Arquivo da tag: pernil

Empório Santa Maria oferece cestas e ceias de Natal

Referência de sofisticação entre os mercados paulistanos, o Empório Santa Maria já está no clima do Natal e os clientes já encontram o cardápio de ceias e cestas de Natal na loja. Ao todo, são seis opções de pratos principais, cinco de molhos e sete acompanhamentos diferentes, além de sobremesas.

Entre os destaques estão o Peru recheado com farofa (R$ 950, para até 20 pessoas); o Pernil de cordeiro (R$ 400, para até 8 pessoas), o e o Tender artesanal (R$ 590, para até 10 pessoas). Já nos acompanhamentos, há opções como a Salada de pato, lentilha e romã (R$ 190, para até 6 pessoas), o Coquetel de Camarão (R$ 249, para até 5 pessoas) e o Arroz com pistache e açafrão (R$ 130, para até 6 pessoas). E, para finalizar a refeição, Naked baba de moça (R$ 199, para até 10 pessoas), Bolo mousse de pistache (R$ 199, para até 12 pessoas) e Pudim Santa Maria (R$ 75, para até 6 pessoas).

peru_emporio_santa_mariatender_sta_mariapernil_de_cordeio_sta_maria

acompanhamentos_sta_maria
De cima para baixa: peru, tender, pernil e acompanhamentos

Os 25 anos de funcionamento do Empório, comemorados este ano, podem ser percebidos na seleção de produtos para as cestas de Natal, muitos deles exclusivos. Entre os presentes estão o Gift Orange (R$ 469, com Champagne Veuve Clicquot Brut e Panettone Especial com Frutas), o Gift 3 (R$ 449, com Espumante, Vinhos branco e tinto, Panettone com frutas, Massa paccheri rigati tricolore, Tomate pelado com manjericão, Azeite extra virgem Arbequina, Mix de nuts, Mix de chocolates e Biscoitos sortidos) e a Cesta 2 (R$ 1.990, com Champagne Veuve Clicquot Brut,Vinhos tinto e branco, Wisky, Vodka, Panettone com frutas, Massa tagliatelle, Passata di Pomodori, Alcachofrinha cortada em óleo de girassol, Arroz arborio riso, Geleia de frutas vermelhas, Biscoito integral de ervas, Queijo tipo grana padano, Biscoito de avelã, Biscoito butter crisps, Doce de amêndoas, Mix de Nuts, Damasco seco, Nozes mariposa, Amendoim com pele torrado e salgado, amendoim japonês, Uva passa preta sem semente). Além dos gifts sortidos, o Empório Santa Maria ainda preparou temáticos como o Gift Especial 1, com azeites (R$ 529), o Gift Especial 2, com cafés (R$ 239) e o Gift Especial 4, com chocolate (R$ 249).

Os pedidos da ceia podem ser feitos até o dia 16/12, às 18h, pelo telefone (11) 3706-5211 ou pelo email ceias@emporiosantamaria.com.br. Já as cestas estão disponíveis para os estados do sul e sudeste pelo site do Supermercado Now ou pelo telefone (11) 3706-5211.

Lanchonete preferida dos paulistanos, Ponto Chic tem forte ligação com a cidade

O Ponto Chic está entre os locais mais tradicionais de São Paulo, com mais de 95 anos de existência. E foi no Largo do Paissandu onde tudo começou, na loja mais histórica, fundada em 1922. A relação com o município é marcante desde sua inauguração, coincidindo com a Semana de Arte Moderna. O local passou a ser frequentado por intelectuais, artistas, modernistas e grandes celebridades como Mário de Andrade, Anita Malfatti, Monteiro Lobato e tantos outros.

A cidade completou 464 anos em 2018 e o Ponto Chic, detentor da receita original do lanche Bauru, foi eleito a lanchonete preferida dos paulistanos em pesquisa realizada pela empresa digital MindMiners em parceria com a Revista Veja São Paulo.

O estudo tinha como finalidade descobrir as preferências dos munícipes em vários itens e, em um deles, o Ponto Chic ficou no topo da lista. Foram ouvidos 1.500 moradores da cidade das classes A e B e o local ficou em primeiro no quesito lanchonetes, com 15% dos votos. Em seguida apareceram, respectivamente, a Lanchonete da Cidade, com 11,9%, e o General Prime Burger, com 9,9%.

Bauru4
O famoso Bauru

A empresa tem administração familiar e, atualmente, o responsável é o proprietário Rodrigo Alves, neto de Antônio Alves e filho de José Carlos Alves. Além do bauru, o restaurante tem como especialidade o rococó, sanduíche servido no pão francês com fatias de rosbife (frio), tomate em rodelas, pepino em conserva, queijo gorgonzola e aliche.

Rococo2
Aqui, outro sanduíche famoso, o Rococó

Além do bauru e do rococó, destaque para outras especialidades da casa, como Seleto (sanduíche no pão francês com finas fatias de rosbife quente, presunto, tomate em rodelas, pepino em conserva e uma mistura de 4 tipos de queijos fundidos), Mexidinho ao Ponto Chic (combinação de presunto picadinho, dourado na manteiga, ovo e o queijo do Ponto Chic, servido direto no pergaminho de forma a manter sua temperatura), Fritada ao Ponto Chic (fatias de presunto forram o pergaminho para receber o ovo e serem cobertos por fatias de queijo prato), Sanduíche de Pernil (fatias de pernil frescas servido no pão francês com molho especial de tomate e cebola), e Bauru no Prato (o famoso Bauru servido com o pão à parte).

Mexidinho2
Mexidinho
Pernil3
Sanduíche de Pernil

A cozinha do Ponto Chic oferece também um cardápio repleto de opções de pratos tradicionais da cultura do brasileiro e do paulistano. São as mais diversas massas, saladas, sopas, sanduíches clássicos, aperitivos frios, beirutes e porções. Entre as refeições, destaque para Feijoada, às quartas e sábados, e o tradicional Virado à Paulista, servido às segundas-feiras, prato que foi reconhecido em 2018 como patrimônio imaterial do estado de São Paulo.

Bauru e seus 80 anos de existência – Casimiro Pinto Neto era um dos alunos da Faculdade de Direito do Largo São Francisco que se tornaram assíduos frequentadores do Ponto Chic. Por ter nascido em Bauru (SP), Casimiro carregou o nome do município como apelido e foi o protagonista na criação do sanduíche mais pedido da casa e que soma mais de 80 anos.

