Arquivo da categoria: São Paulo

Restaurantes para curtir o feriado em São Paulo

O mês de novembro está repleto de feriados no meio da semana e a dica é aproveitar a folga, e a cidade um pouco mais vazia, para conhecer restaurantes deliciosos. Seja no dia 15 de novembro, Proclamação da República, ou no dia 20, Dia Nacional da Consciência Negra.

Veja algumas opções de lugares para curtir o feriado na capital paulista:

Especial_da_casa181112_154743delta experiencia

Colorido com pinturas e um poema sobre café em uma das paredes, lâmpadas que dão o tom de conforto e uma playlist que completa o clima do ambiente, a Deltaexpresso Coffee Convenience Store conta com um menu diversificado que reúne uma linha exclusiva de sanduíches, salgados, refeições rápidas e sobremesas para todos os gostos. O “Escondidinho de Carne de Sol com Batata Doce” (R$ 29) é um dos destaques da casa. Na parte de sanduíches, o “Especial da Casa” (R$ 19,90) é um dos mais pedidos feito com carne de panela ao vinho cozida com tempero caseiro, mussarela e molho especial. Para finalizar, o “Deltaexperience Chocolate e Paçoca” (R$19,50) é um doce servido no copo com sorvete, chocolate, paçoca, chantilly e cobertura de chocolate.

berinjelaFoto_Bruno_de_Lima cheesecake

Foto: Bruno de Lima

Jamile, uma das casas do chef Henrique Fogaça, disponibiliza uma área com jardim que atende até 20 pessoas, ótima para marcar um happy hour e reunir os amigos, e o salão principal também não passa despercebido: a cozinha aberta chama a atenção e proporciona uma experiência intimista aos clientes. No cardápio vale apostar no “Risoto de cogumelos com azeite e couve crocante” (R$ 70). Outro sucesso do restaurante é a “Berinjela assada no missô com mix de cogumelos e ervilha torta” (R$ 63). A seleção de sobremesas também ganhou novas receitas, com destaque para o “Cheesecake com calda de maracujá e especiarias” (R$ 25).

jyo codornaBrigadeiro181004_172213

O restaurante japonês Kitchin conta com um design moderno com madeiras e cordas inspirado nas texturas características da arquitetura de Tóquio e Kyoto. Em seu cardápio, há o melhor da gastronomia oriental, com destaque para o “Combinado para 1 pessoa” leva três sashimis de salmão, três sashimis de atum, três sashimis do peixe da estação, um sushi de atum, um sushi de salmão, um sushi do peixe da estação, um jyo e quatro uramakis (R$ 75) . Além disso, um dos queridinhos da casa é o “Jyo codorna” (R$ 32). Como sobremesa, opção irresistível é “Brigadeiro de colher” (RS 18).

risoto de semente de girassolFrutas_Frescas181112_160641

A rede Santo Grão oferece opções para todos os gostos. A matriz, no Jardins, conta com o Bar Experientia que ocupa o fundo do salão e desperta a curiosidade dos clientes, que podem ver a barista da casa preparar o seu café na hora. Os “Croquetes de Carne com molho de iogurte e hortelã” (R$ 33) e “Coxinhas de Costela Paiva” com geleia de tamarindo são ótimas sugestões de entradas para compartilhar. Já entre os principais, está o “Risoto de semente de girassol e abóbora com castanhas defumadas” feito sem arroz, quem substitui o ingrediente é a semente de abóbora e de girassol (R$ 52). Deliciosas e saudáveis, as “Frutas Frescas” (R$ 18) são a escolha certa para sobremesa.

Spaghetti_aglio,_olio_e_gamberi181112_161033Pastiera_di_grano_allo_zabaglione181112_161231

No Tre Bicchieri, um charmoso espaço no Itaim com ares de uma rústica e aconchegante residência italiana, e no Tre JK, restaurante com um design moderno e arrojado num ponto privilegiado do shopping JK Iguatemi, o sucesso é o “Pici alla sporcellata” (R$ 74), uma massa artesanal típica toscana com ragú de linguiça fresca e misto de cogumelos. Outro destaque é o delicioso “Spaghetti aglio, olio e gamberi” (R$ 99) que leva azeite extra virgem, alho, pimenta fresca e camarões. Para sobremesa, a “Pastiera di grano allo zabaglione” (R$ 29) é indicada como um prato excepcional e saboroso feito de torta de ricota com frutas cristalizadas e zabaione.

Anúncios

Kith Restaurante é novidade em Pinheiros

Culinária feita por amigos e para amigos. Essa é a proposta do Kith Restaurante, recém-inaugurado em Pinheiros, São Paulo. A surpresa já começa pelo espaço. O restaurante fica no segundo andar de um prédio comercial, bem na esquina da movimentada rua dos Pinheiros. Subindo a escada, encontra-se um oásis de tranquilidade no meio do corre-corre do bairro.

www.tbfoto.com.brKITH2 - SP/SP - 25/09/2018
Foto: Tadeu Brunell
À frente da cozinha, está a chef gaúcha Juliana Faingluz – Foto : Tadeu Brunelli

Kith, como diz a raiz do nome (mix de “kith” com “kitchen”), busca reunir amigos, conhecidos, vizinhos, para resgatar o prazer de sentar-se à mesa. Em locação inusitada, traz um ar cosmopolita, urbano e de descoberta à experiência gastronômica. Um grupo de sócios e amigos do Kith – a chef Juliana Faingluz, o arquiteto Denis Pieroni, a advogada Eduarda Chaves e os fisioterapeutas Vitor Tosi e Marcio Luiz Tosi – busca oferecer um trivial de personalidade, culinária variada, de diferentes sotaques, sabores, texturas, sem complicação e com boa relação custo-benefício.

