Arquivo da tag: maracujá

Frutas da estação garantem alimentação saudável

O segredo de uma alimentação saudável está no consumo de produtos de origem segura. Para isso, a melhor escolha é recorrer aos orgânicos, que são livres de agrotóxicos, antibióticos e hormônios, além de preservar o sabor original do alimento.

Uma característica marcante dos produtos orgânicos é a sazonalidade. Justamente por não fazer uso de recursos químicos, eles respeitam o ciclo da natureza e conseguem tirar da terra os melhores sabores da estação. Para entender melhor essa questão, seguem alguns exemplos de frutas típicas desta época mais fria. São elas:

abacate vitamina

Abacate: rico em ferro, magnésio e vitamina C, ajuda a aumentar o colesterol bom e a diminuir o ruim, também ajuda a dar mais brilho e elasticidade à pele e aos cabelos.

banana

Banana: rica em potássio e magnésio é excelente para os músculos e o coração.

caquis

Caqui: rica em ferro, cálcio, vitaminas A, B e C.

carambola pippalou
Foto: Pippalou/MorgueFile

Carambola: possui propriedades diuréticas, rica em vitaminas A, B e C.

frutas figo mirtilho nectarina

Figo: fonte de zinco e fibras é um poderoso antioxidante.

GOIABA VERMELHA

Goiaba: possui alta concentração de cálcio, fósforo e ferro, além de muita fibra.

maças

Maçã: rica em vitamina B e C, possui uma grande quantidade de fibras na casca.

maracujá arica farca pixabay

Maracujá: contém flavonoides e alcaloides, que agem sobre o sistema nervoso central e ajudam a relaxar. Também é rica em cálcio, fósforo, ferro e vitamina C.

tangerina pixabay
Pixabay

Mexerica/Tangerina: fruta rica em vitaminas C e A, ajuda a prevenir e combater gripes e resfriados, típicos dessa época do ano.

Fonte: Easy Organic Food Solutions – Rua Mourato Coelho, 1.223, Vila Madalena, São Paulo – SP. Horário de Funcionamento: todos os dias, das 8h às 18h

Anúncios

Conheça os benefícios do maracujá para a saúde

Maracujá é uma fruta rica em nutrientes e também conhecida pelo seu uso terapêutico. Na composição desse excelente fruto aproveitamos tudo: fruto, casca, semente e folhas para várias finalidades.

A nutricionista clínica e funcional Cleonice Pereira, que atende pelo apicativo GetNinjas detalhou quais são os benefícios da fruta para saúde, inclusive para quem está de dieta ou quer se prevenir doenças.

1 – Liberado para quem está de dieta

maracuja
Foto: Lindley

O maracujá é uma excelente opção para quem quer perder peso, pois as calorias nele contidas são de baixíssimo índice glicêmico. Além disso, a pectina presente na casca do maracujá é uma fibra solúvel que atua na redução da absorção de glicose sanguínea o que auxilia na perda de peso. Cada fruto tem em média 28 kcal ou 97 cal se considerarmos cada 100 gramas de polpa fresca. Em comparação com outras frutas com as mesmas propriedades nutricionais, como a manga e a uva, notamos que é uma das que tem a menor quantidade de caloria.

2 – Rico em nutrientes

maracujá arica farca pixabay

São muitos os nutrientes importantes para nosso organismo encontrados no maracujá, pois é uma fruta rica em várias vitaminas e minerais, em sua composição estão relacionadas as seguintes propriedades: fonte de vitamina C, vitaminas do complexo B2, B3, B6, vitamina A, e os seguintes minerais: ferro, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, cobre, potássio e fibras.

