Arquivo da categoria: vinho

Espumantes brasileiros ganham medalhas em concurso na França

Ponto Nero leva duas medalhas de ouro no Challenge International du Vin; Famiglia Valduga foi a única empresa brasileira a receber medalhas de ouro na competição

Dois espumantes da marca Ponto Nero — Blanc de Blancs e Rosé de Noir — conquistaram medalha de ouro no concurso Challenge International du Vin, em Bordeaux, a maior competição de vinho da França e uma das mais importantes do mundo. Mais de quatro mil rótulos, provenientes de 37 países, foram avaliados por cerca de 700 degustadores.

O Challenge International du Vin é a mais antiga competição internacional de vinhos e atesta a capacidade, inovação e qualidade dos produtos degustados. O concurso, que é dedicado a todos os apaixonados por vinhos possui a certificação ISO 9001, que garante a confiabilidade e organização técnica do evento.

“Ganhar duas medalhas de ouro em um concurso importante como o Challenge International du Vin, atesta ainda mais a qualidade dos nossos espumantes. É um reconhecimento junto aos especialistas que compõem o júri. Sentimos muito orgulho por essa conquista na França, o berço do Champagne, onde fomos avaliados às cegas pelos maiores experts do setor”, comemora Jones Valduga, diretor da Domno Importadora. Jones reitera ainda que a Famiglia Valduga foi a única empresa brasileira a receber medalhas de ouro na competição.

Sobre os espumantes vencedores:

Ponto-Nero-Brut-Blanc-De-Blancs_316_detalhe.png

Espumante Brut da variedade Chardonnay, o Blanc de Blancs possui notas de abacaxi e frutas tropicais de polpa branca, que dão ao paladar a sensação de frescor e equilíbrio. A bebida possui coloração cristalina com reflexos esverdeados e perlage delicado. O espumante acompanha perfeitamente pratos da culinária japonesa, pescados, frutos do mar, e saladas.

Ponto-Nero-Brut-Rose-De-Noir-Conceptual-Edition_410_detalhe

Já o Rosé de Noir, elaborado em quantidade limitada, é um espumante Brut Rosé 100% Pinot Noir — um presente exclusivo e elegante para o público. A delicadeza do Pinot Noir combinada com os 18 meses de autólise resulta em um espumante incrivelmente complexo, com notas de cereja, pêssego e damasco, envoltas por delicadas nuances de brioche. A elegância também é sentida no paladar, que aliada ao frescor do rosé, confere à bebida uma textura cremosa, proveniente de sua maturação, resultando em um final de boca fresco e frutado. A coloração rosada é acompanhada por um perlage fino e consistente, culminando em uma generosa coroa de espuma.

Os espumantes Ponto Nero Blanc de Blancs e Ponto Nero Rosé de Noir estão disponíveis nas principais lojas especializadas em todo o país ou pelo e-commerce.

Nova importadora de vinhos quer oferecer a bebida a preço acessível

A BEV GROUP, sob o comando de Alexandre Fadel, apresenta ao mercado o seu portfólio de vinhos, com grande preocupação em oferecer a melhor relação qualidade e preço possível.

São rótulos chilenos (Casa Donoso), italianos (Tavernello, Castellani e Cesari), franceses (Cave de Ladac e Maison Castel) e argentinos (Huarpe, Condor Peak e Santa Alícia).

Segundo Alexandre Fadel, “o objetivo, tendo trazido todo esse know-how de grandes grupos de bebidas e de outras importadoras, é oferecer ao nosso cliente, direto e indireto, alternativas às marcas já existentes no mercado, com novas opções de compra e um patamar superior de prestação de serviços. Estamos alinhados com as necessidades mercadológicas do momento do país e, claro, buscando atender o exigente paladar do consumidor brasileiro”.

