Arquivo da tag: batata-doce

Receita de pão de queijo de batata doce

Ah, o pão de queijo… Como não amar um prato típico e delicioso como esse? Ainda mais quando ele ganha uma versão saudável e saborosa. A influenciadora digital, Viviane Almeida, do Doce Saúde Fit, desenvolveu uma versão saudável do famoso prato: Pão de queijo com batata doce. Ele é ideal para quem quer manter uma alimentação equilibrada, levando menos de 1 grama de gordura em sua preparação.

Pão de queijo de batata doce 

Ingredientes

· 30g batata doce cozida e amassada
· 1 colher de sopa de chia
· 1 Colheres de sopa linhaça dourada
· 1 colher de sopa de Manteiga derretida ou azeite
· 1/2 colher café de sal rosa
· 2 Colheres de sopa de leite
· 1 xícara de ricota Ralada ou desmanchada nas mãos mesmo
· entre 8 a 10 colheres de sopa de polvilho doce
· 2 ovos

Modo de preparo

Coloque os ovos, o leite e a manteiga em uma bacia de vidro, mexa bem, acrescente a batata doce e a chia, linhaça, mexa novamente, a ricota, mexa, vá acrescendo o polvilho aos poucos, de 3 em três colheres, comece a moldar a massa com as mãos, quando a massa desgrudar das mãos é o ponto para enrolar. Coloque numa forma untada e asse em forno médio 180 a 200 graus por 40 minutos ou até dourar.

Pão de queijo de batata doce

Rende 22 pães de queijo e cada porção tem menos de 2 gramas de gordura, comparado ao pão de queijo tradicional que tem mais de 15 gramas a porção.

 

Anúncios

Restaurante Condessa lança Nhoque da Prosperidade

Para aquecer a temporada e trazer sorte, o Condessa Bistrô, na Vila Nova Conceição, cria um menu especial, chamado de Nhoque da Prosperidade. A chef Flávia Marioto (Shanti Nilaya, segundo seu nome espiritual) oferece quatro receitas exclusivas de nhoque todo dia 29 de cada mês.

O próximo será neste sábado (29), no jantar. As opções são o Nhoque de Batata-Doce com Ragu de Frango à Caribenha, Nhoque de Mandioquinha com Pesto Rústico de Agrião, Nhoque de Beterraba com Molho de Wasabi e Cavolo Nero e Nhoque de Ricota com Espinafre Acompanhado de Molho de Tomate Orgânico. Cada opção custa R$ 64.

www.raphaelcriscuolo.com.brFoto: Raphael Criscuolo
ATENÇÃO:
Mantendo a tradição do nhoque da sorte, a chef traz receitas exclusivas como o Nhoque de Mandioquinha com Pesto Rústico de Agrião. Foto: Raphael Criscuolo

As novas receitas são oferecidas numa data simbólica, o dia 29, e o menu foi batizado de Nhoque da Prosperidade. Conta a história que, em um dia 29 de dezembro do séc. IV, São Pantaleão vagava por um vilarejo da Itália. Faminto e vestido como um andarilho, o santo teria batido na porta de uma das casas do local em busca de comida. Como eram pobres e os tempos eram difíceis, não tinham muito o que comer. O único alimento eram nhoques, que dividiram com o Santo: sete nhoques para cada um. São Pantaleão comeu, agradeceu a acolhida e se foi. Para a grande surpresa, ao retirar a mesa, o casal encontrou embaixo dos pratos moedas de ouro. A história rodou o mundo e se tornou uma verdadeira tradição de todo dia 29 do mês.

O nhoque é uma das pastas frescas mais antigas de que se tem notícia. O nhoque ou inhoque (do italiano gnocchi), consiste em várias bolinhas de massa, espessas e macias que compõem um prato tradicional da culinária italiana. “Embora seja uma receita de ingredientes simples, o nhoque tem seus segredinhos na hora do preparo. Não pode ter muita farinha na massa, para ficar leve, e a batata tem de ser mais amadurecida, porque tem menos água. A ideia é lançar um menu especial todo dia 29, mantendo a tradição e o simbolismo da data, mas incorporando opções saudáveis e digestivas, como hortaliças (o Cavolo Nero) e ingredientes orgânicos”, explica a chef Shanti Nilaya, do Condessa Bistrô.

