Arquivo da tag: aula

Carol Costa, do site Minhas Plantas, faz aula gratuita na Cobasi Augusta

No dia 23 de junho, Carol Costa, criadora do site Minhas Plantas, colunista do quadro Jardinaria da BandNews FM e apresentadora do GNT, realiza duas aulas gratuitas ao público na Cobasi Augusta, em São Paulo.

A primeira aula tem como tema ‘Jardinagem para todos’ e ocorre das 11 às 12h30. Nesta aula a Carol irá abordar os conceitos básicos da jardinagem, como adubação e melhor local para deixar as plantas.

Já a segunda aula tem como tema ‘Arranjos Diversos’ e ocorre das 15h30 às 17 horas. Nesta aula, Carol irá mostrar como elaborar alguns arranjos.

Na quinta-feira, 21 de junho, às 19h, Carol realiza uma transmissão ao vivo no Facebook da Cobasi, para esclarecer eventuais dúvidas sobre jardinagem e já deixar todo mundo no clima das aulas que serão ministradas no dia 23.

As inscrições para as aulas na Cobasi Augusta são gratuitas e devem ser feitas enviando nome, RG, e-mail e aula de interesse para o e-mail mkt@cobasi.com.br

CarolCosta
Reprodução Site Minhas Plantas

Aulas Expositivas com Carol Costa
Data: 23 de junho
Local: Cobasi Augusta – Rua Augusta, 2380, São Paulo – SP
Apoio: All Garden, Pedrargil, Sanremo e Foth
Horário: Jardinagem para todos – 11h às 12h30
Arranjos Diversos – 15h30 às 17h
Inscrição: mkt@cobasi.com.br
Evento gratuito mediante inscrição prévia. Sujeito a lotação. Classificação Livre.

 

Anúncios

Curitiba tem feira de adoção, aula de adestramento e encontro de animais exóticos

Curiosos e apaixonados por animais não-convencionais têm programação garantida no próximo domingo (8) – o pet center HiperZoo realiza mais um Encontro de Animais Exóticos e Silvestres. Já os fãs de cães e gatos podem participar da aula de adestramento e do encontro de adoção que acontecem no sábado (7).

Tutores que sofrem com problemas de ansiedade e estresse de seus cães terão a oportunidade de aprender a lidar com a situação em mais uma aula de adestramento do HiperZoo. Trata-se do programa de adestramento coletivo promovido pelo pet center em parceria com o adestrador Rafael Wisneski, da Meu Cão Companheiro.

dtq_adestramento

O programa contempla as principais dificuldades enfrentadas na educação dos cães e tem apoio das marcas Purina, Kong, Petmais, Virbac e Ferplast. As vagas são limitadas e para participar os interessados devem se inscrever apresentando cupom fiscal de compras realizadas no HiperZoo, contendo um produto dos parceiros.

Ainda no sábado, a ONG Beco da Esperança participa da feirinha de adoção com pets que estão buscando um novo lar. Para adotar, o interessado deve ter mais de 21 anos, responder a uma entrevista sobre os motivos de adoção, aceitar receber a visita de um voluntário da ONG participante, e apresentar RG, CPF e comprovante de endereço para assinar o termo de adoção. Para quem deseja ter um gato como amigo, ainda é necessário ter caixa de transporte e possuir telas de proteção nas janelas de casa.

Encontro de exóticos e silvestres

jiboia-constritoracommon barn owl ( Tyto albahead ) close upCockatoo

O domingo no pet center será animado com a presença de cacatuas, jiboias, corujas e outras espécies dos tutores do Grupo Exotic World. Das 12h às 16h, o grupo apresenta seus animais e conversa com o público interessado. Os visitantes também podem desfrutar do evento em companhia de seus pets e aproveitar as delícias gastronômicas dos food trucks presentes no evento.

