Arquivo da tag: inverno

Campanha de arrecadação de roupas e cobertores para animais carentes

São quase 60 pontos de arrecadação nas regiões Sudeste, Sul e centro-oeste e 25 ONGs ajudadas

A Cobasi, uma das maiores varejistas pet do país, inicia a “Campanha do Agasalho Pet”. É uma iniciativa da empresa em que transformará todas as lojas Cobasi do Brasil em pontos de coleta para receber roupas, caminhas e cobertas para animais e tudo que for recolhido será doado para ONGs parceiras.

As lojas receberão uma caixa tematizada da campanha que será posicionada próxima a entrada para fácil visualização dos clientes. Além disso, o ato de doar será incentivado por meio das redes sociais da Cobasi.

“Esta campanha endossa a filosofia da Cobasi em apoiar a causa animal e as instituições que atuam diretamente nela, desde 1999 incentivamos as adoções com a criação do centro de adoções na Cobasi Villa Lobos, em São Paulo, e nos últimos três anos ampliamos as parcerias com as ONGs e transformamos muitas unidades Cobasi, aos finais de semana, em centros de adoções, com muitos eventos e ajudando mais de 25.000 animais a encontrarem um lar. Além disso, nas nossas campanhas de aniversário em 2016 e 2017 optamos por volta-la para ajudar as instituições na arrecadação de ração”. Daniela complementa que “a Campanha do Agasalho Pet vem para ampliar esse apoio as instituições parceiras para ajudar a proteger os animais nesse inverno, que promete ter semanas bem frias”, afirma Daniela Bochi,  gerente de marketing da empresa.

É a primeira vez que um varejo pet organiza uma campanha de arrecadação sazonal para animais carentes contemplando diferentes regiões do Brasil. A Cobasi está presente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Distrito Federal e todas as lojas desses locais serão pontos de coleta. Com o lema “A sua doação vai aquecer os animais carentes nesse inverno”, a Cobasi espera ajudar muitos animais das suas 25 instituições parceiras. A campanha encerra no dia 31 de julho.

cachorro gato cama.jpg

Campanha do Agasalho Pet
Data de início: 11/06/2018
Data de término: 31/07/2018
Lojas participantes: Todas as lojas Cobasi dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Distrito Federal (consulte a mais próxima aqui)

 

Anúncios

Inverno: instituições lançam campanha para animais abandonados

Assim como os seres humanos, os animais também reagem às mudanças de temperatura, principalmente agora no inverno. Por isso, a ESPA – Equipe Singulariana de Proteção aos Animais e a OAB-SP/ Seccional Santo André lançaram ontem(13)  a Cãopanha de Inverno, na sede da instituição jurídica.

Para marcar o lançamento da ação, o advogado Cristiano De Souza Oliveira, ministrou a palestra Animais em condomínio.

A campanha visa colaborar com os animais que não têm um lar e arrecadará cobertores, mantas, agasalhos, lonas, papelão, jornal e casinhas. As doações podem ser entregues diretamente na OAB Santo André ou em uma das unidades do Colégio Singular ou do Cursinho, cujos endereços estão disponíveis no portal da Singular.

cachorro abandonado na rua

ESPA é um projeto educacional inserido na programação pedagógica do Singular que reforça junto aos estudantes a importância da guarda responsável, com abordagens diferenciadas de acordo com a faixa etária. O projeto também promove campanhas constantes de arrecadação de ração, arroz, vasilhas, casinhas, medicamentos, entre outros itens, encaminhados para protetores de animais cadastrados.

Alerta: cães e gatos precisam de cuidados especiais no inverno

A queda abrupta nas temperaturas afeta também os pets que, além de sofrerem com o desconforto causado pelo frio, podem desenvolver sérios problemas de saúde. Para cuidar melhor de seu pet no inverno, confira as dicas da veterinária Djeniffer Navroski e da farmacêutica Sandra Schuster, da docg., primeira empresa de vendas diretas de produtos para pets.

