Arquivo da categoria: Doce

Fabrice Le Nud ensina a fazer macaron no dia 25 

Em homenagem ao milionésimo macaron feito na Pâtisserie Douce France, número alcançado em julho, o chef pâtissier Fabrice Le Nud ensinará a fazer esta delicia francesa em aula no dia 25 de julho, na loja dos Jardins, em São Paulo.

Le Nud ensinará o passo a passo do famoso doce que é servido nas lojas da rede nos sabores chocolate, limão, framboesa, pistache, avelã, café, chocolate com cupuaçu e os novos doce de leite e maracujá.

As inscrições vão até o dia 24 de julho (ou até preenchimento das vagas). Ao final da aula, haverá degustação e entrega de diplomas.

Fabrice Le Nud já foi eleito, por seis vezes consecutivas, o melhor Chef Pâtissier do ano de São Paulo, pela revista Gula. Ingressando na categoria Melhor dos Melhores.

Já a Pâtisserie Douce France foi consagrada duas vezes a melhor doceria pela revista Veja São Paulo, além de ser premiada pelas revistas Época SP e Go Where Gastronomia, e pelo Guia da Folha como uma das melhores confeitarias da cidade de São Paulo.

Uma breve história do macaron

macaron2macaron

O macaron se tornou famoso graças aos franceses, porém, sua origem é atribuída aos italianos. Segundo a Larousse Gastronomique, ele tera sido criado em Veneza, durante a Renascença, e seus primeiros nomes foram maccherone e macarone. Segundo a publicação, o doce era feito desde o ano 791 em monastérios e, diz a lenda, seguia o formato dos umbigos dos monges.

Lendas à parte, o macaron teria chegado à França, em um formato mais simples, sem cores e recheio, graças a Catarina de Médicis. Tanto que, por algum tempo, ele foi conhecido como o “doce da rainha” e só era servido para a nobreza. Sua receita era mantida em segredo. Porém, algumas freiras carmelitas, da cidade de Nancy, conseguiram descobrir como eram feitos e começaram a reproduzi-lo. Ele, então, passou a ser chamado de doce das irmãs macarons. O pâtisseur Pierre Desfontainer, da famosa pâtisserie Ladurée, de Paris, no início do século 19, acabou inovando ao juntar as duas conchinhas e acrescentar um recheio cremoso entre elas.

pati.png

Serviço
Aula: Macaron
Ministrada por: Chef Fabrice Le Nud
Data: 25/07/2017, terça-feira
Horário: das 15 às 18 horas
Local: Pâtisserie Douce France
Endereço: Alameda Jaú, 550/554 – Cerqueira César.
Número de vagas limitadas: 12
Investimento: R$ 290,00
Forma de pagamento: depósito bancário (Bradesco)
Inscrições: pelo e-mail rh@patisseriedoucefrance.com.br ou Tel.: (11) 3262-2458 Caroline

Crianças de férias exigem cuidados com saúde bucal

Férias de julho podem representar o momento de maior risco para crianças em relação à ação de bactérias que podem causar o problema dentário. Isto porque é no período longe da escola que os pequenos consomem mais alimentos ricos em açúcares, deixando os dentes mais tempo expostos à acidez, o que pode acarretar na rápida perda de minerais e surgimento de cáries e amidos.

Dados do Ministério da Saúde mostram que, em 2010, 56% das crianças de 12 anos apresentavam pelo menos um dente com cárie. Entre os adolescentes de 15 a 19 anos o número chega a 90%. Crianças com dente de leite possuem índices que também preocupam. Aos cinco anos, cerca de 60% sofrem do mal. Cáries em dentes de leite exigem cuidado.

De acordo com a dentista da CISE – Clínica Integrada Santo Expedito, Paula Karam, durante as férias as crianças estão mais propensas a consumirem doces, seja em casa, seja no passeio, fatores que agravam o cenário da saúde bucal. “Alimentos à base de sacarose são os maiores vilões dos dentes, por isso, precisam ser consumidos com cuidado e moderação para evitar o aparecimento de cáries”, explica.

criança doce.png

O hábito de higiene deve ser adquirido desde cedo, uma vez que é na primeira infância que se dá a calcificação dos dentes permanentes, possibilitando que o permanente nasça e se desenvolva de forma saudável. “Fazer a higienização bucal adequada por meio da escovação dos dentes após as refeições, uso do fio dental, limpeza da língua e das bochechas, são hábitos saudáveis que precisam ser implantados desde a infância e com o acompanhamento de um adulto”, orienta a dentista.

