Arquivo da tag: férias

Hotel Terras Altas é opção para viajar com pet

Localizado a 25 km de São Paulo, em Itapecerica da Serra, próximo a Embu das Artes, o hotel aceita animais de pequeno porte

Aproveitar os finais de semana e feriados viajando é uma ótima pedida, mas pode ser uma dor de cabeça para quem tem animal de estimação. O Hotel Terras Altas é uma boa opção para quem não abre mão da companhia do seu pet, já que aceita cães de pequeno porte (até 5 kg) sem cobrança de taxa extra.

terras altas

Para se hospedar com o seu animalzinho de estimação, o cliente deve apresentar a carteirinha de vacinação e levar os itens de primeira necessidade, como vasilhas para alimentação e água, ração e brinquedos, entre outros. A circulação é livre na área externa – exceto nas piscinas – desde que o animal esteja utilizando guia. Durante a noite, o cãozinho pode dormir junto aos donos no apartamento.

Localizado a apenas 25 km de São Paulo e a 10 minutos do rodoanel Mário Covas, em Itapecerica da Serra, o hotel tem uma vasta área de Mata Atlântica que permite uma experiência que une a paz da natureza exuberante ao aconchego do interior paulista.

Pets_c01 terras altas

O hotel conta com 102 apartamentos com ar-condicionado e calefação, estação de trabalho, internet banda larga (cabo), cofre eletrônico, TV a cabo e minibar, além de estrutura completa de lazer , com duas piscinas (sendo uma aquecida), playground, quadras de futebol, tênis e vôlei (areia), sala de ginástica e monitoria para crianças e adultos. O empreendimento também oferece programação recreativa como trilhas ecológicas, passeios monitorados à horta e muito mais.

Pets_c03.jpg

O pacote para o casal, no final de semana (sexta a domingo), sai por R$1.300,00 + taxas e inclui estadia em apartamento superior duplo, pensão completa (bebidas cobradas à parte), e cortesia para uma criança de até 12 anos.

Informações: Hotel Terras Altas

Crianças de férias exigem cuidados com saúde bucal

Férias de julho podem representar o momento de maior risco para crianças em relação à ação de bactérias que podem causar o problema dentário. Isto porque é no período longe da escola que os pequenos consomem mais alimentos ricos em açúcares, deixando os dentes mais tempo expostos à acidez, o que pode acarretar na rápida perda de minerais e surgimento de cáries e amidos.

Dados do Ministério da Saúde mostram que, em 2010, 56% das crianças de 12 anos apresentavam pelo menos um dente com cárie. Entre os adolescentes de 15 a 19 anos o número chega a 90%. Crianças com dente de leite possuem índices que também preocupam. Aos cinco anos, cerca de 60% sofrem do mal. Cáries em dentes de leite exigem cuidado.

De acordo com a dentista da CISE – Clínica Integrada Santo Expedito, Paula Karam, durante as férias as crianças estão mais propensas a consumirem doces, seja em casa, seja no passeio, fatores que agravam o cenário da saúde bucal. “Alimentos à base de sacarose são os maiores vilões dos dentes, por isso, precisam ser consumidos com cuidado e moderação para evitar o aparecimento de cáries”, explica.

criança doce.png

O hábito de higiene deve ser adquirido desde cedo, uma vez que é na primeira infância que se dá a calcificação dos dentes permanentes, possibilitando que o permanente nasça e se desenvolva de forma saudável. “Fazer a higienização bucal adequada por meio da escovação dos dentes após as refeições, uso do fio dental, limpeza da língua e das bochechas, são hábitos saudáveis que precisam ser implantados desde a infância e com o acompanhamento de um adulto”, orienta a dentista.

Ainda segundo Paula Karam, para evitar o aumento de cáries no período de férias, é importante também, que pais insistam na escovação após as refeições e as beliscadas em doces. “Nesse período de férias escolares as crianças costumam comer bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes, batata frita e bala grudenta. A bactéria da cárie é atraída por coisas doces”, resume.

menina escovando dente
Foto: TodaysParent

Dicas de escovação

– Use uma pequena mancha de pasta de dente;
– Incline a cabeça da criança para que ela fique com a boca para baixo, de modo que a pasta de dentes escorra na pia;
– Use uma escova com cerdas macias projetada para escovar os dentes da criança ou bebê;

stay at home mum mulher criança dentes
Foto: StayAtHomeMum

– Se a criança tem dificuldade ao segurar uma escova de dente, tente fazer a alça mais grossa, colocando-o dentro de uma bola de tênis, por exemplo. A alça da escova também pode ser presa a mão da criança com uma fita ou velcro;
– Quebre o processo em pequenos passos para que a criança possa entender e praticar, colocando uma mão sobre a mão da criança para orientar o movimento da escova;
– Escove a língua.