Mistérios e rituais à parte, se comer nhoque dá sorte ou não, é certeza de prato com gostinho de quero mais. A chef promete, ainda, uma surpresa, um brinde para trazer sorte e prosperidade à mágica noite do nhoque.

ambiente_condessa_créditos Olivia Rios
O Condessa Bistrô traz um décor colorido, com artesanatos, esculturas e obras de arte. Ambiente perfeito para jantar entre amigos. Foto: Olivia Rios

Condessa Bistrô – Rua Bueno Brandão, 66 – Vila Nova Conceição. Horário de funcionamento: Almoço: de segunda a quinta, das 12h às 15h15; sexta, das 12h às 16h; sábado, das 12h às 17h; domingos e feriados, das 12h às 17h. Jantar: de segunda a quinta e aos sábados, das 19h às 23h; sexta das 19 à 0h. Aos domingos, não abre para o jantar. Abre aos feriados em horário normal da casa

 

Saiba quais são as alternativas saudáveis para as comidas típicas das festas juninas

As comidas típicas das festas juninas podem ser deliciosas, mas é preciso estar atento ao consumo de sódio, açúcar e gordura. Pensando nisso, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo recomenda alguns cuidados para consumir as receitas – e aproveitar melhor as festividades.

De acordo com Etelma Maria Mendes Rosa, nutricionista da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), o consumo desses pratos típicos deve ser moderado devido à quantidade calórica das preparações. “É preciso fazer uma restrição de consumo ou, se houver possibilidade, preparar as receitas em casa, reduzindo a quantidade de açúcar, de sal ou até mesmo de gordura, dependendo da preparação”, enfatizou.

Alternativas para preparações mais saudáveis e nutritivas:

Milho Verde: cereal fonte de carboidrato contém grande quantidade de fibras, vitaminas e minerais. Procure consumir com pouco sal e pouca manteiga.

milho alvimann
Foto: Alvimann/Morguefile

Pinhão: rico em fibras e minerais como cobre, zinco, manganês, ferro, magnésio, cálcio e fósforo. Possui também ácidos graxos como ômega 6 e 9. Além de ser naturalmente muito saudável, deve ser cozido somente em água.

Pinhao cunha tur
Foto: Cinha Tur

Cuscuz: preparado com farinha de milho, pode ser feito com legumes, ovos, atum, tornando-se um prato bastante nutritivo.

Cuscuz-Paulista2-659x371

Pipoca: cereal integral que, sem excesso de sal ou gordura, é rico em fibras, possui vitaminas E, B1, B2 e os carotenoides, considerados antioxidantes. Além disso, contém minerais como cálcio, sódio, iodo, ferro, zinco, manganês, cobre, selênio, crômio, cobalto, cádmio e fósforo. Em casa, prepare-o no micro-ondas para evitar o uso de óleo; coloque o milho da pipoca dentro de um refratário; leve ao micro-ondas com a tampa própria do aparelho doméstico; deixe de 2 a 4 minutos em potência alta; acrescente pouca quantidade de sal.

PIPOCA

Batata doce: fonte de carboidratos contém magnésio, fósforo, potássio e vitaminas A, B, C, K e E. Pode ser assada no forno, basta embrulhá-la, depois de lavada inteira e com casca, em papel alumínio e levá-la para assar por 50 minutos aproximadamente.

batata doce szafirek
Foto: Szafirek/Morguefile

Arroz doce e Canjica: cereais com fonte de carboidrato. Se preparados com menos açúcar e sem leite condensado, são bem nutritivos. Algumas alternativas para conferir mais sabor são queimar o açúcar no momento do preparo e adicionar raspas de laranja ou canela.

arroz doce tape

Curau e pamonha: fontes de carboidratos. Normalmente levam na composição leite e açúcar. Evite incluir no preparo manteiga, gordura vegetal e leite de coco, pois deixam a preparação ainda mais calórica.

pamonha

Bolo de milho: fonte de carboidrato, leva na composição ingredientes proteicos como leite e ovos. No caso de preparações caseiras, experimente prepará-lo com metade do açúcar da receita e utilize óleos vegetais no lugar da gordura vegetal, da margarina ou mesmo da manteiga.

