Arquivo da categoria: queijo

Para comer de colher: Duo Tirolez, Queijo Cottage com geleia de frutas

Em embalagens individuais de 100g, a novidade está disponível em três opções de sabores para consumir a qualquer hora do dia

A Tirolez, pioneira ao lançar os originais Cremes de Ricota e Minas Frescal, surpreende mais uma vez com o lançamento do Duo Tirolez, o primeiro Queijo Cottage com geleia de fruta do Brasil. O produto é o primeiro da marca pronto para consumir de colher e em porção individual. Com a inovação, a marca abre uma nova categoria no mercado brasileiro.

Prático, leve e com 10g de proteínas por unidade, o produto possui entre 105 e 123 calorias por porção, variando de acordo com os sabores. Foi desenvolvido para atender a demanda dos consumidores que buscam uma opção saudável e gostosa para incluir na rotina e consumir a qualquer hora do dia. Sua composição contém 70g Cottage e 30g de geleia de fruta, é nutritivo, saudável e ideal para saciar a fome nos momentos mais variados do dia.

maca com canela 2morango com queijo 2goiaba 2

“A combinação da geleia com Queijo Cottage Tirolez, tipo de queijo que já é bem conhecido entre o público mais fitness, foi pensada para atender à demanda dos consumidores em ter, para o dia a dia, uma opção prática. É nosso primeiro produto pronto para o consumo e queríamos algo realmente inovador, assim como fizemos quando criamos a categoria de cremes e queijos light no Brasil. O Duo Tirolez tem característica que trazem à tona sua dualidade, é saudável e saboroso, leve e sacia, nutritivo e baixo em calorias”, ressalta Luiza Hegg, gerente de marketing da marca.

O Duo Tirolez está à venda em lojas de São Paulo, interior de São Paulo (até Campinas) e litoral. Ainda no primeiro semestre a novidade estará disponível para os consumidores de todo o Brasil.

Informações: Tirolez

Para voltar à rotina: Tapioca de Cottage com Ovo Mexido

Depois de aproveitar esses dias de festa é essencial voltar aos bons hábitos do dia a dia. A Tirolez, uma das marcas mais tradicionais de laticínios do País, ensina uma receita equilibrada para você. Fácil de preparar, a porção fica pronta em no máximo 10 minutos. Veja abaixo o modo de preparo.

Tapioca de Cottage com Ovo Mexido

Ingredientes:

4 colheres (sopa) de goma de tapioca hidratada
1 colher (sopa) de azeite
1/2 tomate sem semente picado
1 ovo batido
1 pitada de sal
1 pitada de pimenta-do-reino moída na hora
Salsa picada a gosto
2 colheres (sopa) de Cottage Tirolez

Modo de preparo:

Em uma frigideira, aqueça o azeite, refogue rapidamente o tomate e misture o ovo batido. Tempere com o sal, a pimenta e mexa bem. Desligue o fogo e salpique a salsa. Reserve. Sobre uma frigideira pequena aquecida, peneire a goma de tapioca de maneira uniforme. Tampe e deixe no fogo baixo por 2 minutos. Recheie metade da tapioca com cottage e o ovo mexido. Dobre a tapioca sobre o recheio, desligue o fogo e sirva seguida.

tapioca com queijo tirolez

Tempo de preparo: 10 minutos
Rendimento: 1 porção

Fonte: Tirolez

Confira como preparar lanchinhos saudáveis

A Tirolez sugere três receitas de sanduíches saudáveis, equilibrados e muito gostosos. E o melhor, eles são ótimas opções para colocar na lancheira do seu filho. Afinal, conseguir que as crianças tenham uma alimentação equilibrada parece uma missão impossível.

Por mais que tentemos inserir os legumes, verduras e frutas na alimentação dos pequenos, eles, na maioria das vezes, acabam preferindo os doces, frituras e tantos outros alimentos nada nutritivos. Aliás, você sabia que os queijos Tirolez, quando acrescentados nestes lanchinhos, trazem mais sabor e ajudam a disfarçar o gosto daqueles alimentos que as crianças ainda estão aprendendo a consumir?