Fonte: CISE – Clínica Integrada Santo Expedito

Pátio Higienópolis tem programação de férias especial

Durante todo o mês de julho, o Shopping Pátio Higienópolis tem uma série de atrações especiais, para atender crianças de todos os gostos:

Cine de Férias: aqui o cinema é a brincadeira. Até o dia 23 de Julho, no Vão Central, o mundo mágico do cinema é a recreação, em vários cenários. Os protagonistas serão as crianças até 12 anos, que poderão se divertir e aprender com as atividades: Oficina de História em Quadrinhos, Customização de Acessórios, Festa de Premiação, Paper Toy de Cineasta e Camarim, além da piscina de bolinhas multicoloridas. Em todas as atividades, as crianças serão incentivadas a viajar pelo mundo do cinema e criar suas próprias histórias.

1Cine-de-Férias-SPH-704x1024 (1).jpg

Ecoparque Discovery: de 26 de Julho a 6 de agosto, entra em cena o tema sustentabilidade, com o Ecoparque Discovery Kids, que leva as crianças a interagir, de forma lúdica, com a importância da natureza e da preservação do planeta, proporcionando novas descobertas, individualmente e em grupo, passando por diferentes paisagens do mundo no circuito. Os protagonistas dos desenhos Floogals, O Zoo da Zu, Miss Moon, Super Wings e Doki, atrações das telinhas, se transformam em áreas temáticas do Ecoparque. O trajeto é organizado em torno de uma grande árvore, envolvida por surpresas e desafios que exigem cooperação entre os participantes. Também no Vão Central.

Teatro Infantil: até o dia 30 de Julho, o Teatro Folha apresenta nove peças infantis para crianças de diferentes idades, de segunda a domingo: A Chapeuzinho Vermelho (2af 16h), Espartanos (2af 18h), Estripulias no Circo (3af 16h), A Mala de Hana (3af 18h), Pinocchio (4af 16h), Nerina, a ovelha negra (5af 16h), O Flautista de Mamelin (6af 16h), O Grande Circo Científico (sáb e dom 16h) e João e o Pé de Feijão (sáb e dom 17h40).

banner_site

P.F. Chang’s: até 31 de julho, o Menu Kids será cortesia para crianças de até 10 anos, no almoço e no jantar. O cardápio conta com inspirações de pratos do Japão, da Tailândia, da Mongólia e da China. Entre as opções para crianças, estão o kid’s chicken (cubos de frango empanados e fritos) e o baby Buddha’s feast (ervilha torta, cenoura e brócolis feitos ao vapor ou salteados na wok). Os pratos podem ser acompanhados do kid’s chicken fried rice (arroz com frango e cenoura) ou do kid’s lo mein (clássico macarrão chinês com tiras de frango).

Férias no Butantan tem oficinas para construir micróbios e ninhos de aves

A programação é gratuita e acontece de 18 a 23 de julho

O Instituto Butantan, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e um dos maiores centros de pesquisas biomédicas do mundo, terá programação especial de férias de hoje (18) a 23 de julho. Com oficina para construir micróbio, ninho de aves e até animais de origami, as atividades são todas gratuitas e atendem a diversos públicos (veja programação completa aqui).

Os visitantes poderão construir seus próprios ninhos na oficina “Ninhos: como são feitos”, nos dias 19 e 21 de julho. Os participantes vão aprender mais sobre os diferentes tipos de ninhos e como são construídos pelas aves.

Picture1

Outra oficina sobre aves acontece no dia 21 de julho, entre 11h e 12h, quando será possível acompanhar a demonstração de um anilhamento, técnica de marcação utilizada por pesquisadores no monitoramento desses animais. O ornitólogo do Museu Biológico Luciano Lima vai realizar a atividade e ainda conversar com o público sobre o trabalho.