“O objetivo do evento é unir o público e os tutores desses animais promovendo a troca de informações. É uma oportunidade única de conhecer diversas espécies”, comenta Patrícia Maeoka, sócia-proprietária do HiperZoo. “Quem está pensando em criar um animal exótico ou silvestre tem a chance de conversar com tutores experientes e profissionais da área. Sem falar, é claro, que é uma atração especial para as crianças”, complementa. O pet center promove ainda uma palestra sobre manejo de répteis, com o médico veterinário responsável pelo atendimento de animais selvagens e pets não-convencionais nos consultórios do HiperZoo, Marcelo Rocha Carneiro.

O HiperZoo é o único estabelecimento de Curitiba autorizado, pelos órgãos competentes, a comercializar animais silvestres e exóticos. Por isso, vem buscando atender às necessidades dos tutores, oferecendo serviços como corte de asas e unhas, banhos e atendimento veterinário especializado. A loja disponibiliza também consultoria técnica para orientar os interessados sobre o manejo e cuidados necessários com essas espécies.

Serviço
Aulas de adestramento com Rafael Wisneski
Quando: Sábado, 7 de abril, das 10h às 11h – Tema: “Controle da ansiedade e stress”
Sábado, 14 de abril, das 10h às 11h – Tema: “Controle da ansiedade e stress”
Sábado, 21 de abril, das 10h às 11h – Tema: “Passeando corretamente com seu cão (uso de coleira, peitorais e guia)”
Sábado, 28 de abril, das 10h às 11h – Tema: “Comandos senta, deita e fica”
Entrada: apresentação de cupom fiscal do HiperZoo contendo um produto dos parceiros Kong, Virbac, Ferplast, Petmais ou Purina.

Angora cat portraits were relaxing on the floor

Feirinha de adoção com ONG Beco da Esperança
Quando: Sábado, 7 de abril, das 10h às 17h

Encontro de Animais Exóticos e Silvestres com o Grupo Exotic World
Quando: Domingo, 8 de abril, das 12h às 16h

Palestra “Manejo de Répteis” com Marcelo Rocha Carneiro
Quando: Domingo, 8 de abril, às 15h
Entrada: gratuita

HiperZoo – Rua Desembargador Westphalen, 3.448 – Curitiba-PR

Páscoa: Ghee Banqueteria e Cláudia Pixu organizam aula com dicas de decoração

No dia 17 de março, Oghan Teixeira, da Ghee Banqueteria, e a produtora Cláudia Pixu, ministram um Workshop especial de Páscoa, no Espaço Ideia Única, no Campo Belo.

Durante o curso, a dupla ensina dicas incríveis de como decorar e receber de maneira criativa em diferentes ocasiões: mesa de café da manhã, estação welcomedrink; almoço e mesa para o lanche da tarde. Além disso, Oghan dará dicas de comidinhas perfeitas para a ocasião. Para deixar a recepção mais especial, a Blauss Maison assina toda a decoração com suas coleções de peças lindas.

O curso tem o valor de R$ 250,00 à vista ou R$ 280,00 em 3 vezes, via PagSeguro. Para se inscrever, basta acessar o site Ideia Única, clicar em “Receber na Páscoa” na aba cursos ou enviar e-mail para cursos@ideiaunica.com.br

Sobre Oghan Teixeira

Oghan Teixeira é graduado em Administração de Hotéis e Restaurantes e pós-graduado em Marketing de Serviço. Atuou no ramo hoteleiro e foi relações públicas na Walt Disney World Resorts, em Orlando. Hoje, é responsável por toda a produção da Ghee Banqueteria, cuidando da logística, conceito, serviços para os eventos e produções gastronômicas.

Sobre Claudia Pixu

Claudia Pixu foi durante oito anos responsável por coordenar todas as produções da revista Casa e Comida, além de ser co-autora dos livros Receber com Charme. Atualmente, é produtora de fotos e vídeos e consultora de lifestyle.

fullsizerender1-51a053674828e292c715167360582749-640-0

Workshop especial de Páscoa
Data: 17 de março
Horário: 9h30 às 12h
Local: Espaço Ideia Única – Rua Morais de Barros, 500 – Campo Belo

Aprenda como fazer hambúrguer artesanal

Oficina gratuita ajuda quem abrir negocio na área alimentícia

A Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo (SMTE) faz novo encontro, no Centro de Referência de Segurança Alimentar e Nutricional (Cresan), na Vila Maria Alta, zona norte. A oficina vai ensinar como fazer hambúrguer artesanal bovino e vegetariano e acontecerá na quarta-feira (13).

