Arquivo da tag: celular

Smartphones e computadores aceleram envelhecimento da visão

Uso excessivo de aparelhos eletrônicos pode antecipar a chegada de doenças como miopia, vista cansada e olhos secos, afirma oftalmologista Mário Filippo

Problemas oculares relacionados à predisposição genética podem se manifestar em diferentes períodos da vida, independentemente da faixa etária do indivíduo. No entanto, ao se aproximar dos 40, é comum que algumas complicações surjam, devido ao envelhecimento natural da visão – enfraquecimento dos músculos dos olhos e perda de elasticidade.

De acordo com o oftalmologista Mário Filippo, da COI, entre os fatores que potencializam esses prejuízos e podem até mesmo antecipá-los estão: uso excessivo de aparelhos eletrônicos, dietas inadequadas e ausência de proteção contra o sol.

mulher computador lendo

Com o passar dos anos, a musculatura da visão perde sua tonicidade e a contração da lente natural dos olhos, o cristalino, começa a ser prejudicada. “Isso causa o que é popularmente conhecido como ‘síndrome do braço-curto’, ou seja, quando as pessoas têm de afastar os objetos para conseguir enxergá-los ou ler alguma coisa”, explica Filippo. Denominado presbiopia, esse fenômeno tem início, de maneira geral, a partir dos 40 anos de idade.

O uso constante de celulares e computadores, no entanto, pode antecipar a chegada desse tipo de problema. “Ao manter o foco em telas de aparelhos eletrônicos por longos períodos de tempo, os músculos oculares ficam muito tempo contraídos, e a recorrência desse hábito pode predispor à miopia em crianças e adolescentes”, diz o especialista.

mulher-celular

Não à toa, um estudo publicado pela Associação Americana de Oftalmologia (AAO) aponta que aproximadamente cinco bilhões de pessoas terão algum tipo de problema na visão até 2050 – o que equivalerá a metade da população mundial.

Além disso, ficar muito tempo vidrado nas telas faz com que se pisque menos e reduz a lubrificação, causando secura – ainda mais para quem trabalha com o ar-condicionado ligado o dia inteiro. A recomendação de Filippo é que, de hora em hora, o indivíduo desfoque dos gadgets e olhe em direção ao horizonte para relaxar a musculatura e crie o costume de hidratar mais os olhos, por meio do uso de colírios lubrificantes ou lágrimas artificiais.

Outros maus hábitos

olho.png

Má alimentação, diabetes, tabagismo e exposição ao sol sem proteção também podem causar o surgimento ou agravar quadros de doenças relacionadas à visão, sobretudo para quem já atingiu a marca dos 50 anos, como a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), que causa a perda progressiva da visão central e pode levar à cegueira.

Para se prevenir, é recomendável buscar uma dieta balanceada, evitar o tabagismo, utilizar óculos de sol e, uma vez que pertença à faixa etária de risco, ir ao oftalmologista ao menos uma vez por ano: “O quanto antes um problema de saúde é identificado, melhor será o prognóstico”, lembra Filippo.

Fonte: COI

Anúncios

Dicas de como evitar males causados pelo uso excessivo de smartphones às articulações

O uso do celular foi incorporado em nossa rotina diária, pois trata-se de uma forma de conexão mais ampla com o mundo. Se utilizarmos a linha do tempo, vamos entender que esta realidade é muito recente, não mais que 20 anos. Contudo atingiu de forma muito rápida todas as camadas sociais.

Segundo dados do IBGE de 2018, cerca de 138 milhões de pessoas fazem uso do celular somente no Brasil, sendo em sua maioria o público jovem entre 25 e 34 anos, com quase 90%). Já a população acima dos 60 anos atinge 60%. Ou seja, sofremos uma mudança de hábito de comunicação e informações muito intensa e rápida.

O uso do celular para leitura de informações, ou mesmo como forma de escrita, implica em duas situações agravantes. A primeira delas envolve o movimento da coluna cervical no sentido de inclinação para frente (flexão do pescoço), para a visualização da tela do celular. A segunda envolve a digitação de textos, o que implica no uso coordenado do polegar para acionar as letras na tela do celular.

Para o ortopedista e cirurgião das mãos do HCor, Marcelo Rosa de Rezende, está comprovado que os movimentos repetitivos utilizados para digitar mensagens no teclado dos smartphones podem provocar tendinite, bursite, rizartrose (atinge a articulação da base do polegar), entre outros tipos de lesões ou disfunções articulares que afetam não só as mãos, mas também os braços, ombros e até os músculos presentes nesta região do corpo.

“Isso ocorre porque grande parte dos usuários ainda costuma passar horas com estes aparelhos entre os dedos, sem se dar conta do desgaste físico que estão sofrendo. Contudo, há meios de lidar com a situação. Medidas como alongamentos e pausas em períodos longos de uso ajudam a prevenir o problema. Porém, o melhor ainda é recorrer ao celular apenas em casos de real necessidade e, principalmente, procurar manter a postura corporal correta ao utilizá-lo”, afirma Rezende.

