Arquivo da categoria: Sem Lactose

Sorvete saudável de frutas vermelhas com banana sem glúten e zero lactose

A chef Desiree Maistro, do Centro Europeu, principal escola de gastronomia do Brasil, preparou uma receita especial de sobremesa ideal para se refrescar sem culpa nos dias mais quentes do ano: Sorvete saudável de frutas vermelhas e banana. Além de saboroso, o preparo é funcional, não contém glúten, lactose e açúcar refinado.

Sorvete saudável de frutas vermelhas com banana

Ingredientes (4 porções)
3 bananas maduras em rodelas congeladas
100g frutas vermelhas congeladas
Mix de castanhas picadas (ex. castanha-do-pará, amêndoas, nozes)

Modo de preparo
Descasque e corte as bananas em rodelas. Coloque em um saco plástico e leve ao congelador (tente deixar em uma camada apenas, para que quando retirar do saco plástico, as rodelas saiam soltinhas). Em um processador ou mixer coloque as bananas e as frutas vermelhas e bata até formar uma massa homogênea.  Sirva em seguida com as castanhas picadas em cima.

Sorvete Saudável de Frutas Vermelhas com Banana (2).jpg

Dicas
· Troque frutas vermelhas congeladas por qualquer fruta firme e não muito aguada, como manga e morango (que podem ser frescas e não congeladas).
· Para fazer sorvete de chocolate, use cacau em pó. Se necessário adoce com mel.
· Quanto mais congelada a fruta estiver, melhor a textura do sorvete.

Fonte: Centro Europeu

Kefir: nove benefícios para a saúde baseados em evidências

Rico em nutrientes e probióticos, é muito benéfico para a digestão e a saúde intestinal; muitas pessoas o consideram mais saudável que o iogurte. A seguir, nove benefícios do kefir para a saúde que são apoiados por pesquisas.

1. Kefir é uma fonte fantástica de muitos nutrientes

kefir
Kefir é uma bebida fermentada, tradicionalmente feita com leite de vaca ou de cabra. É feito adicionando grãos de kefir ao leite. Não são grãos de cereais, mas colônias semelhantes a grãos de leveduras e bactérias de ácido láctico que se assemelham a uma couve-flor na aparência.

Durante aproximadamente 24 horas, os micro-organismos nos grãos de kefir se multiplicam e fermentam os açúcares no leite, transformando-o em kefir. Em seguida, os grãos são removidos do líquido e podem ser usados ​​novamente.

Em outras palavras, o kefir é uma bebida, mas os grãos de kefir são a cultura inicial que você usa para produzir a bebida. O Kefir originou-se de partes da Europa Oriental e do Sudoeste Asiático. O nome é derivado da palavra turca keyif, que significa “sentir-se bem” depois de comer.

As bactérias do ácido láctico dos cereais transformam a lactose do leite em ácido láctico, por isso o kefir tem um sabor azedo como o do iogurte – mas tem uma consistência mais fina.

Uma porção de 180 ml de kefir com baixo teor de gordura contém (2):

Proteína: 4 gramas
Cálcio: 10% do IDR
Fósforo: 15% do IDR
Vitamina B12: 12% do IDR
Riboflavina (B2): 10% do IDR
Magnésio: 3% do IDR
Uma quantidade razoável de vitamina D

Além disso, o kefir tem cerca de 100 calorias, 7 a 8 gramas de carboidratos e 3 a 6 gramas de gordura, dependendo do tipo de leite utilizado. Também contém uma ampla variedade de compostos bioativos, incluindo ácidos orgânicos e peptídeos, que contribuem para seus benefícios para a saúde. As versões sem leite do kefir podem ser feitas com água de coco, leite de coco ou outros líquidos doces. Estes não terão o mesmo perfil de nutrientes que o kefir à base de leite.

Resumo: Kefir é uma bebida de leite fermentado, cultivada a partir de grãos de kefir. É uma rica fonte de cálcio, proteínas e vitaminas do complexo B.

