Arquivo da tag: legumes

Alimentos para incluir na lista de compras do mês

Safra é a época mais importante de produção natural de qualquer alimento. Nesse período, os ingredientes típicos dos preparos diários tornam-se mais acessíveis, frescos e de melhor qualidade.

Pensando em uma alimentação saudável, rica em nutrientes e com frutas, legumes e verduras em destaque na safra, a equipe de nutrição do Kurotel – Centro Médico de Longevidade e Spa de Gramado lista abaixo aqueles que devem constar na lista de compras do mês. “É importante lembrar que a possibilidade de alimentos serem livres de aditivos químicos quando estão dentro da safra é maior e que o consumo orgânico é sempre a melhor opção para a saúde”, revela Mariellen Emidio Figueroa, nutricionista do Kurotel.

FRUTAS

Banana-nanica: contém carboidratos, fibras solúveis, fósforo, cálcio, cobre, zinco, ferro, iodo, manganês, vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C e triptofano. “Proporciona saciedade e auxilia na produção de serotonina, melhorando o humor. É muito consumida por atletas e praticantes de atividades físicas com o objetivo de melhorar o desempenho, tanto pelo alto conteúdo energético, quanto pelo teor de potássio. Pode ser consumida antes ou depois do treino, atua na regulação das contrações musculares e no equilíbrio hídrico do organismo.

Caju: é rico em vitamina C e compostos bioativos como carotenoides, fitoesteróis e flavonoides, contém ferro, vitamina A, B1, B2, B3. A castanha de caju é rica em fibras, proteínas, minerais (magnésio, ferro, cobre e zinco), vitamina K e complexo B, carboidratos, fósforo, sódio e vários tipos de aminoácidos. Possui função antioxidante e anti-inflamatórias, auxiliando na prevenção e tratamento de diversas doenças crônicas como diabetes, câncer e doenças cardiovasculares. Além disso, contém beta-sitosterol o qual ajuda no controle do perfil lipídico. Possui ainda propriedades diuréticas e cicatrizantes. É rico em fibras promovendo uma maior saciedade e ajudando no controle do peso corporal.

carambola pippalou
Foto: Pippalou/MorgueFile

Carambola: contém vitamina A, C, vitaminas do complexo B, potássio e antioxidantes. Fortalece o sistema imunológico, atua no combate de radicais livres e auxilia no controle da pressão arterial. Porém a carambola contém uma substância (caramboxina) que é tóxica principalmente em pessoas com problemas renais, pode causar sintomas como soluços constantes, vômitos, fraqueza muscular, confusão mental, convulsão, podendo levar a morte. De acordo com os estudos, mesmo as pessoas saudáveis se exagerarem no consumo ou tomarem grandes quantidade do suco, podem desenvolver problemas neurológicos e insuficiência renal aguda.

Kiwi: é fonte de vitamina A, C, B6, potássio, magnésio, cobre, fosfato e fibras. Auxilia na proteção antioxidante, prevenção de câncer, doenças cardiovasculares, funcionamento do intestino, controle do colesterol, fortalecimento do sistema imunológico, controle da pressão arterial e prevenção de gripes e resfriados.

Laranja-pera: contém grandes quantidades de vitamina C. Essa poderosa vitamina aumenta a proteção contra infecções, tem propriedade cicatrizante e um alto poder de proteção antioxidante. Os antioxidantes protegem o organismo da ação prejudicial dos radicais livres. Além disso, seus antioxidantes melhoram o funcionamento dos vasos sanguíneos, ajudando a prevenir algumas doenças do coração. O consumo de laranja diariamente pode ser benéfico para aumentar o colesterol bom (HDL) e diminuir o colesterol ruim (LDL). A laranja também facilita a função intestinal por conter alto teor de fibras solúveis, encontradas na polpa e no bagaço. O betacaroteno, fitonutriente que confere a cor à laranja, auxilia na prevenção do câncer. O consumo regular de suco de laranja foi associado à menor incidência de hipertensão arterial e obesidade em homens adultos, sugerindo que o suco ou seus componentes auxiliam na prevenção da hipertensão e em menor prevalência de sobrepeso e obesidade.

laranja-lima - FOTO LEVE BEM
Foto: Leve Bem

Lima: os nutrientes da laranja lima são semelhantes aos da laranja em geral, a diferença está na acidez, sendo a lima de menos ácida que as outras qualidades de laranjas.

Maçã: contém pectina (fibra solúvel), presente na casca da maçã, que atua no sistema digestório, funcionamento do intestino (pode ser consumida por pessoas com diarreia ou constipação), auxilia no controle da saciedade e redução do colesterol. Possui flavonoides que combatem os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce, vitaminas B1 e B2 que ajudam a regular o sistema nervoso. Contém potássio, indispensável para a o controle dos batimentos cardíacos e pressão arterial.

Mamão: fruta com boa de ácido fólico, vitamina A, complexo B, E, K, magnésio, cobre, potássio, e dos antioxidantes zeaxantina, luteína, licopeno. Estes nutrientes promovem a saúde dos sistemas cardiovascular imunológicos, e na prevenção do câncer. Também está presente na sua composição a papaína, uma enzima que ajuda na digestão das proteínas, e fibras dietéticas, que aumentam o peristaltismo intestinal auxiliando nos sintomas de obstipação.

tangerina pixabay
Pixabay

Tangerina/mexerica: é rica em vitaminas C, B1 e B2, as quais ajudam à saúde dos nervos, pele, olhos, cabelos, fígado e boca. Além de conter grande quantidade de fibras, de sais minerais como magnésio, potássio, cálcio e fósforo, e da substância betacaroteno (precursor da vitamina A), que aumenta a resistência às infecções. Apresentam também compostos antioxidantes, que auxiliam, protegendo o organismo contra o envelhecimento precoce, reduzindo os riscos de câncer, doenças cardiovasculares e neurodegenerativas.

