Arquivo da categoria: Gastronomia

6º Organic Food Fest oferece alta gastronomia orgânica

Festival reúne casas em São Paulo e Rio de Janeiro com receitas sustentáveis e livres de agrotóxicos a preços acessíveis. Apresentadoras de TV e chefs renomadas como Bela Gil e Tati Lund são destaques desta edição

Saúde, sabor, frescor. Essa é a proposta da 6ª edição do Organic Food Fest, que começou no dia 19 de janeiro e vai até dia 4 de fevereiro de 2018 e que conta com 23 restaurantes badalados do eixo Rio-SP, reunindo mais de 100 receitas inéditas e sustentáveis.

O festival é o único gastronômico à base de orgânicos do Brasil com a proposta de incentivar uma alimentação saudável e um consumo sustentável. Para criar uma verdadeira opção sensorial e gustativa, os chefs precisarão criar um menu-degustação exclusivo em 3 tempos com, pelo menos, metade dos ingredientes de origem orgânica, proveniência agroecológica ou de pequenos produtores. Os menus terão o preço fixo de R$ 55,00 no almoço ou R$ 88,00 no jantar (por pessoa), dependendo da escolha da casa. Bebidas e 10% de serviço à parte.

As chefs e apresentadoras do canal GNT, Bela Gil, dos hotéis Best Western, e Tati Lund, do.Org Bistrô, grandes defensoras da culinária natural e da cozinha de qualidade na mesa de todos, são destaques nesta edição e participam com menus exclusivos no Rio de Janeiro. Em São Paulo, as casas Antonietta Cucina, Banana Verde, Bar da Dona Onça, Clos, Comedoro, Condessa Bistrô, Félix Bistrot, Jacarandá, La Piadina, Le Bou Bistrô, Mercearia do Conde, Nambu, Obá Restaurante, Solo, Taka Daru Izakaya e Tavares Restaurante são alguns dos participantes desta edição, que vão adaptar ou ampliar seus menus de base orgânica para atender às regras do festival.

No Rio de Janeiro, participam: Bottega Del Vino, Duo Trattoria, Mensateria, .Org Bistrô, os restaurantes Da Bela e o Zazá Bistrô. Para ser orgânico, o produto não pode ter recebido adubo químico, agrotóxico, hormônio, antibiótico, insumo geneticamente modificado, radiação ou qualquer aditivo sintético. Na maioria dos casos, em edições anteriores, os chefs bateram as metas mínimas e conseguiram apresentar pratos de 80 a 100% orgânicos.

A 6ª edição do Organic Food Fest tem o patrocínio da Korin, empresa brasileira de produtos orgânicos e sustentáveis, especialmente carnes, Direto da Serra, Feira Biodinâmica e Terra Frutas. O apoio é de Associação de Agricultura Orgânica (AAO), Idec, FinoCoco, Poder da Terra e Zucca e o apoio de mídia de Band FM, Elemidia, Itaú Cinemas e Kallas.

Criado pelo empresário alemão Matthias Börner, grande entusiasta do mercado de orgânicos, o festival visa disseminar o uso de alimentos orgânicos na alta gastronomia e fomentar o setor no Brasil. Alimentos orgânicos fazem bem à saúde por serem mais completos nutricionalmente, mais saborosos e ricos em minerais como ferro, selênio e potássio do que os convencionais.

Pessoas com alergias e intolerâncias alimentares também têm se beneficiado de dietas de origem orgânica. Eles são benéficos à saúde também de quem os produz e manipula, por não haver risco de intoxicação. “A produção dos orgânicos respeita princípios, como proteção da biodiversidade, condições dignas de trabalho e o manejo correto da água e do solo. Substituir a alimentação convencional pela orgânica é iniciar uma revolução sustentável.

Na Europa, até cidades com apenas 50 mil habitantes possuem supermercados inteiramente orgânicos”, explica Börner, idealizador do evento. Convencido de que o mundo todo pode se alimentar de forma saudável, Matthias gostaria de ver o Brasil entre os países líderes de consumo de orgânicos – já que hoje possui um rótulo vergonhoso: campeão mundial no uso de agrotóxicos. Iniciativa para promover uma alimentação saudável e um consumo sustentável. Sabor sem veneno.

Informações: Organic Food Fest

Anúncios

High Line Bar reformula cardápio e lança novidades para o verão

High Line Bar lança novidades no cardápio, especialmente para a chegada do verão. Com a curadoria da chef Cintia Fernandes, os pratos levam opções de peixes e frutos do mar, ideais para a estação mais quente do ano.

