Arquivo da tag: arte

Japan House apresenta a mostra Architecture for Dogs: Arquitetura para cães

O centro cultural recebe peças assinadas por 15 renomados arquitetos e designers que criaram projetos arquitetônicos usando cães como inspiração em exposição com curadoria de Kenya Hara

De 19 de janeiro a 7 de abril de 2019, a Japan House São Paulo apresenta um novo viés da arquitetura e do design na exposição Architecture for Dogs: Arquitetura para cães com curadoria do designer japonês Kenya Hara e organização da Imprint Venture Lab, empresa americana de investimento e consultoria. A mostra apresenta, por meio do trabalho de renomados profissionais das áreas, irreverentes e conceituais casas de cachorros em um pioneiro exercício de escala que leva em conta as atuais relações da sociedade com esses bichos de estimação. Com passagens pelos Estados Unidos, Japão e China, esta é a primeira exibição no Brasil e inclui projeto inédito feito por um escritório brasileiro, a convite da Japan House São Paulo (JHSP).

projeto niku rug por ma yansong
Projeto Niku Rug por Ma Yansong – Crédito Hiroshi Yoda

Architecture for Dogs: Arquitetura para cães explora uma maneira original de pensar a arquitetura, por meio de casas de estética apurada para cães das mais diversas raças. Desenvolvidos por arquitetos e designers de diferentes partes do mundo, as 15 casas – que poderão ser vistas na mostra juntamente com diversos estudos – são inspiradas em especificidades de diferentes raças e assinadas por nomes como Kenya Hara, Kazuyo Sejima, Sou Fujimoto, Kengo Kuma, entre outros. Um projeto importante dentro da iniciativa é “O Casulo” (The Cocoon), trabalho inédito do escritório brasileiro FGMF Arquitetos que, a partir desta mostra em São Paulo, integrará o circuito Architecture for Dogs representando o Brasil. O FGMF é parceiro do arquiteto Kengo Kuma no projeto arquitetônico da Japan House São Paulo.

Ocupando todo o centro cultural, os projetos com as mais variadas formas, materiais e técnicas de construção retratam a inspiração e os desafios de se pensar propostas em uma nova escala, além de retratar a relação de afeto e a importância cada vez maior desses animais na vida contemporânea, o que representa inclusive mudanças de hábitos da sociedade.

A Japan House São Paulo deixará três desses projetos na área externa do piso térreo à disposição para experimentação por cachorros: Mount Pug (Kengo Kuma), Architecture for Long-bodied-short-legged Dog (Yoshiharu Tsukamoto e Momoyo Kajiima) e Beagle House (MVRDV). Como regra já estabelecida, é proibida a entrada de qualquer animal de estimação na área interna da Japan House São Paulo.

projeto wanmock por torafu architects
Projeto Wanmock por Torafu Architects – Crédito Hiroshi Yoda

A exposição apresenta também um banco de dados online que permite aos usuários o acesso a diagramas, imagens e vídeos das peças expostas para que sejam reproduzidas. Esta iniciativa torna acessível os projetos desses profissionais de reconhecimento internacional. A plataforma permite também que pessoas de todo o mundo compartilhem suas próprias propostas para o tema por meio do site e Instagram.

Sobre esta mostra, Natasha Barzaghi Geenen, Diretora Cultural da Japan House São Paulo, declara: “é uma forma inusitada de mostrar a capacidade criativa de grandes arquitetos, que são desafiados a pensar em uma escala totalmente nova – e a partir de premissas incomuns dentro de seu dia a dia de trabalho – fazendo com que uma mostra conceitual de design seja percebida pelo público de forma divertida e acessível”.

Como complemento da proposta de Architecture for Dogs: Arquitetura para cães, no dia 19 de janeiro, às 15 horas, a Japan House São Paulo realiza uma palestra especial com o designer Kenya Hara, que comentará sobre como surgiu a ideia desta exposição, seu desenvolvimento, principais conceitos, além de trazer um panorama sobre as novas relações da arquitetura.

projeto mount pug por kengo kuma
Projeto Mount Pug por Kengo Kuma – Crédito Hiroshi Yoda

A palestra contará ainda com a participação de Julia Huang, da Imprint Venture Lab, empresa que organizou a iniciativa Architecture for Dogs. O evento é aberto e gratuito e os interessados devem retirar senhas na recepção da casa uma hora antes da atividade. A apresentação será em japonês e contará com tradução simultânea para o português.

