Arquivo da categoria: Petisco

Vila Seu Justino promove Rodízio de Petiscos toda quinta-feira

Quinta-feira, no Vila Seu Justino, agora também é dia de rodízio de petiscos. Das 18 às 22 horas, o bar serve porções diferentes a R$ 28,90, por pessoa. Estão inclusos: batata, polenta e mandioca frita, coxinha, calabresa acebolada, iscas de frango e uma opção que muda a cada semana, podendo ser bolinho de queijo, de aipim, costela ou dadinho de tapioca.

coxinha

mandioca
Fotos: Lecca Fernandes

Para acompanhar, a casa serve chope Amstel por R$ 8,40 e Heineken a R$ 8,90. Long necks, drinques alcoólicos e não alcoólicos, caipirinhas e sangrias complementam o menu de bebidas.

Vila Seu Justino: Rua Harmonia, 77 – Vila Madalena – São Paulo. Horário de funcionamento: Terça a sexta-feira, das 18h às 2h. Sábado e domingo das 12h às 2h30

Anúncios

Oh Freguês oferece rodízio de petiscos toda quinta-feira

Bar serve nove opções de comidinhas durante quatro horas, por R$ 28,90

As quintas-feiras estão mais gostosas para quem for ao Oh Freguês. O bar, recém-inaugurado na Zona Norte de São Paulo, agora conta com rodízio de petiscos das 18 às 22 horas, pelo valor de R$ 28,90 por pessoa.

São nove opções de comidinhas: batata frita, coxinha, mandioca frita, miniquibe, bolinho de queijo, pastéis (carne e queijo), polenta frita, bolinho de aipim com carne seca e iscas de frango crocante na farinha corn.

iscas de frango lecca fernandes
Foto: Lecca Fernandes

Todos os petiscos fazem parte do cardápio convencional, com valores que vão de R$ 22,90 a R$ 28,90, cada. Com isso, é possível consumir todos, à vontade, pelo preço de um.

A casa abre a partir das 18 horas e conta com DJ para movimentar a pista. Por isso, é cobrado o valor de R$ 10,00, opcional, referente ao couvert artístico.

Oh Freguês – Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 145 – Freguesia do Ó . Horário de funcionamento: terça a sexta-feira, das 18h até último cliente. Sábado, das 14h até último cliente. Domingo, das 12h até último cliente

Páscoa: veterinário alerta sobre o perigo dos chocolates para os pets

Guloseima é altamente tóxica para cães e gatos. Para evitar problemas, a sugestão é oferecer frutas e petiscos saudáveis ou sabor chocolate elaborados especificamente para eles

O chocolate é a grande estrela da Páscoa. Ovos, barras, bombons. A casa fica repleta de gostosuras. Uma tentação não só para nós, seres humanos, como para os animais de estimação. Aí bate aquela dúvida: dar ou não dar um pedacinho? A recomendação é resistir à cara de pidão, pois o chocolate faz muito mal à saúde deles.

puppy cachorro filhote

Se a ideia for presenteá-los com guloseimas alusivas à data comemorativa, opte pelas fabricadas com ingredientes próprios para seu consumo. O mercado oferece muitas opções, incluindo chocolates sem cacau e açúcar e petiscos em formato de cenoura e coelho. Frutas como mamão, banana, maçã e morango também são uma ótima opção para agradá-los.

O médico-veterinário Luciano Granemann e Silva, proprietário da Cão.Com, de Florianópolis, faz um alerta para o consumo de chocolate entre os pets. “Ele contêm teobromina, substância presente no cacau, que representa risco para cães e gatos, afetando seu sistema nervoso central. Dependendo da quantidade ingerida e do tamanho do animal, os sintomas vão desde vômito, diarreia, taquicardia até convulsões, podendo levar à morte em alguns casos”, afirma. Como a teobromina demora até seis dias para ser eliminada pelo fígado, correm risco não somente aqueles que ingeriram muito chocolate de uma só vez, mas também os que comeram doses repetidas em dias sucessivos. “Os quadros de intoxicação grave são mais raros, mas existem. Para isso, um cão de pequeno porte, por exemplo, teria que ingerir 100g de chocolate puro”, explica.

Mas o problema não é apenas essa substância: chocolates contêm altas doses de açúcares e gorduras, que fazem muito mal à saúde dos pets.

Precauções

É importante tomar algumas precauções para evitar o acesso dos bichinhos a essa guloseima. A dica, segundo Luciano, é não deixar o alimento à vista, em locais de fácil acesso, para que eles não comam escondido. Quem tem filhos pequenos em casa precisa ficar de olho para que eles não alimentem os animais ou que seu doce seja abocanhado pelo amigão.

