Arquivo da categoria: bem-estar

Programa online de 90 dias propõe transformação do corpo pela yoga

Desenvolvido com metodologia exclusiva, o Desafio Yoga exige apenas 20 minutos diários de dedicação e que têm o objetivo de ajudar as praticantes a entrarem na sua melhor forma no menor prazo possível através da yoga

O Desafio Yoga é um novo programa, 100% online e que tem como treinadora Leilane Lobo – Instrutora Certificada de Yoga há 9 anos, Personal Yoga e especialista em transformação do corpo feminino. Baseado no conceito da yoga, o programa tem uma metodologia exclusiva que, através de uma sequência dinâmica de movimentos, pode ser realizado por qualquer pessoa, mesmo aquelas que nunca fizeram yoga.

A metodologia foi criada com o objetivo de permitir que o corpo e a mente estejam em constante evolução. Os desafios de exercícios propostos forçam o corpo a mudar e a se adaptar, tonificando cada região trabalhada e garantindo resultados para o corpo e para a mente. “A ideia do programa é, além de deixar o corpo definido, que as alunas se sintam bem por dentro e por fora”, explica Leilane.

Composto por três fases, o Desafio Yoga é único e foi desenvolvido para ser prático, dinâmico e eficiente, de forma a proporcionar resultados no menor prazo possível. Dividido em uma série de vídeo-aulas, que propõem exercícios de apenas 20 minutos diários a serem executados por 90 dias, o programa pode ser feito a qualquer hora e em qualquer lugar, bastando que a praticante siga as instruções da Leilane.

Fase 1: O Fluxo Funcional
Nas primeiras quatro semanas, a aluna conhece a base de uma yoga prática e forte, aprende a executar cada movimento e constrói uma conexão mente-corpo para conseguir evoluir para posições mais desafiadoras. Neste período, também se inicia a tonificação dos músculos trabalhados nos movimentos propostos.

Fase 2: Fluxo de Transição
Na fase 2, Leilane Lobo ensina como combinar os movimentos aprendidos na fase 1 em um fluxo que mantém a frequência cardíaca elevada, maximizando a queima de calorias. As transições e uniões de posições progridem cada vez mais, fazem o corpo se adaptar e permitem que a mente se concentre em obter o máximo de resultados com cada exercício.

Fase 3: Fluxo de Domínio
Nesta fase, a proposta é que a aluna já esteja dominando a yoga ou perto disso. Todos os aprendizados das fases anteriores se juntarão para incendiar o metabolismo, energizando e revigorando o foco mental, enquanto potencializa os resultados no corpo por meio de movimentos mais avançados.

yoga2]yoga4yoga1yoga3yoga5

Além das videoaulas, o programa conta com quatro aulas-bônus que estimulam a saúde mental – ensinando a praticante a dominar os pensamentos para renovar as energias e tirar o estresse da mente e do corpo – e física, através de posições que melhoram a flexibilidade e a oxigenação do cérebro e pulmões, além aliviar as dores nas costas e prevenir contra problemas futuros nessas regiões.

O Desafio Yoga pode ser encontrado no site e a assinatura dá direito a um acesso válido por 90 dias, 12 videoaulas, 4 aulas-bônus.

 

Anúncios

Dicas para seu pé sobreviver ao Rock in Rio 2017

E mais uma edição do Rock in Rio chegou e, temos que ter alguns cuidados com a preparação do nosso corpo para a maratona de shows. São aproximadamente 12 horas de espetáculo intenso, com abertura dos portões às duas da tarde e o último show por volta das duas da manhã. No meu primeiro Rock in Rio, em 2001, me lembro de que a caminhada até os portões foi longa e, apesar da empolgação, quando chegou a hora do ultimo show, eu já não sentia os meus pés e minhas panturrilhas estavam muito doloridas.

