Trabuca Bar oferece Double Drink no Dia do Amigo 

Nesta sexta-feira, 20 de julho, é comemorado o Dia do Amigo e o Trabuca Bar preparou uma ação especial, oferecendo Double Drink – na compra de um, o segundo é gratuito – para todos que forem celebrar a data por lá, das 18 às 21 horas.

Com uma carta de drinques bem executados e apresentação surpreendente, muitas receitas são autorais e assinadas pelo time de criação da casa. Entre eles:

bramble

Bramble – Gin Tanqueray London Dry, limão, licor de amoras e framboesas (R$ 32,00).

penicilin.jpg

Penicillin – J. W. Black Label, limão, mel de orquídeas, gengibre, aromatizado com um toque defumado, acompanhado de um gengibre caramelizado (R$ 36,00).

mensagem na garrafa.jpg

Mensagem na Garrafa – um Kraken, J. W. Double Black, Mix de Vermute Trabuca, Cajuína (artesanal), laranja e angostura (R$ 37,00).

mary pickford

Mary Pinkford – Rum, suco de abacaxi grelhado, 1883 Grenadine, Maraschino, cereja vermelha (R$ 32,00).

Trabuca Bar: Av. Juscelino Kubitschek, 1.444 – Itaim Bibi – São Paulo. Horário de funcionamento: segunda-feira a quinta-feira, das 12h às 15h. Terça-feira a quarta-feira, das 18h à 1h. Quinta-feira, das 18h às 2h. Sexta-feira, das 12h às 2h (sem intervalo). Sábado, das 13h às 2h (sem intervalo)

 

Anúncios

Falafel, bolinho vegetariano, é opção perfeita para o happy hour

Falafel é um bolinho feito à base de grão-de-bico com temperos típicos da culinária árabe. Seu sabor é marcante, a textura é diferente, além de ser uma ótima opção para os vegetarianos petiscarem com cerveja ou chope.

A iguaria é bem versátil, já que pode ser consumida sozinha, com molhos diversos e como recheio de sanduíches. Pode ser acompanhado de salada ou de vegetais em conserva.

No tradicional restaurante sírio-libanês Arabesco, com unidades na região de Perdizes e Paulista, em São Paulo, o falafel com molho de tahine e salada de alface sai por R$ 39,90.

falafel

Informações: Arabesco

Loja de moda festa inova e traz clientes como protagonistas de ensaio fotográfico

Para comemorar 18 anos, a Biass Moda Festa realizou uma ação inusitada e convidou algumas clientes para estrelarem um ensaio fotográfico. A ideia surgiu como forma de agradecimento a todas que fizeram parte da história da loja.

De acordo com Cidinha Mazzi, proprietária da Biass, o objetivo do ensaio foi, por meio de algumas clientes convidadas, homenagear todas as outras que já passaram pela loja ao longo desses 18 anos: “Os ensaios ficaram maravilhosos. Mostramos mulheres verdadeiras, reais, elegantes, que se sentem ainda mais bonitas com um belo vestido e uma produção especial. Toda mulher tem uma beleza singular e esse ensaio fotográfico trouxe à tona as mulheres poderosas que habitam dentro delas”, conta.

Os cliques foram feitos pela fotógrafa Rosélia Lima e a ação foi realizada em parceria com o Studio D’Sant, que fez a maquiagem e o cabelo das cinco mulheres fotografadas. O ensaio contou ainda com a parceria da Santello Calçados Finos e da CrisZambroni Joias Folheadas.

Clientes do Studio D’Sant também participaram do ensaio, e de acordo com Daniel Santiago, proprietário do salão, foi uma experiência incrível. “Estamos acostumados a produzir modelos para ensaios, e foi muito bacana produzir nossas clientes, mulheres reais, que ficaram deslumbrantes. Foi um projeto muito bacana que gostamos muito de fazer parte”, conclui Daniel.