Morango: é rico em vitamina C, uma vitamina hidrossolúvel (solúvel em água) de extrema importância para o organismo humano e encontrada em frutos cítricos. Desempenha um papel fundamental no desenvolvimento e regeneração dos músculos, pele, dentes e ossos, na formação do colágeno e no metabolismo em geral. Dentre as propriedades do morango, destacam-se a sua ação antioxidante, a capacidade de reduzir a suscetibilidade a infecções, o seu efeito diurético e sua atividade anti-inflamatória. Além dessa vitamina, possui compostos fenólicos que agem também como antioxidantes naturais, possuem atividade anticarcinogênica, menor incidência de doenças coronarianas e ação bactericida e fungicida. Dentre os minerais, a fruta contém cálcio , potássio, magnésio, manganês, ferro, zinco e cobre, nutrientes importantes para o bom funcionamento do organismo.

VERDURAS

Agrião: hortaliça fonte das vitaminas A, B2, B3, C e K, e dos minerais cálcio, fósforo, ferro, magnésio e potássio. Possui propriedades antioxidantes pela presença da lactucina e da lactupricrina, substâncias que conferem o sabor amargo à hortaliça e com ação ansiolítica e sedativa, que amenizam o estresse. Também é fonte de prebióticos, inulina e fruto-oligassarídeos, que estimulam o processo de digestão e alimentam as bactérias benéficas do intestino, melhorando o trânsito intestinal. Além disso, contribui para a boa saúde do fígado, pois estimula a eliminação das toxinas.

Alho-poró: vegetal que pertence à família do alho e da cebola. É rico em vitaminas B1, B6 e C, e dos minerais cálcio, magnésio, manganês, fósforo, sódio, potássio, ferro e zinco. Possui ações anti-inflamatória, antibacteriana e vasodilatadora. Seu consumo é eficaz para o controle da pressão arterial, saúde cardiovascular e prevenção do câncer, pois as propriedades nutricionais do alho-poró neutralizam a ação dos radicais livres no organismo.

couve brocolis

Brócolis e couve-flor: pertencem a classe das brássicas, possuem fitoquímicos (glicosinolatos e isotiocianatos), substâncias importantes para prevenção do câncer, pois apresentam elevada atividade antioxidante, minimizando assim os danos oxidativos e auxiliando na detoxificação do fígado. Contém genistelina, substância com o poder de inibir o crescimento de tumores. Também são fontes de vitamina C, essencial para o fortalecimento do sistema imunológico, formação de colágeno, absorção do ferro e redução de colesterol. São também fontes de vitamina K, cálcio, fósforo e potássio, nutrientes importantes para a saúde óssea e cardiovascular.

Chicória: alimento de baixo valor energético e se destaca por ser um alimento com maior de teor de inulina (fibra solúvel). Também é fonte de vitaminas e minerais como: vitamina A, B6, vitamina C, potássio, cálcio, ferro, magnésio e fibra solúvel (inulina). Por conter inulina contribui para o equilíbrio da flora intestinal, sistema digestivo, controle do colesterol e prevenção de doenças cardiovasculares.

Coentro: utilizado na culinária como tempero. Contém ácido linoleico (sementes), vitamina K, A, C, B1, B2 e B3, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, potássio, fibras, antocianinas e óleos essenciais (sementes). É potente antioxidante (combate os radicais livres), atua na prevenção de diabetes, doenças cardiovasculares, câncer, distúrbios do trato digestivo e respiratório. Também possui atividade antimicrobiana, podendo ser utilizado para conservar os alimentos.

couve

Couve: é uma crucífera com inúmeros benefícios para saúde. Possui propriedades antioxidantes (flavonoides e carotenoides) que neutralizam a ação dos radicais livres, prevenindo o câncer e o envelhecimento precoce. Além disso, estimula as funções hepáticas, gástricas e intestinais contribuindo para o processo desintoxicação e eliminação das substâncias tóxicas do organismo. É fonte vegetal mais biodisponível em cálcio, essencial para a saúde óssea. Contém magnésio, mineral importante para o bom funcionamento dos neutransmissores como a serotonina e dopamina, melhorando o humor, sono e a disposição. É rica em ácido fólico, ferro, vitamina C e complexo B nutrientes essenciais para a manutenção das funções orgânicas e fortalecimento do sistema imunológico, prevenindo as doenças cardiovasculares e neurodegerativas.

Escarola: excelente fonte de vitaminas A, B2, B5, C e K, e dos minerais ferro, potássio, magnésio, zinco e selênio. Além de possuir um alto teor de fibras, especialmente a inulina, que tem efeito prebiótico, estimulando o crescimento das bactérias benéficas no intestino.

Espinafre: possui baixo valor energético e um elevado teor de nutrientes, vitamina A, B2, B6, vitamina C, E, K, folatos e minerais tais como o ferro, magnésio, cálcio, potássio e fósforo. Contém boa quantidade de fibras o que contribui para a saciedade. Os nutrientes, como a vitamina K, o magnésio e o cálcio auxiliam na manutenção óssea, prevenção da aterosclerose. As vitaminas antioxidantes A, C e polifenóis neutralizam a ação dos radicais livres, protegendo o organismo da oxidação do colesterol. O aumento do consumo diário de vegetais de cores verdes, diminui a incidência de diabetes tipo 2.

Stock-Photo mostarda
Stock Photo

Mostarda: rica em minerais cálcio, fósforo, ferro, magnésio, zinco e potássio nutrientes importantes para a formação e manutenção da saúde óssea e imunológica. Contém vitaminas do complexo B, que protege a pele e mantém um bom funcionamento do metabolismo. As folhas possuem propriedades digestivas e laxativas.

Rúcula: possui vitaminas A, C, cálcio, ferro, potássio e fósforo. Nutrientes importante para a saúde da pele e da visão, auxilia no fortalecimento do cabelo e no desenvolvimento de ossos e dentes.

Erva-doce: planta medicinal de nome científico Pimpillena anisum. Mais conhecida pelos seus efeitos calmantes e sedativos, e estimulante do processo digestivo. É fonte dos minerais potássio, ferro, zinco, cobre, selênio, manganês, magnésio, e das vitaminas A, B1, B2, B3, B6 e ácido fólico. Na sua composição também está presente o ácido málico, um ácido orgânico, que auxilia no processo de geração de energia dentro das células, aumenta as defesas do sistema imunológico e participa do processo de desintoxicação das toxinas (principalmente de metais tóxicos). As fibras presentes na erva-doce contribuem para o esvaziamento gástrico e bom funcionamento do intestino.