Projetos apresentados: *Cães em ordem alfabética
Mvrdv | Beagle (Holanda)
Kazuyo Sejima | Bichon Frise (Japão)
Sou Fujimoto | Boston Terrier (Japão)
Reiser + Umemoto | Chihuahua (Eua E Japão)
Atelier Bow-Wow |Dachshund De Pelo Longo (Japão)
Torafu Architects | Jack Russell Terrier (Japão)
Ma Yansong | Labrador Retriever (China)
Shigeru Ban | Papillon (Japão)
Kengo Kuma | Pug (Japão)
Toyo Ito | Shiba (Japão)
Hiroshi Naito | Spitz (Japão)
Konstantin Grcic | Poodle Toy (Alemanha)
Fgmf | Yorkshire Terrier (Brasil)
Hara Design Institute – Haruka Misawa | Terrier Japonês (Japão)
Kenya Hara | Poodle Teacup (Japão)

Palestra com Kenya Hara e Julia Huang
Quando: 19 de janeiro, às 15h
Local: Japan House São Paulo – Avenida Paulista, 52
Entrada gratuita
Senhas disponíveis uma hora antes da palestra devem ser retiradas na recepção.
Tradução simultânea

Architecture for Dogs: Arquitetura para cães
Japan House São Paulo
Endereço: Avenida Paulista, 52
De 19 de janeiro a 7 de abril de 2019
Horário de funcionamento:
Terça-feira a Sábado: das 10h às 20h
Domingos e feriados: das 10h às 18h
Entrada gratuita
Proibida a entrada de animais de estimação

The Beauty Box e Olivia Lambiasi criam embalagens de presente exclusivas

A artista plástica criou estampas personalizadas para a campanha de Natal da multimarca

olivia lambiasi

Para deixar as comemorações de Natal ainda mais especiais, a The Beauty Box, maior multimarca de beleza premium do Brasil, uniu forças à artista plástica Olivia Lambiasi para criar embalagens de presente exclusivas. Desde o dia 27 de novembro, todas as compras realizadas nas lojas da marca recebem sacolas e embrulhos personalizados com obras cheias de cor da artista.

Todas as embalagens remetem à personalidade singular de Olivia. Com referência no expressionismo abstrato, as cores e pinceladas são a marca-registrada dela, que produz telas vibrantes e é craque em dar um toque especial e fashionista em peças comuns. Seu sucesso começou quando, por achar que sua bolsa grifada era apenas mais uma no meio da multidão, pegou seu pincel e sem receio a customizou do seu jeito único, enchendo-a com formas e tons vivos.

olivia lambiasi 2

Olivia produziu duas telas para a campanha que se desdobraram em três versões de sacolas e caixas diferentes, essa foi a primeira vez que a marca se uniu a uma artista e criou novos visuais para embalagens de presente.

olivia lambiasi 3

E para dar um toque ainda mais especial à ação, ela personalizou alguns pincéis de maquiagem da The Beauty Box para o programa de fidelidade da marca, o Clube da Beauty.

Informações: The Beauty Box – SAC: 0800-729-9070 

Salão do Artesanato ocorrerá pela primeira vez em São Paulo

O evento tem a presença de artesãos de 25 estados, além de oficinas, shows e gastronomia típica

Entre os dias 7 e 11 de novembro, no Expo Center Norte, em São Paulo, será realizado o 11º Salão do Artesanato, maior vitrine do artesanato brasileiro. No encontro estão previstos cerca de 60 mil visitantes e mais de 1000 artesãos que estarão expondo e comercializando o que há de melhor na produção artesanal brasileira.

Serão milhares de produtos da mais alta qualidade e com grande valor cultural agregado, trabalhos executados em madeira, barro, cerâmica, fios, tecidos, sementes, fibras, capim, bambu, prata, metais, couro e muitos outros elementos transformados em objetos de decoração, utilitários, móveis, roupas, joias, bijuterias e acessórios, à disposição dos visitantes.

Além disso, o visitante poderá participar de oficinas, assistir aos shows de danças e músicas regionais, desfrutar os pratos da culinária típica de todas as partes do Brasil. A entrada é franca nas três primeiras horas do evento.

O evento, aberto ao público das 11h às 22h de quarta a domingo, contará com uma programação variada e atrativa. Destaque para as oficinas gratuitas, presença de mestres artesãos fazendo suas peças ao vivo, shows com artistas regionais, apresentações de danças tradicionais e folclóricas, e ainda gastronomia típica apresentada no Festival Brasil na Panela.

O 11º Salão do Artesanato, organizado pela Rome Eventos, promotora das maiores e mais tradicionais feiras comerciais de Brasília, Rio de Janeiro e de outros estados, tem como proposta valorizar a importância cultural do artesanato para a preservação das raízes históricas dos povos e incentivar a venda de produtos, colaborando assim para geração de emprego e renda de famílias que fazem do artesanato a única forma de subsistência.

