Arquivo da categoria: envelhecimento

Antioxidantes naturais: melhores escolhas para combater envelhecimento precoce

O envelhecimento é um processo natural, comum a todas as pessoas. No entanto, algumas podem sofrer mais com os sinais do tempo, aparentando, até mesmo, ter mais idade do que realmente possuem. Por que isso ocorre? Diversos fatores influenciam o envelhecimento, muitos deles fora do nosso alcance, como a genética, por exemplo.

Contudo, dentre os passíveis de mudança, um em especial pode, de fato, deixar o “ponteiro do relógio” a nosso favor, impedindo que os anos corram fora do ritmo: uma alimentação rica em antioxidantes. E é justamente nisso que muitas pessoas pecam. Esses elementos são compostos de vitaminas, minerais e outras substâncias químicas capazes de evitar a oxidação da estrutura celular. Alguns são produzidos pelo nosso organismo, mas outros, como as vitaminas C, E e o betacaroteno, devem ser supridos por meio da alimentação, pois são fundamentais para proteger células saudáveis de danos no DNA.

Já é cientificamente comprovado que uma dieta rica em alguns antioxidantes previne contra doenças cardíacas, derrames e doenças relacionadas ao envelhecimento. Há uma grande variedade de alimentos ricos nessas substâncias, que também podem ser encontrados em suplementos e produtos cosméticos, como vegetais, frutas, legumes, hortaliças e cereais. Porém, quando se trata de combater os efeitos nocivos do envelhecimento, uns se destacam mais do que os outros, como é o caso do Goji Berry, uma fruta originária das montanhas do Tibet, famosa pela sua cor vermelha intensa que tem chamado atenção no mundo inteiro devido aos seu benefícios e, entre os principais deles, está sua ação antioxidante e anti-inflamatória.

Radicais livres X antioxidantes

goji-berry-faz-bem-para-voce
Gojy berry

A oxidação é um processo químico natural que ocorre frequentemente em nossos corpos, esse processo resulta em moléculas instáveis chamadas de radicais livres. Em pequenas quantidades, essas moléculas são úteis para nossa saúde, pois desempenham um papel importante em algumas atividades de nossas células, como transferência de elétrons para atingir a estabilidade. No entanto, quando em excesso, podem ser tóxicas ao nosso organismo e gerar diversos problemas, prejudicando o funcionamento celular – esse processo é conhecido como “estresse oxidativo”.

Elas ainda podem contribuir para o desenvolvimento de doenças crônicas, como a aterosclerose, obesidade, diabetes e hipertensão; ou degenerativas, como o Alzheimer e o Parkinson, além de favorecer o envelhecimento das células. É aí que entra a ação dos antioxidantes, pois eles conseguem proteger nossas células, neutralizando o excesso desses radicais livres e reparando seus danos.

O que aumenta a produção de radicais livre

O nosso corpo, geralmente, produz compostos por meio da dieta e enzimas antioxidantes que regulam o nível dos radicais livres para que não haja um excesso prejudicial ao organismo. Porém, quando a alimentação não acontece de forma adequada e ainda há uma dieta desequilibrada, baseada em produtos industrializados e rica em carboidratos simples e gorduras saturadas e trans, o sistema antioxidante do nosso organismo não dá conta de inibir a ação de todas as moléculas de radicais livres.

A carência de nutrientes, especialmente das vitaminas C e E, favorecem o aumento da produção de radicais livres que atuam na pele. Em consequência disso, a proliferação celular diminui, acelerando o envelhecimento cutâneo.

Mas, não se trata apenas da dieta, várias outras condições também contribuem para elevar os níveis de radicais livres, como questões genéticas, fatores externos – poluição e exposição aos raios solares – e fatores internos – no caso de pessoas fumantes e, até mesmo, o estresse. Outro fator que também resulta nessa falha é prática de atividades físicas, que apesar de trazer inúmeros benefícios para a saúde, quando feita em excesso pode acabar resultando em lesões musculares e, em consequência, debilitar o organismo. Além de liberar mais radicais livres, os exercícios intensos também podem gerar inflamações, fadiga crônica e, até mesmo, o envelhecimento precoce.

Como prevenir e proteger o organismo

legumes

De acordo com a nutricionista Joana Carollo, especializada em nutrição clínica, uma alimentação baseada em frutas, vegetais e grãos integrais, fornece uma boa quantidade e variedade de antioxidantes, contribuindo para fortalecer o sistema imunológico e diminuindo os riscos de desenvolvimento dessas patologias: “Incluir no cardápio diário frutas e vegetais preferencialmente crus, fornece um aporte maior e mais concentrado para que o organismo tenha uma absorção eficaz dos antioxidantes que ele precisa para funcionar corretamente. Também fundamental a ingestão adequada de água, que combate a retenção de líquidos e elimina as toxinas do organismo”.

