Arquivo da categoria: Rio 2016

Ortopedista lista benefícios de praticar esportes olímpicos

Prática de atividade traz resultados visíveis ao corpo, à mente e até as relações interpessoais no ambiente familiar e profissional

Nessas últimas semanas, os esportes estão entre os assuntos mais comentados no mundo todo. Mas, tudo isso não deve ficar apenas nas redes sociais ou nas rodas de conversa, já que a prática regular de exercícios físicos apresenta inúmeras vantagens para o corpo, principalmente para os que têm acima de 60 anos.

Para  Joaquim Grava, ortopedista do Hospital São Luiz Morumbi, os benefícios da prática esportiva, independentemente da modalidade, podem ser sentidos no mesmo grau. “Os três pontos mais importantes são: praticar com regularidade e segurança, sem esquecer-se da avaliação médica antes de começar a prática”, orienta.

A prática de qualquer atividade física traz resultados visíveis ao corpo, à mente e até as relações interpessoais no ambiente familiar e profissional.

Os detalhes abaixo são exemplos que mostram como cada atividade tem propósitos diferentes e, por isso, como é essencial o acompanhamento profissional para avaliar qual o esporte mais indicado para cada um.

Basquete
Ótimo para a saúde do coração, o basquete é uma atividade aeróbia, que ajuda no desenvolvimento do condicionamento físico. Como na corrida, trabalha quadríceps, glúteos e panturrilha. Para os membros superiores, fortalece o tríceps, o bíceps, os ombros e os punhos.

Boxe
Excelente para o desenvolvimento da coordenação motora, da resistência muscular, da força e da flexibilidade. O esporte também desenvolve habilidades como velocidade, tempo de reação e resistência cardiovascular.

Futebol

futebol
Foto: Alvimann/Morguefile

Entre os benefícios do esporte mais popular do mundo e o mais amado do Brasil estão o ganho de massa muscular, melhora no desempenho e na resistência física.

Handebol
Aprimora a coordenação motora e trabalha diversos grupos musculares, como bíceps, antebraços, tríceps, glúteos e pernas.

Judô
O esporte desenvolve força, flexibilidade, coordenação motora, equilíbrio e reflexos.

Natação

iStock_59005250_MEDIUM-768x512
Foto: iStock

Durante os movimentos na água, quase todos os grupos musculares são ativados, aumentando a frequência cardíaca e, consequentemente, o consumo de oxigênio pelo organismo.

Tênis
Atividade melhora a coordenação motora, aumenta a força muscular e fortalece ossos e articulações.

Triathlon

bicicleta g
Está é uma opção para uma pessoa que já é atleta e deseja fazer um upgrade nos treinos. O esporte engloba três modalidades: natação, ciclismo e corrida, e você pode aproveitar os benefícios das três práticas em uma só.

Fonte: Hospital São Luiz

Anúncios

Olimpíadas: quiosques têm cardápio especial de bebidas com ingredientes brasileiros

Frutas regionais, cachaça, café e chá mate integram o cardápio Sabores do Brasil. Portadores do passaporte cultural terão desconto

Desde o primeiro dia de agosto, a Orla Rio oferece um cardápio de drinques especialmente formulado para o período das Olimpíadas. Chamado Sabores do Brasil, o cardápio reúne bebidas a base de ingredientes tipicamente brasileiros, como frutas regionais, cachaça, café e chá mate. Além da tradicional caipirinha de limão, os clientes poderão conferir variações da bebida com cajá, manga, cupuaçu, carambola, caju, sapoti e graviola e outros drinques com cachaça, rum, vodca, gim e uísque. Estarão disponíveis também vinhos e espumantes brasileiros. A expectativa é que sejam vendidos mais de 30 mil drinques durante a campanha.

brasileirinho_drink (2)
Drink Brasileirinho

“O objetivo é apresentar aos visitantes que estarão na cidade durante os Jogos sabores tipicamente nacionais, proporcionando sensações particulares do nosso paladar, com cores exóticas”, destaca João Marcello Barreto, vice-presidente da Orla Rio.

tangerita_drink (2)
Tangerina Drink

As bebidas do cardápio Sabores do Brasil estarão disponíveis em todos os quiosques de Copacabana e do Leme e em alguns quiosques da Barra da Tijuca até 30 de setembro.