LEGUMES

abobora

Abóbora e abobrinhas: são alimentos fontes de potássio, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, fibra, vitaminas A, C, E e complexo B. A abóbora com a coloração alaranjada, contém carotenoides, que são componentes antioxidantes que o corpo transforma em vitamina A, esses nutrientes auxiliam na proteção da pele contra os malefícios da luz solar. O consumo de carotenoides protege o organismo de doenças crônicas, como doenças cardíacas e câncer e também previne problemas de visão. As vitaminas do complexo B ajudam no funcionamento do sistema nervoso, previnem doenças neurológicas e proporcionam mais energia ao organismo. Também é recomendada para quem quer emagrecer e para pessoas diabéticas, pois é um alimento rico em fibras, possui em sua composição carboidratos de baixo índice glicêmico, além de proporcionar saciedade.

Cará: um tubérculo do mesmo grupo alimentar da mandioca e do inhame. Muito consumindo no Nordeste em substituição do pão e cereais. É um alimento energético de fácil digestão, fonte de fibras, potássio, fósforo, vitaminas do complexo B, cálcio, magnésio e manganês. Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico e no funcionamento adequado do metabolismo dos carboidratos, lipídios e gorduras.

Cenoura: seu principal nutriente é o betacaroteno, uma substância, que durante a digestão, se transforma em vitamina A, muito importante para a visão, pele e mucosas. Com apenas 100g deste alimento as necessidades diárias de Vitamina A podem ser totalmente supridas. Rica também em sais minerais, como fósforo, cloro, potássio, cálcio e sódio, e vitaminas do complexo B, que ajudam a regular o sistema nervoso e a função do aparelho digestivo.

ervilha dmedina
Foto: D.Medina/Morguefile

Ervilha: fonte de vitaminas B1, B2, B3, B6, ácido fólico, ferro, Vitamina C, vitamina K, carotenoides, fibras e proteínas. Auxilia na proteção cardiovascular, manutenção da saúde óssea, metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídios, prevenção de anemia, proteção antioxidante, funcionamento do intestino, controle da glicemia e colesterol.

Fava: pertence ao grupo das leguminosas. Contém ferro, fibras solúveis, boa fonte de proteína vegetal que associado ao arroz, fornece todos os aminoácidos que o nosso corpo precisa para manutenção e síntese dos músculos. É fonte de vitamina do complexo B, que auxilia também a reduzir os sintomas de ansiedade, estresse e fadiga. Por conter grandes quantidades de ácido fólico, auxilia no funcionamento do sistema nervoso e na prevenção de anemia. Possui cálcio e magnésio, nutrientes importantes para a saúde óssea.

Inhame: tubérculo pertencente as várias famílias das dioscoreáceas. É um alimento de excelente fonte energética e de fibras solúveis. Rico em vitaminas A, B1, B2, B3, B6, C, ácido pantotênico e ácido fólico, e dos minerais potássio, ferro, cálcio, cobre, fósforo e magnésio. Possui propriedades benéficas para a saúde feminina porque ameniza os sintomas da TPM e da menopausa, devido a presença de diosgenina, um fitoesterol que melhora a síntese dos hormônios femininos. As fibras presentes no inhame auxiliam no controle do LDL-colesterol e da glicemia.

mandioca

Mandioca: tubérculo de ótima fonte carboidratos, mas de lenta absorção pelo organismo porque é rico em fibras. Na sua composição nutricional estão presentes os micronutrientes: vitaminas B6, C e ácido fólico, e os minerais magnésio, manganês e cobre. As vitaminas B6 e ácido fólico aumentam a produção de serotonina, um neurotransmissor, que proporciona sensação de bem-estar, combate o estresse e ajuda no controle da saciedade.

Mandioquinha: alimento de função essencialmente energética, pois na sua composição destacam-se os teores de carboidratos em relação aos demais nutrientes, sendo estes de fácil digestão. As proteínas presentes no alimento são incompletas porque apresentam, de modo geral, deficiência na maioria de seus aminoácidos essenciais. É uma excelente fonte de vitaminas do complexo B, vitamina A, cálcio e fósforo. Desta forma contribui para a saúde óssea, proteção antioxidante e reforça as defesas do organismo.

Nabo: planta crucífera de raiz tuberosa, pertencente à família das brassicáceas. Na composição nutricional da raiz destacam-se a vitamina C e os minerais potássio, sódio, cálcio e fósforo. As suas folhas são comestíveis e ricas em beta- caroteno precursor da vitamina A, vitaminas C, K e ácido fólico, e luteína poderoso antioxidante que auxilia na saúde dos olhos e previne o câncer. O nabo também apresenta ação anti-inflamatória e “purificadora do sangue”, porque exerce um importante papel na eliminação das toxinas do organismo.

Rabanete: raiz contém muitos nutrientes como ácido sulfociânico, isotiocianatos, fibras, vitamina C, vanádio, vitamina A, vitaminas do complexo B, cobre, magnésio, zinco, potássio, cálcio, ferro, fósforo, silício e antioxidantes. Fortalece o sistema imunológico, atua na prevenção de câncer e doenças cardiovasculares, no controle da pressão arterial e no funcionamento adequado dos rins e fígado.

pimentão

Pimentão: pertence à mesma família da pimenta (solanáceas). O sabor picante presente é devido a uma substância chamada capsaicina (encontrada também na pimenta). Contém também vitamina C, vitamina A, minerais como o cálcio, fósforo, ferro e capsorubina (antioxidante e protetor das células). Possui propriedades que auxiliam na saúde da pele, cabelos e unhas.

Fonte: Kurotel 

 

Anúncios

Chips veganos feitos de legumes desidratados

Comer saudavelmente não significa monotonia e opções sem sabor e sem graça. A partir dessa ideia, surgiu a Frispy – Fresh´n´Crispy, marca que traduziu esse pensamento em snacks ‘do bem’: 100 % natural, sem aditivos químicos, nutritivos, coloridos e, claro, muito saborosos.