A profissional da Nova Nutrii afirma que, além de prevenir doenças e manter o funcionamento pleno do corpo, os antioxidantes ainda trazem outros benefícios importantes: “Alguns estudos comprovam que estes nutrientes possuem um poderoso efeito antienvelhecimento capazes de minimizar os danos causados à pele, as substâncias podem, inclusive, amenizar as rugas faciais e promover a renovação celular, melhorando a saúde da cútis e dos cabelos”.

Goji Berry se destaca 

goji berry dry

Goji berry é o nome dos frutos da planta Lycium barbarum, que carregam uma fama milenar em seu país de Origem, a China. Por aqui a novidade chegou apenas há alguns anos e, desde então, já se popularizou quando o assunto é vida saudável. A fruta tem alta concentração de vários nutrientes importantes e benéficos à saúde e à boa forma.

Ela é conhecida, inclusive pela alta concentração de flavonoides, substância com grande poder antioxidante, que combate e reduz os danos causados pelos radicais. “Este é o principal fator que associa o consumo da fruta ao combate contra o envelhecimento precoce e a prevenção de diversas doenças” afirma a nutricionista.

Outro componente do goji berry que merece destaque é o betassitosterol, substância conhecida por seu poder anti-inflamatório, capaz de regular os níveis de colesterol, contribuindo para a saúde cardíaca.

Mas não para por aí, o alto valor nutritivo da fruta também a destaca entre os demais alimentos antioxidantes devido a sua alta concentração de vitaminas, que contribuem para a saúde da pele e desaceleram o envelhecimento celular. A nutricionista explica: “Além de ser uma fonte riquíssima de proteínas, a fruta ainda possui 50 vezes mais vitamina C do que a laranja e é a maior fonte conhecida de carotenoides. Além disso, possui mais betacaroteno do que a cenoura e é rica em fibras. E não podemos esquecer que ela também é composta por sais minerais como magnésio, cálcio, ferro e selênio, que são nutrientes extremamente importantes para o funcionamento pleno do organismo”.

Outras fontes naturais

Apesar do goji berry se destacar, por figurar entre as mais completas fontes de antioxidantes para preservar a saúde da pele e combater o envelhecimento precoce, além dos demais benefícios que ele oferece, ainda há outros alimentos que podem ser combinados em uma dieta saudável para suprir o aporte necessários de antioxidantes e vitaminas que o organismo precisa para inibir a ação nociva dos radicais livres e funcionar corretamente. Segundo Joana é importante ressaltar que para conseguir extrair o efeito benéfico dos antioxidantes é necessário adotar um cardápio que favoreça o conjunto deles e não um ou outro isoladamente.

Confira a seguir o que você pode e deve incluir na dieta segundo a especialista:

Cenoura

Betacaroteno: alimentos de cor alaranjada, como cenouras e damascos, fornecem esse poderoso antioxidante combate o envelhecimento precoce e ainda protege a pele contra os danos causados pelos raios ultravioletas. No organismo ele é convertido em vitamina A e também participa da atividade de genes responsáveis pela síntese de colágeno e elastina, proteínas que dão sustentação e firmeza para pele.

cereal pippalou morguefile
Foto: Pippalou/Morguefile

Vitaminas do complexo B: os cereais integrais e as leguminosas são ótimas fontes dessas vitaminas, que trabalham na produção do colágeno e também contribuem para o funcionamento de enzimas antioxidantes.

cranberry Melodi2
Foto: Melodi2/Morguefile

Polifenóis e flavonoides: podem ser encontrados em grandes quantidades nas frutas vermelhas. Esses antioxidantes combatem os radicais livres, e reparam seus danos causados à pele, como manchas e rugas.

laranjas pixabay

Vitamina C: este nutriente importante para a produção de colágeno, que também atua como antioxidante pode ser encontrado em abundancia em frutas cítricas.

SARDINHAS PORTUGUESAS ORA POIS, POIS!

Ômega-3: boas fontes dessa gordura boa são o salmão e a sardinha. Esse nutriente anti-inflamatório é famoso por sua ação antioxidante e ainda ajuda a manter a hidratação da pele.

Fonte: Nova Nutrii

Anúncios

Saiba o melhor momento para procurar um médico geriatra

O envelhecimento pode ser muito mais tranquilo quando há o acompanhamento do especialista correto

A média de expectativa de vida dos brasileiros subiu de 62,5 anos em 1980 para 73 em 2010, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para que seja possível atingir essa desejada longevidade com qualidade de vida, a busca por um profissional geriatra deve ser a mais precoce possível.

Dúvidas como: “que tipo de médico devo procurar para tratar este sintoma?”, “não aguento mais ir a tantos médicos, será que não há um médico que resolva a maior parte dos meus problemas?”, podem ser solucionadas por esse especialista que, ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, não precisa ser procurado a partir de uma idade exata.

