Arquivo da categoria: educação

Redação é item fundamental para quem quer se dar bem no ENEM

Quem não conhece uma pessoa que pretende fazer o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e conseguir a almejada vaga em uma boa instituição? Pode ser seu filho, sobrinho, ou até você mesma. As inscrições deste ano somaram 6,1 milhões de cadastrados. Mesmo com uma taxa menor do que a esperada, a prova é primordial para quem deseja entrar na universidade dos sonhos.

E, mais uma vez, a redação é a disciplina que vem como um diferencial para quem deseja uma boa classificação. Em 2016 o tema foi “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil” e somente 77 alunos tiveram a nota máxima, ou seja, 1.000 pontos. Quase 292 mil redações foram anuladas ou zeradas por fuga ao tema, cópia do texto motivador, insuficiência ou não conter o tipo textual proposto, desconexões e ferir os Direitos Humanos.

Como fazer uma boa redação?

O jornalista Alex Nascimento, professor de Redação do Canal do Enem, destaca que na hora de estudar o aluno deve estabelecer uma meta, conhecer as competências que são cobradas e entender como a prova funciona. “Primeiro, o estudante precisa perder o medo da redação. Já era a época de o aluno encarar a redação como um bicho-papão que se esconde no quarto, nos estojos, mochilas e mentes dos alunos. Chega dessa história! Feito isso, o aluno deve buscar conhecer as técnicas de produção, ter acompanhamento de um bom professor, seja presencial ou on-line, produzir em média uma redação por semana e se manter bem informado”, sugere.

ENEM1

Planejamento é essencial para todas as disciplinas

Os educadores são unânimes ao indicarem que os alunos façam uma rotina de estudos programada semanalmente, organizando uma planilha de horários, disciplinas e sempre enfatizando as que tem mais dificuldades. Isto porque estas matérias, consideradas “bichos-papões”, devem ser estudadas diariamente, tanto para que o aluno consiga minimizar suas dúvidas, quanto para perder o medo das questões desta disciplina no dia da prova.

Uma delas é a Matemática, que é a única disciplina “isolada” do exame. Dentre os assuntos que merecem atenção especial estão Razão e Proporção, Geometria Plana e Espacial, Função (1º e 2º Grau), Interpretação de Gráficos, Análise Combinatória, Probabilidade e Estatística.

O professor Samuel Matos, que leciona Geografia no Instituto Educar, esclarece que se disciplinar em alguns hábitos é essencial para que o estudo tenha sucesso. “Leitura, resoluções de questões de provas anteriores e, principalmente, conseguir perceber através de possíveis erros nas questões o motivo de não ter acertado são algumas das dicas para quem procura uma maneira certeira de estudo”.

Dicas de quem chegou lá

João Victor, que garantiu a sua entrada no curso de Medicina da Universidade Federal de Sergipe (UFS) com 980 pontos na redação em 2016, conta como assegurou essa nota e dá dicas para quem irá fazer o ENEM neste ano. “Determinação e vigor são primordiais. O aluno deve produzir pelo menos duas redações por semana, fazer um mapa mental dos temas e rascunhos bem feitos, para depois olhar, avaliar e saber onde pode incrementar ainda mais sobre aquilo que escreveu. E, claro, além de se manter sempre atualizado”.

Quando questionando sobre o tempo, ele discorda de que a redação não possa ser produzida no período estipulado. “Ela é um grande desafio, mas não é impossível. Eu chegava a demorar três horas para produzir uma redação no início do ano, mas com a prática, realização de um curso on-line e consciência a gente consegue fazer um bom texto nos 45 minutos. O importante é ter foco!”.

Redação

Portanto, é importante se preparar para o ENEM o quanto antes, lapidar seus conhecimentos, sua forma de escrever e tenha a certeza de que a sua colocação será a melhor possível.

Serviço:
Canal do ENEM 
Instituto Educar

Anúncios

Pai moderno é mais presente na educação dos filhos

Além de prover, eles dividem com as mães a tarefa de cuidar, nutrir, transmitir valores, proporcionar diversão e também se envolver com a vida escolar das crianças

Consenso entre educadores, professores e estudiosos, a importância do envolvimento da família no desempenho escolar dos filhos tem feito pais e mães dedicarem cada vez mais atenção à educação de crianças e jovens. Pesquisas indicam que quando os pais são ativos e envolvidos, os estudantes têm melhores resultados acadêmicos, menos problemas de disciplina e se tornam adultos mais responsáveis.