A princípio, a casa irá operar só no almoço, de segunda a sexta. À frente da cozinha está a experiente chef gaúcha Juliana Faingluz (ex-Maní, DOM, La Brasserie Erick Jacquin, e internacional, nos premiados Quique Dacosta, El Celler de Can Roca e Hotel Maher, na Espanha). Com cardápio que muda semanalmente, segundo a criatividade da chef e os ingredientes da estação, o menu executivo do Kith será composto por 3 tempos ao preço fixo de R$ 55.

Para petiscar, há abóbora assada com saladinha de rúcula, azeite, limão e lascas de parmesão ou a saladinha de alface romana na brasa com molho de iogurte e bacon crocante. Como principais, a chef sugere os espetinhos de carne com vinagrete de cebola assada, salada morna de batata e farofinha de pão com alho e salsinha; milanesa de carne com purê de batata e dijon e repolho roxo na brasa ou, ainda, o arroz de camarão com alho-poró, molho de ostra, amendoim, rúcula e raspas de limão. Sempre apresentando uma opção vegetariana, há versões de moqueca como a de pupunha e banana da terra com arroz cateto e farofa crocante.

Para finalizar, sobremesas reconfortantes como maçã assada, crumble de canela e sorvete de creme e o bolo quente de chocolate com calda morna de brigadeiro. Para harmonizar, uma novidade, vinhos frisantes – tinho e rosé – servidos em lata. Praticidade garimpada pela chef pelas vinícolas do Sul do país.

Na ampla e envidraçada cozinha da casa, brilha uma churrasqueira. A brasa do carvão será utilizada para grelhar as carnes e legumes e servi-los em espetos individuais. Churrasco e espetinhos serão uma marca da casa. “O menu do Kith vai ser uma mistura da minha bagagem, pelo Brasil, minha infância em Porto Alegre, e meus trabalhos na Espanha. Vamos ter desde um familiar arroz de costela, braseados de verduras até xixos, mix de carnes e legumes servidos em espetinhos. A churrasqueira vai ser o coração da casa”, explica a chef e sócia Juliana Faingluz.

www.tbfoto.com.brKITH2 - SP/SP - 25/09/2018
Foto: Tadeu Brunell
Um dos destaques do menu é o arroz de camarão com alho-poró, molho de ostra, amendoim, rúcula e raspas de limão – Foto: Tadeu Brunelli.

Décor

Com projeto do arquiteto e também sócio Denis Pieroni, a casa aposta num ambiente industrial iluminado e, ao mesmo tempo, aconchegante. Num amplo salão de 160m2, o projeto explora elementos como o concreto, madeira e ferro, piso de cimento queimado, tijolos e tubulações aparentes. Toda a caixilharia de ferro foi desenhada pelo arquiteto e executada sob medida. O décor traz itens de design contemporâneos, como cadeiras Charles Eames, Thonart e em madeira maciça vergada.

Os tampos de mesa feitos de painéis de cerne de madeira teca (teak), de reflorestamento, super-resistente e que injeta um calor à composição. Nas cores, além do cinza, há toques de argila, cor que é tendência e reflete o espírito moderno e acolhedor do restaurante. Moderno e com e amplas janelas transparentes com vista para a movimentada rua dos Pinheiros, a ideia dos sócios é utilizar o espaço para confraternizações à noite, como festivais gastronômicos, culturais, eventos corporativos e sociais. Cozinha com estilo. Culinária do mundo, com ingredientes frescos, locais e sabores afetivos, como os churrascos de infância da chef, com um toque de urbanidade.

Kith 2º Andar: Rua Bianchi Bertoldi, 168 -2º andar, Pinheiros – São Paulo – Horário de funcionamento – almoço: de segunda a sexta, das 11h45 às 15h30. Jantar: Não abre para o jantar e nem aos fins de semana e feriados.

 

Começa hoje a 23ª SPRW com o tema “menus de sucesso”

O premiado Fitó e a Divina Panqueca estreiam no evento. A tradicional Mercearia do Conde também é destaque desta edição do festival, que tem como tema “Menus de Sucesso”

Clássicos com boa relação custo-benefício. Nesse clima de revisitar os pratos queridinhos da cidade, ocorre a 23ª edição da Restaurant Week, em São Paulo. O festival acontece de 28 de setembro e 21 de outubro/2018 e reúne mais de 180 restaurantes badalados da cidade com o tema “Menus de Sucesso”. O evento traz menus completos de almoço e jantar (entrada, prato principal e sobremesa) a preços fechados (Tradicional: R$ 46,90, no almoço, e R$ 58,90, no jantar; e Menu Premium: R$ 68, no almoço, e R$ 89, no jantar). Bebidas e taxas de serviço não estão inclusas no valor. O cliente poderá contribuir ainda com mais R$ 1 em cada refeição, que será convertido diretamente para a Fundação Cafu.