1 – Vacinação

cachorro vacina doglistener
Foto: Doglistener

Estar com a vacinação em dia é fundamental para a saúde dos animais e isto inclui a vacina contra a “gripe dos cães” ou traqueobronquite infecciosa (Tosse dos canis), doença cujo risco aumenta no inverno devido ao clima mais frio e à consequente queda na imunidade. Já nos gatos a prevenção contra a rinotraqueíte é feita na vacina tríplice, quádrupla ou quíntupla, que também deve ser administrada anualmente.

Mas a veterinária alerta: “caso o animal esteja apresentando qualquer sintoma de gripe ou rinotraqueíte precisa ser tratado antes de ser vacinado”. Tosse seca, secreções nasais, espirros e a impressão de que cão está engasgado são sinais de gripe nos cães. Nos gatos, atenção a espirros, secreção nasal e febre.

A Tosse dos Canis pode ser causada, ainda, por diversos agentes infecciosos, entre eles a Bordetella bronchiseptica, que acomete também os humanos. Mais um motivo para investir na prevenção.

2 – Banho

gato tomando banho pinterest

A temperatura da água e do ambiente deve ser adequada ao clima. Em casa ou no pet shop, a água deve ser morna e o ambiente aquecido. Para que o pet não sofra com a mudança brusca de temperatura, ao sair do pet shop, o tutor deve vesti-lo com uma roupa e cobri-lo com um cobertor ou manta, preferencialmente.

Com o frio é normal que a pele dos animais resseque com mais facilidade, por isso é importante estar atento à fórmula do xampu e condicionador. “Desenvolvemos produtos específicos para o tipo de pelagem dos pets e as fórmulas são livres de parabenos e óleos minerais, ajudando a manter a pele e a pelagem mais hidratadas. Além disso, todos os xampus contêm um ativo neutralizador de odores, que faz com que o banho ‘dure mais tempo’, ajudando a reduzir a frequência das lavagens”, comenta Sandra Schuster.

docg banho.jpg

Outra alternativa criada pela docg. é o banho seco. Nas versões em pó ou spray, é uma opção para manter o pet limpo reduzindo o número de banhos úmidos.

banho seco docg

Durante o inverno também é importante que o tutor opte por tosas mais altas para ajudar a proteger o pet. A tosa higiênica deve ser mantida, pois auxilia na higiene e evita que os pelos das patas fiquem úmidos por muito tempo.

3 – Hidratação

gato bebendo agua fonte Icon Home Design
Foto: Icon Home Design

Com temperaturas mais baixas, os animais tendem a ingerir menos água, o que pode prejudicar a saúde, principalmente dos gatos, que têm maior tendência a problemas renais. É importante estimular o consumo de água distribuindo mais potes pela casa e fazendo uso de fontes, que mantêm a água em movimento. Ofertar alimentos úmidos, como em pasta de alta qualidade e sachês, também auxilia a suprir parte da necessidade de líquidos.

hidratante pet

A pele das patas dos animais sofre bastante com as temperaturas baixas, principalmente nos dias de geada. Para reduzir os efeitos do frio, os cães podem usar sapatinhos quando saem para o passeio, mas são poucos os animais que se acostumam com o acessório. O ideal é evitar os horários mais frios e também usar um hidratante. “A docg. criou um creme para patas com D-pantenol e glicerídeos de soja, que hidrata profundamente a pele dos pets. Ele também está sendo muito utilizado nos focinhos, que igualmente sofrem com as baixas temperaturas”, revela a farmacêutica.

4 – Roupas

cachorro roupinha pixabay

Roupas não servem apenas para embelezar os animais, elas ajudam a manter o calor dos pets, principalmente dos animais com pelo curto ou que não possuem subpelo. “É importante tirar a roupa do pet e escovar os pelos todos os dias para que não embolem e causem desconforto ou, até mesmo, a proliferação de fungos”, alerta Djeniffer. “O ideal é trocar a roupa a cada dois dias, para evitar o acúmulo de sujeira e umidade”, complementa.

