Arquivo da tag: animais

Assistência Veterinária para pets e clube de descontos para tutores

O consumidor que adquire produtos da marca recebe 85% de desconto na mensalidade

Os tutores de pets sabem que não podem descuidar da saúde dos animais. Cuidados com higiene e alimentação, além de exames periódicos e vacinas são essenciais, mas se não forem programados pesam no orçamento.

A PetMais, empresa focada na saúde e bem estar dos animais, realizou uma pesquisa e percebeu que os donos de pets, investem mais em acessórios e produtos para o dia a dia ao invés do cuidado na saúde. E, quando acontece um imprevisto, os gastos são altos e comprometem o orçamento de todos da família. Pensando nisso, a marca criou o Master Premium, uma assistência 24 horas com preço justo e que pode fazer parte da compra mensal dos animais de estimação.

O plano tem o custo de R$ 34,99 mensais e o beneficiário conta com Internação e Cirurgia Emergencial, Assistência Veterinária Emergencial, Serviço Funerário, Implantação de Chip, Aplicação de Vacinas em Domicilio, Agendamento de Serviços Veterinários, Rede de Descontos, Envio de ração a Domicilio, Orientação Veterinária por Telefone, Hospedagem e Transporte do Pet. São mais de mil redes credenciadas em todo Brasil.

O Master Premium chega com uma facilidade para os consumidores da PetMais, o cliente que adquirir o produto da marca, pode se tornar beneficiário por apenas R$ 4,99 no mês de sua compra, recebendo desconto de 85%.

veterinario remédio cachorro andresantanams pixabay
Ilustração: AndreSantanaMS/Pixabay

“Percebemos que em termos de acessórios e produtos para higiene, o mercado pet oferece grande variedade. Mas, quando se trata de opções para facilitar o cuidado com a saúde do animal, o mercado ainda é falho. Temos excelentes profissionais no Brasil, mas falta simplificar esse serviço, e foi exatamente isso que pensamos quando criamos o Master Premium, uma rede credenciada com médicos veterinários de qualidade e preço justo”, declara Odir Filho, diretor da PetMais.

Para facilitar a compra, o Master Premium será comercializado nos Pet Shops e os produtos da PetMais trará a informação sobre o desconto. O cliente recebe um voucher com código promocional e as instruções para se cadastrar.

Informações: Master Premium

 

Anúncios

Equipe de proteção animal promove Feira de Adoção neste sábado

O Colégio Singular, por meio da ESPA – Equipe Singulariana de Proteção Animal, realizará neste sábado (16), a partir das 9 horas, mais uma edição da Feira de Adoção de Animais no estacionamento da OAB Santo André.

Na última edição do evento, em 26 de janeiro, 21 animais ganharam um novo lar, sendo 10 cães e 11 gatos, entre os quais estava o gato Leopoldo, adotado por Paulo Roberto De Francisco, diretor de Vestibulares do Singular.

Para adotar é preciso ser maior de 18 anos, ter a concordância de toda a família e levar comprovante de endereço. No dia, também serão fornecidas informações sobre guarda responsável e orientações jurídicas. A entrada é gratuita, mas quem quiser colaborar com as ações da ESPA poderá adquirir camisetas exclusivas do projeto ou doar ração, cobertores, jornais, vermífugos, potes de sorvete, xampu, sabonete, material de limpeza, sacos de lixo, entre outros itens.

A ESPA é um projeto educacional inserido na programação pedagógica do Colégio Singular que visa ensinar aos alunos a importância da guarda responsável, com abordagens diferenciadas de acordo com a faixa etária, além de promover campanhas constantes de arrecadação de ração, encaminhada para ONGs e cuidadores de animais.

adoção Leopoldo
Andréa Tartuce, Roseli Denaldi, Paulo Roberto De Francisco e Simone Resende e o gatinho Leopoldo

Feira de Adoção de Animais
Dia: sábado, 16 de fevereiro
Horário: a partir das 9 horas
Local: Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Santo André
Endereço: Avenida Portugal, 233 – Centro – Santo André
Entrada gratuita

São Paulo ganha novo centro veterinário de alta complexidade

Petz lança a marca Seres para nova rede de medicina veterinária; primeira unidade na Ricardo Jafet tem equipamentos de última geração, tecnologia e equipe multidisciplinar

A Petz lançou uma nova operação no país. Trata-se da rede nacional de centros veterinários Seres. A primeira unidade já está em funcionamento na avenida Dr. Ricardo Jafet, em São Paulo. Com equipamentos de última geração e serviços de alta complexidade para diagnósticos, cirurgias, tratamentos e emergências, o centro veterinário traz inovações e recursos tecnológicos para o bem-estar e qualidade de vida dos pets e de suas famílias.