Cuidado com a postura!

Em relação a coluna cervical observamos que a postura, em flexão da coluna cervical, leva a um desequilíbrio da musculatura estabilizadora da região, o que induz aos vícios posturais a longo prazo, bem como de quadros de cervicalgia (dor no pescoço, com eventual irradiação para região posterior das costas e ombro). “Já o movimento de digitação utilizando os polegares, leva a uma sobrecarga decorrente do uso repetitivo da musculatura do polegar, o que causa o surgimento das tendinites nessa região”, esclarece.

garota adolescente menina celular

Uso do celular entre os jovens: um estudo sueco avaliou jovens que usam o celular para a escrita de textos durante anotações em sala de aula, e constatou que as pessoas que desenvolveram o quadro doloroso mais importante foram aqueles que eram mais habilidosos e, portanto, mais rápidos para a escrita no celular. “Ou seja, a destreza pode ser considerada uma vantagem. No entanto acarreta a um potencial maior para o desenvolvimento de tendinites no entorno do polegar”, explica o ortopedista.

mulher idosa celular depositphotos

Uso do celular entre os idosos: se considerarmos que as pessoas mais idosas usam o celular de uma forma crescente, devemos estar atento para um grande risco representado pela queda. “Com a idade perdemos muito de nossas funções fisiológicas como às relacionadas ao aparelho músculo esquelético, visual, além das funções proprioceptivas (equilíbrio das articulações). Portanto, com o avanço da idade estamos naturalmente mais sujeitos as quedas – que associado ao eventual uso de celulares pode ser um dado agravante no aumento do número de pacientes que caem, podendo levar a fraturas em especial no membro superior”, diz.

Rezende ensina que, quando for digitar, é importante manter a postura corporal correta. Para isso, é preciso alinhar os braços e procurar apoia-los em uma mesa: “Tente deixar o aparelho afastado de si. A tendência é que os braços fiquem melhor acomodados e você não precise flexionar tanto o pescoço para baixo, na hora de verificar a tela. Embora essa seja a maneira mais segura de digitar, ela não precisa ser adotada de maneira rígida. O que cada usuário precisa fazer é tentar encontrar uma forma de manter os braços bem apoiados, o celular afastado e o pescoço o mais reto possível, para diminuir o risco de problemas causados por esforço repetitivo”.

Evite a qualquer custo!

mulher ocupada trabalho

Não é só escrevendo mensagens, sem as devidas precauções, que podemos colocar a saúde das nossas articulações em risco. Segundo Rezende, existem hábitos na hora de falar ao telefone que também podem fazer muito mal, e precisam ser evitados a qualquer custo. Um deles é o de segurar o celular entre um dos ombros e a cabeça, enquanto as mãos estão ocupadas.

“Por mais rápida que seja a conversa, o melhor é interromper o que está fazendo, desocupar as mãos e levar o aparelho ao ouvido usando uma delas. Isso evita que o contorcionismo necessário nesse tipo de manobra prejudique o pescoço, os ombros e o maxilar”, alerta. “Com estes cuidados, é possível utilizar os smartphones de maneira mais segura e saudável”, enfatiza o ortopedista do HCor.

Para orientar os usuários sobre como utilizar os seus smartphones de maneira mais anatômica e menos danosa às articulações, o Marcelo Rezende tem algumas dicas. “Dores e incômodos provocados pelo uso continuo de celulares podem ser evitados ou mesmo reduzidos por meio de medidas relativamente simples”, afirma:

Mulher celular smartphone Depositphotos 33

=Procure usar o celular para leitura, na linha dos olhos, para evitar, assim, a flexão do pescoço.

organização trabalho mesa celular

=Utilize o celular apenas para realizar textos curtos, e sempre com os antebraços apoiados.

mulher executiva celular
Pexels

=No caso do uso do polegar na digitação, é importante procurar utilizar ambos os polegares, e não somente um, e busque digitar numa velocidade menor.

nulher celular

=Nunca desça escadas ou ande nas ruas e calçadas usando o celular. Pois o risco de queda é muito grande. Esta orientação vale para todos, em especial aos idosos.

Fonte: HCor

Samsung ensina a registrar a primavera com câmeras inteligentes dos smartphones

Com algumas das câmeras mais inovadoras lançadas ultimamente, os smartphones da Samsung Galaxy S9, S9+ e Galaxy Note9 são os dispositivos perfeitos para registrar a primavera.

A primavera, que começou em 22 de setembro no Hemisfério Sul, oferece um verdadeiro banquete aos olhos dos que apreciam a beleza e a natureza. E ainda mais em um país tropical, cujas paisagens ganham o colorido de gérberas, girassóis, cerejeiras, azaleias, entre outras. Floradas coloridas e exuberantes, que podem ser ainda mais destacadas pelas lentes das câmeras inteligentes da Samsung.