5 – Atividade física

cachorro chuva
Foto: La Tienda de Frida

Assim como os humanos, os animais tendem a ficar menos ativos nos dias mais frios. Porém, os tutores devem manter o nível de atividade física dos animais, pois os exercícios evitam o ganho de peso e auxiliam na termorregulação (controle da temperatura corporal).

6 – Caminhas e casinhas

gata-na-caminha-castlelass

Camas e cobertores ajudam a manter o pet aquecido no período de descanso. Há várias opções de camas, inclusive forradas com pelos, que ajudam a aquecer ainda mais o animal. Gatos também gostam muito de tocas, portanto avalie a possibilidade de comprar uma cama no formato iglu. Utilizar tapetes ou cobertores embaixo da caminha ou camas elevadas também é indicado. Outro cuidado é em relação a mudanças bruscas na temperatura. Se o pet estiver dentro de casa, em um ambiente aquecido, não deve sair diretamente para a parte externa. Além disso, aquecedores só devem ser usados junto com umidificadores de ar e os animais não devem ficar muito próximos dos equipamentos para evitar acidentes.

Para os animais que ficam no jardim, o ideal é que a casinha fique numa área coberta. As fabricadas com proteção térmica e portas ajudam a evitar a entrada de vento e amenizam o frio. Dentro das casinhas é recomendado o uso de caminhas e cobertores. Mas é fundamental cuidar da higiene do ambiente e acessórios e trocar sempre que estiverem úmidos.

cachorro e gato deitados.jpg

Com essas dicas seu pet estará pronto para enfrentar a estação mais fria do ano.

Fonte: docg.

 

 

Boavista Shopping prepara loja vazia para Campanha do Agasalho

O clima frio chegou e o Boavista Shopping terá mais uma edição da Campanha do Agasalho, desta vez em prol da ONG Caminhando Núcleo de Educação e Ação Social. A partir de hoje, 1º de junho, uma loja especialmente montada para recebe cobertores, roupas e calçados. Além de itens de higiene, brinquedos usados e alimentos não perecíveis. O ponto de coleta é no Piso G2 (loja 278), e funciona no mesmo horário do shopping.

A ONG Caminhando Núcleo de Educação e Ação Social oferece serviços socioeducacionais a adolescentes e jovens com deficiência intelectual, surdos e deficiência física. Atende diariamente 180 jovens que participam gratuitamente de atividades especializadas. Ao longo de 28 anos de atuação, a organização já transformou a vida de mais de 1.200 jovens com a inclusão no mercado de trabalho.

“Cada um de nós pode fazer um gesto de cidadania e contribuir com a ONG Caminhando é gratificante. Convidamos os nossos clientes e lojistas a colaborarem com esta campanha”, diz Márcia Campioto, gerente de Marketing do Boavista Shopping. No ano passado, o empreendimento recolheu 2.970 peças para doação a entidades assistenciais.

loja vazia.png

Campanha do agasalho 2018 Boavista Shopping
Período: 1º de junho a 31 de julho de 2018
Horário: Segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos e feriados das 14h às 20h.
Localização: Piso G2, loja 278 ao lado da Kings Sneakers – Rua Borba Gato nº 59 – Santo Amaro – São Paulo/ SP.

 

Gripe de outono também afeta os pets

Dica do veterinário da Petz é manter a vacinação em dia e deixar os pets sempre bem hidratados para evitar a queda da imunidade

Os bichinhos de estimação também sentem a mudança no clima e, com ela, o aumento da propensão às gripes. As principais doenças que os atingem nesta época são a traqueobronquite infecciosa canina, no caso dos cães, e a rinotraqueite, nos gatos. Ambas são transmitidas por vírus, em contato com algum pet doente, principalmente em passeios na rua e nos parques.

