Arquivo da categoria: Gastronomia

Casa DiPaolo traz para São Paulo a culinária italiana da nona

Ontem à noite (25) fui conhecer a Casa DiPaolo São Paulo, que fica na Avenida Bandeirantes, zona sul da cidade. A rede, que investe na culinária típica italiana da Serra Gaúcha, é muito conhecida na região sul do país, onde tem 11 casas, e chegou a São Paulo em setembro do ano passado.

dipaolo7

E, em apenas sete meses, já é um sucesso, especialmente aos sábados e domingos, quando a casa fica lotada. Em virtude disso, a rede já pensa em abrir mais unidades na cidade, em bairros como Jardins e Perdizes.

dipaolo9dipaolo10dipaolo4polentasobremesasgaletos

No cardápio:  sopa de capeletti, pão caseiro, galeto al primo canto, massas (spaghetti, tortéi e nhoque), molhos (tradicional, tomate seco, funghi, quatro queijos e alho e óleo), polenta na chapa, polenta frita, queijo à dorê, salada de batata com maionese, radicci com bacon, salada de folhas e sobremesas da casa, o famoso sagu com creme ou o pudim de leite condensado.

O forte, e que também é o diferencial da casa, é seu galeto al primo canto, um franguinho assado na brasa, que antigamente seria uma codorna ou mesmo passarinho. Além disso, a casa vende os vários tipos de massa que oferece, como capelete, fidelini, ravioli e nhoque, por exemplo.

dipaolo14

dipaolo15
Sagu sem e com creme

dipaolo13

Como boa neta de italianos, não foi difícil me identificar com a fartura da mesa e com pratos como a sopa, a polenta e o sagu de sobremesa. Memórias de infância brotam e remetem à comida da nona ou da mãe. Sem saudosismo, mas com ares de comfort food. E tudo isso brindado com um delicioso espumante da Casa Valduga (também do sul do país) e um vinho tinto chileno cabernet sauvignon Carmen, meu nome.

Vale a pena conhecer!

dipaolo12
Uma parede de espigas de milho para lembrar o alimento do galeto e o principal ingrediente da polenta
dipaolo16
A adega climatizada pode ser vista graças às portas de vidro

sao-paulo-3dipaolo5

Fotos: Ricardo Botelho e divulgação

Casa DiPaolo São Paulo – Av. dos Bandeirantes, 1663 – Vila Olímpia. Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 11h30 às 16h; das 18h30 às 23h30. Sábado: das 11h30 às 23h30. Domingos e feriados: das 11h30 às 22h

 

 

 

Anúncios

Como abrir e armazenar o vinho em casa

Sommelier ensina a cuidar do vinho em casa e afirma: “não é preciso ter uma adega climatizada”

Adega climatizada, taças sofisticadas e preços altos são coisas que não precisam estar associadas ao vinho. O sommelier Rodrigo Bertin, criador do projeto Vinho Mais, explica que armazenar vinho em casa pode ser muito mais simples e barato. “Tem gente que acha que precisa de adega climatizada, mas isso é um mito”, explica.

Antes de explicar sobre a melhor forma de manter as garrafas de vinho em casa, Bertin conta que a temperatura ideal varia de 6ºC para vinhos brancos ou rosé a 15ºC para vinhos tintos. “Os tintos com uvas Pinot Noir, Merlot ou Gamay, menos encorpados, podem ser consumidos com um pouco menos de temperatura”, conta.

Um cantinho escuro para guardar

O sommelier ensina que as garrafas de vinho devem ser armazenadas em um local arejado e sem oscilação de temperatura: “O mais importante é deixá-las em local que não receba muita luz natural ou artificial, justamente para evitar que esquentem”. Aqui, vale a regra de ouro conhecida pela maioria das pessoas: manter as garrafas deitadas. “É importante que a rolha fique sempre úmida para não ressecar e se desmanchar quando for aberta”, destaca o especialista.

rack vinho8

Os cuidados mais específicos com o vinho devem ocorrer depois que a garrafa foi aberta. “Antes mesmo de abrir, caso ela tenha sido armazenada à temperatura ambiente, é importante levar à geladeira”, explica o especialista. “O vinho tinto se resfria o suficiente após 20 minutos na geladeira, mas o vinho branco, rosé ou espumante pode permanecer por uma hora refrigerando, ou então 20 a 30 minutos no congelador, com muito cuidado para que não congele”, ensina.

