Arquivo da tag: chocolate

Domingo quente pede paleta mexicana

Previsão de fim de semana é de muito sol e calor, com temperaturas na casa dos 30°C. Que tal aproveitar o clima para fazer uma deliciosa e refrescante Paleta Mexicana?Confira a receita da Adria:

Minipaleta Mexicana de Chocolate e Plugados

Ingredientes

1 litro de sorvete de chocolate
½ embalagem de Biscoito Adria Plugados Leitechok, picados grosseiramente (75 g)

Preparo

– Retire o sorvete do freezer e deixe descongelar em temperatura ambiente por 5 minutos.
– Mexa com uma colher para que a massa fique mais maleável e transfira para uma tigela maior. Junte os biscoitos e misture bem.
– Preencha 12 formas próprias para picolés, com cuidado para não transbordar, e encaixe os palitos. Leve ao freezer e deixe por no mínimo 4 horas antes de servir.

img_mini_paleta_mexicana_540x540.png

Dica: se não tiver as formas próprias para picolé, você pode preparar a receita utilizando copinhos descartáveis para água ou até mesmo montar em uma forma para bolo inglês e servir em fatias.

Rendimento: 12 unidades. Tempo de Preparo: 20 minutos. Calorias por porção: 219,6 kcal.

Fonte: Adria

Anúncios

Chocolate vegano e saudável

Para se manter saudável e em boa forma, cada vez mais pessoas estão optando por produtos vegetarianos ou com ingredientes que não sejam agressivos ao organismo. Não há dados atuais sobre o número de veganos no Brasil, mas uma pesquisa do Ibope, em 2012, constatou que 8% da população brasileira se declarava vegetariana; ou seja, mais de 15 milhões de pessoas.

O certo é que cada vez mais há opções de produtos especiais que atendem tanto a este público como aqueles que têm algum tipo de restrição ou apenas gostam de se cuidar. De olho nesse mercado, que não para de crescer, a Genevy Chocolates Especiais – que é pioneira na fabricação exclusiva de chocolates saudáveis e veganos, e existe desde 2007 – anuncia mais um lançamento que já está nas gôndolas de lojas do segmento natural.

chocolate vegano

A novidade é linha Lion Gourmet, que foi anunciada pela marca na Naturaltech. Com chocolates feitos com açúcar de coco, que possui baixo índice glicêmico, é um açúcar 100% natural, que não é processado e nem contém conservantes, e é rico em vitaminas do complexo B e minerais como ferro, zinco, magnésio e potássio. Além disso, assim como os demais chocolates da empresa, também são zero lactose, caseína, glúten, soja; zero proteína animal e oleaginosas; zero gordura vegetal fracionada ou hidrogenada e gordura trans; e livre de ingredientes geneticamente modificados; além de não conter conservantes e espessantes.

Preço: a partir de R$ 21,00.

Informações: Genevy

Apaixonados por gatos: atenção aos alimentos proibidos

Estima-se que hoje 22 milhões de gatos vivam nos lares brasileiros. Excêntricos por natureza, os felinos já foram animais sagrados no antigo Egito. Ao longo dos tempos, outras nações também adotaram os felinos como animais de estimação e isso fez com que eles fossem domesticados, claro, sem perder a personalidade forte e o instinto nato de caçador.

Para os apaixonados por gatos e para quem deseja adotar um, a especialista da Hercosul Alimentos, Paula Genuíno, alerta para alguns alimentos proibidos para esses animais:

Leite

gato filhote leite.jpg

“Os desenhos animados sempre mostraram gatos ao lado de uma tigelinha de leite, isso acabou virando quase cultural. Porém, tanto o leite como seus derivados fazem muito mal ao bichano”, diz Paula. Os filhotes consomem o leite produzido por suas mães e a composição desse alimento se modifica de acordo com cada espécie. Além disso, cães e gatos têm enzimas específicas que aproveitam o leite apenas até certa idade.

Carne vermelha crua

gato comendo carne warren photographic
Foto: Warren Photographic

“A carne crua é um dos alimentos preferidos dos gatos e certamente eles insistirão para que o tutor os alimente com os restos do bife preparado para o almoço. No entanto, esses alimentos podem causar sérias doenças como a toxoplasmose, por exemplo.”, explica Paula.

