Arquivo da categoria: queijo

Ponto Chic ensina a fazer seu famoso bauru que completou 80 anos

O sanduíche, que ganhou o apelido de seu criador, tem um sabor inconfundível com ingredientes como rosbife, tomate, pepino em conserva e uma mistura de quatro queijos, um dos diferenciais da receita

O Ponto Chic é um dos bares mais tradicionais de São Paulo, com mais de 90 anos de existência e história. Foi no Largo do Paissandu onde tudo começou, na loja mais tradicional, fundada em 1922. Sua inauguração coincidiu com a Semana de Arte Moderna, e logo os intelectuais, artistas e modernistas adotaram o local como reduto. Frequentada por grandes celebridades como Mario de Andrade, Anita Malfatti, Monteiro Lobato e tantos outros.

Os alunos da Faculdade de Direito do Largo São Francisco também se tornaram assíduos frequentadores. Um de seus mais ilustres alunos, Casimiro Pinto Neto, o Bauru, que tinha esse apelido por ser da cidade de mesmo nome, do interior de São Paulo, foi o protagonista na criação do sanduíche mais pedido da casa alguns anos mais tarde (1937). E, em 2017, a receita original do lanche Bauru completou 80 anos, uma história recheada de sabores.

O prédio centenário mantém sua fachada original. Cardápio completo de pratos, lanches e petiscos. Conta com drinques variados, carta de vinhos da Casa Valduga e chope Brahma. Além de manter a receita original do famoso Bauru até hoje, tanto no Largo do Paissandu, como nas lojas de Perdizes e Paraíso.

O sanduíche, de sabor inconfundível, ganhou o apelido de seu criador – “Era um dia que eu estava com muita fome. Cheguei para o sanduicheiro Carlos – hoje já falecido – e falei: Abre um pão francês, tira o miolo e bota um pouco de queijo derretido dentro. Depois disso, o Carlos já ia fechando o pão e eu falei: – Calma, falta um pouco de albumina e proteína nisso (tinha lido em um opúsculo livreto de alimentação para crianças, da Secretaria da Educação e Saúde, escrito pelo ex-prefeito Wladimir de Toledo Piza, também frequentador do Ponto Chic – que a carne era rica nesses dois elementos). Bota umas fatias de rosbife junto com o queijo. E ele ia fechando de novo quando eu tornei a falar: – Falta a vitamina, bota aí umas fatias de tomate. Quando eu estava comendo o segundo sanduíche, chegou o “Quico” – Antonio Boccini Jr. -, que era muito guloso e pegou um pedaço do meu sanduíche e gostou. Aí ele gritou para o garçom, que era um russo chamado Alex: – Me vê um desses do Bauru”, contou Casimiro Pinto Neto.

“Os amigos foram experimentando e o nome foi ficando. Todos, quando iam pedir, falavam: Me vê um do ‘Bauru’ e assim ficou o nome de Bauru para o sanduíche inventado por Casimiro Pinto Neto.

Um dos diferenciais do lanche é o preparo da mistura de queijos. São quatro tipos fundidos em banho-maria (queijo prato, estepe, gouda e suíço), preparados de um jeito único. Os chapeiros do Ponto Chic são treinados para manter o sabor da receita original, assim, geração após geração, quem visitar as lojas terá sempre a mesma experiência deliciosa ao provar o verdadeiro bauru.

Algumas lanchonetes adicionaram aos seus cardápios elementos inspirados na receita do nosso bauru, difundindo ainda mais a fama do sanduíche ao redor do Brasil, mas o original só o Ponto Chic tem. Confira o vídeo para descobrir como essa delícia é preparada.

A receita ainda leva fatias de rosbife, tomate e pepino em conserva, tudo no pão fresquinho e crocante. Originalidade e sabor que fazem toda a diferença. Confira:

bauru ponto chic

Bauru ao Ponto Chic

Ingredientes

70g de Rosbife
100g de queijo (proporções iguais de Estepe, Prato, Gouda e Suíço) derretidos em banho-maria
3 rodelas de pepino em conserva
3 rodelas de tomate
1 pão francês (60g)

*Rosbife – Peça inteira de lagarto assado em fogo alto (braseiro), deixando dourada por fora e ao ponto por dentro
*Queijo – Mistura-se proporções iguais dos quatro tipos de queijo e cozinha-se em água com manteiga até completa mistura dos quatro.
*Pepino: pepinos inteiros cozidos no vinagre por 7 dias.