Ainda segundo Paula Karam, para evitar o aumento de cáries no período de férias, é importante também, que pais insistam na escovação após as refeições e as beliscadas em doces. “Nesse período de férias escolares as crianças costumam comer bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes, batata frita e bala grudenta. A bactéria da cárie é atraída por coisas doces”, resume.

menina escovando dente
Foto: TodaysParent

Dicas de escovação

– Use uma pequena mancha de pasta de dente;
– Incline a cabeça da criança para que ela fique com a boca para baixo, de modo que a pasta de dentes escorra na pia;
– Use uma escova com cerdas macias projetada para escovar os dentes da criança ou bebê;

stay at home mum mulher criança dentes
Foto: StayAtHomeMum

– Se a criança tem dificuldade ao segurar uma escova de dente, tente fazer a alça mais grossa, colocando-o dentro de uma bola de tênis, por exemplo. A alça da escova também pode ser presa a mão da criança com uma fita ou velcro;
– Quebre o processo em pequenos passos para que a criança possa entender e praticar, colocando uma mão sobre a mão da criança para orientar o movimento da escova;
– Escove a língua.

Fonte: CISE – Clínica Integrada Santo Expedito

A Chapa lança sobremesa com venda exclusiva pelo iFood

El Chapo é uma combinação de bolo, brigadeiro e doce de leite

iFood e A Chapa lançaram o El Chapo, sobremesa vendida exclusivamente pela plataforma. Servida em um copo transparente, é montada com camadas de bolos de chocolate e pão de ló, cobertas com recheio de doce de leite e brigadeiro gourmet – uma combinação de quatro delícias que resultou em um doce para olhar, comer e pedir mais.

O El Chapo é vendido a R$ 9,90, somente para pedidos de delivery feitos pelo iFood e é apenas a primeira de uma série de novidades desta parceria do iFood com A Chapa, que em breve apresentará outros pratos exclusivos.

achapa ifood

A Chapa
Horário de funcionamento
Segunda – 11:30 às 00:30
Terça a quinta – 11:30 às 22:45
Sexta – 11:30 às 00:00
Sábado e domingo – 11:30 às 02:00
Pedidos via site ou aplicativo

Pâtisserie Douce France venderá seu milionésimo macaron neste mês

Na primavera de 2001, nascia a Pâtisserie Douce France, nos Jardins, em um sobrado na charmosa Alameda Jaú, em São Paulo. Era o primeiro passo do chef pâtissier Fabrice Le Nud, que deixava um cargo seguro no Hotel Sofitel, para materializar um sonho de anos que compartilhava com a mulher, Florinda: criar sua própria pâtisserie.

Realmente, era apenas o primeiro passo em direção ao sucesso, de público e de crítica. Hoje, além da matriz, de onde saem seus deliciosos salgados, doces, bolos, sorbets e chocolates, há mais quatro unidades espalhadas pela cidade. E Le Nud, nestes anos todos, vem colecionando prêmios pela maestria em suas criações.

Macarron 22

E este mês de julho traz uma marca incrível para a pâtisserie: a venda do milionésimo macaron. Sim, Fabrice irá preparar seu macaron número 1.000.000 à frente de sua rede.

O doce, um dos mais famosos da França, nascido na cidade de Lorraine, sempre foi um dos carros-chefe das lojas, mesmo lá no começo deste novo século, em que ele não era tão conhecido e incensado no país como hoje. Atualmente, nas cinco unidades são encontrados macarons nos sabores chocolate, limão, framboesa, pistache, avelã, café e chocolate com cupuaçu.

Fabrice foi um dos pioneiros em divulgar o pequeno, redondo e colorido doce pela cidade, quiçá pelo país: “Um milhão de mercis aos nossos clientes e ao Brasil”, agradece.