Fruto de um processo único, esbanjam saúde porque são pura e simplesmente legumes desidratados – eis aí o grande diferencial do produto, que é um chips super crocante, mas que não é frito e nem assado. No processo de produção, os legumes não são expostos a altas temperaturas, o que pode acabar por produzir acrilamida (substância cancerígena), além da acroleína (substância também cancerígena) comumente utilizada em pesticidas e que, ocasionalmente, pode ser encontrada ao sobreaquecer o óleo vegetal utilizado no processo de fritura.

Por meio de tal tecnologia própria e inovadora, todas as características naturais do alimento são preservadas, tais como cor que é ressaltada através de processos térmicos, aroma e sabor, além dos benefícios nutricionais. Vale destacar que são 100% natural, não levam adição de nenhum tipo de corante, aromatizante, conservante ou outro ingrediente artificial. Paralelamente à saudabilidade, a produção ganha pontos pois preza os pilares de sustentabilidade.

Na prateleira
Três linhas estão disponíveis no mercado em todo o Brasil (pelo site frispy.com.br, é possível pesquisar estabelecimentos que comercializam os produtos):

Frispy

mockup original

 

Mediterraneo frente
Original (40g) é um mix de chips com batata doce e roxa, cenoura e vagem; Mediterrâneo (40g), como o nome já adianta, é uma homenagem à região que dá nome à linha e como tal, enfatiza ingredientes ícones da dieta mediterrânea em forma de chips de batata doce com azeite de oliva extra virgem, alecrim e sal rosa do Himalaia; Mandioquinha (35g); Cenoura (25g) e Beterraba (25g).  Preço consumidor sugerido: R$ 7,49

Mockup Frispy MandioquinhaMockup Frispy CenouraMockup Frispy Beterraba

Frispy Petit

Frispy Petit Batata Doce e CenouraFrispy Petit Batata Doce e BeterrabaFrispy Petit Mediterrâneo
Linha com embalagens menores que são ideais para as crianças levarem como lanche para a escola, ou ser levada na bolsa por ser compacta. Mediterrâneo (25g); Batata Doce e Cenoura (25g); Batata Doce e Mandioquinha (25g) e Batata Doce e Cenoura (25g). Preço consumidor sugerido: R$ 4,99

Frispy Granel
Linha voltada para o segmento de food service que pode ser utilizada no couvert, ou mesmo, como acompanhamento em pratos. Original (2kg); Mediterrâneo (2kg); Mandioquinha (2kg); Cenoura (1,04kg) e Beterraba (1,04kg).

Raio X
• Chips de vegetais desidratados; não são fritos nem assados;
• Preserva todas as características naturais do alimento; e mantém os nutrientes dos vegetais in natura; alta concentração de nutrientes;
• Não contém: aditivos, conservantes, corantes, aromatizantes artificiais;
• 100% à base de ingredientes naturais; glúten free, sem lactose, zero colesterol e livre de gorduras trans; vegano, integral, sem transgênicos, não contém traços de amendoim e nem se soja; e sem alergênicos.

frispy3

Versátil
O produto, além de ser um lanche saudável, é prático porque vai bem em qualquer etapa do dia e é fácil de carregar na bolsa, no carro, no trabalho, na academia, em viagem. E leva vantagem ainda pela versatilidade: é uma opção para crianças que quase sempre torcem o nariz por legumes, para quem sofre de alergias e intolerâncias, sem falar das inúmeras possibilidades das linhas na cozinha, já que podem figurar como ‘a’ pitada especial que faltava naquela receita, já que vão bem na salada, purês, sopas, cremes e como acompanhamentos saudáveis de carnes, peixes e até de massas.

frispy

Informações: Frispy

 

 

 

 

 

 

Tratamento capilar com ativos 100% gourmet

Propriedades alimentares entram no mix de produtos da Skafe Cosméticos que lança a nova linha “Gourméticos”

Após pesquisas, a Skafe criou uma nova geração de cosméticos com ativos 100% naturais, antes usados somente no segmento alimentar. No dia a dia os cabelos sofrem com o vento, sol e outros fatores que o fazem perder o brilho e a vitalidade, por isso a Skafe traz para o mercado de cosméticos a linha NatuHair Gourméticos o primeiro tratamento capilar para Nutrir, Hidratar e Reconstruir a fibra capilar com ativos 100% gourmet.

Os produtos podem ser encontrados nas versões:

mix de frutas

NatuHair Gourméticos Mix de Frutas foi desenvolvido com Óleo de Abacate e Semente de Manga que hidratam e nutrem profundamente, somados aos extratos de Cranberry e Melão que possuem ação antioxidante e revitalizadora, agem diretamente na fibra capilar trazendo a Vitalidade, Força e Brilho aos seus cabelos.

Modo de usar: após lavar os cabelos, aplique a Máscara de Tratamento Mix de frutas em toda extensão dos fios, massageando delicadamente mecha por mecha. Deixe agir por 5 minutos. Enxágue. Finalize como de costume.

maionese

Maionese Capilar: a verdadeira nutrição e hidratação turbinada é NatuHair Gourméticos Maionese Capilar da Skafe, com Proteína do ovo, que nutre profundamente os fios somado ao Vinagre Balsâmico que traz aos seus cabelos um super brilho e não podemos esquecer do Azeite de Oliva que possuí altíssimo poder de hidratação e revitalização.

Modo de usar: após lavar os cabelos, aplique a Máscara de tratamento Maionese capilar em toda extensão dos fios, massageando delicadamente mecha por mecha. Deixe agir por 5 minutos. Enxágue bem retirando todo o produto. Finalize como de costume.

creme de legumes

Creme de Legumes: foi desenvolvido com Abóbora + Berinjela + Cenoura + Mandioca, ativos naturais de alta performance que hidratam, revitalizam e fortalecem toda região danificada dos cabelos, da raiz às pontas e em seu nível intercelular, restaurando-os em sua totalidade.

Modo de usar: após lavar os cabelos, aplique a Máscara de Tratamento em toda extensão dos fios, massageando delicadamente mecha por mecha. Deixe agir por 5 minutos. Enxágue. Finalize como de costume.