Depois do brinde

É depois de retirar a rolha que surgem as dúvidas. “Muita gente acha que o vinho não pode ser armazenado depois de aberto e que a garrafa deve ser completamente consumida, mas isso não é verdade”, explica Bertin, aliviando para aqueles que não querem desperdício, mas também não desejam beber demais.

“O problema é que muita gente acha que a garrafa vai sobreviver por mais de uma semana, sendo que ele vai oxidar neste tempo”, alerta. “O vinho não estraga de um dia para o outro, mas não dura tanto”.

vinho

Após abrir a garrafa e consumir uma ou duas taças, Rodrigo Bertin sugere recolocar a garrafa na geladeira, desta vez em pé. “O segredo é reduzir ao máximo a superfície de contato do vinho com o oxigênio, para não oxidar tão rápido”, explica, justificando que a garrafa deitada aumentaria o contato do líquido com o ar. Se isso for feito, a bebida permanece boa para consumo por mais dois ou três dias. “Os mais alcoólicos e encorpados duram mais que os leves”, explica.

Dois segredos para o vinho durar mais

Se esses poucos dias não são suficientes, o sommelier ensina dois truques que podem aumentar a vida útil da bebida. “O primeiro é passar o vinho restante da garrafa grande, de 750ml, para uma menor, de 375ml, e guardar na geladeira da mesma forma, em pé e com a rolha bem colocada”. Assim, o processo de oxidação será retardado por mais um ou dois dias.

bomba de vácuo walmart

A tática mais eficiente, no entanto, é utilizar uma bomba a vácuo para reduzir ao máximo o contato do vinho com o ar externo. “É um acessório fácil de ser encontrado que funciona como uma tampa especial para a garrafa”. O sommelier destaca que os vinhos mais encorpados permanecem bons para consumo por mais uma semana se for utilizada a bomba a vácuo. “Considere cinco ou seis dias em caso dos vinhos mais suaves e menos alcoólicos”.

 

Villa Roma continua com rodízio de massas para o horário do almoço

Localizada na região dos Jardins, a pizzaria Villa Roma traz aos consumidores uma nova opção para o horário do almoço. Por R$ 38,00 por pessoa, são oferecidos mais de dez tipos de pratos de massas e saladas.

De segunda a sexta, das 12h às 14h30, os clientes poderão provar massas feitas com farinha italiana em um ambiente aconchegante, além de acrescentar verduras e legumes em criativas opções de saladas.

“Nossa ideia é atender a um público que busca mais uma alternativa na região dos Jardins no horário do almoço, e para isso, criamos o rodízio de massas, que com receitas e e ingredientes especiais vindos diretamente da Itália, oferecemos uma refeição de qualidade a um preço justo”, explica o proprietário da Villa Roma, Gabriel Marques.

Pizzaria Villa Roma
Fettuuccine Maria Isabelpene_carbonara_3

Villa Roma: Alameda Jaú, 1191 – Jardins – São Paulo. Rodízio de massas – horário: segunda a sexta, das 12h às 14h30

Croasonho agora tem Croaburger

Novidade chega à rede nesta segunda-feira nas versões Clássico e Barbecue

A Croasonho, única rede de franquias especializada em croissants recheados do país, traz ao seu cardápio uma combinação inédita e irresistível: a união do Croasonho, uma delícia nacional, com o hambúrguer, uma paixão mundial. O resultado é o Croaburger, que chega em duas versões, o Clássico e o Barbecue.

A versão do Croaburger Clássico (R$ 15,90) é composta por um suculento hambúrguer de carne bovina, cheddar, alface, tomate, molho parmesão e batatas chips como acompanhamento no prato.

croissant-de-hamburguer-05-curiosidades-sobre-o-hamburguer-croasonho-revista-davila

Já a versão Barbecue (R$ 17,90) tem o mesmo hambúrguer bovino, bacon, cheddar, anéis de cebola, além das batatas chips no prato. Recheio perfeito na incomparável massa do Croasonho.

Croasonho-Franquia

“Foram meses de pesquisa de mercado, de produtos e muito cuidado no desenvolvimento do Croaburger. Estamos convictos que conseguimos unir, com muito sucesso, o que parecia improvável”, disse Eduardo Silva, diretor de marca da Croasonho.

Informações: Croasonho

 

 

Zona Norte ganha destaque na 22ª Restaurant Week SP

Você sabia que a Zona Norte de São Paulo é uma das regiões que abriga diversos restaurantes conceituados e com boa gastronomia que, muitas vezes, só quem mora nessa região conhece. Por este motivo resolvemos listar as casas participantes da Restaurant Week na área. Esta é a 22ª edição do festival que acontece até o dia 29 de abril e está com boas opções com boa gastronomia.