“Era um dia que eu estava com muita fome. Cheguei para o sanduicheiro Carlos – hoje já falecido – e falei: – Abre um pão francês, tira o miolo e bota um pouco de queijo derretido dentro. Depois disso, o Carlos já ia fechando o pão e eu falei: – Calma, falta um pouco de albumina e proteína nisso (Eu tinha lido em um opúsculo livreto de alimentação para crianças, da Secretaria da Educação e Saúde, escrito pelo ex-prefeito Wladimir de Toledo Piza, também frequentador do PONTO CHIC – que a carne era rica nesses dois elementos). Bota umas fatias de roast beef junto com o queijo e ele já ia fechando de novo quando eu tornei a falar: – Falta a vitamina, bota aí umas fatias de tomate. Quando eu estava comendo o segundo sanduíche, chegou o ‘Quico’ – Antonio Boccini Jr. -, que era muito guloso e pegou um pedaço do meu sanduíche e gostou. Aí ele gritou para o garçom, que era um russo chamado Alex: – Me vê um desses do ‘Bauru’. Os amigos foram experimentando e o nome foi ficando. Todos quando iam pedir falavam: me vê um do ‘Bauru’, e assim ficou o nome de Bauru para o sanduíche inventado por Casimiro Pinto Neto, mais conhecido como Bauru”.

Bauru1
Bauru

A receita leva fatias de rosbife, tomate, pepino em conserva, e quatro tipos de queijos fundidos em banho-maria (queijo prato, estepe, gouda e suíço), preparados de um jeito único, tudo no pão fresquinho e crocante. Originalidade e sabor que fazem toda a diferença. Os chapeiros do Ponto Chic são treinados para manter o sabor da receita original, assim, geração após geração, quem visitar as lojas terá sempre a mesma experiência deliciosa ao provar o verdadeiro Bauru. Algumas lanchonetes adicionaram aos seus cardápios elementos inspirados na receita do nosso Bauru, difundindo ainda mais a fama do sanduíche ao redor do Brasil, mas o original só no Ponto Chic.

Tradição contribui para o sucesso do negócio

A longevidade e o sucesso da empresa podem ser explicados por fatores como respeito à tradição, consolidação da marca e um produto de qualidade que caiu no gosto dos clientes. Durante essa trajetória, o Ponto Chic passou por um período complicado na década de 70 quando foi despejado, já que o antigo dono teve dificuldades com o aluguel e o proprietário pediu o imóvel de volta.

“O fundador estava com idade avançada e não tinha interesse em seguir com o negócio, pois não tinha nenhum sucessor. Na época o meu avô (Antonio Alves) estava montando um restaurante perto de onde fica atualmente a loja das Perdizes e viu a notícia de que o Ponto Chic ia fechar. Foi aí que ele comprou a marca e chamou os ex-funcionários”, contou Rodrigo Alves.

A família Alves assumiu a administração do Ponto Chic mais precisamente em 1978. Desde então, o negócio seguiu prosperando principalmente por causa de uma gestão profissional e qualificada. “A expansão para mais de uma loja (atualmente são três) só foi possível com uma boa gestão financeira, entendendo o negócio e ajustando os preços, trabalhando sem fazer maluquices. É importante ter uma gestão racional e com foco no cliente, deixando de lado seu próprio gosto. Ter uma boa equipe é essencial, pois são eles que fazem a diferença”, afirmou Alves. O Ponto Chic tem lojas no Paissandu (Largo do Paissandu, 27), a mais tradicional, e as outras duas são localizadas nas Perdizes (Largo Padre Péricles, 139) e no Paraíso (Praça Oswaldo Cruz, 26).

Bauru6
Funcionário do Ponto Chic do Paraíso posa na Avenida Paulista com o famoso Bauru

A questão da tradição é uma das receitas do sucesso do Ponto Chic e é levada em conta também na relação com os funcionários. “Compreender seu negócio é fundamental. E o meu negócio é tradição. Espero que o cliente venha comer no Ponto Chic e tenha uma experiência. Que essa ida se torne algo memorável. E é a tradição que me proporciona essa mágica. É importante ter esses colaboradores mais velhos, pois eles são o espelho desta tradição. Na nossa folha de pagamento temos benefícios voltados para a terceira idade. Por exemplo, usamos um plano de saúde que é especializado nesse público. Considero fundamental a permanência deles porque são os pilares que mantêm a tradição, a cultura e os valores da empresa”, enfatizou.

Isso quer dizer que a tecnologia não está presente no Ponto Chic? Engana-se quem pensa assim. A modernidade fica restrita aos bastidores. “Temos uma tecnologia gigantesca, mas que fica escondida do cliente. Portanto, você nunca verá meu garçom com um tablet porque quebra a magia. Ele estará com aquela comanda tradicional em papel anotando seu pedido. Se meu garçom chegar para atender com um aparelho tecnológico vira uma contradição. Como o estabelecimento vende tradição e, ao mesmo tempo, o garçom trabalha com tamanha modernidade? Não faz sentido. É impossível não ter uma tecnologia por trás. Eu tenho e é isso que me permite ter todos os números para fazer a gestão. A tecnologia não fica à mostra, para que o cliente tenha a impressão que a gente continua operando como há 40 anos”, destacou.

E essa relação com os colaboradores sempre foi tratada como prioridade pelo Ponto Chic. “Sempre foi a nossa maior preocupação e dedicação. Eles são a chave do sucesso para uma empresa. São eles que estão o tempo inteiro frente a frente com o cliente. São eles que fazem toda a preparação e estão fritando a batata, fazendo o Bauru e atendendo o cliente. É uma relação de muito respeito, de saber dividir o bolo para premiar aquele colaborador que está trabalhando bem e trazendo resultados. Costumo dizer que não sou patrão de ninguém. O nosso patrão é o cliente. Uso essa frase com frequência. O relacionamento de confiança é um diferencial para que alguns estejam na empresa por tanto tempo”, finaliza o proprietário.

Informações: Ponto Chic

Chefs ensinam a preparar receitas especiais para a ceia de Ano Novo

Sinônimo de felicidade, reencontros e comemorações, a ceia de réveillon é um momento especial para celebrar a passagem para o próximo ano. Pensando nisso, os Chefs Leonardo Carvalho e Natalia dos Santos, da Unilever, selecionaram 4 receitas de dar água na boca para compor sua ceia. Confira!

Arroz com bacalhau e farofa doce

arroz com bacalhau

Ingredientes
5 colheres (sopa) de azeite
300 gramas de bacalhau dessalgado e desfiado
1 e meia xícara (chá) de arroz
1 sachê de tempero Meu Arroz Knorr Tradicional
3 xícaras (chá) de água
5 tomates secos picados
1 colher (sopa) de salsinha picada
2 colheres (sopa) de uvas passas pretas sem sementes
1 broa de milho pequena ralada (200 g)

Modo de preparo
1. Em uma panela média, aqueça 2 colheres (sopa) do azeite em fogo médio e refogue o bacalhau.
2. Junte o arroz e refogue por mais 3 minutos.
3. Acrescente o sachê do tempero Meu Arroz Knorr e refogue rapidamente.
4. Adicione a água. Cozinhe com a panela parcialmente tampada por 15 minutos, ou até secar o líquido.
5. Junte os tomates secos, a salsinha, as passas e misture. Reserve.
6. Pré-aqueça o forno em temperatura média (180º C).
7. Coloque o arroz em um refratário médio e cubra com a broa ralada.
8. Regue com o azeite restante e leve ao forno por 10 minutos, ou até dourar a superfície. Sirva em seguida.