2. Kefir é um probiótico mais potente que o iogurte

kefir

Alguns microrganismos podem ter efeitos benéficos sobre a saúde quando ingeridos (3). Conhecidos como probióticos, esses microrganismos podem influenciar a saúde de várias maneiras, auxiliando na digestão, no controle do peso e na saúde mental (4, 5, 6).

O iogurte é o alimento probiótico mais conhecido na dieta ocidental, mas o kefir é, na verdade, uma fonte muito mais potente. Os grãos de kefir contêm até 61 cepas de bactérias e leveduras, tornando-os uma fonte probiótica muito rica e diversa, embora a diversidade possa variar (7). Outros produtos lácteos fermentados são feitos de muito menos variedades e não contêm leveduras.

Resumo:  kefir pode conter até 61 micro-organismos diferentes, tornando-se uma fonte muito mais potente de probióticos do que muitos outros produtos lácteos fermentados.

3. Kefir tem propriedades antibacterianas potentes

493ss_getty_rm_intestinal_bacteria
Getty Images

Certos probióticos no kefir são acreditados para proteger contra infecções. Isso inclui o probiótico Lactobacillus kefiri, que é exclusivo do kefir. Estudos demonstram que esse probiótico pode inibir o crescimento de várias bactérias nocivas, incluindo Salmonella, Helicobacter pylori e E. coli. O kefiran, um tipo de carboidrato presente no kefir, também possui propriedades antibacterianas.

Resumo: Kefir contém o probiótico Lactobacillus kefiri e o carboidrato kefiran, ambos protegem contra bactérias nocivas.

4. Kefir pode melhorar a saúde óssea e diminuir o risco de osteoporose

Osteoporosis 1a

A osteoporose é caracterizada pela deterioração do tecido ósseo e é um grande problema nos países ocidentais. É especialmente comum entre as mulheres mais velhas e aumenta drasticamente o risco de fraturas.

Garantir uma ingestão adequada de cálcio é uma das formas mais eficazes de melhorar a saúde óssea e retardar a progressão da osteoporose. A gordura do kefir não é apenas uma excelente fonte de cálcio, mas também a vitamina K2 – que desempenha um papel central no metabolismo do cálcio. A suplementação com K2 reduz o risco de fraturas em até 81%.

Estudos recentes em animais ligam o kefir ao aumento da absorção de cálcio nas células ósseas. Isso leva à melhora da densidade óssea, o que deve ajudar a prevenir fraturas.

Resumo: Kefir feito a partir de produtos lácteos é uma excelente fonte de cálcio, e kefir de leite integral também contém vitamina K2. Esses nutrientes têm grandes benefícios para a saúde óssea.

5. Kefir pode ser protetor contra o câncer

CANCER

O câncer é uma das principais causas de morte no mundo. Ocorre quando células anormais em seu corpo crescem incontrolavelmente, como em um tumor. Os probióticos em produtos lácteos fermentados são acreditados para reduzir o crescimento do tumor, estimulando o sistema imunológico. Portanto, é possível que o kefir possa combater o câncer .

Este papel protetor foi demonstrado em vários estudos de tubo de ensaio. Um estudo descobriu que o extrato de kefir reduziu o número de células de câncer de mama humano em 56%, comparado a apenas 14% para o extrato de iogurte. Tenha em mente que os estudos humanos são necessários antes que conclusões firmes possam ser feitas.

Resumo: alguns estudos em tubo de ensaio e em animais indicam que o kefir pode inibir o crescimento de células cancerígenas. No entanto, não existem estudos atuais em pessoas.

6. Os probióticos nele podem ajudar com vários problemas digestivos

kefir

Probióticos como o kefir podem ajudar a restaurar o equilíbrio de bactérias benéficas em seu intestino. É por isso que eles são altamente eficazes no tratamento de muitas formas de diarréia (19, 20).

Além disso, muitas evidências sugerem que probióticos e alimentos probióticos podem aliviar muitos problemas digestivos (5). Estes incluem a síndrome do intestino irritável (SII), úlceras causadas pela infecção por H. pylori e muitas outras (21, 22).

