Arquivo da categoria: vegana

Restaurante 100% vegano abre as portas em Perdizes

That Vegan Brand – Comedoria Vegana oferece pratos, sanduíches e porções em espaço moderno e a preços justos

Comida saborosa, a preços justos e sem o uso de nenhum ingrediente de origem animal é a proposta do novo restaurante That Vegan Brand – Comedoria Vegana, que acaba de abrir as portas em Perdizes. Com um cardápio variado, passeando com desenvoltura entre pratos, sanduíches e porções, a casa surge como nova opção para veganos, vegetarianos ou para quem quer sair da rotina e provar novos sabores.

O menu é dedicado a receitas com vegetais, grãos, cogumelos e massas, e oferece opções fixas, servidas de terça a domingo, e pratos do dia. São preparos familiares e reconfortantes, com clássicos da culinária brasileira, árabe e italiana, que deixam de lado carnes, laticínios e ovos sem abrir mão do prazer de comer bem.

A casa tem capacidade para 25 pessoas em um ambiente simples e moderno e, de terça a sábado, fica aberta até a 1h, surgindo como uma boa opção para jantar até mais tarde.

O restaurante e a cozinha são comandados por Marcela Teixeira e Jux Curtis. Marcela é engenheira civil, mas cresceu entre as panelas do restaurante da família, enquanto Jux trabalhava com eventos e alimentação vegana desde 2013. Em 2017, eles uniram forças e criaram a That Vegan Brand para oferecer comida vegana em eventos pela capital. Seu carro-chefe, o Falafel Burguer, tornou-se sucesso de público e a dupla decidiu investir na abertura do próprio espaço, com cardápio ampliado.

O Falafel Burguer está no menu fixo da nova casa e vem com rúcula, tomate, pepino, cebola roxa e tahine no pão integral com gergelim (R$ 18,00). Também na seção de lanches estão o Mushroons Burguer, hambúrguer de feijão com mix de cogumelos, alface, tomate, guacamole e crostas de queijo (R$ 20,00), e o Quinoa Burguer, hambúrguer de quinoa e antepasto de berinjela, salada coleslaw e maionese de inhame em pão integral (R$ 22,00). Além dos hambúrgueres, o Choripan, versão vegana do tradicional sanduíche argentino com linguiça calabresa, vem no pão francês com molho chimichurri e salsa (R$ 18,00).

That Vegan Brand - Mushroons Burguer
Mushroons Burguer

That Vegan Brand - Quinoa Burguer

Já quem preferir uma refeição, pode optar pelo PF Vegan, servido de terça a domingo com arroz, feijão, fritas e um hambúrguer da casa (R$ 18,00), ou um dos pratos do dia. Às terças-feiras, a sugestão é o Gnocchi de Espinafre, opção sem glúten preparada com tofu defumado, tomates concassé e manjericão (R$ 24,00). O Risoto de Funghi Secchi (R$ 25,00) é preparado às quartas e a Moqueca de Palmito pupunha, acompanhada de arroz de xerém e farofa de banana (R$ 25,00), é servida sempre às sextas.

That Vegan Brand - Gnocchi de Espinafre 4
Gnocchi de Espinafre

Nos finais de semana, a casa abre para o almoço e só fecha no fim da noite. Aos sábados, a Feijoada Vegana acompanha arroz, couve e farofa (R$ 24,00) e, aos domingos, as opções são o Risoto de Linguiça ao Vinho Tinto (R$ 24,00) e a Lasagna de Berinjela, com massa tradicional e fatias de berinjela com molho caseiro à bolognese (R$ 23,00).

That Vegan Brand - Lasagna de Berinjela

Todos os dias, a seção de porções traz Batata Rústica, Onion Rings, Bolinho de Falafel e Calabresa Acebolada, boas opções para acompanhar a seleção de chopes artesanais e kombuchas. E, para encerrar, é possível escolher entre o Brownie de Chocolate, servido com uma bola de sorvete do dia (R$ 18,00), e os Churros com Doce de Leite, feito com leite de coco (R$ 15,00)

That Vegan Brand – Comedoria Vegana Rua Aimberê, 91 – Perdizes. Horário de funcionamento: terça a sexta, das 18h à 1h; sábado, das 12h à 1h; domingo das 12h às 22h

 

Anúncios

Festival Mexicano Vegano vai ajudar a alimentar mais de 150 animais carentes

A festa, promovida por entidade de proteção animal, oferece cardápio mexicano sem produtos de origem animal e com renda revertida para o cuidado com gatos e cães resgatados das ruas.