Portadores do passaporte cultural Rio terão desconto de cerca de 20% nos preços das bebidas.

caipirinha_drink (2)
Caipirinha

O cardápio especial é resultado de parceria da Orla Rio com Cachaça 51, Pernod Ricard, AMBEV e Liv Import.

A maior lição de Usain Bolt para todos nós, por José Ricardo Noronha*

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 nos surpreenderam positivamente desde a inesquecível e emocionante Cerimônia de Abertura, não é mesmo? São cenas que se eternizam na galeria dos momentos históricos e que nos enchem de inspiração para buscarmos sempre mais. E, ainda, para sempre acreditarmos nos nossos grandiosos sonhos, por mais distantes, difíceis e inatingíveis que eles possam parecer.

E, como sempre, os Jogos formam o cenário mais do que perfeito para extrairmos lições de superação para as nossas carreiras e para as nossas vidas.

Como é que podemos nos esquecer da corredora etíope Etenesh Diro que, mesmo depois de ter perdido o seu tênis durante a prova de 3.000 metros com obstáculos, decidiu seguir adiante descalça?

E os momentos de tensão e apreensão dos ginastas Diego Hypólito e Arthur Nory antes do anúncio da classificação, que nos brindaram com uma inédita dobradinha de prata e bronze na super competitiva prova individual de solo na Ginástica Artística?

Isso sem falar do êxtase que o realmente lendário Usain Bolt nos proporcionou nas provas seletivas de 100 e 200 metros, além da sua indiscutível vitória na prova dos 100 metros que o levou ao inacreditável tri olímpico?

E é exatamente sobre esta lenda que eu quero escrever. Ao invés de falar sobre os incríveis e já tão conhecidos talentos deste jamaicano, que é, de fato, um “homem flecha”, eu quero pedir a sua especial atenção a um “ponto fraco” de Bolt. Ponto fraco? Exatamente!

O homem mais rápido do planeta tem, sim, um ponto fraco, que no atletismo é chamado de “tempo de reação”. Em uma linguagem bastante simplificada para todos nós, que somos leigos neste esporte tão sensacional, trata-se do tempo que ele reage ao “tiro” de largada das provas.

usain bolt - ian walton getty images
Foto: Ian Walton / Getty Images

Em praticamente todas as corridas, Bolt é sempre um dos atletas que têm o pior tempo de reação. Isso faz com que ele se mantenha nos primeiros metros da prova mais distante dos seus demais oponentes que largam à sua frente.

No entanto, ele tem alguns pontos fortes que realmente o fazem este atleta tão ovacionado, sensacional, carismático e vitorioso que conhecemos e tanto admiramos. Ele é um atleta muito alto, com seus quase 2 metros, o que torna as suas largas e firmes passadas um ponto dificílimo de ser superado. Junte-se a isso a sua incrível impulsão!

Para você ter uma ideia ainda mais precisa: Bolt precisa de apenas 41 passos para completar a prova dos 100 metros, enquanto os seus oponentes precisam de 3 ou até 4 passos a mais que eles.

E o que é que tudo isso tem a ver com a nossa vida profissional? Esta constatação nos explica que muitas vezes deixamos de brilhar por focar excessivamente nos nossos pontos fracos ao invés de dedicarmos os nossos melhores esforços a maximizar os nossos pontos fortes.

Inúmeros são os estudos e bons livros que se dedicam ao estudo dos pontos fortes e em todos eles algo fica bastante claro: quando conhecemos bem os nossos grandes pontos fortes e investimos conscientemente para torná-los ainda mais vigorosos, o tão sonhado sucesso fica muito mais possível e próximo.

Portanto, investir nos seus pontos fracos é absoluto desperdício! Invista um tempo de qualidade para, em um primeiro momento, identificar quais são as suas grandes competências. Depois disso, maximize estes seus grandes pontos fortes, pois serão eles os responsáveis para fazer você brilhar!