Segunda Aline Thomaz, geriatra da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, embora haja aumento da expectativa de vida, homens e mulheres vivem boa parte desses anos com incapacidades importantes e ainda há o preconceito em relação ao processo natural do envelhecimento, que faz com que uma parte das pessoas considere que só devem ir a um especialista quando se sentem mais velhas.

medico-consulta

“O geriatra está habilitado a tratar de situações complexas do processo de envelhecimento. Isso significa que ele irá avaliar aspectos físicos, mentais e psicossociais, com o objetivo de detectar as incapacidades, fazer o planejamento terapêutico e a reabilitação, focalizando não só no diagnóstico e tratamento de doenças específicas, mas principalmente na manutenção e recuperação da capacidade funcional.”

Com conhecimento em todas as áreas do corpo humano – desde o cérebro até as unhas do pé – o geriatra trata de doenças clínicas como: hipertensão arterial, diabetes, osteoporose, Alzheimer, acidente vascular encefálico, incontinência urinária, tonturas, quedas e tudo que possa interferir na qualidade de vida da pessoa idosa, atuando também no campo dos cuidados paliativos, com foco no bem-estar dos portadores de doenças sem possibilidade de cura.

Aline explica que é comum que as pessoas tenham muitas dúvidas sobre o momento exato de procurar o geriatra, mas que é necessário dar atenção a pequenos sinais do corpo que podem aparecer antes dos 60 anos. “Postergar a ida ao especialista pode ser, sim, um problema, especialmente quando muitas coisas são consideradas “naturais do processo de envelhecimento” e, na verdade, não são. Como, por exemplo: lapsos de memória frequentes, perda de urina de forma involuntária, quedas, idas frequentes ao pronto-socorro, isolamento em casa, entre outras”.

Sixty-and-Me mulher computador

Por outro lado, muitas pessoas não apresentam os sintomas comuns do envelhecimento, mas chegam à vida idosa com muitas doenças que podem incapacitar e dificultar a qualidade de vida. “Quando o idoso apresenta três ou mais doenças crônicas instaladas, recomenda-se centrar o seu cuidado com um geriatra. É recomendável também que seja realizada uma Avaliação Geriátrica Ampla (AGA), onde o paciente será avaliado globalmente, seus órgãos e sistemas serão vistos de forma integrada, juntamente com a sua capacidade funcional e aspectos sociais, psicológicos e culturais.”

Nas unidades da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, por exemplo, os pacientes são atendidos dentro das melhores práticas, fazendo com que ele tenha o acompanhamento do geriatra desde a sua entrada até o recebimento da alta, realizando a Avaliação Geriátrica Ampla. Dessa forma, o médico fica responsável pelos encaminhamentos e análises necessárias para o paciente, possibilitando a visão global de cada caso e diminuindo o período de tratamento dentro do Hospital. Em casos de internação, uma equipe multidisciplinar empenhada em sua recuperação e restabelecimento da sua saúde fica à disposição do paciente.

Fonte: Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo

Longevidade só é sinônimo de avanço se houver qualidade de vida*

Os avanços da infraestrutura sanitária, da medicina e dos produtos oferecidos pela indústria farmacêutica proporcionaram considerável aumento da expectativa de vida das pessoas nas últimas décadas. A questão é: esta longevidade está acompanhada de qualidade de vida?

O envelhecimento já carrega um simbolismo negativo do ponto de vista histórico, cultural, psicológico, social e econômico, que muitas vezes incide de forma ruim sobre quem avança na idade. As decepções com falta de realizações, renda, solidão, falta de familiares se traduzem muitas vezes em desânimo ou depressão. Pior ainda para aqueles que não cuidaram da saúde e chegam aos 60, 70, 80 anos muito debilitados.

Estudos mostram que os que fizeram escolhas mais saudáveis tendem a se tornarem idosos com boa capacidade física e mental, pois praticam atividades físicas , vivem bem, têm autonomia, boa memória e lucidez. Ou seja, para prevenir-se de problemas futuros, a população deve iniciar o preparo com muita antecedência.

idoso criança avo e neto

O correto, hoje sabemos, é que se iniciem esses hábitos saudáveis na infância e que sejam mantidos por toda a vida. No Brasil, atualmente, há aproximadamente 25 milhões de idosos, número que provavelmente vai dobrar, nos próximos 40 anos. De acordo com dados divulgados em 2016 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida média dos brasileiros passou para 74,9 anos, quatro a mais que na década anterior.

No Brasil dos anos 1950, a expectativa de vida era de 45 anos. Doenças como hipertensão, diabetes ou Alzheimer mal tinham tempo de aparecer. Hoje, vivemos com doenças crônicas e não morremos mais por causa delas.

