Arquivo da categoria: literatura

Cinco livros para compreender Chanel

Chanel é um nome mundialmente conhecido tanto pela grife quanto pela grandiosa Gabrielle Chanel. Fundadora de uma marca atemporal e única estilista presente na lista das cem pessoas mais importantes da história do século XX da revista Time, Gabrielle já foi alvo de diversas homenagens, entre elas, muitas obras literárias.

Veja abaixo, cinco livros essenciais para entender por completo quem foi Coco Chanel:

O Evangelho de Coco Chanel | Editora Seoman

chanel 1

Chanel não foi somente a mulher que criou e imortalizou o “pretinho básico”, também popularizou as calças femininas e roupas fáceis e práticas que deixavam as mulheres chiques e confortáveis. Com sua personalidade forte e decidida, elegante e passional, de um jeito totalmente francês, Coco conduziu as mulheres diretamente para uma nova era. O Evangelho de Coco Chanel é um cativante olhar sobre o estilo, a fama e o talento de um dos maiores ícones da moda. Dividindo a biografia de Chanel em capítulos temáticos – como elegância, paixão, dinheiro, sucesso – que sutilmente ensinam lições de vida, com comentários divertidos e maravilhosas ilustrações, Karen Karbo irá inspirar os leitores com uma história impressionante de reinvenção, confiança e determinação.

Chanel: The Vocabulary of Style | Editora Yale University Press

vocabulario

O livro Chanel: The Vocabulary of Style pode ser visto como uma espécie de bíblia do estilo que consagrou Coco Chanel. Escrito por Jérôme Gautier, a obra não deve ser vista como um livro para ser lido do início ao fim de uma única vez. A ideia é curtir as páginas e ter realmente momentos de prazer com uma das histórias mais incríveis de todos os tempos no universo da moda.

Mademoiselle Chanel | Editora Tordesilhas

mademoiselle

Baseado em fatos reais, este romance narra um período fascinante e ainda misterioso da vida de Coco Chanel. E para o leitor entrar ainda mais no clima da história, a capa do livro traz uma deliciosa fragrância. Na efervescente Paris de 1919, no ápice de sua carreira, Gabrielle sofre um revés: seu amante morre num acidente. Muitos temem que ela não consiga mais produzir, mas Chanel se renova com um projeto que lhe devolve a vontade de viver: a criação de um perfume que sintetize uma fragrância misteriosa e moderna, a combinação de muitos elementos, o cheiro do amor. Em sua busca pelo aroma perfeito, ela se inspira no perfume de Catarina, a Grande, e conhece Dimitri Romanov, príncipe russo exilado na França. Ao mesmo tempo em que se abre novamente para a vida, Gabrielle cria o Chanel N° 5, que se tornará o perfume mais famoso do mundo.

A Era Chanel | Editora Cosac & Naify

chanel

Um dos maiores ícones da moda no século XX, Chanel (1883-1971) sempre se distinguiu por uma postura modernista e radicalmente inovadora. Em tempos de mulheres submissas, ela era a própria personificação da modernidade, relacionando-se intimamente com a vanguarda intelectual e artística de sua época. O sucesso de Chanel foi imenso: seu reinado sobre o mundo da alta-costura durou cerca de meio século. Entender o poder da imagem foi seu maior mérito. Com um estilo incomparável, era apaixonada pelo discreto charme do guarda-roupa masculino e inovou ao usar tecidos utilitários para fazer roupas chiques, jovens e casuais. Como mulher de negócios, provou ser igual ou superior aos homens. Porém, se a moda esteve no centro de toda sua vida, no amor era uma mulher vulnerável. Mais que um belo relato sobre uma vida e uma obra extraordinárias, este é um livro fascinante, que registra em cerca de quatrocentas fotografias, retratos e desenhos, a trajetória da maior personagem da moda de todos os tempos.

Chanel: Collections and Creations

collection

Combinando de forma harmônica tradição, originalidade e estilo, a Chanel se consolidou com o passar dos anos em uma das marcas mais sedutoras da moda mundial. No livro Chanel – Collections and Creations a casa de moda abre alguns de seus arquivos exclusivos revelando projetos brilhantes desenhados por Coco Chanel a partir da década de 1920.

Anúncios

Médico Leandro Teles desvenda a ansiedade em livro

Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), 9,3% dos brasileiros têm algum transtorno de ansiedade, o que o coloca como o país com maior taxa de transtornos de ansiedade do mundo.