“Nosso cardápio ganhou versões mais refrescantes, mas com toque sofisticado, que damos até nos pratos mais simples do menu. Pensamos em ingredientes selecionados que dão frescor aos pratos, como ponzu trufado, iogurte e azeite de manjericão”, explica a chef, que assina o cardápio da casa desde a abertura em 2016.

São quatro novidades, a começar pelos peixes Truffle Tiradito (R$36.90), fatias finas de peixe branco, ponzu trufado e crocante de arroz; e Salmon Tartare with yogurt (R$ 32.90), tartare de salmão com iogurte, cebola roxa e cebolete. Acompanha mandiopã e saladinha mix de folhas.

Também entram duas opções italianas, a Burrata with Rustic Tapenade (R$ 38,90), burrata com tomatinhos temperados, azeite de manjericão e tapenade rústico de azeitonas pretas. Acompanha torradas de pão campanha; e o Shrimp Risotto with Cajun and Squid Ink Enulsion (R$ 56.90) Risoto de camarão temperado com cajun, abobrinha e tomatinhos grelhados, emulsão de tinta de lula e pó de camarão.

O cardápio ainda conta com outras opções de pratos, além de aperitivos, saladas, bowls, hambúrgueres e sobremesas. Recentemente, o bar incluiu uma nova carta de gim, com cinco opções exclusivas. Drinks autorais e releituras compõem as sugestões.

Novos pratos:

Burrata with Rustic Tapenade (R$38,90) – Burrata com tomatinhos temperados, azeite de manjericão e tapenade rústico de azeitonas pretas. Acompanha torradas de pão campanha.

Truffle Tiradito(R$36.90) – Fatias finas de peixe branco, ponzu trufado e crocante de arroz.

high line22

Salmon Tartare with yogurt (R$ 32.90) – Tartare de salmão com iogurte, cebola roxa e cebolete. Acompanha mandiopã e saladinha mix de folhas.

hige line1

Shrimp Risotto with Cajun and Squid Ink Enulsion (R$ 56.90) – Risoto de camarão temperado com cajun, abobrinha e tomatinhos grelhados, emulsão de tinta de lula e pó de camarão.

High Line Bar: Rua Girassol, 144 – Vila Madalena – São Paulo – Horário de funcionamento: Terça e quarta-feira, das 18h às 2. Quinta-feira, das 18h às 3h
Sexta-feira, das 18h às 5h. Sábado, das 15h às 5h. Domingo, das 16h às 24h.

Terraço Itália apresenta menu fit para o verão e pratos clássicos revisitados

O cinquentão mais charmoso da cidade pega carona na onda de novidades para o verão e aposta em diversos pratos leves e frescos, além de opções vegetarianas, mostrando que é possível seguir todos os rituais e dietas sem perder o prazer da boa mesa.

Opções como salada de camarão e quinoa ao perfume de azeite de ervas, burrata com tomate e presunto de Parma crocante e o tartar de mignon com legumes crocantes e creme de parmesão coroam o menu fit, assinado pelo chef Pasquale Mancini.

burrata
Burrata com tomate e presunto de Parma crocante

tartar de mignon

Tartar de mignon com legumes crocantes

Os clássicos do restaurante também foram revisitados e estão à disposição de quem não abre mão de ir ao Terraço Itália e saborear o melhor da gastronomia italiana. Opções como ossobuco de vitela e risoto de açafrão e ervilhas, escalope de filet mignon ao vinho tinto e massas diversas também enchem os olhos e agradam o paladar de quem busca “comfort food”.

ossobuco
Ossobuco de vitela e risoto de açafrão e ervilhas

Destaque para o pappardelle com ragu de pato ao vinho do porto e para o agnolotti com frutos do mar e bisque de lagosta.

papardelle
Pappardelle com ragu de pato ao vinho do Porto

De sobremesa, impossível resistir ao semifredo de chocolate e manga e a baba ao rum.

semifredo de chocolate e manga
Semifredo de chocolate e manga
baba ao rum
Baba ao rum

O menu está disponível no Almoço Gourmet de segunda a sexta-feira, ao valor de R$ 118,00 por pessoa com couvert, entrada, prato principal e sobremesa, no Buffet aos finais de semana e durante o jantar no menu à la carte.

