Arquivo da tag: gato

Cinco sinais de que seu gato está saudável

Uma das grandes responsabilidades de se ter um gato, é saber identificar os sinais que eles emitem quando não estão bem. Muitos acreditam que o único indício é quando se percebe que estão amuados, mas nem sempre esse é o fator que determina se o felino está bem ou não. Pensando nisto, o médico veterinário da Naturalis lista alguns tópicos a serem analisados para manter a saúde do bichano em dia.

“Atente-se principalmente nas primeiras semanas de vida do gatinho, entre o sexto e oitavo período, pois é quando ficam mais frágeis e se registra uma taxa grande de mortalidade, por estarem mais suscetíveis a contraírem doenças”, orienta Marcello Machado.

Olhe nos olhos do gatinho

gato filhote

Os olhos precisam estar com aspecto natural, vivos e brilhantes, demonstrando a aparência saudável. Felinos possuem uma terceira pálpebra escondida e que só aparece quando é preciso proteger os olhos de alguma irritação ou ferimento.

“Essa pálpebra é visível, então, quando aparecer no seu gato, algo estará errado e será necessário levá-lo ao veterinário. Outros sintomas que também indicam que o peludo merece atenção especial são as alterações na cor dos olhos e lacrimejamento constante”, explica o veterinário.

Mais atenção às orelhas

Cute Black Soggy Cat After A Bath
Bigstock

O ouvido sadio de um gatinho não tem secreção ou odor, por isso, fique atento ao limpar a orelhinha com um chumaço de algodão. Não deve haver mau cheiro ou secreção amarelada ou amarronzada. Orelhas saudáveis têm coloração cor de rosa bem claro.

De acordo com o especialista, se o felino passar a coçar bastante as orelhas e balançar a cabeça bruscamente, leve-o rapidamente a um médico veterinário, pois pode se tratar de uma infecção de ouvido – elas podem ter consequências graves se não tratadas a tempo.

Cuidado especial com a boca

gato boca aberta dente pitsch685 pixabay
Foto: Pitsch685/Pixabay

Essa avaliação é indicada somente em casos de gatinhos mansos, pois podem ser agressivos ao serem tocados nessa região. Caso contrário, o procedimento é simples. Basta levantar o lábio superior do felino e olhar as gengivas – elas devem estar sempre rosadas. A palidez pode ser um diagnóstico de anemia. Assim como a gengiva, a língua também precisa de uma coloração rósea.

Focinho úmido? Bom sinal!

gato branco

O focinho deve estar sempre úmido e frio, pois quando seco e quente, pode ser um sinal de febre. Fique de olho em outros sinais como a perda de apetite.

Fique de olho na pelagem do felino

gato filhote carinho

É muito comum a queda do pelo do bichano de maneira uniforme e sem falhas, pois a troca de pelos acontece anualmente. Mas é necessário ficar de olho se há a presença de parasitas, ou então de nódulos ou verrugas grandes, uma vez que, caso existam, devem ser checadas pelo médico veterinário.

Alimentação

gato pote comida

Todo animalzinho merece uma atenção especial quando o assunto é alimentação. Afinal, é por meio dela que a qualidade e expectativa de vida do nosso amiguinho aumentam. Jamais ofereça comidas de humanos ao felino e alimente-o com uma ração adequada, como Naturalis, que possui formulação 100% natural, desenvolvida que os gatos tenham uma vida mais saudável e mais natural. Vegetais e frutas fazem parte desse alimento inovador e nutritivo.

Com vitaminas e minerais, Naturalis é elaborada com proteínas selecionadas, como frango, peru e salmão. Além disso, a linha não possui conservantes e corantes artificiais.

Fonte: Naturalis

Anúncios

Petz cria espaço especial e permanente para adoção de gatinhos

Nova loja da Ricardo Jafet oferece recinto permanente com felinos em parceria com a ONG Adote um Gatinho

A Petz criou um espaço permanente que abriga gatinhos para adoção na loja Ricardo Jafet, em São Paulo. Em um recinto todo envidraçado, com acessórios, brinquedos e alimentação, os felinos podem ser vistos, interagir e conquistar uma nova família. O projeto é em parceria com a ONG Adote um Gatinho, que cuida de todo o processo de adoção.

Cinco gatinhos ficam no local e, à medida que vão para um novo lar, são substituídos. Para adotá-los, o interessado deve morar em apartamentos totalmente telados ou em casas que não tenham algum ponto de fuga. A ONG agenda uma vistoria na casa do candidato e, estando tudo certo, ele pode retirar o gatinho na Petz, munido de caixa de transporte e RG.

Petz Gato1

Todos os felinos são castrados, vacinados e vermifugados. Na Petz, eles ganham uma orientação veterinária gratuita e os adotantes podem tirar todas as dúvidas sobre a saúde dos bichanos. “A parceria é importante porque dá visibilidade aos gatos. A ideia é que cada vez mais eles possam ser adotados e ganhar uma nova família”, afirma Susan Yamamoto, uma das fundadoras da ONG.

Petz Gato7

Adote Petz

“É mais uma proposta da Petz para potencializar as adoções. Queremos incentivar a posse responsável e uma nova chance para os animais”, explica a veterinária Giulliana Tessari, coordenadora do Adote Petz, que registrou 5.198 adoções no ano passado, em eventos realizados nos fins de semana nas lojas da rede de pet shops, em parceria com 18 ONGs. Desde o início do projeto, em 2007, esse número já passou de 30 mil.