O festival tem como objetivo principal oferecer, a preços democráticos, o melhor da gastronomia, valorizando ingredientes e os produtores responsáveis pela matéria-prima fundamental na execução dos pratos. Estreiam nesta edição, com o Menu Tradicional, o brasileiro Fitó, em Pinheiros (selo Bib Gourmand no Guia Michelin e eleito recentemente pelo “New York Times” um dos melhores programas de São Paulo), a Divina Panqueca, no Tatuapé, além da tradicional Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano.

Novidade no Tatuapé, zona leste da cidade e estreante no Restaurant Week, o Divina Panqueca conta com receita secreta de família passada de geração para geração. O restaurante traz mais de 20 sabores de panquecas, em versões gratinadas (com molho branco, pomodoro caseiro ou bolonhesa), recheadas e doces, do tipo crepe e americana. E até opções vegetarianas, sem lactose, low carb (pouco carboidrato) e sem glúten, com farinhas de linhaça, castanha e amêndoas, para quem está de olho na dieta ou tem restrições alimentares.

Para o festival, a casa selecionou o Aperitivo de Carne Seca (carne seca acebolada curtida em cachaça acompanhada de massas de panquecas assadas), como entrada. Como principais, as panquecas Russa, Vegetariana Low Carb de Espinafre com Ricota e Carne com Queijo com Molho à Bolonhesa. Para finalizar, há sobremesas como panquecas de Nutella com Morango e a versão americana, em discos, a Strawberry Cheesecake Pancake (recheio de cheesecake e calda de morangos). Opção ideal para agradar a toda a família, dos pequenos aos adultos, com menu do almoço ao jantar.

casa da panqueca
Entradinha da Divina Panqueca reúne carne seca acebolada curtida em cachaça e massas de panquecas assadas: novidade no Tatuapé e no RW. Foto: Romulo Fialdini.

O Fitó, localizado no Largo da Batata, em Pinheiros, busca uma apresentação leve, contemporânea e de boa relação custo-benefício. O ambiente rústico e minimalista possui uma fachada que lembra o estilo das casas populares nordestinas. A casa oferece vários clássicos nordestinos como a Paçoca, preparo feito à base da carne-de-sol pilada e farinha de mandioca, um alimento completo para sustentar os vaqueiros em suas longas viagens e que se transformou em um dos pratos mais tradicionais do Piauí.

No Fitó, a Paçoca reúne a carne-de-sol da casa com farinha de mandioca, manteiga de garrafa, servida com baião de dois, banana-da-terra e queijo coalho). Para encerrar com doçura, há opções como Bolo de Chocolate com Calda de Cupuaçu e Nibs de Cacau ou o Doce de Caju (servido com requeijão nordestino). Para harmonizar, muita cajuína gelada, o suco dourado de caju, um patrimônio cultural do Estado do Piauí. Ou, ainda, o drinque da casa, o Cajuína Sour, que reúne cajuína, limão, cachaça artesanal e clara de ovo.

pacoca fitó
Paçoca (carne de sol da casa com farinha de mandioca, manteiga de garrafa, servida com baião de dois, banana-da-terra e queijo coalho): um clássico da chef Cafira Foz no Fitó, em Pinheiros. Foto: Mario Rodrigues

A Mercearia do Conde, sob o comando da restauratrice Maddalena Stasi, no Jardim Paulistano, está prestes a completar 27 anos de vida. O restaurante preserva resquícios de sua origem de armazém. No cardápio, uma cozinha multicultural, de diferentes sotaques e ingredientes locais. Localizado numa colorida casa de esquina, o restaurante é cheio de resquícios da antiga mercearia, com azulejos brancos nas paredes, sacolas penduradas, oratórios, quadros, espelhos, obras de arte, fadas e equilibristas pendurados no teto. O menu para o festival, servido apenas no jantar, tem como opção de entrada a Salada Verde com Guacamole, Carambola e Amêndoas. Já de prato principal, o menu conta com Frango ao Molho de Tamarindo com Arroz da Indonésia e Castanhas e Pernil Cozido Lentamente em seu Molho com Espaguete Caseiro e Agrião. Para finalizar, Torta de Cacau com Calda de Mexerica.

mercearia
Na tradicional Mercearia do Conde, já veterana no evento, a dica de sobremesa é a torta de cacau com calda de mexerica. Foto: Rafael Wainberg.

Criado nos anos de 1990 em Nova York, o Restaurant Week chegou ao Brasil em 2007 e, de lá para cá, vem movendo multidões em torno desse festival gastronômico. Presente em mais de 15 cidades brasileiras, com a exigência de que o restaurante participante tenha menu e preço fechados para o almoço e jantar, já virou parte do calendário regional. Oportunidade única para os apreciadores da boa gastronomia provarem menus diferenciados, preparados por grandes e renomados chefs, com diversas opções de menus criativos por preços democráticos.