Preços sugeridos: R$18,00 cada

Informações: Skafe Cosméticos – SAC: 0800 7098 163

Dia dos Pais: receita com muito carinho e sabor na comemoração

Reunir tudo o que ele mais gosta e oferecer presentes originais como flores ajudam a tornar a data inesquecível

Domingo, 13 de agosto, é dia de homenagear aquele que está sempre por perto e teve papel fundamental em nossa trajetória. Para tornar esse momento ainda mais especial, a dica é caprichar em tudo o que ele gosta, oferecendo um bom churrasco com carnes nobres e um vinho de qualidade, mas também surpreendendo no presente: flores! Sim, homens também apreciam esse gesto de carinho e certamente ficarão agradavelmente surpresos.

Os preparativos podem começar pela organização de todos os itens necessários para a realização do churrasco, mas aqui o cuidado essencial está na escolha das carnes, que sempre devem ser de ótima procedência, adquiridas em fornecedores confiáveis. No Oba Hortifruti, além da garantia do melhor corte, é possível escolher entre a variedade do Contrafilé Bovino Oba Reserve, Steak Oba Reserve, Tibone Oba Reserve, Costela Bovina Oba Reserve, Costela Bovina em Tiras Oba Reserve, Picanha Bovina Oba Reserve e Recorte do Contrafilé Pirulito Oba Reserve.

Algumas dicas podem fazer toda a diferença na hora do preparo de cada carne, como não salgar com antecedência, evitando o ressecamento. “Selar o corte também é importante para reter a umidade, virando a peça para tostar rapidamente de todos os lados na churrasqueira”, explica a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau.

“A picanha deve ser assada com a gordura virada para cima e só no final do cozimento ser invertida para derreter”, acrescenta. “E para descobrir o ponto desejado sem cortar, é só pressionar a carne com as costas de um garfo, pois quanto mais macia estiver, menos passada”, indica. “Por último, adicionar pimenta calabresa ao sal grosso confere novo paladar ao tempero”.

Para acompanhar todo esse sabor e ao mesmo tempo presentear, o sommelier do Oba Hortifruti, Ricardo de Paula Custódio, recomenda o vinho tinto chileno Valle Hermoso. “É um rótulo que harmoniza bem com as carnes em suas variedades malbec, cabernet sauvignon e carmenere, pois os taninos equilibram com as suculências e texturas do cortes”, destaca. Em todas as lojas da rede essa deliciosa opção pode ser oferecida juntamente com uma orquídea já embalada para presente, em uma sugestão original para todos os estilos.

Confira abaixo as receitas diferenciadas elaboradas pela nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau:

Espetinho de carne com legumes

Espetinho de carne Legumes

Ingredientes:
1 pimentão amarelo
2 cebolas roxas
2 tomates pequenos
Cubos de carne Oba Reserve Contrafilé ou Picanha
Sumo de 2 limões
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Corte os pimentões em quadrados de 3×3 cm. Fatie as cebolas e os tomates em rodelas grossas. Tempere os legumes e a carne com sal, limão e pimenta a gosto. Monte os espetinhos em sequência: carne, cebola, tomate, pimentão. Leve para assar com a churrasqueira já bem quente até que a carne fique ao ponto.

Costela assada ao molho barbecue caseiro

Costela assada com Barbecue

Ingredientes:
1 peça de Costela Oba Reserve
1 cebola ralada
2 dentes de alho ralados
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
Azeite para refogar
100 ml de vinagre de arroz
100 ml de água
2 colheres (sopa) de molho inglês
2 xícaras (chá) de catchup
1 colher (sopa) de mostarda amarela
2 colheres (sopa) de mel
1 pitada de páprica picante
1 colher (café) de sal

Modo de preparo:
Aqueça o azeite e doure o alho e a cebola. Acrescente o vinagre, o catchup, o açúcar, a água, a mostarda, o mel e o molho inglês. Misture bem até que tudo incorpore. Tempere com o sal, o cominho e a páprica. Misture novamente. Deixe o molho apurando por cerca de 20 minutos em fogo baixo. Asse a peça de costela na churrasqueira e passe o molho na carne ainda bem quente.

Fonte: Oba Hortifruti

Vaporeira para cozinhar peixe, legumes e frutas

A melhor maneira de aliar uma alimentação saudável a um método de cozinhar simples e rápido é optar pela comida feita no vapor no micro-ondas. Nesse tipo de preparo, os alimentos sofrem pouca alteração, e seu sabor é mantido.

A Vaporeira Cristal Pop da Tupperware é ideal para cozinhar legumes frescos e congelados, frutas e peixes no vapor no micro-ondas. Ela também é ótima para reaquecer alimentos sem que percam seus nutrientes e sem ressacá-los. Já imaginou na hora do jantar, reaquecer o que foi feito anteriormente, e ainda ter gostinho de comida feita na hora?

tupperware.png

Vaporeira Cristal Pop – Preço sugerido: R$ 85,00

Informações: Tupperware

Aprenda a preparar receitas do dia a dia com menos sódio

O brasileiro consome, em média, 12 gramas de sódio por dia – volume considerado alto pela Organização Mundial da Saúde, que recomenda o consumo de 5 gramas por dia. Arroz, legumes, farofa, salada, muitas vezes os pratos simples do dia a dia acabam recebendo uma quantidade exagerada de sal durante o preparo. Reduzir esse consumo, no entanto, não significa ter pratos sem sabor.