A estimativa para 2018 é aumentar as adoções. Para isso, o número de ONGs parceiras dobrou. Uma das maiores preocupações é com o abandono, que aumenta no período de festas, feriados e férias.

Seis dicas para a posse responsável:

1 – Gatos podem viver mais de 12 anos, por isso, levar um pet para casa é um compromisso para a vida toda.

2 – É importante saber se a família mora em um lugar que aceite bichinhos, se há espaço para o pet viver com o mínimo de conforto, se alguém é alérgico à pelagem etc.

sting-tela

3 – A casa deve ser estruturada para receber o pet, com proteção de tomadas, cuidados ao acesso a produtos de limpeza e plantas tóxicas, incluindo arranhadores para gatos e rede nas janelas, além de um cantinho confortável para ele descansar e se adaptar ao local.

4 – Os gatos se adaptam melhor às horas em que os donos estão fora de casa, porque dormem mais de 10 horas por dia. Mas também precisam de atenção e cuidados.

5 – Ter um gato envolve gastos com saúde e bem-estar. Os pets vão precisar de visitas semestrais ao veterinário, carteira de vacinação em dia e uma boa ração, além de petiscos, brinquedos, acessórios e produtos de higiene.

cat sitter 3

6 – Também é preciso pensar em formas de abrigar o pet quando a família for viajar. Avaliar se o orçamento permite pagar um hotel ou se há conhecidos que possam cuidar dos pets.

Sobre a Adote um Gatinho

As jornalistas Susan Yamamoto e Juliana Bussab criaram a ONG Adote Um Gatinho, que desenvolve a proposta de encontrar um lar para gatos abandonados, de forma voluntária. Em 15 anos de trabalho, por meio de um site de adoção, elas já entregaram mais de 11 mil felinos. Hoje a ONG conta com a colaboração de 60 voluntários e abriga 400 gatos, que foram ou estão sendo tratados e aguardam um lar seguro.

Por seu trabalho sério e organizado, o projeto ganhou prestígio e já conquistou o Prêmio Shelter of the Week oferecido pela SPCA Internacional – organização inglesa que teve início em 1824, com a intenção de proteger cavalos de corrida dos maus tratos que recebiam. Anos depois da fundação a instituição se instalou nos Estados Unidos, ampliou a rede de proteção e o número de ações e, em 2007, criado o prêmio Shelter of the Week.

Raiva: o que é e como prevenir

Especialistas explicam como evitar a doença que pode comprometer o Sistema Nervoso Central (SNC)

Muito se fala sobre a raiva, uma doença grave que pode comprometer o Sistema Nervoso Central (SNC), mas dificilmente encontramos pessoas que realmente sabem como ela é transmitida, quais são seus sintomas e como prevenir.

Transmitida por meio da saliva de animais infectados, que pode entrar em nosso corpo por meio de uma mordida ou até mesmo após lambedura de uma lesão já existente na pele, o vírus pode viajar até o cérebro humano, causando inchaço ou inflamação.

“O tempo entre a transmissão e o aparecimento da infecção pela raiva é de, em média, 45 dias. os principais sintomas são febre, babar em excesso, dor ou sensibilidade exagerada no local da mordida, excitabilidade, perda de sensibilidade ou força em uma área do corpo, espasmos musculares, agitação, ansiedade, dificuldade de engolir e até mesmo convulsões”, explica Marianna Lago, infectologista do Docway.

Segundo a especialista, caso uma pessoa seja mordida por um animal desconhecido é importante manter a calma e obter o máximo de informações sobre ele. Isso vai facilitar muito o tratamento. A ferida deve ser limpa com sabão e água e um médico deve ser procurado para que sejam realizadas as medidas necessárias. “Se houver risco de raiva, o paciente receberá uma série de vacinas preventivas”, explica a especialista.

As vacinas são aplicadas, geralmente, em cinco doses durante 28 dias. A maioria dos pacientes também recebe um tratamento chamado imunoglobulina humana para raiva (HRIG). “Ele é administrado no dia do acidente, se a probabilidade do animal apresentar raiva for muito alta”, detalha Marianna.

Mesmo não existindo um tratamento efetivo conhecido para raiva, a vacina antirrábica ainda é a melhor maneira de se prevenir o contágio. “E mesmo nessa situação delicada, se possível, entre em contato com o controle de animais para que aquele animal seja capturado de forma segura e caso haja suspeita de raiva, ele possa ficar em observação e receber o tratamento adequado”, aconselha.

morcego pixabay
Pixabay

Os animais e a raiva

Quanto aos animais que transmitem a doença, Jueli Berger, veterinária da EsalPet, explica que qualquer mamífero pode ser infectado pela raiva, que afeta o sistema nervoso central e pode levar o animal a óbito em apenas alguns dias após a contaminação. Mas os principais transmissores são animais silvestres como morcegos, gambás e macacos, além de cães, gatos, bovinos, suínos, caprinos, ovinos e equídeos.

Segundo Jueli, nos animais a doença tem um período de incubação que pode variar de 15 dias a dois meses e pode se manifestar de duas formar: a furiosa e a muda. “A furiosa, que é a mais comum, apresenta três fases de sintomas”, detalha a especialista. Na primeira, que costuma durar cerca de três dias, o animal contaminado apresenta mudança de comportamento, esconde-se em locais escuros, não obedece e tem momentos de agitação.