“Quando falamos em ansiedade, estamos pensando em um conjunto de emoções e reações corporais que antecedem o novo, o desafio ou uma experiência de alguma forma arriscada ou estressante. Trata-se de um pacote cerebral que precisa de estímulos específicos para aparecer e gera uma resposta física imediata, preparando o corpo para o enfrentamento ou para a esquiva de uma situação fora do comum.”

Até onde a ansiedade é positiva e quando ela passa a ser um transtorno para o indivíduo? Essa é uma das perguntas que assombram pacientes e que o neurologista Leandro Teles responde no seu mais novo livro: O Cérebro Ansioso, da Editora Alaúde. O médico investiga a fundo a doença que assombra 9,3% dos brasileiros e coloca o país no topo do ranking de ansiosos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na obra, o autor vai além do frio na barriga e com linguagem simples explica ao leitor que a ansiedade não possui apenas facetas ruins – na verdade, seu desenvolvimento foi uma necessidade e um trunfo para nossa sobrevivência – e aprender como esse sistema que age para nos proteger pode passar a nos prejudicar e a traçar o limite entre uma ansiedade considerada normal – e até a saudável – e um quadro de doença.

O livro também apresenta os principais transtornos de ansiedade e os sintomas mais comuns que se manifestam em alguém com um quadro ansioso, que pode variar de leve a moderado. A obra também traz relatos baseados em casos reais e resume os fatores que podem contribuir para o desenvolvimento dos quadros patológicos de ansiedade, além de fazer um apanhado das maneiras de tratá-la, abordando desde os tratamentos médicos disponíveis até as pequenas mudanças que todo mundo pode incorporar ao estilo de vida para manter os sensores cerebrais que ativam a ansiedade controlados e calibrados.

Sobre o autor

Leandro Teles é neurologista graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com especialização no Hospital das Clínicas (HC-FMUSP). É membro da Academia Brasileira de Neurologia (ABN) e também atua como consultor em programas de TV, rádio, revistas, jornais e portais na internet com o intuito de melhorar a qualidade de vida das pessoas por meio da disseminação do conhecimento médico.

o cerebro ansioso.jpg

Título: O cérebro ansioso
Subtítulo: Aprenda a reconhecer, prevenir e tratar o maior transtorno moderno
Autor:  Leandro Teles
Editora: Alaúde
Formato: 14 x 21 cm
Nº de Páginas: 184
Acabamento: brochura, orelhas, miolo P&B
Preço: R$ 32,00

Mara Cakes apresenta seu terceiro livro: “Simplesmente Mara”

A mestre e referência em confeitaria nacional lança o seu terceiro livro com dicas, resgate de sabores da infância e técnicas inovadoras para apaixonadas por gastronomia, dia 22 de julho, na Livraria da Vila, em São Paulo

A confeiteira artística e empresária Mara Cakes apresenta “Simplesmente Mara”, neste domingo, 22 de julho, a partir das 16 horas, na Livraria da Vila, na Alameda Lorena, em São Paulo. Esta é a terceira publicação independente da especialista que traz receitas familiares, sobremesas, criatividade, muita inspiração e ainda doces possíveis para quem tem restrições alimentares.

A obra reúne informações para o melhor preparo indo de massas, recheios, molhos, coberturas, sobremesas até a um resgate pessoal com sabor da infância. A autora disponibiliza uma diversidade de receitas maravilhosas, com originalidade, facilidade e praticidade. Um conteúdo seleto com as melhores opções deliciosas, atraentes e acessíveis para todos que gostam de doces.

“Simplesmente Mara” tem impressão especial, papel com textura para maior resistência na cozinha, receitas ilustradas, mantém linguagem direta e a fórmula editorial atraente tão bem experimentada pelos leitores de “Mara Cakes” e “Mara Cakes – Muito Além do Bolo”. Somadas, as duas publicações anteriores em menos de 12 meses venderam mais de 30 mil exemplares.