Para atenuar dores e estar melhor preparado para os shows, podemos buscar a ajuda da osteopatia. A osteopatia é uma especialidade da fisioterapia que também atua com a posturologia, área que estuda a relação entre a postura e outras patologias crônicas. Segundo ela, os pés fazem parte de um sistema de captores posturais, ou seja, a pisada pode interferir no modo como o corpo reage ao solo, afetando o equilíbrio e outras estruturas. Com base na Osteopatia, veja 5 dicas importantes para saúde dos seus pés antes, durante e depois do Rock In Rio 2017:

tenis5

1- Calçado apropriado: nada mais adequado para enfrentar uma maratona que um bom par de tênis. Conforto em primeiro lugar, portanto, nada de salto alto, sapatos de bico fino, que peguem no calcanhar ou muito apertados. O ideal é comprar um tênis meio número acima do seu. Essa folga poderá ser preenchida caso seus pés inchem – o que é bem comum. Cuidado com calçados novos. Vale testá-los previamente com uma caminhada no shopping ou em uma corrida na esteira.

corrida

2- Preparação é tudo: ninguém vai para uma maratona sem se preparar, por isso, se você é um roqueiro sedentário, dou uma dica básica: movimente-se! Sair da inércia antes dos shows ajudará a diminuir o impacto sentido pelo seu corpo. Assim você poderá aproveitar com o fôlego em dia.

pés

3- Hora do descanso: aproveite intervalos para descansar. Entre um show e outro, vale a pena sentar, tirar o calçado e alongar os dedos e fazer uma boa massagem. Além de permitir que o pé respire, eles irão agradecer e garantir que a diversão continue.

sapato machucado pés bolhas curativos

4- Primeiros socorros: não se esqueça de levar um curativo. Depois de tanto tempo em pé, pulando e andando, o pé poderá apresentar bolhas ou regiões mais sensíveis. Para quem tem problemas específicos, como joanetes ou calos, existem curativos próprios para evitar que a dor acabe com o seu festival.

pés

5- Segue o baile: se você é daqueles que não se contenta com apenas um dia de show, o seu cuidado terá que ser ainda maior. Capriche nos alongamentos antes e depois da maratona – não esqueça os pés e dedos. Faça um escalda pés numa bacia com água entre 38°C e 46°C e aproveite para massagear – isso alivia dores e os efeitos dos impactos sobre eles.

Se, ao final dos sete dias de atrações você ainda estiver com dores, procure um osteopata. Esse profissional poderá realizar um diagnóstico preciso e baseado na posturologia, identificando as causas das dores e aplicando técnicas sem intervenção cirúrgica e medicamentosa.

Dr  Bernardo.jpg

Bernardo de Souza Costa é fisioterapeuta osteopata, especialista em posturologia osteopática e monitor da Escuela de Osteopatía de Madrid Brasil, no Rio de Janeiro.

Itens que não podem faltar em festivais e shows

Um dos maiores festivais de música do mundo começa hoje e, para se jogar nos shows dos seus artistas favoritos, o segredo é estar preparada. Assim, você diminui a possibilidade de passar “perrengues” e se preocupa, somente, em curtir o momento. Por isso, a Johnson & Johnson reparou um “guia de sobrevivência” para entrar de cabeça na diversão, com cinco dicas de itens essenciais que devem estar presentes na sua nécessaire. Confira:

1. Protetor Solar

Sabe aquela pele vermelha, que incomoda a ponto da camisa não poder encostar? Isso pode ser evitado se você não esquecer de incluir o protetor solar na sua rotina diária de cuidados. Considerando que o festival inicia suas atividades do dia ao longo da tarde, não deixe de aplicar o protetor antes de sair de casa. Confira o nível de RUV antes de sair de casa –em qualquer aplicativo de temperatura – e não deixe de se proteger.

2. Lencinhos demaquilantes

Serão seus aliados na hora de dar aquele up no rosto ou de enfrentar os banheiros químicos. Os lencinhos removem instantaneamente as impurezas, oleosidade e a maquiagem. Opte por lencinhos com textura ultra macia e suave e que vêm em embalagens com menos unidades – mais práticas e leves de carregar na bolsa.

3. Absorventes e protetores diários de calcinha

Um look confortável é parte importantíssima para você curtir sem preocupações. Além de optar por roupas de algodão que acompanhem os seus movimentos, se estiver naqueles dias, opte por absorventes que se adaptam bem ao seu corpo e modelito. Caso não esteja, para manter-se limpa e fresca durante todo o dia, o protetor diário é uma ótima opção. Sabemos que muitas vezes, as condições nos banheiros de eventos de grande-porte não são tão favoráveis, mais um motivo para contar com esses recursos.