A ONG Confraria dos Miados e Latidos realizará, no próximo domingo 8 de abril, a primeira edição do Festival Mexicano Vegano, confraternização que reúne os apaixonados por animais em um farto almoço com receitas veganas inspiradas na culinária mexicana tradicional e tex-mex: chili, tacos, burritos, churros, flan e drinks típicos como a tradicional margarita e a exótica água de jamaica.

Por que um evento vegano?

“Nossa organização muitas vezes é questionada por não atingirmos um número maior de pessoas, promovendo um evento com pratos ‘convencionais’” – explica Adriana Tschernev, Vice Presidente da instituição. “Mas nós devolvemos o questionamento: como poderíamos levantar fundos para ajudar uma ou duas espécies de animais, explorando a morte e o sofrimento de outras tantas espécies?” – pondera. “Além disso, é uma oportunidade para que as pessoas descubram novos sabores. É possível ter prazer ao comer sem consumir produtos de origem animal”.

Todas as funções no evento são desempenhadas pelo corpo de voluntários da ONG – por um dia, jornalistas, professores, médicos, empresários e profissionais das mais diversas origens vestem seus aventais e assumem a cozinha e o serviço no salão.

Para Tatiana Sales, Presidente da ONG, esse é o principal diferencial dos eventos. “Tudo é feito com muito amor. Essas pessoas poderiam fazer o que quisessem com seu tempo e talentos – mas escolheram estar aqui, cozinhando e servindo aqueles que fazem nosso trabalho possível, apoiando a ONG financeiramente.”

A renda do evento será revertida para o cuidado com cães e gatos resgatados da rua pela instituição. O ingresso beneficente custará R$ 60, valor que apadrinha as despesas de um bichinho por um mês. O encontro ocorrerá no Pitanga Espaço Gastronômico, próximo ao Metrô Vila Madalena e contará também com a venda de produtos artesanais e de uma camiseta com estampa exclusiva. Vale destacar que doações de sacos de ração, brinquedinhos, remédios e outros mimos para os gatinhos serão muito bem-vindas!

Os ingressos podem ser adquiridos no dia do evento ou, antecipadamente, na lojinha virtual da ONG.

mexicano.png

Serviço
I Festival Mexicano Vegano
8 de Abril | das 12 às 17 horas
Pitanga Espaço Gastronômico – Rua Original 162
Próximo ao Metrô Vila Madalena
Ingresso: R$ 60,00

Informações: e-mail adriana@miadoselatidos.org.br ou pelo Tel./WhatsApp (11) 99197-7550

Domingo tem Festival de Gastronomia Vegana na Avenida Paulista

Um circuito gastronômico com falafel, samosa, cheesecake, bolos, comida árabe, do Congo, da Índia, do Japão e tantos outros locais, além dos quitutes brasileiros como a coxinha de jaca verde, sorvetes com frutas tropicais, sucos diversos e até alimentos para animais: são muitas iguarias neste festival para provar sem dor na consciência, pois apenas plantas fazem parte das preparações.

Além da alimentação no local para consumo imediato ou para viagem, como leites, manteigas e queijos todos oriundos de vegetais, haverá expositores de outros setores como cosmético, higiene, artesanato, decoração, vestuário, calçados, acessórios e itens para pets.

Um evento para toda a família, com abertura antecipada às 10h para yoga e meditação com Cláudio Duarte; das 14h às 15h30 a nutricionista vegana Andressa Roehrig Volpe palestra sobre “Os benefícios da dieta 100% vegetariana”; e para as crianças haverá às 17h narração de histórias com o tema “O Casarão das Gatas” com Marcya Harco, vegana idealizadora e organizadora do Projeto PAZ.