3 – Benefícios à saúde

maracujá fruta oiluarb_ai pixabay

Entenda como os nutriente dos maracujá auxiliam em várias funções orgânicas e reações químicas em nosso organismo:

– A vitamina A age como protetora da pele e visão;

– As vitaminas A, C e B favorecem o metabolismo e as reações enzimáticas do organismo como um todo;

– A niacina (vitamina B3) é auxiliadora na síntese de proteína. É importante para atletas e pessoas com necessidade de aporte protéico aumentado na dieta;

– Graças à sua riqueza em vitamina C é considerada um potente antioxidante que combate radicais livres, fortalece o sistema imunológico, auxilia no combate às infecções e aumenta a absorção de minerais como ferro, zinco e magnésio quando consumido perto das grandes refeições.

– Também atua como protetor ósseo e tecidos. A pectina, presente na casca do maracujá é uma fibra solúvel que atua na redução da absorção de glicose sanguínea, e por isso auxilia no tratamento do diabetes e colesterol.

– Além disto tudo o maracujá contém uma substância chamada passiflorina que age como calmante. Já as sementes do maracujá são poderosos vermífugos da dieta.

4 – Tratamento e prevenção de doenças

maracujá sementes ari farca pixabay

Como vimos, as propriedades do maracujá proporcionam benefícios para saúde e boa forma. Os casos em que seu consumo é recomendado e auxiliará no tratamento e prevenção de doenças são:

 

-Prevenção e combate contra o câncer
-Suporte ao sistema imunológico
-Insônia
-Má circulação
-Ajuda a manter as células do cólon saudáveis
-Má digestão
-Necessidade de aumento da hemoglobina no sangue
-Melhoria da saúde dos olhos
-Alteração da pressão sanguínea
-Ajuda a manter o bom humor
-Alívio para a asma
-Baixa densidade dos ossos

A seguir, a nutricionista indica uma receita leve e prática para quem quer se deliciar com a fruta, além de indicar os valores nutricionais e calóricos da sobremesa.

Receita de gelado de maracujá

Ingredientes
– 3 colheres (sopa) de adoçante em pó
– 4 colheres (sopa) de suco de maracujá
– 1 envelope de gelatina em pó sem sabor
– 1 copo de iogurte desnatado

Modo de Preparo
Colocar a gelatina numa tigela e hidratar com 3 colheres (sopa) de água. Levar ao fogo, em banho-maria, por 5 minutos, ou até amolecer. Bater no liquidificador a gelatina, o iogurte, o suco de maracujá e o adoçante, bater por 2 minutos, ou até ficar homogêneo. Distribuir em 2 taças individuais e levar para gelar por 2 horas, ou até endurecer. No momento de servir, decorar com folha de hortelã.

gelado de maracujá
Imagem meramente ilustrativa – Foto: Narwen Cuisine

Rendimento: 2 porções.
Valor nutricional e calórico:
Cada porção equivale a uma taça de 130g
Calorias = 115 Kcal
Carboidratos = 14,58g
Proteínas = 10,79
Lipídios = 1,69 g

Fonte: Cleonice Pereira é nutricionista clínica e funcional, formada em Nutrição pela Universidade Estácio de Sá – RJ. Pós-graduanda em Nutrição Esportiva, Fitoterapia e Personal Diet pelo UBM

 

 

 

 

 

 

 

 

Geleias de frutas oferecem vários benefícios

Do café da manhã ao lanche da tarde, geleias da Troppo! Artesanal são sempre bem-vindas. Mesmo porque são feitas sem conservantes e corantes, e ainda com frutas de cada estação. São ótimas sugestões para quem quer uma opção doce mais saudável e está procurando variadas combinações.

Uma das geleias queridinhas para acompanhar o bolo é a de laranja com gengibre. Os benefícios feitos por essa combinação são incríveis, como combate a depressão, atua como calmante natural, ajuda o estômago a processar melhor os nutrientes, o gengibre é antioxidante e ainda ajuda no emagrecimento. Então, nada melhor do que um acompanhamento assim para um lanche da tarde.

laranja e gengibre.jpg

Já as propriedades da jabuticaba ajudam na elasticidade da pele e combate às rugas. Por isso a geleia de jabuticaba com manjericão é uma alternativa para quem está à procura de algo mais benéfico. Além do mais, o manjericão melhora o sistema imunológico, a pele também, a visão e ainda alivia o estresse.

jabuticaba.png

Agora, imagina um bolo com duas frutas, uma que ajuda no controle da pressão alta e a outra que é um ótimo calmante natural. Assim, a geleia de manga com maracujá, não só vai bem com o bolo, como também com queijo, torradas e até peixes.

manga.png

E, também para ajudar a baixar a pressão, temos a banana, que é rica em potássio e perfeita para isso. Ela também ajuda a normalizar tudo no intestino. Que tal uma geleia de banana com rum, então?