As crianças com idades entre 4 e 10 anos também podem participar da atividade “Construindo seu micróbio”, nos dias 19 e 20 de julho, das 10h às 13h. Durante a ação, as crianças irão auxiliar na construção de um micróbio de balão.

Para estimular a criatividade, haverá também a oficina de Origami, em que os participantes poderão produzir, com papel, animais estudados no Butantan, como serpentes, sapos, escorpiões e aves. A atividade acontece durante toda a semana. De 18 a 21 (terça a sexta) será das 13h às 16h; mos dias 22 e 23 (sábado e domingo), das 10h às 12h.

butantan

A semana também contará com atividades relacionadas a serpentes, com os projetos “Mão na Cobra”, “Do veneno ao soro: extração do veneno de serpentes” e “Cobras Voadoras” – em que o público vai explorar os movimentos das cobras por meio da confecção de malabares.

No Café Científico, haverá uma roda de conversa com pesquisadores sobre dois temas: “Dos peixes peçonhentos ao Zebrafish: uma história de pesquisa no Instituto Butantan” e “Como é a vida das serpentes no Museu Biológico do Butantan”.

Outra oficina é a Morcegarte, em que serão construídos morcegos com balão. Haverá ainda atividades lúdicas como “Oficina dos sentidos” e “Caixa sensorial”, e a prática investigativa “Missão Terra Dura”. Para se divertir e aprender haverá o #PartiuButantan, inspirado no jogo Pokémon Go. A importância de higienizar as mãos também é tema nas férias do Butantan.

butantan2

A programação acontece em tenda montada no gramado e também pelo Parque do Butantan.

Serviço
Férias no Butantan
18 a 23 de Julho de 2017
Local: Av. Vital Brasil, 1500, Butantã – São Paulo
Confira a programação aqui
Gratuita

Chef ensina receitas rápidas para uma deliciosa maratona de séries e filmes

Férias de julho, crianças em casa, e tem algo mais gostoso do que tirar um dia para fazer uma maratona de filmes e séries favoritos? Pensando nisso, Becel, Hellmann’s, Knorr e Maizena separaram algumas receitas que têm tudo a ver com uma tarde em frente à TV.

Pãezinhos de queijo

pão de queijo.JPG

Ingredientes
2 xícaras (chá) polvilho doce
meia xícara (chá) leite desnatado
meia xícara (chá) creme vegetal Becel
meia colher (chá) de sal
1 ovo
100 gramas de queijo-de-minas padrão ralado no ralo grosso

Para untar e enfarinhar
Becel e farinha de trigo

Modo de preparo
Unte e enfarinhe 12 fôrmas para empada pequenas (7 cm de diâmetro). Reserve.
Pré-aqueça o forno em temperatura média (180° C).  Em uma tigela média, coloque o polvilho. Em uma panela, junte o leite, o creme vegetal Becel e o sal, e leve ao fogo médio, mexendo sempre até o creme vegetal Becel derreter e a mistura começar e ferver. Despeje a mistura fervente sobre o polvilho reservado e misture até ficar homogêneo. Junte o ovo e o queijo, e misture delicadamente até obter uma massa levemente pastosa. Coloque porções de massa nas fôrmas reservadas, sem encher muito. Leve ao forno por 20 minutos ou até dourar. Desenforme ainda quentes com cuidado e sirva quente ou morno.

#DicadoChefSe preferir, substitua o queijo-de-minas padrão ralado por queijo tipo parmesão ralado.
Rendimento: 12 unidades. Tempo de preparo: 1 hora.

Muffin de frango e queijo

muffin

Ingredientes
1 xícara (chá) de leite
1 cubo de caldo de galinha Knorr
2 ovos
1 colher (sopa) de margarina sem sal
100 gramas de queijo-de-minas padrão ralado no ralo grosso
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo
Unte e enfarinhe 12 fôrmas grandes para empada (7 cm de diâmetro). Reserve.
Pré-aqueça o forno em temperatura média (180°C). Em uma panela, ferva o leite e dissolva o cubo de caldo de galinha Knorr. Em uma tigela, misture os ovos, a margarina, o queijo e o caldo reservado.
Adicione a farinha e o fermento e misture até que a massa fique pastosa.
Coloque porções de massa nas fôrmas, sem enchê-las muito. Disponha as fôrmas em uma assadeira grande (40 x 28 cm) e leve ao forno por 20 minutos, ou até que um palito, ao ser espetado na massa, saia limpo.
Desenforme os muffins ainda mornos e sirva-os frios.