Marcya Harco contadora de histórias infantis
Marcya Harco contadora de histórias infantis

Em 2018 o Encontro Vegano JMA completa quatro anos, ocorrendo gratuitamente ao público pelo Estado de São Paulo, com cerca de 80 mil visitantes ao longo das edições e mais de 500 empreendedores envolvidos, tornando-se referência no Veganismo com acessibilidade a todos, onde o público conhece ser possível um estilo de vida sem nenhuma forma de violência, baseando-se na ética e respeito aos animais, aos humanos e ao planeta.

Acompanhando o crescimento do Veganismo no Brasil e no mundo, o evento reúne em sua curadoria expositores qualificados em bens e serviços veganos, ou seja, isentos de exploração animal, produzidos através de ingredientes e matéria-prima sem origem animal e também não testados em animais.

O espaço sempre conta com abertura antecipada para a atividade de yoga e meditação, e presença de ONGs e protetores de animais independentes que recebem doações de ração, medicamentos, fraldas, jornais, tapetes higiênicos, cobertores e outros itens para ajudá-los nos resgates.

cartaz

Festival de Gastronomia Vegana JMA J’adore mes amis
Av. Paulista, 735 – Clube Homs – São Paulo (próximo ao metrô Brigadeiro)
Dia 8 de abril – domingo
12h às 20h
Yoga e meditação às 10h
Entrada franca, atividades gratuitas
Programação

Doces veganos para a Páscoa; alternativa saudável e sustentável para se deliciar

Confira a seguir três receitas deliciosas de docinhos que combinam superbem com a Páscoa. Todas foram retiradas de livros de receitas veganas, assim você se delicia sem causar sofrimentos aos animais.

Confira e deguste:

Trufas de Limão e Matcha do Livro Herbivoráz – Julia Guedes – Editora Alaúde

Trufas de Limão e Matcha

Ingredientes
1 xícara de castanha de caju crua demolhada (Deixe a castanha de caju de molho por 24h. Antes de usar na receita, escorra e descarte a água).
½ xícara de suco de limão mais raspas da casca
1 colher (chá) de fécula de batata
1 colher (chá) de gengibre em pó
1 colher (chá) de matcha em pó, mais um pouco para polvilhar
2 colheres (sopa) de óleo de coco
3 colheres (sopa) de xarope de agave ou melado de cana

Modo de Preparo
1 Em um processador, bata a castanha de caju por 5 minutos ou até obter um creme homogêneo e liso. Em seguida, adicione o suco de limão, a fécula de batata, o gengibre, o matcha, 2 colheres (sopa) de óleo de coco e o xarope de agave (ou o melado). Processe até obter uma massa consistente.  Transfira a massa para uma panela em fogo médio com o restante do óleo de coco e mexa até que fiquei com uma consistência firme, que de para enrolar. Desligue o fogo e espere esfriar. Separe porções da massa e enrole as trufas. Se necessário, unte as mãos com um pouco de óleo de coco para não grudar.
Coloque as trufas em uma travessa e polvilhe com matcha em pó e as raspas de limão. Leve para a geladeira por, no mínimo, 20 minutos. Sirva as trufas geladinhas.

Tempo de preparo 40 minutos | Rende 2 copos

Cookie de Alecrim com Gotas de Chocolate do livro Os Segredos Veganos de Isa – Isa Chandra Moskowitz – Editora Alaúde

Cookie de Alecrim com Gotas de Chocolate

Ingredientes
½ xícara de óleo de coco em estado semissólido (ponto pomada)
2 colheres (sopa) de alecrim fresco picado
1/3 de xícara de açúcar mascavo
¼ de xícara de açúcar cristal orgânico
¼ de xícara de leite de amêndoa (ou o leite vegetal de sua preferencia)
1 colher (sopa) de farinha de linhaça (de preferência dourada)
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 1/3 de xícara de farinha de trigo
½ colher (chá) de sal
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ xícara de gostas de chocolate 70% cacau

Modo de Preparo
Pré-aqueça o forno a 180 ºC. Unte levemente duas assadeiras grandes. Numa tigela grande, use um garfo para bater o óleo de coco e o alecrim até formar uma mistura lisa. Adicione os dois tipos de açúcar e bata por mais um minuto. Junte o leite e a farinha de linhaça e bata por mais 30 segundos. Adicionei a baunilha. Misture metade da farinha de trigo com o sal e o bicarbonato de sódio. Mexa bem. Misture o restante da farinha com as gotas de chocolate. Misture até ficar…bem, com aspecto de massa de cookie. Forme cada cookie (redondo) com 2 colheres (sopa) de massa na assadeira, dando 5 cm de intervalo entre eles. Achate-os levemente com as mãos. Leve para assar por 10 a 12 minutos, até a parte de baixo dos cookies dourar. Deixe esfriar nas assadeiras por cerca de 3 minutos. Em Seguida, passe os cookies para uma grande para terminar de esfriar.