Macarron 111111111

Em uma cidade imensa como São Paulo, na qual todos os dias negócios nascem, mas também, infelizmente, acabam morrendo, chegar à marca de 1 milhão de unidades vendidas de um determinado doce, de outra nacionalidade e cultura, não é só motivo de orgulho, mas de talento e de resiliência.

macarons 1000000.png

Pâtisserie Douce France
– Jardins: Alameda Jaú, 554 
– Centro: Rua General Jardim, 182 (prédio da Aliança Francesa) 
– Alto de Pinheiros: Avenida Faria Lima, 2421(prédio da Aliança Francesa 
– Paulista – Avenida Paulista, 1313 – Centro Cultural FIESP 
– Trianon – Alameda Ministro Rocha Azevedo, 419 (nova)

 

Bob’s e Bauducco fazem parceria

Desde maio, a rede Bob’s incluiu novas delícias no menu: na linha de sobremesas, o exclusivo Milk-shake Nut’s com Cookies Bauducco, que inclui ainda na receita creme de avelã com chocolate. Já para o café da manhã, a linha de pães de queijo recheados, que contará com os sabores Creme de Avelã com Chocolate, Polenguinho, Cheddar e Queijo.

bob1ss

bob1s

Disponível em todas as lojas e quiosques do Brasil, o novo milk-shake é resultado de uma parceria entre o Bob’s e a marca Bauducco. A novidade trouxe mais crocância ao sabor de creme de avelã com chocolate.

bobs

Os pães de queijo recheados vão deixar o café da manhã mais saboroso, com opções doces e salgadas, porém, estarão disponíveis exclusivamente nos pontos de venda que contam com café da manhã e serão servidos até às 11 horas.]

Informações: Bob’s

 

 

Presentear com doces ainda é uma tradição na cultura brasileira

A nutricionista Marcia Daskal e o antropólogo Raul Lody dão dicas para não errar na hora de dar um doce como presente

As comidas têm diversos significados em função dos rituais sociais em que estão inseridas e desempenham papéis simbólicos e gastronômicos. Os doces, mais especificamente, trazem correlações afetivas, sensoriais e pessoais relacionadas às mais diversas tradições e costumes. Por isso, é comumente agregado à celebração e festa, fazendo com que sejam considerados, muitas vezes, um presente.

São diversos os conceitos culturais que trazem um ideal do “que é doce” para ser oferecido como um voto de agradecimento, de homenagem e/ou de celebração. Segundo o antropólogo Raul Lody, “na Idade Média (Europa), os doces eram oferecidos para reis e a nobreza devido a sua raridade e o seu alto valor comercial. Na época, o açúcar era tão especial quanto uma joia de ouro ou uma pedra preciosa. Além desses aspectos materiais, o doce feito da cana sacarina mostra um sentido de nobreza pela sofisticação das suas receitas, estética, maneira como é servido ou ofertado, e pelo seu significado para cada tradição cultural”.

Alimentos com açúcar também recuperam memórias afetivas, ilustram e traduzem emoções, marcando ritos de passagem como batizados, aniversários, casamentos, festas sazonais, entre outros. “As pessoas tendem a se presentear com doces porque são gostosos, dão prazer (pela liberação de serotonina) e a maioria gosta. Ou seja, a chance de errar é menor”, afirma a nutricionista Marcia Daskal, da Recomendo Assessoria em Nutrição.

Apesar da associação a momentos felizes e prazerosos, é sempre importante lembrar que o consumo de açúcar deve ser feito com moderação. “É recomendado que ao preparar os alimentos no dia a dia, o açúcar seja usado quando necessário. Antes de adoçar, experimente. Ler os ingredientes nos rótulos também ajuda a identificar se estamos consumindo açúcar e outros ingredientes sem perceber”, conta Marcia.

Os melhores doces para presentear

Apesar da preferência por determinados tipos de doces ser pessoal, os especialistas Raul Lody e Marcia Daskal dão algumas sugestões e dicas que podem compor um presente especial para servir de inspiração.