Biass Moda Festa – Avenida Coronel Fernando Ferreira Leite, 1478 – Ribeirão Preto

Sete ceras de depilação que ajudam a hidratar a pele no inverno

Ceras de abacate, de leite, de coco e até de chocolate branco? Sim, elas existem! E já se tornaram queridinhas na hora da depilação. Mas você sabe para que cada uma delas é recomendada? Bruna Almeida, consultora técnica da rede de franquias da Depile-se, conta que a rede tem um apelo muito legal que está além da depilação.

“O tratamento especial para cada tipo de pele e o método fazem toda a diferença no processo de remoção dos pelos. A nossa finalidade sempre foi proporcionar maior conforto para nossas clientes e que o procedimento fosse menos incômodo possível. Além disso, as ceras têm propriedades especiais que ajudam a hidratar a pele nesta época de inverno em que ela fica mais seca”, afirma.

Confira abaixo os sete tipos de ceras e como elas agem na pele.

Para pele normal à oleosa

coco oleo creme

1. Cera de coco – ajuda a prevenir inflamações na pele além de ser muito nutritivo. Penetra profundamente na pele fortalecendo sua estrutura natural. Ideal para pelos mais grossos;

2. Cera de argan com camomila – retarda o envelhecimento cutâneo. o Argan, unido a camomila, tem um efeito cicatrizante e calmante da pele.

Pele seca a muito seca

chocolate branco pixabay
Pixabay

3. Cera de chocolate branco – hidrata, estimula o colágeno da pele, proporciona um efeito restaurador e anti-envelhecimento da pele.

4. Cera de oliva – revigora, promove suavidade, ameniza os danos causados pela remoção dos pelos e não causa manchas.

Pele sensível

aloe vera

5. Cera de aloe vera – tem ação anti-inflamatória e antibacteriana, promove a regeneração dos tecidos, além de tratar manchas na pele.

6. Cera de leite – revitaliza, rejuvenesce, diminui escamações, hidrata profundamente e deixa a pele macia e sedosa.

Cera para áreas sensíveis

abacate szafirek
Foto: Szafirek/Morguefile

7. Cera de Abacate – rica em vitamina C, que ajuda na metabolização do colágeno (substância que dá firmeza à pele), ajuda no combate a estrias, celulites e rugas. Tem alto poder hidratante, é rico em vitaminas e antioxidantes. Auxilia na proteção da pele e previne o envelhecimento das células, conferindo maior elasticidade e deixando a aparência mais bonita e saudável.

Fonte: Depile-se

PMMA: entenda os riscos deste preenchimento

De tempos em tempos, este assunto volta ao noticiário: uma pessoa morre ao fazer um procedimento estético ou mesmo uma cirurgia plástica. O mais recente ocorreu com uma mulher de 46 anos que fez um procedimento com PMMA nos glúteos. Ela foi atendida na casa do médico, e não em uma clínica, o que seria o correto, teve complicações e acabou morrendo.

Conhecido por seus efeitos de preenchimento, modelagem facial e corporal, o PMMA (polimetilmetacrilato), que ganhou fama como bioplastia – a plástica sem bisturi – atrai mulheres pela proposta sedutora de propor resultados instantâneos, pode provocar danos à saúde de imediato ou em longo prazo se aplicado de maneira indevida.

Segundo o cirurgião plástico Giancarlo Dall´Olio, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o PMMA só pode ser utilizado em casos específicos e em pequenas quantidades: “Devido à baixa qualidade do produto existente no mercado nacional, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu o uso de diversas marcas dessa substância, mas há algumas que atendem as recomendações da agência nacional e são permitidas”.

corpo cirurgia plástica

O PMMA é um produto composto por microesferas de um material muito parecido com um plástico acrílico e que se espalha pelo tecido da região após sua aplicação. “Este tipo de preenchimento não é recomendado principalmente porque o polimetilmetacrilato não é absorvido pelo corpo e automaticamente endurece dentro da região aplicada como um cimento, causando complicações pela rejeição do organismo”, alerta Giancarlo.