E se o seu filho for intolerante à lactose, não tem problema. A Tirolez possui uma linha completa zero lactose, para que todos possam se deliciar com estas receitas. Além disso, precisamos suprir as necessidades reais e estar atentos ao consumo de nutrientes importantes para o desenvolvimento dos pequenos.

Práticos e gostosos, os queijos (sejam eles frescos ou maturados) apresentam naturalmente proteínas, minerais, como o cálcio, o fósforo, o magnésio e as vitaminas A e B2, que são essenciais ao bom funcionamento do organismo.

A primeira sugestão é o Sanduíche de Verão. O principal alimento desta opção é o tomate. O fruto é rico em cálcio e vitamina K, elementos que ajudam no fortalecimento dos ossos. O segundo tem como um dos ingredientes a beterraba. Fonte de ferro, esse legume ajuda a manter a anemia bem longe do seu pequeno e ainda contribui para o desenvolvimento cerebral.

Já o terceiro e último lanche, traz como ingrediente principal a abóbora, que é rica em vitamina A, que ajuda a manter o coração sempre forte. Viu só como é fácil inserir bons alimentos no dia a dia das crianças?

Sanduíche Delícia de Verão

sanduiche delicia verão.jpg

Ingredientes:
1 copo de Requeijão Cremoso Tirolez (200 g)
1 colher (sopa) de azeite (13 ml)
1 colher (sopa) de suco de limão (13 ml)
Sal
10 fatias de pão integral (220 g)
4 folhas de alface crespa em tiras (12 g)
½ xícara (chá) de palmito picado (100 g)
1 tomate grande cortado em rodelas (280 g)
270 g de Queijo Minas Frescal Tirolez em fatias

Modo de Preparo:
Em uma tigela, misture o requeijão, o azeite, o suco de limão e o sal a gosto. Espalhe esta mistura sobre um dos lados de 5 fatias de pão e distribua sobre elas a alface, o palmito, o tomate e o Queijo Minas Frescal Tirolez. Feche com as demais fatias e sirva.

Rendimento:5 sanduíches
Tempo de Preparo10 minutos

Sanduíche de Queijo Minas com Vegetais Marinados

sanduiche queijo minas.jpg

Ingredientes:
½ cenoura ralada
½ beterraba ralada
1 colher (sobremesa) de azeite
1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
1 pitada de sal
1 colher (café) de ervas finas
1 pão tipo baguete
2 fatias de Queijo Minas Frescal Tirolez

Preparo:
Em um recipiente, misture a cenoura e a beterraba, tempere com azeite, vinagre, sal e ervas. Corte a baguete ao meio; coloque duas fatias de Queijo Minas Frescal Tirolez. Se preferir, leve a baguete ao forno por alguns minutos para que o queijo derreta. Distribua os vegetais temperados sobre o queijo e feche com a outra metade do pão. Corte a baguete ao meio e sirva.

Rendimento: 2 porções (1/2 baguete por porção)
Tempo de preparo: 20 minutos

Sanduíche Rústico de Abóbora

sanduiche rustico de abobora

Ingredientes:
1 colher (chá) de azeite (10 ml)
1 abóbora de pescoço pequena (270g) cortada em fatias grossas (aproximadamente 7 mm)
4 fatias de Queijo Minas Frescal Tirolez (200g) cortadas ao meio
1 cebola pequena picada (120g)
½ colher (chá) de cúrcuma em pó (açafrão da terra)
3 colheres (sopa) de Creme de Queijo Minas Frescal Tirolez

Modo de Preparo:
Em uma frigideira, coloque um fio de azeite e disponha as fatias de abóbora. Cubra com uma tampa de panela e deixe dourar de um dos lados. Vire-as e repita o processo para que dourem do outro lado. Na mesma frigideira, doure ligeiramente as fatias de queijo. Ainda na mesma frigideira, aqueça o restante do azeite e doure a cebola. Desligue o fogo, junte o açafrão e o creme de Minas, e misture bem, formando um patê.
Monte o falso sanduíche, dispondo sobre uma tira de abóbora 1 fatia de queijo dourado e ½ colher (sopa) do patê de açafrão. Feche o sanduíche com outra fatia de abóbora e sirva ainda quente puro ou acompanhado de salada de folhas.