Por esta razão, o kefir pode ser útil se você tiver problemas com digestão.

Resumo: probióticos como o kefir podem tratar várias formas de diarreia. Eles também podem levar a melhorias em várias doenças digestivas.

7. Kefir tem baixa lactose

kefir.png

Alimentos lácteos regulares contêm um açúcar natural chamado lactose. Muitas pessoas, especialmente os adultos, são incapazes de decompor e digerir adequadamente a lactose. Essa condição é chamada de intolerância à lactose.

As bactérias do ácido láctico em alimentos lácteos fermentados – como o kefir e o iogurte – transformam a lactose em ácido láctico, pelo que estes alimentos são muito mais baixos em lactose do que o leite. Eles também contêm enzimas que podem ajudar a quebrar ainda mais a lactose.

Portanto, o kefir é geralmente bem tolerado por pessoas com intolerância à lactose, pelo menos em comparação ao leite comum. Tenha em mente que é possível fazer kefir 100% isento de lactose usando água de coco, suco de frutas ou outra bebida não láctea.

Resumo: kefir é pobre em lactose porque suas bactérias do ácido láctico já pré-digeriram a lactose. As pessoas que têm intolerância à lactose muitas vezes podem beber kefir sem problemas.

8. Kefir pode melhorar os sintomas de alergia e asma

asma pulmão

As reações alérgicas são causadas por respostas inflamatórias contra certos alimentos ou substâncias. Pessoas com um sistema imunológico super-sensível são mais propensas a alergias, que podem provocar condições como a asma.

Em estudos com animais, o kefir mostrou suprimir respostas inflamatórias relacionadas a alergias e asma. Estudos em humanos são necessários para explorar melhor esses efeitos.

Resumo: evidências limitadas de estudos em animais sugerem que beber kefir pode reduzir reações alérgicas.

9. Kefir é fácil de fazer em casa

David Niergarth on Visualhunt.com - CC BY kefir
Foto: David Niergarth on Visualhunt.com – CC BY

Se você não tem certeza sobre a qualidade do kefir comprado na loja, pode facilmente fazê-lo em casa. Combinado com frutas frescas, o kefir contribui para uma sobremesa saudável e deliciosa.

Grãos de kefir* estão disponíveis em algumas lojas de produtos naturais e supermercados, bem como online. Você também pode encontrar muitas postagens de blog e vídeos que ensinam a produção de kefir, mas o processo é muito simples:

=Coloque 1 a 2 colheres de sopa (14-28 gramas) de grãos de kefir em um pequeno frasco. Quanto mais você usar, mais rápida será a cultura.  Adicione cerca de 2 xícaras (500 ml) de leite, de preferência orgânico ou mesmo cru. O leite de vacas alimentadas com capim é mais saudável. Deixe 1 polegada (2,5 cm) de espaço no topo do frasco.
Você pode adicionar um pouco de creme gordo se você quiser um kefir mais grosso. Coloque a tampa e deixe por 12-36 horas à temperatura ambiente. É isso aí.
Depois que começarem a aparecer pedaços, está pronto. Depois, você gentilmente coa o líquido e os grãos originais de kefir são deixados para trás.

Agora você pode colocar os grãos em um novo pote com um pouco de leite,  e o processo começa novamente. É delicioso, nutritivo e altamente sustentável.

Resumo: você pode facilmente produzir kefir caseiro usando grãos de kefir e leite.

O ponto de partida

Kefir é um alimento saudável e fermentado, com uma consistência comparável ao iogurte. Produto tradicionalmente feito a partir de leite de vaca, mas muitas opções não lácteas estão disponíveis. Estudos sugerem que ele estimula o sistema imunológico, auxilia em problemas digestivos, melhora a saúde dos ossos e pode até mesmo combater o câncer.

*No Brasil, o kefir costuma ser doado.

Fonte: Health Line

Receitas fáceis de leite vegetal para fazer em casa

Com vegetarianismo e veganismo mais populares do que nunca, os leites vegetais têm conquistado cada vez mais fãs. Há também aquelas pessoas com intolerância à lactose ou restrições alimentes.