No mundo corporativo cada vez mais competitivo, só se tornam verdadeiros campeões os profissionais que investem em suas grandes competências, dons e talentos, além dos que têm o foco, a garra, a resiliência, a disciplina e a persistência das grandes lendas, como Usain Bolt.

* José Ricardo Noronha é consultor, escritor, palestrante, professor e vendedor. Formou-se em Direito pela PUC/SP e tem MBA Executivo Internacional pela FIA/USP. Possui especialização em Marketing, Empreendedorismo, Empreendedorismo Social e Vendas pela Owen Graduate School of Management e é Professor dos MBAs da FIA. É autor dos livros “Vendedores Vencedores” e “Vendas. Como eu faço?”

Wanderley Nunes comenta penteados mais usados por atletas

Desde o futebol até a luta olímpica, as atletas optam por penteados práticos, modernos e despojados, baseados – na maioria das vezes – no clássico rabo de cavalo

No quesito beleza, atletas mulheres costumam apostar, principalmente, na simplicidade e na praticidade. Mas, claro, sem deixar o charme e o estilo de lado. Wanderley Nunes, fundador do Studio W e um dos maiores hairstyle do país, comenta sobre os dois penteados mais adotados pelas atletas durante as competições e dá dicas para quem gostou dos looks.

Rabo de cavalo ou coque com tiaras, fitas ou faixas

O clássico rabo de cavalo e o coque são ideais para quem quer praticidade. Os fios puxados completamente para trás deixam o rosto em evidência e reforçam a beleza natural da mulher. As australianas do futebol feminino são, até agora, as que mais adotam a tendência em campo, usando, no entanto, adereços para completar o look. Algumas brasileiras também apostaram na tendência.

brasileirasfutebol brasileiras

”Para deixar o penteado com cara nova, existem alguns toques especiais: a adição de uma tiara ou faixa, por exemplo, além de dar charme ao look, ajuda a manter os fios no lugar, principalmente para quem tem franja.’’, explica Wanderley Nunes.

Uma outra dica é separar uma mecha do cabelo para, no final, esconder o elástico que prende o rabo, enrolando a mecha ao redor dele.

Rabo de cavalo com tranças embutidas

O rabo de cavalo médio aliado às tranças embutidas laterais ou no topo da cabeça está muito em alta entre atletas de diferentes esportes. Esse é um penteado que, além de prático, pode ser adaptado para vários estilos, com uma ou mais tranças em diferentes lugares da cabeça.

natalia

Há, também, quem faça a trança embutida com toda a parte da frente do cabelo, como a lutadora olímpica russa Natalia Vorobieva.

suecas

Outras atletas, como as suecas do futebol feminino, preferem as tranças menores e feitas nas laterais da cabeça, que também dão estilo ao look e trazem uma pitada de modernidade ao penteado.

A dica para quem quer usar o look é separar duas mechas grandes na parte da frente da cabeça e fazer duas tranças embutidas laterais. Quando terminar de trançar, prenda as duas tranças e todo o restante do cabelo em um rabo comum.

jogadoras

‘’Para finalizar esse penteado é sempre interessante usar um bom fixador para garantir que, mesmo após correr uma maratona, seus fios permaneçam lindos e no lugar. ‘’, ensina o hairstyle.

Com esses penteados, as atletas se sentem mais confiantes para exercerem suas habilidades sem ter os fios atrapalhando seus movimentos, mas também sem deixar de lado a feminilidade e o charme.

Fonte: Wanderley Nunes – Com mais de 35 anos de carreira, Wanderley Nunes, um dos principais cabeleireiros do Brasil e do mundo, é referência internacional no segmento de moda e beleza. Por seu talento e profissionalismo, já ganhou prêmios como o ”World’s Top Tem Hairdressrs”, na Alemanha, ficando entre os 10 melhores do mundo, além de ter sido listado como um dos 15 melhores cabeleireiros do mundo pela Harpes Bazar Americana. Por suas tesouras já passaram nomes como Bono Vox, Gisele Bündchen, Cláudia Raia, Kaká, Gabriel Medina, entre outros. Atualmente ele comanda oito unidades do conhecido Studio W.