Na segunda fase, o pet começa a se mostrar extremamente agressivo, mordendo e atacando, e sendo comum, inclusive, a automutilação, além de apresentar salivação intensa e latido rouco devido à paralisia dos músculos de deglutição e das cordas vocais causados pela doença. Na fase final, o animal tem convulsões generalizadas, falta de coordenação motora e paralisia do tronco e membros que geralmente após 48 horas evolui para óbito.

cachorro lindo

Já na forma muda, o animal se torna melancólico e calmo demais, esconde-se em locais escuros, não come, não late, não responde aos chamados do dono e, também, apresenta paralisia gradativa dos músculos. “A melhor maneira de prevenção é a imunização adequada. Animais domésticos devem receber uma dose anual da vacina, para que não corram riscos”, completa a veterinária.

 

Dia Internacional do Gato: veja como evitar bolas de pelo no seu bichano

Hoje, 8 de agosto, é comemorado o Dia Internacional do Gato. Pensando nisto, o médico veterinário da marca Max Cat, Marcello Machado, listou algumas dicas para lidar com um incômodo muito comum dos felinos: as bolas de pelo. Algumas atitudes podem diminuir a frequência com que seu gatinho enfrenta essa situação, prevenindo ao invés de apenas remediar a situação.

Grooming Maine Coon female cat, Serafin, with a brush
Foto: Warren Photographic

Diminua a perda: a limpeza do seu gatinho feita com frequência ajuda a retirar pelos e pele morta. Escove-o com frequência, e tenha cuidado redobrado se ele apresentar alguma alergia ou estiver num período de pico de perda de pelos. Dê banhos, ministre medicamentos e alimentos especiais se ele precisar de tratamento e escove regularmente. Mas sempre com recomendação e receituário do veterinário.

gato-bebendo-agua-fonte-icon-home-design

Água: gatos têm um instinto primitivo que faz com que eles não gostem de beber água e comer ao mesmo tempo. Manter o recipiente de água longe da comida faz com que o felino beba mais água, ajudando na limpeza dos pelos ingeridos.

gato-comendo-comida-umida-vetstreet

Alimentos: alimentação correta beneficia os pelos, evita a queda, mantem o intestino e o aparelho digestivo funcionando bem. Isso tudo contribui para menos ingestão de pelos devido a queda e limpeza dos que foram ingeridos com mais facilidade. Além disso, muitos alimentos têm tecnologias que evitam o acúmulo de pelos no trato digestivo. Uma ótima opção é a linha de nutrição especialmente criada para gatos – a Max Cat da Total Alimentos.

gato-brinquedo-pelucia-pixabay
Pixabay

Exercícios Físicos: ser ativo e saudável não só faz bem a circulação, coração, longevidade e evita a obesidade: cuida da pele e pelagem dos gatos. Assim, o animal perde menos pelos, se torna mais ativo, fica com o apetite saudável e tem menos tempo ocioso.

gato se lambendo

Consultas ao veterinário: a frequência das consultas deve ser fixa por diversos motivos, mantendo a saúde do animal sempre em dia. No que diz respeito a bolas de pelo, pode ser muito benéfico pois ajuda a descobrir possíveis alergias, doenças que causam a alopecia, e que devem ser tratadas, tendo como consequência a diminuição do acúmulo de pelos no trato digestivo.

Fora as visitas de rotina, se você perceber quaisquer alterações de queda ou se o gato começar a expelir mais pelos que o normal, procure o veterinário sem demora.

Fonte: Total Alimentos

A verdade sobre pets e personalidades (deles e dos tutores)

Olá, escrevo antes da matéria para avisar que criei um novo blog para tratar apenas dos temas pets, animais de estimação, natureza, meio ambiente, comportamento: Se meu pet falasse. Vou passar a postar esses assuntos por lá, portanto, se tiver interesse neste assunto, comece a seguir clicando aqui. Os demais assuntos continuam por aqui. Obrigada.

 

Este texto é uma tradução de uma matéria que li e gostei bastante, do site norte-americano WebMD. O estudo mostra a relação entre os americanos e os animais de estimação, mas creio que os resultados seriam iguais ou muito próximos se a pesquisa tivesse sido realizada por aqui. Veja se concorda:

Um animal de estimação pode predizer sua personalidade?

webmd_rf_photo_of_cat_and_dog_people 1

Você é uma cat people (pessoa de gato) ou uma dog people (pessoa de cachorro)? A resposta pode dizer muito sobre sua personalidade. Uma pesquisa feita pela Universidade do Texas, em Austin, EUA, descobriu que algumas ideias comuns sobre os amantes de animais podem ser verdadeiras. Você também pode ser muito mais parecido com seu amigo peludo do que jamais imaginou. Navegue pela nossa galeria para ver onde você está – e como outros se dividem em cat people vs. dog people.