Há tratamento e remédio para quase tudo. Há técnicas para manter as pessoas vivas, mas muitas vezes incapacitadas, vivendo mal. Isso leva à constatação de que envelhecimento saudável não é envelhecimento sem doenças. Pode-se viver mais e melhor, desde que as doenças sejam bem controladas.

mulher-meia-idade

Como há constante evolução e informação para um padrão de vida diferente, com mais qualidade de vida, os atuais recursos de saúde e tecnologia fazem com que o idoso possa ser mais útil e importante para a sociedade.

Mas cuidados devem ser discutidos e tomados. Fumo é um dos grandes vilões da idade avançada com saúde. Os danos causados por este vício estão entre os principais desafios para se lidar com uma população mais envelhecida.

A alimentação também influi na prevenção de doenças e do envelhecimento precoce. O idoso tem particularidades com relação à nutrição, desde a deglutição, mastigação, paladar, apetite, digestão, absorção dos alimentos e alterações do hábito intestinal.

Cerca de 50% dos idosos têm alguma deficiência nutricional de pelo menos 3 nutrientes. Isso leva à necessidade de uso de uma suplementação nutricional, que varia de acordo com a incapacidade que o idoso tem se alimentar ou digerir alimentos adequadamente.

A atividade física, além de todos os benefícios já citados, faz qualquer pessoa viver mais e melhor. Orientações e conhecimento sobre os benefícios desta prática podem ser um estímulo ao início de um programa de exercícios regulares, em qualquer idade.

idosos

Os exercícios físicos trazem grandes benefícios para o corpo, para a postura, deixando os praticantes mais rápidos, leves e ágeis. São também estímulo para a atividade mental, tornando os praticantes mais alegres, comunicativos e com maior autoestima.

Outra dica é cuidar atenciosamente do consumo de água, que é fundamental para a hidratação de todo organismo e participa de praticamente todas as reações.

Beber água auxilia também no processo de proteção contra os radicais livres. Já o café, apesar de seus vários benefícios, principalmente na melhora da disposição e concentração, em consumo excessivo, pode prejudicar a qualidade do sono, o humor e prejudicar a absorção de alguns minerais.

*Joyce Capelli é Diretora Executiva e Presidente da Inmed Brasil

Sérum recupera a volumetria e age como ‘detox’ facial

A pele madura exige cuidados especiais por enfrentar dificuldades fisiológicas de reparação. O envelhecimento cutâneo é um processo natural, influenciado geneticamente e epigeneticamente (fatores ambientais, sociais e comportamentais) pelo encurtamento dos telômeros, o acúmulo de toxinas, estresse oxidativo, dentre outros motivos.

Para reverter esse processo e conferir à pele uma aparência saudável e renovada, a Under Skin — marca brasileira de dermocosméticos com centro de pesquisa e desenvolvimento italiano — traz para o mercado o U.SK Desire Sculpt Serum, produto revitalizante que promove redensificação do relevo cutâneo. O produto faz parte da coleção U.SK Revitalizing, que conta com dois séruns e quatro elixires — usados sozinhos ou em combinações para promover renovação, remineralização, reposição e regeneração cutânea.

Segundo a gerente de desenvolvimento da marca, Silvana Masiero, U.SK Desire Sculpt Serum conta com a tecnologia DensylRepair, um complexo exclusivo de ativos com ação redensificante, capaz de recuperar a volumetria e hidratar a pele. “Essa tecnologia associa oligogalactomananas purificadas da semente da figueira do Egito, extrato de algas vermelhas, detoxificante celular, hidroximetionina cálcica e homotaurina, poliosídeos reversos da semente do linho, peptídeos neuroprotetores, aminoácido essencial encapsulado e biopolímero flexível obtidos pela tecnologia cross-linking, explica Silvana.

A dermatologista e diretora científica da marca, Cláudia Marçal, argumenta que o uso diário do sérum é capaz de reestruturar a derme através da redensificação das fibras de sustentação, assim como os elementos da matriz extracelular. “Esse sérum apresenta como destaques os ativos: Celldetox (detoxificante que sequestra o que retira o lixo da pele); Essenskin (restaura as principais funções celulares como diferenciação, proliferação celular, síntese proteica e lipídica); Sculptessence (remodelador cutâneo natural); e Instensyl (cross-linking)”, destaca.

A diretora científica ainda enfatiza a presença do ativo Telosomyl. “Ele é capaz de estimular a expressão das proteínas telossômicas, limitando o encurtamento dos telômeros (estruturas constituídas por fileiras repetitivas de proteínas e DNA) e mantendo a longevidade celular, já que a cada nova divisão celular, os telômeros são encurtados e como eles não se regeneram, em determinado momento a célula perde sua capacidade de divisão e morre”, explica. Além disso, o ácido hialurônico está presente em alta concentração na formulação e é capaz de conferir maciez, elasticidade, tonicidade e hidratação à pele.