Terraço Itália – Avenida Ipiranga, n°344 – 41° – Centro

Padaria Pra Lá de Bom lança salgados sem glúten e lactose

Pra Lá de Bom Delícias Sem Glúten, conhecida por seus pães, bolos, doces e produtos personalizados para quem tem alergias e intolerâncias alimentares, lançou uma linha de salgados sem glúten.

Para os intolerantes e alérgicos aos lácteos e a ovos, a chef Paula Rosignoli preparou uma receita saborosa e diferenciada de coxinha de galinha – um dos salgados mais tradicionais do país assada e saudável : com massa de abóbora, linhaça dourada e caldo caseiro de galinha. “Para preparar o caldo, são longas horas de cozimento lento de frangos caipiras com vegetais e ervas frescos e orgânicos. No recheio, peito suculento desfiado, salteado no azeite com um bom refogado caseiro ”, revela a chef.

Além da coxinha, também integram o novo cardápio os pães de queijo, a empada de palmito sem leite nem lactose, a miniquiche de alho-poró e a miniquiche Lorraine (massa com recheio de queijo gruyere e pedacinhos de bacon).

COXINHA.jpg

Os salgados custam R$12,00, e o pão de queijo R$ 5,00.

Pra lá de Bom – Rua D. Luiza Tolle, 678 – Santana

Bebidas em jarras: as “queridinhas” do verão

Verão chegou e as bebidas servidas em jarra parecem estar conquistando seu lugar ao sol. O bar Pátio SP – que lembra um descontraído pátio e está localizado na esquina das ruas Mourato Coelho e Wisard – renovou o cardápio no fim de 2017 e entre as novas bebidas e comidas, foi incluído o Clericot.

Feito com mix de frutas, licor cointreau, Jack Daniel´s Fire e Chandon Réserve Brut, serve quatro pessoas e custa R$ 120,00. “Bonita e colorida como o verão, é uma das nossas apostas de bebidas para os dias mais quentes”, diz Christian Caballero, um dos sócios da casa. “É mais leve, e desce refrescante”, completa.

clericot.png
Foto:  Wellington Nemeth

Bar Pátio SP – Rua Mourato Coelho, 1.272, Vila Madalena, São Paulo 

 

 

Frango Assado lança três sabores de lanche natural para o verão

Nas versões Australiano, Chester, e Queijo Branco com Presunto as novidades já estão disponíveis nos 25 restaurantes da rede

O rede Frango Assado lançou três sabores de lanche natural para o verão, que pede refeições mais leves e bastante hidratação. As novidades custam entre R$17,90 a R$19,90 e estão disponíveis nas versões Australiano – feito com pão australiano, presunto fatiado, queijo branco, maionese siciliana, rúcula e tomate.

sanduiche_natural_australiano

Chester – pão baguete, chester defumado, maionese temperada, alface e tomate, e Queijo Branco com Presunto – pão brioche, presunto fatiado, queijo branco, maionese, alface americana, picles de pepino e tomate.

sanduiche_natural_de_chestersanduiche_natural_de_queijo_branco

Além disso, os consumidores também poderão provar a salada de frutas, que custa R$ 14,90, e é feita especialmente para a ocasião. Os sanduíches ficam disponíveis até fevereiro.

salada_de_frutas

Informações: Frango Assado

 

Quatro lugares em São Paulo para comer doces veganos

O crescimento do veganismo, movimento que defende uma alimentação isenta de produtos de origem animal, pode ser também notado no aumento de estabelecimentos que aderiram e passaram a oferecer pelo menos alguns pratos de seu menu nesta linha. É por isso que, cada vez mais, os veganos têm, inclusive, ótimas opções para saciar sua fome de doces.

Confira, abaixo, quatro lugares na capital paulista para comer maravilhosas guloseimas veganas.

  1. San Paolo: a gelateria nordestina abriu recentemente uma unidade em São Paulo, e possui opções de sabores diet, feitos à base de leite de amêndoas, e frutados, à base de água. O cliente ainda pode escolher entre tomar o gelato da maneira comum ou na pedra, especialidade da casa.
    Onde fica: Avenida Rebouças, 3970, Shopping Eldorado, 3º Piso – Pinheiros.

san paolo.png

  1. Big Bang Candy Lab: a doceria, que se autointitula “laboratório de chocolate”, produz doces artesanais com várias opções de recheio, inclusive veganas. O docinho que chama mais a atenção é o candy de caramelo.
    Onde fica: Rua Arthur de Azevedo, 495 – Pinheiros.

