Arquivo da tag: São Paulo

Caiçaras, Caipiras e Tropeiros de volta à Capital Paulista

Os sabores, aromas e fazeres de cerca de 140 municípios invadem São Paulo, de 19 a 23 de setembro, durante a 21ª edição do maior evento de cultura tradicional do Estado

O Revelando São Paulo chega a sua 21ª edição, trazendo para a capital paulista as tradições que fazem a diversidade e pluralidade do Estado de São Paulo, com a participação de culinaristas, artesãos, violeiros e dançantes de diversos municípios do Interior e Litoral. De 19 a 23 de setembro, o Parque do Trote/Mart Center irá se transformar em um grande espaço de celebração multicultural.

O festival, realizado desde 1997, dispõe de espaços de culinária e ranchos tropeiros de diferentes regiões do estado, com culinaristas produzindo os doces caseiros, bolinhos caipira, broas, pamonhas, bolos, café caipira, virados, afogados, galinhadas, feijão tropeiro, farinha de mandioca, peixes e moquecas, entre outras iguarias que compõe a “Mesa Paulista”. Nos espaços de artesanato, artesãos de diversas regiões produzem palha de milho, folha de bananeira, cipó, madeira, ferro, cerâmica, crochê e bordado, entre outros materiais, com técnicas passada através de gerações da família.

O público poderá ainda conhecer manifestações culturais e artísticas de diferentes regiões do Estado. A cada dia, o Revelando apresenta uma programação diversificadas, como catira, folia de reis, grupos de congadas e moçambiques, batuque e violeiros.

A edição desse ano também comemora também os 70 anos da Comissão Paulista e Nacional de Folclore.

Com a realização do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, o Revelando São Paulo – Festival da Cultura Paulista é um evento gratuito, que acontece das 9h às 21h.

Programação
Programação Permanente das 9 às 21h
Artesanato – Exposição e comercialização de produtos artesanais de tradição, bem como demonstração dos misteres dos artesãos.
Comensalidade – Os humanos se encontram, compartilham ideias e sentimentos. Celebram o encontro e a sintonia compartilhando a mesa, o comer e beber juntos.
Culinária – Preparo e consumo de iguarias da culinária paulista tradicional.
Em Torno do Barro – Espaço concebido para a reunião de arteceramistas tradicionais e o compartilhamento de saberes e conhecimentos nas artes do fogo e do barro.
Homem do Realejo Presença dos homens do Realejo durante o festival.
Espaço Interétnico – Indígenas do estado de São Paulo, com sua musicalidade, seu artesanato e outras práticas culturais.
Comunidades de Ciganos, convivência e compartilhamento de músicas, danças e outros elementos culturais identitários.
Recitação do Rosário – Todos os dias às 8h na Capela e às 9h no Quintal de São Benedito.
Comemoração CPF – Celebração dos 70 anos da Comissão Paulista de Folclore, com exposição fotográfica sobre a cultura tradicional Paulista obra dos fotógrafos; Reinaldo Meneguim, Diego Dionisio, Flavio Pilege, César Dinis e Leonil.

artesanato foto reinaldo maneguim
Foto: Reinaldo Maneguim

20 de Setembro – Quinta – Feira – Vila + (antigo Mart Center)
09h- Abertura de Palco: Banda Municipal de Jacupiranga; Banda Marcial Municipal de São Sebastião
XIX Encontro de Violeiros: Grupo Raízes Viola Caipira – Atibaia; Denirval e Davi – Atibaia; Rubens e Fabinho- Atibaia; Tomás e Romancito – Atibaia; Vanderley e Waldir – Atibaia; Claudinei e Pires – Violeiros – Guarulhos; Vera Bianca e Guaru – Guarulhos; Grupo de Violeiros Som das Dez – Guarulhos; Toshio e Luiz – Violeiros – Guarulhos; Quesia Ribeiro – Guarulhos; Cesar Viola e Cuiabá – Iporanga; Violeiros Itaóca; Paco e Thiago – Pedra Bela; Raízes do Ribeira
Os Rouxinóis – Dupla de Violeiros – São Paulo; Tropeirinhos Rancho da Viola Catira – Tatuí
17h – Tarde Seresteira: Seresteiro da viola – São Caetano do Sul; Seresteiros com Ternura – Tatuí; Gabiroba Congo Capixaba – São Paulo – Rancho Tropeiro; 18h XIX Encontro de Orquestra de Viola; Camerata de Viola Caipira SLP – São Luiz do Paraitinga; Orquestra de Violeiros – Taboão da Serra; Conjunto de Música Sertaneja de Raiz – Várzea Paulista; Grupo de Viola Caipira São Gonçalo – Votorantim
20h Encerramento: Orquestra de Viola de Guarulhos.