#DicadoChef: você pode incrementar a massa adicionando ervas frescas picadas como alecrim, tomilho, orégano ou cheiro-verde. Para um bonito efeito visual polvilhe a cobertura da massa com sementes de papoula ou sementes de gergelim antes de levar ao forno. Sirva o muffin no lanche da tarde acompanhado de suco de frutas ou prepare em formas menores de empada e sirva como salgadinho.
Rendimento: 12 unidades. Tempo de preparo: 1 hora

Sanduíche quente de carne

sanduiche quente de carne

Ingredientes
250 g de filé-mignon cortado em tiras
1 dente alho amassado
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 cebola média cortada em tiras
meio pimentão vermelho cortado em tiras
meio pimentão verde cortado em tiras
3 colheres (sopa) de ketchup Hellmann’s
1 colher (sopa) de molho de mostarda Hellmann’s
1 colher (chá) de molho inglês
1 xícara (chá) de maionese Hellmann’s
6 pães-folhas
1 colher (chá) cheiro-verde picado

Modo de preparo
Em uma tigela, coloque as tiras de carne e tempere com o alho e o sal. Coloque o azeite de oliva em uma panela pequena, aqueça em fogo médio e frite as tiras de carne por 5 minutos. Junte a cebola, os pimentões e refogue por mais 5 minutos. Acrescente o ketchup Hellmann’s, o molho de mostarda Hellmann’s, o molho inglês e aqueça por mais 3 minutos. Retire do fogo e reserve. Pré-aqueça o forno em temperatura média (180ºC). Espalhe a maionese Hellmann’s sobre os discos de pão, distribua a mistura reservada sobre os discos de pão, salpique o cheiro-verde e enrole cada um formando um rocambole. Coloque-os em uma assadeira retangular grande (40 x 28cm) deixando um espaço entre eles e leve ao forno por 5 minutos. Retire do forno e sirva.

#DicadoChef Caso não encontre pão-folha, utilize outro tipo de massa bem fina que dê para enrolar.
Rendimento: 6 porções. Tempo de preparo: 15 minutos.

Bolo de caneca

maizena

Ingredientes

1 ovo
4 colheres (sopa) de leite
2 colheres (sopa) margarina sem sal
4 colheres (sopa) de açúcar
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de amido de milho Maizena
2 colheres (sopa) de achocolatado em pó
meia colher (chá) de fermento em pó

Modo de preparo
Em uma tigela coloque o ovo, o leite e a margarina, e bata bem. Junte o açúcar, a farinha de trigo, o amido de milho Maizena, o chocolate e o fermento, e misture até ficar homogêneo. Divida a massa entre duas canecas altas de porcelana ou vidro e leve ao forno de micro-ondas, em potência máxima, uma de cada vez, por 2 minutos e 30 segundos, ou até que um palito, depois de espetado na massa, saia limpo.
Repita a operação com a outra caneca e sirva em seguida.

#DicadoChef Se desejar um bolo com o perfil mais forte e marcante de chocolate, troque o achocolatado em pó por chocolate ou cacau em pó.
Rendimento: 2 unidades. Tempo de preparo: 7 minutos.

 

 

 

 

 