A equipe multidisciplinar tem especialistas em oncologia, cardiologia, endocrinologia, dermatologia, ortopedia e odontologia, entre outros, para garantir a atenção necessária a todas as fases da vida dos bichinhos de estimação.

Seres oferece um novo conceito de hospital veterinário, inspirado em redes americanas e planejado a partir da ótica do tutor e do pet. “Não é um ambiente hospitalar, é um ambiente acolhedor, mas com tecnologia e seriedade. A experiência positiva do paciente dentro de um espaço de saúde ajuda no prognóstico e no resultado melhor”, afirma Aline Amália de Araujo Giovannetti, diretora de Negócios Veterinários da Petz.

seres2

Experiência

A disposição dos setores foi pensada para criar a atmosfera de acolhimento e ao mesmo tempo dar eficiência ao atendimento. O fluxo do paciente felino é separado do fluxo do cão. Eles não ficam na sala de espera juntos e cada um tem espaço de atendimento diferente, para se soltarem no ambiente enquanto o médico veterinário faz o exame de forma adequada.

O ambiente também é separado para o cliente que está num momento muito bom, no caso de filhotes no início do relacionamento com o médico veterinário, em relação aos que estão passando por uma emergência, procedimento quimioterápico ou eutanásia, por exemplo.

Hi-tech

Seres-sala-de-emergência-300x157seres

Entre os diferenciais tecnológicos, está a tomografia de 16 canais, equipamento de última linha da Siemens, importante para diagnósticos de doenças neurológicas, osteomusculares, tumores, planejamento cirúrgico e urgências. Salas de ultrassonografia, ecocardiograma, eletrocardiograma, equipamento de anestesia de última geração e raio X digitalizado e UTI são outros destaques.

Dois centros cirúrgicos podem realizar procedimentos simultâneos, no caso de uma emergência ao mesmo tempo de uma cirurgia eletiva. O setor de procedimentos odontológicos, chamado de “cirurgia suja”, é separado para evitar e controlar risco de infecção.

A internação tem três alas: para cães, gatos e infectocontagiosos, totalmente separada das outras, num ambiente fechado e controlado para evitar infecção hospitalar. Além da ala de reabilitação, tem farmácia de manipulação de quimioterápicos e sala para a quimioterapia.

Layout

Petz-Seres-fachada-300x157

O espaço de controle médico central envidraçado, com visão de quase 360 graus de todos os setores, permite aos veterinários enxergar todas as internações, os centros cirúrgicos, as salas de diagnóstico e a sala de atendimento de urgência. “Esse foi um dos conceitos que chamou atenção. A transparência dá segurança ao tutor e ao veterinário, porque facilita muito. Consegue estar de olho em tudo e ter um cuidado maior”, avalia Aline.

Equipe multidisciplinar

seres3

Um time de especialistas trabalha em conjunto no dia a dia e já no atendimento primário, para identificar o encaminhamento de maneira rápida. Junto com o atendimento de alta complexidade, o Seres trabalha a prevenção com check-ups, vacinas, orientações nutricionais e castração.

Nova marca

Com maior investimento no negócio de medicina veterinária, a rede Petz decidiu criar uma nova marca. O Seres traz o DNA da marca mãe, mas com aspectos diferentes e adicionais. “A gente identificou que em medicina veterinária tem alguns aspectos um pouco diferentes da marca Petz, que é muito divertida, está nos momentos felizes, de diversão e de cuidados. E medicina veterinária, muitas vezes, está presente em momentos difíceis também, que exigem outras características, como mais de conhecimento, tecnologia e seriedade”, explica Aline.

seres4

A nova rede complementa o que a Petz já tem na área veterinária, com infraestrutura nova e equipamentos de ponta. Atualmente conta com o centro veterinário 24 horas no Pacaembu e na unidade Marginal Tietê, e clínicas e atendimentos dentro de mais de 70 lojas, das 81 existentes. Aos poucos, esses espaços serão remodelados e ganharão a nova identidade, além de outras instalações e eventuais aquisições que estão em análise dentro do mercado veterinário.