Modo de Preparo

Corta-se um pão francês ao meio no sentido horizontal. Retira-se o miolo da parte superior. Na parte inferior coloca-se de 5 a 6 fatias de rosbife. Em cima do rosbife são colocadas 3 rodelas finas de tomate. Em cima do tomate são colocadas 3 rodelas finas de pepino em conserva. Em uma forma ou frigideira aqueça um pouco de água (300ml) sem deixar ferver. Coloque para derreter na água 10g de manteiga. Após derreter a manteiga mistura-se, em proporções iguais de cada tipo de queijo e deixa derreter até formar uma pasta homogênea. Na parte superior do pão (canoa) coloca-se o queijo derretido. A parte superior do pão é colocada sobre a parte que já está preparada. Corta-se ao meio em diagonal e pode saborear o verdadeiro Bauru em sua forma original.

ponto chic paissandu
A primeira loja, no Paissandu

Lojas do Ponto Chic:

Paissandu – Largo do Paissandu, 27
Perdizes – Largo Padre Péricles, 139
Paraíso – Praça Oswaldo Cruz, 26

 

Anúncios

Receita de pão de queijo de batata doce

Ah, o pão de queijo… Como não amar um prato típico e delicioso como esse? Ainda mais quando ele ganha uma versão saudável e saborosa. A influenciadora digital, Viviane Almeida, do Doce Saúde Fit, desenvolveu uma versão saudável do famoso prato: Pão de queijo com batata doce. Ele é ideal para quem quer manter uma alimentação equilibrada, levando menos de 1 grama de gordura em sua preparação.

Pão de queijo de batata doce 

Ingredientes

· 30g batata doce cozida e amassada
· 1 colher de sopa de chia
· 1 Colheres de sopa linhaça dourada
· 1 colher de sopa de Manteiga derretida ou azeite
· 1/2 colher café de sal rosa
· 2 Colheres de sopa de leite
· 1 xícara de ricota Ralada ou desmanchada nas mãos mesmo
· entre 8 a 10 colheres de sopa de polvilho doce
· 2 ovos

Modo de preparo

Coloque os ovos, o leite e a manteiga em uma bacia de vidro, mexa bem, acrescente a batata doce e a chia, linhaça, mexa novamente, a ricota, mexa, vá acrescendo o polvilho aos poucos, de 3 em três colheres, comece a moldar a massa com as mãos, quando a massa desgrudar das mãos é o ponto para enrolar. Coloque numa forma untada e asse em forno médio 180 a 200 graus por 40 minutos ou até dourar.

Pão de queijo de batata doce

Rende 22 pães de queijo e cada porção tem menos de 2 gramas de gordura, comparado ao pão de queijo tradicional que tem mais de 15 gramas a porção.

 

Queijo Brie na Massa Folhada com Geleia de Amora

O Queijo Brie na Massa Folhada com Geleia de Amora é um dos pratos mais pedidos do Boteco Boa Praça, que fica no Itaim Bibi em São Paulo. Quer aprender a fazer esta delícia? Siga o passo a passo a seguir:

Queijo Brie na Massa Folhada

Ingredientes
250g de Quejo Brie
50g de Massa Folhada Laminada
1g de Sal
1 Gema de Ovo

Modo de Preparo
Abrir a massa folhada e colocar o queijo brie por cima, no centro da folha.
Colocar mais uma lâmina sobre o queijo brie, fechando bem. Se necessário, pincelar um pouco de água para grudar uma folha na outra. Retirar o excesso de massa e usar para decorar o queijo brie, por cima da massa, em tiras. Firmar a borda com um garfo.
Bater a gema e pincelar sobre a massa folhada. Temperar com sal. Assar em forno pré aquecido a 180º por 30 minutos ou até a massa estiver bem dourada.

Geleia de Amora
1kg de amora
330g de açúcar
200ml de mel
2 unid. de limão
5g de sal
1g de pimenta do reino

Modo de Preparo
Em uma panela, fogo baixo, adicionar a amora e o açúcar. Espremer o suco dos limões e deixar cozinhar até o ponto de geleia. Mexer, às vezes, para não deixar queimar o fundo.

brie folhado

Rendimento: 1 porção – Tempo de preparo: 40 minutos

Fonte: Boteco Boa Praça

 

 

 

Quiche gourmet com queijo Gruyère

Da culinária francesa às mesas do mundo inteiro, a Quiche Lorraine ganhou apreciadores nos mais variados lugares por agradar ao paladar de muita gente. De fácil preparo, a receita ganha um toque de chef ao incluir o queijo Gruyère Faixa Azul.

