Arquivo da tag: cachorros

Zoetis oferece soluções sem corticoides para tratar osteoartrite canina

Doença causa dores intensas e limita movimentos dos animais. Medicamentos sem corticoides como Trocoxil e Rimadyl são indicados para o tratamento

A osteoartrite, chamada tecnicamente de Doença Articular Degenerativa (DAD), é um problema progressivo, crônico e de evolução lenta. Acomete cães de todas as raças e idades, embora estejam mais predispostos à doença os animais mais idosos, com sobrepeso ou de raças grandes como, por exemplo, labradores e golden retrievers.

“A DAD é um distúrbio que causa inflamação e degeneração da cartilagem das articulações. Os principais sintomas apresentados pelos cães são: dor ao andar ou ao praticar exercícios como correr ou pular, dificuldade para se levantar e para subir escadas, mancar ao andar, rigidez nas articulações posteriores, dor ao toque e perda gradativa dos movimentos”, afirma Alexandre Merlo, médico veterinário e Gerente Técnico e de Pesquisa Aplicada de Animais de Companhia da Zoetis.

O problema pode ser silencioso nas fases iniciais, durante as quais os animais praticamente não demonstram qualquer sinal de dor ou apresentam sintomas leves, como claudicação esporádica e certa limitação de movimentos. Em estágios mais avançados, o animal pode não conseguir sequer andar em trajetos curtos, muitas vezes ficando deitado a maior parte do dia, afirma o especialista.

cachorro-doente

Tratamento e prevenção

A doença não tem cura, mas é possível manter a qualidade de vida por meio de tratamento medicamentoso, controle de peso, alimentação adequada, exercícios moderados e fisioterapia.

Os medicamentos mais indicados são os anti-inflamatórios não-esteroidais, pois os corticoides podem causar efeitos adversos nos cães, tais como respiração ofegante, aumento da produção de urina, além de sede e fome excessivas. Os anti-inflamatórios não esteroidais reduzem a dor combatendo a inflamação, permitindo ao animal voltar à vida normal. Essa característica de controle da dor, além da segurança, diferencia os anti-inflamatórios não-esteroidais dos corticoides.

A Zoetis tem duas soluções anti-inflamatórias sem corticoides para casos de osteoartrite canina. “O Trocoxil é um comprimido que age por um mês. A primeira e a segunda administração precisam ocorrer no intervalo de 14 dias. Depois disso, a dose é mensal”, explica o especialista.

Já o Rimadyl é um comprimido mastigável de administração diária, ministrado pelos tutores. Os médicos veterinários contam também com a sua versão injetável, usada quando os animais chegam ao consultório com dores agudas, para alívio imediato. “Depois deste atendimento, os tutores podem continuar o tratamento em casa com o mesmo princípio ativo”, esclarece.

cachorro-deitado-doente

A osteoartrite pode ser evitada por meio de exercícios e alimentação adequada, de forma que o animal se mantenha com peso adequado.O tipo de piso do lar também pode influenciar o aparecimento da doença. “Pisos muito lisos podem fazer os cães escorregarem demais e desenvolverem distúrbios articulares”, alerta Merlo.

Fonte: Zoetis

Anúncios

Cães poderão doar sangue em encontro de raças no Golden Square Shopping

Centro de compras pet friendly promove encontro de cães da raça pug e incentiva doação de sangue

O Golden Square Shopping promove mais um Encontro de Raças neste domingo, 14 de outubro, e promete reunir uma turminha da pesada com cães da raça pug, a partir das 14 horas. O encontro tem como objetivo incentivar também a doação de sangue pet.

O encontro é realizado em parceria com o Grupo Pug Amigos de São Paulo e ABCD e tem enfoque social para arrecadar ração para ajudar pugs resgatados. Fundado por Sônia Blanco, o grupo organiza encontros para trocas de experiências e trabalhos sociais, como auxílio a cães abandonados e vítimas de maus-tratos.

Além do encontro, os donos de pets poderão conhecer um pouco mais sobre a leishmaniose visceral canina com palestra de Marli Pó, da campanha “Diga Não à Leishmaniose”, que irá falar sobre a segunda doença que mais mata no mundo e os cães são as maiores vítimas.

Doação de sangue

Pouco conhecida, a doação de sangue animal é feita de forma cuidadosa, obedece a critérios rígidos e é indolor. Coordenada pelo Sanimvet, primeiro Banco de Sangue Veterinário da América Latina a utilizar uma unidade móvel de coleta, a doação será das 10 às 17 horas na van que estará na Praça Externa do Golden, ao lado da entrada do shopping.