Informações: Petz

Mostra fotográfica traz famosos simulando o sofrimento de animais

Até o dia 6 de março, o Jardim Pamplona Shopping recebe a primeira exibição de Sinta na Pele, exposição gratuita promovida pela ONG Ampara Animal. Lançada no último domingo, em São Paulo, a mostra reúne 13 painéis clicados pelo fotógrafo Jacques Dequeker.

Nomes como Bruno Gagliasso, Thaila Ayala, João Vicente de Castro, José Loreto e Rômulo Arantes Neto posaram como animais vítimas de maus-tratos, fazendo com que os expectadores se coloquem no lugar dos animais e, de fato, reflitam e sintam na pele o descaso e negligência vividos diariamente por diversas espécies domésticas e silvestres. As telas serão exibidas diariamente, no segundo piso do empreendimento.

“Diferente de todas as nossas produções anteriores, que sempre foram suaves e buscavam conscientizar pelo amor, dessa vez a Ampara vem com uma abordagem mais direta e polêmica, mostrando explicitamente diversas formas de exploração às quais os animais são submetidos diariamente”, destaca Declara Juliana Camargo, CEO da Ampara Animal.

“Muitas vezes precisamos de um choque de realidade para mudar nossas ações. Causar incômodo e reflexão é a nossa intenção. Fazer com que as pessoas se coloquem no lugar dos animais e se tornem mais humanas”, completa.

A exposição Sinta na Pele, que busca conscientizar e educar o público ao inverter os papéis, apresenta uma realidade hipotética com o sofrimento do ser humano em evidência.

engaiolados (1)abandonados_rgb (1)acorrentadosconfinadosescalpelados (1)encarcerados (1)

Os temas de maus-tratos retratados na mostra fotográfica são: animais explorados, animais encarcerados (Lea T), animais abandonados (Thaila Ayala), animais acorrentados (Bruno Gagliasso), animais humanizados (Giovanna Ewbank), animais torturados (Laura Neiva), animais confinados (Ellen Jabour), animais traficados (João Vicente de Castro), animais depenados (Fernanda Paes Leme), animais escalpelados (Fernanda Tavares), animais engaiolados (Luan Santana), animais violentados (José Loreto e Rômulo Arantes Neto) e animais caçados (Fiorella Mattheis).

Exposição ‘Sinta na Pele’
Local: Jardim Pamplona Shopping
Endereço: Rua Pamplona, 1.704, 2º piso, Jardim Paulista – São Paulo (SP)
Data: de 06/02 a 06/03
Horário: de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 14h às 20h
Entrada: gratuita

Exposição Gigantes da Natureza no Shopping União de Osasco durante as férias

São 11 réplicas de insetos em tamanhos que impressionam, com detalhes realistas, movimentos e sons

Até 10 de fevereiro, o Shopping União de Osasco, o centro de compras e entretenimento preferido entre os moradores da região, recebe a Exposição Gigantes da Natureza. Trata-se de uma atração lúdica, em que insetos serão reproduzidos nas dependências do mall em grandes proporções: de dois a cinco metros de altura. As réplicas ainda chamam a atenção pela riqueza de detalhes, movimentos e emissão sonora.

É possível contemplar a borboleta, a centopeia, a formiga, a joaninha, a aranha caranguejeira, a borboleta Monarca, o besouro Rinoceronte, o louva-a-Deus, o vaga-lume, o escorpião Negro, o gafanhoto, além da divertida árvore falante. Espalhada em diversos ambientes do Shopping, a Exposição é gratuita e fica à disposição do público todos os dias, durante o horário de funcionamento do Centro Comercial.

naturezagigante1naturezagigante2naturezagigante3

A mostra, que une conhecimento e diversão, conta também com display informativo sobre cada espécie, apresentando, além de características e curiosidades, os diversos efeitos positivos que estas espécies oferecem aos seres humanos e ao meio ambiente. Em cenário lúdico e idêntico ao habitat natural, as esculturas animatrônicas são 1,6 mil vezes maiores que o tamanho real dos insetos.