Uva

gato legumes cancatseat
Foto: CanCatSeat

Alguns animais podem ter curiosidade por essa fruta, mas ela é considerada uma das mais perigosas para os gatos. “A uva pode ocasionar sérios problemas nos rins, levando o animal a uma crise de insuficiência renal aguda”, completa. Cuidado!

Carboidratos

gato comida
Foto: Pixabay

Pães, arroz, massas e demais alimentos que se enquadram no grupo dos carboidratos causam alergias sérias nos felinos, além de comprometerem órgãos vitais como fígado e rins.

Café

gato café pixabay naobim
Ilustração: Naobim/Pixabay

Café e qualquer outro alimento estimulante não devem ser oferecidos aos gatos, pois são tóxicos ao extremo para a espécie. O chocolate, por exemplo, que também é considerado estimulante, tem a metilxantina – que faz com o que os felinos percam os fluídos corporais.

Alimentação ideal

pixabay gato comendo mão ração
Foto: Pixabay

O mercado está preparado para oferecer alimentos de qualidade para todos os tipos de animais, espécies, idades e características específicas. Petiscos e comidas úmidas também completam a lista.

“Os alimentos específicos para animais de estimação são feitos com produtos frescos e com componentes, vitaminas e tudo mais que eles precisam na quantidade certa para garantir o total funcionamento do corpo. Escolher um alimento de qualidade é garantir que os gatos estarão nutricionalmente completos. Converse com o veterinário e veja quais as indicações que ele sugere para o seu pet, essa é a melhor forma de cuidar do seu bichinho. Estimule sempre o consumo de água; deixando água bem fresca à disposição e incluindo alimentos úmidos na rotina alimentar”, indica.

Fonte: Hercosul Alimentos

N.R.: outro alimento que é um veneno, tanto para gatos quanto para cachorros é o chocolate, portanto, muito cuidado!

 

Já provou tomate com chocolate?

Muito provavelmente, você já provou os famosos espetinhos de frutas com chocolate, facilmente encontrado em shoppings, festas e eventos. Agora, uma nova combinação desse tipo de doce vem conquistando o paladar do brasileiro: o tomatinho sweet grape Trebeschi glaçado no chocolate.

Confira e aprenda a preparar essa delícia:

Sweet grape Trebeschi glaçado no chocolate

Ingredientes
540g de tomate sweet grape Trebeschi embalagem Turma da Mônica
1 abacaxi pequeno
500g de barra de cobertura sabor chocolate Blend
500g de barra de cobertura sabor chocolate branco
1 caixa de palitos finos para espetar todos os tomatinhos que cobrirão o abacaxi
1 placa de isopor para secar

Modo de preparo
1 – Higienize os sweet grapes com hipoclorito de sódio a 2% ou água sanitária apropriada e separe-os em três recipientes, de modo que cada um fique com a mesma quantidade de frutos.
2 – Em um recipiente de vidro ou porcelana, derreta um chocolate de cada vez no micro-ondas, de acordo com a orientação da embalagem.
3 – Pegue um dos recipientes com os tomatinhos, espete os palitos nos frutos e depois mergulhe-os no chocolate blend. Tire o excesso e finque-os na placa de isopor para secar.
4 – Repita o processo com a segunda reserva, mas, desta vez, glace os frutos no chocolate branco.
5 – Após glaçar as duas reservas de tomates, coloque a placa de isopor na geladeira para agilizar.
6 – Depois de secarem totalmente, os tomatinhos estão prontos para decorar o abacaxi. A terceira reserva é para ser utilizada in natura.
7- Agora é só decorar o abacaxi espetando os palitos como na foto ou da maneira que preferir. Bom apetite!

tomate com chocolate.png

Dica: O sweet grape Trebeschi é um tomatinho adocicado, com baixíssima acidez, semelhante ao formato da uva e pode ser encontrado nos principais supermercados do país.

Fonte: Trebeschi Tomates

Yoggi lança sabor Chocolate Maltado

A Rede Yoggi lança, com exclusividade no Brasil, o primeiro frozen iogurte de Chocolate Maltado, feito com o tradicional achocolatado com flocos crocantes. A novidade, com apenas 109 kcal, está disponível em todas as lojas do país e é composta de iogurte 100% natural. O produto, sem gordura, conservantes e glúten, traz ainda mais variedade para o cardápio do Yoggi.

yoggi.jpg

Os clientes podem adquiri-lo por R$ 7,90 (100 gramas) em todas as lojas da rede.