De acordo com Rômulo Mendonça, diretor da Rome Eventos, 2018 é um ano de profundas mudanças e novas perspectivas para este segmento. “O salão pode contribuir significativamente para a comercialização de peças artesanais para lojistas e consumidores finais, já que este evento oferece, aos líderes de cada setor envolvido, todo o apoio necessário para que se mantenham no mercado e consigam expandir seus negócios”, reforça Rômulo.

O diretor aponta ainda que, por meio da realização em grande escala para lojistas, é possível firmar parcerias, fechar acordos comerciais e ampliar o networking. “O 11º Salão do Artesanato São Paulo chega para atender à demanda de boa parte dos artesãos que entendem que São Paulo é uma porta comercial importante. Nesta edição, contamos com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) para viabilizar o encontro na capital paulista”, afirma o dirigente.

Salão do Artesanato

Realizado há 10 anos consecutivos, o Salão do Artesanato reúne o que há de melhor na produção artesanal do Brasil. Com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), o evento conta com a participação de 25 Estados e do DF, o que garante uma variedade significativa de produtos.

Em outras edições, a feira recebeu mais de 50 mil visitantes, cerca de 1500 artesãos e um volume de negócios superior a 3 milhões de reais. O evento já recebeu nomes famosos como Maria Rita, Arnaldo Antunes, Guilherme Arantes, Luiza Possi, Ellen Oléria, Sam Alves, Tiê, Ju Moraes, Monique Kessous, Bruna Viola, entre outros.

Os artesãos que participam do evento são selecionados em todos os Estados pela alta qualidade de suas peças e pelo valor cultural agregado à sua produção. São peças com grande identidade, geralmente confeccionadas com matérias primas de reaproveitamento, da natureza local e feitas de forma totalmente manual. A presença de Mestres Artesãos, alguns deles reconhecidos pelo IPHAN como patrimônio vivo de seus estados é outro grande atrativo do evento.

artesanato.png

11º Salão do Artesanato São Paulo 2018
Data: De 07 a 10 de novembro – das 11h às 22h / 11 de novembro – das 11h às 22h
Local: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo/SP
Horários da Feira: das 11 às 22 horas
Entrada: Das 11h às 14h entrada franca após este horário haverá ingressos à venda.
Ingressos: R$20,00 inteira / R$10,00 meia

Suvinil e Elephant Parade levam elefantes para as ruas do Rio de Janeiro

Exposição chama atenção para risco de extinção dos elefantes.

Depois de passar por 26 cidades em 17 países, a Elephant Parade chegou às ruas da cidade do Rio de Janeiro ontem (1º/11). Com 66 estátuas customizadas por grandes artistas nacionais, esta será uma das maiores exposições de arte ao ar livre da história da cidade.

As esculturas, no tamanho real de um bebê elefante, ao final da exposição serão leiloadas e parte da quantia arrecadada será destinada a filantropia local, projetos de preservação dos elefantes e aos artistas participantes.

A participação da Suvinil na Elephant Parade faz parte do projeto Suvinil Além da Cor, que tem como objetivo apoiar iniciativas que tragam benefícios à sociedade, transformando por meio das cores a vida das pessoas que possuem uma relação com um espaço ou bem público.

“Por meio do projeto Suvinil Além da Cor, damos cor e vida ao transformar a relação das pessoas com diferentes ambientes, seja investindo em um museu, colorindo os muros das casas de uma comunidade, ou chamando a atenção das pessoas para uma causa social, como a da Elephant Parade”, comenta Rafael Conejo, gerente de Comunicação e Marca da Suvinil.

Entre as 66 estátuas que colorirão os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro, oito são uma homenagem da Suvinil para a cidade maravilhosa. As obras Elephant in WonderLand (Rogério Fernandes), Que seja doce (Érica Morais), Steampunk (Ricardo Dantas), Fantástico (Renan Cristian), Suhki (Babi Wrobel), Jasmim Manga (Flow), Ô abre alas, que eu quero brincar (Levi Cintra) e Tributo a Van Gogh (Dionéia Israel Fraga), poderão ser visitadas nas seguintes localidades:

• Bondinho Pão de Açúcar – Av. Pasteur, 520 – Urca
• Av. Vieira Souto X Esquina com Farm de Amoedo – Ipanema
• BarraShopping – Av. das Américas , 4.666 – Barra da Tijuca
• Yndu Lounge – Av. do Pepê, s/nº – Barra da Tijuca
• Av. Atlântica, 1702 – próximo ao Belmond Copacabana Palace – Copacabana
• Praça Jornalista Mario Filho, s/nº (esquina com Rua Olegário Maciel) – Barra da Tijuca
• Praça Mauá nº1 – próximo ao AcquaRio – Centro
• Av. Lúcio Costa, nº 6849 (próximo ao Apha Barra) – Barra da Tijuca

elefante suvinil 4elefante suvinil 2

Cada uma delas conta uma história e retrata uma realidade. Pintadas por artistas convidados pela Suvinil, os elefantes estarão nas ruas até o dia 29 de novembro.