Traço de Personalidade: consciente

photolibrary_rm_photo_of_dog_holding_newspaper

A pesquisa on-line pediu que as pessoas se classificassem como “pessoas de gato” ou “pessoas de cachorro”. Então elas responderam a perguntas destinadas a revelar sua verdadeira personalidade. As pessoas caninas eram 11% mais conscienciosas do que as pessoas felinas. O que significa:

=Autodisciplinado
=Forte senso de dever
=Tendem a ser “planejadores”

Traço de personalidade: extrovertido

photolibrary_rm_photo_of_spaniel_running

Você aproveita o dia? Se você é uma pessoa de cachorro, é provável que você faça isso. As pessoas caninas eram 15% mais extrovertidas do que as de gatos na pesquisa. O que significa que são:

=Extrovertidas
=Entusiasmadas
=Positivas
=Energéticas

Traço de Personalidade: aberto

photolibrary_rm_photo_of_cats_looking_out_window

Você está aberto para tentar coisas novas? Cat people foram 11% mais propensas a serem abertas, de acordo com a pesquisa. Pessoas abertas tendem a ser:

-Curiosas
-Criativas
-Artísticas
-Pensadoras não tradicionais

Traço de personalidade: agradável

photolibrary_rm_photo_of_golden_retriever

De acordo com a pesquisa, se você é uma pessoa de cachorro, tem 13% mais chances de ser agradável do que uma pessoa de gato. Pessoas agradáveis tendem a ser:

=Confiantes
=Altruístas
=Bondosas
=Afetuosas
=Sociáveis

Traço de personalidade: neurótico

photolibrary_rm_photo_of_wide_eyed_kitten

Se você ficar estressado facilmente, você pode ser uma pessoa de gato. Pessoas gatos eram 12% mais neuróticas que pessoas cães. Pessoas neuróticas são:

-Facilmente estressadas
-Ansiosas
-Preocupadas

A pessoa típica de cão

webmd_rf_photo_of_dog_person

Se os cães tendem a ser enérgicos, fiéis e fáceis de conviver, bem, as pessoas que os amam também são. Mas o psicólogo e autor da pesquisa, Sam Gosling, admite que as diferenças entre os gatos e os cães não são enormes: “Certamente há muitas, muitas pessoas de gatos que são extrovertidas e muitas, muitas pessoas cães que não são”.

A pessoa típica de gato

photolibrary_rf_photo_of_cat_and_woman

Você prefere passar tempo sozinho? Sempre joga para tentar coisas novas? Então você poderia ser uma pessoa de gato. A pesquisa descobriu que os tutores de gatos eram mais propensos a serem curiosos, não convencionais em pensamentos e ações, e mais propensos a se preocupar do que as pessoas caninas.

Pessoas cães superam pessoas gatos

getty_rm_photo_of_dog_and_cat

Quase metade das pessoas que participaram da pesquisa se autodenominam pessoas caninas. Apenas 12% dizem que são pessoas de gatos. Quantas pessoas amam gatos e cachorros? Um pouco mais de um quarto do grupo. No geral, os amantes de animais dominam a nação. Apenas 15% das pessoas disseram que não gostam de gatos ou cães.

Amoroso e leal

getty_rf_photo_of_girl_napping_with_dog

Os cães merecem a reputação de melhor amigo do homem. Não importa o tamanho ou a raça, um cão proporciona uma vida inteira de amor e lealdade. Cães são animais sociais e prosperam na companhia humana. Certas raças, como os rottweilers, também são excelentes protetores.

Devem ser treinados

getty_rf_photo_of_puppy_biting_pant_leg

Até mesmo o melhor cachorro pode ter alguns comportamentos não tão fofos. Cachorros latem, pulam em cima, cavam, puxam a coleira ou até rosnam e mordem. Para reduzir o mau comportamento, você precisa ensinar ao seu cachorro o que é certo e o que não é. Alguns cães são fáceis de treinar, enquanto outros levam mais tempo. De qualquer forma, o seu tempo e dinheiro gasto em aulas de obediência farão com que seu cão seja um amigo delicioso nos próximos anos.

Independente

photolibrary_rm_photo_of_cat_in_a_tree

Os gatos são notoriamente “de baixa manutenção”. Eles não precisam ser banhados ou levados para passear. Eles podem ficar sozinhos por horas a fio. Mesmo que os gatos gostem de fazer suas próprias coisas, eles ainda precisam de muito amor e atenção. Dedique algum tempo todos os dias a brincar com o seu gato, acariciá-lo ou apenas dar-lhe algum carinho.

Reservado

photolibrary_rm_photo_of_cat_playing_in_grass

Alguns gatos adoram se socializar, mas outros preferem ficar escondidos, especialmente quando novas pessoas o visitam. Na verdade, seus amigos podem nem perceber que você tem um gato. Gatos que não estavam perto de pessoas quando filhotes podem ser nervosos. Até o gato mais simpático pulará do seu colo e se soltará após ter o suficiente de sua atenção.

Energia Ilimitada

getty_rm_photo_of_woman_running_with_dog

Se você está procurando um companheiro de brincadeira, não há um muito melhor do que um cachorro. A maioria das raças é brincalhona e adora estar ao ar livre. Um cão pode ser um ótimo companheiro para fazer jogging, caminhar ou passear no parque. Se você está tentando entrar em forma, cães são ótimos companheiros de exercícios, que são tão importantes para os cães quanto para as pessoas.

Pelo em toda parte

webmd_rf_photo_of_dog_hair

Todos os cães perdem pelo menos um pouco de pelos, até as raças consideradas melhores para pessoas com alergias. Quanto mais longo e grosso o pelo, mais você o encontrará em suas roupas, tapetes e móveis. A pele e pelo dos cães também podem ficar sujos e emaranhados, então dê banho e escove o seu cão ou pague alguém para fazer isso por você.