O procedimento geralmente é utilizado na região da face, mas em raríssimos casos. “Hoje em dia há outras técnicas mais seguras como ácido hialurônico, por exemplo. O PMMA nunca pode ser utilizado como um substituto do silicone, como é o caso de pacientes que buscam a técnica para aplicação nos glúteos, coxas e panturrilhas, principalmente porque a dose utilizada é muito maior do que de um simples preenchimento”, esclarece.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica recomenda o PMMA apenas em plásticas reparadoras, como em pacientes com Aids com lipoatrofia facial, que causa a perda da gordura do rosto. De qualquer forma o médico especialista deve ter bom senso na quantidade aplicada.

É importante ressaltar que antes de qualquer procedimento o paciente deve ser avaliado clinicamente e o profissional escolhido, no caso de cirurgiões plásticos, seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Fonte: Giancarlo Dall’ Olio é cirurgião plástico formado pela Faculdade de Medicina do ABC. É membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP, Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões – CBC e de membro ativo da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética – ISAPS, como mentor e preceptor auxiliando na formação residentes de vários países

Eudora S. Premium: fragrância para noites surpreendentes

Eudora acredita que toda mulher pode viver as noites da própria maneira, com feminilidade e confiança para se divertir e expressar seu lado mais envolvente. Para isso, a marca lança S. Premium, uma fragrância que nos convida a vivenciar as experiências de uma noite surpreendente.

Um chypre floral envolvente desperta o mistério marcante da fragrância, que mescla um buquê luxuoso com o Acorde Black Night. E, para evidenciar a personalidade de S. Premium, um toque amadeirado e o exclusivo Segredo de Eudora, ajudam a manter a pele perfumada por mais tempo.

Para aumentar a durabilidade da fragrância na pele e se preparar para viver uma noite inesquecível, o Fluído Hidratante Desodorante Corporal de S. Premium possui uma textura leve, toque macio e absorção imediata, com 30 horas de hidratação e pele perfumada por mais tempo. Além de marcante, o produto é ótimo para ser usado antes de sair de casa, por não demorar para secar.

eudora s..png

Fragrância S. Premium – Preço: R$ 109,90 /  Fluído Hidratante Desodorante Corporal de S. Premium – Preço: R$ 39,99

Os produtos podem ser encontrados por meio de Representantes Eudora, e-commerce, lojas próprias, quiosques ou no site.

Grande evento felino chega ao Rio com 120 bichanos de 17 raças diferentes

Haverá também gatos para adoção e uma arrecadação solidária para ajudar famílias carentes e animais abandonados

Gateiros do Rio de Janeiro podem comemorar! A Premierpet e o Rio Cat Club anunciam a realização do primeiro grande evento felino em terras cariocas. Será nos dias 21 e 22 de julho e promete reunir 120 bichanos de 17 diferentes raças, além do indispensável SRD – sem raça definida (popularmente conhecido como “vira-lata”).

O evento ocorre na sede da AABB – Associação Atlética Banco do Brasil, na Tijuca. A entrada é gratuita, mas todos estão convidados a doar 1 lata/pacote de leite em pó, que serão destinados à Aliança da Fraternidade, instituição que presta assistência a famílias carentes. Além disso, a Premierpet irá doar a mesma quantidade em alimentos para gatos para a Associação Casa do Cão e Gato, um abrigo em Niterói.

Brown tabby with white Maine Coon boy on top of cat tree looking curious
Gato Maine Coon

Como já virou tradição nos últimos anos em outros estados brasileiros, como Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia e São Paulo, a edição carioca será uma excelente oportunidade para o público ver de perto grande variedade de raças, aprender um pouco mais sobre as características de cada uma, além de obter dicas de cuidados diretamente com criadores, que são uma excelente fonte de informação para quem já tem ou deseja ter um gato como animal de companhia.

Médicos veterinários da Premierpet, especialistas em nutrição de alta qualidade, estarão no local para tirar dúvidas sobre a alimentação dos bichanos. A marca é eleita pelos melhores criadores e aqueles que desejam oferecer os melhores alimentos para seus pets.