big bang.png

  1. Parise Gourmet: a cafeteria trabalha apenas com opções orgânicas, sem leite, artesanais e totalmente vegetarianas. Destaque para as tortas doces geladas e para o “pão de mel” vegano, que contém leite de coco no lugar do mel.
    Onde fica: Rua Indiana, 929 – Brooklin.

parise.png

  1. Holy Nuts Café: o café tem produtos à base de castanhas e nozes, com várias opções veganas, como cupcakes, sorvetes, cappuccinos, e iogurtes. Garantia de alimentação saudável.
    Onde fica: Rua Inácio Pereira da Rocha, 246 – Vila Madalena.holy nuts.png

Walfenda Medieval lança cardápio inspirado em Deus Salve o Rei

O mundo mágico de cavaleiros, reis e rainhas aportou no Walfenda Medieval na última sexta-feira (12). Durante seis meses, a casa paulistana servirá um cardápio inspirado na novela das sete da Globo, Deus Salve o Rei – é o único restaurante no segmento licenciado pela emissora.

Criados pela chef Angelita Gonzaga, os novos pratos da casa têm ligação com os dois reinos da ficção global, Montemor e Artena, e ganharam os nomes de seus personagens. Na trama, Montemor é um lugar rico em minérios, mas que sofre pela persistente falta de água. Ao contrário de Artena, abundante neste recurso natural. “Baseada nesta ideia inicial, trabalhei em duas frentes: ensopados, guisados e ingredientes bastantes frescos nos pratos ligados ao reino de Artena e frutas secas, carnes maturadas para Montemor”, explica a chef.

Além disso, o cardápio segue a linha medieval da casa, baseada na pesquisa que a chef fez sobre a cozinha ibérica do fim da Idade Média (séculos 14 e 15), com o fogo sendo sua principal inspiração. Entre os destaques do menu Deus Salve do Rei, estão Constantino (codornas cozidas na sidra com uvas frescas, R$ 24,00); Amália (pescada branca inteira defumada na lenha de maçã e acompanhada de purê de abóbora, R$ 44,50); Rei Augusto (duas coxas de frango com batata-doce caramelizada, R$ 42,00); Príncipe Afonso (short rack de cordeiro em salsa de hortelã e salada de favas, R$ 58,50); Princesa Lucrécia (steak de javali com compota de maçã e especiarias, R$ 62,00), Rainha Crisélia (contra-filé de Angus, com 480g e defumado, R$ 62,00) e Princesa Catarina (estufado de porco com damascos, espinafre e lentilhas, R$ 49,50), além de duas sobremesas: Cássio (cesta de massa folhada com frutas secas, R$ 23,50) e Demétrio (frutas grelhadas com mel de castanha e hortelã, R$ 23,50).

Rainha Crisélia Contra-file de Angus com 480 g defumado (Foto Ivam Grambek)
Rainha Crisélia Contra-file de Angus com 480 g defumado – Foto: Ivam Grambek
short rack de cordeiro com salsa de hortelã e favas Principe Afonso (Foto Ivam Grambek)
Short rack de cordeiro com salsa de hortelã e favas Principe Afonso – Foto: Ivam Grambek
frutas grelhadas com mel de castanha Demétrio (Foto Ivam Grambek)
Frutas grelhadas com mel de castanha Demétrio – Foto: Ivam Grambek
cestinha de massa folhada com frutas secas Cassio (Foto Ivam Grambek)
Cestinha de massa folhada com frutas secas Cassio – Foto: Ivam Grambek

Para entrar no clima medieval, os clientes também poderão dividir o Escudo de Cália, um bife gigante de 2,2 kg, que reúne cinco cortes de carne bovina e serve até seis pessoas (R$ 198,00). Na trama, Cália é o nome da região que reúne os dois reinos. O cardápio especial estará disponível até março, quando será renovado para o outono/inverno por mais três meses.

Harmonizações

Os pratos do cardápio especial Deus Salve O Rei serão harmonizados com cervejas artesanais seculares, selecionadas pela sommelière Paty Albehy. São três rótulos alemães: Aecht Schlenkerla Rauchbier Märzen, uma das cervejas defumadas mais premiadas do mundo; Schneider Weizendoppelbock TAP 6, a mais antiga Weizendoppelbock conhecida; e Weizen Doppelbock Tap 7. Além das cervejas, a chef sugere vinhos (servidos em taças de pedra sabão).

A casa

O fogo é um dos protagonistas no Walfenda Medieval. Logo na entrada há uma área de preparo de carnes, assadas em lenha de árvores frutíferas. O ambiente remete à uma antiga farmácia medieval, com uma grande estante onde são guardados os ingredientes utilizados na produção dos drinques da casa.