Veja a seguir quatro dicas para tirar o melhor proveito da primavera com os Galaxy S9, S9+ e Note9:

=Capte as cores reais das floradas

FLOR SAMGUNG.png

Graças à Inteligência Artificial da câmera traseira, o Galaxy Note9 é capaz de identificar os objetos, cenários e elementos no quadro da câmera.

O aparelho consegue captar dentre 20 tipos de cenas que têm a capacidade de reconhecer, incluindo “flores” e “paisagens” – e nas quais aplica automaticamente o tom da cor, seguindo essa classificação*.

A função ainda corrige a saturação, o balanço de branco, o brilho e o contraste para fornecer a melhor imagem possível. Resultado: cores reais e fotos incríveis, de flores e paisagens.

=Invista na composição da imagem

FLOR SAMSUNG 2

Algumas das imagens mais famosas de flores são feitas quando o fotógrafo as coloca em primeiro plano e desfoca o cenário ao fundo. Uma sugestão é buscar essa composição e apostar no Foco Dinâmico, recurso encontrado em smartphones como os Galaxy S9+ e o Note9.

Com ele, o usuário consegue reproduzir o chamado efeito bokeh, que ajusta a profundidade de campo da imagem e permite, em um só comando, desfocar o fundo das fotos, antes ou após o clique, fazendo a alteração na própria galeria de imagem.

=Aproveite a luz do início e do final do dia

Os melhores momentos para fotografar a primavera são o início da manhã e o final da tarde quando há um equilíbrio entre luz e sombra.

As câmeras traseiras dos Galaxy S9, S9+ e do Note9 trazem abertura dupla, que se adapta de maneira inteligente à luz disponível no ambiente. Quando há pouca luz no ambiente, como durante a noite, a abertura acionada é a F1.5; enquanto quando há muita luz disponível, a abertura requerida é F2.4, que ajuda as cenas muito brilhantes a se tornarem mais nítidas.

=Registre momentos quase imperceptíveis a olho nu

Com a função Super Câmera Lenta, esses smartphones têm capacidade de capturar vídeos em até 960 quadros por segundo, o que possibilita gravar de forma quatro vezes mais detalhada que a câmera lenta tradicional. O recurso cria sequências interessantíssimas em um jardim, captando, por exemplo, o pouso das abelhas, ou de beija-flores, para sugar o néctar, quase imperceptíveis a olho nu.

Preço e disponibilidade

Os Galaxy S9 e S9+ estão disponíveis nas cores cinza-titânio, ultravioleta, preto e azul e possuem preço sugerido de R$ 4.299,00, para o Galaxy S9, e R$ 4.899,00, para o Galaxy S9+.

Já o Galaxy Note9 pode ser encontrado nas versões nas cores azul e preto, com 128 GB de armazenamento interno e 6 GB de RAM, nas lojas e e-commerce, com preço sugerido a R$ 5.499,00. A edição na cor cobre, com 512 GB e 8 GB, está em pré-venda até o dia 28 de setembro e deve estar disponível nas lojas no dia 29, com sugestão de preço a R$ 6.499,00.

*A precisão pode variar de acordo com as configurações e condições do ambiente.

Informações: Samsung

Geração 6.0 conectada: avós e avôs acessam cada vez mais as redes sociais

Levantamento realizado pela TIM aponta que 61% dos clientes acima de 60 anos utilizam pacotes de internet

Hoje, dia 26 de julho, comemora-se o dia dos avós, pessoas que até pouco tempo atrás ainda eram consideradas “analógicas”. Porém, o desenvolvimento da tecnologia tem aberto espaço para as mais diversas faixas etárias, inclusive para os que têm 60 anos ou mais. A TIM fez um levantamento para analisar o comportamento de homens e mulheres dos segmentos pré, controle e pós, a partir dessa idade, e como é a relação deles com o avanço tecnológico nos dias atuais.

Os dados revelaram que 61% dos clientes acima dos 60 anos utilizam pacotes de dados. Isso pode ser atribuído pela popularização da internet via celular, bem como pelo crescimento do uso dos smartphones. O levantamento ainda aponta que as mulheres, quando o assunto é quem usa mais a internet, têm vantagem – 63% delas usam dados.

mulher idosa celular depositphotos
Depositphotos

A pesquisa também levou em consideração onde estão os idosos mais conectados do país. Os “vovôs” e vovós” do Rio de Janeiro e da capital paulista são os maiores fãs da internet com, respectivamente, 72% e 71% das conexões brasileiras. Outro dado interesse é que quase a metade das pessoas acima de 60 anos, moradoras da região nordeste, utilizam a grande rede.