“Nossos eventos são reconhecidos pelo Brasil como os maiores e mais completos do segmento felino. Há seis anos trabalhamos junto aos melhores criadores e diversas ONGs em busca de promover a relação saudável entre pessoas e pets. Acreditamos que promover a troca de informações, gerar conhecimento, disseminar nosso amor pelos animais e oferecer orientações sobre nutrição e posse responsável é o melhor caminho”, afirma Madalena Spinazzola, diretora de planejamento estratégico e marketing corporativo da Premierpet, empresa especialista em alimentos super premium para cães e gatos.

Diversidade em destaque

gataria
Da esquerda para a direira: gatos das raças Sphynx, Persa, Bengal, British Shorthair e Maine Coon – Foto: Lília Rebello/ PremieRpet

Entre as várias raças que poderão ser vistas de perto no evento estão o Maine Coon (mais conhecido como gato gigante), o Sphynx (gato sem pelo, que costuma despertar muito a curiosidade do público), o tradicional Persa (raça mais conhecida entre os brasileiros), o verdadeiro gato Siamês (com sua aparência esbelta e elegante), o Bengal (com pelagem tigrada e aparência selvagem), o British Shorthair (gato robusto, com pelagem curta e olhos vibrantes), o raríssimo Mau Egípcio (uma das raças mais antigas do mundo, originária da época dos faraós), entre outras.

“Estamos muito orgulhosos de promover este evento pela primeira vez no Rio de Janeiro em parceria com a PremieRpet, que já realiza com sucesso eventos felinos em diversos Estados. Será uma satisfação apresentar aos visitantes cariocas alguns dos mais belos gatos do país e uma grande diversidade de raças, muitas delas ainda pouco conhecidas. Tenho certeza que o público vai se apaixonar!”, comemora Flávio Vicente, vice-presidente do Rio Cat Club.

Além de ter contato próximo com os gatos e aprender um pouco mais sobre eles, o público poderá acompanhar um concurso de beleza felina. Três juízes internacionais da Espanha, Argentina e um brasileiro irão avaliar os animais de acordo com categorias que consideram raça, faixa etária e se baseiam nos critérios da FIFe – Fédération Internationale Féline. “No final, serão eleitos os melhores exemplares de cada dia. Os campeões acumulam pontos para suas posições no ranking nacional”, explica Flávio Vicente.

Adoção responsável

gato abrigo abandonado mimzy pixabay
Foto: Mimzy/Pixabay

Não são apenas os animais de raça que participam! Os SRD – sem raça definida (popularmente conhecidos como “vira-latas”) também têm espaço garantido no concurso e serão premiados. Além disso, o Projeto Mia Rio estará presente no evento com dez gatinhos para adoção e a missão de encontrar um lar amoroso para eles!

Evento do Rio Cat Club
Data: 21 e 22 de julho de 2018
Horário: das 10h às 17h
Local: AABB – Associação Atlética Banco do Brasil
Endereço: Rua Haddock Lobo, 227 – Tijuca – Rio de Janeiro
Entrada gratuita para visitantes. Pede-se a doação de uma lata/pacote de leite em pó, que será destinada à Aliança da Fraternidade. A mesma quantidade arrecadada será doada em alimentos para gatos para a Associação Casa do Cão e Gato.
Patrocínio: Premierpet

Ginástica íntima: exercícios que trabalham a saúde ginecológica feminina

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), atualmente 5% da população brasileira sofre com problemas de incontinência urinária, e mais de 30% de alguma disfunção sexual, dados que refletem os hábitos da vida moderna ou simplesmente o fator cronológico. Esses e diversos outros casos também podem ocasionar alterações na região, seja pela anatomia do corpo, mudança de postura, perda de massa muscular, doenças crônicas e pós-operatório, entre outros fatores.

Considerada uma verdadeira malhação íntima, o pompoarismo é um verdadeiro exercício da musculatura íntima da mulher, para reforçar o assoalho pélvico, melhorando a percepção e fortalecer a região, além de aumentar o prazer na hora da relação, uma vez que atua em prol da recuperação e estímulo da libido, e trabalha as questões emocionais e físicas.