Para aqueles que querem economizar a aprender uma nova receita para fazer em casa, o Pinterest tem inúmeras ideias fáceis e gostosas para você apostar nessa tendência.

No Brasil, o Pinterest tem visto receitas de leite vegetal como uma tendência, com um aumento de 30% nas buscas. De aveia a castanha de caju, estas opções alternativas vão incrementar as suas receitas preferidas e te inspirar a tentar novas.

Com mais de 15 bilhões de ideias de comidas e bebidas ao redor do mundo, Pinterest, a ferramenta de descoberta visual que ajuda a planejar a vida desde o que cozinhar até o que vestir, é o recurso perfeito para descobrir novas receitas que valem a pena experimentar em casa, independentemente da dieta. Confira:

5 receitas de leite vegetal que estão bombando no Brasil

leite vegetal

Receitas diferentes

leite de amendoas

Com amêndoa

leite castanha para

Com castanha-do-pará

leite castanha caju

Com castanha-de-caju

leite aveia

Com aveia

Fonte: Pinterest

 

Delícia de Morango: sobremesa sem lactose e sem açúcar

Quem está de dieta ou não pode consumir produtos com lactose não precisa ficar sem sobremesa. O Cozinha Fit & Fat criou essa receita com apenas 30 calorias por porção, gostosa e muito fácil de fazer. Delícia de Morango é feita com iogurte Lacfree Verde Campo sabor Morango, ideal para quem é intolerante à lactose e deseja opções com pouco açúcar e baixas calorias.

Além da receita abaixo, você pode acompanhar o passo a passo em um vídeo, clicando aqui.

Delícia de Morango

Ingredientes

1 garrafa (500g) de iogurte de morango Lacfree Verde Campo
1 sachê de chá de frutas vermelhas
1+1/2 pacote de gelatina incolor sem sabor
Geleia caseira da fruta de sua preferência

Modo de preparo

Em um recipiente despeje 1/2 da garrafa do iogurte Lacfree Verde Campo. Prepare 1/2 pacote de gelatina incolor sem sabor conforme orientações da embalagem. Despeje no iogurte e misture bem. Unte uma forma de pudim com óleo de coco. Despeje a mistura do iogurte. Cubra com papel filme e leve à geladeira por uma hora. Prefira usar fôrma pequena para que a sobremesa fique mais alta e mais fácil ao desenformar. Prepare o chá de frutas vermelhas e adicione 1/2 pacote de gelatina incolor preparada conforme orientações da embalagem. Misture bem e aguarde amornar. Retire a fôrma da geladeira e despeje sobre a camada de iogurte de morango, a mistura de chá de frutas vermelhas. Cubra novamente com plástico e retorne à geladeira por mais uma hora.
Prepare outra camada de iogurte, igual à primeira camada. Despeje sobre a camada de gelatina de chá, cubra com filme e leve à geladeira por seis horas, para firmar por completo. Desenforme passando uma faca molhada nas bordas da forma e, caso precise, passando o fundo rapidamente por uma boca acesa do fogão. Decore com a geleia de sua preferência.

Delicia3.jpg

Fonte: Verde Campo

Receita de cookie vegano

A Cookie Stories, de Curitiba (PR), preparou uma receita exclusiva, especial e saborosa de cookie vegano. Confira o passo a passo abaixo:

Cookie Dark Vegan

Ingredientes

500g farinha de trigo
190g açúcar refinado
220g açúcar mascavo
120ml óleo de coco
120ml leite de soja
20ml essência de baunilha
12g bicarbonato de sódio
100g cacau 100%
300g chocolate meio amargo (vegano)
150g castanha de caju