Geleia-de-Banana-com-Rum-Troppo.jpg

Tudo junto e misturado. A geleia tropical traz frutas como manga, goiaba vermelha, papaia e maracujá. Dúvidas que ela é rica em vitaminas?

Geleia-Tropical-Troppo.jpg

Não só harmonizadas com bolo, essas geleias podem ser servidas com iogurtes, pães, queijos e torradas. É para engrandecer o café da manhã ou o lanche da tarde, e ter o sabor da fruta de verdade.

Informações: Troppo! Artesanal

 

 

Receita de torta gelada de maracujá com chocolate

Que tal surpreender a família e os amigos com uma sobremesa especial? Para ajudar nessa tarefa, a Black+Decker ensina como preparar uma torta gelada de maracujá com chocolate. Além de saborosa, ela é ideal para os dias de calor. Confira:

Ingredientes para a massa
2 pacotes de cookies sabor baunilha ou chocolate (200g cada)
4 colheres de sopa de manteiga em temperatura ambiente (100g)

Ingredientes para o recheio
½ sachê de gelatina sem sabor incolor (6g)
¼ de xícara de chá de água
1 lata de leite condensado (395g)
1 lata de creme de leite (300g)
1 lata (medida) de suco de maracujá
130g de chocolate amargo – para rechear e decorar
Raspas de chocolate amargo – para decorar

Preparo da massa

Triture grosseiramente os cookies no Miniprocessador Black+Decker. Coloque-os em um refratário e adicione a manteiga. Misture muito bem, até obter uma farofa. Forre o fundo e as laterais de uma forma redonda média com aro removível (25cm de diâmetro) e leve ao freezer por uma hora.

Preparo do recheio

Hidrate a gelatina sem sabor na água e leve ao micro-ondas (20 segundos) ou banho-maria, apenas para derreter. Reserve. Prepare o suco do maracujá, utilizando o Liquidificador Black+Decker com o filtro. Reserve.

Em seguida, leve ao liquidificador o leite condensado, o creme de leite, o suco e a gelatina. Coloque a mistura em uma tigela e acrescente metade do chocolate picado. Retire a massa do freezer, despeje o recheio e volte ao freezer por mais duas horas.

Montagem

Derreta o restante do chocolate, cubra a parte superior da torta e leve-a novamente ao freezer. Meia hora antes de servir, retire do freezer, decore com raspas de chocolate e deixe-a na geladeira.

torta chocolate maracuja.jpg

Fonte: Black+Decker

 

 

 

Sorvete saudável de maracujá com chocolate

Refrescante e com alta cremosidade, receita é prática e ideal para os dias de calor

Para espantar o calor e compartilhar com a família e amigos uma receita feita com ingredientes saudáveis e ao mesmo tempo com muito sabor, o Sorvete de Maracujá com Chocolate alia o sabor característico do maracujá com o doce do chocolate na medida certa.

Feito com iogurte natural desnatado LacFree (sem lactose), de baixo valor calórico e zero gordura e o creme de leite LacFree, de alta cremosidade e que garante a textura única do chantilly, a receita promete fazer sucesso nos dias de altas temperaturas.