O queijo Gruyère Faixa Azul faz parte da linha de queijos especiais da marca brasileira. Feito exclusivamente com leite de vaca cru (não-pasteurizado), o produto lácteo foi criado nos Alpes Suiços há mais de 900 anos e recebe fermento em sua formulação, o que resulta nos famosos furinhos.

Confira a receita abaixo:

Quiche Lorraine

Ingredientes
Massa:
3 colheres (sopa) de farinha de trigo (50 g)
125 g de manteiga (pouco mais de metade de um tablete)
1 ovo
1 colher (chá) de água (5 ml)
sal a gosto
manteiga e farinha de trigo para untar e enfarinhar

Recheio:
1 xícara (chá) de leite (240 ml)
1 xícara (chá) de creme de leite fresco (240 g)
4 ovos
80 g de bacon em cubinhos
80 g de queijo Gruyère Faixa Azul ralado grosso
sal a gosto
pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparar
Massa:
Em uma tigela, adicione todos os ingredientes e misture bem com as mãos até obter uma massa homogênea. Modele uma bola com a massa, embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 10 minutos. Em uma superfície lisa e enfarinhada, abra a massa com o auxílio de um rolo. Unte e enfarinhe uma fôrma de quiche (com fundo removível). Forre o fundo e as laterais da fôrma com a massa. Reserve.

Recheio:
Preaqueça o forno a 180°C . Em uma vasilha, bata (com um batedor de arame ou garfo) os ovos, o leite e o creme de leite até a mistura ficar homogênea. Tempere com sal e pimenta a gosto. Reserve. Aqueça uma frigideira antiaderente e doure os cubinhos de bacon. Retire o excesso de gordura com papel absorvente. Reserve.
Forre a massa da quiche com o queijo Gruyère Faixa Azul ralado, distribua os cubinhos de bacon e cubra com o creme de ovos e creme de leite.
Leve ao forno para assar por 30 minutos, ou até que a superfície fique dourada.

quiche gourmet

Rendimento: 8 porções

Fonte: Faixa Azul

 

 

Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes tem concurso de queijos

Evento, que faz 20 anos em 2017, vai até o dia 27 de agosto

O Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes continua a todo vapor. Desde a última sexta-feira (18), o evento, que em 2017 faz 20 anos de história e presta homenagem ao estado de Minas Gerais, vem promovendo aulas de culinária com chefs renomados, restaurantes na praça, atrações artísticas e culturais pela cidade histórica mineira. No próximo final de semana a programação segue com as atividades, que são gratuitas.

No sábado, acontece a final do Concurso Queijo Minas Artesanal. A competição, que chega a sua 10ª edição, vai eleger os melhores queijos das sete regiões produtoras do estado: Araxá, Campo das Vertentes, Canastra, Cerrado, Serra do Salitre, Serro e Triângulo Mineiro. O julgamento será às 10 horas no Espaço Degustação da Praça Senac do Conhecimento e os vencedores serão premiados às 17 horas, no palco da Praça da Rodoviária.

No Espaço Cozinha ao Vivo, na Praça SESC Campo das Vertentes, o chef Rodolfo Mayer, do restaurante Angatu, de Tiradentes, ensina sua receita de Arroz de Pato. Já no Espaço Interativo, onde o público pode colocar a mão na massa com a orientação dos profissionais, Rafael Pires, do Pacco & Bacco, mostra como se prepara seu Pastel de Angu.

concurso-do-queijo-minas-artesanal-integra-o-festival-de-gastronomia-de-tiradentes

Outros nomes que darão aulas durante o Festival são Rafael Tocchetto, do Campagne Restaurante (Macacos – MG), Gabriel Valadão, da Queijaria Bem Mineiro (Casa Branca – MG), Isabela Peregrino, da Epamig, falando sobre vinhos mineiros.

Para animar ainda mais o Festival, peças de teatro e atrações musicais acontecem na Praça da Rodoviária e na Praça SESC Campo da Vertentes. No sábado, a cantora Fernanda Takai se apresenta às 21 horas.

rodrigo_img_2787

O Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes faz parte do calendário do Fartura – Comidas do Brasil, um dos maiores projetos de gastronomia do país. No final de semana passado, o evento atraiu 22 mil pessoas para a cidade histórica mineira. Entre os destaques, o chef Rodrigo Zarife, do restaurante Ro.Za, de Belo Horizonte, ensinou a fazer uma paella gigante, no espaço Cozinha ao Vivo.

Conhece o Queijo Santo Casamenteiro?