Tempo de preparo: 20 minutos
Rendimento: 4 porções

Fonte: Tirolez

É apaixonado por pão? Aprenda a preparar um sem glúten

Um dos alimentos mais antigos da humanidade e indispensável na mesa de café da manhã do brasileiro, o pão foi se modificando e ganhando inúmeras versões ao passar dos séculos.

Sem sombra de dúvidas, o queridinho e mais consumido por aqui é o pão francês. Versátil, esse alimento vai bem com cremes, queijos, geleias, entre outros. Entretanto, as pessoas que seguem uma alimentação equilibrada ou possuem alguma restrição ao glúten, procuram evitar essa delícia.

A Tirolez ensina uma incrível receita de Pão sem Glúten, que fica pronto em 5 minutos, para você deixar o seu lanche ainda mais saboroso. Veja abaixo o passo a passo e aproveite.

Pão sem Glúten

pao integral tirolez

Ingredientes
3 ovos
2 colheres de sopa de Requeijão
50g de Parmesão ralado (2 colheres de sopa bem cheias + ou -)
1 colher de chá fermento
Creme de Ricota

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes, exceto o Creme de Ricota por 5 minutos. Use uma travessa que possa ir ao micro-ondas. Leve ao micro-ondas por 5 minutos em potência alta. Depois de desenformado, use o acompanhamento que desejar. Aqui foi usado Creme de Ricota.

Fonte: Tirolez

Queijo de leite de búfala tem poderosos nutrientes

Os laticínios de búfala que antes tinham comercialização restrita na região da Ilha do Marajó, no Pará, estão cada vez mais ocupando espaço nas prateleiras de supermercados do Brasil. Hoje, já é possível encontrar com facilidade leite, queijo, mussarela e outros derivados, que têm se destacado no mercado pelo sabor e qualidade, além dos benefícios que proporcionam à saúde geral do corpo.

Estudos realizados pelo pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Agropecuária (Embrapa), mostraram que o queijo de búfala, por exemplo, tem 48% de proteína e 59% de cálcio a mais que o queijo comum. Segundo a nutricionista, Luana Simões, esses componentes beneficiam a dieta, além de fortalecer os músculos, proteger os ossos e dentes.

“O queijo do leite de vaca tem 100 Kcal, oito gramas de gorduras totais, sete de proteínas e 189 miligramas de cálcio. Já o de búfala conta com 90 Kcal, oito gramas de gorduras totais, cinco gramas de proteínas e 150 miligramas de cálcio”, explica a nutricionista.

Ainda sobre o ponto de vista nutricional, pesquisas revelam que há presença de maiores quantidades de componentes proteicos na atividade biológica da matéria prima do queijo de búfala, como as imunoglobulinas, proteínas que tem a função de reconhecer, guardar e neutralizar antígenos e criar anticorpos específicos para vírus; as lactoferrinas, proteínas do soro do leite com ação multifuncional; as lisozimas, enzimas que fazem parte do mecanismo de defesa contra bactérias e com função digestiva; os lactoperoxidases, compostos com forte ação antibacteriana, além das bactérias bifidogêncicas, as quais suprimem a atividade de outras bactérias que são putrefativas, que podem formar produtos tóxicos.

Além disso, outras propriedades nutricionais fazem com que o queijo de búfala seja mais aconselhável o consumo em relação ao da vaca, entre elas é a contribuição para a imunidade da glândula mamária, e elevados teores de gordura, lactose, proteínas, cálcio, ferro, fósforo e vitaminas A, C, B6 e E, e baixo teor de colesterol.

Alergias

Pesquisas recentes apontam que o leite de búfala, não tem a beta-caseína A1, proteína ligada ao aparecimento de uma série de doenças, como inflamações intestinais, que também são responsáveis por desencadear as alergias ao consumir leite de vaca, uma vez que apresenta a beta-caseína A1 e A2.

De acordo com o especialista em bubalinocultura, e detentor da marca Queijo do Marajó Tipo Creme da fazenda São Victor, Marcus Pinheiro, a búfala é mais resistente a doenças do que a vaca. “As búfalas são menos acometidas por medicação, portanto, produzem um leite mais saudável e sem toxinas, fatores que valorizam a matéria-prima em termos de proteínas e rendimentos”, explica.

queijo de bufala.png

Marcus fala também, que além do alto valor nutricional, o leite de búfala tem uma produção rentável, econômica e extraindo o melhor do laticínio. “Em média, com sete litros de leite de búfala, se faz um quilo de queijo com uma qualidade e sabor excepcional.”, explica.