Fotos: Divulgação

Pets: roupas e acessórios verde-amarelos para torcer na Olimpíada com desconto de 50%

Coleiras, guias e roupinhas fazem parte da linha torcedor com preços a partir de R$ 17,95

Os pets também vão entrar no clima dos Jogos Olímpicos. O Outlet Petz, o primeiro para bichinhos de estimação com produtos pela metade do preço, oferece uma linha de roupas e acessórios verde-amarelos. Entre as sugestões da linha torcedor estão coleiras, peitoral, guias e roupas com preços a partir de R$ 17,95.

Com 800 metros quadrados, o espaço funciona no piso superior da unidade Petz Marginal Tietê, todos os dias das 8h às 23h, inclusive em sábados, domingos e feriados. São cerca de 2 mil itens no mix do Outlet Petz, incluindo artigos importados e nacionais de coleções passadas com descontos de 50%. Rações, medicamentos e plantas ficam de fora do mix do outlet, que também conta com opções de acessórios para jardinagem com valor mais baixos.

Confira os produtos para os pets torcedores:

Guia listrada verde-amarela todos os tamanhos – R$ 17,95

Petz guia listrada

Guia amarela todos os tamanhos – R$ 17,95

Petz guia amarela

Colete peitoral todos os tamanhos – a partir de R$ 19,95

Petz colete

Roupinha com bandeira todos os tamanhos – a partir de R$ 19,50

Petz roupa verde-amarela

Informações: Petz

Em clima de Olimpíadas, veja dicas para surpreender no Dia dos Pais sem gastar nada

Identifique o estilo do seu pai e prepare um programa criativo para comemorar a data especial

O consumidor pode aproveitar o clima das Olimpíadas para comemorar o Dia dos Pais, celebrado no próximo domingo dia 14, com programas diferentes, gratuitos e que ainda incentivem os cuidados com a saúde. Segundo a diretora do SerasaConsumidor, Fernanda Monnerat, mesmo que o cidadão não tenha dinheiro para comprar presentes, por conta do alto patamar da inflação e do desemprego, existem alternativas para dar uma atenção especial à data. “A dica é apostar na criatividade e planejar atividades diferentes para que pais e filhos aproveitem o dia juntos, sem que haja a preocupação com novos gastos.”

Para ajudar o consumidor a surpreender no Dia dos Pais sem gastar nada e ainda aproveitar o momento dos Jogos Olímpicos, os especialistas da Serasa prepararam algumas ideias de programas para cada estilo de pai. Veja abaixo qual é o estilo do seu e divirtam-se!

· Pai triatleta
Seu pai gosta e pratica tanto esporte que poderia ter sido convocado para as Olimpíadas? Que tal encararem juntos uma prova no estilo triatlo? Façam juntos uma corrida, seguida de um passeio de bicicleta e, para fechar o programa, um mergulho em uma piscina ou praia, se você tiver uma por perto.

bicicleta g

· Pai ciclista
Seu pai gosta de esporte, mas a prática diária não está na rotina? Faça o convite para uma volta de bicicleta mais longa no ritmo dele, de preferência, em um local sem trânsito. Faça pausas pelo caminho para ouvir histórias sobre os jogos olímpicos que ele já acompanhou.

· Pai competitivo
Chame seu pai para apostar uma corrida com você. Combine antes a recompensa para quem ganhar: uma massagem ou o controle da TV no período da tarde são algumas opções. Só que, hoje, você não vai levar o prêmio, combinado?

· Pai futebolista
Seu pai dá preferência para assistir o futebol pela TV? Faça o desafio para que ele seja um técnico de verdade por um dia. Ajude-o a escalar o time – irmãos, primos, netos, amigos –, e vá atrás de um local para a partida. Organize um lanche coletivo para o final pedindo para que cada participante colabore com um prato de petisco ou uma bebida.

futebol
Foto: Alvimann/Morguefile

· Pai torcedor
Seu pai sempre torceu por você? É hora de retribuir. Chame os amigos, familiares e vizinhos e organize um torneio de tênis de mesa no quintal de casa ou em uma praça. E se vocês não sabem como jogar, esta será uma ótima oportunidade para aprenderem juntos e darem boas risadas!