As outras obras estarão nos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro como o Pão de Açúcar, as Orlas da Zona Sul e Barra da Tijuca, o Centro Histórico, a Praça Mauá, o Parque Laje e o Jardim Botânico.

Elephant Parade
Data: de 1º a 29 de novembro
Acesse o site e descubra o mapa da manada

elefante suvinil 3elefante suvinil 1

Conheça a plataforma on-line com todo o histórico de intervenções promovidas pelo Suvinil: Além da Cor.

Começou hoje 2ª edição da Feira das Ideias no Shopping Vila Olímpia

Até domingo empreendimento traz evento que reúne artesãos e designers independentes

Com o intuito de contribuir com pequenos produtores e artistas, o Shopping Vila Olímpia realiza parceria com a Feira das Ideias, projeto que leva a espaços compartilhados e acessíveis produtos e artes de microempreendedores. O evento, que já teve uma edição no MIS (Museu da Imagem e do Som) acontecerá pela primeira vez no empreendimento, de hoje (19) a domingo (21), e contará com feira criativa, área gastronômica, oficinas, mostra de curtas, apresentações musicais e intervenções artísticas.

Serão mais de 30 marcas independentes, oficinas gratuitas, intervenções artísticas (live painting), massagem, tarot, pocket show, e muito mais atividades localizadas no Terraço do Shopping Vila Olímpia. Já a área gastronômica contará com 20 marcas de produtos naturais, pães e doces produzidos por pequenos fabricantes. Para quem quer colocar a mão na massa, haverão oito oficinas divididas entre sábado (20) e domingo (21).

“Para nós é um desafio realizar essa edição. Queremos mostrar que é possível unir a rua e os corredores do shopping, ampliando essa experiência para um número maior de pessoas”, disse Rara De Biase, produtora executiva da Feira das Ideias.

Entre outras as atividades que ocuparão todo o empreendimento, teremos intervenções artísticas espalhadas pelos corredores do Shopping e as salas de cinema Kinoplex exibirão um festival de curtametragens independentes.

“Encontramos na parceria com a Feira das Ideias uma forma de apoiar o trabalho de artistas e produtores independentes e oferecer mais uma nova história aos nossos clientes”, diz Emerson Lucas, gerente de marketing do Shopping Vila Olímpia.

347551_834626_screenshot__59_347551_834623_screenshot__62_347551_834622_screenshot__64_347551_834624_screenshot__61_347551_834625_screenshot__63_

Programação:

Feira Criativa
Ami Ateliê: @AMI.ATELIER
Ateliê Catorze: @ateliecatorze
Ateliê Elleven: @elleven.atelie
Ateliê Lu o Li: @atelieluoli
Bem Feito: @bemfeito_slowfashion
Bhava Cosméticos: @bhavabio
CarolW: @carolwmach
Casa Bast: @casabast
Carsol Design: @caroldesign
Collab Bl 2: @collabbl2
De Araque: @de_araque
Dalzzoto: @_dalzzoto
Farol Brasil: @farol.brasil
Fernando Cuccolo: @fernando.cuccolo
Gus Bassi: @gusbassi
Jardim de Perto: @jardimdeperto
Molsk: @molskdesign
Por Um Fio: @porumfio
Serei A Folha: @serei.a.folha
Unevie Cosméticos: @univecosmeticos
Vocativo: @sejavocativo
Zankasta: @zankasta

Área Gastronômica
I Tea: @iteachasorganico
Pet Delicia: @pet_delicia
P de Pimentas: @pdepimentas
Cumbuquinhas: @cumbuquinhas
Lá da Roça: @ladarocaprodutosmineiros
Jais Hand Made: @jaishandmade
Tamara Alimentos: @tamaalimentos

Oficinas
Todas as oficinas são gratuitas, mas deverão ser feitas inscrições previamente no site Sympla. Turmas de 10 pessoas cada.