Criança e Consumo: dicas para férias serem divertidas e com menos consumo

Programa do Alana apresenta sugestões de atividades simples para as crianças
Julho é o mês das férias escolares, com as crianças em casa, normalmente o consumo aumenta. Mas é possível aproveitar esse período com os pequenos de uma maneira divertida, sem gastar muito e reduzindo o uso de equipamentos eletrônicos e as idas aos centros comerciais, diminuindo assim, a exposição da criança à publicidade e o incentivo ao consumismo.
“Construir uma sociedade não consumista não é um trabalho individual. É uma construção coletiva que depende do esforço de todos. E o período de férias escolares pode ser um excelente momento para refletir sobre o tema”, diz Ekaterine Karageorgiadis, coordenadora do programa Criança e Consumo, do Alana.
O Criança e Consumo listou algumas sugestões para auxiliar mães, pais e responsáveis a proporcionar um mês de férias com muita diversão e baixo consumo.
1 – Brincar sem consumir
A imaginação é o maior recurso para o brincar. Incentive as crianças a criarem seus brinquedos e brincadeiras com os objetos disponíveis em casa. Um lençol, por exemplo, pode virar uma capa ou uma cabaninha. (Veja mais aqui)
menino-brincando-dodgertonskillhause
Ilustração: Dodgertonskillhause
2 – Menos telas
Os pais podem estabelecer um combinado sobre quanto tempo a criança pode assistir TV ou usar computadores, tablets e celulares. Incentivar outras atividades, como ler um livro, ou mesmo o ócio podem ser alternativas à tela. Reduzir seus usos, diminui também a exposição dos pequenos às comunicações mercadológicas e o incentivo ao consumismo infantil. (Veja mais aqui)         
criança televisão
3 – Refeições divertidas
Ao invés de sair com a criança para comer alguma coisa na rua, que tal preparar uma refeição em casa? Reunir os pequenos na cozinha é uma atividade simples e divertida. (Veja mais aqui)
pai crianças café
4 – Passeios
Troque os grandes centros de compras por passeios em museus, planetários, pontos turísticos de sua cidade, lugares que podem render uma boa diversão, além de incentivar a descoberta de novos interesses pelas crianças. No final de semana, reúna as crianças, familiares, vizinhos e amigos e organize um piquenique acompanhado de brincadeiras. Pode ser no parque, na pracinha, ou mesmo no condomínio. Será um dia diferente!
282848_602400_piquenique_1__7__web_
5 – Organize uma Feira de Trocas de Brinquedos
Aproxime a comunidade e organize uma Feira de Trocas de Brinquedos (saiba mais aqui), a iniciativa do Criança e Consumo foi criada há cinco anos, como uma maneira engajada e divertida de repensar forma como consumimos, envolvendo adultos e crianças na prática desta reflexão.
criancas-presente
Foto: Sideshowmom/Morguefile
Sobre o Criança e Consumo
Criado em 2006, o programa Criança e Consumo, do Alana, atua para divulgar e debater ideias sobre as questões relacionadas à publicidade dirigida às crianças, assim como apontar caminhos para minimizar e prevenir os malefícios decorrentes da comunicação mercadológica.
Sobre o Alana
Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, o Alana é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”. 

Estratégias para não deixar o treino de lado durante as férias

Cris Senna, atleta criadora do Desafio VIP 60, ensina algumas medidas simples para manter a rotina de exercícios, mesmo com a mudança de rotina que as férias costumam causar

Crianças em casa, horários diferentes, viagens. Época de férias escolares, a rotina muda de um dia para o outro e os hábitos cultivados por meses são esquecidos. Essas alterações no cotidiano costumam afetar diretamente os treinos físicos.

Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) mostra que 27% das pessoas – quase uma em cada três – abandonam o treino nesse período. E pior: essa “pausa”, que deveria ter data certa para terminar, pode se tornar definitiva, pois muitos acabam desistindo dos exercícios.

Cris Senna, ex-proprietária de uma academia, testou diversas modalidades até chegar ao Desafio Vip 60, método que mistura exercícios de alta intensidade (Hiit) com movimentos de artes marciais. Acostumada a se dedicar a atividades físicas o ano todo, a atleta dá dicas simples para não interromper os exercícios físicos nas férias.

Gerencie seu tempo

mulher relogio frutas shutt.png
Foto: Shutterstock

Parece um paradoxo, mas com o aumento de atividades no período de férias, o tempo para se dedicar aos exercícios diminui. “Muita gente deixar para resolver pendências nas férias, como fazer uma consulta médica que não consegue encaixar na agenda do dia a dia, fazer um curso, ou até mesmo atividades de lazer que não cabem na rotina quando se está trabalhando. O importante é achar um tempinho para treinar entre os compromissos. Pode ser logo ao acordar ou no final do dia: o importante é não abandonar o treino”, sugere a atleta.

Segundo ela, é possível manter a forma com menos de 20 minutos diários de dedicação. “O Desafio VIP 60 é um método adaptado à realidade de pessoas comuns, que não têm tempo a perder”, explica.