· Pai motivado
Seu pai é animado? Então, aproveite esta qualidade para colocar a atividade física no dia-a-dia de vocês. As cidades costumam ter centros esportivos públicos com uma série de atividades gratuitas. Procure o mais próximo de vocês, descubra a modalidade de esporte que seu pai mais gosta e realizem a atividade juntos.

· Pai participativo
Vocês moram no Rio de Janeiro? Chame seu pai para assistir às provas das Olimpíadas que acontecem ao ar livre e, portanto, são gratuitas, como remo, canoagem, ciclismo, maratonas, marcha atlética, triatlo e vela. Confira a programação completa na página do oficial do evento.

282848_602400_piquenique_1__7__web_

· Pai espectador
Seu pai prefere não acompanhar de perto os jogos? Não tem problema. Fazer um piquenique no parque mais próximo pode ser uma boa opção. Ou prepare um almoço em família, mas não se esqueça de fazer aquela comida que ele mais gosta.

Fonte: Serasa

Baixo Suíça aposta na gastronomia para atrair o público durante os jogos Olímpicos

Uma das casas de hospitalidade Olímpicas abertas ao público durante os jogos no Rio de Janeiro, o Baixo Suíça – espaço criado pelo governo Suíço para receber os visitantes e atletas de todo o mundo – irá te levar para uma viagem gastronômica através de seus ingredientes icônicos misturado com a tradição brasileira.

O Baixo Suíça tem uma praça de alimentação que satisfará todos os paladares com especialidades suíças, misturando ingredientes brasileiros e suíços que, combinados, resultarão em pratos deliciosos e criativo. Uma das principais atrações culinárias da casa serão três modernas e inovadoras churrasqueiras suíças, chamadas de Feuerring. Em uma tradução livre do alemão, a roda de fogo é mais do que apenas um objeto feito de ferro que permite cozinhar com brasa, é uma peça de arte! O conceito combina a tradição suíça de «churrascar» com o nosso churrasco brasileiro. Para ambos os países, a boa companhia e os prazeres sensoriais centrados em torno do fogo são fundamentais.

289131_622963_feuerring_tulip_web_

Essa forma de churrasco com ingredientes gourmet Suíços e Brasileiros culminarão nas criações de menus culinários do chef suíço Chris Züger e sua equipe. “A ideia ao criar este menu foi adaptar o estilo gourmet suíço com itens tipicamente brasileiros. Nós queremos provar que a mistura entre os dois países também funciona na cozinha”

Contudo, o menu da casa não seria Suíço se não fosse por um elemento-chave: o queijo. Um raclette ‘carioca’, com queijo derretido a ser degustado com batatas e picles surpreenderá os clientes brasileiros. O prato é uma simplicidade sofisticada, vinda dos Alpes, cozida com queijo produzido em Nova Friburgo (cidade colonizada por imigrantes da cidade de Fribourg da Suíça e localizada no interior do Rio de Janeiro), e selecionado por especialistas suíços. Adicione as tradicionais salsichas e a famosa batata rösti e você terá uma experiência real da culinária Suíça.

swiss_raclette

Para os amantes do chocolate, teremos também o chocolate Suíço, feito em Nova Friburgo, em um ateliê de chocolate.

289131_622982_09_swiss_chocolate_workshop__large_

“Uma de nossas criações para o Baixo Suíça será uma adaptação do famoso pão de queijo brasileiro, acrescentando um toque suíço com o nosso queijo. Estamos apostando que essa mistura faça um grande sucesso na casa”

A Suíça também é um país do vinho. A associação profissional do “Vignerons de la Côte vaudoise” organizará degustações de vinho diárias, a fim de apresentar a diversidade e a qualidade de seus vinhedos. Um deles é feito de uma uva única, que só existe na Suíça: o Chasselas, um vinho branco seco e mineral, que combina impecavelmente com… Queijos e salsichas. Uma perfeita combinação.