347551_834627_screenshot__60_
1- Oficina de Orquídeas com a equipe da Tanooka
2- Oficina de Cerâmica com Ami Ateliê
3- Oficina de Minijardins com Jardim de Perto
4- Oficina de desenho e pintura livre com Serei A Folha
5- Oficina de técnicas de Desenho Realista com Duda Alelaf

ONGs – Haverá um espaço só com ongs vendendo seus produtos e tudo revertido a causas beneficentes.
Projeto Seramica
Pés Livres
OngrevivaUse Vox

Espaço Místico + Massagem:
Renata Carneiro – Tarot
Vivian Carneiro – Massagem

Intervenção Artística:
Leilão online no qual o dinheiro arrecadado será revertido para as ONGs.
1- Serei a folha – Artista Erika Ribeiro
2- Healing Grafitti- Artista Cacé

347551_830046_post_feira_das_ideias_final_infos.jpg

Serviço: Feira das Ideias no Shopping Vila Olímpia
Data: de 19 a 21 de outubro
Horário: 11h às 20h
Local: Shopping Vila Olímpia
Endereço: R. Olimpíadas, 360 – Vila Olímpia, São Paulo
Indicação de idade: livre
Entrada: gratuita
Informações: 4003-4173

 

Projeto propõe encontro semanal repleto de atividades culturais para público +50

O Projeto Jovens+50 – Happy Day faz parte de um movimento social que busca uma nova ressignificação da longevidade, aliada à qualidade de vida e inserção social. Para isso, propõe encontros semanais, todas às quintas feiras de outubro, das 12 às 22 horas.

A proposta é trazer atividades relacionadas a lazer com saúde, cultura e relacionamento, centradas em informação e aprendizado por meio de cursos, workshops, palestras, exposição de produtos especiais, espetáculos teatrais, dança, tecnologia, saúde integral, happy hour e outros em um ambiente lúdico de total integração.

Os encontros semanais acontecerão no Teatro Viga Espaço Cênico, Pinheiros, em Pinheiros, próximo da estação Sumaré do Metrô e do UnibesCultural. O foco é o público acima dos 50 anos como principal participante. Para apresentar propostas de atividades durante o Happy Day, seja qual for a atividade, não existe idade definida.

O teatro tem capacidade para 200 pessoas e a circulação média prevista para cada dia de encontro é de 500 pessoas. O ambiente é dividido em vários espaços ideais para cada tipo de atividade. Lembrando que todas as atividades são gratuitas, ou com “Pague quanto quiser”. Somente será cobrado ingresso único de R$ 20,00 (meia entrada).

O objetivo deste projeto é privilegiar este público +50 com foco em saúde, cultura, lazer e relacionamento com novidades as mais diversas, exposição de marcas, produtos e serviços. Esse público é ávido em buscar diferentes atividades, em ser atuante na sociedade, participar de eventos sociais de lazer e relacionamento, expor e trocar conhecimentos e capacidades adquiridas durante toda vida.

casal meia idade feliz

Com a organização de Beneh Mendes: produtor cultural e profissional do teatro desde 1970, além de ser formado em Acupuntura e Medicina Complementar, ministrando diversos cursos e atividades como “Arte Terapia do Bambu Sagrado + Técnicas de Auto Encantamento”, “Meditação de Reconexão do Guerreiro do Bambu Sagrado” e “Exercício Laboral Integral”.

Beneh Mendes já foi responsável por 54 produções teatrais e parcerias, entre elas: Dzi Croquettes/ Secos & Molhados / Pano de Boca / Filhos de Kennedy / Édipo Rei / Ópera do Malandro, Sua Excia, O Candidato e mais de 100 shows musicais, como os de Nelson Cavaquinho, Zé Rodrix, Jorge Mautner, Jards Macalé e muitos outros.

Algumas atividade já inscritas no projeto:

1 – Espetáculo Teatral “Reencontro Inesperado”. Uma história de amor surpreendente que ultrapassou tempo e espaço. Com Selma Luchesi e Pedro Bonilha – Direção Gonzaga Pedrosa.

2 – “Terapia da Dança”, idealizada por Bihju Ang há quase 30 anos dentro do parque da Aclimação, hoje está presente em clubes, associações, inclusive no Parque Ibirapuera, prática levada por suas alunas.

3 – Vivi Mancini Maquiagem – workshop que será realizado num camarim do teatro, com dicas e prática de automaquiagem para despertar a beleza da mulher madura.

4 – “Arte Terapia do Bambu Sagrado”, apresentação da filosofia e prática de exercícios, para conhecer o Caminho do Guerreiro e como ter mais paz, equilíbrio e controle dos pensamentos e estresse, através do autoconhecimento e não de práticas de autoajuda.

5 – Espaço Relacionamento – Eros Ludens, o jogo de tabuleiro dos deuses gregos, jogos de tabuleiros dos mais variados: xadrez , damas, dominós, baralhos, rumikub (dominó europeu) e outros.