Do mesmo grupo de investidores do E-Commerce Evino, a BEV GROUP pretende em breve incorporar mais rótulos ao portfólio, sempre buscando firmar parcerias com fornecedores globais fortes e profissionais.

vinhos BEV2vinhos BEV1vinhos BEV

Além de vinhos com ótima relação custo e benefício, como o Tavernello, vinho mais consumido na Itália; o espumante francês Maison Castel Cuvée Blanche Brut e o argentino da premiada vinícola Huarpe; a BEV também importa e distribui vinhos premium, como o Clos Centenaire e o 1810, da Casa Donoso; o Amarone della Valpolicella e o Jéma, da italiana Cesari e o Huarpe Guayaquil El Elegido.

Informações: BEV GROUP

 

Fuentes Restaurante presenteará as reservas no Dia dos Pais

Fundado nos anos 1950, o Fuentes Restaurante irá presentear com uma garrafa de vinho todas as reservas que consumirem a especialidade da casa, a tradicional Paella (Valenciana ou Marinheira) no Dia dos Pais.

Localizado no centro de São Paulo, o ambiente extenso e aconchegante com capacidade para até 150 pessoas, é conhecido por seus pratos fartos que reproduz a típica gastronomia e cultura espanhola, uma ótima opção para ir com a família e amigos.

Essa culinária que teve a influência de temperos e iguarias de outros países, possui uma grande variedade de cores e aromas em cada prato, que chamam a atenção dos paladares mais aguçados. Os frutos do mar que também se destacam nas receitas, com diversas opções no cardápio e preparados na hora, servem até quatro pessoas.

vinho fuentes

Fuentes Restaurante – Rua do Seminário, 149 – Centro. As reservas para o almoço de Dia dos Pais (13 de agosto) podem ser realizadas pelo telefone: 11 3228-1680. 

Le Délice oferece caixa com mix de doces e vinho tinto para o Dia dos Pais

A Le Délice Doces Especiais, localizada em Moema, oferece duas opções deliciosas e carinhosas para presentear os pais no dia 13 de agosto, próximo domingo. O destaque é a caixa personalizada com 16 doces sortidos (R$110,00), a escolher, que encanta no visual e agrada mais ainda no sabor.

O mimo leva o nome do pai impresso na tampa, além de uma foto e uma mensagem especial redigida pelo filho na parte interna (detalhe: a encomenda deve ser feita com antecedência, com disponibilidade sob consulta). O resultado é um presente delicado e inesquecível.

chocolatechocolate2

Outra sugestão é a caixa com 14 doces sortidos harmonizados com uma garrafa de vinho chileno Álamo 2015 (375ml), da vinícola Catena Zapata (R$ 180,00). A caixa também pode ser personalizada com o nome do presenteado impresso na tampa. Os sabores podem ser escolhidos dentre uma grande variedade. Entre as sugestões há o vasinho belga praliné crocante; a trufa ao leite belga; o coração rendado belga com Nutella e, ainda, a trufa de framboesa.

chocolate3

Le Délice – Av. Agami, 236, Moema, Zona Sul de São Paulo. Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 18h; aos sábados, das 9h às 13h – Loja virtual, clique aqui.

 

Domno Importadora traz ao Brasil mais um rótulo da vinícola Maquis

Domno Importadora incrementou ainda mais o seu portfólio de vinhos chilenos com a chegada do Maquis Rosé ao mercado brasileiro. A renomada e premiada vinícola Maquis está vinculada ao cultivo de nobres cepas, entre as quais se destacam a Cabernet Franc e a Carmenérè, fieis representantes do seu terroir.

Localizada em um lugar único, no coração do Vale de Colchagua, entre os rios Tinguiririca e Chimbarongo, a vinícola se beneficia da proximidade com os rios que reduz as temperaturas máximas do verão, permitindo obter uvas particularmente aromáticas e com uma rica acidez natural.

Seus vinhedos se destacam pela especial posição geográfica, localizados entre esses dois grandes rios, os quais permitem o ingresso das brisas costeiras dos Andes, colaborando com a moderação dos calorosos verões da região. Essa característica específica do terroir contribui com a intensidade e caráter frutado do vinho.

Atualmente, os vinhos da Maquis são classificados como premium e ultra premium, o que lhes proporciona prestígio internacional. Assim, a Domno Importadora traz com exclusividade para o Brasil, o rótulo Maquis Rosé.