Sobre Queijaria Fazenda São Victor

Presente há 12 anos no mercado paraense é detentora do certificado de qualidade artesanal do produto, por meio do Projeto Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Queijo do Marajó. Possui selo 013 no segmento de produto artesanal no Pará, com a produção do Queijo Marajó Tipo Creme, conquistou premiações expressivas no gênero alimentício, entre elas o primeiro lugar no XII Encontro Nacional de Criadores de Búfalos e II Marajó Búfalos, tendo o reconhecimento na maior premiação de queijos artesanais, “Medalha de Bronze”, no III Prêmio Queijo do Brasil, e “Super Ouro, no IV Queijo Brasil, em São Paulo.

Alimentação balanceada e exercícios físicos, os verdadeiros segredos da beleza

Uma pesquisa realizada pela Universidade McMaster, em Ontário (Canadá), reuniu voluntários na faixa dos 60 anos com uma pele considerada normal para a idade. O grupo passou por um programa de treinamento de resistência bastante simples. Eles precisavam, duas vezes por semana, correr ou andar de bicicleta em um ritmo moderadamente extenuante. Após novos testes, o resultado foi surpreendente. Os voluntários passaram a ter peles com características iguais as verificadas em pessoas entre 20 e 40 anos.

Como os exercícios alteram a composição da pele ainda não está completamente claro. Porém, os cientistas puderam verificar alterações nos níveis de miosina, proteína natural do corpo que ao entrar na corrente sanguínea provoca mudanças até nas células mais distantes dos músculos. Após o exercício, os pesquisadores encontraram nas amostras de pele dos voluntários um aumento de quase 50% de uma miosina em especial: a chamada IL-15.

mulher praia alongamento.jpg

“Depois dos 40 anos a maioria das pessoas passa a experimentar um espessamento do chamado estrato córneo, a camada mais externa da pele. Composta principalmente de células mortas e colágeno, ela se torna mais seca, quebradiça e densa. Ao mesmo tempo, a camada abaixo da epiderme (a derme) começa a ficar mais fina e perde elasticidade, resultando numa aparência mais translúcida e sem vigor”, comenta a Luciana Maluf, dermatologista e consultora de Beleza da Condor.

Comer bem

Uma alimentação equilibrada e que evita elementos prejudiciais (frituras, industrializados, açúcar em excesso etc) é a primeira regra para a saúde da pele. Neles estão os chamados antioxidantes não enzimáticos, que oferecem uma fonte extra para nutrientes essenciais, como a vitamina C e a vitamina E, além do betacaroteno.

Nesse grupo de alimento estão:

abacate-avocado-org
Foto: Avocado.org

Abacate – a fruta contém óleos essenciais e vitaminas do complexo B. Uma delas em especial, a B3 ou niacina, é a que faz bem à pele. Uma unidade contém cerca de 27% da necessidade diária dessa vitamina.

manga

Manga – além de deliciosa e refrescante, a manga fornece mais de 80% da necessidade diária de vitamina A, fundamental para a boa saúde da pele. O elemento ajuda na renovação celular e evita o ressecamento.

amendoas JasonGillman
Foto: Morguefile/Jason Gillman

Amêndoas – ricas em vitamina E, uma porção de amêndoas oferece mais de 50% da necessidade diária dessa vitamina conhecida por ajudar a combater o envelhecimento precoce.

quijo cottage leite pixabay
Pixabay

Queijo tipo cottage – além do cálcio, benéfico à saúde dos ossos, o queijo cottage também contém selênio, que combate os radicais livres, ajudando a prevenir o envelhecimento. Fora que o cottage é o “magrinho” da família.

acerola kamuelaboy
Foto: Kamuela/MorgueFile

Acerola – ela já é conhecida por ser poderosa aliadas contra o envelhecimento precoce. A acerola fornece a quantidade total de vitamina C necessária para um dia. E ainda previne contra rugas precoces e auxilia na produção de colágeno.