“Anos de estudo sobre o tema apontam para benefícios como a obtenção de notas mais altas, atitudes mais positivas em relação à escola e maiores chances do estudante cursar e concluir uma faculdade”, afirma a diretora pedagógica da Editora Positivo, Acedriana Vicente.

E se, antes, a responsabilidade de acompanhar a educação do filho era apenas da mãe, a constante evolução dos núcleos familiares está fazendo a figura paterna se aproximar cada vez mais da escola de seus filhos. Para o professor de História do Curso Positivo, Daniel Medeiros, na medida em que fica mais enraizada a ideia de que mulheres e homens têm direitos e obrigações iguais, aumenta a percepção de que o homem tem responsabilidades com os filhos que não se limitam a prover, mas também cuidar e estar presente em suas atividades diárias.

“Essa história de que o pai ‘ajuda’ traz a ideia implícita de que o papel pertence à mulher e ele ‘dá uma mão quando pode’. Isso está sendo superado nas sociedades modernas”, afirma Daniel.

pai filha positivo

Os pais de hoje estão encarando o desafio de acumular vários papéis dentro das normas da paternidade: precisam prover, cuidar, nutrir, transmitir valores, proporcionar diversão e também se envolver com a vida escolar do filho. A professora de psicologia da Universidade Positivo, Maísa Pannuti, afirma que o envolvimento cada vez maior do pai traz benefícios para a criança: mostra que existe mais de um modelo de família além daquele padrão tradicional onde a mãe é responsável pelos cuidados e educação. E ainda oferece ao pequeno a oportunidade de ter contato com perspectivas diferentes de uma mesma situação, já que homens e mulheres – pais e mães – costumam pensar e ter opiniões variadas sobre um mesmo assunto.

No caso de pais separados, a diretora pedagógica explica que a nova forma de gestão de filhos – a guarda compartilhada – tem feito o pai estar muito mais presente e, portanto, tendo que assumir responsabilidades junto à vida escolar da criança. “Principalmente naquele período em que o filho está com ele”, destaca Acedriana.

A diretora do Colégio Positivo Internacional, Audry Castello Branco, afirma que os pais têm representado cada vez mais a família perante a escola. “Percebemos que o pai compreende a importância da educação e quer participar, opinar, estar atento às demandas da escola e ao desenvolvimento de seu filho”, completa. A diretora destaca ainda o impacto positivo dessa presença no desenvolvimento da criança”.

pai e filha positivo 2

Quando se tem a família toda presente dentro da escola, isso faz muita diferença para o aluno”, ressalta. O empresário Marcio Motta Vieira, pai de Marina, de 11 anos, e Lucas, de 8 anos, defende que o suporte paterno é bom para as crianças porque oferece respaldo. “Para eles, poder dizer ‘aprendi isso com meu pai’ é ótimo”, justifica Vieira. “Eu e minha esposa costumamos dividir as tarefas. Acompanho corrigindo provas, ajudando nos exercícios e, geralmente, quando tem reuniões sou eu que vou”, afirma.

Ele garante que os reflexos dessa parceria influenciam diretamente no comportamento e desempenho escolar dos filhos. “Quando acompanhamos de perto, conseguimos atuar diretamente no foco do problema. Se cai uma nota, você consegue fazer algo sobre isso. A gente trabalha de forma proativa e não reativa. Se não estamos presente, a criança percebe e isso afeta no empenho também”, finaliza.

pai e filha positivo

Fonte: Colégio Positivo

Carteira Natura Crer para Ver: presenteie e contribua para a educação brasileira

Para comemorar o Dia dos Pais, a Natura lançou a carteira masculina da linha Crer para Ver, além de moderna e versátil, é um item indispensável para o dia-a-dia do homem. O acessório, uma edição exclusiva para a data, é o primeiro presente da linha em homenagem aos pais.

Além de presentear uma pessoa tão querida, você também colabora para a construção de um país melhor através da educação. Todo lucro das consultoras e da Natura (obtido na venda da carteira ou de qualquer outro item na Linha Crer Para Ver) é investido em projetos educacionais no Brasil todo. A arrecadação é encaminhada para o Instituto Natura, que é responsável por investir no desenvolvimento e apoio de projetos na área da educação voltados para professores, escolas, gestores públicos e consultoras Natura.