Eu fiquei apaixonada pela imagem deste queijo. Ele me lembra um bolo, daqueles bem suculentos. Criado por Queijos Cruzília para ser um queijo único, Santo Casamenteiro promete ser uma opção diferenciada também quanto às ocasiões de consumo e de público-alvo. Fruto de uma receita exclusiva premiada na América Latina e na França, ele reúne Azul de Minas (exclusivo queijo de mofo azul de terroir nacional), cream cheese, nozes e damascos.

Por apresentar um sabor menos acentuado do que os outros queijos de mofo azul é companhia ideal para vinhos brancos como Chardonnay e Sauvignon Blanc; espumantes Brut e vinhos do Porto. Com isso, se destaca como uma opção versátil tanto nos dias quentes quanto nos frios e, especialmente, para ser consumido num país como o Brasil no qual o inverno tende a ser mais ameno. Além disso, tais características tornam Santo Casamenteiro uma iguaria mais atraente para o público feminino cujo paladar é menos acostumado em relação a queijos de mofo.

Importante destacar também a conexão existente entre o queijo e seu padroeiro: Santo Antonio. Afinal, Santo Casamenteiro surgiu com a proposta de promover uma combinação ideal entre ingredientes, textura e sabores e para celebrar a união entre as pessoas pelo amor. Há indícios de que ele, de fato, estaria sob a proteção do santo. Em 13 de junho, Santo Casamenteiro ganhou a medalha de Prata, no 3º Salão Mundial do Queijo e Produtos Lácteos 2017 de Tours, na França.

O evento bianual contou com a participação de 650 variedades de queijos, de 190 expositores, que foram avaliadas por 125 jurados especializados no concurso internacional de Melhor Produto (Produit Laitiers). Paralelamente também foi realizado o concurso internacional de Melhor Queijeiro.

Outro diferencial do queijo Santo Casamenteiro é a embalagem skin pack à vácuo. Tendência na Europa, ela alia apresentação e aumenta o shelf life, que é de 90 dias no ponto de venda. Após a abertura, deve ser consumido em até três dias.

Santo Casamenteiro integra o portfólio da linha de queijos exclusivos da Cruzília. Em sua fabricação estão misturados processos industriais e artesanais, caso da enformagem que é realizada manualmente.

queijo casamenteiro.jpg

 

Queijos Cruzília

Fundada no fim dos anos 1980, a empresa produz duas dezenas queijos finos, cotidianos e criações próprias, divididas em três linhas: “Cruzília Todos os Dias”, “Cruzília Reserva” e os queijos exclusivos: “Azul de Minas”, “A Lenda” e “Santo Casamenteiro”. A distribuição é nacional por meio das principais redes varejistas (Grupo Pão de Açúcar, Carrefour, Walmart, St. Marché etc.), e empórios (Casa Santa Luzia e Eataly), além de lojas próprias no Mercadão Municipal de São Paulo e na cidade de origem Cruzília (MG).

Informações: Cruzilia

Receita assinada pelo chef Felipe Bronze para Polenghi e Croasonho

Combinação de peito de frango ao curry, Creme de ricota Polenghi com limão, alho poró e rúcula será adicionada ao cardápio por tempo limitado

Com o objeto de oferecer momentos marcantes e saborosos aos consumidores, a Polenghi  fechou uma parceria com a Croasonho, única rede de franquias especializada em croissants recheados do país, que passa a incluir no seu cardápio o Creme de Ricota Polenghi.

A parceria faz parte da campanha Croasonho do Chef, que tem como primeiro recheio a receita peito de frango ao curry, Creme de ricota Polenghi com limão, alho poró e rúcula, criada por Felipe Bronze, chef e apresentador dos programas The Taste Brasil, Que seja Doce e Perto do Fogo, do canal GNT.

A combinação foi elaborada a partir dos ingredientes favoritos do chef com seu toque de criatividade, um dos diferenciais do seu trabalho na culinária brasileira, que garantiu uma mistura refinada para o cardápio. “O Creme de Ricota Polenghi é uma excelente opção para quem procura uma alimentação mais saudável, pois substitui ingredientes clássicos como creme de leite, maionese, cream cheese, requeijão e até o leite condensado, transformando receitas tradicionais em refeições mais leves e saborosas”, comenta Rodrigo Araújo, gerente de marcas da Polenghi.

A campanha tem duração de três meses e a expectativa é de que o sabor seja campeão de vendas nas mais de 70 lojas da rede. “Apostamos fortemente na versatilidade e sinergia das marcas com o público. Comemoramos a parceria com a Polenghi, que com certeza vem para somar forças e agregar valor e sabor ao nosso cardápio, que hoje conta com mais de 20 opções salgadas”, afirma Eduardo Silva, diretor de marca da Croasonho.