SONY DSC
Foto: Rafael Leitão

21 de Setembro – Sexta – Feira – Vila + (antigo Mart Center)
09h – Abertura do Palco: Trança fitas – Itaóca; Adoradores da Santa Cruz – Mirim – Embu das Artes
XIX Encontro de Fandango: Fandango de Tamanco – Itaóca; Fandango do Cuitelo – Ribeirão Grande
XIX Encontro de Catira: Grupo de Catira de Monteiro Lobato; Rainhas do Catira – Hortolândia;
Cururueiros – Tatuí; Dança do Barro – Apiaí
XIX Encontro de São Gonçalo: São Gonçalo – Atibaia; São Gonçalo – Jarinu; Grupo de Dança de São Gonçalo de Pardinho
13h – Encontro de Orquestra: Orquestra de Violeiros de Descalvado; Orquestra de Violeiros e Cantores Ouro na Serra – Guapiara; Orquestra de Violeiros Coração da Viola – Guarulhos; Orquestra de Viola Matutos da Mantiqueira – Joanópolis; Orquestra Torrinhense de Viola Caipira
18h Comemoração do Dia internacional da Paz e Conexão de Cura
Grupo Orgulho Caipira – Dança do Sabão – Lagoinha
20h X Noite de São João: Quadrilha Terceira Idade Juventude Imaculada – Cruzeiro;
Encerramento: Bonecões da Mantiqueira – Caçapava

SONY DSC
Foto: Rafael Leitão

22 de Setembro – Sábado – Vila + (antigo Mart Center)
9h Cortejo – XXIII Festival de Bonecos de Rua e Cabeções: Bloco da Vaca – Artur Nogueira; Bonecões Caçapava; Bonecões Gigantes Pereirões – Monteiro Lobato; Bloco Zé Pereira – São Bento do Sapucaí; Bonecões Torrinha; Banda Waldemar Tedeshi – Torrinha; Cia Caracaxa – São Paulo
9h – Palco – Encontro de Reiada: Folia de Reis Luz Divina – Artur Nogueira; Cia. Ases do Brasil – Folia de Reis – Campinas; Grupo de Folia de Reis de Santo Antonio do Bairro Tinga – Caraguatatuba; Folia de Reis Paróquia de Nossa Senhora da Boa Esperança – Caçapava; Folia de Reis de Cândido Mota; Folia de Reis – Embu das Artes; Folia de Reis Estrela Guia de Guarulhos; Folia de Reis de Pedra D’Alva de Guarulhos; Folia de Reis de Palmital; Folia de Reis Morro do Abrigo – São Sebastião; Cia. de Reis Litoral – São Sebastião; Grupo Folia de Reis da Vila Formosa – Sorocaba; Folia de Reis de Torrinha; Companhia de Santos Reis – Várzea Paulista; Divino Espírito Santo da Rainha da Paz do Julio Mesquita – Sorocaba; Confraria do Divino Espírito Santo _ Joanópolis; Folia de Reis do Pontal Cruz – São Sebastião; Moçambique da Vila Tesouro – São José dos Campos
13h – Dança da Santa Cruz – Carapicuíba; Grupo Sarabaque – Carapicuíba
– XVII Festival da Amizade – Devi – Dança Indiana – Atibaia; Grupo Cheiro de Mate – Capão Bonito; Reisado Sergipano e Bumba meu Boi do Guarujá; Grupo Folklorístico Stella Bianca – Jarinu; Coral Guarani da Aldeia Araça-Mirim – Pariquera Açu; Grupo de Danças Gaúchas Tropeiros da Nascente – Pilar do Sul
Rancho Folclórico Típico Madeirense do Morro do São Bento – Santos; Mi Vejo Simón – São Paulo; San Simón – São Paulo; Grupo de Danças Parafolclóricas de Pirassununga; Associação Cultural Anástasis – Olímpia; Ribeira Ryofu Daiko – Registro; Grupo Apolo de Danças Gregas – São Paulo; Folclore e Etnografia Região Autónoma da Madeira – São Paulo; Ballet Folclórico Boliviano – Guarulhos
15h Mesa de Cosme e Damião – No Saguão
19h XVII Noite dos Tambores – Grupo Baobá de Melê – Coco de Pisada – Peruíbe; Grupo de Jongo Filhos da Semente – Indaiatuba
20h Encerramento: Grupo Samba Lenço – Mauá; Jongo Quilombolas do Tamandaré Guaratinguetá