Convide seus amigos e familiares e venha tirar fotos ao lado destes gigantes.

natureza cartaz.jpg

Exposição Natureza Gigante
Local: Shopping União de Osasco 
Endereço: Avenida dos Autonomistas, 1400 / Avenida Hilário Pereira de Souza, 700 / Avenida Franz Voegeli, 707 / Vila Yara – Osasco/SP.
Data: até 10 de fevereiro
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 11h às 20h.
Programação gratuita

Vai viajar com o pet nas férias? Aprenda a transportá-lo com segurança no carro

Veterinário Jorge Morais, da rede Animal Place, dá dicas para uma viagem segura e tranquila

É tempo de férias e chegou a hora de curtir o verão viajando ao lado daqueles que mais gostamos. Nossos pets, como grandes amigos, também acabam se deslocando conosco e muitas vezes, a chegada até o local pode ser um tormento.

cachorro na janela do carro

As leis para condução de animais em carros exige uma conduta que muitas vezes não conseguimos seguir, por conta da agitação e estresse dos bichinhos dentro do carro. Segundo o veterinário Jorge Morais, fundador da rede Animal Place, algumas dicas podem ajudar a relaxar o animal durante o transporte.

Gatos

Apesar de não ser obrigatório o uso da caixa transportadora, essa é a melhor opção para os gatos, que ficam mais agitados dentro do carro por não se sentirem seguros.

out_5-dicas-para-levar-o-gato-no-carro-com-seguranca-770x514

“Deixe a caixa transportadora aberta pelo menos um dia antes em um local onde o gato possa entrar e se acostumar com aquele ambiente. Isso faz com que ele perca o medo e não se recuse a entrar nela antes da viagem”, comenta o veterinário. Outra dica é prender a caixa com o cinto de segurança, para evitar que o animal se machuque com o movimento do carro.

Cachorros

Levar o cachorro no colo ou do lado do passageiro é uma infração média que resulta em penalidade. Outro costume muito comum, que também é proibido pela legislação, é deixar o pet curtir o vento com a cabeça para fora do veículo. O correto é manter o animal preso, de forma que ele não possa distrair o dono e tenha sua movimentação reduzida.

cachorro cinto carro

“O correto é prender o cachorro com o auxílio de uma guia no cinto de segurança, impedindo ele de conseguir pular para os bancos da frente ou atrapalhar o motorista de alguma forma”, explica Morais. Outra alternativa são as cadeirinhas para cachorros, aconselhadas para os bichos de pequeno porte e que garantem mais segurança para motorista.

Segundo o veterinário, todos os equipamentos mencionados para transportar cães ou gatos durante viagens de carro podem ser encontrados em pet shops. Se você seguir essas dicas poderá viajar de forma segura e descomplicada ao lado do seu melhor amigo.

Fonte: Animal Place

Cegueira em cães e gatos: dá para prevenir? por Úrsula Silva*

Os animais de companhia conseguem se comunicar por meio da troca de olhares com os seus tutores e, dessa forma, podem expressar fome, alguma situação que cause desconforto ou mesmo reconhecer o universo a sua volta. Por esse motivo, os cuidadores precisam estar sempre alertas aos problemas que podem causar cegueira em cães e gatos.

O desenvolvimento da cegueira em pequenos animais pode estar associado à vários fatores, sendo portanto, multifatorial, podendo até – em alguns casos – estar associada a quadros reversíveis. Como principais causas encontradas na literatura, nós temos a conjuntivite, glaucoma, catarata, doenças da córnea, doenças da retina, ceratoconjuntivite e doenças sistêmicas como Diabetes Mellitus, Hipertensão Arterial, Hipotireoidismo, Ehrlichiose e viroses como Cinomose nos cães e Herpesvírus nos gatos.

veterinario olho oftalmo

Não existe uma única faixa etária para o acometimento da cegueira em nossos bichinhos, pois depende da causa envolvida no processo. Por exemplo, a catarata que é uma das causas de cegueira, pode estar presente desde o nascimento como no caso da catarata congênita, mas pode também estar presente em animais de dois a quatro anos de idade (cataratas juvenis) ou ainda cataratas senis, que são observadas geralmente a partir dos oito anos de idade em cães.