4. Pó Mineral

Aquele pozinho na bolsa para retocar a make ao longo do dia é de praxe, não é? Para manter sua aparência e sair bem na foto, não deixe de incluir este item na sua bolsa. Ele pode te proporcionar uma cobertura natural e efeito matte, ajudando até a manter uma pele mais saudável.

Sugestões:

Carefree Todo Dia Flexi

CAREFREE170912_151903

Fino, flexível e se adapta a todos os tipos de calcinha. Ele não abafa porque tem uma exclusiva camada respirável, que deixa passar 3 vezes mais o ar, trazendo sensação de frescor todo dia, o dia inteiro. Preço sugerido: R$ 4,60

Sempre Livre Adapt Plus

Sempre_Livre170912_151903

Conforto e superproteção! Anatômico e seguro, absorve até cinco vezes mais do que a mulher precisa. Preço sugerido: R$ 4,40

ROC Minesol Oil Control

protetor-solar-roc-minesol-oil-control-fps-30-gel-creme-50g_zoom

Linha de proteção solar diária, que oferece ampla proteção UVA/UVB e atua no controle imediato e prolongado da oleosidade da pele. Preço sugerido: R$ 69,00

Neutrogena Skin Clearing Pó Compacto Mineral

Neutrogena170912_151903

Pó que une minerais suaves com a tecnologia MicroClear, que ajuda a controlar a oleosidade. Proporciona cobertura natural e efeito matte, ajudando a combater e prevenir o surgimento de espinhas sem agredir a pele. Preço sugerido: R$ 64,90

Neutrogena Night Calming

Night_Calming170912_151903

Máxima eficiência com fragrância calmante. Poderoso concentrado com 7 ativos demaquilantes. Neutrogena Night Calming Lenço Demaquilante, remove instantaneamente impurezas, oleosidade e a maquiagem. Preço sugerido: R$25,00

Informações: Johnson & Johnson

 

 

Terapias e técnicas para viver bem

Traumas, distúrbios, vícios, fobias e depressão são os temas mais comentados nos últimos anos, cada vez mais as pessoas estão perdendo suas características e se desesperando perante à sociedade. Muitas vezes a angustia e aflição pela falta de conhecimento pessoal e entendimento distorcido pode manifestar doenças graves e até o suicídio.

Célia Siqueira que é formada em Psicologia e Teologia, atua como grafóloga (pessoal, criminal e empresarial), psicoterapeuta, quiróloga, psicanalista, terapeuta holística e escritora, utiliza técnicas diferenciadas em suas terapias e ensinamentos para auxiliar no autoconhecimento e tratamentos complexos.

Para trabalhar medos, transtornos e ansiedade, utiliza métodos da Terapia Cognitiva (TC), aplicada para identificar pensamentos distorcidos e interpretar situações específicas, ou seja, busca a raiz do problema e assim cria a estratégia ideal para solucioná-lo.

“A cada dia me deparo com pessoas que buscam alternativas para viver melhor, para superar suas frustações, dificuldades e até distúrbios psicológicos. Muitas vezes o que parece ser complicado é muito mais simples do que as pessoas imaginam, porém se a procura por especialista não for rápida, pode-se acarretar outros problemas piores, aumentando ainda mais a dificuldade de solução”, diz Célia.

A Programação Neolinguística (PNL) é um dos métodos mais utilizados em profissionais de diversas áreas, além de ampliar a percepção sobre o que acontece ao redor, tanto na vida pessoal quanto na profissional, amplia a capacidade de comunicação e contato interpessoal, faz com que a pessoa compreenda a si mesmo e descubra seus pontos positivos, e os utilizam de forma motivacional.

mulher prece rezando

Já a Terapia de Vidas Passadas (TVP), atualmente muito utilizada também, busca soluções mais profundas através da memória inconsciente, o evento traumático ou chocante do passado que está gerando sofrimentos e problemas no momento. Através das sessões de hipnose, a revivência de vidas passadas e até no útero, podem auxiliar na solução tanto de casos simples até os mais graves.

