Arquivo da categoria: Mulheres

Madonna faz 60 anos e o Spotify comemora a rainha do pop

São Paulo é a quarta cidade onde mais se ouve Madonna no mundo e “Like a Prayer” é o hit mais ouvido do planeta

madonna-rebel-heart

Uma vez rainha, sempre rainha! Madonna está completando 60 anos hoje, dia 16 de agosto, e nada mais justo que provarmos que uma das maiores estrelas do pop mundial de todos os tempos segue brilhando como nunca nos palcos e, principalmente, no universo do streaming de música. Atualmente a diva pop possui nada mais nada menos que 9 milhões de ouvintes mensais (262º do mundo) no Spotify em todo planeta, com 2.4 milhões de seguidores na plataforma.

Mais uma prova de sua presença marcante ao longo dos anos e de se reinventar na música a cada ano é que Madonna está presente em playlists como “All Out 80s”, “All Out 90s” e “All Out 00s” no Spotify, mostrando que sua música e seu talento é totalmente atemporal. Os grandes sucessos de Madonna você ouve no Spotify na playlist This Is Madonna.

Confira também outros dados interessantes da rainha do pop no Spotify.

– Top 10 músicas mais ouvidas de todos os tempos no Spotify:

like a prayer.jpg

Like A Prayer
Material Girl
Like a Virgin
4 minutes (feat. Justin Timberlake & Timbaland)
Vogue
La Isla Bonita
Hung Up
Bitch I’m Madonna
Holiday
Into the Groove

– Top 10 álbuns mais ouvidos de todos os tempos no Spotify:

Rebel Heart
Confessions On A Dance Floor
Like A Virgin
MDNA
True Blue
Ray Of Light
Hard Candy
Like A Prayer
Music
Madonna

– Top 10 cidades que mais ouvem Madonna no Spotify:

Cidade do México
Londres
Santiago
São Paulo
Los Angeles
Paris
Estocolmo
Chicago
Buenos Aires
Nova York

madonna-mert-marcus-2012-billboard-650

– Top 10 países que mais ouvem Madonna no Spotify:

Estados Unidos
Reino Unido
México
Brasil
Alemanha
Austrália
Argentina
Espanha
Canadá
Suécia

Fonte: Spotify

 

 

Anúncios

Olive Garden lança promoção para mulheres em seu happy hour

Toda quarta-feira o tradicional horário das 17 às 20 horas será estendido, para elas, até o fechamento do restaurante

Bater papo com as amigas, petiscar, fazer happy hour ou até mesmo desfrutar de um delicioso jantar. Seja qual for a intenção, se reunir com as companheiras é um dos programas favoritos das mulheres. Pensando nisso, a rede de restaurantes Olive Garden traz mais uma novidade, dessa vez voltada para elas.

Sob o nome “Quarta Delas”, até outubro, a casa estenderá sua oferta de happy hour (double chopp, double sangria e double drinks) para as mesas predominantemente de mulheres toda quarta-feira, das 17 horas até o seu horário de fechamento.

A rede, que busca oferecer por meio de pratos muito bem servidos e também da típica hospitalidade italiana uma experiência única e que garanta total satisfação ao público que frequenta a casa, está presente no MorumbiShopping, Shopping Center Norte, Aeroporto Internacional de Guarulhos, e no início de agosto inaugura a sua unidade no Parque D. Pedro Shopping, em Campinas.

sangria_08.jpg

Entre as opções de bebidas que possuem oferta “leve 2 pague 1” no horário, os destaques ficam por conta da Sangria (R$ 23,00), Clericot (R$ 23,00), Caipirinha Premium (R$ 22,00), Aperol Spritz (R$ 25,00), Gin Tanqueray Tônica (R$ 25,00), além do chopp Stella Artois em dois tamanhos: 473ml (R$ 14,90) e 290ml (R$ 9,90).

