Arquivo da categoria: Sem Lactose

Receitas sem glúten e lactose para fazer em família

Estar na cozinha junto a alguém que gostamos estreita laços de amor, cumplicidade e amizade, além de ser relaxante e divertido. O Kurotel – Centro Médico de Longevidade e Spa em Gramado, preparou algumas receitas para os intolerantes ou adeptos às dietas sem glúten e lactose, para tornar os momentos junto a quem se ama mais gostosos. Aproveite o fim de semana para preparar as receitas abaixo:

Peixe com alho-poró crocante e purê de banana (sem glúten e sem lactose)

peixe com alho poro

Ingredientes

4 filés de peixe 120g cada
1 xícara de alho-poró cortado em rodelas
1 colher (chá) de óleo vegetal
1 colher (café) de sal marinho
Suco de limão

Modo de preparo

Tempere o peixe com sal e suco de limão. Reserve. Corte o alho-poró em rodelas, coloque em uma assadeira e deixe desidratar de 15 a 20 minutos a 120 graus. Unte uma frigideira com óleo e leve o peixe para grelhar. Cubra com o alho-poró crocante e sirva em seguida.

Para o purê de banana
6 bananas-maçãs
½ xícara (chá) de leite de coco
½ xícara (chá) de caldo de peixe caseiro
1 colher (café) de sal

Modo de preparo

Descasque a banana, coloque numa panela, junte o leite de coco, o caldo de peixe e o sal e leve para cozinhar. Passe por uma peneira fina. Se ficar com pouca consistência, retorne ao fogo e engrosse levemente com maisena. Deve ficar na consistência de purê.

Rendimento 4 porções
Calorias da porção: 150

Lasanha Napolitana (sem glúten)

lasanha

Ingredientes

10 folhas de repolho
1 xícara (chá) de cenoura ralada
2 xícaras (chá) de frango desfiado
2 colheres (sopa) de cebola ralada
1 colher (sobremesa) de óleo
1 colher (café) de sal
1 xícara (chá molho de tomate
2 colheres (sopa) de salsinha picada
12 fatias de queijo de minas
1 colher (sopa) de orégano

Modo de preparo

Leve o repolho para cozinhar. Reserve. Coloque o óleo numa panela e doure a cebola, acrescente a cenoura e deixe cozinhando um pouco até a cenoura amolecer, junte o frango, misture bem e acrescente o molho de tomate o sal e a salsinha. Monte em pratos individuais intercalando o repolho com o frango, cubra com o queijo de minas e salpique orégano e leve ao forno para gratinar.

Rendimento 3 porções
Calorias da porção 198

Bolo de Cenoura com Beterraba (sem glúten e sem lactose)

bolo cenoura e beterraba.jpg

Ingredientes

200 g de creme de soja (ou 1 xícara de óleo de coco)
1 xícara de adoçante culinário (ou 1 xícara de açúcar mascavo)
3 ovos orgânicos batidos
75 g de farinha de arroz
75 g de amido de milho
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de canela em pó
100g de cenoura ralada
100g de beterraba ralada

Cobertura (se desejar)
100g de iogurte de soja
2 col de sopa de mel

Modo de preparo

Preaqueça o forno a 180°, unte a forma com creme de soja. Bata o creme de soja com o adoçante até virar uma mistura fofa, acrescente o ovo e misture bem. Peneire a farinha, o fermento e a canela sobre a massa. Em seguida misture a beterraba e a cenoura. Distribua na forma e asse de 5 a 10 minutos.

Rendimento: 1 unidade com 16 fatias
Calorias por porção: 57 kcal (com creme de soja) / 102 kcal com óleo de coco

Fonte: Kurotel

 

 

 

Anúncios

Pra Lá de Bom ensina a fazer bolo de tangerina 

Para este feriado, a Chef Paula Rosignoli, da Pra Lá de Bom Delicias sem Glúten, sugere como sobremesa o Bolo de Tangerina sem glúten e lácteos, uma sobremesa com toque cítrico marcante que agrada a todos os paladares.

A receita saudável e funcional foi desenvolvida especialmente para aqueles que têm alergias e intolerâncias, sendo também uma opção para quem preza pela saúde e qualidade de vida. “Pensamos na tangerina que proporciona cor e sabor. O bolo pode ser servido com sorvete ou mesmo para um momento especial em família no café da tarde”, afirma Paula.