#DicaDeChef: para dessalgar o bacalhau, deixe-o de molho coberto com água na geladeira por 48 horas, trocando a água 3 vezes ao dia.
Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 40 minutos

Chester recheado com farofa de castanha portuguesa

chester castanha portuguesa

Ingredientes

3 colheres (sopa) de creme vegetal Becel sabor manteiga
1 dente de alho amassado
1 cebola média picada
1 cenoura média ralada no ralo grosso
1 colher (chá) de sal
1 xícara (chá) de vinho branco seco
1 xícara (chá) de água
2 colheres (sopa) de manjericão fresco picado
1 castanha portuguesa picada
1 tomate médio sem sementes picado
1 xícara (chá) de farinha de milho amarela
3 quilos de chester
1 xícara de creme vegetal Becel sabor manteiga
1 colher (sopa) de manjericão picado

Modo de preparo

1. Pré-aqueça o forno em temperatura média (180ºC).
2. Forre uma assadeira grande (40 x 28 cm) com papel-alumínio, deixando uma borda nas laterais para cobrir. Reserve.

Farofa

1. Em uma panela média aqueça o creme vegetal Becel sabor manteiga em fogo médio e refogue o alho e a cebola por 2 minutos.
2. Junte a cenoura, o sal, o vinho, a água, o manjericão e a castanha.
3. Acrescente o tomate, a farinha e cozinhe em fogo médio, mexendo sempre, por mais 3 minutos ou até engrossar e soltar da panela.

Chester

1. Recheie o chester, prenda com os palitos e amarre com o barbante. Coloque na assadeira reservada.
2. Em uma tigela pequena coloque o creme vegetal Becel sabor manteiga e o manjericão e misture. Besunte o chester com essa mistura.
3. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno por 2 horas ou até ficar cozido.
4. Retire o papel-alumínio e asse por mais 30 minutos ou até dourar.
5. Retire do forno, decore a gosto e sirva a seguir.

#DicaDeChef: Se preferir, besunte o chester com a mistura entre a pele e a carne. Assim ficará mais temperado.
Rendimento: 25 porções
Tempo de preparo: 2h30

Sanduíche de pernil com maionese de gorgonzola

sanduiche pernil

Ingredientes
meia cebola roxa fatiada
4 colheres (sopa) de água
meia xícara (chá) de maionese Hellmann’s
50 g de queijo gorgonzola
2 pães portugueses cortados ao meio no sentido horizontal
400 g de pernil assado e desfiado

Modo de preparo
1. Em uma frigideira antiaderente, coloque a cebola roxa e leve ao fogo alto para fritar por 2 minutos, ou até começar a caramelizar.
2. Regue com a água e deixe cozinhar, em fogo baixo por 2 minutos, ou até a água secar. Retire do fogo e reserve.
3. Em uma tigela, coloque a maionese Hellmann’s  e o queijo gorgonzola, misture bem.
4. Passe a maionese de gorgonzola pelos dois lados dos pães, disponha o pernil desfiado e a cebola roxa. Divida os sanduíches ao meio e sirva em seguida.

#DicaDeChef Aproveite as sobras do pernil da ceia de Natal para preparar esse delicioso sanduíche.
Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 15 minutos

Bolo merengue de limãomerengue de limão

Ingredientes
12 colheres (sopa) de manteiga ou margarina amolecida
1 xícaras (chá) de açúcar refinado
ovos levemente batidos a gosto
1 xícara e meia (chá) de farinha de trigo com fermento
meia xícara (chá) de Amido de Milho Maizena
3 colheres (sopa) de creme de limão
5 colheres (sopa) de leite
claras a gosto
1 xícara (chá) de açúcar refinado
5 colheres (sopa) de manteiga amolecida
130g de cream cheese
6 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro
4 colheres (sopa) de manteiga em cubos
meia xícara (chá) de açúcar refinado
Suco de 3 limões Tahiti
ovos a gosto

Modo de preparo
1. Pré-aqueça o forno a 180°. Unte e forre com o papel-manteiga duas formas redondas iguais de 20 cm de diâmetro
2. Para o creme de limão: em uma panela reúna os ingredientes do creme de limão e aqueça em fogo brando, mexendo de vez em quando com uma colher – não deixe ferver ou os ovos vão talhar. Quando engrossar, coe com a ajuda de uma peneira, e deixe esfriar. Reserve.
3. Com uma colher de pau bata a a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e aerado. Adicione os ovos, um a um, batendo bem após cada adição e com o último ovo, junte uma colher (sopa) da farinha de trigo para evitar a formação de grumos. Acrescente 2 colheres (sopa) do creme de limão, misture o restante da farinha com a Maizena e adicione a mistura. Finalize despejando o leite .
4. Transfira a massa para as formas, espalhando para deixar uniforme. Leve ao forno por 20 minutos até dourar levemente e um palito inserido no centro sair limpo.
5. Enquanto isso, faça o merengue. Em uma tigela absolutamente limpa bata as claras até encorpar e adicione metade do açúcar, uma colher por vez. Incorpore o restante do açúcar.
6. Retire os bolos do forno e espalhe menos da metade do merengue sobre um deles, alisando a superfície – procure evitar que o merengue encoste na forma, ou ficará difícil de desenformar.
7. Coloque o restante do merengue sobre o outro bolo e faça algumas espirais salientes (será a parte de cima). Retorne os bolos ao forno por 10 minutos, até o merengue ficar crocante e levemente dourado. Retire do forno, deixe esfriar na forma por alguns minutos e depois desenforme sobre um aramado para terminar de esfriar.
8. Para o recheio, bata a manteiga e acrescente o cream cheese, batendo até ficar homogêneo. Aos poucos, junte o açúcar e bata até a mistura ficar clara e aerada, mas não líquida, Acrescente as raspas de limão. Espalhe o recheio no bolo com o merengue liso, coloque o restante do creme de limão por cima e sobreponha a outra de bolo.

Rendimento: 12 porções
Tempo de preparo: 2 horas

Fonte: Unilever

 

Mais receitas para o Natal

 

Confira mais três receitas para deixar a ceia de Natal mais apetitosa e feliz:

Peru assado cítrico

peru_com_frutas.png

Ingredientes
– 1 Xícara(s) de Margarina Primor Todo Dia
– Suco de 1 limão
– Suco de 2 laranjas Bahia
– 2 Fatia(s) de abacaxi, sem o miolo
– 1 Unidade(s) de peru congelado
– 4 Unidade(s) de dentes de alho picados
– 1 Unidade(s) de cebola picada
– 2 Colher(es) de Sopa de extrato de tomate
– 5 Colher(es) de Sopa de salsa e cebolinha picadas
– 3 Colher(es) de Sopa de ervas frescas (tomilho, alecrim, manjericão)
– 1 Colher(es) de Sopa de colorau
– 2 Sachê(s) de caldo em pó de galinha
– 1/2 Xícara(s) de pimentão verde picado
– 1/2 Xícara(s) de pimentão vermelho picado
– Sal a gosto
– 1/2 Xícara(s) de cenoura picada
– 1/2 Xícara(s) de vagem picada
– 1/2 Xícara(s) de uvas passa
– 1/2 Xícara(s) de bacon picado e frito
– 1/2 Xícara(s) de arroz
– 1/2 Xícara(s) de água
– 3/4 Xícara(s) de pimentões coloridos picados (para recheio)