“Este livro tem muito amor e dedicação em cada página. Testei e preparei as receitas, montei os cenários das fotos, cada etapa tem realmente a minha mão. Investi bastante na qualidade e apresentação impecável. Tenho muito cuidado, no material de impressão e na encadernação, busquei a melhor solução porque sei como é importante a durabilidade para quem vai manusear na cozinha”, revela Mara Cakes.

mara cakes.jpg

A autora

Paulista de Lourdes, Mara Cakes é autora dos livros “Mara Cakes” e “Mara Cakes – Muito Além do Bolo”. Um fenômeno gastronômico, em três anos conquistou o Brasil mostrando a decoração de bolos e ensinando técnicas inovadoras. Empreendedora de sucesso tem linha própria de produtos profissionais (tabuleiro, espátulas, bicos, bailarinas, facas etc.) e insumos. Mestra no ensino da confeitaria artística, ministra aulas pelas mais diversas cidades brasileiras e no exterior.

“Simplesmente Mara”
Páginas: 300
Preço: R$ 169,00
Onde encontrar: Mara Cakes

mara cakes capa livro.jpg

Lançamento nacional
Dia: 22 de julho – 16 horas
Local: Livraria da Vila
Endereço: Alameda Lorena, 1731 – Jardins – São Paulo

Supershopping Osasco lança projeto “Um Livro Pelo Outro”

Acervo com mais de 150 obras para todos os gostos e idades é disponibilizado para trocas no shopping center

Que tal trocar um livro usado por uma nova história? No mês de julho, o SuperShopping Osasco promove a ação Um Livro Pelo Outro incentivando o hábito da leitura entre crianças, jovens e adultos. No projeto, realizado em parceria com o Senac Osasco, as pessoas podem trocar uma obra em bom estado ou um quilo de alimento não-perecível por um novo título da Editora Senac.

“A leitura é uma importante ferramenta de aprendizado, além de ser uma ótima opção de entretenimento. Pensando nisso, criamos a campanha como forma de incentivar o hábito de ler, com opções de títulos para toda a família”, convida Carolina Bonafé, gerente de Marketing do SuperShopping Osasco.

Serão disponibilizados mais de 150 livros, entre títulos de Gastronomia, Sociologia, Negócios e Empreendedorismo. Os amantes de ficção também encontram sucessos, como Curtindo a Vida Adoidado e Amor Verdadeiro, enquanto as crianças podem escolher entre histórias em quadrinhos e clássicos ilustrados.

livro aberto pixabay
Pixabay

Um Livro Pelo Outro no SuperShopping Osasco
Data: de 14 a 22 de julho
Horário: de segunda a sexta-feira, das 12h às 20h, sábado, das 10h às 22h, domingo, das 14h às 20h
Local: Senac Service Store – 1º Piso, próximo à loja Fast Shop
Endereço: Av. dos Autonomistas, 1.828 – Osasco – esquina com a Av. Maria Campos
Regra: a cada doação de um livro ou de um quilo de alimento não-perecível, é permitido levar um livro novo

 

Jackson Galaxy, do programa “Meu gato endiabrado”, lança guia para lidar com felinos

Olá, escrevo antes da matéria para avisar que criei um novo blog para tratar apenas dos temas pets, animais de estimação, natureza, meio ambiente, comportamento: Se meu pet falasse. Estou postando esses assuntos por lá também. Portanto, se gosta desses temas, comece a seguir o novo espaço clicando aqui. Os demais assuntos continuam aqui. Obrigada.

 

“O encantador de gatos” chega às livrarias pela Editora BestSeller. Livro foi escrito em parceria com a ph.D Mikel Maria Delgado, consultora de comportamento no Feline Minds e pesquisadora da Universidade da Califórnia

Enquanto os cães carregam o título de melhores amigos do homem, sobram adjetivos não tão amistosos para os gatos. Traiçoeiros, ariscos e insensíveis são alguns deles. Mas quem tem felinos em casa sabe que não é bem assim. Eles podem, sim, ser muito carinhosos e companheiros. Para Jackson Galaxy, que comanda o programa “Meu gato endiabrado”, do Animal Planet, a felicidade e a saúde dos felinos estão relacionadas ao conceito de “gatitude”. É o que ele explica no livro “O encantador de gatos”, lançamento da Editora BestSeller.

Para o especialista, problemas como a rejeição à caixa de areia e a agressividade excessiva surgem quando os gatos não estão se sentindo confortáveis em seu espaço. Galaxy afirma que eles precisam estar em contato com seus instintos naturais, como caçar, comer, limpar e dormir em um ambiente que dominem.

jackson galaxy e gatos
Foto: Brian Ach/Invision/AP

“O Encantar de Gatos” apresenta também uma série de informações sobre como humanos e felinos se relacionaram no decorrer da história, mostra quais são os “códigos dos gatos” e aborda os problemas clássicos com os quais os pais de gatos precisam lidar e como resolvê-los.