O bolo preparado com ingredientes de primeira linha inclui orgânicos e não contém conservantes, é vendido sob encomenda e custa R$ 70,00.

Bolo de Tangerina Praladebom

Ingredientes do bolo:
4 ovos inteiros
140g de açúcar demerara orgânico (ou Xylitol ou açúcar de coco)
2 tangerinas grandes
40 g de azeite de oliva
20 g de agua
140 g de farinha de amêndoa
60 g de mix de farinha preparada sem glúten ou farinha de arroz branco
90 g de Polvilho doce
10 g de fermento químico em pó

Ingredientes da calda:
3 Tangerinas
30 g de açúcar demerara orgânico (ou Xylitol ou açúcar de coco)

Modo de Preparo:
Bater os ovos com o açúcar por 10 min na batedeira. Cortar as tangerinas e retirar apenas a parte branca do centro e as sementes, conservando a casca. Bater as tangerinas com o azeite e a água no liquidificador. Misturar aos secos e adicionar a mistura de ovos delicadamente. Assar em forma untada por 45 min a 170 graus.

Calda:
Espremer o suco das tangerinas, adicionar o açúcar e levar ao fogo por 5 minutos. Desenformar o bolo e colocar a calda.

Bolo de Tangerina

Prá Lá De Bom – Rua Dona Luiza Tolle, 678 – Santana

 

Pesquisa: o que leva brasileiros a adotarem modismos em dietas e alimentos

Levantamento realizado para a Nestlé aponta que muitos brasileiros estão evitando itens como lactose e glúten e inserindo novos ingredientes na dieta, como batata-doce e óleo de coco

Pesquisa inédita realizada para a Nestlé, com mais 1.500 pessoas de todas as regiões do Brasil, mostra que uma grande parcela dos brasileiros está aderindo aos “modismos alimentares” em busca de emagrecimento rápido, retirando de sua alimentação ingredientes como glúten e lactose, de forma indiscriminada, e buscando resultados “mágicos” em alimentos como batata-doce e óleo de coco.

O levantamento foi realizado pela área de Inteligência e Pesquisa de Mercado da Editora Abril especialmente para a Revista BIO, publicação especializada da Nestlé, dirigida a nutricionistas, que passa a contar a partir deste mês de outubro com novo projeto gráfico e editorial, com o objetivo de disseminar informações científicas sobre Nutrição aos profissionais de saúde.

De acordo com a pesquisa, 19% dos entrevistados faz restrição parcial ou total do consumo de glúten, proteína presente em cereais como trigo, centeio e cevada. Desses, 30% cortaram a substância porque querem emagrecer. No entanto, apenas 4% das pessoas que evitam parcial ou integralmente o glúten o fazem pelo fato de terem doença celíaca e por recomendação profissional. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), apenas 1% da população mundial tem a doença celíaca.

pesquisa2

 

Quando o assunto é lactose, 28% das pessoas que responderam à pesquisa disseram que fazem restrição total ou parcial do seu consumo. Entretanto, um total de 79% afirmou que nunca fez um teste de intolerância à lactose. O levantamento mostra também que 26% dos entrevistados resolveram cortar a lactose por conta própria, sem consultar um profissional de saúde, e 8% admitiram que tiraram esse nutriente da sua dieta por vontade de emagrecer.

pesquisa4

pesquisa5

Segundo a pesquisa, além da motivação do peso, muitas pessoas também evitam componentes como o glúten e lactose por acharem que eles podem fazer mal à saúde, devido principalmente à utilização de dizeres como “não contém glúten” e ”sem lactose” em embalagens e anúncios, que acabam gerando a percepção de que tais componentes não são saudáveis.

pesquisa3

Alimentos da moda

O levantamento aponta que os “alimentos da moda”, associados ao emagrecimento e à melhora da saúde, também estão cada vez mais presentes no cardápio dos brasileiros e são consumidos no dia a dia por boa parte da população, como é o caso da batata-doce (61%), do óleo de coco (24%) e da chia (28%).

pesquisa7

A pesquisa mostra, ainda, outras conclusões sobre as dietas low-carb e detox, além de dados sobre o que os brasileiros consideram como uma dieta saudável. Os resultados completos podem ser conferidos na revista BIO do mês de outubro. A publicação é distribuída pela Nestlé para mais de 30 mil nutricionistas e especialistas da área de saúde com o objetivo de promover educação, atualização e conscientização sobre temas ligados a alimentação e saúde, contribuindo para disseminar o propósito da companhia de melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável.

pesquisa10

pesquisa8

pesquisa9

pesquisa6

pesquisa1

Fonte: Nestlé Brasil

 

VeGhee: manteiga feita com óleo de palma nacional e sustentável e 100% vegana

VeGhee é uma manteiga feita com óleo de palma, nacional e sustentável, e sal rosa do Himalaia (ou sem sal), 100% vegana, com textura e sabor idênticos ao da manteiga tradicional. Pode ser usada para refogar ou diretamente no pão do café da manhã, ou seja, você usa do mesmo jeito que usaria a manteiga normal, com a supervantagem de não precisar de refrigeração.

