Arquivo da tag: cachorro

Dicas de como ensinar o cachorro a fazer necessidades no lugar certo

O adestramento de cães pode parecer um desafio, principalmente quando se trata de animais adultos; mas saiba que com as dicas certas e um aliado delicioso isso não será mais um problema.

Ensinar cachorro a fazer necessidades no lugar certo é uma das principais dificuldades, por isso o médico veterinário dos Snacks DogLicious, Marcello Machado, fala abaixo sobre todas as orientações que o tutor precisa para acabar com o xixi e cocô em lugares inadequados.

1. Escolha o lugar certo cachorro fazer as necessidades

Muitas vezes, o motivos para o cão fazer as necessidades no lugar escolhido por você é justamente a localização. Eles não vão usar esse cantinho se ele estiver próximo a água, comida ou cama. Por isso, escolha um local afastado e prepare com jornal ou tapete higiênico.

2. Sem broncas

Dar broncas no animal quando ver ele fazendo as necessidades em um lugar errado não é indicado. Esse comportamento só fará com que ele tenha medo de você. O que faz diferença é deixar claro onde você quer que ele faça. Mostre o local e procure levá-lo para lá. Agressividade e nervoso só irá prejudicar seu companheiro, podendo desencadear problemas psicológicos, como a cropofagia (o ato do cachorro comer suas próprias fezes).

house training of guilty puppy

3. Dê um prêmio sempre que ele acertar o lugar

Quando ver que seu companheiro acertou o lugar que você escolheu para ele fazer suas necessidades, é importante oferecer uma recompensa para que ele associe aquele comportamento a algo bom. O melhor aliado para isso é DogLicious! Gostosuras irresistíveis com texturas incríveis para conquistar seu amigo. É claro que não pode economizar nos carinhos.

4. Leve o cachorro para o local

Entender o organismo do seu amigo pode ajudar você nessa missão de treinamento. É comum que os cães façam suas necessidades logo após comer. Sendo assim, esteja atento e, se ver que ele não vai usar o cantinho certo, leve-o imediatamente para o lugar que escolheu.

Adestramento de cães: paciência, dedicação e DogLicious

cão-obediente11 cachorro adestramento

Lembre-se: para cumprir essa missão com sucesso é imprescindível que você tenha paciência, dedicação e os DogLicious preferidos do seu companheiro. O adestramento de cães filhotes é mais fácil, já o de cachorros adultos possui uma dificuldade maior e, por isso, os resultados podem demorar um pouco mais para aparecerem — mas isso não é motivo para desistir.

Além de saber como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo, existem outros ensinamentos que valem a pena serem passados ao cão e para todos. Você pode contar com DogLicious Snack Training ou outra opção da linha DogLicious.

Sugestão do veterinário

doglicius.png

DogLicious Snack Training – petisco que ajuda o tutor em todos os exercícios que fizer com o animal. Eles podem ser oferecidos como recompensa sempre que o animal acertar seu comando e, assim, ele associará aquele comportamento a algo positivo. Para prolongar a experiência deliciosa com o cão, o tutor quebrar o snack em pedaços menores e ir oferecendo aos poucos.

Fonte: Total Alimentos

 

Anúncios

Curitiba tem aula de adestramento, feira de adoção e encontro de cães da raça maltês

Já famoso pela ampla programação de eventos para petlovers, o HiperZoo realiza uma série de eventos neste fim de semana. No sábado (19), acontece mais uma aula de adestramento e a feirinha de adoção. Já no domingo (20) será a vez dos cães da raça Maltês desfilarem sua elegância e sutileza pelo pet center.

Beautiful Labrador

O sábado inicia com aula de adestramento coletivo com o tema “Passeando corretamente (uso correto de guias e peitorais)”. O conteúdo faz parte do programa de aulas semanais, promovido pelo HiperZoo e pelo adestrador Rafael Wisneski, da Meu Cão Companheiro, que contempla também os assuntos: controle de ansiedade e estresse, como ensinar a defecar e urinar no local certo e comandos básicos. Para participar os interessados devem se inscrever apresentando cupom fiscal de compras realizadas no local, contendo ao menos um produto das marcas parceiras Purina, Kong, Petmais, Virbac ou Ferplast. As vagas são limitadas a doze clientes por turma.