Neste ano, o maior evento gastronômico de São Paulo, e um dos mais importantes da América Latina, traz como tema a gastronomia internacional. São mais de 200 restaurantes que oferecem menus completos, com entrada, prato principal e sobremesa.

Os restaurantes da Zona Norte irão proporcionar os clientes experiências ricas em cultura e diversidade. “A proposta do Restaurant Week é democratizar a boa culinária na cidade com preços acessíveis. Além disso, também buscamos oferecer opções de restaurantes em diversas regiões de São Paulo para que os moradores possam explorar suas zonas e também outros clientes possam ter o primeiro contato com as casas. A Zona Norte é um bairro surpreendente e de muitas oportunidades, através das nossas plataformas os clientes podem viver sensações únicas”, conta Fernando Reis, idealizador e responsável geral pelo festival no Brasil.

Confira as opções de restaurantes participantes da Zona Norte na 22ª SPRW:

risoto de cogumelo cantina do zé
Risoto de cogumelos da Cantina do Zé Gomes

Cantina Zé Gomes
Que Pankeka
Dona Carmela
America – Shopping Center Norte

A edição manterá a opção de Menu Premium, com restaurantes de chefs renomados para quem quer vivenciar uma experiência gastronômica ainda mais sofisticada, mas também a preços democráticos. Os valores são fixos, para o Menu Tradicional, o almoço é R$ 46,90 e no jantar R$ 58,90. Já para o Menu Premium, que é necessário fazer reserva pelo site do evento, o almoço sai por R$ 68,00 e o jantar por R$ 89,00.

Além disso, os consumidores podem fazer o bem doando R$ 1,00 no valor final da conta e todo dinheiro arrecadado será doado para Fundação Cafu. Outra forma de ajudar é doando as notas fiscais sem CPF para a APAE SP – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, através do aplicativo da Nota Fiscal Paulista. Mais que um evento de gastronomia, a Restaurant Week já se consolidou como evento de transformação na área social.

A cervejaria Petra é a patrocinadora oficial do evento e apresenta um menu de Cervejas Especiais, artesanais puro malte para harmonizar com os pratos. Para não perder a oportunidade de conferir toda essa experiência, as reservas podem ser feitas pelo site oficial.

Serviço:
O que: 22ª edição da São Paulo Restaurant Week
Quando: De 30 de março a 29 de abril
Tema: Gastronomia Internacional

Valores:
Menu Week- R$ 46,90 o almoço e R$ 58,90 o jantar
Menu Premium – R$ 68,00 o almoço e R$ 89,00 o jantar – Somente com reserva

Conheça as casas participantes da 22ª São Paulo Restaurant Week na Zona Oeste

Neste ano, o maior evento gastronômico de São Paulo, e um dos mais importantes da América Latina, traz como tema a gastronomia internacional. São mais de 200 restaurantes que oferecem menus completos, com entrada, prato principal e sobremesa. Esta é a 22ª edição realizada em São Paulo e acontece até o dia 29 de abril.

Na região da Zona Oeste, são mais de 50 casas que prometem surpreender os clientes com sabores que proporcionam experiências ricas em cultura e diversidade. “Estamos muito contentes em poder democratizar a boa culinária na cidade com preços acessíveis e, assim, trazer restaurantes e cardápios variados em todas as regiões da capital”, conta Fernando Reis, idealizador e responsável geral pelo festival no Brasil.

Confira as opções de restaurantes participantes da Zona Oeste na 22ª RW SP:

Huahine Sushi – Vila Leopoldina
Sassá Sushi – Vila Leopoldina
Mamaggiore Cucina Italiana – Vila Leopoldina
Mamaggiore Bistrô Bar – Vila Leopoldina
Ruaa – Vila Madalena
L’Aperô Bistrot – Vila Madalena
Banana Verde – Vila Madalena
América – Bourbon Shopping
Lapin Et Café e Bistrô – Perdizes
Blú Bistrô – Perdizes
Namga – Perdizes
Dibaco – Perdizes
DoRo Gastronomia – Perdizes
La Recoleta Parrilla – Perdizes
San Telmo – Perdizes
QCeviche! – Barra Funda
Barê Cozinha e Bar – Jardim paulista
Mimo – Jardim paulista
Pão com Manteiga – Jardim paulista
Sass Sushi – Jardins
Pecorino – Jardins
Serafina – Jardins
La Pasta Gialla – Jardim paulista
América – – Jardim paulista
Trebbiano – Jardim paulista
Pier Trattoria – Jardim paulista
Capim Santo – Jardim paulista
Pecorino Cucina Mediterrânea – Itaim Bibi
Mellão Trattoria – Itaim Bibi
General Prime Burger- Itaim Bibi
Forneria JK – Itaim Bibi
Serafina – Itaim Bibi
L’Amitié – Itaim Bibi
Cão Veio – Itaim Bibi
BrodoRistorante – Itaim Bibi
Forneria Amauri – Itaim Bibi
Terra Madre Osteria – Itaim Bibi
Pina – Itaim Bibi
Lima Cucina Peruana – Itaim Bibi
Calle 54 – Itaim Bibi
Camden House – Itaim Bibi
Sassá Sushi – Itaim Bibi
ToreroValese – Itaim Bibi
L’Entrecote de Paris – Itaim Bibi
La Pergoletta – Itaim Bibi

pier tratoria a
Medalhão do Pier Trattoria

Menu Premium

La Mar – Itaim Bibi
Le Bife – Itaim Bibi
Tian- Itaim Bibi
Jamie’s Italian- Itaim Bibi
Varanda – JK – Itaim Bibi
Emiliano – Jardim Paulista
Aizomê – Jardim Paulista
L’Entrecôte D’Olivier – Jardim Paulista
Varanda – Jardins – Jardim Paulista

A edição manterá a opção de Menu Premium, com restaurantes de chefs renomados para quem quer vivenciar uma experiência gastronômica ainda mais sofisticada, mas também a preços democráticos. Os valores são fixos, para o Menu Tradicional, o almoço é R$ 46,90 e no jantar R$ 58,90. Já para o Menu Premium, que é necessário fazer reserva pelo site do evento, o almoço sai por R$ 68, e o jantar por R$ 89.

Além disso, os consumidores podem fazer o bem doando R$ 1 no valor final da conta e todo dinheiro arrecadado será doado para Fundação Cafu. Outra forma de ajudar é doando as notas fiscais sem CPF para a APAE SP – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, através do aplicativo da Nota Fiscal Paulista. Mais que um evento de gastronomia, a Restaurant Week já se consolidou como evento de transformação na área social.

A cervejaria Petra é a patrocinadora oficial do evento e apresenta um cardápio de Cervejas Especiais, artesanais puro malte para harmonizar com os pratos. Para não perder a oportunidade de conferir toda essa experiência, as reservas podem ser feitas pelo site.

Serviço:
O que: 22ª edição da São Paulo Restaurant Week
Quando: Até 29 de abril
Tema: Gastronomia Internacional

Valores:
Menu Week- R$ 46,90 o almoço e R$ 58,90 o jantar
Menu Premium – R$ 68,00 o almoço e R$ 89,00 o jantar – Somente com reserva

 

 

 

Outono traz novidades ao Bacalhau, Vinho & Cia

Sempre atento às novas tendências da gastronomia portuguesa o restaurante Bacalhau & Vinho foi a Lisboa e voltou com uma novidade que tem dado o que falar, os bolinhos de bacalhau recheados.

Em terras lusitanas usa-se o queijo DOP Serra da Estrela. Por aqui, o chef Caíque Pallas optou por um queijo mais consistente e igualmente saboroso, que preserva as características mesmo sob altas temperaturas. Vale lembrar que os bolinhos são fritos, portanto há uma preocupação em manter a integridade do quitute durante o preparo.

bolinho de bacalhau e vinho

Disponíveis no restaurante ao valor de R$ 9,00 a unidade, são uma ótima pedida para petiscar enquanto se escolhe o prato principal em companhia da sangria verde R$ 69,00 servida em jarra, ou com um bom tinto português.

sangria verde

Fotos: Johnny Mazzilli

Bacalhau, Vinho & Cia – Rua Barra Funda, 1067 Barra Funda, São Paulo – Horário de funcionamento: de terça a sábado das 11h às 23h / domingos e segundas-feiras das 11h30 às 17h

 

Bloody Hell Burger lança “Burger 4 Pet” neste sábado

Com supervisão da nutricionista Paloma Dalloz, casa que aposta em lazer para toda família, inclui no cardápio novidade adaptada para cachorros

Acontece neste sábado, 21 de abril, o lançamento do “Burger 4 Pet”, um sanduíche criado especialmente para cachorros. A Bloody Hell Burger, que é famosa por seus hambúrgueres suculentos, batatas belgas e catchups de diferentes lugares, sempre foi um espaço para receber a família inteira, incluindo os pets, mas foi a paixão por animais do sócio Maurício Toporcov que o fez ir além e criar um item no cardápio para eles.