A técnica foi desenvolvida há mais de 1.500 anos e era conhecida pela população da
Índia, Tailândia, Indonésia e outros países do Oriente, e aplicada uma vez por
ano em rituais de fertilidade. Milenares, os movimentos foram passados de geração para geração, e ganharam espaço em países do Ocidente, sendo recomendados por ginecologistas e fisioterapeutas.

Segundo a fisioterapeuta Nazete Araújo, para praticar o pompoarismo é necessário que a mulher tenha percepção de sua região íntima, o que pode ser facilitado com uso de acessórios como o colar tailandês, Ben-Wa. “Esses acessórios podem ser associados a exercícios na academia, à dança e demais atividades diárias, e podem, ainda, ser utilizados em dias alternados”, revela a especialista.

kit pompoar ben wa

“São pequenas cápsulas de formato anatômico, contendo peças de pesos diferentes que, ao serem inseridos no canal vaginal, trabalham o estímulo necessário para a melhora da sensibilidade da estrutura pélvica”, acrescenta.

A fisioterapeuta comenta, ainda, que para praticar os exercícios com cones vaginais é necessário fazer avaliação fisioterapêutica preventiva, específica dos músculos do assoalho pélvico para indicar o treinamento funcional, mais recomendado para cada situação.

“Quando uma aluna vai à academia, precisa ser avaliada para sabermos a capacidade de carga que consegue carregar. Para uso dos cones vaginais, não é diferente, pois precisamos verificar a capacidade funcional muscular vaginal, uma vez que os acessórios têm pesos que variam de 20 a 70 gramas. Portanto, a avaliação fisioterapêutica preventiva para o treinamento dos músculos do assoalho pélvico e para a manutenção dos exercícios é primordial”, explica.

Indicação e benefícios

Os exercícios podem ser feitos por mulheres a partir de 18 anos. O acompanhamento é considerado preventivo. “Toda mulher ao atingir a maior idade precisa fazer a avaliação do assoalho pélvico, de forma preventiva, uma vez que é um conjunto de músculos que tem a função de auxiliar na sustentação de alguns órgãos da bexiga, útero e intestino, por isso, se a musculatura não for estimulada, vai ficando flácida”, revela Nazete.

Os exercícios dos músculos circunvaginais são trabalhados de forma voluntária, ou seja, a mulher pode pensar e executar o movimento, e é preciso estar concentrada na realização das contrações musculares, uma vez que isso pode ser executado com velocidade, coordenação e resistência diferentes, o que é benéfico para fortalecer e controlar a região, evitar flacidez, prevenir queda de bexiga e incontinência urinária e fecal, prolongar o prazer sexual do casal  e elevar a autoestima.

mulher deitada cama

“É preciso que esses músculos estejam preparados para suportar as pressões
e mudanças posturais, ou seja, tenham força, resistência e coordenação. Essas iniciativas só são possíveis por meio de treinamento”, conclui Nazete.

Fonte: Nazete Araújo é fisioterapeuta uroginecológica e especialista profissional em fisioterapia na saúde da mulher. Tem ampla experiência nos cuidados, prevenção e tratamento das disfunções do assoalho pélvico.

Universo Íntimo Boutique – Shopping Pátio Belém – Travessa Padre Eutíquio, 1078 – loja 139 

 

Pinheiros ganha o primeiro Café Le Manjue

Referência em gastronomia saudável com uso de ingredientes orgânicos, Pinheiros ganhou o primeiro Café Le Manjue em abril. Localizado no Civi-co, um co-working voltado para empreendedores cívico-sociais, cujos projetos geram transformações positivas para sociedade, o novo espaço serve criações assinadas pelo chef Renato Caleffi, que desde 2007 está à frente do restaurante.