Estabelecer prazos e metas também é uma forma de alcançar resultados e não perder o pique para treinar, mesmo que durante as férias. “O que importa é a persistência. Apesar do tempo curto, não desista nem abra exceções. Mantenha o foco no treino e siga em frente”, ensina.

Foque nos resultados

cama mulher sono dormir pixabay dieter robbins
Foto: Dieter Robbins/Pixabay

Depois de passar meses e meses trabalhando o corpo, seria uma pena colocar tudo a perder durante as férias, não é mesmo? “Pensar nos resultados dos treinos gera motivação. Quando a preguiça bater, lembre-se de quando começou a treinar, do que o motivou, e o que mudou em sua vida até aqui. Avalie seu progresso na forma física e na qualidade de vida, certamente isso irá ajudá-lo a manter-se focado”, diz.

Aposte no “projeto biquíni”

mulher biquini praia shutterstock.png
Foto: Shutterstock

Férias é tempo de descontração e, por estarmos no Brasil, mesmo no inverno pode rolar um final de semana na praia, ou em um sítio com piscina. “Lembre-se de como será bom para a sua autoestima se estiver com o corpo em forma para essas ocasiões”, frisa Cris. Além disso, quem se dedica a treinar regularmente tem outra vantagem: disposição extra para algumas atividades realizadas nas férias, como brincar com crianças ou fazer algum programa ao ar livre. “A atividade física deve fazer parte da sua rotina, independentemente de você estar de férias ou não. Encare os treinos não como uma obrigação a cumprir, mas como um estilo de vida e um investimento no seu bem-estar”.

Adapte o treino à viagem em família

familia shutterstock
Foto: Shutterstock

Muita gente aproveita as férias para viajar com a família. “Lugares diferentes podem não ser 100% adequados para a realização de exercícios. Isso à primeira vista pode parecer um obstáculo impossível de superar, mesmo para quem quer manter o hábito de treino”, comenta.

O Desafio VIP 60 é adaptado ao cotidiano de pessoas comuns, que precisam manter a forma mas têm pouco tempo e espaço disponível. Além disso, o método propõe começar com movimentos mais simples e ir evoluindo, para se adequar aos praticantes de todos os níveis de condicionamento.

“Os treinos podem ser feitos em lugares com espaço reduzido, como quartos de hotel. Para maior mobilidade, temos o app do método, que reúne módulos de exercícios, dicas motivacionais e receitas fitness. Essa praticidade deixa pouca margem para as tradicionais desculpas”, explica.

“Como o celular se tornou um objeto cotidiano, o aplicativo, além de abrir a possibilidade de se exercitar em áreas externas, evita qualquer desculpa para abandonar os treinos, mesmo durante viagens”, diz.
Fonte: Cris Senna é praticante de esportes há mais de 15 anos, ex-proprietária de uma academia em Belo Horizonte, que manteve por oito anos. Após notar dificuldade dos alunos em atingir os objetivos desejados, mesmo sendo assíduos na academia, passou a pesquisar métodos de exercícios que fossem mais eficazes em menos tempo. A partir daí criou o Desafio VIP 60.

 

 

 

Cinco dicas para quem quer aproveitar as férias escolares e economizar

Todo mês de julho a grande incógnita é saber quanto as férias impactam no orçamento doméstico. Filhos em casa, sem a rotina dos outros meses do ano, acabam gerando despesas extras  que, em um momento de crise como o que estamos vivendo, não são nada agradáveis.

Separamos algumas dicas de aplicativos, para baixar em seu smartphone, sites e canais do YouTube para ajudar a ficar por dentro de como aproveitar melhor as férias escolares tirando vantagens de ofertas e atividades mais econômicas.

Para economizar nos lanches divertidos: Com as crianças em casa, é importante sempre ter boas opções de comidinhas nutritivas  e atrativas. Pesquisar os mercados mais em conta para as compras é muito fácil com a ajuda do aplicativo AondeConvem, que busca nas lojas próximas  onde estão as promoções  de alimentos para inovar nas receitas.