A carteira é moderna e versátil, e possui o tamanho ideal para carregar no bolso. Ainda conta com quatro compartimentos para cartão e abertura superior para o dinheiro ou documento. Disponível exclusivamente para o Dia dos Pais. Acompanha embalagem para presente.

carteira natura 2carteira natura 1

Preço sugerido: R$ 29,90

Informações: Natura – SAC 0800115566

 

Ônibus-cinema com curiosidades sobre as aves é atração na Petz

Projeto “O Incrível Mundo das Aves” estará neste sábado, das 12 às 18 horas, no estacionamento da loja Marginal Tietê, com atividades e informações para despertar a consciência ambiental

A Petz fez uma parceria para apresentar o projeto de educação ambiental itinerante “O Incrível Mundo das Aves”, neste sábado (29), das 12 às 18 horas, no estacionamento da loja Marginal Tietê. Trata-se de um ônibus especialmente adaptado, com 40 lugares, que exibe sessões de vídeo de 10 minutos sobre curiosidades das aves, para incentivar a conservação e preservação das espécies.

O público também poderá ver uma exposição de fotos em hiper-realismo digital das aves, como arara-azul e arara-canindé, e participar de atividades lúdicas. O projeto é uma iniciativa da empresa Zoológicos do Brasil, que divulga a educação ambiental no Estado de São Paulo. Produtos como canecas, almofadas e camisetas, que ajudam a manter o projeto, estarão à venda no local.

avesServiço
O Incrível Mundo das Aves
Onde: Petz Marginal Tietê (Av. Presidente Castelo Branco, 1795, Pari – São Paulo)
Quando: 29 de julho, das 12h às 18h
Entrada: gratuita

 

Inscrições abertas para os cursos da Panamericana Escola de Arte e Design

Interessados têm até o fim de julho para realizar suas matrículas

A Panamericana Escola de Arte e Design está com matrículas abertas para os cursos do segundo semestre de 2017 nas áreas de: Design Gráfico, Design de Interiores, Design Digital, Fotografia, Design de Moda, Design de Computação e Games, Artes Plásticas e Publicidade/Criação.

Com mais de 50 anos de história, a Panamericana Escola de Arte e Design é responsável pela formação de centenas de profissionais que levam ao mercado nacional e internacional a capacidade criativa aplicada para comunicação em suas respectivas áreas.

“Na Panamericana, conhecimento prévio não é pré-requisito, muito pelo contrário. Buscamos pessoas curiosas e apaixonadas, dispostas a entrar em sala de aula para conhecer, descobrir e explorar todo o seu potencial criativo. Nossos professores, além de atuarem e serem reconhecidos no mercado, acompanham de perto o desenvolvimento de cada aluno. Esse é o nosso diferencial: conhecimento prático com o objetivo de aflorar o potencial criativo de cada aluno”, diz Alex Lipszyc, diretor da Panamericana.

Os interessados poderão acessar informações e detalhes sobre cada um dos cursos no site da Panamericana, onde é possível, ainda, agendar um horário para realizar uma visita guiada e conhecer as instalações das unidades da Avenida Angélica e da Rua Groenlândia, projetada pelo renomado arquiteto Siegbert Zanetti.

As matrículas para os cursos do segundo semestre poderão ser feitas até o dia 31 de julho diretamente na secretaria das unidades da Angélica e Groenlândia.

tit-31.png

Informações: Panamericana

Morada da Floresta promove visita pedagógica e almoço vegetariano

Empresa tem como missão despertar o desenvolvimento integral do ser humano e proporcionar mudanças comportamentais na sociedade

A Morada da Floresta é uma empresa que oferece soluções socioambientais, cursos, produtos, serviços e desenvolve projetos para incentivar práticas sustentáveis cotidianas e contribuir para o despertar de uma consciência natural e ecológica. E sábado (11), irá promover uma visita ecopedagógica, um almoço vegetariano e a dança de Vênus.

Com uma agenda extensa para o dia, as ações iniciam às 11 horas, com uma visita ecopedagógica pela Morada. Nela, os participantes terão uma experiência rara de contato com as possibilidades de se viver em respeito e harmonia com a natureza na cidade. Em um diálogo aberto em meio a hortas verticais, cipós e sons de passarinhos, serão oferecidas reflexões sobre Sustentabilidade e Ecologia na vida prática e cotidiana, além de exemplos de como cada um pode reduzir seu impacto ambiental com escolhas conscientes. Ainda estarão inclusos nos debates temas como Compostagem, Gestão de Resíduos, Ecologia Feminina, Bebês Ecológicos, Consumo Consciente, Agricultura Urbana e Alimentação, entre outros.