Informações: Yoggi

 

 

Belive lança brownie proteico e muffin zero açúcar

Belive, marca de snacks saudáveis, apresenta as novas opções de brownie proteico e muffin zero açúcar. Os lançamentos são alternativas práticas de produtos proteicos e zero açúcar que se diferenciam das existentes no mercado, como barrinhas e shakes.

A nova versão do brownie com proteína vegetal, no sabor double chocolate, recebe um toque especial de gotas de chocolate amargo. Além de delicioso, tem cinco gramas de proteína de ervilha, chia e arroz. Não contém glúten e lactose, suas proteínas vegetais são fontes de fibras, auxiliam na regulação do trânsito intestinal e no aumento da saciedade.

muffin1

O saboroso muffin zero açúcar, nas versões double chocolate e laranja com gotas de chocolate é perfeita para se deliciar a qualquer hora do dia. Além de ser zero açúcar e sem lactose, é formulado com um mix de farinhas, fornecendo nutrientes para uma vida equilibrada.

muffin2muffin11

Informações: Believe

 

Espírito Cacau produz chocolate gourmet no Espírito Santo

Fundada em 2010, a Espírito Cacau desenvolve uma linha de chocolates premium elaborada com cacau cultivado em duas fazendas capixabas, pioneiras na produção de cacau de origem do Brasil. A empresa integra o Grupo Espírito Cacau que engloba as fazendas, uma fábrica e uma chocolateria, tendo, dessa forma, o controle de todo o processo, desde o plantio do fruto até a produção do chocolate gourmet que é saboreado pelo consumidor.

A linha Espirito Cacau é composta por chocolates nas versões 31%, 46% e 70% cacau em embalagens de 100g, 30g e 5g e também pelo Nibs de Cacau em sachê de 150g. Todos os produtos são elaborados com massa de cacau, açúcar demerara orgânico e lecitina de girassol. Eles não contem glúten, gordura hidrogenada, aromatizantes e nem conservantes em sua composição.

nibs_frontal_alta

A preocupação com a qualidade na produção do cacau nas fazendas São José e Ceará, localizadas à margem do Rio Doce, garantiu ao chocolate Espirito Cacau o segundo lugar no Salão do Chocolate em Paris, maior vitrine gastronômica da linha gourmet e de origem, e também o reconhecimento como Cacau de Excelência pela International Cocoa Awards como um dos melhores da América do Sul, além de fazer parte dos 3,5% do mercado mundial de chocolate com origem única e gourmet.

Segundo o diretor-presidente da marca Espírito Cacau, Paulo Gonçalves, o fato de todo processo ser executado pela mesma empresa garante a excelência no produto final. Um dos fatores que torna o cacau produzido nas fazendas do Grupo de qualidade superior e com certificados de garantia de qualidade é a tecnologia e o manejo utilizados no processo.

“Fazer as atividades no momento certo, respeitando a natureza e o homem é o que garante o sucesso do nosso produto. Além disso, temos em nossas fazendas novas tecnologias que melhoram ainda mais a qualidade do cacau, como material genético, manejo integrado, colheita, fermentação controlada por termômetro e secagem em estufa solar natural, garantindo um cacau com sabor e aroma inigualável”, acrescenta o executivo.

chocolates

Com a produção de 240 toneladas por ano, tudo o que é produzido na fazenda se divide entre exportação e os produtos da Espírito Cacau. “Toda a linha da chocolateria tem alto teor de cacau puro e gordura da manteiga de cacau, utilizando como padrão a legislação internacional”, ressalta Paulo.

Está em fase de finalização o novo parque fabril que terá 3.850 m² de área construída e irá ampliar a produção de 12 para 60 toneladas de barras de chocolate por mês, com isso a empresa irá ocupar uma importante fatia no mercado, podendo produzir também produtos 100% sem lactose. nova fábrica vai contar com uma área de preservação ambiental e projetos de visitação. O projeto, que tem um investimento de R$ 7,6 milhões, é fruto de uma parceria com o programa Invest – ES, do Governo do Estado.