Não existe um único “tipo” de animal predisposto ao desenvolvimento da cegueira, uma vez que se trata de uma condição patológica multifatorial e apenas o médico veterinário, por meio de uma complexa avaliação clínica, poderá responder de forma mais adequada a esse questionamento.

O tratamento das doenças é bastante variável, pois está associada ao fator desencadeante. De acordo com a causa temos tratamentos medicamentosos, como é o caso da conjuntivite, ceratoconjuntivite seca e glaucoma, podendo chegar aos tratamentos cirúrgicos como nos casos de catarata, ectrópio e entrópio.

Certamente nossos amiguinhos terão algumas limitações, mas de uma maneira geral, a cegueira é um problema de visão com o qual eles podem perfeitamente conviver. Com relação ao ambiente em que o animal vive, deve-se evitar mudar objetos e móveis de lugar e o fornecimento de alimento e água deve ser feito sempre no mesmo local, pois como já observado, o animal se acostuma com a arrumação do ambiente em que vive. Um cuidado especial precisa ser tomado com relação às piscinas, que devem ser cobertas.

gato no veterinario pixabay

Dessa maneira, a prevenção da cegueira em animais de companhia está intimamente associada à avaliação médica veterinária, realizada por profissionais com o objetivo de identificar possíveis fatores predisponentes e a forma mais adequada para o controle, eliminação ou tratamento dos mesmos, a fim de evitar o aparecimento dessa condição patológica que, muitas vezes, compromete a qualidade de vida de nossos animais.

*Úrsula Silva é professora do curso de Medicina Veterinária da Anhanguera de Niterói

Não esqueça de seu animal nas férias*

Estima-se que existam mais de 30 milhões de animais abandonados no Brasil e, nos meses de dezembro e janeiro, esse número aumenta significativamente em razão do período de férias, no qual as famílias normalmente viajam. Se você tem um animal e não pode levá-lo consigo porque a casa de veraneio não apresenta segurança para ele ou porque o hotel de destino da família não aceita animais ou, ainda, por outros motivos, procure deixar o seu animal com alguém que tenha certeza absoluta que irá cuidar bem dele.

Deixe com alguém da família, com um amigo ou vizinho que goste de animais e que não irá viajar nessa época. O responsável deve dar comida, água fresca e limpar o ambiente. No caso de cães, é importante também manter o hábito de passear com o animal, sempre com coleira e guia, para conter a ansiedade e amenizar a tristeza decorrente da separação da família.

cat sitter

Existem profissionais autônomos especializados em cuidar de cães e gatos na própria residência dos tutores. Eles fazem uma visita uma vez por dia e cuidam de tudo que o animal necessita. Também existem serviços que podem ser consultados por meio de aplicativos para smartphones como o Dog Hero, onde pessoas se cadastram e se dispõem a receber o animal em suas residências, cuidando deles por determinado período. Procure informar-se com antecedência sobre esses serviços e converse com pessoas que já se utilizaram deles.

Outra opção é deixar o seu animal em um hotel para pets. Existem vários, mas o recomendável é visitar o local e ver como é o espaço e a forma de como tratam os animais. Faça a sua reserva com antecedência. Se optar por levar o seu animal nas férias, lembre-se que ele pode estranhar o local e fugir, principalmente os gatos. Verifique se o local é seguro contra fugas, isto é, se possui muros e portões adequados. No caso de gatos é essencial que o imóvel tenha tela de proteção nas janelas para evitar quedas e fugas.

Caso o seu animal tenha medo de fogos de artifício, converse com seu veterinário e peça orientações de como proceder. Existem medicamentos capazes de atenuar o pavor e que além de trazer mais conforto para o animal, também evitam fugas decorrentes do estado de pânico.

cachorro abandonado na rua

Jamais abandone seu animal. Ele é incapaz de sobreviver sozinho, pois sente fome, sede, medo, angústia, ansiedade e saudade. Seja um dono responsável. Divirta-se nas férias, mas tome as providências necessárias para que o seu animal fique bem.