Os participantes terão também a oportunidade de receber orientações sobre manipulação de alimentos e higiene. Na ocasião, técnicos da SMTE darão dicas sobre as vantagens da formalização de um negócio, por meio do Microempreendedor Individual (MEI).

A empresária gastrônoma Jade Souza, proprietária da J. Burguer Hamburgueria Artesanal mostrará aos participantes como preparar dois tipos diferentes. O vegetariano tem como base o hambúrguer de feijão preto, já o de carne é feito com o peito e com a gordura natural bovina. Os dois hambúrgueres serão temperados com os mesmos condimentos e acompanhados por uma maionese artesanal, que também será ensinada na oficina.

hamburguer

Jade Souza diz acreditar que a oficina pode auxiliar os munícipes que pretendem abrir um negócio próprio, o que ajuda na geração de renda. As atividades do Cresan Vila Maria são gratuitas. É preciso ter idade mínima de 16 anos para participar. Os telefones de contato para inscrição são: 2967-0755 e 2967-2214.

Oficina de Hambúrguer bovino e vegetariano
Data: 13 de março
Horário: das 14h às 17h
Endereço: Rua Sobral Junior, 264 – Vila Maria Alta
Inscrições: (11) 2967-0755 e 2967-2214
Participação Gratuita

Santos: domingo é dia de Feira de Orquídeas no Jardim Botânico

No domingo, dia 4 de março,acontece a tradicional Exposição e Feira de Orquídeas, das 8h30 às 18 horas, no Jardim Botânico de Santos. A realização é da Associação dos Orquidófilos de Santos (AOS). A flor do mês é a Miltonia splectabilis.

As mudas das flores do “Orquidário da Vovó” serão comercializadas a partir de R$ 10,00 cada. Na feira haverá também venda de vasos e cachepô (vaso de cestaria ou madeira) e substratos, adubos orgânicos e químicos, enraizadores e específicos para tratamento de doenças nas orquídeas.

Dentro do evento, acontece o Curso de Plantio, Adubação e Cuidados Gerais. A aula será das 14h30 às 16h30, e será ministrada pelo presidente da AOS, Paulo Cunha. As inscrições devem ser feitas pelo telefone 13-3203-2905, no horário comercial, e as vagas são limitadas.

orqui1orqui2orqui3

O Jardim Botânico de Santos fica na Rua João Fracaroli s/nº – Bom Retiro

Especialista do Senac EAD dá dicas de maquiagem para a pele negra

Instrutora da área de beleza orienta como aplicar base, corretivo e cores para os olhos e lábios

Maquiar-se é uma atividade que faz parte do dia a dia de muitas pessoas. Mas nem sempre é fácil, porque sempre aparecem dúvidas sobre cor da base, tons, corretivos a usar ou até mesmo o que evitar. Para não ter erro na hora de se maquiar, Bruna Lorena de Lima, instrutora do curso Maquiagem para Pele Negra – WEBTV do Senac EAD, oferece dicas para mulheres de pele negra tirar dúvidas e preparar a make.

Segundo ela, a escolha da base é geralmente a mais complicada, por existir diferentes tons da pele negra, como amarelada, mais escuras e também mais claras. Por isso, Bruna enfatiza a importância de saber identificar os tons e recomenda que tenha no mínimo três tons de bases para realizar misturas, sendo um tom mais claro, médio e outro mais escuro, para assim ter resultado mais assertivo.

maquiagem pele negra

Outra recomendação é que o corretivo seja exatamente no tom da pele. Porque, se for muito claro, ressaltará e não esconderá as imperfeições da pele, alerta ela. “Já os pós-translúcidos brancos devem ser evitados”. Segundo a instrutora, eles refletem muito no tom de pele negra e podem deixar um aspecto esbranquiçado. “Existem opções no mercado que possuem tom bege, mas que não adicionam cor à pele”, indica.

