Arquivo da tag: café verde

Os benefícios do café verde para a saúde

Extrato de café verde é rico em ácido clorogênico, que atua como emagrecedor natural e ajuda a reduzir os níveis de glicose no sangue

Regular os níveis de glicose e auxiliar no emagrecimento saudável são as principais funções do ácido clorogênico. Embora a substância não seja muito conhecida, seus efeitos vêm sendo tema de estudos que a relacionam à saúde e à longevidade.

O café é o alimento mais rico em ácido clorogênico, especialmente o extrato de café verde, que tem alta concentração. “Essa substância ajuda a reduzir os níveis de glicose no sangue e impede que o organismo utilize o açúcar dos alimentos como fonte de energia, obrigando o corpo a retirar a energia do próprio estoque de gordura”, diz a endocrinologista Vania Assaly.

Os múltiplos benefícios do extrato de café verde

Ao evitar o acúmulo de gordura localizada, o ácido clorogênico contribui para regular os níveis de glicose no sangue, auxiliando no tratamento de diabetes tipo 2. Além disso, também atua como coadjuvante no emagrecimento, ajudando na perda de peso, desde que associado a hábitos saudáveis.

Por ser rico em cafestol e kahweol, o extrato de café verde também ajuda no funcionamento do fígado, um dos órgãos que mais trabalha no corpo. Essas substâncias estimulam a ação da GST, enzima responsável pela desintoxicação do organismo.

Pesquisas médicas recentes associam café, saúde e longevidade

Um estudo feito por pesquisadores do Instituto Tecnológico de Monterrey, no México, divulgado na edição de fevereiro de 2017 da publicação científica norte-americana Molecules, reconheceu que, ao ser usado como nutracêutico, o ácido clorogênico possui propriedades antioxidantes, antiobesidade, antidislipidemia, antidiabéticas e anti-hipertensivas, podendo ser usado para a prevenção e tratamento da síndrome metabólica e distúrbios associados.

Uma novidade é a chegada do nutracêutico Svelim. Produzido a partir do extrato purificado de café verde com 45% de ácido clorogênico, picolinato de cromo e óleo de cártamo. O produto age no metabolismo e ajuda a manter a boa forma com baixo teor de cafeína. Há duas versões, uma com 30 e outra com 60 cápsulas.

Informações: Achevita

Anúncios

Produtos que aceleram o metabolismo e auxiliam no emagrecimento

Apisnutri , empresa paranaense com atuação nos segmentos de Alimentos Funcionais, Suplementos, Nutrição Esportiva e Estética, está ampliando sua linha Femme com lançamentos que, além de promoverem a saúde e bem-estar da mulher, também auxiliam no emagrecimento.

A empresa ingressa no segmento de shakes com o lançamento da Shake Time uma deliciosa bebida cremosa à base de proteínas com alto valor de fibras, vitaminas e minerais. A novidade está no uso da Palatinose, um carboidrato de baixo índice glicêmico e lenta absorção.

shakes.png

Ideal para auxiliar nas dietas com ingestão controlada de açúcares, essa linha é composta pelos sabores coco, morango, baunilha e chocolate produzidos com mix de fibras que ajuda a inibir a fome, prolongando a sensação de saciedade.

Disponível em embalagens de 400g, o Shake Time é de fácil preparo. Basta acrescentar 30 gramas do produto (3 colheres de sopa) em 300 ml de leite desnatado.

thermo_tea_web_.png

Outra novidade da Femme é o Thermo Tea , um chá com delicioso sabor de frutas cítricas, formulado com pimenta vermelha, taurina, café verde em pó e cafeína que auxilia na aceleração do metabolismo. Disponível em embalagem de 250 g, o produto é de fácil preparo. Basta acrescentar 2 scoops (medida que acompanha o produto) em 250 ml de água gelada ou quente.

multifibras_web_.png

Excelente fonte de fibras, o Multifibras Pró tem formulação exclusiva que combina aveia, trigo, cevada, soja e as farinhas de banana verde, berinjela e beterraba. Além de auxiliar na motilidade intestinal, proporciona sensação de saciedade, auxiliando também na perda de peso. O consumo recomendado para o produto é de 3 colheres de sopa misturadas em um copo de leite desnatado ou leite de soja.

Importante lembrar que os produtos contêm trigo, aveia, soja e glúten.

Os lançamentos da marca Femme e toda a linha de produtos da Apisnutri estão disponíveis em lojas de produtos naturais em todo o Brasil.

Informações: Apisnutri

Café e verão: combinação acelera o metabolismo e potencializa a dieta

Férias, calor, sol, praia e piscina são sinônimos de roupas mais leves e curtas e, consequentemente, corpo à mostra. Há quem diga que prefere o inverno ao verão, mas, amando ou odiando, o fato é que ninguém quer aparecer fora de forma. Todos desejam exibir uma silhueta mais enxuta e definida. Por isso, muitos ainda aderem a medidas extremas, cheias de restrições e nada saudáveis, visando apenas acelerar o processo de emagrecimento, porém, felizmente, cada vez mais pessoas estão em busca de novidades para perder peso de forma segura e natural.

A boa notícia é que, atualmente, já é comprovada a existência de alimentos funcionais que ajudam nessa luta, e o melhor, unindo sabor e saúde na mesma receita. Um deles é o café, que está no pódio das bebidas mais amadas e consumidas no país.

Vai um cafezinho aí?