O veterinário Felipe Chaguri, da Petz, afirma que a imunização é a melhor forma de proteger os pets: “Nos cães, deve ser aplicada a vacina de gripe canina e, nos gatos, a múltipla felina. As duas dão proteção contra essas doenças, mas devem ter uma dose de reforço todos os anos”.

Sinais e tratamento

cachorro doente 2

Nos cães, os sintomas da traqueobronquite ou tosse dos canis aparecem com tosse seca, secreção nasal, espirros e febre. Já os gatos apresentam secreção nasal, secreção ocular amarelada ou esverdeada, espirros, febre e falta de apetite, em casos mais graves.

Os dois casos são tratados com antibióticos e tratamento da imunidade, além de serem realizados exames como hemograma e raio X de tórax, pois os problemas podem evoluir para uma doença mais grave, como pneumonia, se não forem tratados adequadamente.

Como evitar

Além da vacinação em dia e das visitas periódicas ao veterinário, é importante também ter alguns cuidados para manter a imunidade do pet em alta. ”No outono e inverno, vale colocar umidificadores pela casa por causa do ar seco; evitar passeios em dias muito frios ou logo após o banho; colocar mais potes de água pelos ambientes para aumentar a oferta de hidratação; dar alimentos úmidos como sachês específicos e cobertores para o pet ficar sempre aquecido”, explica o veterinário.

Silver tabby cat Zelda sneezing
Foto: Warren Photographic

Outras alterações que podem ocorrer nesta época:

• Conjuntivite: com o ar mais seco, os olhos dos animais podem ficar vermelhos, lacrimejar e coçar. Com isso, eles podem tentar aliviar a coceira com as patinhas, causando lesões ou até levando bactérias para os olhos. O que provoca a infecção chamada de conjuntivite. Animais de focinho mais curto tem mais incidência de conjuntivite. Para aliviar esses sinais, a limpeza dos olhos deve ser feita com algodão e água bem delicadamente. Mas é importante procurar um médico veterinário para que os sinais não persistam ou piorem.

• Problemas respiratórios: alguns pets podem ficar ofegantes e sofrer de crise respiratória nos dias secos. O ideal é evitar caminhadas longas e brincadeiras muito ativas nesses dias.

• Bichinhos de focinho bem curto ou achatados (braquicefálicos) têm dificuldade de respiração e maior predisposição para esses problemas, assim como filhotes e os pets mais idosos.

Fonte: Petz

Gloria Coelho reinaugura loja do Shopping Iguatemi e faz preview de bolsas

Gloria Coelho, um dos maiores nomes da moda no Brasil, reinaugurou sua loja do Shopping Iguatemi São Paulo e celebrou o evento com o preview da coleção de minibags – em edição limitada – criada em parceria com o Studio Papelaria.

São apenas 30 unidades disponíveis até o final do estoque. Sem reposição. A coleção, que chega às lojas em março de 2018, conta três modelos batizados de Louis XIV, Tommy e Medici e em sete cores – preto, branco, marrom, camelo, nude, laranja e prata. Feitas em couro, com alça removível, elas carregam o DNA clean e minimalista da estilista. Já as caixas que condicionam os mimos, feitas pelo Studio Papelaria, ganham os mesmos tons das peças. Para colecionar.

gloria 6gloria4gloria5gloria 1gloria 2gloria 3

O preço de cada peça é de R$ 998,80. As bolsas estão disponíveis apenas nas lojas da Rua Bela Cintra, 2.173 e do Shopping Iguatemi de São Paulo.

Tempo seco favorece aumento de doenças respiratórias e de pele

Cuidados simples podem ajudar na prevenção das doenças, como hidratação oral e corporal

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo faz um alerta à população em relação ao tempo seco, pois a baixa umidade do ar favorece o aumento de alergias respiratórias e de pele, principalmente em crianças, idosos e portadores de doenças crônicas.