Célia Siqueira atende em seu espaço localizado na zona sul de São Paulo, o Instituto Célia Siqueira e também presta consultoria para pessoas e organizações de outros estados e países.

É possível viver mais e melhor?

O quanto você tem investido para viver por mais tempo, com qualidade, saúde e esbanjando vitalidade e dinamismo? É fato: a população idosa no Brasil vem crescendo significativamente e, junto a esse aumento, a probabilidade de doenças. Embora seja um processo biológico natural do ser humano, é possível viver mais e melhor, sem declínio cognitivo, levando uma vida independente e sem o desenvolvimento de doenças esperadas para a idade, como Parkinson ou Alzheimer, com a adoção de um estilo de vida em que os hábitos saudáveis sejam a regra, não a exceção.

O Programa Longevidade Saudável do Kurotel – Centro Médico e Spa oferece práticas que contribuem para o envelhecimento com qualidade por meio de mudanças em direção à uma vida mais ativa e saudável. Recomendado para um perfil de público a partir de 60 anos, o Programa Longevidade Saudável tem duração mínima de uma semana, podendo chegar a duas ou três semanas para melhores resultados. Mais que tratamentos e terapias de saúde e estética, o que se vivencia em uma semana de imersão é uma verdadeira reciclagem de hábitos.

kurotel

Toda a equipe transdisciplinar de médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, professores de educação física, massagistas e demais profissionais de saúde do Kur ensinam que é possível, sim, adotar pequenas atitudes que fazem total diferença e impactam diretamente na melhora do sono, da atenção, da memória, da imunidade e dos sintomas relacionados à ansiedade e depressão. Além disso, as práticas promovem a redução do cansaço e fadiga, de dores crônicas, dos riscos de desenvolver hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e da utilização de medicamentos em alguns casos.

A proposta de atividades personalizadas a serem realizadas durante o período de imersão é sugerida após a realização de uma série de avaliações, entre elas, a geriátrica, fisioterápica, nutricional, física, psicológica e óssea, a fim de compreender a capacidade funcional e emocional de forma global.

Informações: Kurotel

 

 

Sem provocar dores, escoliose pode causar graves problemas

A coluna vertebral é a parte estrutural mais importante do nosso corpo, por isso qualquer questão relacionada a ela e que não tenha a devida atenção pode causar uma lesão de maior gravidade. Umas dessas condições, que a princípio parece inofensiva é a Escoliose, uma deformação morfológica da coluna e que em casos mais delicados, pode até prejudicar o bom funcionamento de órgãos vitais.

Há dois tipos comuns de escoliose, a congênita (que é causada por malformação das vértebras da coluna) e a idiopática (não possui causa comprovada cientificamente), porém a mais comum na população. Uma das explicações se dá pelas modificações que o corpo passa ao longo da vida, sendo mais comum em jovens em fase de crescimento, embora não seja o fator determinante. “O corpo vai fazendo ajustes por conta da nossa postura, do peso que carregamos nos ombros, na maneira como sentamos, mas nenhum deles é responsável 100% pelo desenvolvimento da escoliose”, explica o fisioterapeuta Bernardo Sampaio do ITC Vertebral de Guarulhos.

De acordo com a última PeNSE – Pesquisa Nacional de Saúde Escolar, feita pelo IBGE, os dados da pesquisa indicam que casos de escoliose com fatores não genéticos podem ser influenciadas pelo sedentarismo. Afinal, 65,5% dos estudantes do 9º ano do ensino fundamental não realizam se quer 300 minutos de atividade física na semana, sendo que o recomendado pela Sociedade Brasileira de Pediatria é de pelos menos 420 minutos.

tratamento-itc-pilates.jpg

A escoliose não causa dores, mas pode ser perigosa, por isso é importante detectá-la logo no início. Em casa é possível fazer um teste simples. O fisioterapeuta sugere que a pessoa dobre o tronco para frente como se fosse para encostar as mãos no chão e mantenha essa posição por alguns segundos. Assim, é possível observar se há algum lado mais alto do que o outro, ao longo das costas. “Caso tenha uma discrepância grande é preciso procurar um especialista para uma avaliação mais adequada e possivelmente a indicação de tratamento, que não necessariamente será cirúrgico”, pontua Sampaio.