A VeGhee não contém glúten, lactose e colesterol, sendo uma opção excelente para intolerantes a derivados do leite, veganos e vegetarianos estritos.

História

Ghee (ou Ghi) tem sua origem na Índia antiga, onde a manteiga era fervida, clarificada, caramelizada e resfriada, algumas vezes, ainda ganhava a adição de especiarias, para se obter um ingrediente considerado mais puro que a manteiga normal. É considerada um dos principais ingredientes da Medicina Aiurvédica Indiana. Porém, devido ao seu custo, e também por ser oriunda do leite, os indianos elaboraram a Ghee vegetal, uma mistura fria de um ou mais óleos vegetais que ficam com a mesma textura da Ghee tradicional.

Produção da VeGhee

A Natural Science produz a VeGhee com óleo de Palma Nacional (do Pará), não oriundo de desmatamento. Extraído por métodos físicos (prensagem mecânica) sem uso de solventes ou outras substâncias químicas. O processamento deste óleo é feito de forma natural (fisicamente), com produtos naturais (ácido cítrico e terra não ativada). Mantendo assim o sabor e textura iguais ao da tradicional Ghee, junto com sal rosa do Himalaia para dar um toque especial em suas receitas.

capa

Ingredientes: óleo vegetal de palma, sal do Himalaia (ou sem), aroma idêntico ao natural de manteiga e urucum. Não contém glúten. Não contém lactose e proteína do leite.

Informações: Natural Science

 

Um pouco sobre o kefir – por Carolina Mantelli*

O kefir virou “febre” na internet, porém devemos ir com cautela antes de mergulhar nessa leitura, pois muito do que está escrito não tem, muitas vezes, fundamento científico. Os grãos de kefir são constituídos por leveduras fermentadoras de lactose e leveduras não fermentadoras de lactose. Não confunda o produto com iogurte ou coalhada, apesar de sua aparência ser bem parecida. O nome deriva da palavra turca keyif, que significa “sentir-se bem” depois de comer.

A informação comprovada, de fato, tem a ver com a grande limpeza da membrana intestinal, mas qual é a vantagem de se consumir o produto? Sua maior característica, sem dúvida, é a altíssima quantidade e qualidade dos aminoácidos que possui e a eliminação de micro-organismos patogênicos, ou seja, que direta ou indiretamente podem provocar doenças. O kefir atua como um verdadeiro aliado nos quadros de diarreia e obstipação, por exemplo.

Existem alguns estudos feitos, por enquanto, somente em animais, que mostram que o kefir pode diminuir ou até inibir o crescimento de células cancerosas, porém isso ainda não foi comprovado em humanos.

Outro ponto positivo são os lactobacilos contidos no produto. Eles produzem a enzima betagalactosidase, que facilita a digestão da lactose e, portanto (e por incrível que pareça) é indicado para os intolerantes à lactose.

kefir

Chegamos à conclusão de que o kefir é uma bebida de leite, fermentada, muito rica em cálcio, proteínas e vitaminas do complexo B. Ela possui seu exclusivo Lactobacillus kefiri, sobre o qual estudos têm mostrado que pode inibir o crescimento de várias bactérias nocivas para a saúde (Salmonella, E coli, H pylori etc). Além disso, alguns testes feitos em animais, em laboratório, observou propriedades antifúngicas, antivirais, anticancerígenas e antimutagênicas.

Importante: antes de incluir o kefir na sua dieta consulte um endocrinologista.

*Carolina Mantelli é médica, pós-graduada em Endocrinologia e Metabologia. Possui título de médica perito pela Universidade de São Paulo e conhecimentos específicos em metafísica e desenvolvimento mental, procurando tratar o ser humano como um todo

 

 

Belive lança brownie proteico e muffin zero açúcar

Belive, marca de snacks saudáveis, apresenta as novas opções de brownie proteico e muffin zero açúcar. Os lançamentos são alternativas práticas de produtos proteicos e zero açúcar que se diferenciam das existentes no mercado, como barrinhas e shakes.