Receita-Bolo-de-Milho

Vinho quente e quentão: são calóricos por conter álcool e grande quantidade de açúcar, por isso, vale a pena moderar o consumo. Nos preparos caseiros, existem opções sem álcool, utilizando gengibre, casca de laranja, sucos de frutas como laranja, maçã, abacaxi, maracujá, suco de uva integral e as especiarias como, canela e cravo-da-índia.

vinho quente sem vinho

Por Larissa Vidal – Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo 

Nhoque Integral e Nhoque de Batata Doce são opções de produtos saudáveis

A São Camilo Massas, empresa familiar do ABC Paulista fabricante de massas diversas, apresenta em sua linha de produtos duas novas opções de nhoque: o de batata doce e o integral, ampliando assim, o público consumidor, uma vez que estas duas opções se enquadram na linha de produtos saudáveis.

Visando atender a grande demanda de pessoas que evitam o consumo de massas devido ao alto valor calórico, a empresa oferece estas novas opções por que podem ser incluídos sem problemas em qualquer dieta. “Oferecemos estas opções ao consumidor que quer agregar em sua dieta diária produtos nutritivos, saborosos e rico em fibras”, explica Lucas Redigolo, responsável administrativo da São Camilo Massas.

A nutricionista da São Camilo, Samara Redigolo, desenvolveu os produtos com base em matérias primas selecionadas e informações nutricionais necessárias para uma alimentação segura e saudável.

581b30ed0f548.png

“O Nhoque de Batata Doce, que tem em média 113 kcal por 100 gramas, foi feito com uma farinha de batata doce que é 100% batata doce roxa, uma excelente fonte de fibras, além de ser rica em nutrientes e sais minerais. É um alimento de médio índice glicêmico, seu açúcar natural é liberado lentamente na corrente sanguínea garantindo uma fonte equilibrada de energia. Já o Nhoque Integral, com aproximadamente 90 kcal por 100 gramas, foi desenvolvido com farinha integral, rica em fibras; semente de chia, rica em ômega 3, nutrientes e mineiras; amaranto, rico em proteínas e aminoácidos essenciais; linhaça, fonte de fibras, ômega 3 e ômega 6; e quinoa, rica em proteínas e fibras”, diz a nutricionista.

581b317d3fe59

E um dos grandes diferenciais da São Camilo é o sabor caseiro que a empresa consegue manter em seus produtos. “Nós queremos vender experiências para as pessoas. Queremos ver as famílias unidas, almoçando junto em um domingo, apreciando uma massa como se fosse feita pela própria vó”, completa Lucas.

Informações: São Camilo Massas

 

 

Conheça os benefícios e riscos das comidas típicas de Festa Junina

Nutricionista alerta que é preciso tomar cuidado em vários aspectos, desde a higiene até o valor calórico de cada um dos alimentos

Fogueiras, cantigas, danças e comidas típicas. É difícil encontrar alguém que não goste da tradicional Festa Junina. A tradição celebra os dias de Santo Antônio (13 de junho), São João (24) e São Pedro (29), com muita animação e alegria para todos. Uma das principais atrações da festa são as comidas típicas. Diante de tantas gostosuras para saborear, a nutricionista do Hapvida, Roseanny Cristina, faz um alerta acerca da quantidade de comida ingerida nessa época do ano.

Para Roseanny , é preciso tomar cuidado em vários aspectos, desde a higiene até o valor calórico de cada um dos alimentos. “O primeiro cuidado que devemos ter é com a qualidade do alimento e com as questões de higiene. A maioria desses alimentos são perecíveis e acabam estragando com mais facilidade. Muito cuidado principalmente com os alimentos que levam leite e são fáceis de ser contaminados”, alerta.