Mas o que fazer se meu pet ingerir chocolate? O veterinário recomenda a ida imediata a uma emergência veterinária para uma avaliação profissional do quadro de saúde. Como não existe antídoto para a intoxicação por teobrominas, o tratamento se baseia nos sintomas apresentados.

Além do chocolate, evite também oferecer aos pets os pratos que for servir nas refeições da família na Páscoa, pois a sua ingestão também pode causar problemas gastrointestinais, como inflamação e fermentação. “A ração é sempre o alimento mais adequado e completo do ponto de vista nutricional”, garante Luciano.

Quatro alimentos para seu Pet na Páscoa

– Chocolates da Chocodoc’s, produzidos sem cacau e com substâncias adequadas ao consumo dos animais, em formato de ossinhos, bombons e tabletes.

Petisco para a Páscoa

– Biscoitos em formatos comemorativos (coelho e ovo) da Pets du Monde.Petisco Pascoa

– Snacks assados da linha Dog Menu Baked (lentilha e cenoura; peru e arroz integral; chia e fibras de ervilha).

cao com alimentos pet saudaveis (6)

– Cesta de frutas com banana, maçã, mamão e morango.

Fonte: CÃO.COM

Livro traz receitas simples e práticas de petiscos de boteco em versões veganas

A Editora Alaúde acaba de lançar o livro 50 Petiscos Veganos, da jornalista Katia Cardoso. Nele você encontra tudo o que precisa para montar um boteco vegano em casa. A obra reúne receitas de petiscos e comidinhas de bar, delícias que transformam qualquer encontro de amigos em um saboroso bate-papo.

Seja em um almoço descontraído aos fins de semana ou uma pausa na rotina em um bom happy hour nos botecos, os petiscos são uma paixão do brasileiro. E para agregar cada vez mais pessoas a esses momentos de confraternização com parentes e amigos, trazer opções veganas ao cardápio é uma ótima opção.

Pensando nisso, trouxemos duas receitas simples e práticas de petiscos veganos que podem deixar qualquer happy hour mais sofisticado e sustentável.

Caldinho de Abóbora com especiarias

Foto_Caldo_de_Abobora_Cesar Godoy Fotografia.png

Ingredientes
1 fio de azeite
1 talo pequeno de alho-poró
600g de abóbora japonesa, sem casca e sem sementes, cortada em pedaços
1 pedaço de gengibre, sem casca, de 5cm cortado em dois pedaços
Sal a gosto
½ colher (chá) de curry
2 anises-estrelados
1 xícara de caldo de legumes caseiro
¼ de xícara de leite de coco caseiro

Mode de preparo
Numa panela de pressão, leve ao fogo o azeite e refogue o alho-poró até ficar transparente. Junte a abóbora e mexa bem. Adicione os demais ingredientes, exceto o leite de coco. Tampe a panela e cozinhe por 15 minutos após o início da pressão. Retire do fogo e deixe a panela esfriar para abri-la. Retire os anises e descarte-os (se quiser, descarte também o gengibre para um sabor menos intenso). Ponha no liquidificador e bata bem. Transfira para uma panela e leve ao fogo por mais 5 minutos. Acrescente o leite de coco, mexa bem e deixe por mais 2 minutos para aquecer mais. Sirva decorados com um anis-estrelado.

Tempo de preparo – 25 Minutos | Rende – 6 porções

Croquete de lentilha vermelha

croquete-lentilha1_Cesar Godoy Fotografia.png

Ingredientes
2 xícaras de lentilha vermelha demolhada e cozida
1 xícara de tofu marinado
¼ de xícara de farinha de arroz
3 colheres (sopa) de azeite
Sal, pimenta vermelha e noz-moscada a gosto
Farinha de rosca a gosto para empanar

Modo de preparo
Bata no processador todos os ingredientes, exceto a farinha de rosca. Molde croquetes e passe-os ligeiramente na água. Depois, passe na farinha de rosca.
Preaqueça o forno a 180 °C e ponha os croquetes em uma assadeira forrada com papel-alumínio ligeiramente untado com azeite. Asse por 25 minutos ou até dourarem. Sirva quente.

Tempo de preparo – 40 Minutos | Rende – 14 unidades

Sobre a autora

Vegana por convicção, Katia Cardoso é uma apaixonada pela boa comida e por criar receitas sem nenhum produto de origem animal. Sempre atenta ao que consome, Katia procura elaborar suas receitas com ingredientes orgânicos e não refinados, sempre o mais saudável possível. Jornalista com mais de 20 anos de experiência, é editora de culinária e foi responsável pela edição e produção das revistas Claudia Cozinha, Delícias da Calu e Máxima, na Editora Abril, e Ana Maria, na Editora Caras.