O vinho é composto por uvas Cabernet Franc e Malbec, variedades que são especialmente manejadas afim de obter um equilíbrio natural do vinhedo, explorando ao máximo o potencial aromático, o frescor e elegância.

Maquis Rosé

O rótulo Maquis rosé apresenta uma bela coloração em tons de pêssego e conta com aroma intenso e elegante, com notas marcantes de amoras e morangos silvestres. Seu paladar é fresco e suculento, revelando toda a potência e intensidade da fruta. Um excelente exemplar de rosé, ideal para acompanhar frutos do mar, saladas e pratos da culinária japonesa

Informações: Domno 

Vinícola Góes e Agroverde promovem “Um Domingo Bom para Cachorro”

Durante a programação do Festival de Inverno, os cães têm um dia exclusivo

Mais uma vez nosso companheiro terá um espaço exclusivo dentro deste importante evento da Vinícola Góes. No dia 23 de julho, domingo, acontece “Um Domingo Bom para Cachorro”. Neste dia os tutores e pet friendly podem passear com seus pets na sede da vinícola, em São Roque, para desfrutar de uma manhã muito especial.

cachorro vinicola

O evento inicia com super show de cães da Total Alimentos, às 10 horas. Logo após, o complexo turístico Góes torna-se cenário de muitas fotos durante o desfile de cães com seus donos. Além disso, os participantes concorrerão a prêmios nos concursos: o maior e o menor cão, o mais parecido com o dono, o mais fashion e o mais exótico.

cachorros vinicola

O evento é uma parceria da Agroverde, Total Alimentos e Vinícola Góes. Lembrando que o complexo turístico da vinícola tem uma paisagem exuberante, ideal para registro de momentos especiais com seu animal de estimação. Venha participar e desfrutar deste dia mais que especial com seu parceiro favorito.

vinicola goes.jpg

Informações: Facebook

Saiba como harmonizar o vinho com pratos típicos do inverno

Especialista em harmonização, o sommelier Rodrigo Bertin ensina de forma simples como acertar na combinação

Inverno é tempo de ir pra cozinha preparar os pratos quentinhos e típicos dessa estação. E não tem bebida melhor pra combinar do que o vinho. E justamente para te ajudar a harmonizar sem frescura, que o especialista em harmonizações e sommelier Rodrigo Bertin  traz dicas de vinhos que casam perfeitamente com quatro pratos que não podem faltam nos invernos brasileiros.

Pipoca: pipoca, por ser feita em óleo ou manteiga, possui uma leve gordura que deixa nossa boca oleosa. Por isso, necessita um vinho com acidez para “limpar”. Outro elemento presente na pipoca é o sal, assim devemos tomar um certo cuidado, pois ele faz com que os vinhos encorpados fiquem com sensação mais forte na nossa boca. Portanto, a melhor opção seria um vinho mais jovem, com acidez alta e pouco encorpado, como um tinto leve como a pinot noir ou então um branco não muito aromático, como o Chardonnay, por exemplo.

Massas: O que manda nas harmonizações com massas são os molhos, se você se atentar a isso não terá dificuldades. Molhos mais fortes e gordurosos pedem vinhos mais potentes (na maioria dos casos use o tinto), já molhos mais leves e delicados combinam com vinhos igualmente leves (tintos leves ou brancos). Não se esqueça que o molho de tomate contém acidez alta e o vinho ideal neste caso deve também conter acidez equiparada. Por isso opte sempre por um vinho mais jovem de safras mais recentes.

Feijoada: Esse prato é um dos mais difíceis de harmonizar pela complexidade de elementos presente na feijoada, mas é possível sim. Temos o gosto forte do feijão e das carnes, o ácido do vinagrete e da laranja e os acompanhamentos mais básicos como o arroz e a farofa. Para “conversar” bem com tudo isso, utilizamos um espumante brut que se dá muito bem pois limpa a gordura com as borbulhas, equipara a sua acidez com a do prato e não atropela o sabor das bases, pois é bem leve. Tente essa harmonização, pois além de muito saborosa vai ajudar você na digestão do prato.