batata assada pixabay

Batatas assadas – apenas uma unidade fornece cerca de 75% da necessidade diária de cobre, mineral que, em parceria com a vitamina C e o zinco, produz elastina. É a deficiência desse mineral que deixa a pele rígida e sem vida.

mushroom cogumelo

Cogumelos – também oferecem boas quantidades de vitamina B. A chamada riboflavina é responsável pela manutenção e reparação da pele, ajudando a evitar problemas como a rosácea, por exemplo.

linhaça

Linhaça – as sementes estão entre as principais fornecedoras de ômega 3, uma gordura essencial e que mantém a pele saudável.

É fundamental, no entanto, antes de começar a mudança nos hábitos alimentares, consultar um profissional especializado.

Fonte: Condor

Inove no sabor: aprenda como preparar coxinha de carne louca

A coxinha é um dos salgados mais amados pelos brasileiros. Hoje, é possível encontrar uma versatilidade de sabores, do salgado ao doce, proporcionando novas experiências e ampliando o número de apaixonados por essa incrível iguaria nacional.

Pensando nisso, a Tirolez ensina o passo a passo da maravilhosa Coxinha de Carne Louca. Já experimentou algo parecido? Então, arrase. Preparar molhos diversos para acompanhar é uma ótima pedida para deixá-la ainda mais incrível. Aproveite as dicas e bom apetite.

Coxinha de Carne Louca

Ingredientes

Recheio:
1 kg de lagarto em cubos grandes
1 folha de louro grosseiramente picada
2 dentes de alho picados
½ colher (chá) de cominho moído
Sal
4 tomates maduros em cubos grandes
4 colheres (sopa) de azeite
1 cebola grande em cubos pequenos
1 pimentão vermelho em cubos pequenos
1 pimentão amarelo em cubos pequenos
4 colheres (sopa) de vinagre
½ lata de extrato de tomate (70 g)
Pimenta-do-reino

Massa:
3 batatas médias (500 g)
150 g de Manteiga com Sal Tirolez
5 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de sal

Montagem:
1 sachê de Requeijão Cremoso Tirolez (250 g)
5 claras de ovo
3 xícaras (chá) de farinha de rosca
Óleo para fritar

Modo de Preparo:

Comece pelo recheio: tempere o lagarto com o louro, o alho, o cominho e o sal. Acrescente os tomates, 3 colheres (sopa) do azeite e 4 xícaras (chá) de água (800 ml). Cozinhe na panela de pressão, em fogo médio, por 40 minutos contados a partir do início da pressão. Refogue a cebola e os pimentões no restante do azeite. Quando a panela de pressão já estiver fria, abra-a com cuidado e misture a cebola, os pimentões, o vinagre e o extrato de tomate à carne. Se o caldo tiver secado, adicione de 1 a 2 xícaras (chá) de água (400 ml) e deixe cozinhar por mais vinte minutos. Acerte o tempero com sal e pimenta-do-reino. Reserve para que esfrie.

Enquanto o recheio esfria, prepare a massa: lave bem as batatas e cozinhe-as em 4 litros de água temperada com sal, até que, espetando um garfo, elas estejam macias. Retire as batatas e reserve a água quente. Esprema as batatas com um espremedor, fazendo um purê. Em outra panela, coloque o purê, 5 xícaras (chá) da água quente do cozimento (caso haja pouca água, complete com água fria) e a manteiga. Mexa constantemente e, quando ferver, coloque a farinha de uma só vez. Mexa vigorosamente até formar uma massa lisa e homogênea que desgrude do fundo e das laterais da panela. Retire do fogo e despeje sobre uma superfície limpa e seca. Deixe amornar e sove até que esfrie completamente.