As indústrias estão trabalhando para colaborar com essas mudanças e disponibilizando aos consumidores linhas de temperos, como o caldo Knorr Balance, com redução de até 30% de sódio. Com essas opções, não é preciso adicionar mais sal à preparação, pois Knorr já entrega o sabor à comida. Pensando nisso, a chef Natália dos Santos, da Unilever, ensina a preparar 4 receitas comuns do dia a dia com menos sódio. Confira:

Salada de frango com quinoa

IG_KNORR_SALADA_DE_FRANGO_COM_QUINUA_3

Ingredientes
1 xícara (chá) de quinoa em grãos
meio quilo de peito de frango cortado em cubos pequenos
1 cubo de caldo de galinha Knorr Balance
2 xícaras (chá) de água fervente
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 abobrinha pequena cortada em cubos pequenos
1 pimentão vermelho pequeno cortado em cubos pequenos
150 gramas de queijo branco cortado em cubos pequenos
6 damascos secos cortados em cubos pequenos

Modo de preparo
Em uma panela, coloque a quinoa e o cubo de caldo de galinha Knorr Balance e cubra com a água fervente. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos ou até secar o líquido. Retire do fogo, misture com um garfo, tampe a panela e deixe esfriar. Em uma frigideira grande, aqueça 1 colher (sopa) do azeite em fogo médio e doure o frango. Reserve. Na mesma frigideira aqueça o azeite restante em fogo médio e refogue a abobrinha. Reserve. Em uma tigela, junte a quinoa fria, o frango, a abobrinha, o pimentão, o queijo e o damasco.  Disponha em uma travessa. Sirva em seguida.

#DicaDeChef
Se desejar, leve a geladeira até a hora de servir. A quinoa é um grão que também pode ser encontrada na forma de farinha e farelo. É um produto rico em proteína e foi considerado pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação como sendo um “alimento nutritivo” devido sua composição.

Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 40 minutos
Calorias por porção: 309

Arroz integral com castanha

ARROZ_INTEGRAL_COM_CASTANHA

Ingredientes
6 xícaras (chá) de água
1 cubo de caldo de legumes Knorr Balance
1 xícara (chá) de arroz 7 cereais
meia xícara (chá) de castanha-do-pará picada

Modo de preparo
Em uma panela média, ferva a água em fogo alto. Abaixe o fogo e dissolva o cubo de caldo de legumes Knorr Balance. Acrescente o arroz e cozinhe em fogo baixo, com a panela semitampada, por 20 minutos, ou até a água secar. Retire do fogo, tampe a panela e reserve por 10 minutos. Disponha em uma travessa, polvilhe a castanha-do-pará e sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 40 minutos
Calorias por porção: 327

Farofa de legumes e aveia

Farofa_de_Legumes_e_Aveia

Ingredientes
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 chuchu ralado no ralo grosso
1 cenoura pequena ralada no ralo grosso
1 palmito médio picado
1 cubo de caldo de legumes Knorr Balance
1 xícara (chá) de água fervente
2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
1 xícara (chá) de aveia em flocos grossos

Modo de preparo
Em uma frigideira grande, aqueça o azeite em fogo médio. Junte o chuchu, a cenoura e o caldo de legumes Knorr Balance já dissolvido na água. Deixe cozinhar por 5 minutos, ou até os legumes começarem a murchar. Retire do fogo, acrescente o palmito e o cheiro-verde, e misture. Adicione a aveia e mexa bem. Sirva em seguida.

DicaDeChef
A aveia deve ser acrescentada na hora de servir, para que a farofa fique crocante.
A substituição da farinha de mandioca por aveia usada tradicionalmente em farofas torna esta receita mais equilibrada.

Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 10 minutos
Calorias por porção: 233

Picadinho de carne

PICADINHO_DE_CARNE

Ingredientes
1 colher (sopa) de óleo
400 g de miolo de alcatra cortado em cubos pequenos
Meia cebola pequena picada
1 dente de alho picado
Meio tomate pequeno picado
2 e meia xícaras (chá) de água quente
1 cubo de caldo de carne Knorr Balance
1 batata pequena cortada em cubos pequenos
1 cenoura pequena, em cubos pequenos
Meia colher (sopa) de salsinha picada

Modo de preparo
Em uma panela média, coloque o óleo e leve ao fogo alto para aquecer. Junte a carne e frite até dourar de todos os lados. Acrescente a cebola e o alho, e refogue até a cebola murchar. Adicione o tomate e deixe cozinhar, em fogo baixo por 2 minutos, ou até começar a desmanchar. Regue com a água e deixe cozinhar em fogo médio com a panela semitampada por aproximadamente 20 minutos, ou até que a carne esteja completamente cozida. Junte o cubo de carne Knorr Balance e mexa até dissolver. Acrescente a batata e a cenoura, e deixe cozinhar em fogo médio, com a panela semitampada por mais 15 minutos, ou até os vegetais estarem macios. Retire do fogo, adicione a salsinha e sirva em seguida.

#DicaDeChef Se preferir, substitua a batata comum por batata doce.

Rendimento: 5 porções
Tempo de preparo: 30 minutos
Calorias por porção: 205

Fonte: Knorr

Aprenda duas receitas quentes para se aquecer

Com as temperaturas baixas do inverno, receitas quentinhas ganham mais espaço na alimentação, e ingredientes como gengibre e tomilho dão um toque especial no preparo. Pensando nisso, a Chef da Unilever Natalia dos Santos ensina duas receitas de inverno de dar água na boca. Confira:

Cação poché com molho de tomate fresco

IG_KNORR_peixe_com_molho_de_tomate_3.jpg

Ingredientes
1 cubo de caldo de legumes Knorr Balance
meio litro de água fervendo
6 postas de cação pequenas (aproximadamente 100g cada)
3 tomates médios, sem pele e sem semente, picados
1 colher (sopa) de alcaparras
2 ramos de tomilhos picados (somente as folhas)

Modo de preparo
1. Em uma frigideira grande, coloque a água fervente e dissolva o cubo de caldo de legumes Knorr Balance.
2. Acomode as postas de peixe uma ao lado da outra e deixe cozinhar em fogo baixo por 10 minutos ou até que o peixe mude totalmente de cor.
3. Retire as postas com o auxílio de uma escumadeira e reserve-as em uma travessa.
4. Na mesma frigideira, junte os tomates ao caldo restante e deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 5 minutos, ou até que tomate começa a desmanchar.
5. Acrescente as alcaparras e o tomilho, misture e retire do fogo. Disponha o molho sobre o peixe reservado e sirva a seguir.