Capa 50 petiscos veganos - alta

Título: 50 Petiscos Veganos
Editora: Alaúde
Autora: Katia Cardoso
Páginas: 136
Formato: 16 x 21 cm – brochura com orelha, miolo colorido
Preço: R$ 29,90

 

 

Bar Pátio SP oferece entradas e petiscos, com e sem carne, e drinques refrescantes

Aberto em 2017, o Pátio SP – bar localizado na esquina das ruas Mourato Coelho com Wisard, na Vila Madalena – é um estímulo “jogar conversa fora”, ao bem-estar e à apreciação de boa música. Tudo isso em um ambiente bem descontraído que lembra um pátio – daí a origem do nome – com direito a um jardim vertical e grafite na parede. Para completar, um cardápio com comida de boteco, mas de qualidade.

“Pra começar”, entre as novas entradas, Carpaccio e duas opções de tapioca: de Frango e Catupiry (R$19,90) e de Mignon e Mussarela (R$ 23,90). “Pra petiscar”, opções que não podem faltar na mesa de um bom bar. As que levam carne, são o Espeto Misto com Farofa e Vinagrete, com 4 unidades (R$ 33,90); frango, o Espeto de Frango com Farofa e Vinagrete, com 4 unidades (R$ 30,90); peixes e frutos do mar, Lula Crocante, que ganhou uma nova versão (R$ 35,90) e Tirinhas crocantes de Saint Peter (R$ 36,90); e Prato de Frios – queijos e mortadela – (R$ 44,90).

Arancini Recheado com Mussarela

As alternativas sem carne são: Arancini Recheado com Mussarela, bolinho de arroz crocante com queijo derretido dentro (R$ 27,90); Provolone à Milanesa (R$ 28,90) e Panete de 4 queijos, Tomate e Ervas (R$ 39,90). O Chips de Mandioca agora tem companhia, o de Batata, e são servidos juntos, com molho especial (R$ 18,90).

A seção chamada “Pra se esbaldar”, ganhou reforços de grelhados e pratos, como o Churrasco Pátio SP – picanha com coalho e linguiça toscana – acompanha farofa, vinagrete e pão (R$ 65); Churrasco Saucier – Linguiça recheada com queijo – acompanha farofa, vinagrete e pão – (R$ 42,90), Chatô do Chef – Medalhão de mignon na manteiga com arroz, batata rústica e ovo frito (R$ 35,90), Peito Grelhado – Filé de frango com panaché de legumes e ervas (R$ 30,90), Filé de Picanha – Churrasco de picanha com mandioca frita e arroz (R$ 35,00) e Filé de Salmão ao Toque de Ervas – acompanha purê de mandioquinha e broto de alfafa (R$ 37,90).

Churrasco Saucier
Churrasco Pátio SP

De sobremesa, “Pra lamber os beiços”, a novidade é o Petit Gateau (R$ 17,90), que se junta às outras três sobremesas: Pavê de Chocolate da Vó Aurora, Minichurros com Doce de Leite e Queijadinha Baiana.

O cardápio de bebidas também tem novidades. Com a consultoria do bartender João Vieira, que atua desde 1999 no mercado, os novos drinques discorrem pelos clássicos, autorais e especialidades do Pátio SP. Foram priorizadas combinações com ingredientes mais leves e refrescantes como maçã verde, limão siciliano, maracujá e hortelã.

Inspirados em ruas importantes da região e da cidade, os novos drinques ganham nomes como Augusta – Gim Citadelle, licor Cointreau, Monin maçã verde, folhas de basílico, suco de limão siciliano (R$ 26,00) e Girassol – Rum Bacardi Superior, licor Amaretto Disaronno, maracujá e noz –moscada (R$ 26,00), que estão nas “especialidades”. Já nos tônicos, Teodoro Sampaio – Gim Bulldog com água tônica aromatizada com bitter de laranja, maçã verde, morango e folhas de hortelã (R$ 27,00) e Cardeal Arcoverde – Gim Bombay Sapphire com água tônica aromatizada com angostura, twist de limão siciliano, limão taiti e canela em pau (R$ 27,00) foram incluídos. Nos “tradiças”, a Piña Colada é batizada de Piña Descolada e tem uma releitura exclusiva do Pátio SP: Rum Bacardi Superior, abacaxi e purê de coco (R$ 25,00).

teodoro sampaio
Teodoro Sampaio

Uma bebida que também deve fazer sucesso nos dias mais quentes – ideal para os grupos de amigos – é o Clericot -mix de frutas, licor Cointreau, Jack Daniel’s Fire e Chandon Réserve Brut, que serve 4 pessoas (R$ 120,00). Entram no cardápio, também, a cerveja Norteña de 980 ml (R$ 26,00) e o espumante Chandon Magnum de 1,5 litro (R$ 400,00).

Todas estas delícias podem ser provadas de terça a domingo. E, de quarta a domingo tem programação musical que inclui samba, MPB e sertanejo. Não é cabrada entrada, apenas couvert artístico, que varia de acordo com o dia.