Sorvete de Maracujá c Chocolate

Em 50 gramas do sorvete (cerca de 3 colheres de sopa), traz apenas 125 calorias. Aprenda a receita:

Sorvete de Maracujá com Chocolate

Ingredientes

3 unidades de polpa de maracujá
3 colheres de sopa de adoçante culinário
1 xícara de iogurte natural desnatado LacFree Verde Campo
500 gramas de creme de leite LacFree Verde Campo
75 gramas de chocolate amargo

Modo de preparo

Antes de iniciar a receita, deixe o creme de leite LacFree no congelador de 20 a 30 minutos, para o preparo do chantilly. Em uma tigela, misture duas unidades da polpa de maracujá com o adoçante culinário. Leve ao micro-ondas por três minutos e, posteriormente na geladeira, por 30 minutos. Adicione o iogurte natural desnatado LacFree, misture e reserve. Retire o creme de leite do congelador e bata em velocidade média por um minuto e, em seguida, de 4 a 5 minutos em velocidade alta até atingir o ponto de chantilly. Pegue a receita que estava reservada, adicione a terceira polpa de maracujá e,posteriormente, adicione o chantilly. Misture bem e adicione o chocolate picado. Misture novamente e acomode em uma travessa, cobrindo-a com filme plástico.
Leve ao congelador por 4 horas. Para um toque decorativo, a sugestão é servir nas polpas de maracujá.

Sorvete de Maracujá VC

Fonte: Verde Campo

Diabéticos: nutricionista explica a importância de uma alimentação saudável

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pessoas com diabetes vem crescendo devido aos maus hábitos alimentares e rotina sedentária. A diabetes é uma doença crônica em que a quantidade de glicose (açúcar) no sangue é muito elevada, já que o pâncreas não produz ou produz pouca insulina. A insulina é um hormônio que tem como papel permitir a entrada da glicose nas células do corpo para se metabolizarem em energia.

“Existem dois tipos de diabetes: a tipo I, que é quando o organismo não produz insulina, mais comum na infância ou adolescência; e a tipo II, quando o organismo não consegue usar adequadamente a insulina que produz, mantendo o nível de glicose no sangue elevado. Normalmente a tipo II é desenvolvida na vida adulta e por conta da má alimentação”, explica a nutricionista do São Cristóvão Saúde, Ana Paula Gonçalves da Silva.

Para controlar o nível de glicemia (quantidade de glicose no sangue), a nutricionista aconselha distribuir a ingestão de alimentos em várias refeições diárias para minimizar os picos glicêmicos (alta taxa de glicose no sangue ou baixa taxa) e otimizar a produção de insulina.

“Para o diabético tipo I que está dentro do peso, ele precisa de carboidratos complexos (integrais), como o amido da batata, do arroz e do feijão. A única restrição é para a oferta de glicose e de sacarose, açúcares rapidamente absorvidos pelo organismo. Já para o tipo II, que costumam ser pessoas com sobrepeso, o ideal é uma dieta de emagrecimento. Portanto, além de evitarem açúcares, também devem evitar gorduras, as quais são responsáveis pelo aumento de peso e por alterações no colesterol e triglicérides”, comenta.

filedepeixe

Ainda conforme Ana Paula, o cardápio de uma pessoa com diabetes não precisa ser tão restritivo como se imagina. O importante é não consumir açúcares refinados, doces, xaropes, geleias, sorvete, bolos, biscoitos recheados, refrigerante e leite condensado, devido à alta concentração de glicose nesses alimentos. “Também os carboidratos devem ser moderados, preferindo os integrais, que são digeridos mais lentamente pelo organismo, por isso liberam glicose em pequenas quantidades. Assim, não haverá picos de glicemia, pois esta oscilação de taxas de glicose no sangue faz muito mal ao paciente”, esclarece.