#DicasdaChef
1. Se desejar, substitua as alcaparras por azeitona verde picada.
2. Poché é o método de cozimento do alimento brevemente em água quente. Esse tipo de preparo é muito utilizado para cozinhar ovos, mas é uma boa opção para peixes firmes, como tilápia, salmão e cação. Saborizar a água com caldo é essencial para o peixe ficar saboroso.
Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 20 minutos
Calorias por porção: 100

Legumes cozidos no vapor com gengibre

legumes_cozidos_no_vapor_com_gengibre_baixa

Ingredientes
1 xícara (chá) de vagem picada
1 batata média cortada em cubos médios
10 minis cenouras
1 mandioquinha média cortada em rodelas médias
1 maço de brócolis-ninja
1 cubo de caldo de legumes Knorr Balance
1 colher (sopa) de azeite
1 colher (chá) de gengibre ralado
1 colher (sopa) de cheiro-verde picado
6 tomates-cereja

Modo de preparo
1. Em uma panela própria para cozimento a vapor coloque a vagem, por cima a batata, a cenoura, a mandioquinha e o brócolis. Cozinhe com a panela tampada por 20 minutos. Retire do fogo e reserve até amornar. Abra a panela e verifique o cozimento dos vegetais
2. Coloque em uma travessa, esfarele o cubo de caldo de legumes KNORR Balance, regue o azeite e misture o gengibre.
3. Polvilhe o cheiro-verde e decore com os tomates-cereja. Sirva quente ou frio.

#DicadaChef
Cozinhar no vapor é uma das formas de preservar os nutrientes dos vegetais e nesse método é mais fácil deixá-los na consistência ideal (al dente), pois não absorvem muita água durante a cocção.
Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 30 minutos
Calorias por porção: 140

*Quando comparado a versão tradicional.

Fonte: Knorr

 

 

 

 

 

 

 

Mais dicas de pratos saudáveis para as festas juninas

Estamos em uma época de muitas delícias típicas: as festas juninas. Mas, será que é possível aproveitar todas as opções sem sobrecarregar o organismo ou prejudicar o comportamento gastrointestinal? A resposta é sim.

Seja milho verde, amendoim, arroz doce ou bolos, é possível aproveitar a ocasião e se cuidar ao mesmo tempo. “Neste período é comum muita gente consumir alimentos diferentes dos que ingere no dia a dia. Isto é ótimo, pois com equilíbrio pode-se aproveitar a grande diversidade culinária dessa festa”, afirma Karin Sedó Sarkis, nutricionista do Fleury Medicina e Saúde. No entanto, vale seguir algumas recomendações para preparar a culinária típica do festejo sem deixar a saúde de lado.

– Milho: cozido, assado ou grelhado é uma boa pedida. Aproveite para fazer um sal de ervas misturando a mesma proporção de sal com uma ou mais de ervas que te agradam, por exemplo, sal com orégano, e salpique sobre o milho. Outra opção é usar somente as ervas, também fica uma delícia. Se quiser dê um toque com manteiga e aproveite!

Corn on the cob

– Pamonha ou curau de milho verde? Preparações com milho, o curau pode ser feito com leite desnatado. Caso haja necessidade ambos podem ser adoçados com menos açúcar ou pode-se utilizar o açúcar light ou adoçante culinário para diabéticos.

pamonha

– Pipoca: lembre que é hora de cozinhar, use a panela e não o micro-ondas. A pipoca não precisa de muito óleo ou manteiga para estourar. Se interessar dá até pra fazer a pipoca sem nenhum tipo de gordura. Para isto você deve esquentar muito bem a panela, colocar o milho e mexer bem para que ela estoure sem grudar. Outra dica é maneirar no uso do sal, aqui também vale fazer uso do sal de ervas e/ou das ervas propriamente ditas, bem como de especiarias (curry, cúrcuma, páprica picante, pimenta do reino, dentre outras).

pipoca xandert
Foto: Xandert/Morguefile

– Mungunzá e outros doces: nesses preparos também podemos substituir o leite integral por leite desnatado. Dê preferência às versões light de creme de leite e leite condensado. O arroz doce, por exemplo, pode ser feito com o grão integral. As dicas em relação ao açúcar se adequam aqui também.

arroz doce tape

– Bolos: além das dicas acima, tire proveito de ingredientes naturais, como a mandioca e o milho, de preferência o natural. Com ingredientes in natura eles ficam mais saudáveis e saborosos.

Bolo de mandioca

– Amendoim: cozido, assado ou como base no preparo de outros pratos. É rico em gordura de boa qualidade, sendo ótimo para quem quer repor a energia após as danças juninas. Caso opte pela versão cozida, uma preparação tradicional, tenha atenção para o modo de conservação. Certifique-se da qualidade da água usada para cozinhar o amendoim. Depois, conserve em geladeira por no máximo três dias. Tenha atenção na procedência do amendoim, pois caso haja umidade na pós-colheita ou dependendo da forma de armazenamento, pode haver a formação de um fungo que produz uma substância chamada aflatoxina, que é maléfica ao organismo.

Paçoca-659x371

– Cuscuz: vale adicionar legumes, como cenoura ralada e abobrinha, e deixar de lado ervilha e milho enlatados, bem como outros produtos industrializados. Prefira os legumes e vegetais frescos. Dessa forma, adicionamos fibras e reduzimos a quantidade de sódio e conservantes.

minicuscuz

– Licores: quer seguir a tradição e degustar um licor de jenipapo? Apenas fique atento à quantidade, devido ao alto teor alcoólico e grande concentração de açúcar. Por isso, devem ser consumidos com moderação.

licor
Foto: jenipapodo7c.blogspot.com.br

Fonte: Fleury Medicina e Saúde

Dicas para não se enganar com dietas e alimentos

Diariamente nos deparamos com estudos que condenam alguns alimentos, glorificam outros e, logo em seguida, novas pesquisas são divulgadas desmentindo as conclusões anteriores. A Doctoralia, plataforma de conexão de profissionais de saúde com pacientes, traz algumas orientações e recomendações sobre como ter bons hábitos alimentares e evitar produtos que podem prejudicar a saúde.