Companheiro acolhedor

photolibrary_rm_photo_of_older_man_with_cat

Quando se trata de carinho, os gatos levam o prêmio. E a maioria dos tutores de gatos lhe dirá que o som de um gato ronronante é profundamente reconfortante. Na verdade, quando os pesquisadores olharam de perto, descobriram que os níveis de estresse e a pressão sanguínea caíam ligeiramente nas pessoas que se aconchegavam a um gatinho ronronante.

A caixa de areia

getty_rm_photo_of_litter_box
Ninguém gosta de limpar a caixa de areia. Mas ela é essencial se você tiver um gato em ambientes fechados. Ela precisará ser limpa pelo menos uma vez por dia. A areia restante deve ser trocada semanalmente para evitar odores desagradáveis (embora algumas mais novas não precisem ser completamente trocadas toda semana). Se você tiver mais de um gato, precisará de várias caixas de areia para acomodá-los.

O que seu cão está dizendo?

photolibrary_rm_photo_of_growling_dog

Se você conhece a linguagem corporal do cachorro, pode dizer como ele está se sentindo e o que está tentando dizer. Cães podem:

=Alargar os olhos se eles se sentirem ameaçados
=”Sorrir” como sinal de submissão
=Erguer as orelhas e a cauda quando alerta ou agressivo
=Fazer-se parecer menor quando está com medo

O que seu gato está dizendo?

photolibrary_rm_photo_of_cat_rubbing_on_leg

Assista ao comportamento do seu gato para descobrir o estado de espírito dele. Gatos podem:

=Deixar a cauda cair quando estiver doente ou infeliz
=Torcer as orelhas e a cauda quando agitado
=Tremular as pálpebras para mostrar confiança
=Massagear algo com as patas para mostrar contentamento

Fonte: WebMD

 

Cuidados ao dar banho em animais de estimação em casa

Olá, escrevo antes da matéria para avisar que criei um novo blog para tratar apenas dos temas pets, animais de estimação, natureza, meio ambiente, comportamento: Se meu pet falasse. Vou começar a postar esses assuntos por lá, portanto, se tiver interesse, comece a seguir clicando aqui. Os demais assuntos continuam por aqui. Obrigada.

Pessoas que têm animal de estimação em casa sabem dos cuidados que se deve ter com a higiene do pet. Identificar a frequência do banho e da escovação é importante para que o animal seja tratado corretamente.

De acordo com Karina Delia Albuquerque, Médica Veterinária da Universidade Univeritas/ UNG, os cuidados incluem uso de produtos adequados para a espécie, idade e comprimento dos pelos, por isso, é importante verificar a indicação quando fizer compras no Pet Shop.

“Os produtos contra pulgas e carrapatos, por exemplo, devem ser utilizados apenas com orientação de um Médico Veterinário, pois se tratam de substâncias tóxicas com suas indicações e contraindicações”, ressalta.

Confira os ensinamentos da Médica Veterinária e cuide de seu pet com responsabilidade.

Pergunta-A água do banho tem que ter uma temperatura específica?

cachorro banho amanda cullingford pixabay
Foto: Amanda Cullingford/Pixabay

Resposta-Sim, o ideal é manter em aproximadamente 37 graus (morna).

P-Quais são os melhores locais para se banhar o pet? É melhor usar, chuveiro, chuveirinho ou um tanque com água? Por quê?

gato tomando banho

R-O ideal é usar o chuveirinho, pois evita que a água penetre nos ouvidos gerando otites.

P-Como precisa ser feita a proteção dos olhos e ouvidos?

R-O indicado é colocar um chumaço de algodão hidrofóbico nos condutos auditivos, antes o início do banho, para proteger os ouvidos. Esse algodão deve ser retirado após o término do banho, secando-os externamente (pavilhão auricular e pina) com a toalha. Nas áreas dos olhos é necessário evitar espuma do sabonete ou xampu.

P-Quais os cuidados gerais na hora do banho?

banho gato luvas pawesome cats
Foto: Pawesome cats

R-Antes de iniciar o banho, a pessoa deve calçar luvas descartáveis, ou lavar as mãos e sempre ter as unhas curtas para não gerar ferimentos no animal. Distribuir o xampu nas mãos e espalhá-lo por todo o corpo do animal massageando-o (o mesmo deve ser feito caso seja um sabonete). Enxaguar totalmente o “pet”, pelo menos duas vezes em sequência, para que não se deixem resquícios do produto na pele e pelos, causando irritações. Retirar o excesso de água com uma toalha de uso do animal, seca. Após secar com secador em temperatura morna, penteando-o ou escovando-o, em sentido da distribuição dos pelos (não contra os mesmos).

P-Quais são os produtos ideais para o animal?

cachorro pequeno tomando banho

R-Existem diversos xampus e sabonetes neutros para os “pets”, devendo ser escolhidos conforme idade, espécie e raça.

P-Pode ser usado remédio em caso de pulgas e carrapatos?

gato tomando banho pinterest

R-Os produtos contra pulgas e carrapatos devem ser utilizados apenas com orientação de um médico veterinário, pois são substâncias tóxicas com suas indicações e contraindicações.

