Arquivo da categoria: cantora

Paula Toller apresenta “Como Eu Quero”

O show inédito passará por São Paulo e Porto Alegre com um repertório composto de grandes sucessos da cantora e também interpretações de canções dos Mutantes, Charlie Brown Jr e Stevie Wonder

Paula Toller apresenta seu novo trabalho “Como Eu Quero” e dá ao público a oportunidade de assistir à consagrada cantora e compositora numa apresentação inédita. Depois de viajar com o show Transbordada e de protagonizar a turnê Rock Brasil para mais de um milhão de pessoas, agora Paula apresenta seu repertório de forma mais essencial, numa performance tête-a-tête com o público.

O show passará por São Paulo, no dia 10 de novembro, no Teatro Bradesco, às 21 horas e Porto Alegre, no dia 8 de dezembro, no Teatro do Bourbon Country, no mesmo horário. Os ingressos já estão à venda.

A seleção contempla toda a sua carreira solo e no Kid Abelha. Além das próprias músicas, Paula também apresenta “Ando Meio Desligado”, dos Mutantes; “Céu Azul” do Charlie Brown Jr, numa interpretação delicada e emocionante; além de uma versão para “Don’t You Worry ‘Bout a Thing”, de Stevie Wonder, que virou “Deixa a Vibe te Levar”.

Como não poderia ser diferente em um show de uma hitmaker, grandes sucessos compõem o setlist e o espectador poderá ouvir, entre outras, “Como eu quero”, “Nada Sei”, “Fixação” e “Grand’Hotel” interpretadas por Toller com o auxílio luxuoso do lendário produtor Liminha, nos arranjos e violão, além dos excelentes: Gustavo Camardella (violão), Pedro Augusto (teclados), Pedro Dias (baixo) e Adal Fonseca (bateria). A cenografia tem concepção do multifacetado Batman Zavarese. E a luz é assinada por Samuel Bets.

Foto: Leo Aversa
Foto: Leo Aversa

Sobre Paula Toller

A carreira de Paula Toller, hoje com incríveis 55 anos, se confunde com a da banda Kid Abelha, um dos maiores fenômenos da música nacional, com nove milhões de discos vendidos em 35 anos, uma enorme coleção de hits e discos de ouro, platina e diamante. A banda encerrou suas atividades em pleno sucesso, e Paula segue seduzindo os fãs brasileiros com sua voz inconfundível em uma bem-sucedida carreira solo, shows de alto nível e ótimas letras, além de muitos prêmios.

Classificação: Livre
Duração: 90min

São Paulo
10 de novembro
Sexta-feira, às 21 horas
Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo) – Vendas: Ingresso Rápido

Porto Alegre
8 de dezembro
Sexta-feira, às 21 horas
Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80 / 2º andar – Shopping Bourbon Country) – Vendas: Opus Promoções

Anúncios

Björk faz 50 anos

E quem fez 50 anos ontem (21) foi Björk Guðmundsdóttir, conhecida simplesmente por Björk. Festejada e influente cantora e compositora islandesa, Björk também é atriz, instrumentista e produtora musical. Já lançou nove álbuns de estúdio e duas trilhas sonoras. Seu estilo musical eclético mistura rock, jazz, música eletrônica, clássica e folclórica. Sua voz também tem sido aclamada por ter um timbre incomum e incomparável. Björk é uma grande admiradora da música brasileira, em especial da cantora Elis Regina. Ela já esteve aqui algumas vezes.

Björk foi indicada para 13 prêmios Grammy e, como atriz, a um Oscar e dois Globos de Ouro por sua atuação em “Dançando no Escuro” (1999). Acabou ganhando o Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes de 2000. Também foi classificada na trigésima sexta no VH1’s “As 100 Maiores Mulheres do Rock and Roll” e oitava posição na MTV “22 Melhores Vozes na Música”. Falando em Oscar, ficou na memória de muitos o vestido que ela usou para ir à cerimônia, em formato de cisne.