Salão Walfenda Medieval (Foto Ricardo Bergamini)
Salão Walfenda Medieval – Foto Ricardo Bergamini)
Ambiente Walfenda Medieval (Foto Ricardo Bergamini)
Ambiente Walfenda Medieval – Foto Ricardo Bergamini)
walfenda 4 Ivam Grambek
Ambiente do Walfenda Medieval – Foto: Ivam Grambek

Walfenda Medieval: Rua Tito, 25, Vila Romana. Horário de funcionamento: 3ª/6ª, das 19h às 24h; sábados, das 12h às 24h; domingos das 12h às 17h

Com drinques autorais, barman peruano traz inovação para o Sul Bar

Nascido em Lima, no Peru, David Montalvo Rioja é um apaixonado pela coquetelaria, profissão que exerceu em diversos países da América do Sul. Recém-chegado ao Brasil, encontrou no Sul Bar o espaço ideal para desenvolver e apresentar ao público drinks inovadores e deliciosos.

A história do barman David Montalvo Rioja não é das mais comuns. Começou no mundo da gastronomia muito cedo, aos 16 anos, incentivado pelos pais chefes de cozinha.

Apesar do incentivo familiar, decidiu seguir os instintos e optou pela coquetelaria. Fez especialização em Bar na Escola de Gastronomia Le Cordon Bleu, de Lima, além de diversos cursos na área, entre eles Coquetelaria Conceitual, com reconhecidos mixólogos de todo o continente.

Em Lima, trabalhou como barman no restaurante Astrid y Gaston, reconhecido mundialmente e eleito por muitos anos um dos melhores do mundo. Morou e trabalhou em bares em quase todos os países da América Latina, como Peru, Colômbia, Argentina e Chile, onde se estabeleceu na Patagônia.

david sul bar.jpg

Disputou e venceu torneios importantes em diversos países, como o Torneio Smirnoff em Lima (2011), o Torneio Tequila Tradicional, no México (2012), o Torneio La Noche del Pisco, em Santiago (2016).

Em busca de novos desafios, o barman optou pelo Brasil. “Meu sonho sempre foi morar no Brasil. Pretendo viajar, conhecer e explorar a coquetelaria do país, aprender e criar novos drinques” afirma.

Detalhista e inovador, David procura oferecer uma experiência única em cada drinque. “Quero apresentar uma experiência completa. O sabor, coloração, decoração. Até mesmo o gelo, que faço questão de preparar e gosto que esteja totalmente transparente. Quero que o cliente se identifique, fique satisfeito, se emocione”, complementou.

Drinques autorais

destino drinque 2

No Sul Bar, o barman assina cinco deliciosos drinques. Destino, coquetel inspirado na Patagônia chilena, que tem como ingredientes o pisco chileno, xarope de frutas vermelhas, suco de limão, espuma de hortelã e gotas de Peychaud’s e custa R$ 25,00.

drinque pasion
Drinque Pasion

Outras duas novidades apresentadas por David são o Pasion, elaborado com pisco, amora, framboesa, xarope artesanal de morango e clara de ovo, e o Sol Naciente, feito com saquê, burbom, suco de maça, tangerina, aromas de Capim Santo e xarope de lichia, ambos ao preço de R$ 25,00.

O barman traz ainda para a carta do Sul Bar o Spring is Comming, com frutas tropicais, Gin Tanquetary e água com gás, por R$ 25,00 e o drink A Arte do Conde, um Negroni autoral feito com vermute artesanal por R$ 30,00.

Sul Bar – Rua Mourato Coelho, 861 – Vila Madalena – São Paulo

Bar Pátio SP oferece entradas e petiscos, com e sem carne, e drinques refrescantes

Aberto em 2017, o Pátio SP – bar localizado na esquina das ruas Mourato Coelho com Wisard, na Vila Madalena – é um estímulo “jogar conversa fora”, ao bem-estar e à apreciação de boa música. Tudo isso em um ambiente bem descontraído que lembra um pátio – daí a origem do nome – com direito a um jardim vertical e grafite na parede. Para completar, um cardápio com comida de boteco, mas de qualidade.