P-Secar o animal com secador de cabelo é perigoso? Por quê? E quais são as formas de fazer a secagem?

cachorro banho secador doggroomingnottingham
Foto: DogGroomingNottingham

R-Sim, conforme a temperatura e distância da pele do animal. Caso a temperatura esteja alta pode gerar lesões por queimaduras que às vezes não são notadas de imediato, mas que causam sérios problemas dermatológicos. Por isso, o secador deve ser utilizado em temperatura média. Quanto à distância entre secador e pele do “pet” ela deve ser de no mínimo 10 cm. Caso o proprietário tenha dúvidas, deve testar a temperatura e distância focando o ar no dorso da própria mão.

P-É errado escovar o cachorro durante o banho? Por quê?

cachorro banho meninos dreamstime

R-Não, pelo contrário, pois esse procedimento auxilia no desembaraçar dos pelos em “pets” de pelo longo, além de retirar pelos mortos em animais, independentemente do comprimento dos pelos. Para o uso no banho, deve-se utilizar pente adequado para a espécie e tipo de pelo. Lembrando sempre que o pentear deve ser feito com delicadeza, para não lesar a pele do animal.

P-Tem uma forma certa de escovar? Como, por exemplo, começar a escovar os pelos do cachorro pela cabeça e terminar na cauda?

escovando o cachorro quickanddirtytips
Foto: QuickandDirtyTips

R-Existem diversas formas, mas a proposta de iniciar a escovação a partir da cabeça em direção à cauda é bastante efetiva, pois segue a direção dos pelos. No entanto, se o animal tiver camadas de subpelo, como por exemplo, cães da raça Husky Siberiano, Collie e Golden Retriever, e felino das raças, Maine coon e Himalaia, antes da escovação no sentido cranial-caudal, deve-se escová-lo no sentido contrário ao crescimento dos pelos para retirar pelos mortos e desfazer nós. É importante fazer o uso de escovas próprias para cada tipo de pelo, especialmente para os animais com subpelo e pelos longos. Independente dos banhos, os animais devem ser escovados ao menos uma vez por semana. Isso auxilia na saúde da pele e pelos e pode evitar excesso de banhos.

P-Todos os cachorros precisam de spray para desembaraçar?

Não. Geralmente, somente os de pelo fino e longo. Mas sempre que for usado deve-se ter muita cautela, devido aos riscos já pontuados anteriormente.

R-Qual deve ser a frequência de banho de um cachorro? No inverno diminui a quantidade de banhos?*

cachorro banho pethealthzone
Foto: Pethealthzone

A frequência não deve ser inferior a sete dias. Cães com muito pelo (densos) como, por exemplo, Husky Siberiano, Pastor Alemão, Shar-pei e Chow-chow devem ter intervalo entre banhos entre 15 e 30, mas associado a escovações no mínimo, semanais. No inverno, a quantidade de banhos deve ser reduzida para prevenção de quadros respiratórios e alérgicos. Em filhotes, os banhos devem ser iniciados apenas após o término do protocolo de vacinação. Antes disso, podem-se utilizar produtos para banho seco e escovações semanais.

Fonte: Univeritas/ UNG

*O texto enviado não menciona gatos, porém, pesquisando em sites sérios, verifiquei que a frequência recomendada de banhos para um gato é de no mínimo uma vez por mês, dependendo do tipo de pelagem do felino.

N.R.: Dar banho em casa é mais econômico, porém é preciso lembrar que os secadores de pet shop são bem mais eficientes que os caseiros, ou seja, se o trabalho for bem feito, os animais sairão realmente com o pelo seco.

 

Curitiba tem aula de adestramento, feira de adoção e encontro de cães da raça maltês

Já famoso pela ampla programação de eventos para petlovers, o HiperZoo realiza uma série de eventos neste fim de semana. No sábado (19), acontece mais uma aula de adestramento e a feirinha de adoção. Já no domingo (20) será a vez dos cães da raça Maltês desfilarem sua elegância e sutileza pelo pet center.

Beautiful Labrador

O sábado inicia com aula de adestramento coletivo com o tema “Passeando corretamente (uso correto de guias e peitorais)”. O conteúdo faz parte do programa de aulas semanais, promovido pelo HiperZoo e pelo adestrador Rafael Wisneski, da Meu Cão Companheiro, que contempla também os assuntos: controle de ansiedade e estresse, como ensinar a defecar e urinar no local certo e comandos básicos. Para participar os interessados devem se inscrever apresentando cupom fiscal de compras realizadas no local, contendo ao menos um produto das marcas parceiras Purina, Kong, Petmais, Virbac ou Ferplast. As vagas são limitadas a doze clientes por turma.

Ainda no sábado (19), a ONG Beco da Esperança estará presente com animais de estimação que estão buscando um novo lar. “O número de cães e gatos adotados em nossas feirinhas de adoção vem crescendo a cada evento. Isto se deve, certamente, ao reconhecimento do público pelo trabalho sério desenvolvido pelas ONGs parceiras, bem como pelo apoio da mídia, que ajuda a divulgar esta ação social, e a comunicação antecipada de nosso calendário de eventos. Com isso, os interessados podem se planejar melhor para receber um novo amigo em casa”, destaca Patrícia Maeoka, sócia-proprietária do HiperZoo.

gato gata adoção.jpg

Para adotar, o interessado deve ter mais de 21 anos, responder a uma entrevista sobre os motivos de adoção, aceitar receber a visita de um voluntário da ONG, e apresentar RG, CPF e comprovante de endereço para assinar o termo de adoção. Para quem deseja ter um gato como amigo, ainda é necessário ter caixa de transporte e possuir telas de proteção nas janelas de casa.