6 – Oraculistas

7 – Alimentação

mais 50.png

Happy Day Jovens +50
Quando – 4 / 11 / 18 e 25 de outubro (todas as quintas feiras de outubro)
Horário – das 12 às 22hs
Onde – Viga Espaço Cênico, na Rua Capote Valente, 1323 Pinheiros, a 100 metros da Estação Sumaré do Metrô e próximo ao Unibes Cultural
Público alvo – +50 até 100 anos
Ingressos – R$ 40,00 inteira / Meia +50 – R$ 20,00 (vendas no Sympla)

Salvar

Depois de Nova York, “Bichos do Brasil” retorna a São Paulo

Exposição gratuita é patrocinada pelo Centro Britânico e explora a riqueza da fauna brasileira, explicando sobre animais silvestres conhecidos e desconhecidos em português e inglês

A exposição gratuita Wild Brazil – Bichos do Brasil retorna à cidade de São Paulo, no Centro Britânico Idiomas, no bairro da Pompeia (Rua Caraíbas, 957 – São Paulo – SP). Serão 27 obras, incluindo telas, lenços, bolsas e bloco de construção. A mostra retrata animais da fauna brasileira, como tamanduá bandeira, tatu-bola, anta, peixe-boi, quati, ouriço e paca, entre outros, e tem o patrocínio do Centro Britânico Idiomas. As obras são da artista plástica Walkiria Barone, que representará a riqueza da fauna brasileira com sua arte atraente e colorida, possibilitando ao público conhecer ou relembrar diferentes espécies de animais do Brasil.

A mostra já esteve na cidade de Nova York, tanto na estação de trem da cidade quanto no parque suspenso High Line Park (2014). De volta ao Brasil, serão 27 obras expostas e 11 delas estarão acompanhadas de uma ficha técnica em inglês e português, além de seus nomes científicos para que o público conheça mais sobre as espécies. A exposição ocorre até 11 de outubro, de segunda a quinta-feira, das 8h30 às 20 horas, sexta-feira das 8h às 17 horas e aos sábados das 8h30 às 11h30, comemorando o mês do “Spring Time”, chegada da Primavera do Brasil, a unidade está com agenda de eventos sobre a flora e da fauna brasileira.

A exposição tem um caráter informativo e propõe um diálogo com o público no sentido da conscientização para a preservação das espécies, principalmente aquelas que correm o risco de extinção.  “A ação de incentivo à cultura é parte de nossos valores. A artista leva para outros países um pouco da nossa biodiversidade e, assim, outras pessoas nos conhecem também. Para isso, a artista precisa do segundo idioma para contar histórias tão ricas e só é possível com a língua inglesa”, explica Monique Svolkin, gerente de marketing do Centro Britânico Idiomas.

Bichos Brasil Cidade Universitária CPTM Apoio(8)

Agenda
Exposição gratuita Wild Brazil – Bichos do Brasil
Data: até 11/10
Horários: Segunda a quinta, das 8h30 às 20h | Sexta das 8h às 17h| Sábado das 8h30 às 11h30
Local: Rua Caraíbas, 957 – São Paulo (SP)

Bichos Brasil em NYC(7)Bichos Brasil Cidade Universitária CPTM Apoio(9)Bichos Brasil (4)Bichos Brasil (3)Bichos Brasil (11)Bichos Brasil (9)Bichos Brasil (5)Bichos Brasil (7)

Itens da exposição
A exposição contará com 13 pinturas: Ouriço, Jacaré de Papo Amarelo, Capivara, Preguiça, Lobo Guará, Quati, Tatu Bola, Anta, Peixe Boi, Veado Mateiro, Mico Leão, Tamanduá e Onça Pintada.
Serão 11 pinturas com fichas técnicas: Matamatá, Arraia do Xingu, Galo da Serra, Peixe Serra, Tamanduá, Tatu 15Kg, Preguiça de coleira, Olingo, Lagartinho, Cobra Cega, Caracol. Um bloco de cimento, uma jaqueta de couro, uma sacola do Centro Britânico e vários lenços pintados.

Walkiria Barone

Bichos Brasil (2)
Artista plástica formada pela FAAP, trabalha com arte e educação e tem um trabalho constante de pintura e pesquisa de novos suportes. Realiza exposições desde 1990 e atua em diversas séries/técnicas/temas em vários espaços. A série Bichos do Brasil surgiu em 2010. Na área da educação coordena projetos inovadores na Escola de Artes para crianças e na A Casa Imaginária.

Centro Britânico

Fundada em 1969, o Centro Britânico é uma escola especializada no ensino de idiomas de forma consistente, eficiente e diferenciada, através de constante reciclagem de métodos, treinamento de funcionários e adequação da infraestrutura às exigências do mercado.