A nutricionista cita os alimentos menos calóricos e que, moderadamente, podem ser consumidos sem peso de consciência, pois trazem benefícios para a saúde. “O milho é um alimento que possui diversos nutrientes, como carboidratos (por isso é considerado um alimento energético), rico em fibras (que pode auxiliar na saciedade, bom funcionamento intestinal, controle da glicemia – taxa de glicose no sangue – diminuição do colesterol), vitaminas do complexo B (relacionadas à boa função neurológica), vitamina A (responsável pela renovação celular, ação antioxidante) e ferro”, explica Roseanny.

Diversos produtos de milho - Divulgação

Outro alimento que também é uma boa pedida para quem quer aproveitar as festas sem se esquecer da alimentação saudável é a batata doce. Já conhecida dos frequentadores de academias, além de fornecer energia e facilitar o ganho de massa muscular, ela é uma excelente fonte de ferro, potássio e vitaminas C, E e A. “A batata doce também é muito importante para os diabéticos, pois controla a glicemia, absorvendo a glicose mais lentamente”, afirma a nutricionista.

batata doce szafirek
Foto: Szafirek/Morguefile

Mas nem tudo está liberado. A palavra-chave, segundo Roseanny, é moderação. Apesar do milho ser benéfico, os pratos feitos com ele podem não ser tão saudáveis. “Quando essas comidas são preparadas, há a adição de açúcar e gordura, como queijos, leite condensado, entre outros”, ressalta. Tudo isso acrescenta calorias e, em longo prazo, pode proporcionar ganho de peso, problemas no coração, arterosclerose, entre outros.

Isso não significa, no entanto, que seja necessário abdicar de todas essas delícias de Festa Junina. A especialista dá dicas para tornar as receitas mais saudáveis. “É possível fazer a substituição de ingredientes, como trocar o leite integral pelo desnatado, utilizar o leite de coco e optar por um açúcar mais benéfico (caso do demerara ou mascavo)”, conclui Roseanny.

Fonte: Hapvida

Batata doce: o carboidrato que é fonte de energia e emagrece

A batata doce caiu no gosto dos praticantes de atividade física por ser um carboidrato, com baixo índice glicêmico e, rica em vitaminas, fornece energia, auxilia na queima de gordura e contribui para o ganho de massa muscular.

No último ano, uma variedade de produtos feitos desse vegetal invadiram as prateleiras dos supermercados, lojas especializadas e e-commerce, com objetivo de facilitar o acesso e o consumo desse alimento.

Entre as novidades, a Corpo Ideal Suplementos selecionou o Cookies da Carbo+, produzido com batata doce e aveia. Prático, econômico e pode ser consumido a qualquer hora do dia, o produto é ideal para a vida agitada de hoje.

Além de ser 100% Natural, o Cookies possui baixo índice glicêmico, protege o sistema imunológico é fonte de vitamina A e antioxidante. Disponível em embalagens de 150g.

cookie batata doce

Informações: Corpo Ideal

Chega ao mercado linha de snacks VEG com chips de mandioquinha e batata-doce

Para quem é vegetariano, ou está tentando ser como eu, este lançamento é uma delícia!

Produzidas sem corantes, conservantes, gordura trans, colesterol e com baixo teor de sódio, utilizando sal light, a linha VEG é a novidade da Fhom Alimentos para o mercado de snacks. Com exclusivo selo da Sociedade Vegetaria Brasileira, os produtos 100% naturais atraem consumidores veganos e também os que buscam uma alimentação com sabor e rica em nutrientes.

Em formato chips e de consistência super crocante, os snacks são elaborados com batatas doces (amarela, rosa e roxa) e mandioquinha. Disponíveis em embalagem com 45g e também no pote de 120g, a linha VEG da Fhom possui três sabores:

Mandioquinha & Batata-Doce

imagem_release_481390Batata-Doce Chips 

imagem_release_481388Mix Batatas-Doces Chips

imagem_release_481391

Preço sugerido: R$5,40
SAC: 11-3568-3000