Arquivo da tag: karla maciel

Queda de temperatura: prepare o corpo com estratégias nutricionais

As quedas de temperatura, que se iniciam com a chegada do inverno e se intensificam nos próximos meses, podem comprometer o equilíbrio do organismo, especialmente em relação ao sistema imunológico. Para evitar isso, torna-se necessária a adoção de estratégias que modulem o corpo antes da previsão do tempo mudar. A alimentação é uma forte aliada nesse aspecto, tendo em vista que o aporte adequado de vitaminas, minerais e fitoativos é eficaz no aumento das defesas imunológicas.

viver outonos

Formado por componentes específicos que sofrem influências de nutrientes, o sistema imune depende de um bom funcionamento do intestino, que possui alta associação com a chamada imunidade inata, responsável por defender o corpo contra infecções e resfriados agudos.

sementes-de-abobora-max-straeten
Foto: Max Straeten / Morguefile

Certos nutrientes, especificamente a glutamina, a arginina, os ácidos graxos essenciais e as fibras dietéticas (com destaque às prebióticas) são necessários para o crescimento e função normal das células presentes na mucosa intestinal e, consequentemente, das imunológicas. Para isso, a inclusão de cereais integrais, sementes, oleaginosas e leguminosas é recomendada.

Segundo Karla Maciel, nutricionista consultora da Naiak, os micronutrientes também devem ser ajustados na alimentação destinada aos preparos do corpo para o frio. Dentre eles, pode-se destacar o ferro, zinco, selênio, cobre, vitaminas C, E e D e as do complexo B, especialmente riboflavina (B2), ácido fólico e niacina (B3).

espinafre

Eles atuam como cofatores enzimáticos do sistema antioxidante endógeno, potencializando a ação das principais enzimas com esse papel de reduzir o estresse oxidativo. “É preciso ressaltar, ainda, que o ácido fólico, largamente presente em vegetais verde-escuros, favorece a síntese de glóbulos brancos, essenciais para otimizar a imunidade”, completa.

blueberry mirtilo pixabay
Pixabay

Um grupo de fitoquímicos que merece atenção quando se fala em imunidade são as catequinas e antocianinas, presentes no chá verde e frutas roxas, respectivamente. Estudos clínicos demonstram a capacidade destes compostos em atuar como imunomoduladores e antioxidantes, reduzindo os radicais livres que potencializam o desenvolvimento de doenças.

salmao_com_laranja

Por fim, um nutriente que deve ser listado é o ômega-3. Com alta capacidade em atuar como anti-inflamatório, o seu consumo por meio da alimentação e de suplementos de qualidade, é ideal para minimizar processos inflamatórios decorrentes das mudanças bruscas de temperatura.

Fonte: Karla Maciel – nutricionista consultora da Naiak – CRN 46500

Panetone de chocolate e frutas secas em versão saudável

A época mais mágica do ano se aproxima, e com ela as deliciosas preparações que recheiam a mesa de Natal como o panetone, que divide diferentes opiniões e gostos.
Portanto, quando se trata de saúde, é preciso moderação deste pão doce. “A versão convencional é rica em açúcar, farinha refinada e gordura vegetal, e pode comprometer o gerenciamento de peso ou até causar desconfortos como os intestinais”, diz Karla Maciel, consultora nutricional da E4.

Para manter o clima de Natal e não abrir mão do saudável, a nutricionista indica substituições inteligentes e ensina a preparar o próprio panetone. “Os ingredientes escolhidos mantém a textura de um panetone, sem deixar de lado a oferta de fibras para o funcionamento intestinal, vitaminas e minerais para as células em todo o organismo e energia, na forma de carboidratos complexos e de qualidade”, diz.

Segundo ela, esta alternativa é uma oportunidade para variar e descobrir novas sensações na gastronomia. “Além de manter o sabor da tradição que muitas pessoas apreciam, ainda agrega nutrientes ao nosso organismo”, explica.

Receita Panetone Nutritivo

Ingredientes

Pré–fermentação
1 colher (sopa) de fermento biológico seco instantâneo
½ xícara (chá) de suco de laranja
1 colher (sopa) de açúcar de coco
1 xícara (chá) de farinha de arroz

Massa
3 ovos
½ xícara (chá) de óleo de coco
1 colher (sopa) de vinagre de maçã
1 colher (sopa) de essência de panetone
½ xícara (chá) de farinha de aveia sem glúten
1 xícara (chá) de polvilho doce
1 colher (chá) de CMC ou goma xantana
¾ de xícara (chá) de açúcar mascavo
½ colher (chá) de sal
1 xícara (chá) de chocolate amargo 70% picado
1 xícara (chá) de uva-passa
1 xícara (chá) de oleaginosas (castanhas, amêndoas e nozes)

Modo de preparo

Pré-fermentação
Dissolva o fermento no suco de laranja, acrescente o açúcar de coco e ¾ de xícara de farinha de arroz. Deixe descansar por 1 hora e reserve.

Massa
Bata os ovos em uma batedeira até esbranquiçarem, adicione o óleo de coco, o vinagre e a essência de panetone e, em seguida, os ingredientes secos (farinha de aveia, polvilho doce, CMC ou goma xantana, açúcar mascavo e sal) peneirados, juntamente com a esponja (a massa após pré-fermentação). Incorpore o chocolate (cacau 70%), as uvas-passas e as oleaginosas à massa e acomode a mistura em formas de minipanetone, cobrindo até a metade e deixando-as descansar por 10 minutos. Coloque os panetones em uma assadeira e asse-os a 180˚C por 30 minutos, em média. Faça o teste do palito: se ao colocá-lo na massa ele sair limpo, significa que já está assado. Por fim, decore como preferir com laços e frutas secas ou frescas.

panettone- pixabay
Foto meramente ilustrativa – Pixabay

Depois de pronto, este prato pode ser consumido da forma que preferir. “Pode ser gelado, deixando algum tempo na geladeira, ou temperatura ambiente acompanhado de um café”. Ainda, para os ativos e adeptos de exercícios físicos, a consultora nutricional da E4, Karla Maciel, recomenda como um pré-treino, por ser uma boa fonte de energia.

Lembrando sempre de evitar os excessos nas porções “Não exagere nas quantidades, sempre mantenha o equilíbrio nutricional!”, conclui.