O “Burger 4 Pet” é feito com tapioca – que substitui o pão -, uma fatia de ricota – que o deixa mais suculento -, cenoura e acém (carne sem gordura), conforme as recomendações da nutricionista Paloma Dalloz, que há dez anos atua na reabilitação alimentar de cães e gatos. Formada pela Unesa, ela sempre atuou na área de nutrição clínica, fez mestrado em medicina na área de endocrinologia na UFRJ (Universidade Federal Rio de Janeiro) e especialização em Nutrição Clínica de cães e gatos.

Segundo a especialista, “clinicamente, observo que animais que se alimentam de dieta caseira têm mais disposição e resistência imunológica. É possível formular dietas caseiras para cães e gatos com insuficiência renal ou urolitíases (cálculos urinários), diabéticos, obesos, cardiopatas, portadores de neoplasias e também formular dietas funcionais (quando usamos propriedades dos alimentos para melhorar a saúde do animal). Mas, para isto, é necessário balancear a dieta”. E foi justamente assim que Paloma chegou à fórmula exata do Burger 4 Pet.

burger 4 pet

“A minha inspiração para criar o ‘Burger 4 Pet’, veio da minha Chihuahua Guadalupe, que chamamos carinhosamente de Lupe. Queria uma opção para que nós pudéssemos aproveitar uma refeição juntos” afirma Maurício Torpocov.

O Burger 4 Pet estará disponível em duas versões: a de 25g para cães pequenos (R$ 10,00) e a de 50g para os cachorros maiores (R$ 15,00).

Lançamento do “Burger 4 Pet” na Bloody Hell Burger
Endereço: Rua Iaiá, 31 A, Itaim Bibi, Itaim Bibi, São Paulo – SP
Data: 21 de abril
Horário: A partir das 14h

Bloody Hell Burger – Rua Iaiá, 31 A, Itaim Bibi, São Paulo. Pet friendly. Horário de funcionamento: segunda a quarta, das 11h45 às 15h00. Quinta e sexta, das 11h45 às 15h e 18h30 às 22h30. Sábado, das 18h às 22h30. Domingo: fechado

Festival Gastronômico Shopping da Bahia faz homenagem a Zélia Gattai

Comida. Afeto. Cultura. Esses são três pilares escolhidos pelo Shopping da Bahia para a estreia de um novo projeto. O Festival Gastronômico Shopping da Bahia chega em 2018 com uma bela homenagem a uma das grandes representantes da cultura baiana: Zélia Gattai.

Desde o dia 13, seis restaurantes do empreendimento estão com novos pratos no cardápio homenageando a escritora baiana que amava cozinha e entendia a gastronomia como um traço cultural do povo da Bahia.

“Estamos muito felizes de fazermos essa homenagem a Zélia. Nossa relação com a família Amado e o legado de Zélia e Jorge é histórica. Celebramos os dois sempre que podemos, apoiamos desde o início da Fundação Casa de Jorge Amado e queremos manter viva a chama do trabalho realizado por Zélia”, comenta Mayara Diniz, gerente de marketing do empreendimento.

Além de ser a homenageada pelos chefs dos restaurantes, o Shopping da Bahia vai rebatizar com o nome de Zélia Gattai a alameda gourmet, que reúne operações gastronômicas como o Oliva, o Paris 6 e a sorveteria San Paolo.

“Jorge Amado dá nome a nossa praça central no primeiro piso. Agora é a vez de Zélia ser homenageada, no terceiro piso, fazendo nossos clientes lembrarem que aqui é um espaço para cultivar a boa mesa, os encontros e celebrar as delícias preparadas pelos chefs que atuam aqui no Shopping da Bahia”, explica Mayara.

A gastronomia vem ganhando força no mix do Shopping da Bahia nos últimos anos, com a chegada do Oliva, reinauguração do Mariposa e do Shiro, em novos locais e o lançamento do primeiro Paris 6 do Norte Nordeste, que se juntaram ao Pereira e ao Outback para compor o cardápio de opções oferecido aos clientes do empreendimento.