Tempo de preparo 30 minutos | Rende 24 cookies

Brownie de chocolate com nozes e linhaça do Livro 50 Doces Veganos – Kátia Cardoso – Editora Alaúde

Brownie de chocolate com nozes e linhaça

Ingredientes
4 colheres (sopa) de óleo
½ xícara de água
½ xícara de polpa amassada de um abacate maduro
1 maçã pequena, sem casca e sem sementes, picada
1 colher (sopa) de essência de baunilha
½ xícara de cacau em pó
1½ xícara de açúcar demerara
½ xícara de farinha de trigo
½ xícara de farinha de trigo integral
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 xícara de nozes e castanhas-do-pará, sem casca, picadas
1 colher (sopa) de sementes de linhaça dourada

Modo de Preparo
Pré-aqueça o forno a 180 °C. No liquidificador, bata o óleo com a água, a polpa do abacate, a maçã, a baunilha, o cacau e o açúcar. Passe para uma tigela e adicione os ingredientes restantes, misturando bem. Transfira para uma fôrma quadrada, de fundo removível, medindo 20 cm x 20 cm, untada com óleo e com o fundo forrado com papel-manteiga também untado com óleo. Leve ao forno por 40 minutos ou até assar e firmar. Retire do forno e deixe esfriar sobre uma grade por 5 minutos e desenforme. Se desejar, sirva com sorvete e calda de chocolate veganos.

Tempo de preparo 1 hora | Rende 12 pedaços

Fonte: Editora Alaúde

Restaurante 100% vegano abre as portas em Perdizes

That Vegan Brand – Comedoria Vegana oferece pratos, sanduíches e porções em espaço moderno e a preços justos

Comida saborosa, a preços justos e sem o uso de nenhum ingrediente de origem animal é a proposta do novo restaurante That Vegan Brand – Comedoria Vegana, que acaba de abrir as portas em Perdizes. Com um cardápio variado, passeando com desenvoltura entre pratos, sanduíches e porções, a casa surge como nova opção para veganos, vegetarianos ou para quem quer sair da rotina e provar novos sabores.

O menu é dedicado a receitas com vegetais, grãos, cogumelos e massas, e oferece opções fixas, servidas de terça a domingo, e pratos do dia. São preparos familiares e reconfortantes, com clássicos da culinária brasileira, árabe e italiana, que deixam de lado carnes, laticínios e ovos sem abrir mão do prazer de comer bem.

A casa tem capacidade para 25 pessoas em um ambiente simples e moderno e, de terça a sábado, fica aberta até a 1h, surgindo como uma boa opção para jantar até mais tarde.

O restaurante e a cozinha são comandados por Marcela Teixeira e Jux Curtis. Marcela é engenheira civil, mas cresceu entre as panelas do restaurante da família, enquanto Jux trabalhava com eventos e alimentação vegana desde 2013. Em 2017, eles uniram forças e criaram a That Vegan Brand para oferecer comida vegana em eventos pela capital. Seu carro-chefe, o Falafel Burguer, tornou-se sucesso de público e a dupla decidiu investir na abertura do próprio espaço, com cardápio ampliado.

That Vegan Brand - Mushroons Burguer
Mushroons Burguer

O Falafel Burguer está no menu fixo da nova casa e vem com rúcula, tomate, pepino, cebola roxa e tahine no pão integral com gergelim (R$ 18,00). Também na seção de lanches estão o Mushroons Burguer, hambúrguer de feijão com mix de cogumelos, alface, tomate, guacamole e crostas de queijo (R$ 20,00), e o Quinoa Burguer, hambúrguer de quinoa e antepasto de berinjela, salada coleslaw e maionese de inhame em pão integral (R$ 22,00). Além dos hambúrgueres, o Choripan, versão vegana do tradicional sanduíche argentino com linguiça calabresa, vem no pão francês com molho chimichurri e salsa (R$ 18,00).