Ainda no sábado (19), a ONG Beco da Esperança estará presente com animais de estimação que estão buscando um novo lar. “O número de cães e gatos adotados em nossas feirinhas de adoção vem crescendo a cada evento. Isto se deve, certamente, ao reconhecimento do público pelo trabalho sério desenvolvido pelas ONGs parceiras, bem como pelo apoio da mídia, que ajuda a divulgar esta ação social, e a comunicação antecipada de nosso calendário de eventos. Com isso, os interessados podem se planejar melhor para receber um novo amigo em casa”, destaca Patrícia Maeoka, sócia-proprietária do HiperZoo.

gato gata adoção.jpg

Para adotar, o interessado deve ter mais de 21 anos, responder a uma entrevista sobre os motivos de adoção, aceitar receber a visita de um voluntário da ONG, e apresentar RG, CPF e comprovante de endereço para assinar o termo de adoção. Para quem deseja ter um gato como amigo, ainda é necessário ter caixa de transporte e possuir telas de proteção nas janelas de casa.

Encontro de cães

Já no domingo (20) o pet center será invadido pelas beldades de longos e sedosos pelos brancos. O Maltês é a mais antiga das raças toys europeias e uma das preferidas para quem busca um cão de colo muito companheiro. São gentis e brincalhões, mas também podem ser muito corajosos, chegando a desafiar cães maiores.

O encontro dos malteses iniciará ao meio-dia e vai contar com piscina de bolinhas e um espaço seguro para brincadeiras. Além disso, os cães podem participar de um desfile concorrendo a vales compra da Jingles Moda Pet e a três banhos do serviço de estética do HiperZoo. Já os tutores podem aproveitar os descontos promovidos pela loja e as novidades gastronômicas dos food trucks.

Maltese dog

E como diversão faz parte do cotidiano dos malteses, o pet center promoverá também a palestra “Brincadeiras e Atividades Indoor para o Maltês”, ministrada pelo adestrador Rafael Wisneski. A entrada será gratuita e a palestra iniciará às 15h.

Serviço

 

Aulas de adestramento com Rafael Wisneski
Quando: Sábado, 19 de maio, das 10h às 11h – Tema: “Passeando corretamente com seu cão (uso de guias e peitorais)”
Sábado, 26 de maio, das 10h às 11h – Tema: “Comandos senta, deita e fica”
Vagas: limitadas a 12 clientes com um pet cada
Entrada: apresentação de cupom fiscal do HiperZoo contendo um produto dos parceiros Kong, Virbac, Ferplast, Petmais ou Purina.

Feirinha de adoção com Beco da Esperança
Quando: Sábado, 19 de maio, das 11h às 17h

Encontro de cães da raça Maltês
Quando: Domingo, 20 de maio, das 12h às 17h
Entrada: gratuita

Palestra “Brincadeiras e Atividades Indoor para o Maltês” com Rafael Wisneski
Quando: Domingo, 20 de maio, às 15h
Entrada: gratuita

Desfile Jingles Moda Pet
Quando: Domingo, 20 de maio, às 16h

HiperZoo – Rua Desembargador Westphalen, 3.448 – Curitiba/PR – Tel.: (41) 3051-7777

 

Saiba como usar acessórios nos pets

William Galharde, gerente de estética da Petz, orienta como colocar enfeites, laços e gravatas, mas sempre com atenção ao bem-estar dos bichinhos de estimação

Para deixar os pets mais fofos, há vários acessórios, como laços, xuxinhas, chuquinhas, pompons, enfeites, gravatinhas, bandanas e roupinhas. Mas é importante saber usá-los sem prejudicar o bem-estar e a saúde dos bichinhos. Ficar com um lacinho sem trocar por muito tempo, por exemplo, pode incomodar, quebrar o pelo e provocar feridas. O alerta é do gerente de estética da Petz, William Galharde, um dos groomers mais premiados do país.

Ele explica que a troca de enfeites como os laços deve ser feita pelo tutor a cada dois a três dias. Isso se o pet gostar de usar e for tranquilo. Para aqueles que não suportam acessórios, que ficam arrastando a cabeça para tirá-los, o ideal é não utilizá-los e deixar os pelos soltos.

“Às vezes, as pessoas falam que não conseguem recolocar o enfeite. Nesse caso, é melhor ficar sem do que permanecer com o laço a semana inteira. Além de embaraçar e quebrar o pelo, pode machucar o pet, o que é muito mais grave”, afirma Galharde.