O menu do café Le Manjue traz receitas exclusivas, como a Coxinha Fit, preparada com mandioca orgânica, frango natural, cúrcuma, farinha de arroz e flocos de amaranto (R$ 10,00); o Kibe de Painço, feito com cereal ancestral, limão, biomassa de banana verde, tomate, cebola, azeite, hortelã e especiarias (R$13,00); oTostex de Pesto de manjericão, muçarela de búfala e geleia de tomate (R$ 19,50); e a Torta de palmito com azeitonas e tomate, que leva massa de grão de bico, tahine com recheio de creme de palmito, leite de castanha de caju e biomassa de banana verde (R$20,00).

www.tbfoto.com.br
LE MANJUE - SP/SP - 22/02/2018
Foto: Tadeu Bruwww.tbfoto.com.br
LE MANJUE - SP/SP - 22/02/2018
Foto: Tadeu Bruwww.tbfoto.com.br
LE MANJUE - SP/SP - 22/02/2018
Foto: Tadeu Bru

Há ainda pratos já conhecidos do público, como a Cestinha de frango thai, cuja porção é formada por 6 cestinhas de massa de harumaki assada com recheio de frango moído, pimenta, milho, leite de coco, shoyu e mascavo (R$ 20,00) e a Salada com de folhas e legumes da estação orgânica salpicada de sementes, muçarela de búfala e molho de mostarda dijon, vinagre de maçã e azeite,servida com acompanhamento de escolha do cliente (R$ 36,00). Entre os doces, os bolos que fazem sucesso na matriz, aparecem em versões naked (sem coberturas e acompanhamentos) e os sabores variam diariamente.

www.tbfoto.com.br
LE MANJUE - SP/SP - 22/02/2018
Foto: Tadeu Bruwww.tbfoto.com.br
LE MANJUE - SP/SP - 22/02/2018
Foto: Tadeu Brunelli
ATENCAO: Toda foto deve ser publicada com o credito do autor, na sua integra sem cortes ou modificacoes, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998.

Para completar, a casa firmou parcerias com fornecedores de excelência. O pão de queijo (R$ 6,00), por exemplo, é da Quem Quer Pão 75 e é feito a partir de queijo curado e polvilhos mineiros, enquanto o café espresso é orgânico, fruto de uma parceria com a Três Corações; e o café coado é assinado pelo Café Dom Viçoso, que criará diferentes blends para a casa mensalmente.

As bebidas, aliás, merecem uma atenção à parte. Destacam-se na carta o Capunache, feito com café, leite de castanha de caju, creme de chocolate e canela (R$ 12,00) e o Chai Latte, com leite de castanha de caju, chá preto, especiarias. Receitas tradicionais, como Machiatto (R$ 5,50 / R$ 8,50) e Cappuccino (R$ 8,50), podem ser feitas com leite integral ou leite de castanhas. Aqueles em busca de refrescância também encontram sucos de frutas orgânicas prensadas a frio (R$ 13,00), kombuchas assinadas pelo próprio Le Manjue, criadas com a Puro Verde Sucos (R$ 15, 00) e a cerveja UMA, de autoria própria, artesanal, sem glúten e com capim-limão (R$ 16,00).

Assim como o restaurante que lhe deu origem, o Café Le Manjue tem projeto arquitetônico assinado pela arquiteta Flávia Machado, especialista em construções sustentáveis. Nessa empreitada, temperos e outras plantas aparecem suspensas, enquanto o mobiliário privilegiou fornecedores da região.

Le Manjue: Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 – Pinheiros – Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9 às 19 horas

 

Veganos ganham espaço na rede Carol Coxinhas

A coxinha vegana agora faz parte do cardápio da rede de franquias Carol Coxinhas. O quitute tem massa preparada com caldo de legumes feito artesanalmente, farinha de trigo, água e sal e recheada generosamente com brócolis, cebola, alho e proteína texturizada de soja.

Com mais de 40 lojas em todo o país, o salgado que é totalmente adequado à alimentação especial e servido em formato finger food, está disponível para venda em copos nos tamanhos P, M e G em todas as unidades.

CarolCoxinhas_1213092016_baixa-45

A coxinha vegana vem atender à exigência de um púbico bem específico, mas tem conquistado o paladar até dos mais fiéis ao tradicional quitute. “É um público que merece ser visto com um olhar especial por nós, com uma filosofia de vida que merece respeito”, conclui Carol Martinelli, fundadora da rede.

Informações: Carol Coxinhas