Com mais de 45 anos de atuação, o Centro Britânico vem realizando o sonho de seus alunos que é torna-los proficientes em um idioma Os cursos seguem o nivelamento do Quadro Comum Europeu (padrão internacionalmente reconhecido para descrever a proficiência em um idioma), o que garante que o aluno avançado do Centro Britânico seja avançado no mundo todo, produzindo um reflexo direto no índice de aprovação nos exames internacionais: 92%. A instituição é homologada e chancelada por Cambridge Assessment como centro preparatório e aplicador de exames internacionais no Brasil. Desde 2008 atua no sistema de franquias e, atualmente, conta com 30 unidades espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná oferecendo aulas de inglês internacional, espanhol, alemão, italiano, francês e português para estrangeiros.

Exposição Pintando Gatos será inaugurada dia 1º de setembro em São Paulo

Os gatos são pura inspiração! É o que se poderá comprovar na Exposição “Pintando Gatos”, de 1º a 15 de setembro, na Cobasi Villa Lobos e de 17 a 30 do mesmo mês na Cobasi da Rua Augusta. A mostra reunirá obras de mais de 50 artistas plásticos, ilustradores e cartunistas renomados. Os trabalhos estarão à venda para ajudar a ONG Amanimal, de São Paulo, que tem sob seus cuidados mais de 200 gatinhos, vários deles abandonados com idade avançada, com sérios problemas de saúde e deficiências físicas.

O time de talentosos artistas que mergulhou no fantástico e sedutor universo felino inclui: Mauricio de Sousa, Laerte, Marcelo Lopes de Lopes, Clovis Vieira, João Alves, Lézio Júnior, Fernando Rodrigues, Junior Nascimento, Moacir Torres, Jal Lovetro, Vicky Von Dorff, e Pryscila Vieira, entre outros.

Mauricio de Sousa, inclusive, é um confesso apaixonado por animais, por isso, na exposição, estarão presentes desenhos do Bidu e do Mingau, personagens das consagradas histórias da Turma da Mônica e também um cenário criado para sessão de selfies.

Ilustração com a Magali e Mingau da Turma da Mônica

O artista plástico João Alves estará, na abertura da exposição, retratando a gatinha Ághata Borralheira, protagonista do livro “Ághata Borralheira & Amigos Tocando Corações”. Ela ganhou uma homenagem na mostra devido ao seu carisma e missão: chamar a atenção para o encanto dos gatos pretos que, infelizmente, ainda são os mais abandonados nas ruas e esquecidos nos abrigos.

joao alves

A homenagem à Ághata Borralheira inclui ainda exposição de fotos e respectivo figurino de seu livro, além da exibição de alguns de seus filminhos que fizeram grande sucesso no Facebook que leva seu nome.

aghata borralheira

Além desse rico cenário de cor e criatividade, os visitantes da exposição poderão conhecer, por meio de vídeo, os gatinhos da Amanimal que estão para adoção. A renda arrecadada com a venda das obras contribuirá para a construção de um abrigo com toda a estrutura necessária para dar qualidade de vida a tantos bichanos vítimas de maus-tratos e abandono que a fundadora da ONG, Doroti Bottoni, vem acolhendo ao longo da vida.

“Minha paixão por animais vem de família. Aprendi com meu pai a amar e respeitar os animais. Desde criança, por morar numa fazenda, convivi com cavalos, vacas, coelhos, cães e muitos outros animais. Com o passar do tempo fui me apaixonando pelos gatos. Hoje mantenho parte deles na minha casa e outra parte em lares temporários”, conta a protetora.

Para conhecer mais sobre a ONG clique aqui.

Exposição Pintando Gatos
Cobasi Villa Lobos
Data: 1º a 15 de setembro
Horário: das 10h às 18h

Cobasi Augusta
Data: 17 a 30 de setembro
Horário: das 10h às 18h

Eventos gratuitos. Classificação Livre. Sujeitos a lotação do espaço.

Calvin Klein Jeans apresenta coleção cápsula Andy Warhol, Self Portraits

Se você quer saber tudo sobre Andy Warhol, “observe a superfície: das minhas pinturas, meus filmes e em mim mesmo, e lá eu estou. Não há nada por trás”- Andy Warhol.

A parceria entre a Calvin Klein com a Fundação Andy Warhol para as Artes Visuais traz novidades: o legado do artista pop se estendeu das passarelas para a Calvin Klein Jeans – uma incrível união entre dois ícones do cenário americano. Envolvendo o espírito igualitário pelo qual Andy era conhecido, a nova coleção é composta por peças como o tradicional denim, t-shirts e moletons, todos estampados com autorretratos do artista.