Garantia de origem

SONY DSC

Em Linhares, encontra-se um dos melhores cacaueiros da América Latina. Isto porque o cacau originário das fazendas São José e Ceará, localizadas à margem do Rio Doce. Numa área de 3500.000 m², as amêndoas são selecionadas rigorosamente e produzidas com fermentação controlada e secadas em estufas solares, resultando num chocolate gostoso e saudável. A lavoura de cacau é feita com plantas selecionadas, adubadas e irrigadas sob rigoroso controle técnico, o que propicia um equilíbrio perfeito entre o sabor e a qualidade.

Para ser considerado cacau de origem, além do local de produção, o manejo ecologicamente correto e com enfoque na qualidade do fruto, a justiça e a preocupação social no trato com os produtores e as técnicas rígidas de controle do beneficiamento garantem um padrão de exigência reconhecido internacionalmente.

Por esses e outros motivos as fazendas da Espírito Cacau são as mais tecnicamente formadas, com alta tecnologia e certificação suíça UTZ por serem ecologicamente e socialmente corretas.

Informações: Espírito CacauEspírito Cacau

Villa Roma participa da Segunda Sem Carne com pizzas veganas

Para os adeptos do movimento Segunda Sem Carne, a Villa Roma oferece um cardápio especial sem produtos de origem animal. Entre as salgadas, há opções com mussarela vegana, cogumelos e alcachofra, além da massa, preparada sem ovos e leite. Já para quem não abre mão da sobremesa, a Villa Roma tem também uma pizza irresistível feita com chocolate vegano e pedaços de laranja.

Para incentivar a campanha, quem comprar uma pizza vegana salgada, ganha 50% de desconto na unidade da pizza vegana doce.

Gabriel Marques Pinheiro, proprietário da Villa Roma, acredita que a participação da pizzaria na campanha reforça a ideia de que um prato vegano também pode ser muito saboroso. “Além disso, queremos ser uma opção para quem quer aderir e para quem já possui a rotina de consumir produtos de sem traços de origem animal”.

pizza_zen

A Segunda Sem Carne é uma campanha que conscientiza as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal para alimentação tem sobre os animais, a saúde e o planeta. A proposta é estimular as pessoas a retirarem a carne das refeições um dia na semana para que experimentem novas receitas e maneiras de se alimentarem.

Villa Roma
Jardins: Alameda Jaú, 1191 – (11) 3060-9556
Tatuapé: Rua Serra de Juréa, 215 – (11) 2092-7374
Funcionamento: terça a quinta: das 17h às 24h, sexta e sábado: das 17h à 1h, domingo: das 18h às 23h

 

Cacau é o novo queridinho das dietas nesta estação

Conheça os benefícios que o consumo regular do fruto pode trazer para a sua saúde e boa forma

No inverno, devido às baixas temperaturas, muitas vezes acompanhadas por aquela chuvinha constante que diminui ainda mais a sensação térmica, os programas ao ar livre ou fora de casa ficam comprometidos. As pessoas migram de lugares abertos para ambientes fechados e aconchegantes que proporcionam maior conforto e abrigo do frio. Consequentemente os cardápios também sofrem alterações, dando lugar a pratos quentes e mais encorpados, que aumentam a sensação de bem-estar. Entre eles estão os derivados de cacau, que figuram no topo da lista dos alimentos que são a cara da estação, afinal quem resiste a um belo fondue de frutas ou um chocolate quente bem cremoso?

O fato é que essas delícias típicas podem colocar em risco a boa forma, por isso muitos tentam evitá-las. No entanto, o que boa parte das pessoas ainda não sabe é que é possível saborear esses quitutes de maneira saudável e sem prejudicar a dieta, especialmente quando se trata do cacau, que dá origem ao tão amado chocolate. Especialistas afirmam que o consumo do alimento, da forma correta, não só pode trazer diversos benefícios para nossa saúde como ainda é capaz de potencializar a dieta e enxugar a silhueta. O cacau, além de ser uma delícia, é considerado um dos alimentos funcionais mais poderosos.