Para ser considerado doador, o cachorro precisa pesar pelo menos 25 kg e ter idade entre um e sete anos, ser saudável, sem doenças infecciosas, ser vacinado e desparasitado, não tomar medicamento, não ser obeso. No caso da fêmea, a cadela não pode estar prenhe e nem no cio. Os tutores podem ficar tranquilos que não existem riscos na doação. O Sanimvet disponibiliza ainda os resultados dos exames, ou seja, o animalzinho solidário ganha um check-up completo já com o exame para a leishmaniose também.

A transfusão de sangue em animais acontece em casos emergenciais, como acidentes ofídicos, atropelamentos, doenças transmitidas pelo carrapato, insuficiência renal, pancreatite, intoxicação, coagulopatias (incluem distúrbios de coagulação e hemorragia) anemias por ocorrência da leishmaniose.

Doação de sangue Golden

Para doar, é necessário fazer um agendamento prévio via telefone (11) 3644-8805 ou (11) 9 6335-0307, falar com Adriana ou Amanda.

cães de raça

Encontro de Raças
Data: Domingo, 14 de outubro
Horário: Doação de sangue, das 10 às 18 horas, e Encontro de Pugs, das 14 às 18 horas
Local: Espaço Pet – Golden Square Shopping
Endereço: Avenida Kennedy, 700/São Bernardo do Campo, São Paulo, Piso L1
Entrada gratuita

Tutores podem inscrever seus animais de estimação no concurso “Pet no Calendário”

Os vencedores do concurso estamparão o calendário 2019 da marca e receberão seis meses de alimentação gratuita

No mês em que é celebrado o Dia do Animal (4/10), a Royal Canin lança o concurso “Pet do Calendário 2019”. Sucesso em anos anteriores, a ação elege seis gatos e seis cães de todo o Brasil para estamparem o calendário anual da marca.

Participar é fácil: os tutores de cães e gatos de todo o país devem cadastrar até 3 (três) fotos do seu pet no site da campanha. A comissão julgadora é formada por representantes da Royal Canin do Brasil, responsável por selecionar 50 finalistas. Já a 2ª fase será aberta à votação do público, que elegerá os 12 vencedores que farão parte do calendário 2019 da marca.

“O Pet no Calendário é um momento muito especial para a Royal Canin, em que celebramos a conexão dos tutores e seus pets. Nesta edição, decidimos iniciar o concurso na semana do Dia do Animal como uma forma de homenagear os mais de 70 milhões de pets do Brasil, que tornam as nossas vidas muito melhores”, comenta Aline Domingues, Especialista de Marketing da Royal Canin.

Premiação

Os 12 tutores (sendo seis de gato e seis de cão) que tiverem suas fotos selecionadas ganharão seis meses de alimentação gratuita.

2019-cover

Prazos da promoção:

Cadastro e envio das imagens entre os dias 1º/10/2018 e 4/11/2018.

A votação dos 12 ganhadores será entre 7/11/2018 e 27/11/2018.

O vencedor será divulgado dia 29/11/2018.

Para mais informações, acesse o Facebook, Instagram ou o site da campanha e consulte o regulamento completo da promoção.

Feira Mamis sedia evento de Adoção do Instituto Luisa Mell

De 28 a 30 de setembro, o Espaço GAP, localizado em Alto de Pinheiros, na capital paulista, é o palco da Feira Mamis, que apresenta mais de 55 marcas de vestuários, decoração e acessórios para os pequenos e mamães. Com organização da Equipe Mamis na Madrugada, grupo secreto criado no Facebook com mais de 13 mil usuários, o evento, que é gratuito, tem como objetivo unir a família e marcas que primam por qualidade e conforto, além de trazer informação e entretenimento.

O Instituto Luisa Mell participa do evento com a venda de produtos exclusivos, como camisetas e acessórios cuja renda é inteira revertida para custear o trabalho realizado pela instituição. Ao adquirir um produto #adotei, é possível ajudar não só financeiramente a causa, mas divulgando a marca e a causa.

Os interessados em adotar um pet, também podem comemorar. No sábado, 29, haverá um espaço especial para adoção de cães. Serão diversas fofuras castradas e vacinadas que levarão ainda mais alegria para os lares.

cachorro triste adoção

Instituto Luisa Mell na 6ª Feira Mamis
Data: sábado, 29 de setembro, das 10h às 20h
Local: Espaço GAP|
Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 255 – Alto de Pinheiros.