Para desenvolver as habilidades culinárias dos pequenos: Depois de fazer as compras com economia, que tal ensinar as crianças a cozinhar? No YouTube existe o canal Tem Criança na Cozinha, com uma seleção de receitas fáceis e nutritivas para serem feitas em família. As dicas vão desde bolo de fubá até pão de queijo e esfiha.

criança na cozinha.png

Para educar divertindo: Existem várias alternativas de aplicativos para a alfabetização de crianças. Um dos mais famosos é o ABC do Bita, no qual os personagens interativos estimulam raciocínio lógico e coordenação motora. Cada um dos jogos, com músicas em português, apresenta uma  nova letra.

abc.png

Para pais e filhos entrarem no mundo virtual: Nos dias de hoje, tão essencial quanto ler e escrever é saber programar. Desenvolvido no MIT, o projeto Scratch tem versão em português e junta adultos e crianças em uma comunidade criativa para criar estórias, jogos e animações interativos. A idade indicada é de 8 a 16 anos, mas é  utilizado por  pessoas de todas as idades.   

scratch.png

Enquanto as crianças brincam, as mães relaxam: Ter as crianças  o tempo todo  em casa é uma delícia, mas esgota  as energias das mamães ou outros responsáveis. Renovar as energias para aguentar a maratona de julho é essencial e a meditação é ideal para isso. O aplicativo Medita! é um exemplo, com meditações guiadas em oito temas: Mindfulness, Meditações Essenciais, Insights & Reflexões, Orações & Mantras, Meditações da Lua cheia, Quem é Você, Meditando com Tradições Espirituais e Relaxando & Meditando.

medita

Crianças em férias: atenção redobrada com energia elétrica

Tão esperado pelas crianças, o período das férias escolares é um convite para as brincadeiras ao ar livre. Uma das preferidas, e que nunca sai de moda, é empinar pipas. Mas não só. Com a tecnologia cada dia mais em alta, a diversão também está dentro de casa, nos games e computadores. De um modo ou de outro, dentro ou fora de casa, esta época do ano traz consigo um aumento natural de acidentes de origem elétrica, portanto, todo cuidado é pouco!

Embora a recomendação de não soltar pipas próximo à fiação elétrica seja recorrente, ocorrências do gênero são registradas a cada ano. Desse modo, as orientações básicas continuam valendo: prefira soltar pipas em parques ou campos abertos; se a pipa ou a rabiola enroscar na fiação da rede elétrica não tente puxar, pois os fios podem se tocar e provocar um curto­-circuito; além de proibido, o uso de cerol na linha da pipa pode danificar cabos da rede elétrica e provocar acidentes graves com ciclistas e motociclistas.

pipa pixabay
Foto: Pixabay

E para as crianças que acabam ficando mais tempo “plugadas” nos games e computadores, um cuidado importante é ensiná-las a retirar o equipamento da tomada puxando pelo corpo do plugue e nunca pelo cabo, pois isso pode danificar a extremidade do condutor e provocar um choque elétrico. Equipamentos com falha de isolamento também podem tornar a brincadeira fatal. Por isso, o melhor é realizar uma checagem geral, além de orientar que não liguem muitos aparelhos na mesma tomada, evitando a sobrecarga. Manter os cabos organizados e fora do caminho para evitar tropeços/quedas das crianças e danos aos cabos e aparelhos também é indicado.

Atenção às estatísticas

Dados da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), contidos no Anuário Estatístico 2013-2016, dão conta de que nas férias escolares crescem os acidentes envolvendo eletricidade. Em 2015, houve um aumento assustador nas mortes de crianças entre 0 e 5 anos de idade no Brasil. A maioria dos acidentes aconteceu dentro de casa. Felizmente, em 2016, os números se inverteram e a queda chegou a quase 40%.

casa luz iluminação pixabay
Foto: Pixabay

Entre as crianças maiores e os pré-adolescentes, dos 6 aos 15 anos, aconteceu exatamente o contrário: em 2015, o número de mortes por choque elétrico registrou queda de 12% em relação a 2014, enquanto no ano seguinte houve um aumento de 22%. As maiores causas continuam sendo a falta de informação e o descuido com a eletricidade. No caso das crianças maiores, a pipa segue sendo a mais preocupante. Entretanto, dentro de casa os perigos são ainda maiores, pois não há cuidado redobrado por ser considerado, por princípio, um local seguro…o que muitas vezes não é verdade…

Fonte: SIL

 

Como aproveitar as férias escolares e tirar a criançada do sedentarismo

Especialista dá dicas de como estimular o gasto de energia em qualquer época do ano, principalmente no mês de julho, quando não há atividades escolares

Não importa se sãos filhos, enteados, netos, sobrinhos, filhos dos amigos… Julho é época de férias escolares, então aproveite para mostrar para os pequenos que existe vida além dos computadores, games e televisão.