303889_675239_usk_desire_sculpt_serum___usk_revitalizing.png

Quanto ao modo de uso, Claudia salienta que a aplicação deve ser de duas gotas do produto sobre a região facial, massageando suavemente com movimentos circulares. “O sérum também pode ser combinado com uma gota de um dos elixires da linha, ou até mesmo mais de um, e a mistura deve ser feita na palma da mão do paciente antes da aplicação”. A fragrância da peônia e cereja-negra é a identidade olfativa dos produtos Under Skin.

Informações: Under Skin

Entenda o que são os suplementos antiaging

Nutricionista esportivo lista e explica as principais funções de 14 “elixires da juventude”

As funções mental e física diminuem à medida que o corpo envelhece, condição da qual ninguém escapa. A boa notícia é que a expectativa de vida tem aumentado, graças aos avanços da medicina e, para aqueles que levam um estilo de vida saudável, é possível envelhecer com qualidade de vida e muita disposição.

A fim de dar uma forcinha à saúde do corpo e da mente, os suplementos anti-idade, conhecidos como “antiaging”, têm mostrado grande eficácia. De acordo o Diogo Círico, nutricionista esportivo da Growth Supplements, esse tipo de suplementação demostra benefícios às células corporais, retardando riscos de doenças, entre outros sinais que podem chegar com a idade.

“A suplementação antiaging é capaz de defender as células corporais, evitando que haja redução das funções. Este tipo de amparo ao organismo acaba gerando eficiência no processo de retardo da velocidade do envelhecimento celular”, diz Círico.

Pensando nos benefícios da suplementação anti-idade, listamos 14 nutrientes, considerados “elixires da juventude” para a suplementação. Acompanhe:

Vitamina C

goji berry dry

Encontrada em muitas frutas e vegetais, incluindo pimentão, brócolis, goji berry e cranberry, as cápsulas de vitamina C podem auxiliar na redução de estresse oxidativo de células, além de beneficiar a regeneração da pele e das células, de modo geral.

Vitamina E

amendoim

Encontrada em alimentos, como azeite, amendoim, castanha do pará ou até mesmo milho e grãos integrais, a vitamina E está entre os destaques na suplementação antiaging. Os seus benefícios são direcionados também à saúde da pele, cumprindo uma função “antirrugas”.

Glucosamina

pele_linda

Aminoácido muito eficiente para a síntese de proteínas, ajudando no efeito anabólico. Recomenda-se para o tratamento de cicatrização de feridas e melhor hidratação corporal, além de deixar as rugas menos evidentes.

Creatina

O consumo da creatina tem como foco o aumento de músculos, favorecendo a síntese proteica e melhorando o desempenho nos treinos. O nutriente ainda auxilia na melhor função cognitiva, melhorando a capacidade de memorização.

Selênio

O selênio mostra alta eficácia para a síntese das proteínas; logo, efeito anabólico. O nutriente ainda reforça o sistema imunológico com ação antioxidante, anti-inflamatória, favorecendo a circulação sanguínea e sistema cardiovascular.

Resveratrol

muda_de_uva-plantei
Foto: Site Plantei

Resverastrol é um polifenol importante para a saúde do sistema cardiovascular, reduzindo a incidência de desenvolvimento de doenças como o Alzheimer, e até mesmo o Câncer. A suplementação com o nutriente pode melhorar a circulação sanguínea.

Coenzima Q-10

A Coenzima Q -10 é naturalmente produzido por nosso organismo. As células utilizam esse nutriente para a produção de energia, agindo também como um eficiente antioxidante. Esse nutriente ainda é importante para o combate contra radicais livres nocivos à saúde.

Carnitina

Indicada para a melhor utilização da gordura como fonte de energia, além de ser importante para a saúde dos rins e fígado. A suplementação com a Carnitina reduz a possibilidade de dores no peito e ajuda no tratamento de angina, Alzheimer e depressão.

Cromo

Indicado para retardar os efeitos do envelhecimento, beneficiando a saúde da pele, ainda que a sua suplementação seja mais comum para controlar dos níveis de açúcar no sangue. Considerado um dos melhores suplementos para fazer uso da insulina.

Glutationa

figado openclipartvectors pixabay
Ilustração: Openclipartvectors/Pixabay

Poderoso antioxidante contra as ações do envelhecimento. É naturalmente produzida no fígado, a partir de três aminoácidos, entre eles a Cisteína. O consumo é indicado para desintoxicação corporal, auxiliando na proteção das células brancas e vermelhas do sangue.

Melatonina

Hormônio que é referência quando se fala em efeito antienvelhecimento. Ele pode ser produzido de forma natural, mas a suplementação pode favorecer o sistema neurológico e imunológico, além de ajudar com a qualidade de sono, maior disposição e controle de peso.

Carnosina

Combinação de aminoácidos importantes para o corpo. Os níveis de Carnosina diminuem, conforme a idade, então a suplementação se torna gradualmente interessante. O uso pode proteger o corpo contra a oxidação de células musculares, reforçando a saúde dos músculos.

