente

caminhas 3

Outra dica importante é deixar sempre o cantinho dos pets seco. A ‘roupa de cama’ deve ser trocada toda semana. Almofada, manta e caminha precisam ser mantidas limpas e secas, explica a veterinária.

No banho

cachorro banho amanda cullingford pixabay
Foto: Amanda Cullingford/Pixabay

Nesta época, o banho é essencial para manter o odor agradável e o pet saudável. Indicado uma vez por semana em cachorros, deve ser feito com produtos adequados, com ph balanceado e hidratante, tanto para o pelo como para a pele. A veterinária alerta que é preciso proteger o ouvido dos bichinhos com um algodão apropriado para não entrar água, manter a temperatura da água amena e secar bem. “No caso de piscina e praia, é imprescindível depois lavar com água limpa e secar bem os bichinhos. As pessoas devem ficar atentas para retirar todo o resíduo de cloro ou de água salgada, para evitar o ressecamento”, orienta Karina.

Temperatura da água

depositphotos_cachorro tomando banho
Depositphotos

A água não pode ser nem muito quente nem muito fria. A fria não consegue remover a gordura da pele. Já a muito quente pode retirar a proteção natural, sensibilizando a pele do pet. A temperatura deve variar entre 35°C e, no máximo, 37°C, controlada com termostato, pois assim auxilia na remoção de impurezas.

Produtos específicos

cachorro banho pethealthzone
Foto: Pethealthzone

O xampu tem que ser específico para os pets, com o ph balanceado, para não ressecar a pele nem a pelagem ou tirar a proteção natural delas. Caso não tenha um específico, é melhor procurar um pet shop para banho e tosa ou providenciar o produto certo para os pets. “Também não se deve usar sabão de coco. Diferentemente do que as pessoas acham, ele é abrasivo e pode retirar a proteção natural da pele dos pets, provocando irritação e até alergia”, conclui a veterinária.

Fonte: Petz

Dia Mundial da Água: confira benefícios que o consumo traz para a saúde

Hoje, dia 22 de março, é comemorado o Dia Mundial da Água. Sabia que ela representa cerca de 60% do peso total do corpo de um indivíduo adulto? É por isso que está relacionada a praticamente todo funcionamento do nosso corpo e se manter hidratado é fundamental para a manutenção da saúde.

“Além de atuar no processo fisiológico, como na digestão, a água auxilia o transporte de substâncias, ajuda a eliminar toxinas através da urina e da transpiração e também é importante na regulação da temperatura do nosso corpo”, comenta a nutricionista da Cia. da Consulta, Juliana Mauri.

Muitas pessoas acabam se esquecendo de ingerir água ao longo do dia, mas saiba que isso pode ser um sinal de alerta para o corpo e prejudicial para a saúde. “Sede, boca seca, pele seca, olhos secos, lábios rachados, urina mais escura, redução do volume urinário, perda de peso e cansaço são alguns indícios de que a ingestão de água precisa estar mais presente na sua rotina e podem indicar desidratação”, indica Mauri.

O IOM (Institute of Medicine) recomenda 3,7 litros de líquidos total/dia para homens e 2,7 litros para mulheres. Alimentos também são ricos em água, sobretudo frutas e vegetais, e ajudam o organismo a suprir suas necessidades diárias. “Cerca de 20% do nosso fluído é proveniente dos alimentos”, explica a especialista.

Até aqui já deu para entender que a água só traz coisas boas para o nosso corpo, certo? Confira a seguir cinco benefícios de seu consumo listados pela nutricionista da Cia. da Consulta, Juliana Mauri:

Proporciona saciedade

Hidratacao agua mulher

A água nos causa saciedade, pois distende o estômago e diminui a fome. Por isso, o seu consumo antes das refeições pode ajudar no processo de emagrecimento.

Reduz cansaço e fadiga muscular

mulher bebendo agua2

Um dos motivos do cansaço pode ser o baixo consumo de água. Ela contribui para uma recuperação mais rápida e tem ação diurética, eliminando as toxinas que causam a fadiga. Logo, manter o organismo hidratado ajuda a aliviar a fadiga após o exercício.

Ajuda no raciocínio e bom-humor

mulher sorrindo

Quando o corpo está ativo e em estado de funcionamento adequado, envia um sinal positivo até o cérebro – o que melhora o humor. A água beneficia os neurônios e proporciona a sensação de bem-estar, além de influenciar a capacidade de raciocínio e memorização. Não tomar a quantidade de água suficiente pode fazer com que o cérebro não processe sentimentos e informações da maneira correta, o que acaba interferindo no humor, na concentração, no raciocínio e em muitas outras coisas.

Retarda o envelhecimento da pele

manchas-pele-sol-mulher

A água hidrata e aumenta a elasticidade da pele evitando o envelhecimento precoce, a acne e as rugas. O colágeno responsável pela sustentação da pele, depende da água para a sua renovação e bom funcionamento. Os cosméticos agem na camada mais externa da pele, enquanto o líquido age nas camadas mais internas.

Previne o mau hálito

mau halito boca mulher

Se você está com mau hálito, isso pode ser um sinal de que o seu corpo necessita de mais água. As pessoas que bebem pouca água ou respiram pela boca têm menos salivação. Por sua vez, a saliva ajuda a eliminar bactérias, manter a língua hidratada e evitar o mau hálito.