O bar também oferece happy hour, de terça à sexta, das 17h às 21h30, que tem rodízio de petiscos por apenas R$ 29,90 por pessoa (batata rústica, polenta frita, pastel misto, sanduba de carne-louca e coxinha de frango). E o sábado é dia de feijoada, a R$ 49,90 por pessoa.

Fotos: Wellington Nemeth

Pátio SP – Rua Mourato Coelho, 1.272, Vila Madalena, São Paulo

Bolovo é uma das especialidades do Guten Bier; aprenda a fazer

O quitute britânico conquistou os brasileiros e é uma das saborosas opções gastronômicas da casa

Embora faça tanto sucesso por aqui entre os apreciadores de comidas de boteco, o ovo à escocesa, mais conhecido como Bolovo, tem origem no Reino Unido. A receita composta basicamente de ovo cozido, carne moída e farinha de rosca foi criada pelo empório britânico Forthum & Mason para, inicialmente, apenas agradar os viajantes londrinos em 1738. Porém, a fama do quitute se consolidou, atravessou oceanos e está marcando presença nos melhores bares do mundo.

Aqui no Brasil, o Bolovo ficou bem conhecido depois da teoria dos humoristas do grupo Hermes e Renato, na qual disseram que um caminhão de carne moída fez uma curva acentuada e tombou em uma estrada. Depois, outro caminhão com ovos cozidos não conseguiu desviar e tombou no mesmo lugar. Para finalizar, o terceiro bateu de frente com os dois e espalhou a carga por toda a pista. Aí, como todo brasileiro que sempre consegue olhar o lado bom de qualquer situação, a proprietária de um bar viu a bagunça e resolveu fritar os “bolinhos de asfalto”.

Mesmo longe da realidade, a história divertida fez com que o Bolovo dominasse ainda mais os bares e botecos brasileiros. O Guten Bier inseriu o quitute no cardápio como uma das especialidades da casa e capricha na produção para não perder a essência da receita inicial e manter a qualidade. Confira a receita!

Bolovo (rende 1 unidade)

Ingredientes
1 ovo;
70g de massa de croquete;
30g de farinha de rosca de padaria;
50ml de molho picante.

Modo de preparo
Cozinhar o ovo e reservar. Revestir com massa de croquete. Empanar com farinha de trigo, ovo batido e farinha de rosca. Fritar.

bolovo

Ficou com água na boca? Combine com a sua turma e venha para o Guten Bier experimentar o Bolovo.

Guten Bier  Av. Manoel Borba Gato, 158 – Jardim Nova América – São José dos Campos (SP)

 

Bar Pátio SP tem happy hour com rodízio de petiscos por R$ 29,90

Happy hour é uma ótima desculpa para reunir os amigos e “jogar conversa fora” depois do dia de trabalho. O recém-inaugurado bar Pátio SP – localizado na movimentada esquina das ruas Mourato Coelho e Wisard, na Vila Madalena – tem uma happy hour convidativa. Por apenas R$ 29,90 por pessoa, o rodízio de petiscos é oferecido de terça a quinta e tem horário estendido: das 17 até às 21h30.

Dos petiscos clássicos que não podem faltar em um bar, o Pátio SP tem batata rústica, polenta frita e pastel misto. A coxinha aparece em versão diferente: de pernil. Das opções que remetem às festas de família, há o minissanduíche de carne-louca. E não poderia faltar a deliciosa moela ao molho madeira. Os cinco tipos de petisco são servidos à vontade.

bar sp2bar sp3bar sp

Pátio SP – Rua Mourato Coelho, 1.272, Vila Madalena, São Paulo – Horário de funcionamento: terça à quinta das 17h à 1h; sexta das 17h às 2h; sábado das 12h às 2h e domingo das 12h às 23h.

 

 

Chega ao mercado linha de snacks VEG com chips de mandioquinha e batata-doce

Para quem é vegetariano, ou está tentando ser como eu, este lançamento é uma delícia!

Produzidas sem corantes, conservantes, gordura trans, colesterol e com baixo teor de sódio, utilizando sal light, a linha VEG é a novidade da Fhom Alimentos para o mercado de snacks. Com exclusivo selo da Sociedade Vegetaria Brasileira, os produtos 100% naturais atraem consumidores veganos e também os que buscam uma alimentação com sabor e rica em nutrientes.

Em formato chips e de consistência super crocante, os snacks são elaborados com batatas doces (amarela, rosa e roxa) e mandioquinha. Disponíveis em embalagem com 45g e também no pote de 120g, a linha VEG da Fhom possui três sabores:

Mandioquinha & Batata-Doce

imagem_release_481390Batata-Doce Chips 

imagem_release_481388Mix Batatas-Doces Chips

imagem_release_481391

Preço sugerido: R$5,40
SAC: 11-3568-3000