Jackson Galaxy é especialista em comportamento felino. Há quase 25 anos trabalha para melhorar a vida dos gatos em lares e abrigos, além de ser apresentador e produtor executivo do programa Meu gato endiabrado, sucesso do canal Animal Planet. É coautor dos best-sellers do New York Times Catification: Designing a Happy and Stylish Home for Your Cat (and You!) e Catify to Satisfy, e autor da autobiografia Cat Daddy: What the World’s Most Incorrigible Cat Taught Me About Life, Love, and Coming Clean.

Mikel Delgado, ph.D., tem ajudado humanos a entender os gatos há mais de 15 anos. É consultora de comportamento no Feline Minds e pesquisadora da University of California, Davis School of Veterinary Medicine. Mikel é ph.D. em psicologia pela University of California, em Berkeley, onde estudou comportamento animal e as relações entre animais e seres humanos.

jackson galaxy livro

O Encantador de Gatos
Autores: Jackson Galaxy e Mikel Maria Delgado
Tradução: Giu Alonso
Páginas: 392
Preço: R$ 59,90
Editora BestSeller(Grupo Editorial Record)

Quase Vegetariano: para quem quer adotar alimentação com menos carne

Uma pesquisa realizada pelo Ibope em parceria com a Sociedade Vegetariana Brasileira apontou que 14% da população – quase 30 milhões de pessoas – se declaram vegetarianas. Esse índice surpreendente aponta que cada vez mais pessoas buscam uma alimentação mais sustentável. O livro Quase Vegetariano chega justamente para quem quer diminuir o consumo de carne e aumentar o consumo de verduras, legumes, grãos e cereais.

Com mais de 100 receitas, a obra ricamente ilustrada é indicada para todo mundo que quer comer bem, desde o vegetariano de carteirinha até os chamados “flexitarianos”, pessoas que são vegetarianas na maior parte do tempo, mas comem um pouquinho de carne de vez em quando.

O livro ainda traz receitas caseiras para caldos, leite de avelã, iogurte de castanhas e maionese de amêndoas – todas com dicas para variar o sabor – e também ensina como utilizar talos e folhas, combinar temperos e especiarias, aproveitar as sobras, incrementar saladas e diversificar o preparo dos legumes.

As receitas estão divididas em capítulos como:

· Quase vegetariano: receitas que dão mais destaques a vegetais e levam pouca carne branca – a maioria aves –, com algumas sugestões de substituição para obter opções vegetarianas ou veganas

· Para os pescetarianos: receitas com peixes e frutos do mar, com algumas opções de substituição

· Segunda sem carne: receitas que usualmente levam carne, mas no livro foram preparadas só com vegetais

· Vegetariano todo dia: receitas que levam ovo, leite e/ou queijos

· Vegano todo dia: só receitas vegetarianas estritas, inclusive com 5 opções de doces

Quase Vegetariano traz pratos que privilegiam ingredientes frescos e naturais, combinando-os em preparações modernas e criativas – nelas, os vegetais são o centro das atrações e carnes brancas (como aves, peixes e frutos do mar) são coadjuvantes.

Capa-QuaseVegetariano-Alta.jpg

Título: Quase Vegetariano
Subtítulo: Receitas criativas para quem quer comer menos carne e mais vegetais
Editora: Alaúde
Formato: 21,5 x 26,7 cm
Nº de Páginas: 240
Acabamento: brochura com orelhas, miolo colorido
Preço: R$ 69,90

 

Whiskas lança o primeiro livro do mundo para ler com os gatos

Inspirado em fatos reais, “O Gato Mais Curioso do Mundo”traz uma surpresa em cada página para estimular a curiosidade dos felinos

O Gato Mais Curioso do Mundo

Livros sempre despertaram a curiosidade das pessoas. Todos querem saber o que vai acontecer na próxima página ou no capítulo seguinte. Este foi o ponto de partida do projeto que Whiskas está lançando, com criação da AlmapBBDO. Dando continuidade ao posicionamento “Alimente a Curiosidade”, a marca desenvolveu um livro baseado na história real de um gatinho que fugiu da sua caixa de viagem durante um voo para Londres. Escondido no avião, ele só foi encontrado 52 dias e 960.000 km depois, o suficiente para dar 24 voltas ao redor do mundo.