Baixo Suíça, um lugar para celebrar

As competições serão o ponto alto nos telões! Além disso, o público terá a oportunidade de patinar em um rinque de gelo sintético, correr com os amigos na pista da Omega, tirar fotos num globo de neve gigante, num típico trem suíço e numa gôndola giratória, além de experimentar a culinária suíça com inesperados ingredientes brasileiros. O espaço também abriga muitas atrações musicais e culturais durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, com shows, DJ’s, artistas, filmes, (como o clássico suíço Heidi), workshops, entre outros.

Baixo Suíça (House of Switzerland)
Endereço: Lagoa Rodrigo de Freitas, no campo de basebol
Funcionamento: até 18/09/2016
Horário: Segunda a Domingo, das 11h às 23h.
*Entre os Jogos Olímpicos (de 22.08 a 06.09)
De Terça a Sexta, das 17h às 23h / Sábado e Domingo, das 11h às 23h

Jacques Janine traduz a força dos atletas em editorial de beleza

Inspirações trazem novos contornos sobre a relação entre a beleza e a vitalidade do esporte

No momento em que o Brasil está com os olhos voltados para os jogos esportivos, o Jacques Janine – primeira rede de salões da América Latina – cria editorial de beleza conceitual para evidenciar a força dos atletas nas competições, com um mood que contempla a relação entre a beleza e a vitalidade do esporte.

Fotografado por Ruy Fraga, o editorial foi assinado pelo time de experts do Jacques Janine: Chloé Gaya, maquiadora e consultora de imagem, e o diretor-artístico Mauricio Pina, ao lado das makeup artists Mariana Duran e Hasami Futigami, e da hairstylist Gê Barbosa. A seguir, inspire-se em looks modernos e impecavelmente elegantes para torcer em grande estilo:

Look 1:

Cabelo – Arcos entrelaçados serviram de inspiração para dar ousadia ao coque alto. Apostar na pomada de polimetro é o segredo para conquistar um acabamento polido. “Neste penteado, usei mechas de cabelo postiço para criar a corrente de anéis”, explicou Mauricio Pina.

Maquiagem – Cores vibrantes nos olhos e nos lábios trouxeram descontração e personalidade para esta maquiagem. Para criar um aspecto de saúde, foram aplicados base HD e iluminador na “zona T” e nas têmporas. “Você pode finalizar sua maquiagem com o blush opaco em tons pêssego ou coral para deixar a pele natural”, ensina Chloé Gaya.

Unhas – Laranja avermelhado

Look 2:

look2

Cabelo – O penteado foi inspirado na arte do hipismo. Colocado dentro de um tubo de PVC em espiral, o rabo de cavalo alto ganhou volume e movimento com cabelo postiço. Para controlar o frizz e deixá-lo com um aspecto bem alinhado, o produto escolhido foi a pomada modeladora.

Maquiagem – Cores vibrantes nos olhos e nos lábios trouxeram descontração e personalidade para esta maquiagem. Para criar um aspecto de saúde, foram aplicados base HD e iluminador na “zona T” e nas têmporas. “Você pode finalizar sua maquiagem com o blush opaco em tons pêssego ou coral para deixar a pele natural”, ensina Chloé Gaya.

Look 3:

look 3

Cabelo – A boxer braid (trança boxeadora) começou a fazer a cabeça da família Kardashian e logo virou tendência. Ao contrário das tradicionais tranças “maria-chiquinha”, o cabelo foi trançado a partir da raiz. Por isso, quanto maior o comprimento dos fios, mais alinhado ficará o penteado.

Maquiagem – O destaque desta maquiagem conceitual está nos olhos, que trazem os tons vibrantes do azul e do amarelo, ultrapassando os limites das sobrancelhas até as laterais do rosto para criar um efeito de bloco de cor. A pele iluminada e com blush coral nas maçãs do rosto dão um ar de saúde. Para finalizar, os lábios criam um contraponto de cor com o delicado tom rosa chiclete. “Você pode brincar com cores, mas é preciso criar harmonia na maquiagem. Se quiser dar atenção ao olhar, deixe a boca com menos cor, e vice-versa”, ressalta Chloé.