Como trocar

Na hora de tirar o enfeite, é importante usar uma tesoura pequena para cortar o elástico, em vez de puxá-lo. Assim, o pelo fica preservado e não machuca o pet. Depois, é preciso passar o pente bem devagar para desembaraçar os fios que estavam presos. Para recolocar, evite pegar o pelo da parte do canto do olho, para não deixar repuxando. Segure só o pelo do alto da cabeça e coloque o elástico com cuidado. Outra dica importante, é colocar o pente por baixo para ter certeza que não está puxando a pele.

Dicas e cuidados

1 – Gravatinha
Dê preferência para as gravatinhas com elástico e evite as que prendem com fita. Mas é importante ficar atento, sempre retirar o acessório após algumas horas de uso, principalmente à noite, para não machucar o pescoço do pet. O mesmo vale para as bandanas.

Petz coleção bandana Griff Dog cachorro

2 – Laço
Os enfeites maiores são mais fáceis de colocar. Usar apenas nos pets que estão acostumados e gostam. Para aqueles que não suportam, é melhor fazer uma franja e esquecer os acessórios.

3 – Roupinhas
As roupas devem enfeitar ou aquecer, mas não podem comprometer o movimento dos bichinhos. Por isso, procure escolher tecidos naturais e estilos que sejam confortáveis.

Petz coleção casaco Bonito pra CachorroPetz coleção Puppy Pickorruchos

4 – Tamanho
Para se certificar do tamanho, é preciso sempre medir três dedos entre a roupinha e o corpo do pet, principalmente, na região do pescoço.

Petz coleção Dog Sueter cachorroPetz coleção casaco moletom xadrez cachorro

5 – Escovação
A roupinha deve ser retirada toda noite, principalmente para os cães de pelo longo, para fazer a escovação e evitar a formação de nós na pelagem.

escovando-cachorro

Fonte: Petz

Como os cães podem ajudar a explorar nossa própria saúde intestinal

Por Maria Cohut

Pesquisadores científicos frequentemente trabalham com animais. Estes podem não fornecer modelos perfeitos para sistemas biológicos humanos, mas alguns mamíferos – como porcos e ratos – chegam muito perto de muitas maneiras. Mas os cães poderiam ser modelos mais adequados?

Muitos estudos que investigam doenças humanas e outras condições de saúde começam analisando como as condições iguais ou similares funcionam nos animais e como elas podem ser tratadas ou melhoradas. Alguns animais encontram doenças iguais ou extremamente semelhantes às que afetam os seres humanos, tornando-os modelos viáveis ​​para pesquisas pré-clínicas.

Além disso, certos animais têm sistemas internos estruturados de forma semelhante – como o sistema digestivo – o que significa que eles podem fornecer uma boa aproximação de como nossos mecanismos biológicos funcionam. Portanto, camundongos e ratos são frequentemente usados ​​para estudar doenças humanas, enquanto os porcos são um modelo favorito para pesquisar a saúde intestinal. Porém, agora, os cientistas estão olhando para outro animal que eles argumentam ter um microbioma intestinal ainda mais parecido com o dos humanos: o melhor amigo dos homens, o cão.

O português Luis Pedro Coelho – que atualmente trabalha no Laboratório Europeu de Biologia Molecular (EMBL) em Heidelberg, Alemanha – mais colegas dos laboratórios EMBL e Nestlé Purina Research de St. Louis, acreditam que os cães também podem ser nossos melhores amigos quando trata-se de aprender mais sobre nossa própria saúde intestinal.

Entretanto, a mesma ideia se aplica ao contrário – se cães e humanos são semelhantes nesse aspecto, talvez possamos aplicar o que sabemos sobre o manejo da obesidade em humanos para nossos companheiros caninos.

“Os cães são muito importantes na vida de muitas pessoas e (como nós), sofrem cada vez mais com a obesidade”, disse Coelho ao Medical News Today, explicando por que a equipe de pesquisa decidiu concentrar sua atenção nesses animais. “Assim”, continuou ele, “saber mais sobre seu microbioma e como ele é (ou não) afetado pela dieta é uma questão importante”.

Sua pesquisa, cujos resultados são agora publicados na revista Microbiome, indica que os microbiomas intestinais dos cães se sobrepõem muito mais aos seus do que os de ratos ou porcos.

labradorretriever_hero
Foto: AKC.ORG

Semelhanças surpreendentes entre humanos e cães

O estudo – que foi cofinanciado pela Nestlé Purina PetCare Company – foi um estudo controlado randomizado, para o qual os cientistas selecionaram 64 cães de duas raças: beagle e labrador.