Ginkgo Biloba

Gingko-Blaetter
Foto: Creative Commons

Suplemento usado para prevenir deficiências cognitivas durante o envelhecimento. É dito que ele pode apoiar na prevenção de doenças ligadas à memória, como Alzheimer. Ajuda a proteger a memória, além de melhorar os rendimentos cognitivos atuais.

Hesperidina

Suplemento à base de Hesperidina que pode beneficiar a saúde do coração, pulmões e, principalmente, dos tecidos e varizes, ajudando na circulação sanguínea. A Hesperidina é um flavonoide que pode ser encontrado em frutas cítricas, em especial nas cascas.

Sérum inteligente identifica quais locais da face precisam de mais cuidados

A linha Renew, da Avon, acaba de lançar o Avon Renew Smart Repair Sérum Maximizador da Juventude. O produto possui tecnologia exclusiva YouthID Complex, que promete detectar os danos da pele do rosto que mais precisam de reparo, e também agir como um maximizador ao ser combinado com outros produtos da linha – sua fórmula aumenta a eficácia da tecnologia anti-idade dos produtos Renew**.

Eu uso produtos desta linha desde que foi lançada no Brasil, na década de 1990. E, para mim, é uma das melhores que temos no país. Muito completa, inclui até itens para maquiagem. Não usei este sérum, mas se seguir a qualidade dos demais produtos da linha, promete ser mais um sucesso.

Segundo a Avon, essa novidade, de uso diário, melhora visivelmente a aparência da pele, pois fornece nutrientes essenciais para o rejuvenescimento das células e a energia necessária para o reparo. Os resultados podem ser percebidos em apenas três dias, tempo em que já há redução da aparência de linhas finas. Já de duas a quatro semanas, as rugas já podem ser minimizadas, além da pele ficar visivelmente mais uniforme e com sensação de firmeza.

O Avon Renew Smart Repair Sérum Maximizador da Juventude age sozinho, mas multiplica o poder de outros anti-idade da linha Renew, segundo a Avon.

O produto tem textura leve e é de rápida absorção, sua fórmula foi dermatologicamente testada, não comedogênica (não obstrui os poros) e hipoalergênica (minimiza surgimento de possíveis alergias).

Avon Renew Smart Repair Sérum Maximizador da Juventude, com o exclusivo “YouthID Complex”, ajuda a detectar e reparar os danos específicos da sua pele, onde e quando você mais necessita. Este sérum de uso diário, com textura leve e de rápida absorção, possui uma fórmula que ajuda a proporcionar os nutrientes necessários para o rejuvenescimento da sua pele. Melhora visivelmente a aparência da sua pele, deixando-a com aspecto rejuvenescido.

Renew Super Sérum.png

Os lançamentos podem ser adquiridos por meio de uma revendedora Avon ou no site Preço regular: R$ 139,99

** Baseado em teste in vitro

SAC Avon: 0800 708 28 66

 

 

Técnica e tecnologia permitem que pacientes envelheçam sem perder a beleza

Combater os sinais do tempo na pele é uma das principais razões que levam pacientes ao consultório do dermatologista. Felizmente, a tecnologia é uma aliada e grandes avanços vêm sendo feitos para combater o envelhecimento e com resultados mais naturais. “Atualmente, profissionais que estão sempre em atualização já compreendem que o foco dos tratamentos de rejuvenescimento não é e nem deve ser apenas as rugas”, explica a dermatologista Annia Cordeiro, diretora da Clínica da Pele Annia Cordeiro, centro de dermatologia em Curitiba.

Segundo a especialista, quando a atenção fica apenas em diminuir as rugas e linhas de expressão, o resultado fica artificial. “Isso porque o tratamento inadequado acaba alterando a fisionomia do paciente. É fundamental que a avaliação seja feita de maneira global, buscando resgatar e manter a estrutura, arquitetura e o desenho do rosto. O objetivo é buscar a aparência mais jovem sem alterar o formato da face.”

Um exemplo desse novo conceito dos tratamentos dermatológicos é a técnica de sustentação facial, que dá um novo sentido ao uso de preenchedores e volumizadores. Eles já vêm sendo usados para tratar rugas há algum tempo. A ideia é, literalmente, encher as áreas “afundadas” e, assim, eliminar os sinais da pele. Porém, atualmente são armas que ajudam a tratar as causas do envelhecimento, e não apenas os sintomas.

Com as perdas óssea, de gordura e das camadas da pele, os sinais da flacidez e rugas aparecem e a estrutura da face é comprometida, levando à perda dos contornos na mandíbula. O rosto e o pescoço perdem a linha de delimitação, as bochechas descem e surgem áreas “vazias” e escuras debaixo dos olhos – parecendo olheiras. “Atualmente, aplicamos o ácido hialurônico nos chamados ‘MD Codes’ (pontos específicos). Além disso, estimulamos a musculatura facial
com o ultrassom microfocado. Isso resulta na sustentação da face e, assim, é possível devolver ao paciente, parcial ou totalmente, o posicionamento das estruturas faciais”, afirma a especialista.