Look 4:

look 4

Cabelo – Preso ou solto? O half bun traz uma atualização despretensiosa do clássico semipreso. O segredo deste visual está na altura do coque. A dica para deixar este penteado perfeito é prendê-lo com elásticos e grampos; o cadarço de sapato traz um toque fun ao look. “A praticidade é a palavra-chave para este penteado. Para deixá-lo mais glamoroso, aposte no spray de brilho”, explica Pina.

Maquiagem – O destaque desta maquiagem conceitual está nos olhos, que trazem os tons vibrantes do azul e do amarelo, ultrapassando os limites das sobrancelhas até as laterais do rosto para criar um efeito de bloco de cor. A pele iluminada e com blush coral nas maçãs do rosto dão um ar de saúde. Para finalizar, os lábios criam um contraponto de cor com o delicado tom rosa chiclete. “Você pode brincar com cores, mas é preciso criar harmonia na maquiagem. Se quiser dar atenção ao olhar, deixe a boca com menos cor, e vice-versa”, ressalta Chloé.

Look 5:

Cabelo – O cabelo é divido ao meio e o restante foi preso em um coque alto. Em seguida, as mechas laterais foram torcidas e entrelaçadas para cima. A finalização foi feita com spray de fixação.

Maquiagem – A pele perfeita foi devidamente corrigida com base e iluminada sutilmente nas têmporas e próximo às maçãs do rosto. Os olhos são os protagonistas dessa maquiagem com um delineado gráfico prateado. Para finalizar, a boca nude confere harmonia ao make.

Unhas – Rosa Chiclete

Créditos:
Fotos – Ruy Fraga
Maquiagem – Chloé Gaya, Mariana Duran e Hasami Futigami
Cabelos – Mauricio Pina / Assistente: Gê Barbosa
Manicure:Avani Almeida
Styling: Marcello Martins
Produção de Moda: Isla Araújo

Fonte: Jacques Janine

As receitas campeãs no Pinterest para assistir os jogos com os amigos em casa

Com a proposta de ser um grande catálogo de ideias, o Pinterest é o lugar ideal para salvar receitas para fazer e testar no dia a dia ou em ocasiões especiais. Por isso, a plataforma é uma excelente fonte para quem procura inspirações de comidinhas para receber os amigos nessa época de jogos, que começa oficialmente hoje. Por que não juntar todos em casa para assistir a um dos maiores eventos esportivos do mundo e torcer pelo Brasil em busca de suas medalhas de ouro?

Para inspirar os usuários, o Pinterest destaca hoje em sua recém lançada seção de ideias em “Destaque” uma seleção de receitas campeãs feita especialmente para esse encontro entre amigos.

Dentre as receitas, há diversos petiscos inspirados na gastronomia de vários dos países presentes na competição. Então, que tal uma viagem gastronômica enquanto acompanha e torce durante os jogos?

Confira algumas das receitas campeãs por país:

pinterest

Brasil

Caldinho de feijão / Pão de queijo / Brigadeiro com bolo de cenoura

Itália

Focaccia de tomate e manjericão / Bruschetta de tomatinho e brie / Sardela

França

Brie com geleia de blueberries / Macaron de baunilha light / Steak Tartar

brie

Espanha

Batatas Bravas / Tapas de Camarão com Linguiça defumada / Pan com tomates

Austrália

Pão Australiano

pão australiano pinterest

Líbano

Babaganoush / Quibe assado recheado com trigo, nozes e coalhada seca / Homus

Peru

Tiradito

Argentina

Alfajor de Doce de Leite / Doce de leite de microondas

alfajor

Portugal

Brandade de sardinha / Bolinho de bacalhau / Batatas ao murro

Japão

Pepino Agridoce / Sushi de Tofu frito

EUA

Cupcake Red Velvet / Cookies de aveia com banana

cupecake pinterest

Alemanha

Salada de batata com maionese caseira

Reino Unido

Scotch Eggs

Fonte: Pinterest

Para se chegar ao topo, é preciso “ser” mais do que “ter”, por Hilda Medeiros*

Com muitos objetivos, mais do que sonhar em realizar coisas, é necessário pensar no que somos e agir para até onde queremos chegar