O Gato Mais Curioso do Mundo_3

Este fato inspirou a criação do primeiro livro do mundo para ler com os felinos “O Gato Mais Curioso do Mundo”, que conta a história da gatinha mais curiosa do mundo, Issy (uma brincadeira com a pergunta que ela sempre se fazia: “E se…?”). A cada página, Issy visita um lugar diferente ao redor do planeta. A medida que as páginas são folheadas surgem as impressões da personagem sobre um país ou cidade que são representadas por pequenos brinquedos dentro do livro – em diferentes formas, cores e texturas – que despertam a curiosidade natural dos felinos.

Do fio do macarrão italiano à pena do pássaro brasileiro. Do tubo nas ondas australianas às luzes dos cassinos de Las Vegas. Da areia do deserto mexicano à pescaria com os esquimós. São 16 destinos lindamente ilustrados para celebrar e estimular a curiosidade dos felinos.

O Gato Mais Curioso do Mundo_1

“Os gatos são animais curiosos por natureza e queremos, cada vez mais, inspirar os tutores a cultivarem essa característica de seus bichanos em momentos do dia a dia. Por isso, criamos o primeiro livro do mundo para ler com os gatos. Além do livro físico, estamos lançando ‘O Gato Mais Curioso do Mundo’ em formato de audiolivro para estimular os felinos por meio de sons específicos a interagirem com essa história ao lado de seus tutores”, conta Roberto Valdrighi, Gerente de Marketing de Whiskas.

O Gato Mais Curioso do Mundo_4

É possível conhecer gratuitamente a versão em audiolivro por meio de várias plataformas de streaming de música. Para levar a experiência do livro físico para o áudio, trilhas e paisagens sonoras foram desenvolvidas a partir de estudos neurológicos sobre estímulos sonoros específicos para gatos. Juntando notas graves e agudas com sons familiares para os felinos, como ronronar, mamada e outros animais como pássaros e ratos, o resultado é um audiolivro incrível.

O Gato Mais Curioso do Mundo_2

Os gatos, instintivamente, ouvem atentamente cada faixa do álbum, compostas com instrumentos típicos dos destinos retratados, como o Guzheng na China e o Baglama Saz na Turquia. As edições do livro são limitadas e, por enquanto, não estão à venda. Em breve, os gateiros poderão conferir novidades sobre o livro físico na página de Whiskas no Facebook.

o-gato-mais-curioso-do-mundo-feat-punch-audio-2018

Ficou curioso? O audiolivro “O Gato Mais Curioso do Mundo” já está disponível no Spotify, Deezer, Apple Music e Amazon Music.

 

Livro Flor de Sal apresenta releitura vegana e sem glúten de receitas clássicas

Autora faz parte da geração de jovens preocupados com uma alimentação saudável e consciente, e acredita que comer é um ato revolucionário

“Precisamos rever nossas escolhas, nos reconectar com a origem do que consumimos nos responsabilizar pelo impacto da sua trajetória e nos preocupar com o destino final de nossos produtos depois de utilizados. Comer é um ato político, social, histórico, geográfico, religioso, econômico e cultural e, portanto, revolucionário, sim (e muito)”

Foto de Iuri Poletti
Foto: Iuri Poletti

Idealizado por Gabi Mahamud, Flor de Sal é um verdadeiro achado para quem quer reproduzir receitas sem glúten e sem ingredientes de origem animal. A obra reúne mais de 60 sugestões que vão agradar tanto ao paladar tanto de veganos quanto de quem sofre de alguma alergia a glúten ou intolerância a ovos, leite e outros laticínios. Além disso, a autora deu preferência para ingredientes nacionais e acessíveis de forma a tornar as receitas fáceis de reproduzir por todos.

Com sugestões para todas as ocasiões, o segredo da Gabi é combinar sabor e memórias afetivas em pratos saudáveis (e algumas gordices também!). São tortas, massas, salgadinhos, doces, bolos, lanches e bebidas, além de versões vegetais de maionese, requeijão e queijo. Sempre com bom humor e simplicidade, o livro ainda traz dicas contra o desperdício e técnicas para trazer um toque contemporâneo à comidinha caseira.

Para encher o estômago e os olhos, cada capítulo é ilustrado com aquarelas desenvolvidas pela própria autora. Os leitores ainda contam com conteúdo digital que pode ser acessado por meio de QR Codes que indicam variações na receita ou mostram etapas do preparo através de imagens.