Projeto pretende ajudar animais abandonados em aldeias indígenas

O projeto Animais da Aldeia visa ajudar os animais nas aldeias indígenas do Jaraguá, região noroeste da cidade de São Paulo. A região sofre diariamente com o abandono de animais. Há uma estimativa de que, atualmente, existam 800 animais abandonados na região. E esse número não para de aumentar.

O objetivo do projeto é auxiliar os indígenas nos cuidados com os animais, oferecendo ração e ajuda com cuidados veterinários, e tudo isso só será possível por meio de doações.

Com o Primeiro Evento de Adoção, um grupo de voluntários irá levar alguns dos animais adotáveis, cães e gatos, para que os interessados possam conhecer e se apaixonar. E, assim, mudar a vida desses seres negligenciados. Os peludos esperam por vocês!

Os interessados em adotar precisam levar RG, CPF e comprovante de residência. Além disso, os responsáveis pelo evento pedem uma contribuição de R$ 80,00 no ato da adoção. A renda arrecadada servirá para aliviar a fome daqueles que permanecem nas aldeias. Doações de ração, medicamentos e tudo o mais que pode ser usado pelos animais são bem-vindas.

aldeia.png

Local: MaisPets Alphaville
Endereço: Rua Alameda Rio Negro, 877
Dia: 29 de setembro
Horário: das 11h às 16h
Informações: Facebook

 

 

Cobasi Jurubatuba recebe apresentação de Agility da Turma da Bayer

No sábado, 22 de setembro, das 11 às 17 horas, estará na unidade Jurubatuba, em São Bernardo do Campo, a turma da Bayer composta por cães que viajam todo o Brasil.

Os cãezinhos da turma irão apresentar seu show de agility e interagir com os espectadores. E, enquanto não ocorre a apresentação, os pets dos espectadores podem se exercitar nos brinquedos de agility.

Quem participar do evento também poderá tirar lindas fotos com essa turminha. Para mais informações sobre a turma clique aqui.

bayer
Alguns dos pets da Turma da Bayer

Apresentação de Agility Turma da Bayer
Organização: Cobasi e Bayer
Data: 22/09
Local: Cobasi São Bernardo do Campo – Rua Jurubatuba, 646
Horário: das 11 às 17h

Snacks MeuDog: alimentação vegana para cães

A gaúcha de Estância Velha, BF Foods, é uma empresa especializada em petiscos para cães e gatos. Com o foco em priorizar a qualidade de vida dos bichinhos e aliar uma alimentação parecida com a de seus tutores, adeptos de uma dieta natural ou vegana, apresentam ao mercado um produto diferenciado para a nutrição de pets: a linha exclusiva MeuDog Premium. Os petiscos desse segmento são compostos por farinha natural de frutas e vegetais com 0% de proteína animal. Sem corantes é ideal também para os animais que possuem alguma alergia ou restrição alimentar.

A proteína texturizada de soja é um dos principais componentes dos snacks MeuDog Premium. Esse diferencial garante o alto nível de proteína, sem sair do padrão vegano. Possuem vitaminas que ajudam a prevenir os sinais de envelhecimento, retiradas da cenoura, beterraba, espinafre, laranja, mamão, açaí, guaraná, entre outros. Apresenta três opções: Vegetais, Care Energy e Frutas, para agradar a todos os paladares.

meu dog.jpg

A BF Foods tem outras linhas de petiscos igualmente desenvolvidas com ingredientes selecionados. A MeuDog Standard possui bifinhos que podem ser consumidos desde os cães filhotes até os seniores, pois têm uma textura macia, de fácil mastigação. Na composição se destacam as fibras e ômega 3 e 6. São apresentados nos sabores carne, frango e bacon.

decat.jpg

Exclusivamente para os gatos, a BF Foods apresenta os petiscos DeCat. Com sabor peixe, eles auxiliam na eliminação das bolas de pelo e proporcionam mais brilho à pelagem dos felinos. O alimento também é rico em ômega 3 e 6, vitaminas, minerais e fibras.

Neste ano a BF Foods teve a direção assumida por Cristiano Pletsch, que trouxe a experiência de dez anos, adquirida com a marca GostOSSO, que já produzia ossos, palitos e outros petiscos para cães. Hoje, as duas marcas estão unificadas e têm como princípio o carinho entre humano e seu bichinho. Para Pletsch, a preocupação com a alimentação e saúde do animal reflete na relação de companheirismo entre eles “mais que um agrado, um gesto de amor”, comenta ele.