A nova versão do brownie com proteína vegetal, no sabor double chocolate, recebe um toque especial de gotas de chocolate amargo. Além de delicioso, tem cinco gramas de proteína de ervilha, chia e arroz. Não contém glúten e lactose, suas proteínas vegetais são fontes de fibras, auxiliam na regulação do trânsito intestinal e no aumento da saciedade.

muffin1

O saboroso muffin zero açúcar, nas versões double chocolate e laranja com gotas de chocolate é perfeita para se deliciar a qualquer hora do dia. Além de ser zero açúcar e sem lactose, é formulado com um mix de farinhas, fornecendo nutrientes para uma vida equilibrada.

muffin2muffin11

Informações: Believe

 

Chef sugere Tortinha de Maçã sem Glúten e sem lactose

Tem gente que ama uma tortinha de maçã, e não é justo ficar sem comer porque segue uma dieta com restrições ao glúten ou à lactose. Por isso, a chef Paula Rosignoli, da Pra Lá de Bom Delicias Sem Glúten desenvolveu uma receita deliciosa e rica em cálcio, que auxilia na formação e manutenção óssea.

Tortinha de Maçã sem Glúten e sem lactose

Ingredientes

Massa
130g de um mix de farinha de sem glúten (de qualquer marca)
20g de farinha de amaranto
30g de farinha de amêndoa
60g de manteiga ghee
50g de açúcar demerara
1 ovo
20ml de água

Recheio
2 Maçãs descascadas e fatiadas bem fininhas
40g de açúcar demerara
3g de canela em pó
1g de noz moscada ralada
1g de extrato de baunilha
20g de farinha de mandioca crua

Modo de preparo
1. Para preparar a Massa, coloque todos os ingredientes em uma vasilha e mexa até criar uma mistura uniforme.
2. Abra a massa em com a ajuda de um rolo e um papel plástico para não grudar. Corte as tampas com a ajuda das forminhas que irá usar.
3. Divida o restante da massa em 4 partes iguais e monte a base das suas tortinhas.
4. Para o recheio misture o açúcar com a canela e noz moscada e corte as maçãs em rodelas bem finas.
5. Coloque uma colherzinha de farinha de mandioca nas bases e de forma alternada coloque fatias de maçã, a mistura do açúcar com canela e a noz moscada.
7. Após rechear coloque uma colherzinha de extrato de baunilha e uma colherzinha de farinha mandioca para finalizar.
8. Ao colocar as tampinhas das tortinhas faça alguns cortes na massa para liberar o vapor do cozimento da maçã.
9. Leve ao forno de 160º por 60 minutos.

tortinha de maça.jpg

Fonte: Pra Lá de Bom

 

Achocolatado de cacau belga livre de açúcar e adoçantes

Produto é composto de 50% de cacau belga combinado com alfarroba, planta de origem mediterrânea rica em fibras e nutrientes

Sanavita traz mais uma novidade: o Achocolatado Premium Sanavita, que integra a Linha Livre da marca. O novo produto não contém maltodextrina, açúcar, adoçantes, glúten, lactose ou qualquer aditivo químico, e é ideal para o consumo de diabéticos, intolerantes à lactose ou por pessoas que optam por um estilo de vida mais saudável.

Rico em vitamina D e cálcio, importantes para a saúde dos ossos, o Achocolatado Premium Sanavita não tem contraindicação e pode ser consumido, inclusive, por crianças e idosos. “Diferente dos achocolatados tradicionais, ricos em açúcar, o novo produto da Sanavita tem apenas 17 calorias por porção e combina os benefícios dos antioxidantes (polifenois) presentes no cacau e alfarroba, com a polidextrose, fibra prebiótica que atua favorecendo a saúde intestinal”, explica a nutricionista Natália Dourado.

A junção do cacau belga com a alfarroba favorece a ação contra os radicais livres e contribui para a melhora do humor, diminuindo a sensação de estresse e ansiedade – aumentando a sensação de satisfação. “Além disso, auxilia no controle da pressão sanguínea, colesterol e dos níveis de glicose no sangue, por isso pode ser consumido por diabéticos”, enfatiza a nutricionista.