Intervenções cirúrgicas são indicadas apenas em casos mais graves; assim como muitos problemas de coluna, quadril e joelho. A cirurgia é sempre a última opção. Em graus menores, são sempre tratadas com exercícios e posturas. “Nem sempre as alterações da curvatura da coluna estão relacionadas com dores crônicas, por isso é sempre importante consultar um especialista para se ter o devido diagnóstico”, finaliza.

Fonte: Bernardo Sampaio é fisioterapeuta responsável pela Unidade de Guarulhos do ITC Vertebral e do Instituto Trata, o especialista é também diretor regional da Associação Brasileira de reabilitação de coluna – ABR Coluna. Graduado pela PUC- Campinas e com formação em osteopatia clínica pela Académie de Thérapie Manuelle Et Sportive (Bélgica). O profissional também possui especialização em fisioterapia músculo esquelética, aprimoramento em membro superior e oncologia ortopédica pela Santa Casa de São Paulo. 

 

Saiba mais sobre o metabolismo e confira algumas dicas para acelerá-lo

Estudos demonstram que o metabolismo não está 100% ligado apenas à idade, mas sim às mudanças na alimentação e atividade física em virtude da fase de vida; sempre ouvimos falar que nosso metabolismo basal fica mais lento com o avanço da idade. Mas afinal, você sabe o que é metabolismo?

Assim chamamos o processo pelo qual o corpo produz energia para manter as funções vitais. Seu funcionamento depende de inúmeros fatores, como genética, alimentação, atividade física, peso, estatura, sexo e, claro, idade. “Em qualquer fase da vida em que haja piora dos hábitos alimentares e de atividade física, há um prejuízo na taxa metabólica e uma tendência ao ganho de peso”, afirma Suemi Marui, endocrinologista que integra o corpo clínico do Alta Excelência Diagnóstica. Entretanto, ela explica que após os 30 anos, este prejuízo é mais percebido – especialmente pelas mulheres.

Estudos demonstram que o metabolismo não está 100% ligado apenas à idade, mas sim à soma das mudanças na alimentação e atividade física em virtude da fase de vida, tais como casamento, vida profissional e a chegada dos filhos. Além disso, a falta de alguns hormônios também leva à lentidão do metabolismo, como tireoidiano, cortisol e o hormônio de crescimento.

“Após os 60 anos, há uma redução importante na taxa de metabolismo basal tanto em homens como em mulheres. Os estudos correlacionam esta queda à redução da massa muscular”, revela a médica do Alta. Suemi reforça que o metabolismo diminui na maioria das vezes como um mecanismo de proteção, para economizar ou conservar a energia para funções importantes, como respirar. “A redução da taxa metabólica nesses termos também acarreta sensação de cansaço, fadiga e indisposição para as atividades físicas. E isso se torna um ciclo vicioso que pode acarretar em ganho de peso”, diz ela.

Geralmente 60% e 70% da energia são utilizadas para a manutenção das funções vitais (respiração, funcionamento do coração, manutenção da temperatura corporal, etc.). Outros 10% a 12% do consumo de energia total são utilizados no processo de digestão e aproveitamento dos alimentos. Os 18 a 30% restantes são utilizados na manutenção do organismo (processos cicatriciais, imunológicos e de crescimento) e nas atividades cotidianas. Toda “sobra” de energia é armazenada sob a forma de gordura ou glicogênio (açúcar) para o uso posterior em eventual necessidade.

Quer saber como acelerar o metabolismo? Seguem algumas dicas da médica:

– Lembre-se que a intensidade e a frequência de atividade física determinam o nível de gasto calórico. Por isso, exercite-se pelo menos 3 vezes por semana;

exercicio em casa

– O exercício aumenta o metabolismo, e quanto maior a atividade aeróbica, maior o metabolismo. Em longo prazo, quanto mais atividade física fizermos, adquirimos maior quantidade de músculos e consequentemente o metabolismo aumenta;

exercicio-cao_20161027161923

– Não existe nenhum alimento que comprovadamente aumente o metabolismo. Cafeína, chá verde e pimenta são conhecidos como termogênicos, mas o aumento é muito leve. Para elevar o metabolismo seria necessário consumi-los em concentrações extremamente altas e inviáveis no dia-a-dia, sob o risco de problemas cardíacos e gastrointestinais.