Eles trabalhavam com um número igual de cães de cada uma dessas raças, e também asseguravam que metade de todos os participantes caninos estava acima do peso e que a outra metade tinha um peso corporal saudável. Durante um período inicial de quatro semanas, todos os cães foram alimentados com o mesmo alimento canino disponível no mercado.

Em seguida, os cães foram divididos aleatoriamente em dois grupos: um que recebia somente alimentos ricos em proteínas e pobres em carboidratos, e outro que recebia uma dieta pobre em proteínas e rica em carboidratos. Esta etapa do experimento durou mais quatro semanas.

Os pesquisadores coletaram 129 amostras de fezes de cachorro, uma vez na marca de quatro semanas e depois novamente no final do estudo. Essas amostras permitiram mapear o conteúdo genético dos microbiomas dos cães, identificando 1.247.405 genes no total.

Coelho e equipe então compararam esse “catálogo de genes” com dados existentes sobre os microbiomas intestinais de camundongos, porcos e humanos. Isso permitiu que eles avaliassem a similaridade em termos de conteúdo genético, além de como os microbiomas dos cães foram alterados pela mudança de dieta.

A equipe ficou surpresa ao descobrir que os microbiomas dos cães eram muito mais semelhantes ao microbioma intestinal humano do que os de camundongos e porcos. Eles encontraram uma sobreposição de 20% entre os microbiomas intestinais de humanos e de ratos e uma sobreposição de 33% entre nossos microbiomas intestinais e aqueles de porcos, mas uma sobreposição de 63% entre os microbiomas intestinais dos cães e os nossos próprios.

microbiota-intestinal3

“Esses resultados sugerem que somos mais parecidos com o melhor amigo do homem do que pensávamos inicialmente”, diz Coelho. Ainda assim, ao falar com o MNT, ele alertou que essas semelhanças não significam que podemos pensar nos microbiomas dos cachorros e nos nossos, de maneira intercambiável.

“Também é importante”, ele explicou, “notar que há uma especificidade de hospedeiro significativa: compartilhamos muitas espécies [de micróbios] com nossos cães, mas as cepas são específicas para o hospedeiro e os microbiomas humanos são mais complexos que aqueles dos cães”.

‘Um melhor modelo para estudos nutricionais’?

Os cientistas também observaram que dietas com baixo teor de carboidratos e alta proteína e dietas ricas em carboidratos e com alto teor de carboidratos influenciam o microbioma intestinal de maneira semelhante no caso de humanos e cães, independentemente de raça e sexo biológico.

Cães com excesso de peso responderam mais fortemente a uma dieta rica em proteínas do que suas contrapartes esbeltas, apresentando mudanças mais drásticas na composição de seus microbiomas intestinais. Essa sensibilidade confirma a ideia existente de que indivíduos com excesso de peso são mais vulneráveis a ameaças à saúde devido à instabilidade de seus microbiomas intestinais.

beagle
Pesquisadores fizeram uma descoberta surpreendente: os microbiomas intestinais dos cães são na verdade muito parecidos com os nossos.

“Estes resultados sugerem que os cães poderiam ser um modelo melhor para estudos de nutrição do que os porcos ou camundongos, e poderíamos usar dados de cães para estudar o impacto da dieta na microbiota intestinal humana”, diz Luis Pedro Coelho

Olhando para os resultados do estudo, os pesquisadores acreditam que, no futuro, o melhor amigo dos seres humanos pode ser capaz de nos ajudar a entender melhor os mecanismos que estão em jogo em nossa própria saúde.

Fonte:  MedicalNewsToday

 

 

Domingo tem feirinha de adoção Encontrei um Amigo

O Encontrei Um Amigo do Unique Garden Hotel & Spa promove aulão funcional com o personal Caio Franco seguido de caminhada com cães do projeto pelo Parque do Ibirapuera no dia 6 de maio, domingo. Na sequência, acontecerá a feirinha de adoção das 11 às 17 horas, com comidinhas, livro solidário e orgânicos do Unique Garden para venda.

Sobre o Projeto Encontrei um Amigo

O Encontrei um Amigo é um projeto do Unique Garden Hotel & Spa, nascido a partir do amor e carinho da proprietária Tatiana Siaulys e sua família por cães, que, em uma noite chuvosa, resgataram a Pitchulinha das ruas e deram a ela uma nova oportunidade para ser feliz e cuidada como merecia.