Serviço:
O quê: 23ª edição da São Paulo Restaurant Week
Quando: De 28 de setembro a 21 de outubro/18
Tema: Menus de Sucesso

Valores:
– Menu Tradicional – R$ 46,90 (almoço) e R$ 58,90 (jantar)
– Menu Premium -R$ 68,00 (almoço) e R$ 89,00 (jantar)

Divina Panqueca: Rua Apucarana, 1165 – TatuapéSão Paulo – SP –

Almoço (de terça a domingo, das 11h30 às 18h)

Entradas
– Pão de Calabresa com Berinjela (pão de calabresa e queijo caseiro, acompanhado de berinjela marinada no azeite com especiarias)
– Pastinha Divina (pasta à base de grão de bico e beterraba acompanhada
de massas de panquecas assadas)

Pratos
– Panqueca de Carne com Queijo com Molho à Bolonhesa
– Panqueca de Brócolis, Champignon e Mozarela (brócolis refogado, queijo mozarela e champignon e coberta com molho de tomate natural)

Sobremesas
– Cheesecake Pancake (panqueca americana, com recheio de cheesecake
coberta com calda caseira de morango e finalizada com chantili)
– Torta de Limão da Casa

Jantar (de terça a domingo, das 18h à 22h30)

Entradas
– Aperitivo de Carne Seca (carne seca acebolada curtida em cachaça acompanhada
de massas de panquecas assadas)
– Pastinha Divina (pasta à base de grão de bico e beterraba acompanhada
de massas de panquecas assadas)

Pratos
– Panqueca Russa (deliciosa panqueca recheada com a tradicional receita do estrogonofe de frango russo, coberta com batata palha e queijo gratinado).
– Panqueca Vegetariana Low Carb de Espinafre com Ricota (panqueca com massa low carb de farinha de linhaça, recheada com espinafre refogado e ricota, coberta com molho de tomate natural)

Sobremesas
– Panqueca de Nutella com Morango (massa artesanal de chocolate e recheada com nutella e morango)
-Pudim de Leite da Casa

Fitó: Rua Cardeal Arcoverde, 2773 – Pinheiros – São Paulo – SP

Almoço (segunda a sexta-feira das 12h às 15h, sábado 12h30 às 16h30 e domingo 12h30 às 17h)

Entradas
-Pastel (bobó de camarão, queijo coalho com melaço ou carne de sol com banana-da-terra)
– Dadinho de Tapioca (tapioca e queijo coalho, servido com geleia de pimenta da casa, 8 unidades)

Pratos
– Paçoca (carne de sol da casa com farinha de mandioca, manteiga de garrafa, servida com baião de dois, banana-da-terra e queijo coalho)
– Baião-de-Dois Vegetariano (arroz e feijão de corda com queijo coalho, legumes do sertão assados maxixe, abóbora, quiabo e batata-doce, ovo caipira frito e vinagrete)

Sobremesa
– Flan de Coco (feito com ovos caipiras, leite de coco da casa e servido com calda de melaço)
– Sorbet ou Sorvete do Dia

Jantar (terça a sexta das 19h às 23h30, sábado, das 20h às 23h30)

Entradas
– Bolinho de Costela (bolinho de costela de porco empanada no panco, servido com geleia de pimenta da casa, 5 unidades)
– Casquinha de Siri (siri catado, tomate, cebola, dendê e farofa da casa)

Pratos
– Peixada (pintado no caldo com camarão, pimentão, tomate, cebola, leite de coco da casa e dendê. Acompanha arroz, farofa e abacaxi)
– Carne de Sol (contrafilé de carne de sol da casa selado na manteiga de garrafa, com purê de cará e vinagrete)

Sobremesas
– Bolo de Chocolate 70% Cacau (bolo servido com calda de cupuaçu e nibs de cacau, chocolate meio amargo)
– Doce de Caju do Piauí (tradicional doce piauiense de caju, servido com requeijão nordestino)

Mercearia do Conde: Rua Joaquim Antunes, 217 – Jardim Paulistano

Jantar (de segunda a quinta, das 19h às 23h30; sexta e sábado, das 19h à 0h30; e domingo, das 19h às 23h):

Entradas
– Bolinhos de mandioca e carne seca com molho de pimenta da casa
– Salada verde com guacamole, carambola e amêndoas

Pratos
– Frango ao molho de tamarindo com arroz da Indonésia e castanhas
– Pernil cozido lentamente em seu molho com espaguete caseiro e agrião
– Ensopado baiano de banana-da-terra ao leite de coco, arroz de açafrão, farofa e saladinha de couve

Sobremesas
– Torta de cacau com calda de mexerica
– Maria mole com coulis de manga

2ª São Paulo Oktoberfest começa hoje em São Paulo

O festival, que começa nesta sexta-feira, 28, vai reunir atrações culturais, gastronômicas, parque de diversões e mais de 70 tipos diferentes de cervejas que variam de R$ 10,00 a R$ 17,00

O festival, que abre os portões do Sambódromo do Anhembi no dia 28 de setembro a 14 de outubro, às 17 horas, vai proporcionar com uma saborosa experiência cervejeira com a patrocinadora Eisenbahn e várias cervejarias artesanais, oferecendo mais de 70 rótulos diferentes da bebida.

Serão 11 bares espalhados pelo festival com diversas opções de cervejas artesanais, sendo 9 da Eisenbahn e o restante de marcas parceiras convidadas para abastecer a festa alemã.

“Neste ano, com a parceria da Eisenbahn, vamos oferecer uma experiência cervejeira digna dos principais festivais desse segmento do mundo”, adianta Walter Cavalheiro Filho, fundador da São Paulo Oktoberfest.