chicken_parmigianasteakgorganzolaalfredo_2697

Já nas receitas mais pedidas estão o Chicken Parmigiana (R$ 56,00) – filé de frango à milanesa coberto com queijo mozzarella gratinado, servido com spaghetti Marinara; Steak Gorgonzola Alfredo (R$ 67,00) – escalopes de filé mignon grelhados, regados com redução de aceto balsâmico, servido sobre fettucine Alfredo, acrescido de espinafre, queijo gorgonzola e tomate seco.

fettuccine alfredo

A casa também oferece opções vegetarianas, como o clássico Fettuccine Alfredo (R$ 49,00) e o Asparagus Risotto (R$ 61,00).

Todos os pratos acompanham free refil de salada ou sopas, além dos tradicionais pãezinhos breadsticks ilimitados.

create_your_sampler__appetizer_.jpg

Já entre os aperitivos, perfeitos para compartilhar em um happy hour, o destaque fica por conta do “Create Your Sampler”, no qual o cliente pode montar seu prato com duas opções de aperitivos (R$ 47,00) ou três (R$ 51,00). Entre as opções disponíveis estão: Lasagna Fritta, Calamari, Fried Mozzarella, Risotto Bites e Shrimp Scampi Fritta.

* A promoção não é válida na unidade do aeroporto.
** Preços descritos acima valem somente nas unidades localizadas em shopping.

Informações: Olive Garden

Ginástica íntima: exercícios que trabalham a saúde ginecológica feminina

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), atualmente 5% da população brasileira sofre com problemas de incontinência urinária, e mais de 30% de alguma disfunção sexual, dados que refletem os hábitos da vida moderna ou simplesmente o fator cronológico. Esses e diversos outros casos também podem ocasionar alterações na região, seja pela anatomia do corpo, mudança de postura, perda de massa muscular, doenças crônicas e pós-operatório, entre outros fatores.

Considerada uma verdadeira malhação íntima, o pompoarismo é um verdadeiro exercício da musculatura íntima da mulher, para reforçar o assoalho pélvico, melhorando a percepção e fortalecer a região, além de aumentar o prazer na hora da relação, uma vez que atua em prol da recuperação e estímulo da libido, e trabalha as questões emocionais e físicas.

A técnica foi desenvolvida há mais de 1.500 anos e era conhecida pela população da
Índia, Tailândia, Indonésia e outros países do Oriente, e aplicada uma vez por
ano em rituais de fertilidade. Milenares, os movimentos foram passados de geração para geração, e ganharam espaço em países do Ocidente, sendo recomendados por ginecologistas e fisioterapeutas.

Segundo a fisioterapeuta Nazete Araújo, para praticar o pompoarismo é necessário que a mulher tenha percepção de sua região íntima, o que pode ser facilitado com uso de acessórios como o colar tailandês, Ben-Wa. “Esses acessórios podem ser associados a exercícios na academia, à dança e demais atividades diárias, e podem, ainda, ser utilizados em dias alternados”, revela a especialista.

kit pompoar ben wa

“São pequenas cápsulas de formato anatômico, contendo peças de pesos diferentes que, ao serem inseridos no canal vaginal, trabalham o estímulo necessário para a melhora da sensibilidade da estrutura pélvica”, acrescenta.

A fisioterapeuta comenta, ainda, que para praticar os exercícios com cones vaginais é necessário fazer avaliação fisioterapêutica preventiva, específica dos músculos do assoalho pélvico para indicar o treinamento funcional, mais recomendado para cada situação.

“Quando uma aluna vai à academia, precisa ser avaliada para sabermos a capacidade de carga que consegue carregar. Para uso dos cones vaginais, não é diferente, pois precisamos verificar a capacidade funcional muscular vaginal, uma vez que os acessórios têm pesos que variam de 20 a 70 gramas. Portanto, a avaliação fisioterapêutica preventiva para o treinamento dos músculos do assoalho pélvico e para a manutenção dos exercícios é primordial”, explica.