Balanço feito pela pasta mostra que cerca de 60% das internações realizadas anualmente em decorrência de doenças respiratórias concentram-se entre os meses de março e agosto, período que abrange outono e inverno, estações com menor incidência de chuva e queda na umidade do ar. Em 2016, foram 236 mil internações do tipo e, desse total, 137 mil ocorreram nesse intervalo de seis meses.

A prevenção contra as doenças respiratórias, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), asma e pneumonia é fundamental durante todo o ano e deve ser redobrada nesse período. A rinite alérgica, por exemplo, pode ser agravada em razão da falta de umidade no ar.

Em todos os casos, podem ser tomados cuidados simples, mas eficazes com a saúde, como aumentar a ingestão de líquido, fazer inalação e lavar o nariz com soro fisiológico. “O tempo seco causa ressecamento das vias aéreas e viabiliza a proliferação de vírus e agravamento de doenças e alergias respiratórias, como asma, que pode ser tanto crônica, quanto alérgica. A ingestão de água e permanência em locais ventilados são ótimas maneiras de prevenção”, informa o pneumologista do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Barradas, Fábio Muchão.

usando bombinha asma mulher

Além da hidratação oral, é importante hidratar o corpo. Pessoas com pele mais sensível, que tenham doenças de pele ou pré-disposição a desenvolvê-las também podem ter agravamento de sintomas durante o clima seco. “A ingestão de água e uso de hidratantes corporais é indispensável. O hidratante não pode faltar no tratamento da pele, mesmo que seja necessário utiliza-lo várias vezes ao dia”, afirma a coordenadora do setor de dermatologia do AME Barradas, Bhertha Tamura.

A médica destaca ainda a necessidade da hidratação corporal para os idosos pois, com o avanço da idade, as pessoas tendem a perder a oleosidade da pele, favorecendo o ressecamento. Portadores de doenças de pele crônicas, como dermatite atópica e ceratose tendem a ter seu quadro agravado e devem sempre procurar a orientação de seus médicos para tratamentos específicos.

hidratação corpo pele pixabay
Foto: Pixabay

Dicas para evitar agravamento de doenças de pele durante o tempo seco:
– Beba bastante água, pelo menos 2 litros por dia;
– Use hidratante corporal todos os dias, principalmente após o banho. Se necessário, utilize várias vezes ao dia;
– Com o ressecamento, ocorrem coceiras na pele. Evite coçar-se, pois pode causar inflamações ou até mesmo infecções;
– Evite tomar banhos demorados, com água muito quente;
– Em caso de ressecamento severo da pele, procure seu dermatologista.

Hidratacao agua mulher

Dicas para evitar doenças respiratórias durante o tempo seco:
– Evite locais totalmente fechados;
– Cubra a boca com um lenço quando for espirrar;
– Beba muita água, pelo menos 2 litros por dia;
– Mantenha a carteira de vacinação em dia;
– Lave o nariz com e faça inalação com soro fisiológico.

Informações: Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo

Não é mito: estudos apontam que o frio pode ajudar a emagrecer

Médico endocrinologista explica como o metabolismo é afetado pelo clima típico do inverno

Sim, o frio pode ajudar a emagrecer. Mas calma! É que no inverno o nosso metabolismo fica mais acelerado e a queima de calorias se torna naturalmente maior, de acordo com diversos estudos científicos, como o publicado na revista americana Trends in Endocrinology Metabolism. Para manter esta vantagem do organismo é preciso não superar a queima calórica com a ingestão de comidas altamente calóricas que já são típicas do frio (chocolate, por exemplo), além de manter um ritmo de pratica de atividade física.

O médico endocrinologista Flávio Cadegiani, Membro da Abeso (Associação Brasileira para Estudos da Obesidade), explica como isso acontece “Existe uma gordura que ajuda a acelerar o metabolismo e, consequentemente, ajuda no emagrecimento. É a chamada gordura marrom ou tecido adiposo marrom”. Essa gordura pode ser encontrada principalmente perto do coração, embaixo das clavículas e também perto do pescoço. “A comunidade médica achava que esta gordura só podia ser encontrada nos recém nascidos e hoje já sabemos que persiste até a fase adulta”, conta Cadegiani.