1 – “Bem-Casado”: deve ser muito bem feito e a textura, o recheio e a embalagem devem ser delicados para identificar que esse doce tem o sentido de uma joia;

bem-casado-embrulhado-em-tecido-gorgorao-e-laco-voal-g
Foto: Novafest

2 – Arroz doce: com uma textura de um quase creme, temperado com cravo e canela – fica ainda mais bonito se servido numa linda louça de vidro;
3 – Doce de jaca em calda: que deve ser muito doce e com calda grossa;
4 – Estrudel de frutas vermelhas: servido morno, e complementado com um generoso creme chantili;

strudel
Foto: Strudelicious

5 – Bolo de pão: que traz uma receita caseira da intimidade familiar. É feito a partir do aproveitamento de pães com adição do leite e das frutas que tiver em casa.

bolo de pão la dolce vita cooking
Foto: La Dolce Vita Cooking

“Cada exemplo é especial, particular e tem um significado que traduz sentimentos que se agregam aos ingredientes. Além disso, as receitas são histórias que foram simbolizadas nessas referências de sabores e de estética”, finaliza Raul.

Dicas da Marcia Daskal para acertar na escolha

1 – O melhor doce é o que a pessoa a ser presenteada gosta mais: assim, se ela gosta de quindim, você vai acertar mais dando um quindim do que um bolo;
2 – Aqueles que tem algum significado: se você foi em algum local específico, pode trazer doces típicos da região. Na época do natal, se dá panetone, ou Bolo de Reis. Na páscoa, o costume é presentear com chocolates;

bolo-de-reis
Foto: Pâtisserie Douce France

3 – Doces feitos em casa demonstram um carinho adicional;
4 – Aquele que é a sua especialidade – se você faz um pudim magnífico, pode ter certeza que é esse o doce que a pessoa vai adorar ganhar;
5 – Receitas de família sempre fazem sucesso, mas nada impede que você adapte a receita para seu gosto pessoal para ingredientes locais ou mais “modernos”. Outra alternativa é apostar na sua imaginação.

pudim_pao_frutas

Como presentear é um gesto emocional, os critérios, nesse caso, não são nutricionais.

Marcia ainda dá uma última dica, não menos importante: “coloque o doce em uma embalagem criativa, que valoriza o presente e indica o amor e carinho envolvidos. Forminhas alegres, marmitinhas descartáveis com barbantes coloridos, potes de vidro reciclados com tags feitas por quem vai presentear, bilhetes e carimbos ou um simples retalho de tecido podem dar uma cara toda especial ao presente, mesmo que você tenha comprado e não feito. Lembre-se que presente é um mimo. A qualidade é mais importante que a quantidade!”, finaliza.

LUSH_Caixa de Presente - Happy Mother's Day_R$550,00 (3)
Foto: Lush

Fonte: Campanha Doce Equilíbrio

Mais dicas de pratos saudáveis para as festas juninas

Estamos em uma época de muitas delícias típicas: as festas juninas. Mas, será que é possível aproveitar todas as opções sem sobrecarregar o organismo ou prejudicar o comportamento gastrointestinal? A resposta é sim.

Seja milho verde, amendoim, arroz doce ou bolos, é possível aproveitar a ocasião e se cuidar ao mesmo tempo. “Neste período é comum muita gente consumir alimentos diferentes dos que ingere no dia a dia. Isto é ótimo, pois com equilíbrio pode-se aproveitar a grande diversidade culinária dessa festa”, afirma Karin Sedó Sarkis, nutricionista do Fleury Medicina e Saúde. No entanto, vale seguir algumas recomendações para preparar a culinária típica do festejo sem deixar a saúde de lado.

– Milho: cozido, assado ou grelhado é uma boa pedida. Aproveite para fazer um sal de ervas misturando a mesma proporção de sal com uma ou mais de ervas que te agradam, por exemplo, sal com orégano, e salpique sobre o milho. Outra opção é usar somente as ervas, também fica uma delícia. Se quiser dê um toque com manteiga e aproveite!