Informações: BF Foods

 

Pets: macarrão harmonizado com vinho canino

A integração dos pets com seus tutores tem sido cada dia mais natural. Por isso, as empresas do setor têm se dedicado à pesquisa e desenvolvimento de produtos que proporcionem experiências humanizadas para os bichinhos. Um dos melhores exemplos desse movimento é o Macaroni, novidade da Ipet.

A motivação para o lançamento do produto veio da constatação do alto consumo de macarrão pelos cães. “A macarronada é um prato típico dos encontros de muitas famílias e, na ânsia de integrar os pets, muitos donos acabam ofertando o alimento a eles. O problema é que os molhos, em especial os que contém alho e cebola, são extremamente tóxicos para os animais”, alerta Lucas Marques, CEO da empresa.

Por esse motivo, a empresa investiu na fabricação de um macarrão formulado com ingredientes específicos para alimentação dos cães, respeitando as recomendações nutricionais, sem causar nenhum prejuízo à saúde deles. “Foram aproximadamente seis meses de pesquisas e testes para chegarmos à formula atual, que tem agradado muito o paladar canino”.

macarra-pra-cachorro

O resultado é um produto composto por farinha de trigo, glicerina, água, hidrolisado de fígado suíno; aditivo prebiótico (mananoligossacarídeo); extrato de yucca e aditivo antifúngico (ácido sórbico). O snack deve ser ofertado com um petisco, não devendo substituir a alimentação tradicional. Não há nenhum tipo de restrição ao consumo para cães acima de três meses de idade. Raças de pequeno porte devem receber apenas uma porção. Os de porte médio, dois, e os de grande porte, até três porções.

A grande aposta da empresa está na oferta do Macaroni harmonizado com o Dog´sWine, bebida da marca que é inspirada no vinho humano. “Considerando que muitos donos transmitem aos seus pets hábitos humanos rotineiros, acreditamos que o consumo de massa acompanhada por vinho também seja repassado aos pets”, alega.

Dog's Wine

Para tornar a brincadeira ainda mais divertida, os tutores podem adicionar ao Macaroni os molhos Barbecão e Cãotchup. Esses molhos não contém tomates, alimento não indicado a cães. Desenvolvidos a partir de ingredientes selecionados, eles ajudam ainda na suplementação nutricional dos bichos porque são ricos em ferro e vitaminas A, D, E e K.

O Dog´S Wine é o primeiro vinho de fabricação nacional produzido especialmente para os cães. Sua fórmula não contém álcool nem uva, ingredientes que podem trazer riscos à saúde dos pets. O produto conta somente com ingredientes naturais, como suco de carne e corante natural de beterraba. O produto foi criado com respaldo da empresa PetConsult e passou por vários testes de palatabilidade.

detalhe-personagem-macaroni

O produto está chegando ao mercado por meio de lojas especializadas do ramo e supermercados, em um preço  entre R$ 4,99 a R$ 5,99. O Macaroni está disponível em quatro versões, em embalagens de 25g, Spaghet, Fusille, Talharim e Rigatoni. Todos têm sabor carne.

 

Campanha de vacinação contra raiva começa segunda-feira (20) em São Paulo

Obrigatória para cães e gatos, vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a doença; serão mais de 1.900 postos na cidade

A Campanha de Vacinação contra a Raiva para Cães e Gatos no município de São Paulo terá início na próxima segunda-feira (20) e se estenderá até o dia 2 de setembro. Serão mais de 1.900 postos de atendimento distribuídos pela cidade – entre fixos e volantes –, que funcionarão entre 10 e 16 horas, para vacinar os animais de estimação da população. Vale reforçar que a imunização anual é a mais eficaz e importante medida de prevenção e controle da doença.

O serviço, ofertado pela Divisão de Vigilância de Zoonoses (DVZ), da Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa), órgão da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo, é gratuito e obrigatório para cães e gatos, conforme a lei municipal 13.131/01. O proprietário do animal deve se atentar quanto ao transporte correto: no caso, cães na coleira e guia e gatos em caixas de transporte apropriadas (ou similar), para evitar fugas e/ou acidentes.

Todos os animais com mais de três meses devem ser vacinados, exceto os doentes (diarreia, secreção ocular ou nasal, falta de apetite, convalescentes de cirurgias ou outras enfermidades). Para cadelas prenhes, apesar de não haver contraindicação, a orientação é de que o tutor busque pela vacina fora da campanha, devido ao risco no transporte e no manejo. Bichos no cio também podem causar transtornos nos postos volantes; por isso, é indicado que se procure por um dos postos fixos de vacinação.