Essa gordura é responsável por ativar o metabolismo e, segundo o médico, ela responde principalmente ao frio, se tornando uma gordura que quebra gordura. “Quando o corpo se adapta ao clima frio para se aquecer, a quantidade de gordura marrom aumenta, e ela age diretamente sobre a queima de gordura ruim acumulada”, destaca. “A taxa metabólica basal aumenta no frio não somente para manter o corpo aquecido, mas sim porque acontece a hipertrofia desse tecido que acelera o metabolismo. Emagrecer no frio não é mito, é fato”, confirma.

Mas eu engordo no inverno, por que isso acontece?

chocolate mulher

Vale lembrar que quando chega aquele friozinho, a fome também parece aumentar. O especialista atesta que não só parece como, biologicamente, ela de fato aumenta. “Isso acontece justamente porque o metabolismo está mais rápido que o normal e a fome pode surgir com mais frequência. Muitas pessoas engordam no inverno por comerem muito e não queimarem calorias proporcionalmente, sem praticar exercício físico, por exemplo”, reforça. Por isso a máxima de praticar atividades físicas permanece assim como em outras estações do ano.

corrida caminhada inverno.jpg

Fonte: Flávio A. Cadegiani é médico endocrinologista e metabologista, Especialista em Endocrinologia e Metabologia pela SBEM. Mestre e Doutorando em Endocrinologia Clínica pela Universidade Federal de São Paulo / Escola Paulista de Medicina (Unifesp/EPM). Pós-graduação em nutrologia (ABRAN). Membro especialista da The Endocrine Society (Endocrine Society). Membro especialista da AACE (American Association of Clinical Endocrinologists). Membro especialista da TOS (The Obesity Society). Membro da ABESO (Associação Brasileira para Estudos da Obesidade).

Mercearia do Conde oferece caldinhos e sopas para o alto inverno

Com uma temperatura imprevisível na capital paulista, a sopa é sempre um bom pedido. Pensando nisso, a restauratrice Maddalena Stasi, da astral Mercearia do Conde, localizada no Jardim Paulistano, lança um cardápio especial de caldinhos e sopas para aquecer a temporada, que fica disponível durante todo o inverno. Com ingredientes frescos, as opções variam em diferentes sotaques, num passeio que vai da Itália à Tailândia, a um preço de R$ 45,00.

Mercearia do Conde_Sopa de Abóbora_créditos Rafael Wainberg
Dentre as novidades de alto inverno da Mercearia do Conde, destaque para a Sopa de Abóbora ao Curry. Foto: Rafael Wainberg

Dentre as opções, estão a Tom Kha Gai (típica sopa tailandesa de frango com shiitake no leite de coco e pimenta malagueta); o Cappelletti in Brodo (prato típico italiano com um caldo aromático que pode ser à base de carne ou frango); a Sopa de Abóbora ao Curry e a Sopa de Alcachofras Frescas. Para acompanhar, o crocante da casa com sal grosso e alecrim garante leveza e refrescância aos pratos quentes. Menu para aquecer e reconfortar até as noites mais frias com receitas que valem por uma refeição.

A casa oferece almoço executivo de segunda a sexta, R$ 59,00 (três tempos).

Mercearia do Conde_Tom Kha Gai_créditos Patrícia Araújo
No menu com diferentes sotaques, é possível experimentar uma típica sopa tailandesa, a Tom Kha Gai. Foto: Patrícia Araújo

Mercearia do Conde Rua Joaquim Antunes, 217 – Jardim Paulistano Horário de funcionamento: De segunda a quinta, das 12 às 16 horas para almoço e das 19 horas às 23h30 para jantar. Sexta: das 12 às 24h30, sem intervalo. Sábado: das 12h30 às 24h30, sem intervalo. Domingo: das 12h30 às 23 horas, sem intervalo. Abre todos os dias.