Modo de Preparo
Descongele o peru em geladeira, retire de dentro da embalagem e guarde ou descarte os miúdos. Passe o suco de limão por todo o peru e deixe marinado por 5 minutos. Lave em água corrente, enxugue bem e coloque-o numa vasilha mais funda do que larga.Reserve a margarina Primor. Em um liquidificador coloque e leve para bater todos os ingredientes até que se torne uma pasta. Passe o tempero por dentro e fora de todo o peru. Tampe bem a vasilha com filme plástico ou coloque-o em um saco grande bem amarrado e deixe marinando por toda uma noite. Dê várias viradinhas na carne ou no saco, para distribuir bem o tempero. No dia seguinte, leve o arroz para pré cozinhar na água indicada, adicionada de sal. Retire da panela, misture os demais ingredientes e reserve. Retire o peru do saco ou da vasilha, coloque o recheio no peito e no papo, tomando o cuidado de não encher demais para não estourar a pele. Com uma agulha e linha grossa costure as aberturas do recheio. Junte as coxas, uma contra a outra e amarre com linha. Unte todo o peru generosamente com a margarina Primor, prenda com palitos as asas ao peito, coloque-o em assadeira untada com margarina Primor e cubra-o com papel alumínio. Leve para assar em forno preaquecido, à temperatura baixa, por 3 a 4 horas sempre regando com o líquido da assadeira e pincelando com margarina Primor. Nos últimos 20 minutos retire o papel, aumente a temperatura e deixe dourar.

Tempo de preparo: 17 horas
Grau de dificuldade: médio
Rendimento: 8 porções

Pernil assado com farofa de feijão verde

Primor_pernil_farofa.png

Ingredientes
– 3 Unidade(s) de suco de limão
– alecrim, sal e pimenta-do-reino à gosto
– 5 Xícara(s) de feijão verde ou fradinho
– 2 Unidade(s) de folhas de louro
– ¾ Colher(es) de Chá de bacon picado
– 1 Sachê(s) de tempero completo
– 2 Unidade(s) de cebolas grandes
– 1 Unidade(s) de pimentão amarelo picado
– 4 Unidade(s) de tomates, sem pele e sementes, picadinhos
– 2 ½ Xícara(s) de cuscuz de milho
– 2 Xícara(s) de água
– 1 Colher(es) de Chá de colorau
– 3 Quilo(s) de pernil
– ½ Unidade(s) de pimentão verde
– 1 Unidade(s) de cebola média
– ½ Unidade(s) de maço de coentro
– ½ Colher(es) de Café de tempero baiano
– 4 Colher(es) de Sopa de alho picado
– 1 ½ Xícara(s) de Margarina Primor Todo Dia
– 1/2 Sachê(s) de Molho Tradicional Primor

Modo de preparo

Pernil:

Limpe o pernil e lave-o bem com o suco de limão. Coloque numa vasilha.

Marinada:

Reserve o alecrim, a margarina Primor Todo Dia e leve ao liquidificador todos os demais ingredientes. Lave o pernil, enxugue-o e recoloque-o na vasilha. Despeje a marinada sobre a carne, coloque o ramo de alecrim, tampe com o papel alumínio e leve para à geladeira de um dia para o outro. No dia seguinte, cubra com a margarina Primor, tampe com o papel alumínio e leve para assar em forno preaquecido, à temperatura de 180°C por cerca de 2 horas ou até que a carne esteja macia (se necessário, durante o cozimento, adicione um pouco de água). Retire o papel alumínio e asse até dourar.

Farofa de feijão verde:

Hidrate o cuscuz de milho na água indicada e reserve. Em uma panela leve o feijão e as folhas de louro para cozinhar. Escorra a água e reserve. Em uma panela leve a margarina Primor Todo Dia para aquecer. Adicione o alho, a cebola e doure-os.
Junte o pimentão, os tomates e refogue. Acrescente o molho de tomate, o cuscuz hidratado na água, o colorau, o sal e a pimenta. Sempre mexendo deixe secar. Desligue o fogo e finalize com o coentro picado.

Tempo de preparo: 3 horas
Grau de dificuldade: médio
Rendimento: 6 porções

Bolo de frutas para festas de final de ano

bolo_de_festa (1).png

Ingredientes
– 2 claras
– 150g de uva passas sem sementes
– 1 xícara (chá) de abacaxi cristalizado, picado (160g)
– 1/2 xícara (chá) de vinho licoroso doce (100ml)
– 1 xícara (chá) de margarina Primor todo dia (180g)
– 1 xícara (chá) de açúcar (160g)
– 2 gemas
– 2 colheres (sopa) de chocolate em pó (opcional) (30g)
– 2 xícaras (chá) de farinha de trigo Primor (220g)
– 1 e 1/2 xícara (chá) de ameixa preta cozida e triturada (225g)
– raspas de laranja a gosto
– 1 colher (sopa) de fermento em pó (10g)
– 2 claras em neve
– uva passa, ameixa e abacaxi para decorar

Modo de preparo
Bata as claras em neve e reserve. Misture as passas com o abacaxi e o vinho e reserve.
Na batedeira bata a margarina com o açúcar e as gemas até ficar bem leve. Diminua a velocidade e junte o chocolate e a farinha de trigo. Se necessário, adicione o vinho que está nas frutas. Sem bater, adicione os ingredientes restantes, inclusive o vinho das frutas. Coloque em uma fôrma redonda de 20 x10cm, untada com margarina e polvilhada com farinha de trigo. Bata levemente a fôrma para nivelar a massa e decore com algumas frutas. Leve ao forno preaquecido na temperatura moderada (180ºC) por 50 minutos ou até que ao espetar um palito ele saia seco. Desenforme morno.

Dica
– Substitua o açúcar branco pelo mascavo
– Adicionar a massa 150g de frutas cristalizadas

Rendimento: 12 porções
Tempo de preparo: 40 minutos
Grau de dificuldade: fácil

Fonte: Primor – Bunge Brasil

 

Fim de ano: pesquisa revela que brasileiros preferem colocar a mão na massa

Além de impulsionar o comércio alimentício, em datas especiais a maioria preza a qualidade em detrimento do custo

O clima de Natal já tomou conta das cidades por todo o país. Decorações regadas a muito brilho, músicas típicas e receitas tradicionais da época invadiram o comércio e a casa dos brasileiros. A data, de cunho religioso, é apreciada, até mesmo, pelos menos devotos e ainda impulsiona a economia do país. Além disso, é seguida pela celebração do réveillon, que fecha o ano com chave de ouro.