Caso haja alguma festa e a vontade por comer um doce seja incontrolável, é necessário reduzir o consumo de carboidratos (pães, massas, biscoitos, bolos, batatas, entre outros) para manter um equilíbrio glicêmico. Esse controle na alimentação, nos diabéticos tipo I, pode inclusive diminuir o uso de injeção de insulina.

diabetes-alimentacao

Há alguns alimentos que podem melhorar o quadro de diabetes, como os ricos em fibra (inhame, aipim, leguminosas, verduras, legumes e frutas), o que desacelera a digestão dos carboidratos; leites, iogurtes e laticínios lights com baixo teor de gorduras; e frutas com cascas, pois apresentam mais fibras. “Uma boa opção é o abacate, pois quase não apresenta açúcar e é muito rico em gordura que aumenta o bom colesterol, além de deixar o processo de absorção dos alimentos mais lento. Assim, automaticamente, temos um prolongamento de saciedade. Em contrapartida, a fruta é muito calórica e deve ser consumida com cautela, principalmente se estiver acima do peso”, indica a nutricionista.

Receita de Torta de Mousse de Maracujá para diabéticos

Ingredientes

Base
3 colheres (sopa) de margarina cremosa sem sal
1 colher (sopa) de adoçante dietético em pó, próprio para forno e fogão
1 colher (café) de essência de baunilha
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo integral
1/4 de xícara (chá) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de leite desnatado

Recheio
1 xícara (chá) de leite desnatado
1 colher (sopa) rasa de amido de milho
1 envelope de gelatina em pó incolor sem sabor
4 colheres (sopa) de água
1/2 xícara (chá) de creme de leite light
1/2 xícara (chá) de suco de maracujá concentrado
2 claras
4 colheres (sopa) de adoçante em pó, próprio para forno e fogão

Calda
1/2 xícara (chá) de suco de maracujá concentrado
1 xícara (chá) de água
2 colheres (chá) de amido de milho
4 colheres (sopa) de adoçante dietético em pó, próprio para forno e fogão

Modo de Preparo

Massa
Misture os ingredientes da massa e forre apenas o fundo de uma forma de torta pequena. Asse em forno médio (180° C) até dourar. Reserve.

Recheio
Misture o leite e o amido de milho e leve ao fogo para engrossar. Dissolva a gelatina na água fria, mexa bem e adicione ao creme, mexendo bem para derreter. Acrescente o creme de leite e retire do fogo. Adicione o suco de maracujá e as claras batidas em neve com o adoçante. Coloque o recheio sobre a massa e leve à geladeira para firmar.

Calda
Misture os ingredientes e leve ao fogo para engrossar. Depois de frio, decore a torta.

torta maracuja
Foto meramente ilustrativa / Pinterest

Dica: se quiser, prepare a receita com o maracujá azedo fresco. Retire a polpa de 2 maracujás e bata no liquidificador, na tecla pulsar, com 1 xícara (chá) de água. Guarde as sementes para enfeitar.

Fonte: São Cristóvão Saúde

 

 

Receita de bolo sem glúten e sem leite para Dia das Mães

A padaria Pra Lá de Bom Delícias Sem Glúten sugere para o dia das mães o bolo de maracujá – fruta da paixão e do amor, escolhida para homenagear as mães e todo amor que envolve a maternidade e as mulheres. O bolo é vendido sob encomenda e custa R$ 60,00 na versão normal e R$100,00 em embalagem especial.

Segundo a chefe de cozinha da marca, Paula Rosignoli, o bolo em formato de corações foi pensado exclusivamente para a data. “A embalagem especial conta com um lindo prato de porcelana Schmidt e, para completar, um laço em renda torna o presente saudável ainda mais delicado”, destaca.

A marca é reconhecida por oferecer alimentos preparados artesanalmente. Seus ingredientes de primeira linha incluem orgânicos e integrais, resultando em sabor e textura diferenciados. A padaria sem glúten – localizada na zona norte de São Paulo, é uma iniciativa da Chefe de cozinha, Paula Rosignoli – celíaca há mais de 15 anos.

Dentre os diferenciais da Pra Lá de Bom está o atendimento individual e personalizadopara quem tem alergias e intolerâncias, sendo uma opção de alimentação segura, pratica e saborosa, com preço justo. “Prezamos pelo cuidado com a contaminação cruzada e com a escolha de ingredientes. A variedade de farinhas (temos mais de 20 opções) e os orgânicos, compõem uma alimentação bem variada, rica e saudável”, destaca Paula.