Monte as coxinhas:
Porcione a massa em 65 bolinhas (cerca de 30 g cada). Modele as bolinhas e abra-as com os dedos, formando copinhos (posicione o dedo indicador no centro de cada bolinha e pressione levemente, girando-a). Repita o processo com todas as porções e recheie com a carne louca, pressionando delicadamente o recheio contra as “paredes” da coxinha, para deixar um espaço no centro para o requeijão. Finalize com o requeijão ainda gelado, fazendo um corte pequeno em uma das pontas da embalagem e pressionando-a para preencher a cavidade. Una as bordas das coxinhas, fazendo o acabamento no formato de um bico. Passe-as nas claras e, em seguida, na farinha de rosca. Aqueça o óleo e frite as coxinhas aos poucos, até que estejam douradas. Retire-as com uma escumadeira e deixe escorrerem em um prato forrado com papel-toalha. Sirva a seguir, ainda quentes.

coxinha carne louca

Fonte: Tirolez

Curinga na cozinha, omelete fica ainda mais rica e gostosa com queijo

Bastam alguns ovos e um bom pedaço de queijo para, em menos de cinco minutos, o um lanche ou até mesmo um jantar ficar pronto. Para o dia a dia, poucos pratos são tão versáteis quanto a omelete, um clássico na cozinha que mesmo chefs de primeira viagem conseguem fazer.

Ninguém sabe ao certo quando esse prato foi criado, mas há uma teoria de que na antiga Pérsia já se consumiam ovos batidos com ervas e depois levados a uma chapa. Mas o prato foi batizado com a palavra francesa “omelette” por Annete Poulard, no fim do século XIX. Moradora do Mont Saint-Michel, na Normandia, um local de peregrinação, Madame Poulard teria criado a delícia como uma refeição saudável, rápida e nutritiva para alimentar os peregrinos que chegavam ao santuário.

A omelete – ou o omolete, pois ninguém sabe ao certo se é masculino ou feminino – é um prato rápido, mas que tem seus segredinhos. Um deles é adicionar um pouco de leite aos ovos na hora de bater, o que dá uma consistência aerada à receita. Mas, atenção: não bata demais, para a omelete não ficar dura. Calcule entre 2 e 3 ovos por pessoa. Depois de ir ao fogo em uma panela antiaderente, basta rechear com os itens de sua preferência.

Como poucos ingredientes combinam tanto com ovos quanto queijos, a Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de laticínios do país, sugere três diferentes recheios: Minas Frescal e Alho Poró; Queijo Reino; e Queijo Cottage. Este último foi feito sob medida para quem está de dieta ou busca um prato rico em proteínas para depois do treino: em vez de utilizar 8 ovos, a receita utiliza 4 ovos inteiros e 4 claras. Fica bem leve, pois a clara não tem gordura, mas é rica em albumina, proteína essencial para a recuperação dos músculos após o exercício físico.

Veja abaixo como preparar estas delícias para a família:

Omelete de Minas Frescal com Alho-poró

omelete tirolez2

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de Manteiga Tirolez (28 g)
1 dente de alho picado (4 g)
1 talo pequeno de alho-poró picado (100 g)
1 colher (chá) de sal (4 g)
Noz-moscada a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
3 fatias de peito de peru defumado cortado em tiras (33 g)
1 xícara (chá) de Queijo Minas Frescal Tirolez (150 g) cortado em cubos pequenos
3 ovos (100 g)
3 colheres (sopa) de leite (20 ml)

Modo de Preparo:
Aqueça 1 colher (sopa) de manteiga e doure o alho. Junte o alho-poró e refogue até que comece a dourar. Tempere com ½ colher (chá) de sal, noz-moscada e pimenta-do-reino. Desligue o fogo e misture o peito de peru e os cubos do queijo. À parte, bata ligeiramente com um garfo os ovos, o leite e o restante do sal. Tempere com noz-moscada. Aqueça o restante da manteiga em uma frigideira grossa e antiaderente. Despeje a mistura de ovos, espalhando-a bem. Com a ajuda de uma espátula, vá empurrando levemente as bordas da omelete para o centro da frigideira. Quando as bordas estiverem firmes, coloque o recheio de alho-poró e queijo em um dos lados da omelete e dobre-a ao meio. Passe para uma travessa e sirva em seguida, ainda quente.