Modo de preparo

Preaqueça o forno à 180°c. Em uma tigela grande, misture os açúcares, o sal e o óleo de coco até ficar bem incorporado. Adicione à mistura o leite de soja e a baunilha e misture até o açúcar dissolver e formar um creme liso. Adicione a farinha, o bicarbonato de sódio e o cacau mexendo delicadamente com uma espátula.
Em seguida acrescente o chocolate e as castanhas de caju. Leve para geladeira por 30min coberto com um filme plástico. Depois forme bolinhas iguais com a ajuda de duas colheres de sopa e disponha em uma assadeira com papel manteiga deixando uma distância de 10cm entre elas. Asse por 12 a 15 min. Quando sair do forno deixe esfriar em uma grade e sirva.

cookie_vegan.jpeg

Fonte: Cookie Stories

Receitas para o Dia das Bruxas: gostosuras sem travessuras

Leporim, da Editora Alaúde, é um livro de receitas e de histórias infantis. A obra conta as memórias da feiticeira Isilda Strega, que saiu ainda criança de seu vilarejo natal – Canttatum – para morar em Leporim, uma terra habitada por duendes, elfos, dragões e animais mágicos. Cada aventura dá origem a uma receita e todas levam nomes mágicos como o Crocante de caspa de dragão (cookies de aveia) e Bolinho raio de Sol (cupcake de laranja).

Que tal preparar estas receitas deliciosas para comemorar o Halloween (ou Dia das Bruxas) com a criançada?

Bolinho Raio de Sol

cupecake.png

Cupcake de Laranja

Ingredientes mágicos:
1 xícara de leite de castanha de caju corajoso (ou leite de coco)
¾ de xícara de suco de laranja Raio de Sol
½ xícara de óleo vegetal saltitante
1 colher (sopa) de vinagre branco de lágrima de gnomo bebê
2½ xícaras de farinha sem glúten mágica
¾ de xícara de açúcar cristal orgânico estrelado
2 colheres (chá) de raspas de casca de laranja Raio de Sol
1 pitada de sal borbulhante
½ colher (chá) de goma xantana enfeitiçada
1 colher (sopa) + 1 colher (chá) de fermento químico em pó multiplicador

Preparo no caldeirão:
Preaqueça o forno a 180 °C. Coloque todos os ingredientes na batedeira, exceto a goma xantana e o fermento. Bata por 5 minutos em velocidade media. Adicione a goma xantana e bata por 5 segundos em velocidade baixa. Desligue a batedeira, adicione o fermento. Misture delicadamente com uma colher de pau mágica. Despeja a massa em forminhas para cupcakes (não complete toda a forminha com a massa, pois os bolinhos vão crescer). Peca para um adulto levar ao forno e assar por 20 minutos. Recheie com a geleia de sua preferência e confeite com o feitiço.

Dica da Feiticeira:
Para saber se os bolinhos estão no ponto, ao completar 20 minutos de forno, espete um palito na massa até o fundo da fôrma. Se o palito sair seco, os bolinhos estão prontos. Para facilitar, raspe as laranjas antes de tirar o suco.

Rendimento: 12 unidades grandes
Tempo de preparo: 10 minutos
Tempo de forno: 20 minutos

Crocantes com Caspa de Dragão

crocante.png

Cookies

Ingredientes mágicos:
1 xícara de aveia em flocos caspas de dragão
1 xícara de farinha de trigo preguiçosa
¾ de xícara de açúcar cristal orgânico estrelado
¼ de xícara de água filtrada encantada
1 colher (chá) de essência de baunilha amorosa
1 colher (chá) de fermento em pó multiplicador
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio salgado
¼ de xícara de óleo de coco do Coqueiro Doce
½ tablete (100 g) chocolate amargo bem-humorado picado.

Preparo no caldeirão:
Preaqueça o forno a 180ºC. Em uma tigela, coloque todos os ingredientes, exceto o óleo de coco e o chocolate picado, e misture com uma colher de pau. Despeje o óleo de coco aos poucos, ate dar liga a massa. Por último, junte o chocolate picado e misture bem.
Forre uma assadeira com papel-manteiga. Distribua colheradas de massa na assadeira, deixando um espaço de dois dedos entre cada uma, pois os cookies vão crescer enquanto assam. Leve ao forno e assar por 15 minutos, ou até dourarem. Retire do forno, espere esfriar e guarde em um pote bem fechado

Dicas da Feiticeira:
O tempo de forno pode variar, então fique atento para não os cookies não queimarem. Você pode substituir o óleo de coco por óleo de girassol, e o açúcar cristal por açúcar de coco. Verifique o rótulo do chocolate para ter certeza de que é um produto vegano.