pimenta

Fonte: Alta Excelência Diagnóstica

Cinco maneiras de melhorar a sua autoestima

Aprenda a importância de incluir atitudes positivas na sua rotina para adquirir uma vida mais saudável

Já se perguntou como está a sua autoestima hoje? Uma das melhores sensações da vida é se sentir feliz consigo e se aceitar. No entanto, nem sempre conseguimos alcançar este objetivo. Mas saiba que algumas ações e mudanças no seu cotidiano fazem toda a diferença na construção e manutenção da autoestima, que pode ser definida como o autorrespeito e a confiança que preservamos em nós.

Apesar da rotina corrida, é importante reservar um tempo para cuidar de si. A nutricionista Beatriz Botequio, da Equilibrium Consultoria e consultora do Sabe Portal sugere algumas mudanças de hábito, atitudes saudáveis e positivas que podem mudar como enxergamos a vida:

1. Mantenha uma alimentação equilibrada para fornecer ao corpo todos os nutrientes que precisa para funcionar corretamente. Para isso, é preciso criar o hábito de ingerir macronutrientes – carboidratos, proteínas e gorduras, e micronutrientes – vitaminas e minerais.

alimentação-saciedade

2. Beba mais água, a ingestão de água garante o bom funcionamento do organismo e do intestino e contribui para a boa aparência da pele.

Hidratacao agua mulher

3. Pratique atividade física regularmente, pois auxilia no bem-estar físico e emocional, já que ajuda no controle do peso, permite a integração com outras pessoas e reduz o estresse. Encontre uma atividade que dê prazer, 30 minutos por dia é o suficiente para manter o corpo ativo.

academia-1

4. Controle o estresse no dia a dia. O estresse é um estado que ocorre em resposta aos estímulos que geram alteração emocional e desequilíbrio no corpo. Diversas situações podem levar ao estresse e prejudicar a qualidade de vida, gerando desmotivação. É importante saber identificar esses fatores e evitá-los.

FreeGreatPicture MULHER ESTRESSADA

5. Mantenha a motivação, pois sentimentos negativos, como tristeza, ansiedade, raiva, uma avaliação negativa da imagem corporal e baixa autoestima estão relacionados ao menor estímulo para cuidar de si mesmo. Por outro lado, os pensamentos positivos, como a alegria e a motivação, estão associados à prática de hábitos saudáveis. Esteja motivado para fazer mudanças no seu estilo de vida, entre elas, o comportamento alimentar.

mulher feliz campo bicicleta

Jazz com Pilates chega ao mundo fitness

Ao som das músicas dos anos 1980 e 1990, carregando a energia de John Travolta, Beatles e Madonna, com roupas típicas coloridas, polainas e bodies, a aula de Barre Jazz chegou para sacudir o mundo fitness.

Com movimentos de dança, agregados aos princípios do Pilates, a aula chega ao Brasil pelas mãos da Audrea Lara, profissional de educação física pioneira na modalidade por aqui.

ballet

“A aula trabalha principalmente o sistema cardiovascular, a metabolização da gordura corporal, em uma sessão intensifica movimentos de quadril e cintura escapular feitos de maneira muito segura. A principal diferença para o jazz convencional é que trabalha com a conexão púbis/esterno, que é o aprofundamento do abdômen e o aumento dos espaços intervertebrais. Por isso, sem sobrecarga na lombar, como no Pilates, e com queima calórica 750 calorias por aula – bem mais do que o jazz convencional”, diz Audrea.

Com muito dinamismo e diversão, o Barre Jazz fortalece, melhora a mobilidade articular coxofemoral e da cintura escapular com rotações que mantêm a estrutura da caixa torácica e as mobilidades corporais com apoio dos pés no solo e movimentos em formato de 8. “É isso que deixa a modalidade muito mais segura, sem riscos de danos para as articulações, ossos e coluna”, completa a profissional.

audrea

Confira a novidade assistindo ao vídeo aqui.