A padaria sem glúten busca o aprimoramento constante das receitas com investimento em pesquisa e em treinamento, para a capacitação e valorização dos seus colaboradores. Segundo Paula, a marca procura sempre os melhores fornecedores e matérias primas, sem contaminação.

Pra Lá de Bom – Delícias Sem Glúten – Endereço: Rua Dona Luiza Tolle, 678 – Bairro: Santana – Horários de funcionamento: De terça a sexta, das 10h às 20h – sábado, das 9h às 18h

A seguir, receita de Bolo de Maracujá sem Glúten

Bolo sem glúten _ Dia das Mães_Pra Lá de Bom

Ingredientes:
Creme:
4 Gemas de ovo
4 Claras de ovo (em neve)
150g de Açúcar Demerara ou Açúcar de Coco
60g de Óleo Vegetal
2 Laranjas Pera
100g de polpa de Maracujá sem as sementes

Secos:
110g de Farinha de Amêndoa
90g de Mix de Farinha preparada sem glúten
70g de Polvilho Doce
30g de Fécula de Batata
10g de Fermento em Pó Quimico

Calda:
70g de polpa de Maracujá sem as sementes
50g de Agua
30g de Açúcar Demerara ou Acúcar de Coco
Açúcar de Confeiteiro para decorar

Modo de Preparo
Pesar todos os ingredientes. Descascar as laranjas, retirar as sementes. Separar a polpa do maracujá das sementes com a ajuda de uma peneira. Colocar no liquidificador as gemas, açúcar, o óleo, laranjas e a polpa dos maracujás.. Bater e reservar este creme. Juntar todos os secos e acrescentar o creme. Bater as claras em neve e, delicadamente, agregar à mistura. Colocar a mistura em forma untada e levar ao forno preaquecido a 170 graus por 45 minutos. Enquanto assa, levar ao fogo os ingredientes da calda até levantar fervura. Colocar a calda, deixar esfriar e polvilhar açúcar de confeiteiro.

Pérolas da Chocolat du Jour

Pérolas nos sabores Açaí, Cacau, Erva Doce, Maracujá e Mentha ganham embalagem colorida e prática.

Uma das criações de maior sucesso da Chocolat du Jour nestes seus 30 anos de história é a Coleção Pérolas, lançada em 2012. Inspiradas nas preciosas e delicadas gemas, a coleção reúne sabores contemporâneos que trazem nuances e aromas que despertam os sentidos dos amantes do chocolate gourmet. Cinco de seus sabores ganharam uma prática, colorida e alegre embalagem de vidro.

Acaí: uma explosão de energia e sabor. As propriedades energéticas e antioxidantes do açaí somadas ao poder do chocolate.

pérolas açai.png

Cacau: nibs de cacau torrados e cobertos com chocolate Meio Amargo 53%.

Erva Doce: uma combinação delicada entre a erva doce e o chocolate branco.

pérolas erva doce

Maracujá: a acidez da fruta em harmonia com a doçura do chocolate branco.

Menta: a refrescância da menta em perfeita harmonia com o chocolate.

Coleção Pérolas
Embalagens coloridas nos sabores:
Açaí, Cacau, Erva Doce, Maracujá, Mentha
Peso: 90g
Preço: R$ 57,00 cada

Informações: Chocolat du Jour

Maracujá para acalmar os pets

Férias chegando, viagens à vista, e como fazer com que seu pet fique tranquilo nesta época do ano para lá de agitada? Pensando nisto, aqui vai uma dica da Botica Pet e Botica Animal os suplementos a partir da fruta do maracujá.

Por conta da grande quantidade de fogos de artifícios, principalmente na noite de réveillon, os pets ficam muito agitados e assustados com os barulhos, deixando-os, e os seus donos, estressados. Também um outro momento que pode tirar seu animalzinho da rotina, é a quantidade de tempo gasto em viagens de carro ou avião, onde são colocados em situações não habituais.