Indicação e benefícios

Os exercícios podem ser feitos por mulheres a partir de 18 anos. O acompanhamento é considerado preventivo. “Toda mulher ao atingir a maior idade precisa fazer a avaliação do assoalho pélvico, de forma preventiva, uma vez que é um conjunto de músculos que tem a função de auxiliar na sustentação de alguns órgãos da bexiga, útero e intestino, por isso, se a musculatura não for estimulada, vai ficando flácida”, revela Nazete.

Os exercícios dos músculos circunvaginais são trabalhados de forma voluntária, ou seja, a mulher pode pensar e executar o movimento, e é preciso estar concentrada na realização das contrações musculares, uma vez que isso pode ser executado com velocidade, coordenação e resistência diferentes, o que é benéfico para fortalecer e controlar a região, evitar flacidez, prevenir queda de bexiga e incontinência urinária e fecal, prolongar o prazer sexual do casal  e elevar a autoestima.

mulher deitada cama

“É preciso que esses músculos estejam preparados para suportar as pressões
e mudanças posturais, ou seja, tenham força, resistência e coordenação. Essas iniciativas só são possíveis por meio de treinamento”, conclui Nazete.

Fonte: Nazete Araújo é fisioterapeuta uroginecológica e especialista profissional em fisioterapia na saúde da mulher. Tem ampla experiência nos cuidados, prevenção e tratamento das disfunções do assoalho pélvico.

Universo Íntimo Boutique – Shopping Pátio Belém – Travessa Padre Eutíquio, 1078 – loja 139 

 

Mulheres que vivem relacionamentos abusivos não seguem padrão

Estudo que buscou o porquê de mulheres permanecerem nessas relações concluiu a impossibilidade de classificá-las

Por Ane Cristina

violencia_mulher_genero pixabay.jpg

Em 2014, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou erroneamente um dos resultados da pesquisa Tolerância social à violência contra as mulheres. Na época, o órgão federal informou que 65% dos entrevistados concordavam com a afirmação “Mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas”.

A veiculação da notícia gerou uma série de protestos nas redes sociais que denunciavam o machismo na sociedade brasileira, dentre eles a campanha Eu não mereço ser estuprada. Na semana seguinte o Ipea corrigiu o dado, informando que a porcentagem de 65% se referia à afirmação “Mulher que é agredida e continua com o parceiro gosta de apanhar”. A correção não gerou a mesma repercussão que a afirmação incorreta causou, mostrando o “pouco espanto” em relação à violência contra a mulher nas relações de conjugalidade.

Fabiana de Andrade pesquisou durante quatro anos o que faziam as mulheres que sofriam violência doméstica permanecerem ou saírem de uma relação violenta. Dentre suas conclusões, está a similaridade das narrativas de violência, a impossibilidade de classificar essas mulheres e a formulação de Pedagogias do Cuidado de Si, ferramentas de mudança de pensamento e de conduta.

Autora da tese de doutorado Mas vou até o fim: narrativas femininas sobre experiências de amor, sofrimento e dor em relacionamentos violentos e destrutivos, defendida na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, ela acompanhou e conversou com mulheres que passavam ou tinham passado por relacionamentos destrutivos em três locais diferentes. Ela esteve no Mulheres que Amam Demais (Mada), em Campinas, grupo de autoajuda formado por mulheres que sofrem por amar demais. O espaço existe há muito tempo e segue os moldes do Alcoólicos Anônimos (AA).