Curtidas e bate-papo pelo “zap”

iphone celular smartphone pc tech magazine
Foto: PC Tech Magazine

Quando o quesito é sobre o que acessam na internet, as redes sociais são os grandes destaques, seguidos pelos apps de comunicação e os de serviços de streaming de vídeo. Se somados, estes três primeiros itens configuram 55% dos aplicativos mais utilizados pela geração 6.0.

Os aplicativos para relacionamento, jogos e alimentação já aparecem como sendo alguns já buscados, mas ainda não despertaram interesse por parte deste público, com somente 1% de utilização pela base de clientes.

614-06002375
Foto: Masterfile

O Facebook é o aplicativo mais utilizado por quem tem 60 anos ou mais. A plataforma foi apontada por 97,3% e só fica na frente do WhatsApp (97,1%). O Youtube também se destaca e está na terceira posição de aplicativos mais acessados, com 95,1%.

Fonte: TIM

Dicas para equilibrar bem-estar físico e mental sem gastar dinheiro*

Praticar atividades físicas é uma forma completa de se sentir bem, porém, não é a única que você deve adotar na sua vida

Depressão, transtorno de ansiedade, síndrome do pânico… essas e muitas outras doenças são um verdadeiro mal da vida moderna. Elas estão relacionadas a fatores biológicos, psicológicos e sociais, causando impacto tanto na sua saúde quanto no seu bem-estar.

Felizmente, uma boa parte dessas doenças ou de seus efeitos podem ser evitados se você adotar alguns bons hábitos sem custo para o seu bolso, mas que trarão muito valor para a sua vida. Praticar exercícios é apenas um deles!

Respirar

mulher prece rezando

No dia a dia, respiramos de forma incompleta, acelerada e pouco eficiente, mesmo sem perceber. Ao se deparar com um momento crítico, a melhor coisa a se fazer é permitir que a respiração se desacelere. Respirar de forma profunda, lenta e utilizando todo o potencial dos pulmões ativa áreas do cérebro que desestimulam a hiperventilação. Além disso, você será obrigado a focar sua atenção no momento presente, acalmando a mente. Existem várias técnicas de respiração, porém, uma delas é imbatível e pode ser feita em qualquer local: é a respiração diafragmática. Nesse tipo de respiração, é preciso respirar lenta e profundamente, percebendo a movimentação natural do diafragma, das costelas e das narinas.

Meditar

meditação pin terest
Foto: Pinterest

A meditação possui muitas utilidades para as mentes inquietas. Ela é capaz de reduzir a ansiedade, melhorar a depressão, diminuir dores, desacelerar o coração, controlar a pressão e proporcionar uma boa noite de sono. É fácil começar a meditar, porém, para chegar ao estado de atenção plena, será preciso de exercícios graduais. Comece com um exercício de um minuto de observação de si mesmo ou do ambiente. Mantras também podem auxiliar nessa tarefa, pois eles evitam a dispersão, que é mais comum do que parece.

Dormir bem

mulher-dormir_maquiada

Para dormir bem, você precisará de duas coisas: quantidade e qualidade. Um adulto dorme, em média, oito horas por noite, tempo que pode variar. O ideal é que ele passe por todos os estágios do sono antes de despertar pela manhã. Se você passa a noite em claro, pode estar sofrendo com a perda de massa cerebral e estar à flor da pele. Por outro lado, uma mente descansada melhora a memória, a atenção e a concentração por todo o dia. Para garantir o sono, é essencial que você tenha horário para dormir e para acordar diariamente. Algumas atividades relaxantes antes de ir para a cama, como tomar um chá ou ler um livro, um jantar leve e um ambiente escuro ajudam a dormir melhor.

Cultivar amizades

shutterstock-happy-hour

Se você não revê os amigos há muito tempo, se anda precisando desabafar, se quer pedir um conselho ou simplesmente dar uma boa risada, não hesite em conversar com as suas melhores amizades. A amizade influencia mais na saúde e no bem-estar do que fatores como dinheiro, genética, rotina e alimentação. Estar entre amigos e fazer novas amizades libera ocitocina, o “hormônio do amor”, que faz com que você se sinta bem. No entanto, procure cultivar apenas boas amizades. Amigos que estão sempre para baixo, mal-humorados ou reclamando fazem o mesmo com você.

Desapegar do celular

mulher-celular

O uso em excesso do celular pode ser prejudicial, contribuindo para o surgimento de transtornos. Ao exagerar, você passa a se importar demais com a vida virtual, deixa de interagir com o mundo real e fica ansioso quando está longe do item. Se você tem percebido esse tipo de comportamento na sua rotina, é hora de desapegar do dispositivo. No trânsito, ele é terminantemente proibido. Durante o trabalho, você pode deixá-lo na gaveta para focar nas suas atividades. E, ao chegar em casa, estabeleça um horário limite para o uso. Depois disso, vá curtir a família ou um filme.