Gabi não é apenas uma ótima cozinheira, ela acredita que podemos ser agentes de transformação do mundo por meio da alimentação.

Sobre a autora

Gabi-Mahamud-Flor-de-Sal

Gabi Mahamud é arquiteta de formação, cozinheira por paixão e ativista por convicção. Quando criança, queria ser presidente e mudar o mundo; mais tarde, encontrou no urbanismo um jeito de melhorar a qualidade de vida das pessoas, mas ainda não era suficiente.

Foi na culinária que encontrou a sua vocação. Criou o blog Flor de Sal em 2016, onde compartilha receitas para uma alimentação natural e consciente, sem produtos de origem animal, preparadas com ingredientes locais e orgânicos. Dessa forma, ela ensina seus milhares de seguidores a combater o desperdício de alimentos e a ter mais consciência na hora de consumir.

A partir de então, muitas outras portas se abriram, inclusive as de um food truck cheio de boas intenções, o Good Truck. O projeto – apadrinhado pela renomada chef paranaense Manu Buffara – recolhe frutas, legumes e verduras que seriam descartados por fornecedores e prepara refeições saudáveis para pessoas carentes. Em agosto de 2017, Gabi foi convidada a apresentar o projeto no Unleash Lab, iniciativa da ONU voltada para o desenvolvimento de projetos na área da sustentabilidade, realizado em Copenhague, Dinamarca. Gabi também é membro do Global Shapers e do movimento Slow Food.

Capa_Flor de Sal.png

Título: Flor de Sal – O livro de receitas do blog para uma alimentação mais natural e consciente
Autor: Gabi Mahamud
Editora: Alaúde
Formato: 16 X 22 cm
Nº de Páginas: 144
Acabamento: brochura, miolo colorido
Preço: R$ 35,00

Vegetariano há 25 anos, jornalista analisa a relação cruel entre humanos e animais

O jornalista Matthew Scully é vegetariano há 25 anos e no livro “Domínio”, que chega às livrarias este mês, pela Civilização Brasileira, narra algumas das lições que aprendeu ao longo desse tempo no que diz respeito às relações entre seres humanos e animais. Em mais de 500 páginas, e sob o subtítulo “O poder do ser humano, o sofrimento dos animais e um pedido de misericórdia”, o autor faz um apelo ao leitor ao explicar as razões pelas quais é preciso tratar os animais com mais consideração e sem crueldade.

Os argumentos de Scully são essencialmente morais – e ele defende que se perde um tanto da nossa humanidade ao não tratar os bichos com o devido respeito. Mas ele também recheia seu apelo com informações, dados e pesquisas. Para ilustrar seu discurso, ele descreve, por exemplo, o funcionamento dos “ranchos de safári”, locais onde animais são criados apenas para serem caçados – e onde paga-se muito dinheiro por essa “diversão”. Scully narra também o teor de uma das conferências anuais da Comissão Baleeira Internacional, cujo foco está em desenvolver métodos mais letais de obter “recursos marinhos vivos”.

Os trechos mais impressionantes, no entanto, são os que ele relata o cotidiano das fazendas industriais. Ali, os animais são tratados como meros produtos e podem passar a vida inteira em condições precárias de encarceramento, sem jamais chegar a ver a luz do sol ou ter contato com um ser humano. Tão assustadoras quando as descrições são algumas das declarações de administradores deste tipo de negócio, citadas pelo autor. Eles argumentam, inclusive, que os animais gostam do confinamento e que têm uma vida melhor do que se estivessem ao ar livre.

Scully cita ainda as pesquisas que detectaram emoções e temperamento em animais – como, por exemplo, as da celebrada pesquisadora Temple Grandin, cuja vida foi até transformada em minissérie – ; e as fazendas menores e orgânicas, que operam de forma mais humana em relação aos bichos.

Trechos

“Quando 250 mil pássaros estão espremidos num viveiro e incapazes até de esticar suas asas; quando mais de um milhão de porcos sobrevive em apenas uma área de chiqueiros, sem jamais pisar em algum lugar a céu aberto; quando a cada ano dez milhões de criaturas seguem para o abate sem ter contato com a menor demonstração de bondade humana – é tempo de repensar preceitos antigos e perguntar o que estamos fazendo e o que nos move.”