Rendimento: 30 unidades
Tempo de preparo: 10 minutos
Tempo de forno: 15 minutos

leporim.jpg

Fonte: Livro Leporim – Editora Alaúde

As dietas da moda: saiba os riscos e os cuidados

Em busca de soluções imediatistas, quase que milagrosas para a conquista “do corpo perfeito” (perda de peso), muitas pessoas optam por fazer as famosas “dietas da moda”. Essas dietas não respeitam a individualidade nutricional e prometem resultados rápidos com restrições alimentares que podem ser perigosas para a saúde.

Todas as pessoas têm a mesma necessidade nutricional? Adotar essas “modinhas” é seguro? Até que ponto a saúde pode ser afetada? “A saúde atrelada a uma dieta saudável, balanceada e diversificada é algo que não sai de moda”, esclarece Ana Paula Del’Arco, nutricionista e consultora da Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos).

Modismos à mesa

alimentos dieta prato fita metrica

As dietas da moda quase sempre recomendam a exclusão de algum grupo alimentar e, consequentemente, de nutrientes, o que fatalmente afeta o desempenho do organismo, que necessita de todos os nutrientes em equilíbrio para o seu adequado funcionamento.

Sem lactose

sem lactose

Modismo que já teve mais adeptos, retirar a lactose da dieta não emagrece, explica Ana Paula. A lactose é um nutriente, é o açúcar do leite, que deve fazer parte de uma dieta balanceada. A lactose não traz nenhum malefício para a saúde, salvo para aquelas pessoas com intolerância à lactose diagnosticada.

Os principais atributos nutricionais do leite e seus derivados se destacam por estes alimentos serem fontes importantes de proteína de alto valor biológico, por serem a principal fonte de cálcio na alimentação, além de conterem minerais e vitaminas em abundância.

Dentro de uma dieta balanceada, os lácteos contribuem para a manutenção do peso saudável, sendo seu consumo recomendado para todas as fases da vida do ser humano, desde crianças, adolescentes, adultos, praticantes de atividade física, gestantes, lactantes e idosos.

Gluten Free

gluten free sem

Nos últimos anos, levadas por noções equivocadas, relatos de celebridades ou simplesmente por modinha do momento, muitas pessoas passaram a excluir glúten da sua alimentação.

O glúten é a fração proteica do trigo e não faz nenhum mal para a saúde, exceto para aqueles com doença celíaca. Remover ou reduzir drasticamente o glúten da dieta para quem não tem doença celíaca é incorrer no erro de fazer substituições que podem prejudicar a saúde, além de desenvolver uma sensibilidade antes inexistente.

Low Carb

verduras legumes frutas

As dietas de emagrecimento rápido são os modismos mais frequentes e a queridinha da vez é a Low Carb, a famosa dieta de Atkins, agora repaginada, onde frutas e legumes são bem-vindos e representam as únicas fontes de carboidratos da dieta. “Nesta dieta a monotonia alimentar é bastante forte, acarretando na privação de diversos nutrientes para o adequado funcionamento do corpo”, alerta Ana Paula.

Sucos detox

suco-detox

Os sucos detox já estiveram mais em alta, mas ainda são adotados por muitas pessoas no intuito de desintoxicar, desinchar ou de “purificar o organismo”. Entretanto, a privação de nutrientes e de fontes consistentes de energia para o corpo, acabam intoxicando ainda mais o organismo, dado que o corpo aumenta a produção de hormônios relacionados ao estresse quando está em estado de privação energética. E os efeitos não param por aí, tomar apenas sucos por 2 ou 3 dias, diminui a frequência intestinal, aumentando o acúmulo de toxinas no intestino, prejudicando a frequência de evacuação.