Corn on the cob

– Pamonha ou curau de milho verde? Preparações com milho, o curau pode ser feito com leite desnatado. Caso haja necessidade ambos podem ser adoçados com menos açúcar ou pode-se utilizar o açúcar light ou adoçante culinário para diabéticos.

pamonha

– Pipoca: lembre que é hora de cozinhar, use a panela e não o micro-ondas. A pipoca não precisa de muito óleo ou manteiga para estourar. Se interessar dá até pra fazer a pipoca sem nenhum tipo de gordura. Para isto você deve esquentar muito bem a panela, colocar o milho e mexer bem para que ela estoure sem grudar. Outra dica é maneirar no uso do sal, aqui também vale fazer uso do sal de ervas e/ou das ervas propriamente ditas, bem como de especiarias (curry, cúrcuma, páprica picante, pimenta do reino, dentre outras).

pipoca xandert
Foto: Xandert/Morguefile

– Mungunzá e outros doces: nesses preparos também podemos substituir o leite integral por leite desnatado. Dê preferência às versões light de creme de leite e leite condensado. O arroz doce, por exemplo, pode ser feito com o grão integral. As dicas em relação ao açúcar se adequam aqui também.

arroz doce tape

– Bolos: além das dicas acima, tire proveito de ingredientes naturais, como a mandioca e o milho, de preferência o natural. Com ingredientes in natura eles ficam mais saudáveis e saborosos.

Bolo de mandioca

– Amendoim: cozido, assado ou como base no preparo de outros pratos. É rico em gordura de boa qualidade, sendo ótimo para quem quer repor a energia após as danças juninas. Caso opte pela versão cozida, uma preparação tradicional, tenha atenção para o modo de conservação. Certifique-se da qualidade da água usada para cozinhar o amendoim. Depois, conserve em geladeira por no máximo três dias. Tenha atenção na procedência do amendoim, pois caso haja umidade na pós-colheita ou dependendo da forma de armazenamento, pode haver a formação de um fungo que produz uma substância chamada aflatoxina, que é maléfica ao organismo.

Paçoca-659x371

– Cuscuz: vale adicionar legumes, como cenoura ralada e abobrinha, e deixar de lado ervilha e milho enlatados, bem como outros produtos industrializados. Prefira os legumes e vegetais frescos. Dessa forma, adicionamos fibras e reduzimos a quantidade de sódio e conservantes.

minicuscuz

– Licores: quer seguir a tradição e degustar um licor de jenipapo? Apenas fique atento à quantidade, devido ao alto teor alcoólico e grande concentração de açúcar. Por isso, devem ser consumidos com moderação.

licor
Foto: jenipapodo7c.blogspot.com.br

Fonte: Fleury Medicina e Saúde

Receitas para fazer sucesso no seu arraial

Nada melhor do que aproveitar as Festas Juninas para preparar receitas deliciosas para a família e amigos e reviver essa tradição tão popular em várias regiões do país. Para deixar esse mês ainda mais gostoso a chef da Nita Alimentos, Edivânia Reis, reuniu algumas receitas fáceis de preparar para quem quer pular a fogueira não dispensa uma boa quadrilha!

As sugestões da chef para o mês são Canjica, Cupcake de Amendoim, Bolo de fubá Cremoso, Arroz Doce e um delicioso Cachorro Quente de Forno! Aproveite as dicas e bom apetite. Confira:

CACHORRO QUENTE DE FORNO

cachorro_quente_de_forno_web_

Ingredientes
Massa:
2 xícaras (chá) de Farinha de Trigo Nita
2 colheres (sopa) rasas de Fermento em Pó Nita
2 xícaras (chá) de leite
1 xícara (chá) de óleo
3 ovos
150g de queijo ralado
Recheio:
500g de salsichas picadas
100g de maionese
2 tomates em rodelas sem sementes
200g de muçarela

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes da massa no liquidificador. Em uma forma untada e enfarinhada, despeje metade da massa e acrescente as salsichas, o tomate, a maionese e a muçarela. Cubra com o restante da massa e polvilhe com o queijo ralado. Asse em forno baixo (180°C) até ficar dourado. Decore com batata palha.