Mas, apesar de todo o glamour que cerca o período, uma pesquisa exclusiva, realizada pela Banca do Ramon, um dos empórios mais tradicionais do Mercado Municipal de São Paulo, revela que confraternizações como essas afloram os dotes culinários dos brasileiros, que deixam os buffets e restaurantes de lado para encarar as panelas na hora de preparar a mesa farta das ceias.

Quem sai ganhando com isso é o ramo alimentício, que intensifica as vendas de produtos sazonais, mas não para por aí, pois este hábito também é benéfico para o bolso e, segundo especialistas, faz muito à saúde.

Lar, doce lar

mesa-de-natal-2

A pesquisa “Do essencial ao Gourmet – O que os brasileiros pensam sobre alimentação saudável e produtos premium”, abordou os hábitos de consumo e sua influência sobre a população. Segundo o levantamento, quando se trata de uma ocasião especial, como as comemorações de final de ano, quase 60% dos entrevistados prefere preparar suas receitas em casa, seja para receber os convidados em um local mais aconchegante e intimista, seja para demonstrar seus dons na arte de cozinhar.

O fato é que apenas cerca de 37% prefere jantar fora, devido à praticidade ou, até mesmo, por não se considerar bom o bastante na cozinha; 2,7% opta por comidas prontas, por causa da falta de tempo, e somente 1% decide contratar um profissional para preparar o jantar especial.

O bolso pode influenciar na decisão

pernambucanas mesa
Pernambucanas

A instabilidade econômica que o país atravessa nos últimos anos tem impactado no comportamento da população e gerado algumas mudanças de hábitos. No quesito viagem, por exemplo, dados do Ministério do Turismo revelam que apenas 26,5% dos brasileiros pretende colocar o pé na estrada neste semestre, número baixo se comparado ao período antes da crise. Nem a chegada da alta temporada, marcada pelo início do verão, férias escolares e festas de fim de ano, foi capaz de competir com o bolso na hora da decisão.

E, para aqueles que vão comemorar no conforto do lar com seus amigos e familiares, os investimentos ficam concentrados nas ceias, tanto na festa natalina como no réveillon, prova disso é que, segundo o levantamento, essas ocasiões especiais inspiram as pessoas a se concederem alguns “luxos”, como optar por produtos com custos mais elevados na hora de compor o menu.

Maior oportunidade para o comércio de alimentos

Ceia-Peru_Natalino_IMG_0207

Apesar da notícia não ser nada animadora para o mercado de turismo, o ramo alimentício pode comemorar, pois as ceias caseiras são capazes de intensificar as vendas do setor no final do ano. Um levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostra que o comércio brasileiro poderá registrar variação negativa de preços neste Natal pela primeira vez desde o início do estudo (2001). Isso significa que os varejistas poderão oferecer uma cesta total mais barata para atrair os consumidores e, entre as maiores quedas nos preços registradas, está o setor de alimentos para consumo em domicílio (-5,4%).

Além disso, desde a implementação da Black Friday no Brasil, o comércio vem perdendo público nas vendas de natal e réveillon, pois as pessoas estão antecipando suas compras. No entanto, quando se trata de alimentos e ingredientes perecíveis, esta prática não funciona. De acordo com a nutricionista Juliana Tomandl, consultora da Banca do Ramon, esse hábito pode até colocar a saúde em risco: “todos os ingredientes têm um tempo limite de conservação, até mesmo os não perecíveis têm prazo de validade.

No entanto, isso pode ser prolongado dependendo da forma de armazenamento, mesmo assim, boa parte dos nutrientes vão se perdendo com o passar do tempo. Por isso, quanto mais fresco, melhor”. Este fator, somado à baixa dos preços, contribui ainda mais para impulsionar as promoções e vendas de produtos tradicionais da época, como as aves natalinas, frutas da estação e, até mesmo, os peixes mais nobres.

Proteínas são as protagonistas das ceias

pernil pixabay
Foto: Pixabay

O peru é a proteína animal mais popular nas ceias de Natal, tanto é que o Brasil é o terceiro maior produtor mundial da ave, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Mas ainda há os que preferem a carne suína, por isso o pernil é outra opção bastante ofertada para a ceia, juntamente com o tender. No entanto, na celebração de réveillon, a tão aclamada ave natalina é deixada totalmente de lado, cedendo mais espaço às carnes de porco e especialmente aos peixes e frutos do mar. Isso acontece por que o fato das aves ciscarem para trás é associado a retrocessos e má sorte.

salmão e saladas

De acordo com o levantamento da Banca do Ramon, o salmão é o preferido (53,5%) e em segundo lugar está o nobre atum (23,2%). Para a nutricionista, além da crendice popular, outro fator que impulsiona esta escolha mais leve e saudável em ocasiões especiais como o réveillon é a tentativa de compensar os excessos cometidos, especialmente durante a ceia de natal, que reúne receitas mais gordurosas. Além disso a praticidade também contribui a favor dos pescados, pois eles são muito mais fáceis e rápidos de preparar em comparação com as carnes suínas, por exemplo.

Consumo de peixes

salmão pixabay
Foto: Pixabay

Segundo a Embrapa, a demanda por pescado no mercado nacional registrou aumento de mais de 10% ao ano, mas o consumo das famílias brasileiras ainda é limitado. “A proteína oferece uma grande diversidade de sabores, pois cada espécie tem o seu diferencial na culinária, além de ser mais leve e saudável, mas, de acordo com a nossa pesquisa interna, a maioria dos entrevistados não tem o hábito de comer peixe regularmente” – explica Tomandl. O levantamento apontou que: 40,2% consome até duas vezes por mês e 12% não consome a proteína.

O peixe é a proteína animal mais consumida no mercado internacional, e ainda possui mais espaço para crescer, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). E o Brasil possui uma das maiores biodiversidades em pescados do planeta, mas os brasileiros tradicionalmente apreciam peixes de águas frias, como o bacalhau, proveniente da Noruega, e o salmão, nativo especialmente do Chile, da Argentina e da China.

Bacalhau ainda é visto como prato sazonal

Ceia-Bacalhau_Portuguesa_IMG_0812

Embora o peixe seja bastante apreciado pelos brasileiros, já que 50% afirma consumi-lo cerca de três vezes ao ano, enquanto 39% o faz quatro ou mais vezes no mesmo período, para a maioria o prato ainda está restrito às datas especiais e o principal motivo é o preço elevado do produto. Umas dessas concessões para seu consumo, além da páscoa, é a celebração da virada de ano, que possui diversas receitas com o peixe para deixar a ceia mais saudável e saborosa.

Vinhos e espumantes complementam a tradição

vinhos concha

Seja para brindar na confraternização familiar do natal, ou para acompanhar a vista da deslumbrante queima de fogos do réveillon com os amigos, os vinhos e espumantes sempre caem bem. Além de versáteis, com inúmeras opções de tipos e harmonizações, eles trazem requinte e elegância para compor datas especiais como essas. Mas não para por aí, pois o vinho também possui um efeito muito positivo sobre a saúde. Segundo Tomandl há estudos que apontam a bebida como protetora do sistema cardiovascular, capaz de prevenir, inclusive, outras doenças, tudo isso graças à sua matéria-prima principal, a uva.