Felipe-Bronze_Croasonho_Polenghi_mail

Para o mercado de Food Service, o Creme de Ricota Polenghi possui a versão bisnaga de 1,5 kg e a versão pote de 150 gramas nos principais supermercados do país.

Informações: Croasonho

Fonte: Polenghi

 

 

Cheese Bike por São Paulo nos sábados de agosto

Queijos da Europa dão o ponta pé inicial de suas ações de 2017, com degustações e vendas de queijos a preços promocionais

Em iniciativa do CNIEL (Centro Nacional Interprofissional da Economia Leiteira) e da União Europeia, os paulistanos poderão degustar e adquirir queijos europeus a preços promocionais a partir deste sábado em uma charmosa Cheese Bike. Ela ficará estacionada em frente à loja Iódice, na rua Oscar Freire, nos dias 12, 19 e 26 de agosto.

queijos da europa 2queijos da europa 3

Variedades já conhecidas entre os brasileiros fãs dos queijos europeus, tais como brie, camembert, emmental, mimolette, pont l’évêque, roquefort e saint paulin, poderão ser encontradas no local. A ação faz parte da Campanha “Abra Seu Paladar” dos queijos da Europa, com o objetivo de intensificar e impulsionar o consumo de queijos europeus nos hábitos alimentares no Brasil.

queijos da europa

 

Cheese Bike Oscar Freire
Local: Iódice – Rua Oscar Freire, 940, São Paulo-SP
Data: 12, 19 e 26 de agosto
Horário: das 13h às 18h

Surpreenda seu pai com cestas com pães, queijos, croissants, doces e vinhos 

Para quem quer dar um presente diferente nesse Dia dos País, a rede Benjamin A Padaria oferece aos seus clientes a possibilidade de montarem cestas que podem se transformar em deliciosos presentes para festejar a data.

A rede de lojas tem vários tipos de pães, queijos, vinhos, pastas, croissants, bolos e docinhos, entre outras delícias, para que quer agradar seu pai de uma forma diferente.

benjamin

As cestas de café da manhã, lanche da tarde ou de vinho podem ser encomendadas antecipadamente pelo telefone (11) 3151-2433 ou pelo site orcamento@benjaminapadaria.com.br, onde o cliente pode receber sua encomenda em casa, através do sistema de delivery, ou optar por retirar em uma das lojas.

Outra opção é a pessoa montar sua própria cesta na loja com as diversas opções disponíveis em uma das 12 unidades da rede.

Lojas

benjamin2

Higienópolis – Rua Maranhão, 220 
Jardins Ii – Alameda Joaquim Eugênio De Lima, 1220 
Jardins Iii – Alameda Casa Branca,720 
Pamplona Paulista: Rua Pamplona 626 
Pamplona Carrefour – Rua Pamplona 1704
Shopping Eldorado – Avenida Rebouças 3970 – Piso Térreo (Saída Da CPTM) – Pinheiros -Shopping Light – Rua Cel. Xavier De Toledo, 23 – Piso Térreo – Centro 
Itaim Bibi – Avenida São Gabriel 491 (Esquina Com A Rua Itacema) – Itaim Bibi 
Universidade Mackenzie (2) – Rua Maria Antônia, 403 (Praça De Alimentação E Prédio Mack Graphics) – Vila Buarque
Universidade Puc – Rua Monte Alegre, 984 (Praça De Alimentação) – Perdizes 
Em Breve, Nova Loja Na Rua Bandeira Paulista

Informações: Benjamin A Padaria

Bob’s e Bauducco fazem parceria

Desde maio, a rede Bob’s incluiu novas delícias no menu: na linha de sobremesas, o exclusivo Milk-shake Nut’s com Cookies Bauducco, que inclui ainda na receita creme de avelã com chocolate. Já para o café da manhã, a linha de pães de queijo recheados, que contará com os sabores Creme de Avelã com Chocolate, Polenguinho, Cheddar e Queijo.

bob1ss

bob1s

Disponível em todas as lojas e quiosques do Brasil, o novo milk-shake é resultado de uma parceria entre o Bob’s e a marca Bauducco. A novidade trouxe mais crocância ao sabor de creme de avelã com chocolate.

bobs

Os pães de queijo recheados vão deixar o café da manhã mais saboroso, com opções doces e salgadas, porém, estarão disponíveis exclusivamente nos pontos de venda que contam com café da manhã e serão servidos até às 11 horas.]

Informações: Bob’s