CANJICA

canjica_web_

Ingredientes
1 ½ colher (sopa) de Farinha de Trigo Nita
1 xícara (chá) de milho para canjica
300 ml de água
1 pitada de sal
1 pau de canela
½ xícara (chá) de açúcar
50g de coco ralado
300 ml de leite
1 lata de creme de leite

Modo de preparo
Coloque a canjica de molho na água por meia hora. Em seguida, coloque a canjica na panela de pressão com a água, a pitada de sal e a canela e leve para cozinhar por 10 minutos. Desligue o fogo e retire o ar da panela para abrir. Coloque o leite, o açúcar, o coco ralado e leve novamente para cozinhar por 15 minutos na panela de pressão. Dissolva a farinha de trigo no leite condensado e coloque na canjica e deixe cozinhar até engrossar bem.

CUPCAKE DE AMENDOIM

cupcake_de_amendoim_web_

Ingredientes
Massa:
1 e 1/4 de xícara (chá) de Farinha de Trigo Nita
1 e 1/2 colher (chá) de Fermento em Pó Nita
2/3 de xícara (chá) de açúcar mascavo
1/4 de xícara (chá) de pasta de amendoim
3 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 ovo
1 pitada de sal
1/4 de xícara (chá) de leite
Recheio e Cobertura:
1 lata de leite condensado
1/2 lata de creme de leite
2 colheres (sopa) de amendoim triturado sem casca

Modo de preparo
Massa: Na batedeira, bata o açúcar mascavo, a pasta de amendoim, a manteiga e a essência de baunilha por três minutos. Junte o ovo, batendo bem após adicionar. Peneire junto a farinha de trigo, o sal e o fermento. Sem parar de bater, acrescente essa mistura à batedeira, aos poucos, intercalando com o leite até ficar homogêneo. Preencha com a massa as forminhas para cupcakes até a metade. As forminhas de papel devem ser colocadas dentro de formas de metal para manterem a forma. Leve ao forno pré-aquecido em temperatura média (180ºC) por 30 minutos. Retire e deixe esfriar. Recheio: Coloque todos os ingredientes em uma panela. Leve ao fogo e cozinhe até desgrudar levemente da panela. Deixe esfriar e coloque na manga de confeiteiro com bico pitanga. Faça um furo central em cada cupcake e preencha com o recheio e continue formando uma pitanga. Salpique amendoim picado por cima.

BOLO DE FUBÁ CREMOSO

Bolo_de_fuba_cremoso_web_

Ingredientes
1 xícara (chá) de Farinha de Trigo Nita
1 colher (sopa) de Fermento em Pó Nita
3 ovos
2 colheres (sopa) de margarina
3 xícaras (chá) de açúcar
100g de queijo parmesão ralado
4 xícaras (chá) de leite
1 ½ xícara (chá) de fubá

Modo de preparo
Bata os ovos, a margarina, o açúcar, o queijo ralado e o leite no liquidificador. Acrescente aos poucos a farinha, depois o fubá e deixe bater por dois minutos por último acrescente o fermento. Despeje a mistura em uma forma untada e enfarinhada e leve ao forno em temperatura baixa (180°C) por aproximadamente 45 minutos. Deixe esfriar e depois corte como desejado.

ARROZ DOCE

arroz_doce_web_

Ingredientes
2 colheres (sopa) de Farinha de Trigo Nita
2 xícaras (chá) de arroz
4 xícaras (chá) de água
1 colher (café) de sal
Canela em pau a gosto
50g de coco ralado
1 litro de leite
1 xicara (chá) de açúcar
1 lata de leite condensado

Modo de preparo
Cozinhe o arroz na água com o sal e a canela em pau. Quando estiver acabando a água verifique se o arroz amoleceu. Adicione o leite, o açúcar e o coco ralado. Acrescente o leite condensado já misturado com a farinha de trigo e deixe cozinhar até ficar cremoso.

Fonte: Nita Alimentos

 

Que tal um café em copo comestível de cookie?

Que doces e cafés são os gostos prediletos do brasileiro, isso todo mundo sabe. Agora, já pensou em unir os dois em um único preparo? Pensando nisso, a loja curitibana Cookie Stories, em Curitiba, lançou o Cookie Shot (R$ 10,00), uma deliciosa junção de café espresso quente servido em um copinho de cookie.