Também em Campinas, a pesquisadora conheceu o Centro de Referência e Apoio à Mulher (Ceamo), serviço fornecido pelo município que tem o objetivo “de acolher e prestar atendimento psicológico, social e orientação jurídica à mulher em situação de violência de gênero no âmbito doméstico, visando romper o ciclo da violência através de atendimento individual, familiar ou em grupo”. Ela também foi a Paris, onde seu objeto de estudo foi a associação francesa Libres Terres des Femmes (LTDF), que assim como o Ceamo acolhia mulheres em situação de violência, mas não fazia parte de uma política pública, sendo dependente de outras verbas.

info_relacionamentos_abusivos.jpg

 

Pedagogias do Cuidado de Si

Fabiana selecionou as quatro principais ferramentas discutidas nos grupos que visavam à mudança de pensamento e de conduta, chamando-as de Pedagogias do Cuidado de Si. “Eu chamei dessa maneira porque entendi que esses grupos funcionavam como espaços pedagógicos de produção de um outro olhar sobre estar no mundo, de produção de desejos, de coisas que as mulheres queriam na vida delas, porque eu observei que nesses espaços muitas das mulheres tinham uma forma de viver e de estar no mundo que era voltado para o bem-estar do outro”, conta a pesquisadora.

Questionamento das normas de gênero e sexualidade

No Ceamo e no LTDF falava-se muito sobre a existência de papéis diferentes para homens e mulheres, que pode tornar aceitável uma situação de violência para a mulher. No Mada eram apresentadas as normas do homem como “príncipe encantado” e “provedor da casa”.

Controlar excessos

Principalmente no Mada existia a ideia de que o “excesso” de controle da conduta do outro era muito perigoso: querer saber onde o outro está, o que ele pensa, querer provas de amor, ligá-lo compulsivamente. “A ideia do controle dos excessos era começar a criar formas de aprender a estar sozinha, saber que o sucesso amoroso não depende que o casal seja uma pessoa só, a importância da liberdade do outro e delas” explica Fabiana.

Uma mulher empoderada empodera outra mulher

No Ceamo e no LTDF, o termo “sororidade” era muito utilizado, ressaltando a importância de que mulheres entendam que não são inimigas. No Mada, o termo usado era “irmandade”. Os três grupos tentavam passar a ideia de que mulheres não devem competir entre si, uma vez que tal competição é mais um resultado da cultura machista.

Autoconhecimento

As mulheres buscavam o autoconhecimento para entender qual seu lugar numa cultura machista e poder questionar essa cultura. Nos grupos, elas percebiam que não sabiam sequer do que gostavam de fazer, por não se conhecerem. O autoconhecimento produziria uma outra maneira de olhar para si mesmas e de estar no mundo.

Fonte: Jornal da USP

 

Palestra gratuita “Sexualidade na mulher: diferentes fases, diferentes desafios”

A Abbott, empresa global de cuidados para a saúde, promove até domingo (10), em São Paulo, o Espaço Vida – projeto que revela, em instalações e atividades interativas, como tecnologia e inovação na Abbott contribuem para o cuidado da saúde em diferentes estágios da vida, antes do nascimento até a infância e a maturidade.

No domingo será realizado o seminário “Sexualidade na mulher: diferentes fases, diferentes desafios”, com a doutora Carmita Abdo (Psiquiatra coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade da USP).

O evento é gratuito. Quem tiver interesse em participar pode fazer inscrição clicando aqui.

desenho mulher

“Sexualidade na mulher: diferentes fases, diferentes desafios”
Data: 10/06
Horário: das 16 às 18 horas
Local: Vila Primavera
Endereço: Rua Bento de Andrade, 661 – Jardim Paulista – São Paulo

 

Doctoralia promove ação de atendimento de saúde sem custo para mulheres

Em comemoração ao Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher, comemorado em 28 de maio, a Doctoralia promove o projeto Doctoralia Solidária pela Saúde da Mulher* com o intuito de aumentar a conscientização sobre a saúde das mulheres oferecendo atendimento sem custo ao público que se consultar com os médicos presentes na plataforma.

Essa campanha, que acontece até 30 de junho, contará com médicos obstetras e ginecologistas que oferecerão as primeiras visitas médicas totalmente sem custo para quem fizer o agendamento pelo site da Doctoralia.