Equilibrar a alimentação

FreeGreatPicture compras supermercado
FreeGreatPicture

Você já sabe que adotar uma alimentação saudável é essencial para a saúde física. Sabia que ela é importante também para o bem-estar? Por isso, você deve aderir agora mesmo a essa dieta. Alguns alimentos possuem propriedades especiais que aumentam e estimulam a sensação de felicidade. É o caso de frutas, verduras, grãos, peixes e frutos do mar e do chocolate amargo, que devem ser consumidos diariamente.
Além disso, alguns hábitos na hora das refeições podem auxiliar, como: evitar o consumo de cafeína e álcool, se alimentar em um local relaxante e livre de distrações e não exagerar na quantidade de comida.

Fazer automassagem

massagem automassagem pescoço homelife
Foto:HomeLife

Massagens são terapêuticas e relaxantes por natureza e você não precisa investir em um profissional para desfrutar de seus benefícios. Você pode aprender algumas técnicas de automassagem. Fazendo alguns movimentos na região da cabeça, no pescoço, da coluna, dos pés e das pernas com as mãos ou objetos fáceis de encontrar em casa, é possível aliviar dores, dormir melhor e ter um dia mais produtivo.
Uma boa forma de massagear os pés, por exemplo, é rolando uma bolinha de tênis sob eles. Para o pescoço, faça uma leve pressão com as pontas dos dedos em cada vértebra. Já para as costas, deite-se no chão de barriga para cima abraçando os joelhos. Mova-se para lá e para cá, massageando a lombar.

Fazer exercícios

salto de cordas exercicio

Praticar exercícios físicos proporciona um sentimento de euforia, deixando de lado o estresse, a ansiedade e a depressão. Esses efeitos positivos já podem ser sentidos com um único treino, portanto, chega de ser sedentário. Para quem está com o orçamento reduzido, é possível treinar e se sentir bem sem custo. Exercícios na academia pública, corrida, yoga e bike são gratuitos, e, ainda, podem ser praticados a qualquer momento do dia. Além deles, a sua cidade com certeza oferece um centro de atividade física gratuita. Uma das principais vantagens dos exercícios é que, ao realizá-los, você consequentemente fará todas as mudanças anteriores, como se alimentar melhor, respirar de forma consciente e fazer novos amigos, o que vai contribuir muito para o seu bem-estar.

*Nayara Zonta é link builder da SEO Marketing

Mundo virtual: é preciso proteger crianças e adolescentes

Em um mundo no qual a inclusão digital se dá cada vez mais cedo e para um número cada vez maior de crianças, os pais e responsáveis precisam estar sempre atentos aos passos dos menores no ambiente virtual. Para a consultora de Direito Digital do Sistema Positivo de Ensino, Patrícia Peck, a internet é uma rua gigantesca de mais de 5 bilhões de pessoas que traz excessos e perigos.

“A negligência, neste caso, quase sempre gera danos – alguns deles irreversíveis. É preciso um controle rigoroso para impedir que nossos filhos acabem se tornando ‘menores abandonados digitais’, sujeitos à própria sorte”, afirma a especialista. A consultora dá algumas dicas que podem ajudar nessa era digital:

1. Estabeleça regras claras (o que pode ou não fazer).

2. Vigilância dos pais é um dever – realize inspeção e monitoramento.

crianças computador

3. Crie perfis de acordo com a idade dos filhos, separando principalmente criança (até 12 anos) de adolescente (maior de 13 anos) em serviços como Netflix e em grupos de WhatsApp.

4. Habilite o controle de segurança no YouTube – via browser – e dê preferência por utilizar o YouTube Kids, se for criança.

5. Defina um horário limite para o uso da internet, para fechar a “porta da casa digital” na hora de dormir.

Female hand holding a mobile phone

6. Monitore a privacidade da família, digitando os nomes dos filhos em buscadores – e veja o que aparece.

7. Ensine os filhos a proteger as informações da família (não exponha rotina, trajetos, horários, informações de viagens, quanto os pais ganham, onde trabalham).

8. Instale ferramentas protetivas antes de dar o dispositivo à criança (antivírus e software de controle dos pais).

9. Sempre leia os termos de uso, verificando a idade mínima dos serviços.

garota adolescente menina celular

10. Acompanhe quem são os amigos digitais de seu filho (jogos em rede, grupos de WhatsApp e outras redes sociais).

Fonte: Editora Positivo

Moda e estilo em cabos e acessórios para celulares em jeans

Inspirada na versatilidade e ar despojado do jeans, a empresa criou uma linha que traz produtos que vão de baterias externas com 4 cargas até chaveiros com mini cabo para Iphone e Android revestidos do icônico tecido

Recém-lançada, a Linha Fashion Jeans chega ao mercado mirando os clientes mais descolados. Os acessórios para celular deixam de ser apenas uma utilidade e ganham estilo e identidade para se tornarem por si sós objetos de desejo. Essa é a posposta da marca I2GO que desde sua criação em 2013 preocupa-se em lançar produtos duráveis que unem estilo à qualidade e preço justo em suas linhas de acessórios essenciais para celulares e tablets.