That Vegan Brand - Gnocchi de Espinafre 4
Gnocchi de espinafre

Já quem preferir uma refeição, pode optar pelo PF Vegan, servido de terça a domingo com arroz, feijão, fritas e um hambúrguer da casa (R$ 18,00), ou um dos pratos do dia. Às terças-feiras, a sugestão é o Gnocchi de Espinafre, opção sem glúten preparada com tofú defumado, tomates concassé e manjericão (R$ 24,00). O Risoto de Funghi Secchi (R$ 25,00) é preparado às quartas e a Moqueca de Palmito pupunha, acompanhada de arroz de xerém e farofa de banana (R$ 25), é servida sempre às sextas.

That Vegan Brand - Lasagna de Berinjela
Lasanha de Berinjela

Nos finais de semana, a casa abre para o almoço e só fecha no fim da noite. Aos sábados, a Feijoada Vegana acompanha arroz, couve e farofa (R$ 24,00) e, aos domingos, as opções são o Risoto de Linguiça ao Vinho Tinto (R$ 24,00) e a Lasanha de Berinjela, com massa tradicional e fatias de berinjela com molho caseiro à bolognese (R$ 23,00).

Todos os dias, a seção de porções traz Batata Rústica, Onion Rings, Bolinho de Falafel e Calabresa Acebolada, boas opções para acompanhar a seleção de chopes artesanais e kombuchas. E, para encerrar, é possível escolher entre o Brownie de Chocolate, servido com uma bola de sorvete do dia (R$ 18,00), e os Churros com Doce de Leite, feito com leite de coco (R$ 15,00)

That Vegan Brand – Comedoria Vegana – Rua Aimberê, 91 – Perdizes – São Paulo – Horário de  funcionamento: terça a sexta, das 18h à 1h; sábado, das 12h à 1h; domingo das 12h às 22h

 

Receita de Salada de Quinoa Agridoce

As altas temperaturas do fim de verão pedem opções de alimentos que, além de saborosos, ajudem a refrescar. Portanto, para deixar o cardápio saudável e o corpo leve, vale investir em receitas práticas e saborosas, como a Salada de Quinoa Agridoce.

Elaborada por Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, a receita possui ingredientes ricos em proteínas, ômega 3, vitaminas e minerais.

“Por conta disso, é importante no controle do peso, manutenção da massa muscular e possui ação preventiva contra doenças cardiovasculares, hepáticas e ósseas. Ainda auxilia no controle emocional e contribui com o bom funcionamento do intestino”, afirma a especialista.

Ingredientes:

Molho
• 6 colheres de sopa de azeite
• 2 colheres de sopa de limão
• 2 colheres de chá de melado de cana Superbom

Salada
• 4 Xícaras de quinoa cozida
• 2 xícaras de tomates em cubos
• 1 xícara de pimentão amarelo picado
• 2 xícaras de manjericão
• Sal a gosto
• 2 xícaras de pepino em cubos
• ½ xícara de azeitona

Modo de preparo
Coloque, em uma tigela, os ingredientes da salada em ordem. Em outra tigela, misture, também em ordem, os ingredientes do molho. Misture-o a salada e sirva fresco. Dica: No vinagrete, são três porções de azeite para uma de ácido (balsâmico, limão, laranja, maracujá). Se desejar, você pode acrescentar castanhas na receita.

933069_1 (1).jpg

Tempo de preparo:30 minutos.

Rendimento:Para seis pessoas.

Aplicativo Superbom

A Salada de Quinoa Agridoce faz parte do extenso portfólio de receitas veganas e vegetarianas do aplicativo da Superbom. A ferramenta conta com diversas receitas, criadas e assinadas por nutricionistas e consultoras da Superbom, e é dividida em categorias como entrada, salada, lanches, prato principal, sobremesas e até mesmo bebidas. Está disponível gratuitamente para os sistemas operacionais Android e iOS.

Nem peixe, leite ou ovo? Seis perguntas chatas feitas aos veganos

O modo de vida vegano é ótimo para a saúde e também ajuda os adeptos a manterem princípios morais. Mesmo assim, sempre que veganos estão envolvidos na conversa alguém precisa chegar com uma dessas perguntas irritantes.