O evento contará ainda com 110 shows culturais com bandas típicas de música alemã, grupos de dança, Palco Rock com mais de 30 shows de bandas do gênero, mais de 60 opções de pratos da culinária alemã, parque de diversões com brinquedos inéditos.  Serão 11 dias de festival, com muita alegria, diversão e cultura.

oktober sp Felipe Panfili
Foto: Felipe Panfili

Rótulos da experiência cervejeira

Os amantes de bebidas artesanais que visitarem o Oktoberfest terão a oportunidade de aprender sobre a arte dos mestres cervejeiros e experimentar estilos bem diversos. As cervejas custarão entre R$ 10,00 e R$ 17,00, conforme a lista de rótulos abaixo:

Eisenbahn:
American IPA, Oktoberfest, Pale Ale, Pilsen, Strong Golden Ale, Weizenbier, Rauchbier, Dunkel e Berliner Weiss.

Baden Baden:
Vienna Lager, Cristal, American Ipa, Golden Ale, Red Ale envelhecida, Stout, Witibier.

Caatinga Rocks:
ESB, Tropical Stout.

DeBron Bier:
IPA

Way Beer:
Berliner Weisse, Gose

Over Hop:
Hoppy Lager, American IPA

Ferinander:
Ale, Lager

Lay Back:
Lager

Schornstein:
Ipa, American Pale Ale

Júpiter:
American Pale Ale

Invicta:
Weissbier, Session Ipa, Pumpkin Ale.

Berggren:
American Hop Lager

Landel:
Session American Ipa, American Wheat.

Dádiva:
Dunkel

Blondine:
Session IPA, Bohemian Pilsner

Juan Caloto:
Doublue IPA, Forte Claro IPA.

Avós:
Cerveja Forte Clara, Cerveja Clara.

3 Cariocas:
Session IPA, Blonde Ale.

Three Monkeys:
Sour Beer com Pitaya e Goiaba, Sour Beer com Pitaya e Morango, IWA.

Thirsty Hawks:
Brut IPA

oktober sp 21

Informações: Facebook

São Paulo ganha primeiro restaurante ítalo-japonês das Américas

Com conceito inovador, restaurante inaugura no país a mistura inusitada de culinária japonesa com trufas

O Brasil acaba de ganhar o primeiro restaurante ítalo-japonês das Américas, o Tartuferia Giapponese, com cozinha contemporânea que promete sacudir o mercado gastronômico brasileiro. A nova casa abriu as portas com conceito ousado, superinovador e uma culinária única, que mistura a clássica cozinha japonesa com a italiana, trazendo como protagonista a maior iguaria do universo gastronômico: as trufas que são consideradas os diamantes da alta gastronomia mundial.

À frente da empreitada os empresários Lalo Zanini e Rafael Hidaka, que traz na bagagem uma estrela Michelin conquistada quando foi chef do renomado Mee, no Belmond Copacabana Palace. Em mais um passo importante na sua carreira, pela primeira vez Hidaka assume o outro lado do balcão como restauranteur da nova casa em par com Zanini, com quem concebeu o projeto e cuida da operação do negócio. Hidaka também assina o cardápio, cuja cozinha é pilotada pelo Chef Joaquim Laborde.

Alguns destaques do menu são o Beef Tataki, carpaccio de ancho selado servido com momiji oroshi e chips de alho, lâminas de trufa negra e molho ponzu; o Giapponese Kinoko Buns, mix de cogumelos japoneses, salsa de trufas negras servidos com pão japonês a vapor; o especial Ebi Wonton, massa crocante recheado com camarão servido com geleia de pimenta com trufas negras; e, por fim, o Giapponese Tuna Tartar que consiste em atum cortado na ponta da faca em cubos, servido com abacate, quinoa, pepino japonês e chips de batata doce ao molho Giapponese.

Beef_Tataki_-_Carpaccio_de_Ancho_selado_servido_com_momiji_oroshi_e_chips_de_alho__laminas_de_Trufa_Negra_e_molho_Ponzu_R_36Zarigani_Lagostim_R_28unid
TgiaponeseGyoza_de_Pato_-_Gyoza_de_Pato_confitado_servido_com_Molho_Hoisim_e_alho_negro_com_trufas_R_46Ebi_Wonton_-_Massa_crocante_recheado_com_camarao_servido_com_Geleia_de_pimenta_com_trufas_negras_R_36Giapponese_Kinoko_Buns_-_Mix_de_cogumelos_japoneses__salsa_de_trufas_negras_servidos_com_Pao_Japones_a_vapor_R_32Matcha_Tiramisu_-_A_nossa_versao_de_Tiramisu_de_Matcha_acompanhado_de_sorvete_de_cafe_R_35

A nova Casa do Grupo 8+, que comanda também o Tartuferia San Paolo e Mondo Gastronomico, o último capitaneado pelo renomado Chef Salvatore Loi, está no coração dos jardins e nasce sob a proposta de defender o melhor jeito brasileiro de ser japonês, com pratos contemporâneos, que mantém a tradição de duas culinárias clássicas muito apreciadas no país.

Tartuferia Giapponese – Alameda Lorena, 1892 – Jardim Paulista – São Paulo – SP.
Horário de funcionamento: terça a quinta, das 12 às 15 horas e das 19 às 23 horas; sexta e sábado das 12 às 15 horas e das 19 às 24; e domingo das 12 às 17 horas

Spicy oferece oficina de biscoitos decorados

Para entreter toda a família, a rede de lojas Spicy realiza, no próximo dia 21, uma oficina de biscoitos decorados em parceria com Maria de Açúcar.