Natália indica adicionar 10 gramas do produto (equivalente a 2 colheres de sopa rasas), em 200 mililitros de uma bebida da preferência do consumidor, como leite, leite sem lactose ou bebidas vegetais. O achocolatado também pode ser usado em mistura de bolo, sobremesas e outras receitas, podendo ser consumido quente ou frio.

achocosite.png

A embalagem com 200g rende até 20 porções e está com o preço promocional de R$ 39,99 nos primeiros três meses de lançamento.

Informações: Sanavita

Leite de coco pronto para consumo

Depois conquistar o mercado com sua água de coco 100% natural, a Obrigado traz sua nova linha de bebidas. Opção saudável para qualquer hora e local do dia como café da manhã, lanche da tarde, no trabalho e na escola, o leite de coco pronto para consumo, sem lactose, apresenta as versões original, manga e maracujá, chocolate, e banana com morango e linhaça.

O leite de coco da Obrigado traz dez vitaminas em sua composição, além do ácido láurico, uma poderosa substância natural, também encontrada no leite materno, com propriedades antivirais, antifúngicas, antibacterianas, digestivas, imunoestimulantes, antioxidantes e que ainda age regulando os hormônios da tireoide e acelerando o metabolismo.

“Os leites vegetais vêm crescendo muito no Brasil por oferecerem alternativas saudáveis e serem ideais para os intolerantes à lactose. A missão da Obrigado foi encontrar a melhor matéria-prima para pessoas que buscam um leite saudável. A marca é comprometida em trazer sempre produtos de alta qualidade, diferenciados, saborosos e com muitos benefícios para a saúde, mostrando a diversidade e vantagens que o coco traz para o dia a dia” explica Roberto Lessa, vice-presidente da Obrigado.

leite de coco2

Segundo dados brasileiros, 70% dos adultos têm sintomas de intolerância após consumir leite de vaca ou derivados. “O leite de coco pode ser consumido por todos, principalmente pelos alérgicos e por quem tem qualquer nível de intolerância a lactose. Além disso, é sem conservantes, sem colesterol e sem glúten”, afirma Carolina Godoy – nutricionista da Consultoria Equilibrium.

A bebida é fonte de cálcio e enriquecida com dez vitaminas – Vitamina A, Vitamina C, Vitamina D, Vitamina E, Vitamina B1, Vitamina B3, Vitamina B5, Vitamina B6, Vitamina H (Biotina), fornecendo carboidratos, que são macro nutrientes que levam energia para o corpo, gorduras boas que participam de vários processos do metabolismo e dão saciedade, fornecendo uma alimentação balanceada e nutritiva com preço acessível.

Obrigado_baixa03170622_112144

As bebidas são encontradas em diversos pontos de vendas do país, de supermercados a empórios naturais e lojas de conveniência. Os produtos têm dois tamanhos: 200ml por R$ 2,97 e de 1l por R$ 11,90. A geração saúde agradece.

Informações: Obrigado

150 Maksoud amplia seu cardápio com menu de Dietas Especiais

Pensado para aqueles que têm alguma intolerância a glúten, lactose ou açúcar sem deixar o sabor de lado

Pensando que uma das principais refeições para as pessoas é o café da manhã, o restaurante 150 Maksoud (do Maksoud Plaza Hotel ) complementa o seu já conhecido café da manhã com um cardápio de dietas especiais. Voltado para pessoas com restrição alimentar a glúten, lactose ou açúcar; os novos itens são oferecidos todos os dias a partir das seis horas.

O café da manhã é muito importante para uma dieta equilibrada, pois além de ajudar a regular a fome no decorrer do dia, fornece os nutrientes necessários para recuperar o corpo após o período de jejum ao qual o ser humano se submete enquanto dorme.

Dentre os itens oferecidos no novo cardápio há pão sem glúten, leite de soja, leite sem lactose, gelatina sem açúcar, omeletes de claras, ovos quentes ou poche. E, ainda, você pode montar uma omelete ou uma tapioca, em uma das estações dispostas, com os ingredientes de preferência como: queijo prato, presunto, peito de peru, queijo branco, tomate, cebola, salmão ou champignon.

leite soja.png

Tudo incluso no valor de R$ 50,00 por pessoa, mas crianças menores que seis anos são convidadas do hotel e de 7 a 12 anos têm 50% de desconto.

Horário: das 6 até às 10h30
Local: 150 Maksoud
Endereço: Rua São Carlos do Pinhal, 424 – Lobby