Confira seis perguntas chatas que nenhum vegano aguenta mais ouvir. Com certeza, você conhece alguém que fala pelo menos uma delas quando descobre que você não consome alimentos de origem animal.

1. Você não sente saudade de comer churrasco?

churrasco vegano vegabom
Churrasco vegano Vegabom

É difícil entender essa obsessão dos carnívoros por churrasco. Por algum motivo parece que não conseguem viver sem fazer esse festival de carne na grelha pelo menos uma vez por mês. Provavelmente, todo vegano já precisou explicar que não, não sente saudades de comer churrasco. Além disso, dá perfeitamente para fazer um maravilhoso churrasco vegano usando nossos queridos vegetais. Se o seu amigo continuar duvidando, prove para ele que um churrasco vegano é ainda melhor que o carnívoro.

2. Ser vegano é saudável?

luisa mell
A apresentadora e ativista pelos direitos dos animais Luisa Mell é vegana e saudável

Muita gente pensa que não comer carne, laticínios e derivados nos deixaria com deficiência de algumas vitaminas e sais minerais. Chegou a hora dos carnívoros descobrirem que existem muitas (e ótimas) fontes de proteína, cálcio e sais minerais vegetais. Ou seja, os veganos não precisam comer carne para ser saudáveis! Claro que tudo depende de uma alimentação balanceada. Mas sabemos que, mesmo comendo carne, boa parte das pessoas não se alimenta muito bem.

3. Veganos não comem nem queijo?

queijo vegan 3
Essa pergunta vem da confusão que alguns fazem entre veganos e vegetarianos. A resposta é um simples não. Queijo é um derivado do leite e, portanto, tem origem animal. Consumi-lo vai contra as éticas e morais veganas, ou seja, não é só um pedacinho de queijo que estão recusando. Mas há as opções veganas, claro.

4. Como você consegue proteína e cálcio?

brocolis JPPI
Foto: JPPI

Será que esse pessoal já ouviu falar de todos os vegetais que podem ser usados para substituir a carne e o leite? Alguns exemplos são o brócolis e o espinafre, que substituem os laticínios muito bem. Nenhum vegano vai ficar com deficiência de cálcio só porque deixou de tomar derivados de leite.

5. Você só come salada?

almoço-vegacy-vegan-week vegacy
Almoço do Vegacy

Se você já foi convidado para um churrasco e te deram a desculpa de que “ah, mas vai ter salada”, então te entendemos. Os veganos não comem só saladas! Pelo contrário, eles têm um cardápio extremamente rico. Quando você se torna vegano acaba aprendendo diversas receitas que nem te passariam pela cabeça se continuasse na refeição padrão de arroz, feijão e carne.

6. Mas não pode nem leite na receita de bolo?

naked cake

Alguém precisa avisar as pessoas: não é porque você não vê o leite ou derivados que ele não está lá. Os veganos não consomem esse tipo de alimento, mesmo que ele esteja misturado com o resto da receita. Felizmente, existem opções veganas de doces para quem optou por esse estilo de vida. Então, toda essa “preocupação” que as pessoas têm a respeito do veganismo é completamente sem justificativa.

E você, já ouviu uma dessas perguntas sobre seu estilo de vida vegano? Se a sua resposta for sim, compartilhe este conteúdo nas redes sociais. Quem sabe assim aquele amigo chato deixa de te incomodar com questões que ninguém aguenta mais ouvir.

Fonte: Vegasite

Rede Empada Brasil agora oferece versão vegana

A rede de lanchonetes Empada Brasil, presente em nove estados brasileiros, está lançando no mercado uma empada vegana com recheio de mix de cogumelos. Num primeiro momento, a novidade estará disponível apenas nas lojas do estado de São Paulo, mas pelo menos lojas do Mato Grosso e Distrito Federal já sinalizaram que pretendem oferecer o produto também.

Com 47 unidades ao todo, sendo 19 unidades no estado de São Paulo, a Empada Brasil abre-se para um novo mercado com dezenas de milhões de pessoas, somando-se a uma série de marcas que já fizeram uma inclusão bem-sucedida de opções veganas em seus cardápios – como Seletti, Brasileirinhos Delivery e Baked Potato.