“A alta concentração de polifenóis presentes na fruta são responsáveis pela maior parte das suas propriedades terapêuticas. A produção dessa substância é estimulada na uva em um processo de auto de defesa que ocorre na videira para se proteger contra agressões externas, como a exposição solar constante, pestes e outras. O resveratrol é o nutriente que mais se destaca dentre os polifenóis desenvolvidos, isso porque alguns estudos apontam que ele ajuda a diminuir o acúmulo de coágulos nos vasos sanguíneos, reduzindo o risco várias doenças cardíacas e, até mesmo, acidentes vasculares” – finaliza a nutricionista.

festas_fim_de_ano_consumo_caseiro

Fonte: Banca do Ramon

 

Receitas deliciosas para impressionar as mães

Essas receitas são homenagens às mães, que se esforçam tanto para nos verem felizes e expressam o amor mais puro que existem. Neste domingo comemoramos o dia delas e nada mais gostoso do que um almoço em família para a comemoração. Pensando nisso, a Bunge apresenta: Arroz ao azeite com ervas e amêndoas, Pernil assado com cebolas e manjericão e Bolo bem casado. Feliz dia das mães!

Arroz ao azeite com ervas e amêndoas

arroz ao azeite

Ingredientes
– 2 Colheres de sopa de Azeite Cardeal Extra Virgem
– 1 Cebola picada (50g)
– 1 ½ Xícara de arroz branco polido (200g)
– 1 Colher de chá de tomilho fresco picado
– 1 unidade de folha de louro
– Sal a gosto
– Água (400ml)
– Amêndoas laminadas tostadas (150 g)
– 1 Maço pequeno de cebolinha francesa (Cebolette) picada
– Salsinha crespa para decorar

Modo de preparo
Refogue a cebola no Azeite Extra Virgem Cardeal 0,2 até que murche e fique transparente. Acrescente o arroz e refogue em fogo baixo até que os grãos fiquem bem brancos. Junte o ramo de tomilho, o sal e a água. Misture e aumente ao fogo. Quando ferver abaixe o fogo e tampe. Cozinhe em fogo bem baixo até a água ser absorvida e o arroz cozido. Solte o arroz com um garfo grande e misture as amêndoas e a cebolinha francesa (cebolette). Sirva imediatamente.

Dica do chef: mantenha atenção à panela enquanto cozinha o arroz, observe se o fogo não está alto, pois o arroz pode queimar. Eventualmente o arroz pode ainda estar mal-cozido quando a água for absorvida, neste caso regue com mais algumas colheres de água e termine de cozinhar. O ideal é usar uma panela pequena e com fundo triplo para cozinhar o arroz por igual.

Tempo de preparo: 20 min
Grau de dificuldade: fácil
Fonte: Cardeal – Bunge Brasil
Pernil Assado com cebolas e manjericão

pernil.jpg

Ingredientes
– Pernil de porco com osso (1,2 kg)
– 1 colher (sopa) de alho (triturado)
– Sal a gosto para temperar
– Pimenta-do-reino a gosto para temperar
– 2 unidades grandes de cebola (picada)
– 1 vidro de Molho de Tomate Salsaretti Basílico (500g)
– Manjericão a gosto para temperar
– Cebolinha picada a gosto para temperar
– Folha de louro a gosto para temperar
– 1 unidade médio-grande de pimentão amarelo (em cubos)
– 2 unidades grandes tomate (em cubos)
– 2/3 xícara de chá (160ml) de vinho branco

Modo de preparo
Tempere o pernil com alho, sal e pimenta-do-reino. Coloque em um refratário.
Adicione os demais ingredientes, tampe o refratário com papel aluminio e deixe marinando por 1 hora.
Leve para assar, em forno preaquecido à temperatura de 180°C, por aproximadamente 40 minutos ou até que a carne esteja macia e dourada.

Dica Salsaretti: Sirva com farofa ou batatas assadas e uma boa salada de folhas e legumes.
Tempo de preparo: 2 horas
Grau de dificuldade: fácil
Fonte: Salsaretti – Bunge Brasil
Bolo Bem Casado

bolo bem casado.jpg

Ingredientes

Massa
– 8 claras (280g)
– 4 colheres (sopa) de açúcar (50g)
– 1 pitada de sal
– 8 gemas (160g)
– 6 colheres (sopa) de Margarina Delícia Supreme (120g)
– 1 xícara (chá) de açúcar (180g)
– 1 colher (sobremesa) de essência de baunilha (5g)
– 2 xícaras (chá) de Farinha de trigo (240g)
– Margarina Delícia Supreme para untar
– Farinha de trigo para polvilhar

Recheio
– 2 latas de doce de leite (790g)

Cobertura
– 1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro (130g)

Modo de Preparo

Massa: Em uma batedeira, coloque as claras, as 4 colheres (sopa) de açúcar, o sal e bata até ponto de neve. Reserve. À parte, em batedeira, leve para bater as gemas, Margarina Delícia Supreme, o açúcar e a essência de baunilha até formar um creme claro. Aos poucos e sempre misturando, acrescente a farinha de trigo e em seguida, delicadamente, as claras batidas em ponto de neve.
Em uma forma redonda, untada com Margarina Delícia Supreme e polvilhada com Farinha de trigo coloque a massa e leve para assar, em forno previamente aquecido, à temperatura de 180ºC, por 30 minutos.

Montagem: Corte o bolo em discos finos, recheie com o doce de leite e cubra toda superfície e laterais do bolo com açúcar de confeiteiro. Sirva.

Tempo de preparo: 50 min (+30 min de forno)
Grau de dificuldade: fácil
Fonte: Delícia – Bunge Brasil

Empório Rosmarino, em Curitiba, apresenta cardápio exclusivo de Natal

Oferecendo um toque a mais de sabor e praticidade para as comemorações de final de ano, o Empório Rosmarino, boutique gastronômica especializada em massas recheadas congeladas, comandado pela chef Solange Schneider, elaborou um cardápio delicioso e exclusivo para a tradicional ceia de Natal.

O “Menu Natal Rosmarino 2016”, é uma composição exclusiva e muito fácil de ser preparada em casa. O cardápio foi pensado para o jantar em família ou até mesmo para uma reunião de amigos para aqueles que pretendem celebrar o Natal no conforto de casa, sem se preocupar com o preparo da ceia. Os clientes poderão solicitá-lo para a ceia do dia 24 de dezembro, e receberão um pequeno manual de instruções para o preparo.