A ação da empresa é a primeira a ser realizada no Brasil e tem o intuito de incentivar as mulheres a cuidarem mais da saúde e entenderem a importância de realizar exames periódicos. Devido ao lançamento dessa campanha, a Doctoralia realizou uma pesquisa**, que revela que 87% das mulheres buscam informações sobre saúde íntima e 65% tiram suas dúvidas sobre isso diretamente a um especialista. No entanto, 55% das pacientes disseram já ter vergonha de fazer perguntas a um médico e 51% reconhecem que o problema se agravou por não terem consultado um especialista.

A pesquisa realizada pela plataforma ainda afirma que 98% das mulheres acreditam que no Brasil falta ainda conscientização sobre assuntos de saúde femininos. Enquanto, 95% das mulheres afirmam que com a facilidade de uso da internet o tabu sobre problemas de saúde íntima e sexual foram quebrados.

Ainda segundo a pesquisa, 97% das entrevistas acreditam que o fato das mídias sociais e a internet terem ajudado a colocar em pauta assuntos sobre a saúde feminina é positivo e ajuda a perceberem a importância de se conhecerem melhor e serem mais saudáveis.

médica

Segundo Carlos Lopes, Country Manager da Doctoralia no Brasil, para agendar as consultas é necessário entrar no site durante o período e escolher o médico, o que pode ser feito de forma simples e com poucos cliques. “Teremos a ação no Brasil e, também no México e na Espanha. Percebemos que há muitos profissionais que estão dispostos e têm uma vocação inata para ajudar e contribuir para melhorar a saúde de outros, especialmente daqueles que precisam, mas às vezes o que falta é encontrarem o canal para participar de ações de solidariedade. É por isso que, graças à nossa experiência no mercado, desejamos dar a nossa contribuição através dessa campanha, cuja proposta é conectar especialistas a pacientes que precisam de ajuda”, enfatiza Lopes.

No geral, os médicos podem ser buscados na plataforma por localidade ou por convênio médico. No caso da ação estarão disponíveis consultas sem custo somente para ginecologistas e obstetras. Caso a pessoa queira tirar dúvidas médicas, o serviço “Pergunte a um especialista” permite tirar qualquer dúvida de forma gratuita e anônima a todo momento.

Para participar também ativamente pelas redes sociais do projeto dedicado à saúde da mulher, Doctoralia Solidária, utilize a hashtag #EuMeCuido.

*A Doctoralia está presente em todo o território nacional. Por se tratar de uma ação voluntária por parte dos médicos, a ação pode não abranger algumas regiões do país. A disponibilidade de consultar sem custo estará sujeita à disponibilidade dos profissionais que participam da campanha.
**A pesquisa sobre saúde da mulher abrangeu 1.165 mulheres com mais de 18 anos que utilizam a plataforma Doctoralia.

Fonte: Doctoralia

 

Benefit celebra 2ª edição do projeto beneficente Bold is Beautiful no país

Presente em mais de 19 países na edição de 2018, ação beneficente arrecada fundos por meio da venda do serviço de design de sobrancelhas da marca de cosméticos americana

O programa filantrópico Bold Is Beautiful, da marca californiana Benefit Cosmetics, chega a sua 4ª edição mundial e acontece pela segunda vez no Brasil. A iniciativa nasceu em 2015, com o objetivo de ajudar meninas e mulheres a construírem e realizarem grandes sonhos. Inicialmente contemplou os Estados Unidos, Reino Unido, França e Austrália, com 11 instituições beneficiadas e mais de 2,9 milhões de dólares arrecadados. Em 2017, entraram para o grupo de países participantes o Brasil, México, Itália, Filipinas, Nova Zelândia, Portugal, Turquia e Coreia e, em 2018, Alemanha e Tailândia, totalizando 19 países envolvidos.

benefit project 2

A instituição parceira do Projeto Bold is Beautiful no Brasil é a Habitat para Humanidade Brasil, que, em São Paulo, ajuda famílias em situação de pobreza a terem melhores condições de moradia. De 1º a 31 de maio, toda a renda do serviço de Design de Sobrancelhas da Benefit será doada para a Habitat, com intuito de ajudar na moradia de casas lideradas por mulheres, na comunidade de Heliópolis, na capital de São Paulo.