Para ambos os momentos a fórmula Maracujá é a indicada para deixar seu pet mais tranquilo e assim, conseguir passar por estes momentos sem grandes alterações. Calmo e relaxado, seu animal terá momentos mais prazerosos ao seu lado. Importante ressaltar que para ter um resultado eficiente, é necessário que o pet inicie o consumo do suplemento Maracujá uma semana antes de cada evento.

maracuja.jpg

 

Fonte: Botica Pet

Conheça os benefícios do maracujá

Nutricionista ensina a preparar a farinha da fruta em casa

O maracujá é um fruto produzido pelas plantas do gênero Passiflora, muito comum nas zonas tropicais e subtropicais. Conhecido por suas propriedades calmantes e sabor azedo, ele também é 100% aproveitável, da casca à polpa, segundo estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A Nutricionista do Giga Atacado, Karina Reis, explica os benefícios e propriedades nutritivas dessa fruta tão apreciada pelos brasileiros.

De acordo com Karina, o maracujá possui diversos nutrientes, “Além de ser rico em vitaminas do complexo B, ferro, cálcio, fósforo, sódio e potássio, ele tem ação antioxidante, ou seja, evita o envelhecimento precoce dos órgãos e melhora seu funcionamento”.

Devido à alta concentração de alcaloides e flavonoides ele tem função tranquilizante, “elas são substâncias que agem no sistema nervoso central e atuam como calmantes e relaxantes musculares, ajudando a combater a ansiedade, depressão e distúrbios do sono”, diz a nutricionista. “Lembrando que usar as folhas diretamente para fazer chá em casa não é indicado” alerta Karina. Com grande quantidade de ferro, aproximadamente 20% da necessidade diária, o maracujá também é uma rica fonte de vitamina C, “ela aumenta a capacidade de absorção de ferro”.

maracujá3.jpg

Com pouquíssimas calorias, sua casca tem ação emagrecedora comprovada por estudos da UFRJ, “É possível preparar uma farinha dela. Na parte branca existe uma concentração de pectina, que nada mais é do que uma fração de fibra solúvel, que durante a digestão se transforma em uma espécie de gel não digerível e por isso causa maior sensação de saciedade. Ela também reduz a velocidade com que o açúcar é absorvido pelo sangue e quanto mais lento esse processo é, mais a pessoa demora a sentir fome”, diz a nutricionista.

A farinha pode ser utilizada durante as refeições: “Para quem quer emagrecer, o ideal é que a pessoa mude seus hábitos alimentares e inicie a prática de exercícios físicos leves, e a farinha pode ser utilizada para ajudar no processo de emagrecimento. Durante as principais refeições do dia, coloque uma ou duas colheres da farinha no suco ou água. Ela também pode ser incluída em iogurtes e vitaminas. A pectina carrega as gorduras e a glicose presente nos alimentos, eliminando-as pelas fezes”.

Karina reforça que, para facilitar esse processo, é preciso beber bastante água, no mínimo dois litros por dia. Para os diabéticos, a fatinha também ajuda a evitar os picos de insulina.

Aprenda a preparar a farinha da casca do maracujá:
1. Prepare um recipiente com água e bicarbonato de sódio (1 colher de sopa por litro) ou vinagre.
2. Lave seis maracujás e os mergulhe no recipiente deixando-os por 20 minutos. Volte a passá-los em água corrente.
3. Corte-os pela metade, retire as polpas e reserve para preparar um suco ou outra receita.
4. Faça tirinhas da casca e as coloque em uma assadeira.
5. Asse-as em forno médio por 30 minutos ou até que fiquem bem sequinhas.
6. Após esfriar, bata-as no liquidificador ou em um processador até obter uma farinha. Passe pela peneira e reserve em um recipiente limpo e tampado.
53a7238739bc8a90

 

Fonte: Giga Atacado