Tempo de Preparo: 15 minutos
Rendimento: 2 porções

Omelete leve do Reino

omelete tirolez3

Ingredientes:
2 ovos
2 colheres (sopa) de leite
Sal, pimenta do reino a gosto
1 colher (chá) de cheiro verde picado
1 colher de chá de manteiga
50g de queijo Queijo Reino Lanche Abre Fácil Tirolez em fatias

Modo de Preparo:
Bata os ovos com o leite até ficar levemente aerado. Acrescente a cheiro verde picado e tempere com sal e pimenta a gosto. Em uma frigideira aqueça a manteiga e despeje a mistura de ovos com cuidado. Mexa delicadamente com uma espátula puxando das bordas para o centro para que a omelete fique mais cremosa. Quando as bordas estiverem cozidas e o centro levemente úmido, espalhe das fatias do queijo pelo meio e dobre as pontas em direção ao centro. Sirva em seguida.

Tempo de Preparo: 15 minutos
Rendimento: 1 porções

Miniomeletes Fofinhos com Cottage

omelete tirolez4

Ingredientes:
4 ovos
4 claras
1 pote de Queijo Cottage Tirolez (250 g)
Colher (café) de sal
1 colher (sopa) de salsinha picada
1 colher (café) de azeite

Modo de Preparo:
Com a ajuda de um garfo, bata bem os ovos e as claras, até “espumarem” bem; junte 2 colheres de sopa do Queijo Cottage Tirolez; tempere com sal e salsinha. Unte uma frigideira pequena com azeite e aqueça; coloque uma concha da mistura de ovos; caso não tenha uma frigideira pequena pode utilizar um aro para fazer sua miniomelete.
Deixe cozinhar de um lado e vire; deixando que cozinhe do outro lado também; repita a operação até acabar com os ovos. Coloque mais uma colher de sopa de Queijo Cottage Tirolez sobre cada omelete e sirva.

Tempo de Preparo: 20 minutos
Rendimento: 6 porções

Fonte: Tirolez

Prepare um novo cardápio com o que não foi consumido nas festas de fim de ano

Nas comemorações de fim de ano há sempre uma mesa colorida e repleta de comida. A família e os amigos reunidos criam um ambiente cheio de amor e alegria, e nada mais justo do que aproveitar cada segundo desse momento.

É comum que, devido à fartura dessa época, uma grande quantidade de alimentos acabe sobrando. Para ajudar você a ter um bom aproveitamento e reutilizar alguns itens, a Tirolez ensina o passo a passo para preparar um delicioso Patê de Figo e Pistache e uma irresistível Nuvem de Ricota com Calda de Frutas Vermelhas.

O patê tem dois ingredientes que são essenciais nas festas de fim de ano: figo e pistache. Ambos costumam estar presentes nesse período, seja em uma entradinha ou no prato principal. Além de muito saboroso, é prático e fica pronto em apenas 5 minutos.

Já para a sobremesa, você irá usar as frutas vermelhas para dar aquele toque especial. Essa incrível receita de preparo rápido promete adoçar a vida e deixar todos querendo bis.

Patê de Figo e Pistache

pate de figo e queijo.jpg

Ingredientes
1 embalagem de Creme de Ricota Tirolez (250g)
50 g de pistache torrado, descascado e picado
100 g de figo seco picado
½ colher (chá) de sal (4g)
molho de pimenta

Modo de Preparo
Em uma tigela, coloque o Creme de Ricota Tirolez, o pistache, o figo, o sal e o molho de pimenta (a gosto) e misture bem até ficar homogêneo. Sirva como aperitivo sobre fatias de pão, torradas ou canapés.

Nuvem de Ricota com Calda de Frutas Vermelhas

nuvem de ricota.jpg

Ingredientes

Para a nuvem:
½ sachê de gelatina em pó incolor e sem sabor (6g)
1 embalagem de Creme de Ricota Tirolez (250g)
¼ de xícara (chá) de adoçante sucralose (7g)
½ xícara (chá) de leite desnatado (100ml)
½ colher (chá) de essência de baunilha (3ml)
suco de ½ limão (15ml)

Para a calda:
300 g de frutas vermelhas congeladas
3 colheres (sopa) de mel (54g)

Modo de Preparo

Nuvem de ricota:
Em um recipiente, coloque 3 colheres (sopa) de água e meio sachê de gelatina em pó. Deixe hidratar por 3 minutos. Em banho-maria, aqueça a gelatina, mexendo sempre, para dissolvê-la. Ela deverá ficar transparente e líquida, mas não quente. Reserve.Na batedeira, coloque o Creme de Ricota Tirolez, o adoçante, o leite, a essência de baunilha e o suco do limão. Bata por 5 minutos na velocidade máxima. Diminua para a velocidade mais baixa, acrescente a gelatina e bata até misturar bem. Disponha o creme em xícaras de café ou pequenas taças e leve para a geladeira por 3 horas ou até que esteja firme.