Encontro de cães

Já no domingo (20) o pet center será invadido pelas beldades de longos e sedosos pelos brancos. O Maltês é a mais antiga das raças toys europeias e uma das preferidas para quem busca um cão de colo muito companheiro. São gentis e brincalhões, mas também podem ser muito corajosos, chegando a desafiar cães maiores.

O encontro dos malteses iniciará ao meio-dia e vai contar com piscina de bolinhas e um espaço seguro para brincadeiras. Além disso, os cães podem participar de um desfile concorrendo a vales compra da Jingles Moda Pet e a três banhos do serviço de estética do HiperZoo. Já os tutores podem aproveitar os descontos promovidos pela loja e as novidades gastronômicas dos food trucks.

Maltese dog

E como diversão faz parte do cotidiano dos malteses, o pet center promoverá também a palestra “Brincadeiras e Atividades Indoor para o Maltês”, ministrada pelo adestrador Rafael Wisneski. A entrada será gratuita e a palestra iniciará às 15h.

Serviço

 

Aulas de adestramento com Rafael Wisneski
Quando: Sábado, 19 de maio, das 10h às 11h – Tema: “Passeando corretamente com seu cão (uso de guias e peitorais)”
Sábado, 26 de maio, das 10h às 11h – Tema: “Comandos senta, deita e fica”
Vagas: limitadas a 12 clientes com um pet cada
Entrada: apresentação de cupom fiscal do HiperZoo contendo um produto dos parceiros Kong, Virbac, Ferplast, Petmais ou Purina.

Feirinha de adoção com Beco da Esperança
Quando: Sábado, 19 de maio, das 11h às 17h

Encontro de cães da raça Maltês
Quando: Domingo, 20 de maio, das 12h às 17h
Entrada: gratuita

Palestra “Brincadeiras e Atividades Indoor para o Maltês” com Rafael Wisneski
Quando: Domingo, 20 de maio, às 15h
Entrada: gratuita

Desfile Jingles Moda Pet
Quando: Domingo, 20 de maio, às 16h

HiperZoo – Rua Desembargador Westphalen, 3.448 – Curitiba/PR – Tel.: (41) 3051-7777

 

ONG MundoGato realiza 2º Bazar de Dia das Mães em São Paulo

Evento acontece no dia 6 de maio e reúne mais de 30 expositores, espaço para tatuagem e comidinhas

Quem me conhece sabe que amo animais e que a minha grande paixão são os gatos. Tenho sete, todos adotados, alguns tirados diretamente da rua por mim ou por minhas irmãs. Eu sempre aconselho as pessoas a terem um (o ideal são dois ou mais, no caso de o tutor trabalhar fora) gato, pois são companhias maravilhosas.

Dito isso, haverá um evento no próximo domingo (6) da ONG MundoGato, que resgata, cuida e coloca para adoção gatos abandonados em São Paulo; Será o segundo bazar da entidade. O evento vai reunir expositores de produtos pet, decoração, beleza, acessórios e vestuário para comemorar o aniversário de três anos da Mundo Gato e o Dia das Mães.

O bazar será realizado no Clube Kolping, no Campo Belo, das 10 às 18 horas, com entrada gratuita. Durante todo o dia, mais de 30 expositores vão oferecer produtos artesanais e exclusivos a preços acessíveis.

Entre os parceiros confirmados, a marca CatMyPet estará presente com seus brinquedos para gatos e itens de decoração temáticos e a Bigodiva levará suas camas suspensas, bebedouros e gatocas. Ainda, para os felinos, será possível comprar torres, prateleiras e nichos de parede da DR Arranhadores e as camas da Zizu Cats, que agradam não só os felinos, como os cachorros.

Quem passar pelo bazar poderá também fazer uma tatuagem com a equipe do Estúdio Orca e, para matar a fome, poderá escolher entre salgados e doces, como brigadeiros, bolos e cookies.

Além disso, a MundoGato vai lançar sua nova linha de produtos, que tem toda a renda revertida para a manutenção da ONG e os cuidados com os animais. Entre as novidades estão camisetas, ecobag, clutch, flâmula e caneca.

ONG MundoGato - Rick - Foto Diana Oki
Este é o Rick, que está na ONG, mas aguardando um lar e uma caminha quentinha pra chamar de sua – Foto: Diana Oki
ONG MundoGato - Lori - Foto Diana Oki
Esta é a Lori, uma linda sialata que também está aguardando uma família para ela. Foto: Foto: Diana Oki
ONG MundoGato - Bob e Barney - Foto Diana Oki
Estes dois lindos gatinhos negros são o Bob e o Barney. Esta duplinha pra lá de fofa está à espera de um lar. Foto: Diana Oki

MundoGato

A ONG MundoGato foi criada em abril de 2015 com o objetivo de resgatar, tratar e encontrar lares felizes e seguros para gatos abandonados em São Paulo. Em três anos de atividade, a ONG já resgatou mais de 300 animais. Todos os gatos são doados apenas depois de castrados, vacinados, vermifugados e testados para as principais doenças contagiosas entre os felinos (FIV e FELV), e só são entregues a apartamentos telados e casas sem acesso à rua. O trabalho é todo feito por uma rede de voluntários e a ONG não possui patrocinador ou auxílio de órgãos públicos, dependendo totalmente de doações.