*Roseli Denaldi é coordenadora da ESPA – Equipe Singulariana de Proteção aos Animais

Lixo jogado nas praias gera impactos ambientais, econômicos e prejuízo aos banhistas

Além de deixar a água imprópria para o banho, poluição na areia e nos oceanos causa a morte de animais marinhos

As festas de fim de ano e as férias levam às praias um grande número de turistas que nem sempre descartam o lixo em local adequado. Segundo um levantamento do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (IO-USP), todos os anos, cerca de 190 mil toneladas de materiais plásticos são lançados ao mar, na costa brasileira. Em Santos, 117 toneladas de resíduos foram removidas da beira-mar durante a primeira quinzena de 2018, segundo dados da prefeitura. O peso é equivalente a 13 baleias francas adultas, espécie que costuma visitar o litoral paulista.

letonia poluição mar pixabay
Pixabay

O descarte incorreto do lixo, principalmente nas praias, interfere diretamente no desenvolvimento das espécies marinhas. De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Queensland, na Austrália, a contaminação dos oceanos, principalmente por plásticos, é responsável pela morte de cerca de 100 mil animais todos os anos.

Segundo o presidente do conselho da Associação MarBrasil, Ariel Scheffer, cerca de 260 espécies marinhas estão ameaçadas de extinção devido ao descarte incorreto de plásticos no mar. “Muitos animais se enroscam e ficam feridos ao terem contato com esse tipo de material, mas o problema principal é a ingestão do plástico, que é tóxico e não é um elemento natural do trato digestivo”, explica.

O biólogo, que é membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza, destaca que as aves marinhas e as tartarugas são as mais prejudicadas por confundir sacolas com alimentos da cadeia alimentar, como águas vivas e pequenos organismos. “Dos animais encontrados mortos, 100% das tartarugas verdes e 75% das aves marinhas possuem plástico no estômago.”

Além de impactar as espécies marinhas, os resíduos descartados nas praias também interferem na vida dos banhistas, que podem se ferir com determinados objetos. A sujeira também reduz a balneabilidade, que é o índice usado para verificar a qualidade da água destinada à recreação. Desse modo, ela se torna imprópria para o banho, podendo gerar doenças.

garrafas pets rede poluicao.jpg

Os prejuízos afetam ainda a economia dos municípios, que precisam aumentar as despesas com a limpeza das praias e perdem a receita com o turismo. No setor da navegação e nas atividades pesqueiras, a produtividade tende a diminuir devido à morte dos peixes e à poluição dos oceanos.

Sobre a Rede de Especialistas

A Rede de Especialistas de Conservação da Natureza é uma reunião de profissionais, de referência nacional e internacional, que atuam em áreas relacionadas à proteção da biodiversidade e assuntos correlatos, com o objetivo de estimular a divulgação de posicionamentos em defesa da conservação da natureza brasileira. A Rede foi constituída em 2014, por iniciativa da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Nota da redação: por favor, não seja uma dessas pessoas que fazem isso!

Feira de Adoção de Animais e Parada NatAUlina agitam o Parque Shopping

Seguindo o cronograma da campanha “Adote um Amor”, o Parque Shopping Barueri realiza no sábado, dia 22 de dezembro, a Feira Pet, evento que incentiva a adoção de cachorrinhos e gatinhos nesse fim de ano. Organizada em parceria com a ONG Oxy Proteção Animal, a feira de adoção acontece das 11 às 16 horas no piso L1, próximo à loja Miniso e recebe cerca de 20 filhotes, prontinhos para encher sua casa de alegria.

Todos os animais que estarão presentes são previamente vacinados, vermifugados e castrados. Para levar um novo amiguinho para casa, os interessados precisam ter mais de 21 anos de idade e apresentar RG, CPF e comprovante de residência. Além disso, é necessário que o adotante pague a taxa de adoção no valor de R$ 50,00 e assine um termo de responsabilidade, no qual se compromete a dar todo o carinho que merece para ser muito feliz.

E tem mais: quem estiver por lá e quiser desfilar com o seu pet poderá participar da Parada NatAUlina e tirar fotos com o Papai Noel. Se passear na companhia dessas fofuras já é bom, imagina curtir um dia no shopping e praticar o bem.

parada nataulina gde.png

Feira de Adoção de Cães e Gatos e Parada NatAUlina
Data: sábado, 22 de dezembro
Horário: das 11h às 16h
Local: Parque Shopping Barueri Piso L1 – Próximo a Miniso
Endereço: Rua General de Divisão Pedro Rodrigues da Silva, 400 – Nova Aldeinha, Barueri – SP
Entrada franca, taxa de adoção no valor de R$ 50,00 (pagamento em dinheiro).