O sonho de que, assim como ela, outros animais pudessem ter um lar com amor, carinho e cuidados, fez com que nascesse o projeto. Em 2008 ganhou um nome e uma forma mais robusta e, para que mais cachorrinhos pudessem ser resgatados, a estrutura foi crescendo e ganhando uma proporção maior.

Hoje são 90 baias, oito canis que acomodam mais de 220 cães e 13 funcionários. Todos os animais passam por uma triagem para detectar se existe alguma doença. Após esse procedimento, são encaminhados, se necessário, para o tratamento. Todos são castrados, vermifugados, vacinados e chipados.

A partir daí estão prontos para encontrarem uma família, dar e receber amor com muita alegria e lealdade. As adoções são feitas em eventos, pelo site ou por meio de contato por telefone.

O site  possui uma lista de pets que estão a espera de um novo lar. Após a adoção, a equipe faz um monitoramento e acompanhamento da nova vida dos cães, além de um cronograma de visitas às novas casas para checar como estão vivendo. 31697345_995678420607665_1761886943068553216_n.jpg
Evento de adoção Encontrei um Amigo
Data: domingo, 6 de maio
Endereço: Rua Henrique Martins, 609 – Jardim Paulista
Horário: das 11 às 17 horas
Entrada gratuita

 

Especialista em comportamento animal ensina cães a brincar no circuito agility

Evento ocorre no dia 28 de abril, na Cobasi Augusta, em São Paulo

 

No sábado, 28 de abril, o especialista em comportamento animal Dan Wroblewski, estará na Cobasi Augusta, das 11 às 15 horas, a convite da Equilíbrio, marca de alimento superpremium da empresa Total Alimentos by Neovia, para dar dicas e esclarecer dúvidas sobre comportamento dos animais ao público que estiver no local.

A Cobasi e a Equilíbrio irão montar no espaço da loja um pet park com brinquedos de agility para os cães brincarem e o Dan ajudará os tutores a ensinar aos seus pets como utilizarem esses brinquedos.

O Dan Wroblewski é responsável pela equipe da Dog World e já treinou e adestrou diversos cães para divulgação de marcas e competições, além de trabalhar com sociabilização, adestramento, exercícios, hospedagem e criação.

agility cachorro

Serviço
Pet Park mais dicas com Dan Wroblewski
Realização: Cobasi e Equilíbrio
Data: 28 de abril
Horário: das 11h às 15h
Local: Cobasi Augusta – Rua Augusta, 2380

Adestradores de cães ensinam como educar filhote em um ambiente pequeno

A escolha da raça e porte mais adequados, do espaço e adaptação à rotina do tutor, são alguns dos pontos que devem ser considerados ao decidir cuidar de um cão filhote quando se vive num espaço pequeno, como um apartamento ou quitinete.

Para ajudar nesse desafio, o casal de adestradores e passeadores de cães, Michelle Araújo e Douglas Gouvea, proprietários da DougWalker – e que atendem pelo aplicativo GetNinjas – separaram algumas dicas para facilitar na educação deste novo membro da família:

Espírito de liderança

cachorro adestramento

Os cães são descendentes dos lobos e, por isso, observamos no dia-a-dia seus instintos mais primitivos sendo desenvolvidos. O principal deles é a liderança. Dessa forma, o principal objetivo do tutor é se tornar líder do cão, mas é importante que fique claro que, para a imposição de regras e limites, não há necessidade de agir com crueldade ou agressões.

Educação sanitária

house training of guilty puppy

Os cães são muito limpos e preferem fazer suas necessidades longe do local onde se alimentam. Então, é muito importante não misturar esses dois ambientes. Em primeiro lugar, o tutor deve reservar essa área para as necessidades e cobri-la por completo com jornal para que, nesse primeiro momento, não sobre espaço para erros.

A tendência do cão filhote é fazer muito xixi e cocô fora do local correto. Isso porque eles ainda não aguentam esperar pelo horário do passeio ou até mesmo chegar à área reservada. Portanto, a solução é deixá-los a maior parte do tempo neste local.

Como os cães têm uma digestão bem rápida, é comum que logo após a refeição eles já façam suas necessidades. Então, outra dica muito eficaz é levá-los imediatamente para o local escolhido logo após a alimentação com ração ou água.