Presente na história da Benefit desde 1976, o serviço de Design de Sobrancelhas é um dos grandes pilares da marca. Nele, especialistas de sobrancelhas fazem um mapeamento exclusivo para encontrar o formato ideal baseado nos traços do rosto das clientes. Com o design aprovado, o serviço é feito com cera morna de fabricação exclusiva e finalizado com pinça. Atualmente, a marca também possui um exclusivo Menu de Sobrancelhas, em que se pode pedir o modelo de sobrancelha desejada: natural, dramática, reta ou efeito pluma.

benefit sobrancelha

O serviço de Design de Sobrancelhas custa R$ 59,00 e pode ser realizado nos Bares de Sobrancelhas da marca, nas Boutiques Benefit dos Shoppings Higienópolis e Iguatemi Campinas e nas seguintes lojas Sephora:

São Paulo: Shoppings Morumbi, Eldorado, Pátio Paulista e JK Iguatemi.

Rio de Janeiro: Shoppings Rio Sul e Barra Shopping

benefit

Revlon cria movimento para incentivar as mulheres a viverem com intensidade

#RevlonDay ocorre hoje, 17 de maio, e é um convite para tomar atitudes que transformem a rotina

A icônica marca Revlon lançou um movimento para celebrar seu novo posicionamento, o #RevlonDay, que ocorre hoje, 17 de maio, dando continuidade à comunicação Live Boldly, apresentada e estrelada mundialmente no início deste ano por suas novas embaixadoras globais Gal Gadot, Ashley Graham, Adwoa Aboah, Imaan Hammam, além da brasileira Raquel Zimmermann.

revlon

O movimento tem o objetivo de incentivar as mulheres a viverem intensamente, a saírem de sua zona de conforto e despertarem o lado bold que existe em cada uma delas.

Para a ação, a marca apresenta sua linha ColorStay, perfeita para ajudar as mulheres a expressarem sua força por meio da beleza, acompanhando-as nessa tarefa, o dia todo. Sua tecnologia de longa duração, que não transfere, não borra e não mancha destaca o best-seller mundial da marca, a base ColorStay, que tem incrível durabilidade de 24 horas, além dos demais produtos para pele, lábios e olhos.

E, durante todo o mês de maio, as mulheres que tiverem aderido à ação, contando nos Stories o que fizeram de diferente no #RevlonDay (17/5) – algo ousado para o seu estilo de vida, que pode ser desde uma atitude para enfrentar algum medo até tirar um momento de descanso para se cuidar – poderão ser selecionadas para aparecer nos Stories da Revlon (@revlonbrasil), como grandes exemplos do movimento Live Boldly.

REVLON BR

Facebook | Instagram | YouTube
Telefone de Atendimento ao Consumidor 0800 7733450

 

 

Os benefícios da vitamina E na menopausa

Nutriente ajuda a aliviar sintomas típicos, como as ondas de calor e a sensibilidade dos seios, além de auxiliar na firmeza e hidratação da pele

O climatério marca um novo ciclo na vida da mulher, quando há a diminuição do estrogênio, hormônio feminino que o organismo começa a produzir durante a puberdade. É durante esse período que ocorre a última menstruação, conhecida como menopausa, e vários sintomas se manifestam, sendo que, para muitas mulheres, eles podem ser incômodos e impactar na qualidade de vida.

Embora o climatério geralmente não necessite tratamento, certos cuidados amenizam os sintomas, proporcionando bem-estar. Uma mera mudança nos hábitos e na rotina pode trazer resultados positivos, especialmente se estiver alinhada ao consumo de determinadas vitaminas e alimentos saudáveis.