Para a valorização da pele negra, por meio da escolha adequada das cores para os olhos, Bruna indica tons mais fechados e com uma intensidade maior. “O verde escuro, o azul escuro, o beringela, o violeta fechado, os dourados fechados e o ocre são cores que darão mais destaque a pele negra”, explica. Já nos lábios, ela indica os tons de marrom, vinho, vermelho fechado e rosa fechado. “Mas nada impede de experimentar outras opções”, ressalta. “São apenas recomendações de acordo com a nossa análise de cartela de cores. Mas nada nos impede de ousar fora dessa cartela”, complementa.

Tendência: gloss, glow, glitter

De acordo com a instrutora, as tendências para a maquiagem em 2018 é o efeito gloss (efeito molhado), tanto nos lábios quanto nos olhos. O efeito glow (brilho natural) para a pele também é uma grande aposta. Já nos lábios, os batons em tons de laranja e pêssego. “O brilho é sempre bem-vindo para as peles negras. Uma dica é apostar no glitter e nos pigmentos, eles destacam ainda mais os olhos”.

O curso Maquiagem para Pele Negra – WEBTV oferece uma abordagem de vários temas, como Abordagem Geral da Maquiagem Profissional; Harmonia das Cores; Pele Perfeita: Preparação da Pele Negra; Contorno facial; Técnica: Maquiagem para o dia; Técnica: Maquiagem para a noite; Técnica: Maquiagem clássica; entre outros temas.

Com duração de 20 horas, as aulas são feitas por meio do projeto WebTV, com vídeoaulas que facilitam e estimulam o aprendizado. Com formato a distância, a capacitação é ideal para quem não abre mão da qualidade, mas precisa de flexibilidade no dia a dia.

maquiagem pele negra 2

Os cursos livres a distância são voltados para formação inicial, aperfeiçoamento ou atualização e garantem oportunidade de desenvolvimento contínuo. Para se inscrever ou conferir lista completa de cursos, acesse o Portal Senac EAD.

Serviço:
Maquiagem para Pele Negra – WEBTV
Carga horária: 20 horas
Investimento: R$ 82,30 – Boleto à vista ou 1X no cartão de crédito

Floricultura curitibana, oferece workshop online sobre suculentas

Desenvolvida pela Esalflores a atividade ensina, por meio de uma plataforma digital, como montar um terrário com suculentas naturais

A Esalflores acaba de disponibilizar em seu site, uma atividade online especial para os fãs de botânica: o workshop “Terrário de Suculentas”. A empresa, que costuma oferecer diversos cursos e palestras em sua loja física, na cidade de Curitiba, acaba de desenvolver um curso rápido que aborda diversos assuntos relacionados ao cultivo desta que é uma das plantas mais populares nas casas brasileiras.

Suculenta_Esal

Ministrado pela professora e consultora de vendas da Esalflores, Heloísa Parchen, o workshop online ensina os cuidados básicos e principais técnicas para compor e cultivar um terrário de suculentas, apresentando tipologia, locais ideais e frequência das regas. “O terrário é uma opção prática e bonita para quem não disponibiliza de muito espaço para as plantas. Além disso, as suculentas combinam com qualquer ambiente e demandam uma dedicação acessível a todos, já que precisam apenas de regas esporádicas”, comenta Heloísa.

Com uma dinâmica didática e instrutiva, a profissional mostra o passo a passo de todo o processo de enraizamento e montagem de um terrário de suculentas. As orientações são ilustradas e detalham todos os utensílios necessários para a composição do terrário, além de dicas de como deixá-lo mais bonito e diversas recomendações de manutenção.

terrario_.jpg

O workshop “Terrário de Suculentas” está disponível no site e custa R$199,00. O valor inclui um kit composto por granilha, terra vegetal, areia, pedras decorativas, casca de pinus, 4 mudas de suculentas + 2 mudas extras e um recipiente de vidro, que são entregues pelo correio.