Dona de uma voz inconfundível, ela fez mais sucesso nos anos 1990 com músicas como “Army of Me”, “Hyperballad” e “It’s Oh So Quiet”, esta última tem um dos videoclipes mais premiados e é considerado um dos melhores de todos os tempos. Foi dirigido pelo hoje cineasta Spike Jonze. Na verdade, trata-se de um cover da cantora Betty Hutton. Veja aqui o clipe e se delicie.

Parabéns atrasado para a islandesa mais famosa do mundo!

Joan Jett faz 57 anos e continua amando “rock and roll”

Hoje a cantora Joan Jett faz 57 anos. Famosa pelo megassucesso “I Love Rock and Roll”, Joan tem algumas características curiosas: está sempre vestida de preto, especialmente calça e colete de couro (fake, já que ela é vegana), tem os cabelos curtos, irregulares e pretíssimos, voz de meio-soprano, rouca e profunda.

Ela, junto com amigas como Lita Ford, formou a primeira banda de rock feminina, The Runaways, que ganhou uma filmografia, em 2010, com a atriz Kristen Stewart interpretando-a.

Numa entrevista, quando lhe perguntaram os significados de algumas tatuagens que ela tem, Joan respondeu: “O triângulo no meu peito representa a minha divindade e a dos outros. A faixa ao redor do meu braço representa a essência criativa da vida em um redemoinho de forças positivas e negativas”.

Felicidades e muitos anos de rock and roll para Joan Jett.

Quem faz aniversário hoje é a cantora Gloria Estefan

Gloria Maria Milagrosa Fajardo, mais conhecida como Gloria Estefan, é a aniversariante de hoje.

Ela nasceu em 1957, em Havana, Cuba, portanto, está fazendo 58 anos.

A cantora já vendeu mais de 100 milhões de discos no mundo todo, ficando entre os cem artistas mais vendidos de todos os tempos.

Ela é casada com o músico Emilio Estefan com quem, por anos, formou a banda Miami Sound Machine antes de seguir carreira solo. Tem apenas um filho, Nayib Estefan.

Gloria mudou-se com a família de Cuba para Miami, por motivação política, quando tinha apenas dois anos de idade. Ela é uma das principais líderes internacionais do movimento de oposição ao regime comunista em Cuba.

A cantora Shania Twain faz 50 anos hoje!

Shania-Twain-Up!-Pt.-2Não conheço muitas músicas dela, nem sou fã de country music, mas acho a Shania Twain lindíssima. E ela hoje está fazendo 50 anos!

Shania Twain nasceu como Eilleen Regina Edwards em 1965, em Ontário, Canadá. Quando ela tinha 6 anos de idade, sua mãe se casou novamente com Jerry Twain, um nativo Ojibwa (tribo de índios do Canadá) que a adotou como sua filha. Ela começou a cantar em bares aos 13 anos. Porém, quando tinha 22 anos, seus pais morreram em um acidente de carro e ela se tornou guardiã legal de seus meios-irmãos (Mark, então 13, e Darryl, então com 14 anos) e uma irmã do primeiro casamento da mãe, deixando sua carreira musical de lado.

Em 1991 ela mudou seu nome para Shania (que significa “eu estou no meu caminho” em Ojibwa) e assinou um contrato com a Mercury Nashville. Seu primeiro álbum passou sem chamar atenção, mas seu segundo, produzido com Robert John Lange, que se tornou seu primeiro marido, quebrou recordes mundiais de vendas.

Ela já ganhou o Grammy de Melhor Álbum Country, o World Music Award de Melhor Cantora Country e o American Music Award como Melhor Cantora Country e Cantora Country Revelação. Up, seu último álbum, foi gravado com músicos indianos diretamente em Mumbai, na Índia. Por aqui, sua música mais conhecida é “You’re Still the One”, de 1998. Minha preferida é “Man! I Feel Like a Woman” cujo clipe parodiava “Addicted to Love” do Robert Palmer.

Curiosidade: ela já foi eleita a vegetariana mais sexy pela PETA (People for the Ethical Treatment of Animals – Pessoas pelo tratamento ético dos animais).