“Pra começar”, entre as novas entradas, Carpaccio e duas opções de tapioca: de Frango e Catupiry (R$19,90) e de Mignon e Mussarela (R$ 23,90). “Pra petiscar”, opções que não podem faltar na mesa de um bom bar. As que levam carne, são o Espeto Misto com Farofa e Vinagrete, com 4 unidades (R$ 33,90); frango, o Espeto de Frango com Farofa e Vinagrete, com 4 unidades (R$ 30,90); peixes e frutos do mar, Lula Crocante, que ganhou uma nova versão (R$ 35,90) e Tirinhas crocantes de Saint Peter (R$ 36,90); e Prato de Frios – queijos e mortadela – (R$ 44,90).

Arancini Recheado com Mussarela

As alternativas sem carne são: Arancini Recheado com Mussarela, bolinho de arroz crocante com queijo derretido dentro (R$ 27,90); Provolone à Milanesa (R$ 28,90) e Panete de 4 queijos, Tomate e Ervas (R$ 39,90). O Chips de Mandioca agora tem companhia, o de Batata, e são servidos juntos, com molho especial (R$ 18,90).

A seção chamada “Pra se esbaldar”, ganhou reforços de grelhados e pratos, como o Churrasco Pátio SP – picanha com coalho e linguiça toscana – acompanha farofa, vinagrete e pão (R$ 65); Churrasco Saucier – Linguiça recheada com queijo – acompanha farofa, vinagrete e pão – (R$ 42,90), Chatô do Chef – Medalhão de mignon na manteiga com arroz, batata rústica e ovo frito (R$ 35,90), Peito Grelhado – Filé de frango com panaché de legumes e ervas (R$ 30,90), Filé de Picanha – Churrasco de picanha com mandioca frita e arroz (R$ 35,00) e Filé de Salmão ao Toque de Ervas – acompanha purê de mandioquinha e broto de alfafa (R$ 37,90).

Churrasco Saucier
Churrasco Pátio SP

De sobremesa, “Pra lamber os beiços”, a novidade é o Petit Gateau (R$ 17,90), que se junta às outras três sobremesas: Pavê de Chocolate da Vó Aurora, Minichurros com Doce de Leite e Queijadinha Baiana.

O cardápio de bebidas também tem novidades. Com a consultoria do bartender João Vieira, que atua desde 1999 no mercado, os novos drinques discorrem pelos clássicos, autorais e especialidades do Pátio SP. Foram priorizadas combinações com ingredientes mais leves e refrescantes como maçã verde, limão siciliano, maracujá e hortelã.

Inspirados em ruas importantes da região e da cidade, os novos drinques ganham nomes como Augusta – Gim Citadelle, licor Cointreau, Monin maçã verde, folhas de basílico, suco de limão siciliano (R$ 26,00) e Girassol – Rum Bacardi Superior, licor Amaretto Disaronno, maracujá e noz –moscada (R$ 26,00), que estão nas “especialidades”. Já nos tônicos, Teodoro Sampaio – Gim Bulldog com água tônica aromatizada com bitter de laranja, maçã verde, morango e folhas de hortelã (R$ 27,00) e Cardeal Arcoverde – Gim Bombay Sapphire com água tônica aromatizada com angostura, twist de limão siciliano, limão taiti e canela em pau (R$ 27,00) foram incluídos. Nos “tradiças”, a Piña Colada é batizada de Piña Descolada e tem uma releitura exclusiva do Pátio SP: Rum Bacardi Superior, abacaxi e purê de coco (R$ 25,00).

teodoro sampaio
Teodoro Sampaio

Uma bebida que também deve fazer sucesso nos dias mais quentes – ideal para os grupos de amigos – é o Clericot -mix de frutas, licor Cointreau, Jack Daniel’s Fire e Chandon Réserve Brut, que serve 4 pessoas (R$ 120,00). Entram no cardápio, também, a cerveja Norteña de 980 ml (R$ 26,00) e o espumante Chandon Magnum de 1,5 litro (R$ 400,00).

Todas estas delícias podem ser provadas de terça a domingo. E, de quarta a domingo tem programação musical que inclui samba, MPB e sertanejo. Não é cabrada entrada, apenas couvert artístico, que varia de acordo com o dia.

O bar também oferece happy hour, de terça à sexta, das 17h às 21h30, que tem rodízio de petiscos por apenas R$ 29,90 por pessoa (batata rústica, polenta frita, pastel misto, sanduba de carne-louca e coxinha de frango). E o sábado é dia de feijoada, a R$ 49,90 por pessoa.

Fotos: Wellington Nemeth

Pátio SP – Rua Mourato Coelho, 1.272, Vila Madalena, São Paulo