Incentivo, elogios e independência

casal e cachorro pixabay

Os cães respondem afirmativamente por atenção e repetições. Sendo assim, quando ele fizer as necessidade no local correto, o tutor deve comemorar com ele e sempre repetir esse processo. Quanto mais vezes eles acertarem e o tutor comemorar com petiscos e carinhos, mais eles irão se incentivar a repetir as atitudes corretas.

Conforme sua evolução, o tutor deve ir aos poucos deixando o cãozinho mais livre pelo apartamento. Com isso, irá observar que ele vai começar a ir ao ‘banheiro’ por vontade própria e é nessa hora que se começa a diminuir o tamanho dos jornais espalhados.

O processo de desfralde canino envolve alguns erros de percurso por parte do filhote. Por isso, é aconselhável colocar em cada cômodo um ‘banheiro’ de jornal, até que ele se oriente do local correto de uma vez.

E tão importante quanto elogiar ao acertar, é não brigar quando eles erram. Ao repreender, o tutor dá atenção para aquela situação. Além disso, pode desenvolver no cão um trauma ao fazer suas necessidades e levar ao desenvolvimento de problemas digestivos e até mesmo a temida copofragia. Ou seja, a melhor alternativa é ignorar. Por mais difícil que seja, tente jamais limpar a sujeira com o cão olhando, pois também estaríamos dando atenção para aquele comportamento.

Ao terminar o ciclo de vacinas, o cãozinho já estará apto para ir passear na rua. Caso queira que ele crie o hábito de fazer as necessidades fora de casa, leve seu cãozinho para passear logo após suas refeições.

Alimentação

cachorro york comendo

Para que o cão não acostume a comer toda a ração de uma só vez, o ideal é não deixar sua ração exposta o dia todo. Ao estabelecer um horário para as refeições, o tutor deixa a ração no pote por volta de 20 minutos. Independente do cão ter se alimentado pouco ou nada, ela deve ser retirada após o prazo. Desta forma, o tutor não será visto como quem o serve e sim como servidor. De forma clara, é mostrar ao cão que ele depende de nós para se alimentar. Já em relação à água, deve estar sempre disponível de forma abundante, limpa e fresca para que ele se hidrate bem, especialmente, no verão.

Lazer e atenção

cachorro com ursinho brinquedo

Sempre separe um tempo para brincar com seu cão ou até mesmo acariciá-lo enquanto vê um filme. Além disso, ofereça atividades regulares, como passeios e até mesmo adestramento, pois os cães adoram o aprendizado e a superação de desafios.

Ofereça sempre brinquedos aos seus cães , de preferência os mais duros como ossos. Isso evita que os cães roam móveis e outros objetos. Essas distrações também ajudam a prevenir o tédio e problemas comportamentais, como as dermatites psicogênicas e as incessantes lambidas nas patas.

É muito importante também não deixar seus cães sozinhos por longos períodos de tempo. Os cães podem e devem ficar sozinhos, desde filhotes, para se acostumarem com os momentos de ausência do tutor e a não se tornarem dependentes. Porém, nunca devem ficar isolados, seja por um fim de semana ou um dia.

Raças ideais

A French bulldog.

Selecionamentos as raças ideias para quem busca escolher um companheiro cão para viver em um ambiente com pouco espaço, que são: Poodle, Yorkshire, Maltês, Schnauzer míni, Bulldog francês, Pinscher, ou aquele SRD que não cresça muito.

Fonte: GetNinjas

 

Saiba como as frutas auxiliam na saúde dos cães

Provavelmente os tutores já pensaram em dar frutas como petisco para os cães, mas é importante lembrar que não são todas as frutas que fazem bem para seu amigo, apenas algumas possuem propriedades benéficas para a dieta dos cães.

O médico veterinário da Naturalis, Marcello Machado, explica que em hipótese alguma a alimentação do cachorro pode se basear apenas em frutas, pois ele precisa de uma nutrição balanceada com proteínas de qualidade e fibras em níveis ajustados.

“Para atender o paladar dos cães que gostam de frutas, existem rações no mercado pet como a Naturalis, que além de possuir formulação 100% natural, também conta com sabores, vitaminas, sais minerais e os nutrientes da maçã e do mamão, que são poderosos aliados para manter o cão sempre bem-alimentado e saudável”, indica.