Como entrada, o menu traz como opção uma seleção de finger foods. São 30 unidades de preparos como queijo coalho grelhado com pimenta biquinho e melado; minitartelete frango ao curry; minicarolina de bacalhau e alho-poró; mini- vol-au-vent de camarão e palmito pupunha; e minibruschetta caprese.

canapes

Outra opção de entrada são os verrines, entregues em 20 unidades: Mousse salmão ao dill, tartare de pepino, salmão defumado e caviar; Dadinhos de legumes à Niçoise com mousse de chèvre e tomatinhos confit; Saladinha de grãos com frutas secas e castanhas; Maccarroni com bacalhau a provençal e Melão e maçã verde ao gengibre com siri ao curry vermelho. Para completar as entradas, o Empório Rosmarino oferece ainda opções de Folhado de brie com damascos caramelizados e pimenta rosa, que servem 10 pessoas. Ou o Folhado de camembert com damascos caramelizados e pimenta rosa, que serve 4 pessoas.

pernil_damascos

Como opções de saladas, o empreendimento oferece o Salpicão tradicional e a Salada tropical com camarões, melão, uva Thompson e palmito pupunha ao perfume de limão siciliano. As opções de pratos especiais para a noite ficam por conta do famoso Ballotines de frango, que serve de 4 a 8 pessoas; as sobrecoxas de frango desossadas e recheadas com alho-poró e cogumelos cremosos, acompanhada de molho de vinho do Porto com cebolinhas; pernil de porco desossado com damascos caramelizados e couscous de legumes, que serve de 8 a 10 pessoas; o rosbife de mignon ao molho de mostarda Dijon com batatinhas ao murro.

Para completar, não poderia faltar o delicioso pernil de cordeiro com crosta aromática de ervas, feijão branco, pancetta e legumes, acompanhado de pestto de hortelã, que serve de 6 a 8 pessoas.

pernil

Para quem é apaixonado por massas, as opções para a Ceia de Natal são o Minirondelle margherita; o Fagottini de bacalhau e alho poró ao molho cremoso de limão siciliano e confit de legumes à napolitana; o Minirondelle de queijo reblochon e avelãs ao molho Alfredo; o Tortelloni  de brie e pera ao molho de alho poro; e o Arroz Natalino – Arroz ao açafrão com pancetta crocante, peito de peru, passas, manteiga de sálvia e castanhas.

Para fechar essa noite tão especial, o Empório Rosmarino disponibiliza também sobremesas clássicas: o Tiramisú tradicional com calda de chocolate;

tiramisu-fatia

o Semifreddo de Natal com especiarias, castanhas e calda de frutas vermelhas; o Semifreddo de Creme brulée recheado com trufa meio-amarga; e o Bolo trufado de gianduia.

semifreddo-especiarias

Os pedidos para Ceia de Natal do Empório Rosmarino podem ser feitos até o dia 20 de dezembro, mediante pagamento de 30% do valor da encomenda. Mais informações pelo telefone (41) 3224-3010 ou pelo e-mail rosmarino@emporiorosmarino.com.br.

Receitas de massa, arroz, pernil, lombo e peixe para o fim de ano

Data mais esperada do ano para muitas pessoas, o Natal é marcado por encontros familiares, amor, alegria e… por muitas comidas deliciosas! Pratos como peru, pernil e farofa sempre são destaques, mas que tal um escondidinho de bacalhau com arroz como alternativa? Essa é a sugestão preparada pela Fugini Alimentos para uma série de aulas-show gastronômicas organizada pela Atthos Comunicação. Confira abaixo e surpreenda-se:

Escondidinho de bacalhau

escondidinho-de-bacalhau

Ingredientes

1 pacote de purê de batata Fugini
1 lombo de bacalhau dessalgado e congelado
1 cebola cortada em meia lua
1/2 xícara (chá) de azeitonas verdes fatiadas Fugini
1/2 xícara (chá) de salsinha fresca picada
1/2 xícara (chá) de azeite
1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
50g de creme de leite
1 caixinha de molho branco Fugini
Acompanha mix integral de arroz

Modo de preparo

Numa panela pequena, coloque o lombo de bacalhau, cubra com água e leve ao fogo alto até ferver. Deixe cozinhar por 10 minutos. Transfira para uma tigela e desfie com um garfo. Preaqueça o forno a 200ºC (temperatura alta). Leve uma frigideira grande ao fogo médio e, quando aquecer, regue com o azeite. Junte a cebola e refogue, mexendo por 3 minutos, até ficar transparente. Junte o tomate e refogue por mais 5 minutos, mexendo bem. Por último, adicione as azeitonas Fugini e o bacalhau. Misture e desligue o fogo. Transfira o bacalhau para um refratário. Cubra com o purê Fugini (modo de preparo no pacote) e adicione a mistura de parmesão, creme de leite e molho branco Fugini. Leve para assar por 20 minutos ou até gratinar. Sirva a seguir com o arroz.

Confira receita da nutricionista que é contra dietas

Com a proximidade do Natal, surge aquela dúvida: qual prato levar para a ceia? Sophie Deram, autora do livro O Peso das Dietas (Editora Sensus), traz em sua obra mais de 50 receitas incríveis e muito fáceis de fazer. Uma das que mais faz sucesso é o macarrão ao salmão, receita que a filha da nutricionista, Audrey, trouxe do Canadá.

“Uma receita para quando queremos peixe em vez de carne. Superfácil e gostosa, raramente sobra. Aproveite para saboreá-la com as pessoas queridas! Nossa família amou esta receita na primeira vez que a Audrey, minha filha, a trouxe do Canadá. Quando foi fazer intercâmbio, ela se hospedou na casa da Alexandra no Quebec. Meus filhos preferem com espaguete, eu com fusili”.

Macarrão ao salmão da Audrey e Alexandra

4doze_fettuccine-ao-molho-de-salmao_fotogustavogracindo
Foto: Gustavo Gracindo

Ingredientes
– 250 g de macarrão;
– 1 cebola picada;
– 1 alho-poró;
– 400 g de salmão cortado em cubos sem pele;
– 2 colheres (sopa) de creme de leite;
– Sal a gosto;
– 1 colher (sopa) de azeite;
– Queijo parmesão ralado a gosto.

Modo de fazer
Coloque água para ferver com sal e azeite. Quando a água ferver, cozinhe o macarrão seguindo as instruções da embalagem. Coe e reserve. Refogue a cebola e o alho-poró com um pouco de azeite. Adicione o salmão e mexa sem parar para não grudar no fundo;
Quando o salmão branquear e começar a dourar, adicione o creme de leite. Continue misturando. Coloque o sal e adicione macarrão ao molho e deixe esquentar um pouco.
Retire e sirva! Fica ótimo com queijo parmesão ralado.

Pernil com Batatas Douradas é uma ótima opção para as ceias de fim de ano

Para quem não abre mão de preparar a própria ceia, a CampCarne ensina uma receita muito simples de pernil com batatas douradas que promete agradar toda a família. Confira as dicas do Chef Henrique Silva e surpreenda seus convidados.