Realizar dietas de emagrecimento ou para ganho de peso, sem a devida orientação, pode causar sérias complicação para o organismo. Cada pessoa tem necessidades específicas e individuais, e por isso, o acompanhamento de um nutricionista é fundamental. “A exclusão e/ou a restrição de grupos alimentares da dieta afeta diretamente a saúde. O equilíbrio e a variedade na dieta são fundamentais para garantir a adequada nutrição do organismo, sem deficiências e sem excessos nutricionais”, finaliza Ana Paula.

Fonte: Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos)

Novidade: palitos de batata-doce assados

Inovação em snacks salgados e também em sabores, essa deliciosa novidade da BeLive é composta por um mix de farinha de arroz, batata-doce integral e proteína isolada de batata.

Os snacks são perfeitos para saciar aquela vontade de comer algo entre as refeições e ótimos como aperitivos. Eles oferecem mais de 5g de proteína por pacote, são feitos com ingredientes 100% de origem vegetal, não contém glúten, zero lactose, com sal light e são livres de ingredientes transgênicos.

Cada porção de 25g equivale a 94 calorias. Preço sugerido ao consumidor final: R$ 5,00 a R$ 5,50.

Os produtos da BeLive estão nas principais redes de supermercado, lojas de produtos naturais, drogarias e no varejo em geral.

Informações: BeLive

Receita de Pudim de Amendoim com Coco

Essa é mais uma receita com produtos saudáveis da Copra, sem lactose e também sem glúten, desenvolvida pela culinarista Cássia Chagas.

O Pudim de Amendoim com Coco leva uma hora e 10 minutos para ficar pronto e rende oito porções. Confira a receita abaixo:

Pudim de Amendoim com Coco

Ingredientes

1 xícara (chá) de leite de soja
3 ovos
1 embalagem de Leite Condensado de Coco Copra
Meia xícara (chá) de amendoim torrado sem pele
2 colheres (sopa) de Coco Ralado Copra

Para untar
Óleo de Coco e Palma Spray Copra

Para cobrir
Papel alumínio

Para servir
Caramelo em Calda Copra

Modo de preparo

1- Unte uma forma de furo central com 18 cm de diâmetro. Reserve.
2- Preaqueça o forno em temperatura média (180Cº).
3- Bata no liquidificador o leite, os ovos, o Leite Condensado de Coco Copra, o amendoim e o Coco Ralado Copra por três minutos ou até obter mistura homogênea.
4- Coloque a mistura na fôrma reservada e cubra com papel alumínio.
5- Leve ao forno em banho-maria por 40 minutos ou até que espetando um palito este saia limpo.
6- Desenforme depois de frio. Leve à geladeira até a hora de servir.
7- Sirva com Caramelo em Calda Copra.

Pudim-de-amendoim-com-coco.jpg

Dica
Se desejar, substitua uma parte do leite de soja por Leite de coco Copra.
Decore com Coco Ralado Copra e amendoim torrado antes de servir.

Fonte: Copra

 

Receita de panqueca low carb

A chef low carb Vanda Hering dá cursos por todo Brasil, levando e ensinando a fazer comida de verdade, que alimenta e conforta a todos. Do salgado ao doce, do simples ao refinado, tudo o que faz bem ao corpo e a alma, além de agradar a toda a família, independente de seguir ou não esse estilo de vida. Confira abaixo a receita de panqueca low carb:

Panqueca Low Carb

panqueca low carb.JPG

Ingredientes
150g de farinha de amêndoas
2 ovos
80 a 100ml de água
1 pitada de sal

Modo de Preparo
Bata os ovos com um garfo e misture todos os demais ingredientes, deixe descansar por 5 minutos.  Coloque manteiga em uma frigideira. Após aquecida,  coloque porções de massa formando panquecas. Baixe o fogo. Deixe ficar firme (você perceberá a formação de bolhinhas nas pontas), vire e faça o mesmo procedimento. Sirva com geleia de frutas vermelhas sem açúcar.

Salvar