Com uma visão do mundo nem um pouco cautelosa, Warhol foi provavelmente um dos primeiros praticantes da selfie moderna como conhecemos nos dias de hoje. De retratos tirados atrás de óculos escuros a Polaroids de batom e cabelo platinado à la Marilyn Monroe, até uma série gráfica de silkscreens icônicos em seus últimos anos de vida, cada um oferece uma pequena amostra do famoso personagem introvertido.

Documentos que são ao mesmo tempo enigmáticos e sinceros, nesses trabalhos ele encara claramente o espectador porém mantém uma distância emocional; seu rosto parece sem emoção e é reduzido a estampas com cores saturadas. Enquanto diversos de seus trabalhos mais conhecidos retratam as celebridades que ele tanto idolatrava, no final de sua vida Warhol explorou sua própria figura.

Nos trabalhos de 1986 protagonizados nesta coleção cápsula, sua imagem é quase cercada por sombra, seu cabelo platinado – e marca registrada – reproduzido como um recorte sobre um rosto suspenso, instantaneamente reconhecido assim como qualquer uma de suas famosas temáticas.

As peças estão em lojas selecionadas da marca no Brasil e no e-commerce próprio.

Festival da Coreia tem atrações gratuitas

A 12ª edição do Festival da Coreia começa hoje(10) e vai até domingo (12), na Praça Coronel Fernando Prestes, em São Paulo (SP), contando com diversas atrações, que marcam a comemoração do 55º aniversário da migração coreana. O Festival é considerado um evento multicultural, com entrada gratuita, organizado pela Associação Brasileira dos Coreanos (entidade oficial e representativa da comunidade coreana), que terá muitas atrações para o público.

“Serão shows de grupos vindos da Coreia, apresentações de Taekwondo, dança tradicional coreana, grupos de canto e percussão tradicional coreana, exposições e oficinas de arte, roupas e jogos típicos, atividades culturais, grupos covers de K-pop, concursos e (muita, mas muita) comida típica coreana, na Praça Coronel Fernando Prestes, localizada no bairro do Bom Retiro, que certamente é o pedaço mais multicultural da cidade”, explicou Yeo Jin Kim, presidente da Associação Brasileira dos Coreanos.

Entre as principais atrações estão, o cantor Juliano Son, grande nome da música gospel, e o conceituado ilusionista Pyong Lee. “Juliano Son, Pyong Lee, comidas típicas coreanas, artes e muitas outras atividades, além daquele congraçamento salutar entre os coreanos que residem em São Paulo e região. A data comemora o aniversário da imigração coreana no Brasil, por isso, estamos fazendo esse megaevento, que será extremamente atrativo também para os visitantes de outras nacionalidades”, acrescentou.

De acordo com Yeo Jin Kim, a estimativa é de um público rotativo de cerca de 30 mil pessoas por dia. “Temos essa expectativa, pois o evento comemorativo ganhou mais um dia, em relação ao realizado no ano passado, por isso, esperamos um público maior, com cerca de 30 mil visitantes por dia, pois não há custo de entrada – apenas as comidas típicas serão vendidas a preços variados. Outro ponto importante a se destacar é a programação variada, com muita qualidade, contando com shows expressivos, artes e a culinária coreana, entre outras coisas”, relatou.

festival_03

A festividade coincide com o 55° ano do início oficial da imigração coreana no Brasil; atualmente cerca de 50.000 imigrantes e descendentes vivem em harmonia com os demais povos que fazem do Brasil um país multicultural. “E boa parte da comunidade coreana vive ou trabalha no bairro do Bom Retiro, misturada em harmonia com portugueses, judeus, italianos, bolivianos e tantos outros povos que ali se estabeleceram”, comentou Yeo Jin.

A cultura coreana, atualmente, está bastante difundida no Brasil, com novelas (K-dramas) e a música pop (K-pop), elementos que fazem parte da “Onda Hallyu” (cultura coreana em geral), são bastante apreciados. Este fenômeno fez com que muitos brasileiros procurassem escolas de língua coreana ou mesmo cursos de graduação e pós-graduação na Coreia, por onde passaram mais de mil estudantes universitários em intercâmbio internacional.

“Além do já conhecido polo de moda feminina, o bairro do Bom Retiro abriga dezenas de restaurantes, cafeterias, lojas de produtos coreanos e mercearias que atraem cada vez mais interessados na cultura coreana, fazendo dele um pedacinho da Coreia no Brasil”, complementou Kim.

12° Festival da Cultura Coreana
Datas: 10, 11 e 12 de agosto de 2018
Local: Praça Coronel Fernando Prestes, no Bom Retiro, em São Paulo (SP) – acesso direto pela estação Tiradentes do Metrô, na Linha Azul
Entrada: gratuita, com comidas típicas à venda a preços variados
Fotos: Divulgação/ABC