Arquivo da categoria: teatro

“Cabaré Solanas” ressalta poder e propõe domínio feminino

Espetáculo sugere mudança radical na sociedade em busca de justiça e poder para a mulher

Sete mulheres provocadas pelo manifesto SCUM (um manifesto feminista radical feito publicado em 1967), de Valerie Solanas, se unem para apresentar um cabaré/ato em busca de justiça para a condição da mulher na sociedade. Feminicídio, assédio, gaslighting, abuso e abandono são temas abordados em Cabaré Solanas, em cartaz até 8 de abril no Habitat Cultural, em São Paulo.

Com dramaturgia de Elle Henriques e Mario Spatizziani, que também assina a direção, o espetáculo convida a plateia a refletir sobre uma ficcional transformação radical do mundo centrada no poder da mulher. O manifesto feminista radical, publicado em 1967, é o condutor das cenas que dialogam com a realidade da mulher e inflamam impulsos que estão prestes a explodir.

As personagens que integram o “Cabaré Solanas” foram livremente inspiradas em mulheres que desafiaram padrões vigentes, como a escritora Patrícia Galvão (Pagu), a heroína francesa Joana d’Arc, a atriz norte-americana Frances Farmer, a dançarina Mata Hari, entre outras. As experiências reais vividas pelas atrizes que compõem o elenco e seus depoimentos pessoais também motivaram a criação de cenas e a composição de suas personagens.

Todas as músicas do espetáculo são interpretadas ao vivo com acompanhamento do pianista Murilo Emerenciano que também integra a cena. O repertório, idealizado pelo diretor, traz desde o clássico do cinema Love Is A Many Splendored Thing (do filme “A Colina da Saudade”, 1955), até sucessos de grandes nomes como Maysa e Os Mutantes, chegando à atualidade com a cantora Ekena e sua composição “Todxs Putxs”.

cabare2_baixa

O espetáculo está em cartaz aos sábados, às 20h30, e aos domingos, às 19h30, no Habitat Cultural, localizado no Jardim São Paulo, zona norte da capital.

cabare_baixa

Sinopse: sete mulheres provocadas pelo manifesto SCUM, de Valerie Solanas, se unem para apresentar um cabaré/ato em busca de justiça para a condição da mulher na sociedade. Feminicídio, assédio, gaslighting, abuso e abandono são temas abordados nas cenas que inflamam impulsos radicais que estão prestes a explodir. Em um mundo que precisa de transformações radicais, é possível promover mudanças sem ações radicais?

cabare3_baixa

Sobre o SCUM: manifesto feminista radical escrito por Valerie Solanas e publicado em 1967. Nele, a autora argumenta que os homens têm arruinado o mundo e que cabe às mulheres corrigi-lo. Para atingir este objetivo, sugere a formação da “SCUM”, uma organização dedicada a dominar a sociedade e eliminar o sexo masculino.

cabare1_baixa

Ficha Técnica
Concepção Geral e Direção: Mario Spatizziani
Dramaturgia: Elle Henriques e Mario Spatizziani
Elenco: Bianca da Costa, Cynthia Azevedo, Denise Muramatsu, Drika Nascimento, Elle Henriques, Julia Mafra e Kellen Rodrigues
Piano: Murilo Emerenciano
Iluminação: Mario Spatizziani
Fotos: Adrianne Henriques
Produção: Alex Olobardi e Kellen Rodrigues.

Local: Habitat Cultural – Rua Capitão Rabelo, 279 – Jardim São Paulo.
Próximo à estação Jardim São Paulo/Ayrton Senna do metrô
Informações e reservas: (11) 98050-7777
Capacidade: 40 lugares
Data: Até 8 de abril. Sábados, 20h30. Domingos, 19h30.
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)
Duração: 75 min
Classificação: 16 anos

 

 

 

Anúncios

1º Leilão Oficial em Teatro acontece neste sábado e será da peça Vermelho

Pela primeira vez no Brasil um leilão oficial ocorrerá em associação a uma peça de teatro. Será neste sábado (1º) no teatro Tuca, em São Paulo, e terá início às 23h15, logo após o fim da sessão do espetáculo Vermelho, protagonizado por Antônio Fagundes e seu filho Bruno Fagundes.

A leiloeira oficial Flávia Cardoso Soares, ao lado dos Fagundes pai e filho, levará a pregão uma grande tela pintada pela dupla de atores durante o espetáculo da noite. Outros itens farão parte do leilão. Entre eles, acessórios do figurino dos atores e a possibilidade de conhecê-los pessoalmente, com direito a registro fotográfico.

O leilão é online e presencial. O online será transmitido ao vivo para o Brasil todo e já está aberto para lances prévios no site. Já o presencial poderá ser acompanhado exclusivamente pelo público pagante do espetáculo desta noite. A peça conta a história do artista plástico Mark Rothko, expoente do expressionismo abstrato.

vermelho

Serviço:
Compra de ingressos: Tel.: (11) 4003-1212 ou pelo site. 

Informações sobre o leilão: Cel.: (11) 99979-9416.
Local: Teatro Tuca – Rua Monte Alegre, nº 1.024. Perdizes. São Paulo SP

vermelho2

“Quem gosta de arte tem de assistir ao espetáculo vermelho. Por quê? Porque a peça é protagonizada por um dos maiores astros brasileiros das artes cênicas, Antonio Fagundes, e por seu talentoso filho e também ator Bruno Fagundes. Porque a direção da montagem é de Jorge Takla, nome por trás de muitos sucessos de crítica e público no teatro do País. Porque a história em questão é a do artista plástico Mark Rothko, um dos expoentes do expressionismo abstrato. Porque o texto dessa história é assinado por John Logan, autor de roteiros cinematográficos de repercussão, como O Último dos Samurais, O Gladiador e O Aviador. Porque a junção de bons atores, bom diretor, boa história e bom autor tem tudo para resultar em entretenimento com qualidade de arte. Neste caso, resulta. Eu vi. E recomendo.” Flávia Cardoso Soares, leiloeira oficial.

foto_da_capa_em_2012_com_texto_-_original160927_114827