Fonte: Audrea Lara é formada em educação física pela USP, tem certificação em Pilates nos Estados Unidos pela professora Romana Krizanowska, herdeira direta de Joseph Pilates. Participou de diversas pesquisas sobre nutrição, aprendizagem motora, ginástica postural e avaliação e condicionamento para adultos e pessoas da terceira idade. Ministra cursos sobre reestruturação corporal e participou, como coautora, do livro “Enxaqueca, Alívio Para o Sofrimento”, no qual ensina a aliviar a dor por meio de exercícios que melhoram a postura.

 

Aprenda a controlar as emoções com a meditação

Especialista ensina técnica mindfulness que auxilia a viver com foco no presente trazendo mais saúde, tranquilidade e equilíbrio

Devido a uma infinidade de tarefas que devemos desempenhar ao longo dia, se torna cada vez mais complicado arrumar algum tempo para relaxar. Os pensamentos estão a todo vapor e são mil ideias que pretendemos colocar em prática ao mesmo tempo. Mas esse estado de agitação pode ser muito prejudicial tanto para a saúde física como para a mental e espiritual. Especialmente no que se refere ao controle de nossas emoções.

“Ficamos tão imersos em nosso cotidiano que muitas vezes acabamos fazendo tudo no automático, sem prestar atenção no que estamos fazendo ou como estamos agindo. Todos precisam de um descanso de todo esse barulho, para observar a si mesmo e o mundo ao redor com mais clareza. Desta maneira, mindfulness vem para nos beneficiar, aponta Guida Graf, psicóloga e graduada como orientadora em Mindfulness pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clinicas – Escola de Excelência da FMUSP

A técnica mindfulness consiste em se concentrar no tempo presente, e vem ganhando adeptos no mundo todo por ser uma meditação fácil e que pode ser praticada em qualquer lugar. Estudos já mostraram que ela é capaz de aliviar o stress, agora, mais uma vantagem pode entrar para essa lista: o controle emocional. “A meditação formal é um processo diário, é importante fazer isso todos os dias. Pensamos 24h por dia seja no futuro, gerando uma ansiedade, ou no passado, gerando uma tristeza.

meditação pin terest
Foto: Pinterest

Com a técnica mindfulness conseguimos identificar qual a essência dos nossos pensamentos sem dar importância a eles apenas observando e deixando passar porque é isso que a mente faz ela pensa, assim como o coração bate, e o estômago digere. Mas se deixarmos os pensamentos passarem e colocando o foco na respiração do ar que entra e do ar que sai a nossa mente e o nosso corpo ficam mais tranquilos, explica Guida.

E a especialista ainda traz uma grande dica: é essencial que prestemos atenção em nossa respiração, utilizando-a como uma âncora: “Faça da respiração sua amiga, quando se sentir ansioso, respire. Ela tem o poder de te deixar mais centrado e você pode usar a meditação informal no seu dia a dia fazendo todas as tarefas com atenção plena e observar com curiosidade o que está acontecendo sem julgar, mas aceitando o que você sente não deixando que as emoções e os sentimentos te invadam com tanta força”, explica Guida.

Segundo Guida, encaixando a meditação no cotidiano e tornando isso uma tarefa diária, as pessoas aprendem a lidar com a vida pessoal, profissional e sentimental de uma forma muito mais tranquila e eficaz. “Os benefícios são diversos. Por exemplo, quando vier um pensamento triste ou ansioso, o processo auxilia a controlar sua respiração para acalmar mente e corpo e faz com que a mente acabe trabalhando a favor e não contra você.

mindfullness meditacao pixabay
Foto: Pixabay

Guida Graf

Psicóloga, formada pelo Instituto de Psiquiatria da FMUSP como orientadora em Mindfulness, ministra cursos no Formato de MBSR (Mindfuleness Baseado na Redução de Estresse) de 8 semanas e também em formatos reduzidos, de acordo com a necessidade do aluno. Auxilia pessoas que possuem rotina muito estressante ou depressiva, a encontrar um estilo de vida mais saudável. Ensina técnicas de meditação mindfulness que permitem aos indivíduos se tornarem mais conscientes dos seus atos e, dessa forma, mudar o olhar para o mundo externo com menos interferência no mundo interno.

Informações: Guida Graf