O copinho, desenvolvido com cookie tradicional, ganhou ainda um revestimento de chocolate. Além do café espresso, o preparo por ser servido com leite. “A ideia surgiu de uma brincadeira e deu muito certo, fazendo muito sucesso por aqui. Os sabores marcantes do café contrastam com o doce do cookie e do chocolate, originando uma combinação perfeita”, explica Camila Camargo, que ao lado de sua irmã, Rafael Camargo, comanda a recém-inaugurada Cookie Stories.

Como não poderia ser diferente, o grande destaque da casa são os cookies tradicionais, disponíveis em mais de 10 sabores, entre eles Cookie Brownie, Chocolate Chunk Cookie, Cookie Red Velvet, Cookie Banana e Aveia. Os cookies recheados também chamam a atenção do público, com destaque para os que levam brigadeiro e doce de leite.

EM_170302_cookie_IMG_7723

Cookies e muito mais

Além dos cookies e derivações, o cardápio da Cookie Stories traz opções de brownies, waffle, Funnel Cake e Donuts. Para quem ama bolos e tortas, o empreendimento tem diversas opções: Cookie Cake (Três camadas de cookie de baunilha com pedaços de chocolate belga e recheados de brigadeiro), Devil’s Food Cake (Bolo de chocolate bem molhadinho com recheio de ganache de chocolate), Angel’s Food Cake (Bolo de baunilha bem aerada com creme de confeiteiro), Chocolate Cake (Bolo de chocolate com cobertura de brigadeiro), Torta Trufada (Massa de cookie com recheio de ganache trufada com raspas de limão), e Lolla’s Lemon Pie (Receita de torta de limão da vovó Lola).

EM_170302_cookie_IMG_7725

Já a carta de bebidas conta com diversas opções de cafés especiais, desenvolvidas em parceria com o Moka Clube, entre eles Espresso, Doppio, Cappuccino, Mocha e Nutella Mocha. Estão disponíveis, também, outras bebidas, como o Hot Chocolate, Chás especiais, sucos e smoothies. Outro destaque da casa serão os milkshakes, disponíveis em várias opções: Cookie Shake (Sorvete de baunilha, cookies, gotas de chocolate e chantilly), Brownie Shake (sorvete de chocolate, brownies e Chantilly), Blondie Shake (Sorvete de baunilha, calda de frutas vermelhas, blondie e chantilly) e Nutella Shake (Sorvete de baunilha, nutella, chantilly e donuts).

Cookie Stories – Rua Moyses Marcondes nº 429, Juvevê, Curitiba (PR). Horário de funcionamento de segunda a sexta, das 11h30 às 19h, e aos sábados, das 11h30 às 18h. 

 

Gelato de Brownie aterrisa na vitrine da Lullo

O brownie acaba de entrar na vitrine da Lullo. Inspirado na receita americana que leva chocolate e castanhas, o gelato promete superar as expectativas dos clientes, trazendo o verdadeiro sabor da sobremesa, incrementado com o “toque especial” da Lullo. “Como em todas as semanas, estamos sempre pensando e criando novidades que possam, realmente, surpreender os clientes com qualidade e sabor’, afirma a sócia e criadora dos sabores da casa, Cristiane Temporão.

Ela acrescenta que o resultado ficou surpreendente, um gelato fiel ao sabor do Brownie. Na semana passada, a Lullo promoveu um concurso no Instagram e no Facebook da gelateria, solicitando ajuda dos seguidores para escolher o gelato da semana. O sabor Brownie conquistou o segundo lugar.

A Lullo Gelato fica no coração da Savassi , em Belo Horizonte. A casa oferece centenas de receitas de gelatos e, diariamente, são 25 sabores diferentes da iguaria, incluindo opções sem glúten, sem leite e sem lactose, veganas e diets servidas nos tamanhos pequeno, médio e grande. Visando sempre a inovação, traz semanalmente o lançamento de novos sabores, todos eles desenvolvidos e testados internamente. A produção é feita diariamente de uma forma artesanal, com uma “pitada” italiana.

brownie.jpg

Lullo Gelato – Rua Antônio de Albuquerque, 617 – Savassi – Belo Horizonte – Horário de funcionamento: domingo a quinta: das 12h às 22h / sexta e sábado: das 11h às 22h