Após a visita, será realizado um Almoço Vegetariano, assinado pela chef Adriana Nogueira, das 13 às 15h30. Nele, serão oferecidos maravilhosos pratos e sabores, feitos com 90 % de alimentos orgânicos, ou seja, livres de transgênicos, fertilizantes químicos ,agrotóxicos e de crueldade animal.

vegetariano.jpg

Ao final, será apresentada a Dança de Vênus, conhecida como “o movimento de embelezar a vida”, pela facilitadora Jacqueline Sandes, das 17 às 19 horas. Para quem não conhece, a Dança da Vênus é um processo de autoconhecimento que visa a facilitar, para a mulher moderna, as pazes com seu ciclo menstrual, por meio da dança, de novos conhecimentos e orientações práticas, aliviando a pressão, a rigidez, a sobrecarga e a desconexão que muitas sentem, tornando assim a vida mais leve, fluida, bela e vibrante.

dança venus

Com vagas limitadas, os ingressos para a Visita Ecopedagógica, para o Almoço Vegetariano e para a Dança de Vênus podem ser adquiridos individualmente clicando aqui.

Para a Dança da Venus inscreva-se aqui. 

Visita Ecopedagógica, Almoço Vegetariano e Dança de Vênus
Data: 11 de março
Horário: das 11h às 19h
Local: Morada da Floresta – R. Diogo do Couto, 47 – Vila Universitária – São Paulo (SP)

Cursos de pós-graduação nas áreas de Eventos e Gastronomia

O atual cenário econômico mundial pede profissionais preparados e mais qualificados para garantir um espaço no mercado de trabalho. Para quem está em busca desse diferencial e dar continuidade aos estudos no intuito de conquistar um espaço ou galgar novas oportunidades, a Anhembi Morumbi, integrante da rede internacional de universidades Laureate, lança três novos programas na Escola de Turismo e Hospitalidade. São eles: Aperfeiçoamento em Administração e Organização de Eventos, MBA em Gastronomia e Gestão de Eventos, e Aperfeiçoamento em Negócios da Gastronomia.

O Aperfeiçoamento em Administração e Organização de Eventos tem a proposta de ampliar a visão do profissional para que analise o mercado de eventos como ferramenta de comunicação e como plataforma de contato entre as marcas e as instituições com seu público, além de possibilitar um amplo contato com o setor de eventos sociais, corporativos, culturais e esportivos.

Estruturado para desenvolver competências funcionais e gerenciais nos mais diversos segmentos do setor de Alimentos e Bebidas, o Aperfeiçoamento em Negócios da Gastronomia, pretende ampliar a capacidade do profissional de avaliar e administrar os principais processos organizacionais e de gestão de empreendimentos, de forma integrada e com foco em resultados.

Já o MBA em Gastronomia e Gestão de Eventos está estruturado para desenvolver competências funcionais e gerenciais no setor de Alimentos e Bebidas e Eventos, ampliando a capacidade do profissional de compreender as organizações de forma estratégica, desenvolvendo a capacidade de análise e resolução de problemas com foco em resultados.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo site, até o dia 24 de fevereiro de 2017. O início das aulas está previsto para março de 2017.

Conheça todos os cursos disponíveis na Escola de Turismo e Hospitalidade:

gastronomia-1900x700

Confeitaria e Panificação
Gastronomia
Doutorado em Hospitalidade
Mestrado em Hospitalidade
Mestrado Profissional Gestão em Alimentos e Bebidas
Aperfeiçoamento em Administração e Organização de Eventos
MBA em Gastronomia e Gestão de Eventos
Aperfeiçoamento em Negócios da Gastronomia

Universidade Anhembi Morumbi
Processo Seletivo Pós-graduação – 1º Semestre/2017
Inscrições: até 24 de fevereiro
Taxa: gratuita
Mais informações: (11) 4007-1192 (Capital e Grande São Paulo) e 0800 015 9020 (demais localidades) ou pelo site

 

Empoderamento é a palavra mais buscada no Aurélio em 2016

Um levantamento da Editora Positivo apresenta as dez palavras mais buscadas no Dicionário Aurélio, em 2016. A principal palavra deste ano foi “empoderamento”. Na sequência, ficaram “política” e “sexo”, seguidas de “racismo” e “microcefalia”. A pesquisa leva em consideração ferramentas direcionadas para mais de 2 milhões de estudantes de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, que utilizam as soluções educacionais da Editora Positivo. O estudo foi realizado entre 1º de janeiro e 14 de dezembro de 2016.