Outro tratamento que ganhou nova função no combate ao envelhecimento é a toxina botulínica. Antes usada para eliminar sinais e rugas, ela tem a função de relaxar músculos. Hoje é complemento de um tratamento mais completo. “Dentro do conceito global na avaliação da face, usamos a toxina botulínica para diminuir a contração dos músculos depressores, ou seja, os que ‘puxam para baixo’ as sobrancelhas, cantos da boca e bochechas, contribuindo para a manutenção dos contornos faciais”, afirma a dermatologista.

mulher-espelho-rosto-rugas

Toque final

Esse novo conceito de tratamento contra o envelhecimento busca fazer a avaliação de contorno, volumes, áreas que precisam ser sustentadas e músculos que devem ser relaxados para a manutenção da arquitetura e estrutura facial. Porém, também há cuidados externos que melhoram o aspecto da pele.

Para esse “acabamento”, tratamentos como o skin booster, laser fracionado, radiofrequência, laser não ablativo e peelings contribuem para alcançar uma cor homogênea, uma textura lisa e macia, sem poros dilatados e sem o aspecto amassado da pele – as rugas finas.

“É importante que o paciente lembre que ter o rosto sem nenhuma ruga não é sinal de beleza e não é o que vai deixar aparência mais jovem. É importante observar contornos, volumes e proporções faciais para garantir o rejuvenescimento com aspecto natural.”

Fonte: Annia Cordeiro é membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e Academia Americana de Dermatologia e diretora da Clínica da Pele Annia Cordeiro em Curitiba (PR).

5 questões para entender a relação entre açúcar e envelhecimento da pele

Você já está cansada de ouvir falar dos perigos que vêm de fora: sol, poluição, baixas temperaturas… Mas há algo que destrói a pele por dentro: o açúcar. Entenda como ele reage com o colágeno e potencializa o envelhecimento cutâneo

Se a sua alimentação é rica em açúcar e carboidratos, isso se reflete no colesterol, pode provocar Alzheimer (segundo estudos recentes) e também envelhecer a sua pele. “O consumo em demasia de carboidratos e açúcares pode desencadear o processo de glicação, em que as moléculas de glicose se unem às proteínas de elastina e colágeno — substâncias responsáveis pela firmeza da pele. O açúcar faz com que as proteínas se quebrem, o que aumenta o processo de envelhecimento da pele e a flacidez”, afirma a dermatologista Thais Pepe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. Para ficar tudo bem claro, a dermatologista explica de maneira clara essa relação entre açúcar e envelhecimento cutâneo:

Como e por que a pele envelhece? Elastina e colágeno são substâncias responsáveis pela firmeza da pele. “Eles deixam a pele mais esticada, mais firme. É o que uma pessoa jovem tem em excesso e, a partir dos 25 anos, vamos perdendo. Aliado a isso, essa desestabilização provocada pela glicação dessas células, que é a quebra de elastina e colágeno, faz com que a pele perca sua sustentação, como um arcabouço que vai se quebrando. A glicação, portanto, faz com que a pele perca colágeno e elastina, resultando em rugas e flacidez”, explica a médica.

mulher comendo doce
Foto: Pixabay

Mas é só isso? Não para por aí: “O processo de glicação age principalmente nas linhas de expressão e flacidez. Mas produz, sim, rugas e pode piorar as manchas pelo processo de oxidação celular”, alerta a médica.

Quando devo me preocupar? “A glicação normalmente existe em todas as pessoas, mas há um processo de excesso de glicação quando a alimentação é hipercalórica e hiperglicêmica. Ou seja, pessoas que ingerem alimentos ricos em açúcares e gordura aceleram o processo de envelhecimento e glicação”, conta.

O que é possível fazer para me proteger? “Os estudos mais recentes mostram que cremes antioxidantes, com ingredientes como a molécula Alistin, fazem com que se combata esses radicais livres e o processo de glicação, portanto ajudando muito a combater o processo de envelhecimento causado pela glicação. Além disso, o que pode frear a glicação é uma dieta bem orientada, restrita, de baixo índice glicêmico e o uso de antioxidantes e antiglicantes por via oral. Então os nutracêuticos como Glycoxil conseguem bloquear a produção de radicais livres e desligam o açúcar excedente do colágeno, ajudando no processo de envelhecimento também”, argumenta.

shutterstock mulher comendo doce
Foto: Shutterstock

Como tratar os efeitos? O que há de mais recente para combater a flacidez e rugas é ThermiTight, um procedimento minimamente invasivo conhecido como “radiofrequência injetável”. “A radiofrequência monopolar aplicada internamente promove aquecimento nos tecidos subcutâneos, promovendo estímulo ao novo colágeno, com consequente firmeza e skin tightening”, acrescenta a médica. O procedimento é feito em uma sessão e já está disponível na Clínica Thais Pepe.