Sobre a doença

A raiva é uma doença transmissível, caracterizada pelo contágio direto; ou seja, pela mordida, arranhões ou lambedura de cães, gatos ou outros mamíferos, como, por exemplo, morcegos infectados.

O proprietário deverá identificar, no comprovante de vacinação, os dados do animal, como o nome e nº do Registro Geral Animal (RGA). É importante destacar que somente adultos com condições de conter os animais devem conduzi-los ao local de vacinação, para evitar possíveis transtornos.

A relação completa de postos, com local e data da vacinação, pode ser obtida clicando aqui ou pelo telefone 156.

Folhetos Postos permanentes Raiva_ALTERADO-2

Campanha de Vacinação contra a Raiva para Cães e Gatos
Data: de 20 de agosto a 2 de setembro de 2018
Horário de funcionamento dos postos: das 10h às 16h
Informações: Prefeitura/Covisa ou pelo telefone 156

Os benefícios que os cães de apoio emocional proporcionam

O uso de animais como terapeutas é cada vez mais comum para o tratamento alternativo de doenças como depressão e ansiedade

Os apaixonados por animais relatam com facilidade os benefícios da convivência diária com os pets. Por isso, cada vez mais, eles são utilizados para auxiliar no tratamento de diversas doenças. Estudos científicos realizados ao redor do mundo indicam que a presença dos cães no ambiente eleva os níveis de endorfina e diminui o estresse e a ansiedade dos humanos.

Com base nesse comportamento, os cães de apoio emocional vêm ganhando cada vez mais destaque entre as terapias alternativas para o tratamento de doenças como depressão, síndrome do pânico, câncer, entre outras.

Os animais terapeutas podem atuar em diversas frentes, entre as principais atividades está a terapia e a educação assistida. Em ambos os casos, o objetivo é que o pet traga benefícios para a saúde física e emocional dos humanos com quem interagem.

“Para realizar esse trabalho, o animal precisa receber um treinamento especial. Além disso, ele precisa ser sociável, ter um temperamento tranquilo e estar saudável. O cão é o animal mais utilizado para este tipo de trabalho, pois ele se adapta com mais facilidade as situações como adestramento e transporte”, explica a médica-veterinária e Gerente de Produtos da Ceva Saúde Animal, Priscila Brabec.

Após o treino, os cães estão aptos para atuar em terapias assistidas por animais (TAA), que visam ajudar e proporcionar bem-estar durante o tratamento de doenças. A TAA pode ser utilizada como idosos em lares de repousos, pessoas com deficiências mentais ou problemas de aprendizagem, crianças e adultos com problemas de adaptação social, entre outros.

mulher com cachorro carinho.jpg

Na Terapia Assistida por Animais, os pets trabalham com uma equipe multidisciplinar, formada por fisioterapeutas, psicólogos, adestradores, entre outros profissionais. O objetivo da ação é estimular a melhoria e bem-estar dos pacientes em tratamento por meio do desenvolvimento de uma relação afetiva com o animal.

O treino oferecido aos animais irá depender da função que será exercida. Entre os tipos de serviços estão: cão guia, cão ouvinte, cão de alerta, cão de serviço, cão terapeuta, cão de serviço psiquiátrico, cão de alerta de alergia e cão de serviço militar.

Pêlo Próximo

Tendo como missão proporcionar bem-estar para os animais e seus tutores, a Ceva Saúde Animal fechou uma parceria com a Pêlo Próximo, ONG carioca fundada em 2010, que une uma equipe multidisciplinar para realizar Terapia, Atividades e Educação Assistida por Animais, atuando junto a instituições, hospitais e centros de saúde do Rio de Janeiro, promovendo a interação entre seres humanos e animais com o objetivo de proporcionar benefícios terapêuticos.

cachorro pelo próximo.jpg

“Nossa principal missão é proporcionar bem-estar para os animais, por isso, ao conhecer o importante trabalho realizado pela Pêlo Próximo, decidimos atuar como parceiros fornecendo Fiprolex e Canex para os cães e gatos do projeto durante o ano de 2018. Assim, os pets que trabalham com a missão de ajudar no tratamento dos humanos ficarão protegidos contra pulgas, carrapatos e verminoses”, conta Priscila

Fonte: Ceva Saúde Animal