Fondue: esse é outro prato que muda muito a opção ideal de acordo com a diversidade do fondue. Fundue de queijo contém gordura que precisa de acidez e não combinaria com um vinho de muita potência, pois não é tão pesado. Portanto uma boa dica é o vinho branco mais elaborado (como o Chardonnay) ou um tinto leve (Merlot). Fondue de carne precisa de um tinto mais encorpado (como Cabernet Sauvignon) e se for a carne com caldo de legumes, pode ser um tinto mais leve (Carmenère). Já o Fondue de chocolate não tem erro, basta pegar um vinho também doce, como vinho do porto, espumante moscatel e colheita tardia. Se você for fazer uma sequência de Fondue com os três tipos de uma vez, ou você vai trocando o vinho a cada etapa ou pega um vinho coringa que possa se “adaptar” a todas essas variações como um tinto leve e bem frutado ou um espumante semi seco.

 

Viena celebra o dia da pizza com promoção até o fim de julho

Para celebrar o Dia da Pizza, comemorado ontem (10), o Viena preparou uma promoção especial até o fim deste mês, ou enquanto durarem os estoques. Na compra de uma pizza grande ou rodízio o cliente terá 50% de desconto nos vinhos Salton Paradoxo Cabernet Sauvignon e Merlot (750ml).

A ação é válida no Viena do MorumbiShopping, Conjunto Nacional, Park Shopping São Caetano, Shopping Eldorado, Shopping ABC, Shopping Tamboré, Shopping Paulista em São Paulo, e também no Shopping Rio Sul, Shopping Plaza Niterói, Shopping Tijuca e no Barra Shopping, no Rio de Janeiro.

pizzamineirinhapequena-513x462.png

Para conferir os endereços dos restaurantes e também mais informações sobre a rede Viena acesse o site.

 

 

Vinhos chilenos Casa Donoso chegam ao país

Localizada no coração do Vale do Maule, a Casa Donoso é uma das mais antigas e tradicionais vinícolas chilenas, com vinhas de mais de 80 anos de idade, no melhor terroir. Os vinhos são naturalmente equilibrados e de alta qualidade, resultado do terroir – o Vale do Maule –, da gestão de produção com acompanhamento permanente e aos processos de produção, os mais naturais possíveis e com mínima intervenção.

Vina Casa Donoso (1)

A BEV Group está trazendo ao Brasil os vinhos Evolución Merlot, Evolución Carménère, Evolución Cabernet Sauvignon, Evolución Sauvignon Blanc, Bicentenario Cabernet Sauvignon, Bicentenario Chardonnay, Bicentenario Carménère e os Premium Clos Centenaire e 1810 Cabernet Sauvignon Carménère. Os vinhos Casa Donoso estão presentes nos 5 continentes: além do Brasil, estão também em alguns dos mais importantes mercados, como Estados Unidos, Rússia, China e Europa.

Para o enólogo responsável, Felipe Ortiz, “o Vale do Maule tem uma multiplicidade de qualidades que permite: vinhos brancos com muito frescor e traços minerais, em especial nosso Sauvignon Blanc; vinhos tintos com ciclos de curta maturação, com um bom equilíbrio entre o álcool e a acidez, como Merlot e o Cabernet Sauvignon, além de um agradável e suave Carménère, que por ser um difícil e exigente varietal, dificulta sua maturação em outros vales”.

vinhos casa donoso_.jpg

Evolución Reserva Sauvignon Blanc 2016
Produzido 100% com a casta Sauvignon Blanc, de cor amarelo esverdeado, possui aromas que lembram frutas cítricas, com delicadas notas de ervas recém cortadas. Na boca, apresenta-se jovem, com aroma e acidez balanceados. Preço sugerido (750 ml): R$ 47,00

Bicentenario Gran Reserva Chardonnay 2015
Produzido 100% com a casta Chardonnay, de cor amarelo ouro. No nariz, apresenta-se agradável, com aromas de frutas tropicais (banana e abacaxi), notas de mel e muitas notas tostadas. Na boca os resultados são frescos, com boa estrutura e um final delicado. Preço sugerido (750 ml): R$ 80,00