“Os restaurantes são um grande atrativo de público, uma opção para as famílias, além de ajudar no dia a dia de quem trabalha na região do Shopping da Bahia. Queremos muito que essas novidades deliciosas entrem na rotina do nosso cliente, ampliando nossa relação com os baianos”, lembra Fernando Cairo, superintendente do SDB, que ressalta ainda a chegada da Pizza Hut e Mr. Cheney ao shopping e assegura que novas operações de alimentação já estão sendo negociadas para o local.

Até dia 13 de maio, o Festival Gastronômico Shopping da Bahia vai oferecer aos clientes seis pratos especialmente criados para homenagear Zélia Gattai. Oliva, Shiro, Pereira Café, Outback, Mariposa e o Paris 6 estarão participando com pratos especiais no valor de R$ 39,00.

“Nossa ideia é calendarizar o Festival Gastronômico transformando o mês de abril no mês da gastronomia do Shopping da Bahia. A cada ano vamos homenagear uma figura importante da nossa história, reforçando assim o nosso posicionamento no coração dos baianos”, explica Mayara.

Durante o período do festival, os clientes vão receber uma espécie de cartão fidelidade, que poderá ser preenchido com adesivos cada vez que o cliente escolher um dos pratos participantes. Quem consumir quatro pratos diferentes entre os seis participantes do Festival vai ganhar um presente exclusivo e inesquecível. Um livro de arte, reunindo anotações, receitas, recortes, fotos e memórias de Zélia Gattai e sua relação com a comida, que foi editado com a valiosa curadoria de Maria João Amado, neta de Jorge e Zélia.

O livro “Memórias de Sabores de Zélia Gattai” é resultado de uma intensa pesquisa feita no acervo da Família Amado mostrando a relação de Zélia com a gastronomia e o quanto a comida fez parte de momentos importantes na história de um dos casais mais emblemáticos da cultura brasileira.

“Este não é um livro de culinária comum, tampouco o livro com as receitas de minha avó Zélia. Aquelas, ela sabia de cor e não as deixou escritas, ficaram registradas apenas na memória dos que tiveram a sorte de se deliciar com elas. O que você vai encontrar aqui é um catado que fala de amizade e carinho, atributos que d. Zélia fazia questão de cultivar por onde quer que andasse”, assim escreveu Maria João Amado, neta de Zélia, no prefácio do livro.

Conheça os pratos do Festival Gastronômico

Mariposa_Salsa.jpg

– Mariposa: salmão na crosta de Salsa com castanha de caju, purê de banana da terra com gengibre, arroz de coco e banana da terra grelhada. Tempero: Salsa.

Shiro_Acafrao.jpg

– Shiro: filé de tilápia ao molho de champignon com purê de batata-doce e açafrão.
Tempero: Açafrão. 

Outback_Alho

– Outback: hambúrguer sério com 200g de carne, queijo, picles, tomate e cebola. Se preferir, peça com bacon também. Acompanha fritas e maionese ou mostarda, no melhor estilo Mad Max. Tempero: Alho.

Pereira_Pimenta_Malagueta

– Pereira Café: Arroz a frutos do mar (camarão, lula, polvo), apimentado. Tempero: Pimenta-malagueta.

Paris6_Paprica.jpg

– Paris 6: delicioso filé de pescada à húngara em creme de páprica com batatas cozidas.
Tempero: Páprica.

Oliva_Dende

– Oliva Gourmet: tortelli de camarão com bisque de dendê. Tempero: fruto do dendê.

Informações: Shopping da Bahia – Av. Tancredo Neves, 148, Caminho das Árvores – Salvador – Bahia

Senhor Boteco vence primeira edição do concurso Melhor Caipiroska do Brasil

Senhor Boteco, bar de Jaboticabal, interior de São Paulo, foi o vencedor da primeira edição da Melhor Caipiroska do Brasil, promovida pela Smirnoff.

A competição, que reuniu mais de quatro mil bares desde novembro de 2017, teve como campeã a caipiroska Tropicália, feita com abacaxi, manjericão, gengibre, açúcar orgânico e picolé de tangerina.

Smirnoff
Bruno Buzinaro Marchiori, do Senhor Boteco, mostra o drinque e o prêmio

Confira abaixo a receita do Senhor Boteco – Jaboticabal

Tropicália

Ingredientes

Vodka Smirnoff
50g de abacaxi
3 folhas de manjericão
30g de açúcar orgânico
1 fatia de gengibre
1 picolé de tangerina

Modo de preparo

Misture o abacaxi, o manjericão o açúcar e o gengibre num copo com gelo. Adicione o picolé e complete com vodka Smirnoff.

Smirnoff