Pernil Marinado com Batatas Douradas

pernil natal.jpg

Ingredientes
– 1 pernil marinado sem osso (de 2,5kg a 3kg)
– 2 cebolas grandes picadas
– 6 dentes de alho picados
– 2 colheres de vinagre de vinho tinto
– 2 colheres de sopa de sal
– 2 colheres de sopa de pimenta do reino

Modo de Preparo
Retire o pernil da embalagem e coloque em uma assadeira untada com azeite. Cubra-o com a cebola e o alho picados, regue com o vinagre e salpique o sal e a pimenta do reino. Feche a assadeira com papel alumínio e leve ao forno preaquecido a 180º C. Cozinhe por cerca de duas horas e meia ou calcule uma hora por quilo. Retire o alumínio e deixe por mais 40 minutos para dourar. Regue com água morna e mexa o fundo da assadeira para fazer molho.
Quando bem dourado, retire, fatie e sirva com batatas assadas. Rendimento: serve 6 pessoas.

Receita de arroz cremoso com batata palha

Que o tradicional peru é a grande estrela da ceia de Natal, ninguém discute. Porém, os acompanhamentos são essenciais para garantir que todos os convidados fiquem satisfeitos, nesta que é uma data tão especial para as famílias brasileiras.Confira agora a sugestão da Zaeli para o preparo de um delicioso arroz cremoso.

Arroz cremoso com batata palha

arroz cremoso com batata.png

Ingredientes
3 xícaras (chá) de arroz agulhinha Zaeli
2 potes de requeijão cremoso
1 lata de extrato de tomate
1 pacote de batata palha extrafina Zaeli
sal refinado a gosto
Cheiro verde picado a gosto
1 peito de frango
1 cebola picada
2 tomates picados
3 colheres (sopa) de óleo

Modo de preparo
Cozinhe o peito de frango com sal a gosto, deixe esfriar e desfie. Frite a cebola e o tomate em uma frigideira. Junte o extrato de tomate, o sal, o cheiro verde e o peito de frango desfiado. Acrescente água até obter um molho. Cozinhe o arroz separadamente e reserve. Em um refratário, espalhar os dois potes de requeijão e colocar o arroz por cima. Espalhar o molho quente. Por último, cobrir com a batata palha. Depois de colocar no refratário, não esquentar, por isso o molho e o arroz devem estar bem quentes. Sirva. Rendimento: 6 porções. Tempo total: 40 minutos. Nível de dificuldade: iniciante.

Receita de lombo com ameixas e marrom glacê

lombo-com-ameixas

Para compor a mesa nas festas de fim de ano, uma opção barata e saudável é a carne de porco. Entre os preparos possíveis, o chef Marcelo Sokolowski, professor do curso de Gastronomia da Unopar sugere uma saborosa e diferente combinação, com ameixas e marrom glacê. Confira abaixo o passo a passo de uma porção para quatro pessoas:

Ingredientes
• 1kg de lombo suíno
• 100 gramas de ameixas secas sem caroço cortadas e 4 partes;
• 4 colheres de sopa de marrom glacê;
• 1 cebola cortada em cubinhos;
• 2 dentes de alho cortado em cubinhos;
• 100 gramas de manteiga sem sal;
• 200ml de vinho branco seco;
• 100ml de azeite;
• 1 galho de alecrim;
• Sal e pimenta do reino a gosto;

Modo de Preparo
Tempere o lombo suíno com sal e pimenta do reino. Esquente a frigideira e coloque o lombo para grelhar. Uma vez grelhado, retire-o e envolva-o em papel alumínio. Caso não tenha papel alumínio, use folhas de couve como alternativa. Coloque para assar em forno preaquecido a 200 graus, e deixe até a carne atingir 70 graus. Para verificar se atingiu a temperatura ideal utilize um termômetro, ou um palito de dente. Enquanto estiver saindo água da carne ao espetá-la, ela deve continuar no forno. Tome cuidado para tirá-la assim que parar de sair água ou ela atingir 70 graus, para que o lombo não fique muito seco e fibroso. Para preparar o molho, coloque um pouco de óleo dentro da frigideira, um pouco de manteiga e a cebola cortada em cubinhos. Refogue bem e coloque o alho, em seguida as ameixas. Após refogá-las, adicione vinho aos poucos, e conforme ele vai evaporando coloque as colheres de marrom glacê. Se for necessário, utilize mais vinho para afinar o molho. Para servir, corte o lombo em fatias e jogue levemente o molho por cima, adicionando o galho de alecrim. A receita pode ser acompanhada com arroz multigrãos e nozes picadas.

Receita de salmão com bacon

Que tal apostar em um prato diferenciado para servir nas festas? Para fugir das carnes tradicionais, a Mercearia do Chopp, bar e restaurante instalado no Bom Retiro, propõe uma receita exclusiva com salmão e bacon, criando uma combinação exótica entre o sabor suave do peixe com a crocância da carne que vai surpreender seus convidados. Confira:

Salmão Crocante Mar e Terra

salmao

Ingredientes
Postas de 100 g de salmão fresco (1 por pessoa)
30 ml de manteiga de garrafa por posta de salmão.
1 folha de sálvia fresca por posta.
½ fatia fina de bacon por posta.
Sal a gosto.
Pimenta do reino a gosto.
Manteiga para untar a assadeira.

Modo de preparo
Se não gostar da pele do salmão retire e apare as irregularidades. Corte em postas de 100 g. Ficará uma tira de peixe de aproximadamente 2 centímetros de largura por o tamanho da largura do file. Passe na manteiga de garrafa com pincel ou regue uniformemente em todos os lados do peixe. Corte ao meio a fatia de bacon e enrole no meio da posta. Coloque a folha de salvia por baixo do bacon. Unte uma assadeira antiaderente com manteiga. Disponha o peixe separado por 3 centímetros um do outro e leve ao forno por 5 minutos. Se preferir de bem passado, deixe mais tempo sem queimar o bacon.

Acompanhamento
Sirva com salada de folhas verdes com tomates cereja com molho de limão siciliano ou molho cítrico. Se quiser, acrescente aspargos verdes grelhados levemente com sal sobre a salada.

 

Mais de 50 opções de pratos para ceias

Em dezembro, a Hortifruti oferece diversos benefícios especiais para o Natal. Os clientes poderão encomendar ceias natalinas e levar um pouco das receitas da Hortifruti para casa. São mais de 50 opções de pratos disponíveis como pernil suíno sem osso assado, tender assado, chester com osso ou desossado, pernil de cordeiro com osso assado, ragú de cordeiro, medalhão de filé mignon, salada de bacalhau com feijão fradinho, salada de grão de bico, salada salpicão de frango, farofa natalina, além de tábuas de frios, pão a metro, e sobremesas como pudim, rabanada assada e salada de frutas.

ceia2ceia

A rede fará ainda um folheto especial para a data com ofertas de produtos típicos do Natal que estão à venda nas lojas, dicas da equipe de nutrição, receitas e sugestões de cestas natalinas para presentear. O folheto será distribuído gratuitamente nas lojas e as ofertas valerão do dia 5 a 18 de dezembro. Para os clientes que possuem cartão Hortifruti, os produtos anunciados no folheto terão 10% de desconto.

Completando as comemorações natalinas, a Hortifruti publicará em suas redes sociais diversos posts temáticos com dicas nutricionais, curiosidades, além de um divertido card em que o bom velhinho se transforma em “Papaya Noel”.

papaya-noel

Informações: Hortifruti