Fonte: Thais Pepe é dermatologista especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, membro da Sociedade de Cirurgia Dermatológica e da Academia Americana de Dermatologia. Diretora técnica da clínica Thais Pepe, tem publicações em revistas científicas e livros, além de ser palestrante nos principais Congressos de Dermatologia.

 

Casa do Saber apresenta: Os Desafios de Envelhecer no Século 21

 

Devido às pesquisas e avanços médicos e tecnológicos, as pessoas têm vivido mais, o que representa um problema para o sistema previdenciário e para a saúde pública.

Também a qualidade do envelhecer tem apresentado significativas melhoras: além de viverem mais, os idosos têm ocupado um espaço maior dentro do mercado consumidor e, portanto, representam um nicho econômico em que vale a pena investir.

A representação social e psíquica da idade muda ao longo do tempo e, por isso, a maneira como se olha para o idoso e o olhar que ele lança sobre si mesmo estão em profunda transformação.

Os encontros – 20 e 27/06 às 20h online e presencial na Casa do Saber, SP – tratam das mudanças nas condições do envelhecer contemporâneo e modos de encarar a finitude. Serão abordados aspectos práticos e emocionais do cuidar de si e dos entes queridos que envelhecem.

Luiz Alberto Hanns

Doutor em psicologia clínica, autor de livros sobre psicanalise e psicologia aplicada, entre estes A equação do casamento – o que pode, ou não, ser mudado na sua relação e A arte de dar limites – como conseguir mudanças com crianças e adolescentes (a ser publicado em setembro). Ambos pela Companhia das Letras (selo Paralela). Atende em consultório em terapia de casal e orientação de pais para educação de filhos. Dá palestras em empresas e escolas.

Luiz-Alberto-Hanns-209x300.jpg

Serviço:
Os Desafios de Envelhecer no Século 21 com Luiz Alberto Hanns
Terças, 20 e 27/06, às 20h. Presencial 2x R$180,00. Online 2x R$190,00 Até 70 pessoas.
Informações e inscrições: Casa do Saber – R. Dr. Mario Ferraz, 414, Jardim Paulistano, SP. 

Mundo Verde lança cestas personalizadas para o Dia das Mães

Para comemorar o Dia das Mães, o Mundo Verde, maior rede de lojas especializadas em produtos naturais e orgânicos da América Latina, está lançando cestas personalizadas como opções de presentes para mães de diferentes personalidades.

Os kits contém produtos completos de saúde e beleza da Elixir, marca recém-lançada do Mundo Verde dedicada às mulheres acima de 30 anos. Como estratégia da rede, a Elixir possui linhas criadas para atender às principais necessidades das mulheres, com produtos para desacelerar o envelhecimento, controlar o peso, melhorar a saúde digestiva e intestinal, cuidar da saúde óssea e da saúde da pele, unhas e cabelos.

Desenvolvidas com ingredientes premium, as linhas da Elixir têm o objetivo de entregar às mulheres beleza de dentro para fora. Os produtos solúveis, por exemplo, são livres de corantes, aromas e adoçantes artificiais, além de não conterem açúcar, glúten, leite e outros alergênicos.

Confira a seguir as cestas especiais para o Dia das Mães:

Kit Mãe Poderosa

Kit Mãe Poderosa

Para as mães vaidosas, esse kit é ideal para prevenir o envelhecimento precoce e cuidar da pele. O kit é composto pelo Antiox, da linha Antiox um suplemento de vitaminas C, E, e A, selênio e zinco – que possuem ação antioxidante, e o Colágeno em pó, da linha Beauty que aumenta a elasticidade e firmeza da pele, previne rugas e linhas de expressão, fortalece unhas e cabelos, além de proteger as articulações.

Kit Mãe de Ferro

Kit Mãe Saúde de Ferro

Esse kit é para as mães que querem ter mais disposição e energia. A cesta traz a combinação do Ômega 3 com o Multivitamínico para mulheres da linha Vita. O Ômega 3 auxilia no controle e redução do colesterol, triglicerídeos, pressão arterial e melhora a memória, enquanto o Multivitamínico fortalece o sistema imunológico, supre 100% da necessidade diária de ferro e previne o envelhecimento precoce.

Kit Mãe Fitness

Kit Mãe Fitness

Pensado para turbinar os treinos e proteger as mães das lesões, este kit da linha Slim e Antiox, une o Matchá e a Coenzima Q10. O pó solúvel para preparo de Matchá auxilia no emagrecimento, retarda o envelhecimento precoce e auxilia na prevenção de câncer e doenças do coração. A Coenzima Q10 melhora a disposição, reduz o risco de lesão muscular, além de estimular o sistema imunológico.

As cestas podem ser personalizadas pelos clientes de acordo com os produtos disponíveis da marca Elixir.

Informações: Mundo Verde