A ração com frutas também pode ser uma ótima opção para cães que não sentem atração pela ração comum, pois a ração com frutas possui um odor diferenciado e mais atrativo para o olfato canino. “Além das frutas, Naturalis possui em sua composição verduras, carne, ingredientes integrais, e é livre de conservantes artificiais e corantes para o cão crescer com vitalidade e energia, resultando saúde e a longevidade do animal”, complementa Machado.

O médico veterinário da Naturalis apontou os benefícios da maçã e do mamão para os cães, confira:

cachorro comendo maça

Maçã para cachorro – contém vitaminas B, C e E, rica em probióticos e é uma ótima fonte de fibras para favorecer a função intestinal, possui baixo valor calórico e contribui para manter a imunidade alta e regula a glicemia dos pets.

Mamão para cachorro – assim como a maçã, é fonte de fibras e possui um sabor que agrada muito os cães. Ajuda a melhorar a digestão e possui vitaminas A e C, cálcio e potássio.

Fonte: Naturalis

Loja docg. de Curitiba promove atrações para todos os gostos neste sábado

Levar e buscar o bichinho de estimação para tomar banho no pet shop é coisa do passado. O compromisso do fim de semana pode ser também um momento de diversão para a família. É nisso que aposta a recém-inaugurada loja da marca docg. em Curitiba, com a realização de ações diferenciadas para os clientes.

Enquanto esperam pelo banho ou compras dos tutores, os cães podem se divertir no jardim da loja e, também, participar das atividades recreativas conduzidas por uma adestradora. Brincadeiras com bambolês, percurso com cones, caça aos petiscos são algumas das brincadeiras preparadas para os pets. Quem participou da ação no evento anterior garante que vale a pena. “O evento foi bem divertido. O Liev aproveitou as brincadeiras e interagiu com outros cães”, revela Merili de Oliveira, tutora do simpático cão da raça samoieda.

docg 1docg 2

Após as atividades ou o banho, os cães também podem degustar os petiscos da marca. Já os tutores podem aproveitar as opções de petiscos e bebidas do food truck. E para celebrar o início das atividades, a loja também está promovendo sorteios que garantem descontos na compra de produtos, distribuindo amostras, além de oferecer desconto de 50% nos banhos realizados até dia 28 deste mês. O evento acontece das 9 às 19h e tem entrada gratuita. Já os banhos devem ser agendados antecipadamente.

Experiência diferenciada

Além dos eventos, que garantem uma experiência inovadora, os clientes podem conhecer e provar os produtos e o “espírito” da marca. O espaço Pet Spa possui uma decoração diferenciada com banheiras vitorianas e um menu de serviços para o tutor montar o serviço de beleza do seu pet. O cardápio possibilita desde a escolha do shampoo que será utilizado até tratamentos como hidratação nos pelos e patas e a seleção do perfume que mais combina com o animal.

docg 3docg 2

A proposta já vem colhendo resultados. “O ambiente é totalmente diferente do que já vi. Além do atendimento maravilhoso, senti que meus cães foram muito bem acolhidos. Sem falar no banho, que podemos escolher cada detalhe”, revela Thayssa Molinari, tutora dos cães Pandora, Zeca e Edie.

Lançamento docg., com food trucks, promoções e sorteios
Quando: sábado, 21 de abril, das 9h às 19h
Atividades recreativas para cães
Quando: sábado, 21 de abril, das 14h às 16h
Entrada: gratuita
Loja docg. – Rua Chile, 1251- loja 2 – Rebouças – Curitiba-PR

Informações: docg.

Cobasi promove show de cães na Granja Viana

Neste sábado, 21 de abril, a partir das 14 horas, a Cobasi e a Purina promovem na unidade Granja Viana, localizada na Rodovia Raposo Tavares, km 24,5, uma apresentação de agility com cães treinados.

No show, os cães da equipe Alternativa’s Dog Show, responsável pelo adestramento de diversos animais que fazem filmes, novelas e comerciais de TV, irão interagir com o público e demonstrar diversos truques.

A apresentação é gratuita e têm uma hora de duração. No fim do show, o público poderá conhecer de perto os cães e conversar com os treinadores para tirar dúvidas.

agility cachorro.jpg

Serviço
Show de cães
Realização: Cobasi e Purina
Data: 21/04
Local: Cobasi Granja Vianna – Rod. Raposo Tavares, km 24,5 (Av. Marginal, 1287), Cotia – SP
Horário: das 14h ás 15h