Chocolate Bean-to-bar: aula, visita, degustação e harmonização

Em um evento para chocólatras, São Paulo Saudável leva até uma fábrica de chocolates autorais e de origem na Vila Olímpia para entender (e provar) o que é chocolate de verdade

Você sabia que o chocolate na verdade é um alimento muito saudável, mas a maioria das barras que compramos em supermercado nem poderia ser chamada de chocolate pela baixíssima porcentagem de cacau? E você sabia que o Brasil (e não a Suíça ou a Bélgica) pode ter os melhores chocolates do mundo? Você sabia que o chocolate, assim como vinho, traz o gosto da sua origem — o terroir?

Para responder a essas e outras questões, o portal e agência de eventos São Paulo Saudável realiza no dia 23 de novembro um evento inédito, em parceira com a Mestiço Chocolates. A noite contará com um bate papo com o Chocolate Maker, Rogério Kamei, uma visita à produção artesanal deles e uma degustação e harmonização com café e vinho (também de origem).

A Mestiço Chocolates é uma das novas (porém ainda poucas) marcas no Brasil que fazem um chocolate bean-to-bar. Ou seja, eles mesmos fazem todas as etapas da produção: plantam e selecionam o cacau, o torram, descascam manualmente, moem,elaboram as próprias receitas, embalam e até distribuem e vendem.

Isso é possível porque eles mesmos plantam o cacau que usam em sua fazenda na Bahia. Além disso, suas barras são desenvolvidas com apenas dois ingredientes: cacau e açúcar. Uma produção muito diferente da lista interminável de ingredientes que se vê nos chocolates de supermercado. A única exceção para isso é sua barra de chocolate ao leite, e de café, que tem estes ingredientes adicionados.

Isso garante, além do sabor, saúde, mas não só do indivíduo, assim como de toda cadeia produtiva. Hoje a principal ameaça ao cacau não são pragas, mas sim as próprias empresas de produtos alimentícios. Isso mesmo. No Brasil, a Anvisa pede que o chocolate tenha um mínimo de 25% de cacau, mas na prática encontramos menos — e acabamos comendo não chocolate, mas “gordura hidrogenada sabor cacau”.

chocolate mestiço

Isso cria uma desvalorização do fruto e desinteresse de cultivo na parte dos produtores. Com isso a cultura do cacau, que é baseada em conhecimento e trabalho manual está se perdendo. Por isso mesmo o governo está debatendo aumentar a porcentagem obrigatória de cacau nos chocolates, que na maioria dos países da Europa é acima de 35%.

Além disso, a Mestiço faz parte de um novo movimento que busca recuperar o chocolate artesanal, autoral e de origem. São pessoas que querem que seu produto tenha o sabor e a personalidade do produtor, e que acreditam, com razão, que o Brasil possa ser um dos melhores produtores de chocolate do mundo. Isso porque entre os 50 melhores produtores de cacau do mundo, cinco são brasileiros, mas quase toda produção de qualidade é usada para exportação e vai acabar muitas vezes em chocolates belgas e suíços que a gente tanto acha excelente.

“Então, sabe quando você vai comprar Vinho ou Café, e lê ‘Bordeaux’, ‘Estate Bottled’ ou ‘Alta Mogiana’ e ‘Fazenda Tal_e_Qual’? Já percebeu que poucos chocolates têm este tipo de indicação? Significa que a maioria dos chocolates que você come são feitos com cacau de origem indeterminada, ou seja: por mais caros que sejam, o fabricante não consegue pôr a mão no fogo pela qualidade.

“Não apenas de uma determinada região, o ‘Cacau de Origem’ vem de agricultores específicos, que colocam seus nomes, sua assinatura, para garantir a qualidade do que colhem. Pois é, cacau não é tudo igual… Tudo igual você consegue encontrar na prateleira do supermercado. Nada contra, é gostoso, mas o chocolate pode ser muito mais. Muito mais experiências, muito mais variedade, mais saúde, e mais prazer” conta Rogério Kamei.