O evento acontece na loja Spicy Haddock Lobo, a partir das 18h30. As inscrições podem ser realizadas pelo e-mail contato.mariacomacucar@gmail.com pelo valor de R$ 50,00.

spicy.jpg

Oficina de biscoitos decorados
Onde: Spicy – Haddock Lobo
Endereço: Rua Haddock Lobo, 746 – Jardins
Data: 21 de setembro
Horário: a partir das 18h30

Atendimento vascular gratuito domingo no Parque Villa-Lobos em São Paulo

São Paulo será a terceira cidade a receber o Circulando Saúde, que oferece atendimento vascular gratuito à população com médicos da especialidade. Domingo, 16 de setembro, o Parque Villa-Lobos (SP) sediará, das 9 às 14 horas, o projeto promovido pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), que este ano já passou por São Luís (MA) e Recife (PE).

A ação tem como objetivo oferecer informações a respeito das principais doenças vasculares, formas de prevenção e tratamento. Esta edição, na capital paulista, será junto ao 12º Dia Vascular de São Paulo, organizado pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular – Regional São Paulo (SBACV-SP).

O atendimento, feito por cirurgiões vasculares, residentes da especialidade, acadêmicos e alunos ligados à SBACV-SP, será em tendas de apoio. Os médicos realizarão uma triagem das principais doenças venosas e arteriais periféricas, bem como exame Doppler de onda contínua nos pacientes que apresentarem alguma alteração.

Os participantes também receberão orientações dos profissionais quanto aos sinais e sintomas dessas doenças, para ficarem alertas aos perigos de alguns comportamentos de risco e às devidas precauções a serem tomadas. Ainda poderão conferir a exposição de banners explicativos sobre trombose venosa, doença arterial periférica, aneurisma de aorta e obstrução de artérias carótidas.

Para quem estiver passeando pelo parque no dia da ação, serão distribuídas cartilhas com orientações e haverá convite para participar de uma aula de aeróbica.

“O objetivo do Circulando Saúde é aproximar a nossa especialidade da população, possibilitar que os cidadãos conheçam os fatores que mais contribuem para o desenvolvimento de doenças vasculares e oferecer atendimento com Angiologistas e Cirurgiões Vasculares a uma parcela da população que tem difícil acesso ao especialista. Esta é a terceira edição do projeto, que já passou por São Luís, Recife e até o fim do ano ainda vai contemplar mais duas cidades”, afirma o presidente da SBACV,  Roberto Sacilotto.

O Circulando Saúde tem apoio da Kendall e da FQM Farma. A próxima cidade a receber a ação será Fortaleza (CE), no dia 19 de outubro.

Causas e sintomas das principais doenças vasculares

Sedentarismo, má alimentação, cigarro, pressão alta e estresse do dia a dia são algumas das causas mais recorrentes das doenças vasculares.

As varizes são as mais comuns e estima-se que 30% da população mundial têm varizes (conforme região do mundo), afetando mais as mulheres (70%) do que os homens (30%). Os sintomas mais frequentes são: dor, cansaço e sensação de peso nas pernas, ardência, edema (inchaço), câimbras, dormência e áreas de pele inflamada com prurido (coceira).

Antes de qualquer cirurgia, em alguns casos, tenta-se o tratamento das varizes com o uso de meias elásticas, principalmente durante a gestação, e a utilização de medicamentos flebotônicos que melhoram o fluxo venoso, exercícios e emagrecimento.

Além do tratamento clínico das varizes, alguns procedimentos podem ser necessários para minimizar o problema. Escleroterapia, a famosa secagem dos vasos, procedimento este que deve ser sempre realizado por médico especialista vascular, trata-se da injeção de substâncias na forma líquida ou com mistura gasosa (mais conhecida como espuma) para desaparecimento das telangiectasias ou aranhas vasculares (vasinhos).

varizes-pernas-veias- winzy lee shuttestock
Foto: Winzy Lee/Shuttestock

Outra técnica para este tipo de doença é a utilização do laser que também pode ser realizado nos pequenos vasos. Em alguns casos pode ser realizada a aplicação de espuma ou também utilizada a técnica de ablação (queimar para secar a veia), como no uso do laser ou de fibras de radiofrequência.

“Para as varizes de médio e grosso calibre nas pessoas com sintomas de peso, cansaço e queimação a técnica cirúrgica para retirada destas veias ainda é a mais utilizada em nosso meio. A escolha da alternativa mais adequada pode variar dependendo do caso, mas sempre sob realização do médico especialista Vascular”, destaca o presidente da SBACV-SP, Marcelo Calil Burihan.

Outra doença que está se tornando mais frequente é a arterial periférica, conhecida como má circulação. A prevalência é atingir de 3 a 5% da população depois dos 50 anos e de 500 a 1.000 indivíduos por ano por milhão de habitante. Tudo isso aponta para um alerta: a isquemia de membros (amputação). Em torno de 120 a 500 casos por milhão de habitantes, dependendo da região – Consenso Mundial.

Burihan explica que o tratamento clínico é a primeira abordagem. Já o cirúrgico, com a realização de pontes utilizando-se a safena ou materiais sintéticos; e as angioplastias, desentupimento da circulação com cateteres ou com stents; devem ser reservadas para os casos mais graves. “A cessação do tabagismo, o controle rigoroso do diabetes e da dislipidemia (aumento do colesterol), a mudança do hábito alimentar e a realização de exercícios físicos regulares são essenciais para que não haja a progressão da doença”, salienta.