Não se engane ao consumir alimentos com boa fama

Algumas dicas de alimentação que já fazem parte do senso comum, também podem causar efeitos negativos ao organismo se ingeridos em excesso, é o que aponta o nutricionista cadastrado na Doctoralia, Daniel Barreto de Melo. O alto consumo de fibras, muito adotado pelos que estão em dietas, “pode levar não só à constipação (intestino preso) como também a uma menor absorção de algumas vitaminas e minerais”. Mesmo as frutas, consideradas totalmente saudáveis, devem ser consumidas com moderação. “A maioria delas é rica em açúcares simples e seu excesso promove o ganho de peso e algumas desordens metabólicas”, ressalta Melo.

frutas

Diversifique seu cardápio

Dietas restritivas, como as que eliminam o carboidrato do cardápio, são muito divulgadas e praticadas, porém essa prática pode causar deficiências nutricionais sérias. O nutricionista afirma que “a diversidade alimentar é fundamental para que sejam ingeridas as quantidades adequadas de vitaminas, minerais e compostos bioativos dos alimentos”. Além disso, Melo lembra que limitar as opções pode “causar monotonia alimentar e diminuir a percepção de que a alimentação deve ser, além de saudável, prazerosa”.

pão integral bellanapoli

Evite alimentos com altas quantidades de compostos químicos

Segundo o profissional, alimentos fontes de gordura trans, nitritos, nitratos e outros, consumidos com frequência, mesmo que em quantidades pequenas, fazem mal à  saúde. “Neste ponto é que entra a maioria dos alimentos industrializados e daqui surgem as recomendações de se preferirem os alimentos minimamente processados, caseiros, naturais etc”.

Melo cita ainda alguns produtos que são muito comuns no dia a dia, como “a maioria dos biscoitos e bolachas, sorvetes, bolos prontos, diversos alimentos congelados, embutidos em geral, refrigerantes, alimentos coloridos artificialmente, caldo de carne, entre outros”.

arker refrigerante
Foto: Arker

Além desses, legumes, vegetais e frutas também merecem atenção. De acordo com estudos da Anvisa, o Brasil é maior consumidor de agrotóxicos do mundo, sendo que muitos alimentos apresentam substâncias químicas acima do permitido. O nutricionista alerta para este fato e afirma “esses compostos químicos são absorvidos e armazenados no corpo, impedindo seu adequado funcionamento”.

pimentao-the-bix-blog
Foto: The Bix Blog

Crie o hábito de ler as embalagens

Muitos produtos vendidos como saudáveis também podem mascarar ingredientes prejudiciais à saúde, como é o caso dos biscoitos integrais, que algumas vezes contêm mais açúcar do que fibra em sua composição. “A indústria de alimentos costuma utilizar farinha de trigo integral junto à branca, então o produto ganha fibras e outros nutrientes, mas de forma limitada, nem sempre sendo realmente saudável”.

rotulo

Outro exemplo é o suco de caixinha, se for néctar de fruta, significa que tem apenas de 20% a 40% de suco e o restante é composto de água, açúcar e aromatizante. Mesmo quando não se enquadram nesta categoria, “os que realmente são sucos costumam perder uma quantidade considerável de nutrientes, durante o processo de pasteurização e envasamento, o que torna os sucos feitos na hora as melhores opções”.

suco de laranja dvir
Foto: Dvir;/Morguefile

“Diante disso tudo, é importante saber que algumas marcas são mais cautelosas com o consumidor e produzem versões realmente saudáveis desses alimentos. É preciso se criar o hábito de ler rótulos, para que sejam feitas sempre as melhores escolhas”, aconselha Melo.

Fonte: Doctoralia

 

Aprenda duas receitas para espantar o frio

Com as baixas temperaturas do outono, os cobertores e cachecóis saem do armário para ajudar a enfrentar o frio. As sopas e os pratos quentes ganham destaque no almoço e no jantar, sendo ótimas opções para manter o corpo aquecido. Pensando nisso, Knorr selecionou duas receitas quentinhas para espantar o frio dessa temporada.

Sopa de Carne Com Legumes

IG_KNORR_sopa_de_carne_com_legumes_3_baixa160620_150634

Ingredientes
1 embalagem de Sopão de carne Knorr
2 litros de água fria
Batata-doce
1 xícara (chá) de abóbora-pescoço cortada em cubos
meia xícara (chá) de vagem picada
1 colher (sopa) de cheiro-verde

Modo de Preparo
Em uma panela grande, coloque o sopão de carne Knorr e água, e misture até dissolver. Junte a batata-doce, a abóbora e a vagem, e mexa. Leve ao fogo médio, mexendo sempre, por 15 minutos, ou até ferver. Abaixe o fogo e cozinhe, mexendo de vez em quando, por 5 minutos, ou até os legumes estarem cozidos. Retire do fogo, salpique o cheiro-verde e sirva em seguida. Rendimento: 8 porções. Tempo de preparo: 20 minutos.

Cozido de Carne Com Legumes

cozido_de_carne_com_legumes_15_baixa160620_150634.jpg

Ingredientes
1 litro de água
3 cubos de caldo de picanha Knorr
1 quilo de carne bovina cortada em cubos grandes (músculo ou coxão duro)
2 espigas de milho verde cortadas em rodelas grandes
2 mandiocas pequenas cortadas em rodelas grossas
1 cenoura grande cortada em rodelas grossas
400 gramas de paio cortado em rodelas
3 cebolas pequenas cortadas em quatro
100 gramas de abóbora descascada e cortada em cubos grandes

Modo de Preparo
Em uma panela de pressão, ferva a água e dissolva os cubos de caldo de picanha Knorr. Junte a carne, tampe a panela e cozinhe em fogo médio por 30 minutos, contados a partir do início da pressão. Retire a panela do fogo, espere o vapor sair, abra a panela e junte o milho, a mandioca, a cenoura e o paio. Cozinhe sem pressão por 5 minutos. Junte a cebola e a abóbora, e cozinhe, em fogo médio, por 10 minutos sem pressão, ou até os legumes ficarem macios. Retire do fogo e sirva em seguida.

Dica: se preferir, troque a mandioca da receita pela mesma quantidade de mandioquinha. Rendimento: 6 porções. Tempo de preparo: 1 hora.

Fonte: Knorr