chocolate mestiço 2

“Todo mundo ama chocolate, mas pouca gente sabe como ele é feito e o que vai em uma barra. E não estou nem falando de saber que o chocolate é fermentado ou as etapas de produção, mas simplesmente saber que quando se fala que o chocolate pode ser um alimento saudável e um antioxidante, estão falando de chocolates puros, como o do Mestiço, que são feitos de ingredientes naturais. Muito diferente da maioria das barras no supermercado que são em sua maioria gordura hidrogenada. Outra questão importante é entender que o cacau é amazônico. Pagamos caro por cacau suíço ou belga, que são tidos como os melhores, mas esquecemos de que lá não cresce cacau. Se eles fazem chocolate bom, é com frutos que vem dos trópicos, isso nos possibilita fazer então um chocolate ainda melhor aqui em casa.”, conta Letícia Genesini, fundadora do São Paulo Saudável e idealizadora do evento, ao lado de Victor Brasil e Marianne Meni.

O que o evento irá abordar?
• Saber o que é chocolate Bean to Bar: da plantação à barra
• Aprender como funciona uma plantação de cacau
• Quais os processos para virar uma barra?
• Porque o Brasil pode sim ter os melhores chocolates do mundo
• O que vai no chocolate e porque chocolate artesanal é um produto completamente diferente do chocolate comum do supermercado
• Chocolate tem não só tipo, mas terroir
• Pequena harmonização com vinho e café

E quem não ama chocolate, não? O ruim é engolir como alguns chocolates são feitos por aí. Entre gordura hidrogenada e denúncias de trabalho escravo fica difícil comer chocolate tranquilamente. A boa notícia, é que tem gente trabalhando para mudar este cenário, cultivando cacau e produzindo chocolate de excelente qualidade.

chocolate mestiço 3

Serviço
Quando? Quinta, 23/11, às 19h30
Onde? Mestiço Chocolates | Rua Baluarte, 528 – Vila Olímpia
Quanto: R$ 165,00
Inscrições: eventos@saopaulosaudavel.com.br

Fontes: Mestiço Chocolates e São Paulo Saudável

Oficina ensina Comida Japonesa Caseira com toque zen

Cozinheira Marlene Fukushima apresenta sete pratos que os japoneses comem no dia a dia; Monja zen faz palestra e conduz meditação para participantes entrarem tranquilos e em sintonia na cozinha

A 2ª Oficina de Comida Japonesa Caseira, que ensina o preparo de pratos que fazem parte da mesa dos japoneses no dia a dia, vai ganhar um toque zen. A monja Waho, discípula da monja Coen, realiza uma conversa sobre o significado do ato de comer e conduz uma breve meditação. Atenção e tranquilidade são fundamentais antes de entrar na cozinha, considerado um local sagrado pelos japoneses. “A ideia é que todos estejam em sintonia”, diz ela.

A cozinheira Marlene Fukushima, do buffet Hanayori, ensina sete pratos: gohan (arroz japonês sempre quentinho), missoshiru (sopa de pasta de soja fermentada), yakizakana (anchova grelhada), inhame nikorogashi (cozido), kinpira gobo (bardana refogada) com gergelim, tsukemono (conversa de pepino com gengibre e pimenta) e a sobremesa oshiruko (feijão azuki com açúcar servido com dango). Ao final, os pratos são compartilhados em um almoço de confraternização.

oficina comida jap 2

A ideia da oficina, que acontece no dia 22 de outubro, é proporcionar uma experiência gastronômica afetiva, lúdica e didática. Mesmo quem não tem experiência pode participar. Todos aprendem o passo a passo das receitas na prática. Para os descendentes nipônicos que participam, a oficina vira um resgate da “comida da vovó”, pois os imigrantes trouxeram os pratos ao Brasil.

Para os brasileiros, uma apresentação a sabores que não costumam ser oferecidos na maioria dos restaurantes. Existe uma máxima que diz: “somos aquilo que comemos”. E os japoneses levam esse conceito a sério. A comida caseira é um dos segredos da longevidade e saúde dos japoneses.

“A comida japonesa caseira é a tradução do comfort food. São pratos simples, com ingredientes da estação, em pequena quantidade e bastante variada, que alimentam o corpo e a alma”, afirma Marlene, que aprendeu a cozinhar com a mãe, ainda menina. Ela promete dar dicas e ensinar truques.