Circulando Saúde – 12º Dia Vascular de São Paulo
Data: 16 de setembro de 2018
Horário: Das 9 às 14 horas
Local: Parque Villa-Lobos
Endereço: Av. Professor Fonseca Rodrigues, 1025 – Pinheiros, São Paulo (SP)
Informações: (11) 5087-4888 |secretaria@sbacvsp.org.br

 

Ichi: culinária japonesa, coquetelaria e música

Ichi, palavra de origem japonesa que pode ser traduzida como o início de algo, começo ou, simplesmente, 1. Esse é o nome de uma das mais novas casas dedicadas à gastronomia japonesa em São Paulo, em endereço nos Jardins que já abrigou outro restaurante com a mesma culinária, do mesmo grupo de sócios, o UN restaurante (fechado em agosto de 2017).

Com cardápio tradicional e uma ampla carta de drinques, a casa tem funcionamento somente durante à noite, o ambiente de 240 m² é ocupado por um bar de drinques, um de sushis, o salão com mesas e um espaço para DJ. Tudo com decoração moderna e iluminação planejada, que muda de cor de acordo com o set list do DJ convidado, e que fica mais noturna com o passar da hora.

ichiichi 2

ichi 3
Fotos: Ale Virgilio

“A ideia é ser uma experiência de entretenimento completa na noite paulistana, com gastronomia, coquetelaria e música num único ambiente”, conta o empresário Denis Nicollini, à frente do novo empreendimento.

Gastronomia e coquetelaria prometem compartilhar a atenção dos clientes. A primeira tem a consultoria da chef convidada Alice Celidônio, que desenvolveu um cardápio com base tradicional e apresentação moderna, unindo as culinárias japonesa e peruana, que será executado pela equipe de profissionais da casa. Já a carta de drinques fica sob os cuidados dos especialistas Fernando Spolaor e Leonardo Massoni, que destacam entre as opções os drinques vintages, os autorais e as opções para dividir. Saquês, gin, tequila, vinhos e cervejas completam o leque.

Destaque do cardápio e da carta de drinques

Bun de salmão, tartar de salmão cru, cebolinha, abacate e maionese de wasabi
Bun de salmão, tartar de salmão cru, cebolinha, abacate e maionese de wasabi – Foto: Giuliano Agneli
shissô tempurá com spicy tuna
Shissô tempurá com spicy tuna – Foto: Giuliano Agnelli
barriga de porco e misso do ichi
Barriga de porco e missô – Foto: Giuliano Agnelli

Alguns itens de destaque da antiga casa foram mantidos, assim como o Crispy Rice (bolinho de arroz frito crocante, servido com tartar de atum / salmão temperado com creamy spicy, gochujang e cebolinha – R$ 22,00 / R$ 18,00). Entre as entradas, uma boa pedida também são as Endívias (Endívias, tartar de peixe branco, salsa de pera e trufa com molho cítrico – R$ 32,00).

Os pratos passam pelo Hamachi com salsa de pera e trufa (fatias de olhete, salsa a base de pera, trufa negra e açúcar mascavo, cebolete e finalizado com molho à base de yuzu e shoyu – R$ 34,00), o Risoto de Ouriço (Arroz, ouriço do mar e parmesão, temperados com shoyu e katsuobushi – R$ 75,00) e a Barriga de porco e missô (Barriga de porco cozida lentamente e marinada em missô servida com arroz, batata doce glaceada e acelga chinesa – R$ 45,00).

Para encerrar o jantar, a aposta pode ser no tradicional Trio de choux (Carolinas recheadas com doce de leite e nozes, caramelo, chá verde e creme pâtisserie – R$ 20,00) ou então, no Whiskey cappuccino (Crumble de café, sorvete de nata, crème brulée de café e espuma de whiskey – R$ 18,00).

Os drinques autorais contêm referências diretas da cultura milenar japonesa, com itens que remetem ao Japão místico. Entre os de assinatura está o Ahashima (R$ 32,00), que leva J.W. Double Black, Sake Ju Daiti, Norishiroppu, Daidai, Supaishina awa (espuma de gengibre com wassabi), guarnecido com katsuobushi e smoke bitter.

cherry blossom
Cherry Blossom – Foto: Giuliano Agnelli
japanese cocktail
Japanese Cocktail – Foto: Giuliano Agnelli
million dolar
Million Dollar – Foto: Giuliano Agnelli

Já os  drinques vintages apresentados são inspirados no pai da coquetelaria japonesa, o alemão Louis Eppinger, se referem a coquetéis clássicos criados em solo japonês ou com a intenção de homenagear a troca de culturas com outros países. Por exemplo, o Bamboo Cocktail (R$ 36,00), combina vinho Jerrez, Noilly Prat, orange bitter, angostura bitter e twist de limão siciliano. O Million Dollar (R$ 36,00), outra indicação de Massoni e Spolaor, leva Gin Tanqueray, Carpano Clássico, Noilly Prat, abacaxi, clara de ovo e abacaxi desidratado.