O que faz com que um atleta seja capaz de superar tantos obstáculos até alcançar o pódio olímpico? São horas de esforço, dedicação, repetições, dor, desgaste físico e emocional, seletivas, rotinas duras de trabalho e ainda assim, a despeito de todas as adversidades, o esportista encontra motivação para ir além de seus limites e estabelecer novos recordes. Ação para ser super – na junção das letras surge a palavra mágica que está presente minuto a minuto no vocabulário do atleta de ponta: superação.

No universo da física a palavra resiliência é usada para definir a capacidade de um material para voltar ao seu estado normal após sofrer uma grande pressão. É isso que acontece com um competidor de ponta, as derrotas são temporárias. Eles choram, sofrem e em seguida voltam ao seu estado natural de potência. São pessoas de alta resiliência e usam as derrotas temporárias para aprender com os mínimos detalhes que não deram certo. Não existe erro, existe possibilidade de aprendizado continuo. As falhas funcionam como alavancas para progredirem, pois através delas podem perceber os detalhes que precisam ser ajustados para chegarem mais próximo da perfeição.

Quando estamos diante de um ouro olímpico, nós admiramos, respeitamos, são ídolos de nações inteiras. Eles têm qualquer coisa de irreal, super-heróis, são semideuses. Deixamos de lembrar o árduo caminho que percorreram até chegarem nesse degrau do pódio. Se modelarmos as estratégias de um atleta de ponta e incluirmos em nosso dia a dia profissional e pessoal, presenciaremos verdadeiros milagres em nossas vidas. Para que a mágica aconteça será necessário muita disposição, energia, perseverança, empenho, coragem para praticar, agir e superar na área da vida que escolhermos. “Se é possível para um é possível para o outro também” desde que se esteja disposto a agir.

Independente do lugar em que uma pessoa se encontra nesse exato momento de sua vida é preciso se conscientizar que conquistar o que se quer não é uma questão de sorte onde alguns foram escolhidos. A vitória como resultado vem de uma junção de conhecimento com muitas estratégias, numa sequência correta.

atletas
Foto: http://www.rio2016.com/esportes

Muitas pessoas querem ter mais dinheiro, família perfeita, trabalhar com o que gostam, a casa dos sonhos e um corpo escultural. Mas poucas pessoas sabem o que fazer para conseguir. Se você quer conquistar o pódio olímpico de sua vida comece ajustando as perguntas que te levarão ao lugar que deseja. A primeira pergunta é: Quem eu preciso me tornar para ter o que quero? Antes do “ter” vem o “ser”, pois é o conjunto de hábitos, crenças e valores diários que constroem uma identidade. Um atleta de ponta acredita que é possível, têm hábitos saudáveis e pratica exaustivamente os exercícios físicos e mentais.

Se o objetivo é ser promovido e ganhar mais dinheiro, quem você precisa se tornar para chegar lá? Quais habilidades e comportamentos serão necessários desenvolver? Se o objetivo é ter um corpo escultural, quem você precisa se tornar para conseguir? O que você está disposto a abrir mão na sua vida diária? O que terá que fazer e deixar de fazer, mesmo que sinta dor e desconforto? A mesma pergunta “quem eu preciso ser para ter o que eu quero?” serve para qualquer coisa que se queria conquistar. Decida quem você quer ser no futuro e aja como se o fosse no presente.

Nem sempre é o atleta mais talentoso que chegará ao lugar mais alto do pódio e sim aquele que estiver mais bem preparado fisicamente e emocionalmente. O momento mágico é quando o corpo e a mente estão em perfeita harmonia, onde o único lugar é o aqui e o agora. É por essa sensação de plenitude, é por esse instante de perfeição que lutam os homens deuses, o ouro vem como celebração dessa conquista.

hilda

*Hilda Medeiros atua há quinze anos em consultório particular como Coach e Terapeuta de profissionais liberais, empresários e executivos. Realiza palestras e workshops em todo o Brasil.