A Linha Fashion Jeans chega com cabos, carregadores, power bank, e fone de ouvido. Os preços variam entre R$29,90 a R$99,90. Ela estará disponível no mercado o no e-commerce da marca. Conforme explica Marcelo Castro, um dos sócios fundadores: “A linha chega para quem busca além de qualidade, um produto bonito e diferente. Entendemos que o nosso público quer o equipamento de qualidade, mas também quer o estilo. Unimos tudo isso na Linha Fashion Jeans”.

Nascida em 2013, a I2GO já é famosa pelo constante lançamento de novas linhas e pela qualidade dos cabos, carregadores e acessórios super coloridos, e ainda oferece três anos de garantia para seus clientes em todo o país. Os cabos para Iphone possuem certificação Apple.

Linha Fashion Jeans

Cabo Micho-USB –(Android e outros) R$ 49,90 + Tomada USB R$ 59,90

Cabo Micho-USB – conexão Micro-USB, alta velocidade, cabo resistente (Android e outros): R$ 49,90

Cabo Lightning Chip original Apple (iPod, IPhone e IPad) R$ 99,90
Cabo Lightning – Chip original Apple, alta velocidade, cabo resistente (iPod, IPhone e IPad): R$ 99,90

Chaveiro com cabo Lightning – chip original Apple(iPod, Iphone e Ipad) R$ 99,90_
Chaveiro com cabo Lightning – prático, resistente, chip original Apple e alta velocidade (iPod, Iphone e Ipad): R$ 99,90

Chaveiro com cabo Micro-USB – (Android e outros) R$ 49,90
Chaveiro com cabo Micro-USB – prático, resistente, conexão micro-usb e alta velocidade (Android e outros): R$ 49,90

Cabo Lightning – Chip original Apple (iPod, IPhone e IPad) R$ 99,90 + R$ 49,90 + Carregador veicular 2 USB – 2 saídas USB R$ 59,90_
Carregador veicular 2 USB – 2 saídas USB, potência 3,1 amps, proteção garantida: R$ 59,90

Cabo Lightning – Chip original Apple (iPod, IPhone e IPad) R$ 99,90 + R$ 49,90 + Tomada USB R$ 59,90_
Carregador de tomada USB – 1 saída USB, potência 2,4 amps, proteção garantida: R$ 59,90

Jeans Pocket – Útil e prático, adesivo qualidade 3M, fácil de usar R$ 29,90
Jeans Pocket – Útil e prático, adesivo qualidade 3M, fácil de usar: R$ 29,90

Informações: I2GO

 

Alerta sobre riscos de lesões em acidentes por uso do celular, mergulho e má postura

Começou ontem(11) uma campanha de alerta sobre os riscos de lesões em acidentes por uso do celular na direção, mergulho em águas rasas e má postura. A Semana “Neuro em Ação”, promovida pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) segue até a próxima sexta-feira (15), no país

Com o slogan “Use a Cabeça, Proteja seu Corpo”, entre os dias 11 e 15 de setembro, a Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) promove a Semana “Neuro em Ação”, divulgando nas principais capitais e cidades do país alertas sobre Mergulho em Águas Rasas, Celular e Direção e Postura e Lombalgia.

Mais de três mil profissionais e acadêmicos de medicina participam da campanha com palestras, panfletagens em semáforos e locais públicos, além de caminhadas de conscientização.

O objetivo é prevenir traumas medulares, evitando acidentes por falta de cuidados no mergulho em águas rasas e pelo uso do celular na direção, além de lesões e dores na coluna, resultado de má postura no dia a dia.

As ações educativas que envolvem a campanha acontecem de forma simultânea nas principais capitais e cidades brasileiras, com participação de especialistas em neurocirurgia, neurologia, coluna vertebral, tratamento da dor, dentre outros médicos.

A campanha faz parte das comemorações dos 60 anos da SBN e compõe o projeto “Pense Bem”, ação da entidade para educação preventiva a acidentes com traumatismo cranioencefálico (TCE).

Mergulho em Águas Rasas

piscina mulher nadando
Foto: Beglib/MorgueFile

O objetivo da campanha é lembrar que, ao mergulhar, uma pessoa pode bater a cabeça diretamente no fundo do rio, da piscina ou açude, por exemplo e sofrer um impacto direto ou indireto na coluna, resultando em lesões permanentes.

De acordo com o neurocirurgião Andrei Fernandes Joaquim, os traumas mais comuns com a falta de cuidado nos mergulhos são as lesões cervicais que podem variar de um simples estiramento muscular até graves explosões das vértebras com lesão medular. A maior parte das vítimas é do sexo masculino e 90% com cerca de 23 anos. Dentre eles, 50% confirmaram o uso de álcool.