Serviço

MundoGato - Bazar.png

2º Bazar MundoGato
Dia 06 de maio, das 10h às 18h
Local: Associação Católica Kolping
Endereço: Rua Barão do Triunfo, 1213 – Campo Belo
Entrada gratuita
Não é permitida a entrada de animais
Página do evento no Facebook

Loja docg. de Curitiba promove atrações para todos os gostos neste sábado

Levar e buscar o bichinho de estimação para tomar banho no pet shop é coisa do passado. O compromisso do fim de semana pode ser também um momento de diversão para a família. É nisso que aposta a recém-inaugurada loja da marca docg. em Curitiba, com a realização de ações diferenciadas para os clientes.

Enquanto esperam pelo banho ou compras dos tutores, os cães podem se divertir no jardim da loja e, também, participar das atividades recreativas conduzidas por uma adestradora. Brincadeiras com bambolês, percurso com cones, caça aos petiscos são algumas das brincadeiras preparadas para os pets. Quem participou da ação no evento anterior garante que vale a pena. “O evento foi bem divertido. O Liev aproveitou as brincadeiras e interagiu com outros cães”, revela Merili de Oliveira, tutora do simpático cão da raça samoieda.

docg 1docg 2

Após as atividades ou o banho, os cães também podem degustar os petiscos da marca. Já os tutores podem aproveitar as opções de petiscos e bebidas do food truck. E para celebrar o início das atividades, a loja também está promovendo sorteios que garantem descontos na compra de produtos, distribuindo amostras, além de oferecer desconto de 50% nos banhos realizados até dia 28 deste mês. O evento acontece das 9 às 19h e tem entrada gratuita. Já os banhos devem ser agendados antecipadamente.

Experiência diferenciada

Além dos eventos, que garantem uma experiência inovadora, os clientes podem conhecer e provar os produtos e o “espírito” da marca. O espaço Pet Spa possui uma decoração diferenciada com banheiras vitorianas e um menu de serviços para o tutor montar o serviço de beleza do seu pet. O cardápio possibilita desde a escolha do shampoo que será utilizado até tratamentos como hidratação nos pelos e patas e a seleção do perfume que mais combina com o animal.

docg 3docg 2

A proposta já vem colhendo resultados. “O ambiente é totalmente diferente do que já vi. Além do atendimento maravilhoso, senti que meus cães foram muito bem acolhidos. Sem falar no banho, que podemos escolher cada detalhe”, revela Thayssa Molinari, tutora dos cães Pandora, Zeca e Edie.

Lançamento docg., com food trucks, promoções e sorteios
Quando: sábado, 21 de abril, das 9h às 19h
Atividades recreativas para cães
Quando: sábado, 21 de abril, das 14h às 16h
Entrada: gratuita
Loja docg. – Rua Chile, 1251- loja 2 – Rebouças – Curitiba-PR

Informações: docg.

Cobasi faz evento de adoção em Sorocaba e PetExpo em Brasília

Passeio acontece no dia 8 de abril, às 8h, no parque Águas Claras

Nos dias 7 e 8 de abril, acontece na faculdade Uniplan, em Brasília, o primeiro PetExpo Brasília, evento organizado pelo grupo Mães Amigas com mais de 74 mil membros. Durante todo fim de semana acontecerá diversas atrações: feira pet, encontro de raças, palestras, café da manhã pet, espaço pet play, desfiles de cães e adoções.

A Cobasi apoia o evento com a CaminhAUda Cobasi, uma atração que acontece no domingo, 8 de abril, a partir das 8h da manhã, no parque Águas Claras (em frente a Uniplan). Na caminhAUda serão distribuídos kits exclusivos Cobasi e balões.

A organização estima que 20 mil pessoas participarão do evento o qual a entrada custa R$ 1,00 (Um real) + 1 kg de alimento ou ração.

gato e cachorro filhotes amigos

Serviço:
PetExpo Brasília
Local: UNIPLAN – Av. Pau Brasil, Lote 2, Águas Claras
Data: 7 e 8 de abril
Horário: das 8 às 20h

CaminhAUda Cobasi
Local: Parque Águas Claras
Data: 8 de abril
Horário: 8h (concentração para caminhada será às 7h30)

Evento de Adoção de cães e gatos em Sorocaba em parceria com ONG Anjos e Protetores 

 

gato e cachorro earth porm
Foto: EarthPorm

A partir do sábado, 7 de abril, a Cobasi em parceria com a ONG Anjos e Protetores irá realizar um evento de adoção de cães e gatos nas dependências da loja localizada na Rod. Raposo Tavares, km 99, Vila Artura, Sorocaba – SP.

O evento será realizado das 10h às 18h e para adotar um dos animais é necessário ser maior de 18 anos, portar o documento de identidade, ler e assinar o termo de adoção. Todos os animais disponíveis para adoção estão castrados, vacinados e vermifugados.

O evento acontecerá todos os sábados, no mesmo horário por tempo indeterminado. Essa ação faz parte das ações de incentivo a adoção da Cobasi que tem dois centros de adoções na cidade de São Paulo em parceria com ONGs locais e realização de eventos de adoção em parceria com instituições de proteção animal em diferentes cidades do Brasil.

Serviço
Evento de adoção de cães e gatos
Realização: Cobasi e Anjo e Protetores
Local: Cobasi Sorocaba – Rod. Raposo Tavares, km 99, Vila Artura, Sorocaba – SP
Data: Todos os sábados a partir do dia 07/03.
Horário: das 10h às 18h