É difícil achar alguém que não goste de saborear um café fresquinho, principalmente aqui no Brasil, onde apreciar a bebida já é uma tradição cultural antiga que ainda move a vida de muita gente. Atualmente, cerca de 8 milhões de pessoas trabalham com café. Os grãos nacionais estão entre os melhores e mais caros do mundo. A produção da região serrana do Espírito Santo pode chegar a custar R$ 16 mil e parte da safra tem como destino a família real da Noruega. Mas é Minas Gerais que sustenta o país na liderança mundial de produção e exportação de café.

Há muitos anos a substância vem sendo alvo de controvérsias que questionam seus efeitos em decorrência de sua propriedade mais marcante: a cafeína – componente químico encontrado nas sementes, frutos ou folhas de muitas plantas, e em alguns alimentos e bebidas – que age no sistema nervoso central. Porém vários estudos estão desconstruindo os mitos sobre seus malefícios.

cafe

Cafeína: vilã ou mocinha?

Os amantes do cafezinho já podem respirar mais aliviados, isso porque um estudo da Universidade de São Francisco na Califórnia (USCF -EUA), publicado no Jornal da Associação Americana do Coração, desmistifica a fama de vilã que a cafeína adquiriu na crendice popular e afirma que não é possível associar seu consumo ao aumento do risco de doenças como AVC (acidente vascular cerebral) e arritmias cardíacas. A pesquisa, que contou com 1.388 participantes, é a maior amostra sobre o impacto da cafeína ao sistema cardiovascular realizado até então e ressalta que ao contrário do que se imaginava, seu consumo regular não causa alterações nos batimentos cardíacos e ainda pode trazer benefícios a saúde do coração.

Principais fontes

A substância é encontrada naturalmente em diversos alimentos como o chá, o cacau e o guaraná. E ainda pode ser adicionada artificialmente a outros produtos como refrigerantes, energéticos e, até mesmo, em algumas medicações. No entanto, a quantidade presente é bem menor do que a concentrada no café. Contudo, é difícil dizer ao certo qual a quantidade de cafeína extraída por grama de grão devido às várias formas de preparações existentes – filtração, instantâneo, expresso etc. – que causam uma variação nesse processo.

Café e boa forma

Devido ao seu poder termogênico, a cafeína se tornou muito popular entre os suplementos para redução das medidas. A substância ajuda na performance, retarda a fadiga e auxilia a perda de peso, pois tem a capacidade de quebrar o tecido de gordura, favorecendo a eliminação dos excessos. Obviamente, seu consumo precisa estar associado a uma dieta saudável para que suas propriedades contribuam para o emagrecimento e potencializem os resultados da malhação.

cafeina-cafe-verde-dieta.jpg

Café verde

Se o tradicional já pode ser considerado um grande aliado da saúde, imagine a versão verde, conhecida também como green coffee. O nome deve-se ao processo de fabricação do produto, que não passa pela torra, preservando assim suas propriedades naturais como a cafeína, os antioxidantes e o ácido clorogênico em maior concentração. Isso acontece, pois, como foi dito, o café verde não passa pelo processo de torrefação que, apesar de reduzir o gosto amargo do grão, também diminui sua concentração de cafeína.

Este é o principal diferencial do café verde: a alta concentração de cafeína. De acordo com a nutricionista Sinara Menezes, a grande vantagem para aqueles que seguem uma dieta de redução de peso é o efeito estimulante do grão: “Devido às suas propriedades, o café verde é capaz de acelerar o metabolismo e aumentar o gasto calórico, favorecendo tanto a dieta, quanto a prática de exercícios”. E não para por aí, de acordo com a especialista da Nature Center “por ser feito a partir do grão in natura, boa parte dos nutrientes benéficos são mantidos em uma taxa muito mais elevada”.

Bom para quem pratica exercícios

O efeito estimulante da cafeína ativa regiões importantes no cérebro e os benefícios vão muito além. A substância tem a capacidade de melhorar o desempenho físico, pois diminui a percepção de esforço ao realizar uma atividade física, assim, a pessoa tem a sensação de ser mais fácil do que realmente é. Ela também retarda a fadiga ao poupar os estoques de glicogênio muscular.

corrida

De olho na dosagem

O segredo para aproveitar ao máximo os benefícios de alimentos funcionais como o café está na dose. Por mais clichê que pareça aquela frase que indica o “beba com moderação”, neste caso, ela é uma observação muito válida, pois existem aqueles que devem ter atenção redobrada e orientar-se com profissionais ao incluir produtos e alimentos à base de cafeína à dieta como gestantes, nutrizes e pessoas com problemas crônicos.

A nutricionista também alerta para evitar o exagero, principalmente por parte daqueles que enfrentam dificuldades para dormir, pois seu efeito estimulante pode prejudicar o sono. “É muito importante ter o acompanhamento de um profissional da saúde e controlar as porções ingeridas, pois o ideal é extrair os efeitos benéficos sem se tornar dependente. Além disso, é fundamental buscar fontes seguras para alcançar todos os benefícios que o nutriente pode oferecer”, acrescenta a especialista.

Composto

greencapsules
Foto: Parmentier.de

O composto, feito puramente à base de cafeína concentrada, é a aposta do momento. Sua fama – por beneficiar as dietas de emagrecimento e potencializar o desenvolvimento das atividades físicas – já fez adeptos até entre as celebridades e estrelas de Hollywood. A forma mais prática de consumir a substância é por meio da ingestão de pílulas de extrato do nutriente, que possibilitam os efeitos sem ter que ingerir o café ou outras bebidas que possam conter açúcares ou ingredientes indesejáveis e calóricos na sua composição. É possível encontrar o café verde comercializado de diversas formas e sua administração varia de acordo com as orientações de cada uma. Em geral, é recomendado ingeri-lo durante o dia, antes das refeições e do treino, para otimizar o rendimento dos exercícios físicos.

Fonte: Nature Center