O local de maior risco de incidente é o mar (45%), seguido por piscinas e rios (20% cada); recifes (11%) e barragens (4%). Assim como o tipo de lesão, o tempo de recuperação também é variável. Mas o mais grave é que ao menos 50% dos pacientes sofrem déficit neurológico completo. Dependendo da lesão, a recuperação pode não ocorrer.

Celular e direção

celular carro pixabay
Pixabay

Uma outra vertente da campanha é o uso do celular na direção, ato cada vez mais comum no trânsito. O neurocirurgião Mauro Suzuki chama a atenção para as consequências da distração, como as colisões e os atropelamentos, que costumam acontecer em trechos urbanos próximos a semáforos luminosos. O resultado inclui longos tratamentos, sequelas e, até mesmo, óbitos.

Para Suzuki, é impossível digitar e dirigir sem que haja algum prejuízo sensorial quanto a atenção, mas grande resistência de evitar a falta de atenção no volante vem de jovens e adolescentes que cresceram em meio ao uso abusivo de smartphones.

De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas, que podem envolver desde a desatenção dos condutores até o desrespeito à legislação, causadas, dentre outros, por uso do celular no trânsito. O acidente pode ocorrer quando o motorista tira uma das mãos do volante para discar um número no telefone ou digitar uma mensagem de texto. As duas mãos na direção são cruciais para efetuar manobras de emergência. O som do telefone e das mensagens que chegam também fazem com que o motorista perca a percepção auditiva de sirenes ou buzinas de outros veículos no trânsito.

Postura e lombalgia

estudante laptop computador

O terceiro pilar da campanha é Postura e Lombalgia. O neurocirurgião Paulo Porto explica que a postura inadequada no ambiente de trabalho é o fator de maior risco para o surgimento de lesões e, por consequência, de dores.

O especialista lembra que, além da altura mal regulada do computador, mesa e cadeira, o modo incorreto de levantar objetos pesados ou crianças do chão são formas de prejudicar a coluna resultando em lombalgia.

Os três pilares abordados pela campanha da SBN envolvem aspectos passíveis de prevenção de lesões que podem levar à incapacidade no trabalho, deficiências diversas (momentâneas ou permanentes) e, até mesmo, à morte.

“Por isso, persistimos nas ações preventivas”, complementa o neurocirurgião Carlos Drummond, responsável pela coordenação do programa Pense Bem.

Fonte: SBN

Cuidado: inclinar-se para checar o celular acelera envelhecimento da pele

O ato de inclinar frequentemente a cabeça para baixo a fim de olhar o celular ou outro dispositivo móvel acelera os sinais de envelhecimento em uma área que possui pele delicada. Os movimentos repetitivos formam sulcos como “colares cervicais”

Já parou para pensar quanto tempo do dia você passa olhando para o celular? Pois saiba que o uso de dispositivos técnicos está acelerando o processo de envelhecimento em uma região difícil de tratar: o pescoço. A imprensa especializada americana até apelidou o problema como ruga “tech neck”.

“A pele do pescoço é muito fina, praticamente sem glândulas sebáceas, com espessura próxima a dois milímetros, pouco hidratada e onde há grande movimentação natural pela própria dinâmica da região. A inclinação frequente da cabeça para baixo a fim de olhar o celular, tablet ou outro dispositivo, provoca sinais de envelhecimento mais rápidos”, explica Claudia Marçal, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

De acordo com a dermatologista, os movimentos musculares do pescoço realizados a todo o instante sejam voluntários como a laterização, extensão, inclinação para baixo ou mesmo na mastigação e fala produzem inicialmente pequenas linhas, que com o passar do tempo vão se acentuando. “Elas adquirem o status de rugas e sulcos bastante marcados como verdadeiros colares cervicais horizontais”, afirma.

O termo tem se tornado uma das novas preocupações em skincare, pois o constante dobramento da pele em movimentos repetitivos, característico da era das selfies, tem aumentado a procura por tratamentos preventivos e corretivos das rugas e linhas do pescoço.

A dermatologista acrescenta que a área é quase sempre esquecida, mesmo para quem tem o hábito de cuidar do rosto. “A própria característica local somada às agressões ambientais como água quente, frio, poluição, ar condicionado, sol, vento e o uso de perfumes contendo álcool e bijuterias (que podem causar hipersensibilidade local e alergias), podem provocar ainda mais ressecamento, vermelhidão e mudança da textura da região”, conta.

mulher olhando o celular

Prevenção
De acordo com a dermatologista, uma dica importante é, mesmo quando mexer nos dispositivos, manter a cabeça em um ângulo de 0 grau e a postura alinhada. O celular deve ser erguido na direção dos olhos. Com relação aos cuidados diários, a médica indica sabonetes neutros ou loções de limpeza à base de ativos calmantes.