Ichi: Rua Padre João Manoel, 1.050 – Cerqueira César, São Paulo. Horário de funcionamento: terça-feira a sábado das 19:30 à 1:00. Domingo das 19h30 às 24h

Voo panorâmico de helicóptero em São Paulo: experiência ao alcance de todos

A High Class, única empresa do setor com sede no aeroporto Campo de Marte, oferece parcelamento de passeios em até 12 vezes

Você tem vontade de voar de helicóptero, mas acha que é muito caro e nem sequer pesquisou o preço? Pois saiba que com a High Class um passeio de 20 minutos pela cidade de São Paulo, em aeronave com três passageiros, sai por R$ 1.311,48 em 12 vezes, o que dá uma parcelinha de apenas R$36,43 por pessoa (à vista o voo é R$1.165,00).

Então se você vai passar férias, feriado prolongado ou somente um final de semana em uma das maiores metrópoles do mundo, ou é morador da cidade, acredite: contemplar São Paulo das alturas é uma experiência inesquecível. Longe do estresse do trânsito, com segurança e conforto, o visual da capital paulista deixa qualquer um de boca aberta seja pela manhã, à tarde ou à noite.

Durante o passeio, o helicóptero – para três, quatro ou cinco passageiros – que parte do aeroporto Campo de Marte (zona norte), voa a uma altitude de 150/200m, o que permite ver com muita clareza diversos pontos turísticos como a Estação da Luz, Terraço Itália, Catedral da Sé, Pátio do Colégio, Teatro Municipal, Museu do Ipiranga, Avenida Paulista, Parque do Ibirapuera, Estádio do Pacaembu, Cidade Universitária, Memorial da América Latina, Allianz Parque, Sambódromo, edifício Copan, Mercado Municipal e Museu Catavento.

Então, que tal reunir os amigos e curtir São Paulo de um jeito diferente? Confira abaixo os valores e você vai ver que a experiência cabe no seu bolso:

Nº PASSAGEIROS TEMPO DE VOO VALOR À VISTA VALOR TOTAL PARCELADO “PARCELINHA” POR PESSOA
03 20 MIN. R$ 1.165,00 R$ 1.311,72 R$ 36,43
03 30 MIN. R$ 1.440,00 R$ 1.621,44 R$ 45,04
04 30 MIN. R$ 1.990,00 R$ 2.240,64 R$ 46,68
05 30 MIN. R$ 2.700,00 R$ 3.040,20 R$ 50,67

E vale ficar atento a uma questão chave: a segurança. Bruno La Laina e Guilherme Gracio, sócios da High Class, explicam que para realizar um voo de helicóptero é preciso checar se ele é homologado para táxi aéreo, pois diversas companhias vendem voos em aeronaves particulares, o que é proibido, por não ter como atestar os requisitos de segurança.

esquilo___josuA_C__soares_dos_santosjet_ranger_2___josuA_C__soares_dos_santosrobinson_r44___crA_C_dito_josuA_C__soares_dos_santos

Então siga essa dica para ter essa certeza de que vai fazer seu passeio panorâmico com toda segurança: entre no site da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), digite o prefixo da aeronave e verifique se em “categoria de registro”, consta TPX. Consta? Então pode ficar tranquilo e aproveite ao máximo a sua experiência nas alturas.

High Class Passeios de Helicóptero
Endereço: Av. Olavo Fontoura 1078 – Setor C – Lote 5 – Sala 1 (Aeroporto Campo De Marte) – Santana – CEP 02012-021 – São Paulo – SP
Atendimento das 09h às 18h: (11) 3863-2061
Atendimento plantão 24h: (11) 99753-6946
Skype: hchelicopteros
Orçamentos: contato@passeiosdehelicoptero.com.br

Festival da Tainha na Ceagesp agita a capital em agosto

Pelo terceiro ano consecutivo, a Ceagesp é o palco de mais um Festival da Tainha. Durante todos os finais de semana do mês de agosto, o paulistano tem a oportunidade de se deliciar com a tradicional tainha na brasa, estrela dos grandes festivais que acontecem nessa época do ano em vários pontos do litoral brasileiro.

Nesta edição, o Festival conta novamente com a participação especial de Noé, 68, pescador e cozinheiro especializado, e sua equipe, vindos diretamente de Imbé-Tramandaí (RS).

A tainha é um peixe muito conhecido e uma ótima fonte de proteínas, vitamina B12 e fósforo. Também é uma forte aliada na prevenção de doenças cardiovasculares, devido à alta concentração do ômega 3.

Na Ceagesp são comercializadas 750 toneladas mensais do pescado, movimentando R$ 4,5 milhões. Nesta edição do festival os organizadores esperam vender 6 toneladas de tainha na brasa.

Por ser muito comum nessa época do ano, o peixe torna-se o centro das atenções atraindo milhares de fãs do prato. Por R$ 59,90, é servida a tainha na brasa preparada à moda de Tramandaí com acompanhamentos servindo generosamente duas pessoas.

Tendas venderão complementos como batata frita e porções de iscas, camarão, pastel, além de sobremesas e bebidas.

A festa também tem seu caráter social, pois parte da renda obtida será revertida à Associação Nossa Turma, entidade que atende crianças e adolescentes das comunidades ao redor da Ceagesp.

tainha

Festival da Tainha na Ceagesp
Finais de semana do mês de agosto 
Sábados, das 12h às 21h e aos domingos, das 12h às 18h.
Entrada pelo portão 15 da Rua Xavier Kraus (entrada exclusiva)
Entrada franca e estacionamento com taxa única de R$ 10,00.