Bicentenário Gran Reserva Carménère 2015
Coloração rubi intensa, com notas de ervas aromáticas, frutas frescas e maduras como cerejas e groselhas. Na boca, um final perfeito e elegante. Expressa as características das castas Carménère (85%), Malbec (8%) e Cabernet Sauvignon (7%). Preço sugerido (750 ml): R$ 80,00

Clos Centenaire 2014
No visual é brilhante, com coloração vermelha rubi com nuances violeta. No nariz, é complexo e elegante, apresentando notas florais e frutas maduras, além de sutis aromas de cedro e tabaco. Na boca é equilibrado, envolvente, com tanino maduros e um final agradável. Combina as castas Cabernet Sauvignon (40%), Malbec (30%), Carménère (20%) e Cabernet Franc (10%). Preço sugerido (750 ml): R$ 130,00

1810 Cabernet Sauvignon Carménère 2013
Combina as castas Cabernet Sauvignon (50%) e Carménère (50%) de vinhas com mais de 60 anos, tem cor vermelho rubi com tons de violeta. No nariz, aromas expressivos de frutos maduros, de amoras e figos, especiarias e frutas cristalizadas. Como resultado do envelhecimento em barril, percebe-se notas tostadas, baunilha e caramelo. Na boca, taninos maduros e estruturados, com um grande e elegante final. Preço sugerido (750 ml): R$ 230,00

Os produtos da Casa Donoso podem ser encontrados em empórios e lojas especializadas de todo o Brasil. Os vinhos da linha Evolución estão à venda também em supermercados.

O ‘novo’ Pinot Noir da Dal Pizzol

O Dal Pizzol Pinot Noir Safra 2016 começa a chegar na taça de apreciadores de todo o Brasil. São apenas 13.300 garrafas, uma partilha cuidadosamente elaborada, um patrimônio em vinhos que é compartilhado em cada gole. O rótulo pode ser encontrado em restaurantes, casas especializadas, delicatessens e hotéis de todo o Brasil.

Elaborado a partir da minuciosa seleção de uvas cultivadas em Bagé, na Campanha Gaúcha, e em André da Rocha, do Nordeste do Estado, o vinho expressa o talento natural da família Dal Pizzol, que traz em sua bagagem a vocação para a produção de vinhos. Essa aptidão é hoje liderada pelos irmãos Antônio e Rinaldo Dal Pizzol, a sexta geração no Brasil, e tem no enólogo Dirceu Scottá, a sensibilidade e o olhar técnico necessários para engarrafar delicadeza e elegância em forma de vinho.

pinot novo rotulo 2016
Foto: Carlos Ben

Ao provar o vinho, o apreciador também estará degustando a qualidade da Safra 2016. De acordo com Scottá, as uvas recebidas de agricultores parceiros, que tiveram o acompanhamento da equipe técnica da vinícola durante todo o ano, surpreenderam pela qualidade. “Uma matéria-prima com excelentes atributos como a que recebemos nos motiva ainda mais a elaborar um vinho diferenciado, complexo nas suas características e capaz de proporcionar experiências únicas”, brinda o enólogo. “Mais uma vez o Dal Pizzol Pinot Noir chega nos surpreendendo na taça”.

Na carta de vinhos da vinícola desde 2006, o Pinot Noir é um dos rótulos sempre muito aguardado pelos clientes e amigos da Dal Pizzol. Sua produção sempre se esgota antes mesmo do lançamento da próxima safra.

O vinho

O vinho apresenta cor vermelho-vivo e aroma de frutas vermelhas como groselhas, amoras e cerejas maduras. Na boca apresenta-se elegante, com taninos aveludados e final longo. Boa harmonia entre corpo e estrutura, bom equilíbrio entre álcool, acidez e taninos e uma bem vinda adstringência que lhe dá frescura e persistência próprias de sua juventude. Ideal para ser consumido entre 14ºC e 16ºC. Acompanha massas com molhos diversos, pescados, escargot, assados, filés, defumados, carneiro, strogonoff, frango ao molho e queijos Camembert, Chedar, Colonial e Gorgonzola.