Com a entrada da Empada Brasil, são agora mais de 170 lojas (de diferentes marcas) com pratos ou lanches veganos no seu cardápio lançados com o apoio do programa Opção Vegana, da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). O programa existe desde o final de 2016.

Na Empada Brasil, a preocupação com o público “veg” começou no ano passado, quando a rede lançou o seu primeiro pastel vegetariano, porém com queijo no recheio. De olho no crescimento do mercado de alimentação vegana (sem ingredientes de origem animal), ainda em 2017 a Diretora de Marketing, Gabriela Fernandes, chamou a SVB para conversar e ajudar no desenvolvimento de uma deliciosa opção totalmente vegana.

empada_brasil.png.jpeg

“Nós rapidamente percebemos que as opções ovolactovegetarianas não seriam suficiente para dar conta do que o mercado estava pedindo. Chamamos a SVB para conversar e a consultoria foi muito importante para nós acertarmos um produto vegano realmente incrível, que agradará não apenas os veganos, mas o público em geral”, contou Gabriela.

Mônica Buava, Gerente de Campanhas da SVB, explica que a franqueadora teve abertura e visão ao longo do processo. Segundo ela, a nova empada atenderá a um público múltiplo: veganos, vegetarianos, simpatizantes, entre outros. “Não é só uma questão de atender aos 5 milhões de brasileiros veganos. Uma opção vegana, quando é boa, atende bem a todos. Nós parabenizamos a Empada Brasil pela sua sensibilidade e visão de mercado ao desenvolver esse produto, no qual tivemos a satisfação de participar”.

Segundo uma pesquisa do Instituto Harris Interactive, dos EUA, 17% das refeições consumidas por consumidores não-vegetarianos já são vegetarianas – e esse número só tende a aumentar. “Ter boas opções veganas no cardápio não é mais apenas uma questão de consciência e sustentabilidade; hoje é também uma questão de sobrevivência para o mercado de food service no médio e longo prazo”, enfatizou Mônica.

Por uma questão estratégica de atingir um público ainda mais amplo, a empada foi feita sem o uso de trigo (porém não é adequada para celíacos, pois pode conter traços de glúten). A empada vegana tem uma massa feita de farinha de arroz, fécula de batata, farinha de grão de bico, polvilho doce, linhaça dourada e sal. Já no recheio, são usados cogumelos in natura de shimeji, shitake e paris, mandioca, leite de coco, cebola, alho, azeite de oliva extra virgem, azeite de dendê, gengibre, curry e sal.
 

 

SuperShopping Osasco realiza Feira Vegana Solidária

Evento tem entrada gratuita e oferece itens artesanais e orgânicos, além de ser ponto de coleta do projeto “Entre Rodas”

O SuperShopping Osasco, junto com o Instituto Surya Solidária, realiza a Feira Vegana Solidária, pelo segundo ano consecutivo, para incentivar a economia colaborativa. A novidade deste ano é que o evento arrecadará lacres de latas de alumínio que serão vendidos e revertidos em cadeiras de rodas para crianças com deficiência que participam do projeto “Entre Rodas”.

“Buscamos sempre oferecer diferentes oportunidades e experiências para os nossos clientes. A Feira estimula pequenos produtores a conquistarem novos públicos, multiplicarem informações de alimentação saudável e boas práticas, cumprindo o papel social”, explica Carolina Bonafé, gerente de Marketing do SuperShopping Osasco.

SSO_Feira Vegana Solidária (8)

“A Feira Vegana tem uma característica muito especial que é o acolhimento. As pessoas vêm, esclarecem dúvidas sobre qualidade de vida, saúde, sustentabilidade e economia colaborativa. Nossa proposta é mobilizar os participantes a ajudarem as ONGs em suas ações sociais”, detalha Marcio Moreira, vice-presidente do Instituto Surya Solidária, que beneficiou mais de 70 ONGs em 2017.

A Feira Vegana Solidária também incentiva os empreendedores de produções manufaturadas, como acontece com as roupinhas para bebê em algodão orgânico, que são confeccionadas por um grupo de mulheres da periferia de Santo André e que são vendidas durante os eventos.