Segundo o diretor geral da Editora Positivo, Emerson dos Santos, “fazendo uma análise, é possível perceber que a busca por palavras está muito relacionada com o momento em que a sociedade se encontra”. “Algumas palavras como empoderamento, têm diversos desdobramentos, já que neste ano falou-se muito sobre este tema no País, tanto no cenário político, por meio da sociedade que vem buscando seu empoderamento ou até mesmo a luta das mulheres pela igualdade de gênero”, argumenta. A mesma teoria se aplica para microcefalia, uma condição neurológica até então desconhecida e que se gerou uma necessidade de entendimento para públicos de diversas idades.

Um dos pontos a se ressaltar é que, embora a consulta tenha sido feita por meio dos portais, existe toda uma “família de dicionários Aurélio”, com obras que contemplam as diversas faixas etárias de leitores/pesquisadores e que continuam sendo amplamente procurada pelo público, especialmente o escolar. Assim, existem opções para crianças bem pequenas, incluindo ilustrados.

aurelio

O Dicionário Ilustrado Aurelinho, por exemplo, conquistou o 26º Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini, promovido pela Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) e pela Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica (ABTG). O Aurelinho foi o último dicionário escrito por Aurélio Buarque de Holanda Ferreira. O caráter didático, a riqueza de detalhes nas definições e os exemplos apropriados formam a base da obra que é editada pela Editora Positivo.

aurelinho

Conforme as ferramentas de busca (portal Educacional, Portal Positivo e Portal Aprende Brasil) o ranking das palavras mais pesquisadas no Aurélio, em 2016, foi o seguinte:

1. Empoderamento
2. Política
3. Sexo
4. Racismo
5. Microcefalia
6. Restinga
7. Contradição
8. Amor
9. Verbete
10. Mitologia

 

Xixi no lugar certo: como treinar um cachorro filhote

Saiba como treinar um cachorro filhote e não ter problemas futuros.

Quando se tem um filhote em casa, é muito comum esbarrar com aquela poça de xixi nos lugares mais inapropriados. Mas com a correria do dia a dia, como ter tempo para ensinar a fazer xixi no lugar certo?

Por que meu filhote faz xixi em todos os lugares?

De acordo com os veterinários do Vet Quality Centro Veterinário 24h, durante os primeiros 45 dias de vida, os filhotes não possuem o sistema digestivo completamente desenvolvido — por isso, eles ainda não têm muita noção do funcionamento do corpo, e não conseguem se “segurar”. Além disso, mesmo depois desse período, existe um outro fator — assim como as crianças, os animais não possuem o entendimento do que é certo ou errado. Porém temos um fator que nos auxilia, os filhotes tendem a fazer o xixi longe do local onde dormem ou comem.

No caso dos cães adultos, no geral, eles costumam fazer xixi em vários lugares para demarcar território. Para eles, fazer xixi no sofá, na cozinha, no banheiro ou no quintal é a mesma coisa — pois eles não sabem que existe um local certo para suas necessidades. Por isso, é importante que o dono tenha muita paciência para ensinar onde é o “cantinho do xixi” enquanto ele é um filhote. A boa notícia é que esse comportamento de demarcação pode ser reduzido com a castração do cachorro.

Como ensinar o animal filhote a fazer xixi no lugar certo?

Antes de mais nada, defina qual lugar da casa será destinado para as necessidades do filhote — e cubra tudo com jornal ou tapete higiênico. Com tudo pronto, deixe o animal nesse espaço o maior tempo possível. O ideal é que ele seja levado para o “banheiro” depois de acordar, após a refeição e antes de dormir.

É importante que a comida e a água fiquem em outro local, pois não é muito higiênico fazer as necessidades por perto — e os filhotes sabem disso. Após a refeição, leve o filhote para o espaço com os jornais, deixe que ele faça as necessidades e, depois, solte-o para brincar. Com o passar das semanas, vá tirando as folhas do papel aos poucos, até ficar somente uma. O filhote ficará condicionado a fazer as necessidades apenas ali.