Alimentação balanceada e hábitos saudáveis são essenciais

oleaginosas castanhas
Pixabay

Ter uma alimentação balanceada é muito importante, uma vez que ela fornece os nutrientes necessários. A vitamina E (acetato de racealfatocoferol), por exemplo, pode amenizar as ondas de calor, a sensibilidade dos seios e a secura vaginal. “Além disso, ela beneficia a pele, que, durante a menopausa, tende a ficar mais seca, fina, frágil, flácida e, consequentemente, propensa a rugas”, diz  Ive Franca, ginecologista do Núcleo Médico Científico do Aché Laboratórios Farmacêuticos.

Por ser um antioxidante com atuação nos receptores hormonais, a ingestão de vitamina E também é importante na pós-menopausa, ajudando a reduzir o risco de doenças cardiovasculares e na manutenção das funções cognitivas. Dentre as fontes naturais do nutriente estão os cereais integrais, oleaginosas, gema de ovo e fígado.

Alguns dos sintomas típicos da menopausa são ondas de calor, desaceleração do metabolismo, dores de cabeça, alterações do humor (irritabilidade, ansiedade e depressão) e do sono, e diminuição da libido. “A prática de atividades físicas ajuda no controle de alguns deles, especialmente exercícios aeróbicos. Logo, é recomendado ter uma vida mais ativa”, observa Ive. O fumo, por outro lado, é prejudicial, especialmente na menopausa, sendo associado às ondas de calor.

Suplementação: aporte adequado de vitamina E

vitamina e.jpg

Em alguns casos, a mulher não consegue suprir as necessidades de vitamina E por meio da alimentação. Neste caso, a suplementação do nutriente é indicada, especialmente por oferecer outros benefícios, como ajudar o organismo a manter o aporte adequado para que haja um equilíbrio entre substâncias oxidantes e antioxidantes, evitando o dano celular. VitaE, do Aché Laboratórios Farmacêuticos, contém vitamina E concentrada (400 mg), atuando na redução dos radicais livres do organismo.

Fonte: Aché Laboratórios Farmacêuticos

Fragrâncias Attractive da Água de Cheiro ganham novas embalagens

A Água de Cheiro está de cara nova após passar por um período de reformulação e reestruturação. Entre várias mudanças, a marca modificou seu portfólio unindo multimarcas e a própria em uma única rede, tornando-se ainda mais democrática.

Seguindo uma linha mais moderna após todo esse processo, a Água de Cheiro decidiu repaginar a embalagem de dois de seus best sellers. Os perfumes feminino e masculino da linha Attractive ganham um novo visual para reforçar seu conceito moderno, sexy e cosmopolita.

Os frascos surgem em novo formato, mas mantêm a identidade visual nos tons dos perfumes, sendo branco para a fragrância feminina e preto para a masculina. O design remete à lei da atração, ao magnetismo e à sintonia entre o casal que representa a linha Attractive.

Com 20 anos de história, a linha Attractive representa um casal urbano que tem afinidade e sintonia, e se conecta por meio das fragrâncias. A versão feminina pertencente à família olfativa floral frutal oriental e traz em sua composição notas de flor de maracujá combinadas com sândalo em um fundo adocicado radiante. Já a versão masculina vem da família olfativa aromático especiado e traz acordes de melão e bergamota, conduzindo notas de folhas verdes e fava tonka.

Attractive masc

Attractive Masculino – Família olfativa: Aromático Especiado
Notas de Saída: Melão, Bergamota e Flor de Menta
Notas de Corpo: Folhas Verdes, Damasco e Lavandin
Notas de Fundo: Baunilha, Cedro, Âmbar e Sândalo

Attractive fem

Attractive Feminino – Família olfativa: floral frutal oriental
Notas de Saída: Morango Silvestre
Notas de Corpo: Jasmim
Notas de Fundo: Baunilha

Os perfumes Attractive estão disponíveis em embalagens de 90 ml – Preço sugerido R$ 108,90 (100ml)

Informações: Água de Cheiro – SAC 0800 7235885