O sedentarismo e a obesidade infantil vêm crescendo exponencialmente nos últimos anos. De acordo com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), é considerada sedentária uma criança na faixa etária entre 6 e 17 anos que pratique menos de 300 minutos de atividade física semanalmente (uma hora por dia, cinco vezes por semana).

Convenhamos, não se trata de uma meta inatingível. Porém, há algumas gerações, os exercícios deixaram de ser parte integrante do cotidiano. Alguns fatores, como a segurança e a facilidade e comodidade de oferecer distração por meios eletrônicos, fazem com que seja ainda mais difícil tirar os pequenos de casa ou lhes despertar o interesse por algo que não envolva tecnologia.

Atualmente, uma criança brasileira passa mais de 5 horas diárias na frente de uma tela (televisão, celular, tablet, entre outros), desconsiderando tempo de escola. A chegada das férias é o momento propício para repensar os caminhos visando mudar esse cenário.

criança televisão

Jogar bola, correr, pular corda e nadar são excelentes práticas para despertar hábitos saudáveis. “Até os 10 anos se deve gastar energia com brincadeiras lúdicas – como pega-pega, esconde-esconde, bambolês e amarelinha – passear no parque, andar de bicicleta e curtir uma caminhada com os pais. Acima dessa idade, dentre as inúmeras opções estão os esportes coletivos, como futebol, vôlei e basquete”, exemplifica a Dra. Karina Hatano, médica do exercício e do esporte.

A especialista reforça que as atividades físicas beneficiam a coordenação motora, possibilitam o conhecimento do próprio corpo e viabilizam o controle do nível de açúcar do sangue e da pressão arterial. Também estabilizam o batimento cardíaco e tonificam a musculatura. Isso sem falar no aspecto emocional. “Estimulam o convívio social e a disciplina, ajudam a formar o caráter e fortalecem a autoestima, enfim uma melhora por completo”, resume.

menino-brincando-dodgertonskillhause
Ilustração: Dodgertonskillhause

Apesar de exercícios serem fundamentais, o recomendável é evitar estímulos antes de dormir. Essa agitação, ao contrário do que se imagina, não cansa, mas excita mais ainda, dificultando o sono. E é exatamente enquanto dorme que 90% do hormônio do crescimento é liberado. “À noite o ideal é optar por joguinhos como memória ou a também tradicional brincadeira de contar histórias, ambas ajudam a relaxar e ao mesmo tempo estimulam a imaginação”, finaliza Karina.

Orientações para férias ainda mais saudáveis

· Doces e refrigerantes além de prejudiciais ao organismo deixam as crianças ainda mais agitadas;
· Em caso de brincadeiras na piscina é fundamental ter a supervisão de um adulto 100% do tempo com os olhos bem abertos para evitar o risco de afogamento;
· Crianças até 12 anos de idade não devem fazer atividades com carga;
· Computadores em excesso podem causar tendinite e dores nas costas pela má postura;

criança tablet pixavay
Pixabay

· Para garantir uma boa noite de sono, diminua a intensidade dos exercícios próximo as refeições principalmente o jantar, que deve ser oferecido até as 18 horas;
· Cuidado com os excessos, atividade esportiva é para causar bem-estar, exagerar pode provocar lesões e levar à competitividade e pressão desnecessárias.

Fonte: Karina Hatano é médica do exercício e do esporte, mestre em Medicina Esportiva pela Universidade Federal de São Paulo, onde também realizou a Residência Médica em Medicina do Esporte, além de acumular especialização em fisiologia do exercício e nutrologia. Preceptora da Medicina Esportiva da Universidade Federal de São Paulo e professora da Liga de medicina esportiva da UNIFESP, também é responsável pela saúde de atletas de alta performance de diversas modalidades esportivas, como da seleção brasileira de natação e das confederações brasileiras de baseball e softball.