“Cerca de 80 milhões dos 95 milhões de porcos abatidos por ano nos Estados Unidos são da pecuária intensiva, segundo o Conselho Nacional de Produtores de Suínos. São criados em fazendas de confinamento em massa e em nenhum momento durante sua vida veem a terra de verdade ou o sol. Geneticamente modificados por máquinas, inseminados por máquinas, alimentados por máquinas, arrebanhados, monitorados, eletrocutados, golpeados, limpados, cortados e empacotados por máquinas – eles mesmos tratados como máquinas, do “nascimento ao bacon” –, essas criaturas, quando comidas, raramente foram tocadas por humanos.”

O autor

Matthew Scully é jornalista. Foi editor literário da National Review e colaborou para o New York Times, Wall Street Journal, Washington Post, Los Angeles Times, Atlantic Monthly, entre outros. Este é seu primeiro livro publicado no Brasil.

Scully

Domínio (Dominion)
Matthew Scully
Tradutora: Catharina Epprecht
Páginas: 546
Preço: R$ 79,90
Editora: Civilização Brasileira | Grupo Editorial Record

Legumes Vira-Latas: nabo, rabanete e acelga de uma maneira que você nunca viu

De vira-lata eles não têm nada. Nabo, rabanete e acelga de uma maneira que você nunca viu

Alguns legumes são desvalorizados e há quem torça o nariz para eles à mesa ou na feira. Para acabar com o estigma de vira-lata do nabo, rabanete, acelga, entre outros, a cozinheira britânica Anna Jones, autora do livro “Um jeito moderno de comer”, lançamento da Editora Alaúde, dá dicas para transformá-los em surpreendentes pratos.

livro moderno de comer

Confira abaixo as dicas para começar a incluir de uma nova maneira esses legumes na lista do supermercado.

Nabo

nabos pixabay
Pixabay

Vai bem com…
tomilho, alecrim, louro, alho, salsinha, agrião, cenouras, alho-poró, queijo cheddar, batatas, queijos azuis

– Na salada: se desejar uma salada original, corte o mininabo em fatias finas e tempere com limão siciliano e azeite.

– Na sopa: descasque e prepare uma sopa com ele, mais alho-poró, tomilho e louro, finalize com salsinha e gorgonzola.

– Assado: descasque e corte em pedaços iguais, asse com sal, pimenta-do-reino, azeite, alho e limão-siciliano por 45 minutos a 180 ˚C.

Picles: corte em fatias finas e deixe curtir com vinho branco, vinagre, sementes de erva-doce e um bom jato de mel.

*Dica: os nabos mais velhos precisam ser descascados, os mais novos podem ser comidos com casca e crus.

Acelga

acelga organic facts
Foto: Organic Facts

Vai bem com…
feijão branco, lentilha, massas, alho, tomilho, limão-siciliano, cominho, noz-moscada, vinagre, tahine, queijo parmesão

– Salteado: separe talos e folhas – salteie os talos com alho e azeite por 3 minutos, junte as folhas, tempere e sirva.

– Sopa: adicione a qualquer sopa, mais para o final do cozimento, como faria com o espinafre – os talos precisam de mais tempo do que as folhas.

– Apenas os talos: corte em pedaços de 8 cm de comprimento, branqueie por 4 minutos então tempere com 2 colheres (sopa) de tahine e suco de ½ limão-siciliano.

– Frituras: junte as folhas e talos branqueados com as sobras de purê e forme pequenos croquetes, fritando-os de ambos os lados – sirva com iogurte e limão-siciliano.

*Dica: Os talos e folhas precisam ser preparados separadamente, pois as folhas cozinham mais rapidamente

Rabanete

legumes

Vai bem com…
pão, manteiga, sal, tomilho, vinagre, gergelim, pimentadedo-de-moça, soja, sementes

– Salada: misture fatias finas de rabanetes, nabos e cenouras e tempere com limão-siciliano, endro ou cebolinha.

– Em um prato de primavera: acrescente alguns rabanetes cortados em quatro nos últimos minutos de cozimento de ervilhas, tempere com azeite e sirva com hortelã, sal e pimenta-do-reino.

– Com salada de repolho: misture-os a com uma salada de repolho, maçã e cenoura, finalize com limão e coentro.

– Utilizando as folhas: salteie as folhas com alho, sal e pimenta-do-reino e junte azeite de oliva para valorizar cada bocado.

*Dica: escolha os rabanetes menores. Eles serão mais adocicados.