As vantagens vão além da sensação de bem-estar

Segundo a nutricionista da Nature Center, Luciana Guerreiro, o fruto é rico em nutrientes que têm seus benefícios comprovados cientificamente: “Ele possui polifenóis e flavonoides, o primeiro elemento atua na redução da pressão arterial e também age para melhorar a saúde do coração, e o segundo trata-se de antioxidantes potentes, com ação extremamente hidratante, que age protegendo o organismo do excesso dos radicais livres – moléculas que, em grande quantidade, danificam vários tecidos corporais – e ainda previnem o envelhecimento precoce”.

De acordo com Luciana, além desses benefícios, os grãos contêm vitaminas, minerais e ainda possuem propriedades anti-inflamatórias e antialergênicas. “A polpa tem vitaminas A, B1, B2, e vitamina C, além de fibras e minerais como o magnésio, cobre, cromo, manganês, zinco ferro, fósforo e cálcio”.

O cacau carrega a fama de ser um grande aliado no combate ao mau humor e a maior vantagem atribuída ao fruto é a sensação de bem-estar gerada graças ao estímulo à produção de serotonina, mas a especialista afirma que seu efeito benéfico se estende muito além disso, confira os principais:

mulher sorrindo

Melhora o bom-humor: o fruto contém um aminoácido chamado triptofano que é responsável pela produção de serotonina, neurotransmissor ligado ao bem-estar, e ainda é fonte de dopamina, que auxilia em uma maior sensação do prazer;

Excelente para mulheres: o triptofano também ajuda na saúde feminina prevenindo corrimentos, auxiliando no aumento da lubrificação íntima e combatendo os sintomas da TPM;

pele_linda

Melhora a saúde da pele: algumas substâncias como o retinol, ácido ascórbico e vitaminas do complexo B estão presentes no cacau, por isso o alimento é utilizado em máscaras que promovem a hidratação e oxigenação da pele. A nutricionista explica que: “O ácido ascórbico auxilia na eliminação das células mortas e suaviza as linhas finas por meio da esfoliação e os antioxidantes ajudam a retardar o processo de envelhecimento da pele”;

Amigo do coração: por ser fonte de magnésio, o cacau é capaz de diminuir as chances de coágulos sanguíneos se formarem o que, consequentemente, reduz os riscos de ataques cardíacos e derrames;

Fortalece a imunidade: o alimento estimula a produção de um tipo de glóbulos brancos: os linfócitos, que agem no sistema imunológico humano, defendendo o organismo contra vírus e bactérias;

Chocolate-bom-pra-saúde

Aliado do cérebro: os flavonoides também auxiliam na prevenção de patologias como a demência, poisa síndrome está relacionada a um fluxo menor de sangue ao cérebro, e o fito nutriente trabalha justamente aumentando a circulação sanguínea e de oxigênio nessa área. “A dopamina presente no cacau também atua no controle do movimento e memória, já a feniletilamina age no sistema nervoso central, por isso ele é associado à um melhor desempenho cognitivo” – afirma a nutricionista.

Cacau e boa forma

O cacau ajuda o corpo a metabolizar o açúcar e reduzir a resistência à insulina, por isso, ele é considerado um aliado na luta contra a diabetes. Seus polifenóis contribuem para o aumento da sensibilidade ao hormônio que regula os níveis de açúcar no sangue. O fruto também ajuda a regular a flora intestinal, pois flavonoides presentes em sua composição servem como alimento para as bactérias probióticas, que beneficiam o funcionamento do intestino.

Além disso, estudos apontam que o consumo de derivados do cacau antes e depois dos exercícios físicos pode aliviar o desgaste muscular e as dores, contribuindo também no processo de regeneração muscular e ainda melhora a oxigenação nessa área durante o treino, aumentando a performance, por ser um potente vasodilatador.

cacau AlexandreHenryAlves
Foto: Alexandre Henry Alves

Consagrado pelo chocolate

O cacau é a principal matéria-prima de um dos doces mais amados no Brasil e no mundo. É difícil encontrar quem não aprecie o quitute, no entanto, para aproveitar os seus benefícios, o chocolate deve apresentar uma boa concentração do fruto, além disso, para conservar o efeito dos seus nutrientes é preciso ficar atento aos outros componentes da fórmula.