Calda:
Coloque as frutas, 1 xícara (chá) de água e o mel em uma panela e cozinhe em fogo médio por 20 minutos ou até obter uma calda um pouco espessa. Reserve.

Monte a sobremesa:
– Cubra a nuvem de ricota com a calda de frutas vermelhas e sirva a sobremesa gelada.

Rendimento: 6 porções
Tempo de Preparo: 15 minutos

Além dessas receitas, é possível encontrar muitas outras no site da Tirolez clicando aqui. 

Tirolez ensina a montar tábua de queijos para as ceias

Inspire-se na tradição francesa e veja quais as combinações ideais para transformar a tábua de queijos na estrela da festa

É impossível passar pelas vitrines das queijarias e confeitarias na França nesta época do ano em se encantar. Elas têm muito mais do que doces, macarons coloridos (tradicionais doces franceses), pães de mel e outras delícias: o ponto alto da ceia francesa são os queijos. Uma das tradições é montar a mesa usando moldes cortadores com formato de estrelas, árvores de natal e sinos e usar diversos tipos de queijos com motivos natalinos, misturando-os com frutas in natura ou secas, geleias, nozes e outras guloseimas.

Para você inovar na ceia e receber a família e amigos nas festas deste ano, a Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de laticínios do País, ensina a fazer uma tábua de queijos especiais.

O primeiro passo é escolher os queijos certos. Como no Brasil o Natal ocorre em pleno verão, os melhores são os de massa mais firme, que resistem bem fora da geladeira e entregam mais sabor quando são consumidos em temperatura ambiente. Por isso, é melhor evitar queijos frescos. Uma tábua completa deve ter pelo menos cinco tipos de queijos com sabores bem diferentes.

As sugestões são: Gorgonzola, que é picante, salgado e combina bem com sabores adocicados, como uvas, mel e cerejas; Reino, também picante e com uma textura firme, que derrete na boca e fica saboroso quando harmonizado com frutas in natura, geleias de frutas ou de cebola caramelizada; Emmental, de sabor suave, ligeiramente adocicado e com olhaduras (furinhos), que dão um charme extra para a mesa; Provolone, que tem sabor bem característico, lácteo e defumado; e Edam, que, com seu sabor adocicado, vai muito bem com frutas frescas ou secas.

Veja dicas da Tirolez para a montagem da tábua natalina:

tabua de queijos 2

=Monte a tábua com os queijos já porcionados, o que vai facilitar que os convidados se sirvam. Uma dica charmosa é utilizar cortadores de biscoitos para dar forma aos queijos; ou corte em forma triangular, lembrando a árvore de Natal. Fatie o queijo com espessura aproximada de um dedo (1 centímetro) antes do corte no formato escolhido;
=As cores típicas do Natal são o vermelho e o verde. Por isso, aproveite a casquinha do queijo Edam para dar cor à mesa. Ela é feita com corante alimentício e pode ser consumida. Mas, nessa hora da decoração o que importa mesmo é a sua criatividade;

tabua de queijos
=Todos os queijos combinam com as frutas secas típicas do Natal, como damascos, tâmaras, uvas e ameixas. Elas complementam bem a tábua de queijos, junto com nozes, castanhas e amêndoas;
=Vinhos brancos secos, como os feitos com as uvas Sauvignon Blanc ou Chardonay combinam bem com queijos. Esses vinhos devem ser servidos gelados e são ideais para essa época do ano;

queijos tabua vinho
=Para o Gorgonzola, a combinação mais clássica é o vinho do Porto, bem adocicado. Ele também pode ser resfriado antes de servir;
=Caso queira, vale colocar plaquinhas escritas a mão, indicando quais são os tipos de queijos servidos;
=Não desperdice as aparas dos queijos que foram cortados em formatos natalinos. Utilize para enriquecer seus molhos.

Fonte: Tirolez