Sempre que ele acertar o lugar, elogie e comemore. Dessa forma, ele entenderá que fez algo certo e repetirá o comportamento.

house training of guilty puppy

O que não fazer durante o período de adestramento?

Durante esse processo, é muito comum os donos reclamarem da falta de progresso. Não existe um período definido para que os filhotes aprendam a lição — pode acontecer de um dia ele fazer xixi no lugar certo e, no outro, voltar a fazer errado. Também existem alguns erros comuns, que podem dificultar o aprendizado, por exemplo:

Brigar com o animal

Quando ele fizer xixi fora do “banheiro”, não grite nem esfregue seu focinho no local — como muitos recomendam. Com esse comportamento, o filhote entende que, se fizer as necessidades na sua frente, sempre levará bronca. Então, passa a fazer escondido ou quando você não estiver em casa — em todos os lugares possíveis! Ao ver ele fazendo xixi fora do jornal, fale apenas “não” e coloque o filhote no cantinho reservado.

Deixá-lo bagunçar o jornal

O filhote adora rasgar o jornal? Isso acontece porque o barulho do papel é muito divertido para eles. Para evitar essa travessura, umedeça levemente o papel — dessa forma, ele não faz barulho se for rasgado. Além disso ofereça outros brinquedos para que o jornal seja o menos interessante deles.

Ensinar o filhote a fazer xixi no lugar certo exige tempo, paciência, dedicação e muito carinho. Pode dar trabalho, mas a companhia e alegria dos nossos bichinhos de estimação compensam todo o esforço.

Fonte: Vet Quality Centro Veterinário 24h

Sala de aula pet friendly

Centro Europeu é a primeira instituição educacional de Curitiba a permitir a presença de animais

O número de estabelecimentos que aderem ao conceito pet friendly tem crescido consideravelmente nos últimos anos. A expressão que significa “amigo dos animais” sugere que neste local os bichos de estimação são tratados com muito carinho e atenção. Em Curitiba, já existem diversos restaurantes, cafés, shoppings e salões de beleza que aceitam e incentivam os clientes a frequentarem os espaços acompanhados de seus pets.

Bastante popular no exterior, a prática vem se difundindo, também, em ambientes corporativos. Diversas instituições da Europa e Estados Unidos notaram, por exemplo, uma redução do stress e aumento na produtividade e nível de satisfação dos colaboradores após aprovar a presença dos animais. Inspirados por estas empresas, o Centro Europeu, uma das maiores escolas de profissões e idiomas da América Latina, com sedes nas cidades Curitiba (PR), Joinville (SC) e Ponta Grossa (PR), resolveu adaptar o conceito e aplicá-lo às salas de aula.

centro-europeu

Cientes de que o bem-estar dos alunos reflete diretamente na melhor absorção dos conteúdos e desempenho acadêmico, a instituição curitibana passou a permitir cães, gatos e demais bichos de estimação que sejam sociáveis em ambientes compartilhados. A intenção é manter o ambiente mais descontraído e menos estressante para os estudantes.

img_8109
A aluna Thaísa Salles e sua Frida

Para Patricia Sandrini Bassi, diretora de marketing do Centro Europeu, os benefícios proporcionados pela convivência com os pets são notáveis no dia a dia dentro da sala de aula. “O espaço fica mais agradável, os alunos se sentem em casa, ficam mais relaxados e, consequentemente, mais focados. Além disso, nas aulas de idiomas, por exemplo, conseguimos notar uma interação muito interessante entre os alunos, que acabam usando essa situação diferenciada para interagirem com mais desenvoltura”, comenta Patricia.

img_8108
A aluna Aline Schreiber e seu inseparável Fox

Para Aline Schreiber Santos, aluna de idiomas e de Cinema no Centro Europeu, as aulas passaram a ser muito mais descontraídas com os bichinhos em sala de aula. “É difícil encontrar uma pessoa que não tenha ou que não goste de animais de estimação. E nada melhor do que poder inserir eles em nossas rotinas. Em sala de aula, eles acabam divertindo o ambiente, além de serem temas discutidos em muitos momentos. Sem contar que ninguém precisa ficar preocupado se seu bichinho está bem sozinho em casa”.