De acordo com a lei para ser comercializado como chocolate o alimento deve conter no mínimo 25% de cacau em sua composição, mas isso não o qualifica entre os melhores para a saúde e dieta, pois, os 75% restantes geralmente são compostos por leite integral, açúcar, aditivos, gordura hidrogenada e outras substancias químicas.

A nutricionista explica que o ideal é optar por versões com um percentual de cacau maior, pois, quanto mais elevada for a quantidade do fruto maior será o potencial nutritivo do alimento. “Não adianta consumir um chocolate rico em açúcar, ele vai gerar um pico de açúcar no sangue e logo, do hormônio Insulina, gerando mais fome, compulsão e a temida gordurinha abdominal”, diz a nutricionista.

Outra dica da especialista é evitar o chocolate diet: “Ele é indicado somente para quem tem diabetes por não conter açúcar, mas para quem não possui a doença ele não é uma boa opção, pois contém a química de um adoçante de qualidade ruim e também pode gerar pico de Insulina, somente pelo sabor doce que ele contém. O consumo recomendado para um cardápio saudável deve girar em torno de 30 gramas da guloseima por dia, mas procure sempre os chocolates com percentual de cacau acima de 60% e com xilitol ou stevia, adoçantes mais naturais, quando usados”.

Veja os diferentes tipos e suas características

chocolate amargo pixabay

50%: Indicado para quem quer começar a degustar um chocolate com maior qualidade. Nesse percentual é possível sentir um gosto diferenciado e uma acidez mais intensa;
60%: Essa versão apresenta um traço amargo mais acentuado e maior índice de retrogosto –lembrança do gosto que permanece na boca após o consumo do alimento;
75%: Esta faixa de concentração de cacau apresenta um equilíbrio entre o prazer do sabor e a qualidade do produto. Seu gosto é intenso e marcante.
85%: Nesta versão o sabor intenso e amargo remete ao café preto e sua textura derrete de forma bem lenta na boca. Não contém adição de açúcar.
99%: É um dos mais difíceis de ser encontrado no mercado e possui um sabor salgado, porém é o que apresenta maior concentração de flavonoides.

Outras versões do cacau

Há outros subprodutos do cacau para o consumo, como sua polpa, suco, geleia, destilados finos e sorvete. Ao contrário do que acontece com a formulação do chocolate que, além do fruto, recebe vários outros ingredientes que o tornam gorduroso e calórico, alguns itens, como a polpa e o cacau em pó, se mostram uma alternativa mais atraente para quem deseja potencializar a dieta e manter a boa forma, aproveitando ao máximo todos os nutrientes do alimento.

cacau

Utilizado nas mais variadas receitas, a versão em pó é livre da adição de açúcar e é altamente recomendada como substituta para os tradicionais achocolatados consumidos com frequência no café da manhã. A especialista ainda afirma que o cacau em pó pode agregar sabor e saúde à diversos preparos: “Pode ser polvilhado em cima do iogurte ou de frutas como a banana, por exemplo, sem a necessidade de adoçar, ou usado na preparação de bolos, cookies, panquecas, shakes e vitaminas. Outra opção é preparar o chocolate quente, que é a cara do inverno, com o chocolate em pó em leites vegetais como leite de castanhas, de amêndoas e de coco. Como o sabor dessa versão é mais forte e marcante, não é preciso utilizar muito, a quantidade vai depender da receita e do paladar”, finaliza

Fonte: Nature Center

 

Barista ensina deliciosa receita de chocolate quente

Aliado nos dias mais frios e também queridinho dos brasileiros, o chocolate quente dá energia e sensação de bem-estar. Confira a receita de Ewerton Mori, barista Santa Mônica.

Ingredientes:
50g de chocolate ao leite
100 ml de café feito na cafeteira italiana (moka)
½ colher de sopa de xarope aromatizante de avelã
1 colher de sopa de pasta de avelã
Canela opcional

Modo de preparo:
Derreta o chocolate ao leite e reserve. Na taça mini Bill, espalhe no fundo a passa de amendoim e o chocolate derretido, coloque o xarope de avelã e por último adicione o café. Observação: antes de beber, mexa a bebida para que a pasta de amendoim e o chocolate se misturem com o café e o xarope.

chocolate quente

Fonte: Café Santa Mônica