“As loções tônicas vêm na sequência e vão preparar a pele para receber o sérum tensor que pode conter Hyaxel ácido hialurônico de baixo peso molecular, antioxidantes, vitaminas e glicosaminoglicanas, além de substâncias que recuperem a volumetria da região como Adipofill e Sculptessence”, conta. O protetor solar deve ter FPS 30 no mínimo e ser reaplicado após quatro horas no dia a dia. “À noite, a região, após a higienização, pode receber água termal em jatos e após alguns minutos, usar vitamina C na forma de sérum, emulsão ou espuma associada a outras vitaminas como B5, E, F e alfa hidroxiácidos, alternando com nutritivos”, explica.

Tratamentos

A toxina botulínica figura entre os procedimentos mais utilizados hoje para tratar as linhas de expressão que formam os colares horizontais. “Ela também pode ser usada na porção central para diminuir a projeção das bandas do plasma, em sessões realizadas a cada seis meses”, afirma.

Além disso, tratamentos com lasers também apresentam bons resultados. Segundo a dermatologista, o uso de lasers fracionados ablativos, como Resurfx, com downtime (tempo de recuperação) de 48 horas, promove neocolagênese, ou seja, uma nova formação de colágeno.

“E quando associado ao ácido poli-L-lático, o Sculptra, ele pode ser feito na mesma sessão; começamos com o Sculptra de aplicação profunda em toda a área de tratamento na derme profunda, reticular, e logo a seguir, no mesmo tempo, é feita a aplicação do Erbium Glass 1565, com resultados realmente excepcionais para retração da pele, redensificação, melhora da elasticidade e tratamento da presença das rugas, das manchas e a textura da pele”, comenta.

Outra boa solução é o microagulhamento de ouro com radiofrequência associado a drug delivery com Vitamina C, Fatores de Crescimento, Ácido Hialurônico e Ácido Retinóico. “Aproveitando as portas de entrada que, pela penetração das microagulhas de ouro geram uma zona de coagulação por toda a sua extensão, o tratamento é associado à radiofrequência causando uma injúria indolor local e o aquecimento da derme e hipoderme. Isso remodela todo o colágeno e promove a redensificação e elasticidade do local da aplicação”, explica. As sessões são três em média, com intervalo de trinta dias.

tech_neck mulher checando celular

Fonte: Claudia Marçal é dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School

 

Samsung realiza promoção Galaxy S7 Premiado

Consumidores sorteados levarão para casa um dos smartphones de maior sucesso da empresa na mesma hora

A Samsung inicia a promoção Galaxy S7 Premiado, que contempla os usuários com o modelo, um dos maiores sucessos da companhia no país. Com o objetivo de gerar uma experiência única para os usuários conhecerem o smartphone, a ação visa ainda promover a interação dos consumidores com o portfólio da Samsung.

Para participar, o cliente receberá um código por mala direta ou e-mail que deverá ser validado nas lojas* ou quiosques da Samsung. Após a autenticação, se o número for um dos 15 premiados, o consumidor ganha na hora um Galaxy S7. Além disso, o usuário recebe outros seis códigos para dividir com os amigos. Se o amigo for premiado, os dois levam o Galaxy S7.

Os clientes receberão os bilhetes por mala direta ou e-mail, mas quem tiver interesse em participar da ação e não receber a comunicação, também poderá encontrar o cupom no hotsite da promoção.

A ação faz parte da estratégia de marketing da Samsung que visa aumentar o relacionamento com seus clientes, além de proporcionar uma experiência completa e interativa com os consumidores.

O Galaxy S7 possui desenho ergonômico que facilita o encaixe nas mãos, atrelado ao vidro 3D curvo na traseira, reforçando o design elegante do aparelho. O modelo conta com 32GB e pode receber um cartão microSD para expandir o armazenamento com mais 256GB de memória, display de 5,1 polegadas com a tecnologia Super AMOLED, exclusiva da Samsung, que tem como principais diferenciais o melhor contraste, o maior ângulo de visão e a otimização do consumo da bateria. O smartphone tem ainda uma bateria poderosa de 3000mAh, capaz de durar um dia inteiro.

cellphone-banner.png

Para quem gosta de tirar fotos, o Galaxy S7 é uma ótima opção. A câmera traseira de 12MP, com tecnologia Dua Pixel, e a frontal de 5MP, com abertura de lente de f1.7, garantem maior nitidez e clareza de detalhes da foto, além de ser uma excelente escolha para capturar imagens noturnas. Além disso, o Galaxy S7 possui proteção IP68, o que torna o smartphone resistente à água e à poeira. A promoção Galaxy S7 Premiado é válida até 31 de julho.

*Promoção válida para todas as lojas e quiosques próprios da marca no Brasil.