Mesmo o preparo de um simples arroz japonês tem seus segredos na hora do cozimento. Até a quantidade de água varia, conforme o tipo de grão. De cada um dos pratos, ela vai ensinar o caminho das pedras. Além disso, vai mostrar em quais recipientes cada prato deve ser servido. “Pode vir que vai ser divertido”, diz.

Oficina de culinaria japonesa pratos.indd

Cardápio
Gohan (arroz japonês)
Missoshiru (sopa de soja)
Yakizakana (peixe grelhado) de anchova
Tsukemono (conserva de pepino com gengibre e pimenta)
Inhame nikorogashi
Kinpira gobo (bardana) com gergelim
Sobremesa: oshiruko (feijão azuki com açúcar servido com dango)

oficina comida jap
Oficina de Comida Japonesa Caseira
22 de outubro, das 8 às 13 horas
Rua 1º de Janeiro, 53 – Vila Clementino (ao lado do metrô Santa Cruz)
Valor: R$ 290,00 (inclui apostila de receitas, ingredientes e almoço)
Inscrições: cursos@kaminaricomunicacao.com.br – Whats App: 11-97130-3335 
ou vendas online

Cozinheiros famosos da TV dão aulas particulares de culinária em São Paulo

Participantes aprenderão as técnicas de pratos exclusivos diretamente com os célebres cozinheiros da televisão; curso inclui sessão de degustação e harmonização em ambiente que simula os realitys shows

Se você virou um fã da cozinha assistindo as competições de gastronomia da TV, um novo tipo de curso vai matar dois coelhos com uma cajadada só (e prepará-los com perfeição). A partir de hoje, 18 de outubro, a Mení inaugura o projeto Cozinha Mení, uma maratona de aulas-show culinárias comandada por ex-participantes desses hits televisivos.

Cada aula será ministrada por um cozinheiro celebridade diferente, que ensinará as melhores técnicas de preparo de um prato famoso, além da entrada, sobremesa e a harmonização com vinhos.

A primeira aula show (18) será do carismático Raul Lemos, vice-campeão da 2° edição do programa Masterchef Brasil (Band). Ele ensinará o passo a passo e as técnicas da receita que lhe fez entrar no reality, o famoso Bife Wellington com legumes salteados, além da Cumbuca Húmus com couve-flor crocante para a entrada e, de sobremesa, sorvete artesanal de frutas.

vegetariano.jpg

Na quarta-feira seguinte (25), quem comanda a cozinha é a Chef Izabela Dolabela, ex-participante do programa Masterchef Profissionais (Band). Com receitas frescas e leves, o menu começa com entrada de tartar de salmão com maracujá e quinoa de beterraba, o prato principal será o atum em crosta de castanha de caju, com redução de balsâmico e musselline de abóbora e gengibre; a sobremesa será um combinado de figo roti, com farofa de pistache e sorvete funcional.

carne.png

Izabel Alvares, campeã da 2° edição do programa Masterchef Brasil (Band), também integra o time da Cozinha Mení, no dia 1º de novembro. A entrada tem cogumelo crocante com purê de couve-flor Magrela, prato principal de arroz Konjac de pato e chouriço português. Fechando com chave de ouro, a sobremesa é um Suflê cremoso de chocolate 70% cacau.

chocolate.png

As aulas acontecem das 19 às 22 horas, e para garantir um lugar à mesa é preciso desembolsar R$ 250,00 na compra do ingresso on-line e ser rápido, são somente 30 vagas para participar. A Cozinha Mení é o mais novo projeto da Mení, um hub de negócios em gastronomia que reúne mais de 40 ex-participantes e vencedores dos principais reality shows gastronômicos da TV para construir experiências e produzir conteúdo especializado em culinária para marcas de todos os segmentos.

Serviço
Cozinha Mení – Aula Show
Inscrição – clique aqui
Toda quarta-feira – 19 às 22 horas
R. Apinajés, 1720 – Perdizes – São Paulo