SSO_Feira Vegana Solidária (13)

Entre os expositores dos dias 17, 18, 24 e 25 de fevereiro estão a ONG Catland, que tem parte de sua renda revertida para gatos resgatados das ruas, e a Satsuma Artesantos, que contribui com a ONG Loucos por Bichos. Nos dias 17 e 18 de fevereiro, a ONG Veddas (Vegetarianismo Ético, Defesa dos Direitos Animais e Sociedade) traz livros sobre culinária vegetariana e defesa de seres vivos conscientes.

Feira Vegana Solidária
Datas: sábados e domingos, dias 17, 18, 24 e 25 de fevereiro
Horário: sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 14h às 20h
Local: Loja C21, Entrada Principal – Piso Térreo
Endereço: Av. dos Autonomistas, 1.828 – Osasco – esquina com a Av. Maria Campos
Entrada gratuita

Cheia de Onda é a nova linha da família #todecacho Salon Line

Criada especialmente para os cabelos ondulados tipo 2, os produtos da linha controlam a oleosidade, definem e hidratam as pontas ressecadas

Cada fio tem um tipo de curvatura e para ajudar a escolher o melhor tratamento para as madeixas, a Salon Line foi pioneira em apresentar uma tabela simples para chegar ao produto ideal. O grau de curvatura são divididos em 3 categorias (tipo 2 , tipo 3 e tipo 4).

Essas variações começam no tipo 2, com as onduladas, que possuem cachos mais abertos, até o tipo 4 que são fios com ondulações mais fechadas, os crespos. Com a proposta de atender a todos os tipos de cabelo, a Salon Line acrescenta ao seu portfólio a linha Cheia de Onda, com quatro produtos para os fios tipo 2 A, B e C.

fio de cabelo.png

As onduladas terão o Shampoo Cheia de Onda {Limpeza babadeira!}, Condicionador Cheia de Onda {Xô ressecamento!}, Máscara Cheia de Onda {Brilho extraordinário!} e Creme para Pentear Cheia de Onda {Pura definição!} para ajudar nos cuidados diários dos cabelos.

A linha é mais uma proposta vegana da Salon Line que além de liberado, ou seja, produtos que não possuem silicone, petrolato, parabenos e óleo mineral na fórmula. Sua composição possui Pimenta Rosa, Vinagre de Maçã e Óleo de Banana, ativos capazes de controlar a oleosidade da raiz, hidratar os fios, e o principal, definir e fixar os cachos do cabelo tipo 2.

Conheça todos os detalhes da linha:

salon line 1

Shampoo Cheia De Onda {Limpeza babadeira!}#todecacho – 300ml – Shampoo com limpeza power na raiz, hidratação nas pontas e específico para cabelos ondulados!

Modo de usar: aplique sobre o cabelo molhado, massageando suavemente. Enxágue bem. Caso seja necessário, repita a aplicação.

Preço sugerido: R$14,90

salon line 2

Condicionador Cheia De Onda {Xô ressecamento!}#todecacho – 300ml – De um fim nas pontas ressecadas com o Condicionador Cheia De Onda

Modo de usar: após lavar os cabelos com o Shampoo, aplique o condicionador e massageie suavemente.

Preço sugerido: R$14,90

salon line 3

Creme para Pentear {Pura definição!}#todecacho – 300ml – Com o creme para pentear você mantém seus cabelos saudáveis e definidos.

Modo de usar: com os cabelos limpos e úmidos, aplique o Creme para Pentear – Cheia de Onda – {Pura definição!} mecha a mecha, uniformemente do comprimento as pontas. Desembarace os fios com um pente de dentes largos e, em seguida, amasse-os iniciando o movimento das pontas até a raiz.

Preço sugerido: R$13,90

salon line 4

Máscara – Cheia de Onda – {Brilho extraordinário!}#todecacho – 500g – Com essa máscara de hidratação as ondas ficarão iluminadas e super hidratadas.

Modo de usar: com os cabelos limpos e úmidos, aplique Máscara Cheia de Onda {Brilho extraordinário!} mecha por mecha, massageando no sentido da raiz para as pontas. Deixe agir de 3 a 5 minutos e enxágue.

Preço sugerido: R$18,90

Salon Line – SAC: (11) 4134-2727 | sac@salonline.com.br