Arquivo da categoria: Mercado Municipal Paulistano

Fim da dor na relação durante a menopausa

Vamos tocar em um assunto sério e que é meio tabu, algo que as mulheres não gostam de comentar, nem com as amigas. Porém, cerca de 18% da população feminina sofre com algum tipo de transtorno de dor ligado à penetração dolorosa. Há quem culpe os hormônios e até os parceiros, mas sabe-se que, comprovadamente, o tratamento de fisioterapia pélvica reduz a dor na relação sexual até em mulheres menopausadas

Uma grande parte das mulheres tem a vida sexual afetada após entrar na menopausa, muitos acreditam que somente o desejo é alterado pela redução de hormônios nessa fase da vida e a tão falada redução da lubrificação vaginal. Porém, o que não sabem é que o canal pode se tornar menos flexível e que muitas sentem dor na penetração vaginal, isso faz com que as mulheres evitem seus parceiros com medo de sentirem dor.

Débora Pádua, fisioterapeuta uroginecológica especialista em dor na relação sexual, conta que alguns hormônios locais ou lubrificantes são indicados pelos ginecologistas e colaboram para que o desconforto seja menor, mas muitas mulheres continuam a sentir dor e pensam que é algo “normal” pela idade e que a vida sexual pode se encerrar.

“Isso é um engano já que não existe uma idade limite para se ter uma vida sexual saudável e ativa, para isso a fisioterapia pélvica pode ajudar neste transtorno. Com técnicas específicas como massagem perineal, eletroestimulação intracavitária, exercícios pélvicos ajudam a melhorar a flexibilidade, hidratação e redução da dor na relação ou mesmo para realizar exames ginecológicos”, diz.

FreeGreatPicture MULHER NUA
FreeGreatPictures

As sessões são realizadas semanalmente e a taxa de sucesso do tratamento é entre 70 a 100%. “Sexo deve ser sinônimo de prazer e nunca de dor mesmo estando na menopausa”, finaliza a especialista que em 2014 inaugurou em SP a 1ª Clínica de Fisioterapia Especialista em Dor na Relação Sexual. O espaço, que leva seu nome, faz atendimento exclusivo a mulheres que tem dificuldade na penetração sem a presença de dor ou mesmo as que não conseguem ter nenhum tipo de penetração.

Fonte: Débora Padua é educadora e fisioterapeuta sexual Graduada pela Universidade de Franca (SP), durante 5 anos fez parte do corpo clínico da Clínica Dr. José Bento de Souza, e foi responsável pelo setor de Uroginecologia do Centro Avançado em Urologia de Ribeirão Preto (SP). Atualmente atende em sua clínica na capital paulista especializada no tratamento de vaginismo.

 

 

 

Anúncios

Feira de Artesanato no Mercadão volta a acontecer neste final de semana

A Feira de Artesanato da Economia Solidária voltará a ser promovida neste final de semana (13, 14 e 15 de janeiro) no Mercado Municipal Paulistano. Os expositores do evento integram a Artesanato Solidário SP, rede de empreendimentos inserida no projeto “Economia Solidária SP como Estratégia de Desenvolvimento”, ação da Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo (SMTE), em parceria com a Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários (Unisol Brasil).

Iniciada em outubro de 2016 no Salão de Eventos do Mercadão, a feira tem por objetivo trazer visibilidade e gerar oportunidades de geração de trabalho e renda para empreendedores do ramo do artesanato. São comercializados acessórios de moda, roupas e artigos decorativos produzidos a partir de técnicas como crochê, costura, tear e fusão de vidro.

A rede Artesanato Solidário SP reúne-se periodicamente na Incubadora Pública de Empreendimentos Econômicos Solidários, da Prefeitura de São Paulo, na região do Cambuci, onde a equipe do projeto realiza formações, oficinas e outras ações que tenham como finalidade o fortalecimento de coletivos e redes inseridas nesta forma de economia.

As próximas edições da feira acontecem nos dias 20, 21, 22, 27, 28 e 29 deste mês.

Saiba mais sobre o projeto “Economia Solidária SP como Estratégia de Desenvolvimento” clicando aqui.

Serviço
Feira de Artesanato da Economia Solidária no Mercadão
Local: Salão de Eventos do Mercadão
Endereço: Rua da Cantareira, 306 – Luz
Data: 13, 14 e 15 de janeiro / 20, 21 e 22 de janeiro / 27, 28 e 29 de janeiro
Horário: 9 às 16 horas (segundas a sábados) | 9 às 15 horas (domingos)
Entrada franca

Mercado Municipal Paulistano comemora a chegada da primavera com Festa das Flores

Exposição e venda de dezenas de plantas estarão disponíveis

todos os finais de semana de setembro

Para comemorar a chegada da primavera, o Mercado Municipal Paulistano (Mercadão) vai receber a Festa das Flores, com exposições e vendas durante todas as sextas, sábados e domingos do mês de setembro.

A feira será realizada no Salão de Eventos do mercado, das 8h às 16h, onde o público poderá comprar plantas e flores vindas das regiões produtoras de São Paulo, principalmente de Holambra e Atibaia.

Azaleias, bromélias, begônias, avencas, samambaias havaianas, astromélias, girassóis, orquídeas, cactos e bonsais estão entre as dezenas de variedades de plantas expostas para venda.

Festa das Flores

Onde: Salão de Eventos do Mercadão
Endereço: Rua da Cantareira, 306
Quando: sextas, sábados e domingos de setembro
Horário: 8h às 16h