café caipira reinaldo maneguim
Foto: Reinaldo Maneguim

23 de Setembro – Domingo – Vila + (antigo Mart Center)
9h Palco – BAMUC – Banda Municipal de Cajati; Corporação Musical Maestro Custódio Possidônio Martin – Apiaí; Associação Cultural Som & Arte – Peruíbe
12h – Cortejo – Entrada no Recinto – XX Congado Paulista – Congada Rosa – Atibaia; Congada Verde – Atibaia; Cia. de Moçambique de Caraguatatuba; Cortejo do Divino de Itanhaém; Congada de São Benedito e Nossa Senhora da Conceição – Lagoinha; Grupo Folclórico e Religioso Moçambique de São Benedito de Lorena; Moçambique Esperança – Monteiro Lobato; Congada Santa Ifigênia – Mogi das Cruzes; Congada Batalhão Nossa Senhora de Aparecida – Mogi das Cruzes; Congada do Divino Espírito Santo – Mogi das Cruzes; Congada Preto e Branco – Nazaré Paulista; Congada São Benedito – Pindamonhangaba; Grupo de Moçambique Leal Bahia – Piraju; Congada Terno de Sainha Irmãos Paiva – Santo Antônio da Alegria; Congada São Benedito – São Sebastião; Congada de São Benedito e do Divino Espírito Santo – Socorro; Bandeira do Divino Espírito Santo – Votorantim; Irmandade do Divino da Paróquia Nossa Senhora do Ó – São Paulo; Caminheiros de Santo Expedito – Mairiporã; Irmandade de Moçambique Vila do Tesouro – São José dos Campos Caiapó de Piracaia; Afoxé Filhos do Cacique – São Paulo
18 h : Encerramento: The Sun – Orchuestra – São Paulo

doces

21º Revelando São Paulo
De 19 a 23 de setembro, das 9h às 21H
Local: Mart Center – Vila Maria/Vila Guilherme.
Entrada gratuita

 

Anúncios

Hoje e amanhã tem a 6ª edição do Foodspot no Shopping Iguatemi

6ª edição do Foodspot ocorre hoje e amanhã, 15 e 16 de setembro, no Boulevard do Iguatemi São Paulo. O festival gastronômico traz para o público as melhores opções de cardápios da capital com preços até R$ 22,00. Um passeio ao ar livre para toda família.

Serão 22 estações, dentre as quais sete inéditas e duas food trucks. Pela primeira vez participam: Comedoria Gonzales, Fôrno, Mistral, Più/Piccolo, Skye by Emmanuel Bassoleil, Stefan Behar Sucré, Torero Valese.

Completando o line up de sucesso o festival traz novamente: A Queijaria, Bar Astor, Bar Espírito Santo, Bráz Elettrica, Buzina Food Truck, Chocolat Du Jour, Ici Brasserie, G&T GIN BAR, Japengo, Le Majue, Lucas Corazza, Mistral, Mocotó Aqui, Pisseli Sud,Pobre Juan e Z Deli Sandwich Shop.

FoodSpot1FoodSpot 2FoodSpot 3

O festival promove atividades para as crianças e atrações musicais para o público. Será revertido um real do valor da entrada para a Oscip Gastromotiva.

Festival gastronômico ao ar livre, com opções de pratos desenvolvidos pelos principais chefs e restaurantes da capital paulista + música ao vivo para crianças e adultos
Data: 15 e 16 de setembro (sábado e domingo)
Horário: Das 12h às 21h
Preço: Ingresso ao evento – R$ 15,00 (adulto), Crianças até 12 anos entrada gratuita
– Pratos até R$ 22,00 (garrafas de vinho, peças de queijo e kits podem passar deste valor)
Local: Boulevard do Iguatemi São Paulo
Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232 – Jardim Paulistano.
Estacionamento: R$ 18,00 até duas horas

Informações: Iguatemi Foodspot

Atendimento vascular gratuito domingo no Parque Villa-Lobos em São Paulo

São Paulo será a terceira cidade a receber o Circulando Saúde, que oferece atendimento vascular gratuito à população com médicos da especialidade. Domingo, 16 de setembro, o Parque Villa-Lobos (SP) sediará, das 9 às 14 horas, o projeto promovido pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), que este ano já passou por São Luís (MA) e Recife (PE).

A ação tem como objetivo oferecer informações a respeito das principais doenças vasculares, formas de prevenção e tratamento. Esta edição, na capital paulista, será junto ao 12º Dia Vascular de São Paulo, organizado pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular – Regional São Paulo (SBACV-SP).

O atendimento, feito por cirurgiões vasculares, residentes da especialidade, acadêmicos e alunos ligados à SBACV-SP, será em tendas de apoio. Os médicos realizarão uma triagem das principais doenças venosas e arteriais periféricas, bem como exame Doppler de onda contínua nos pacientes que apresentarem alguma alteração.

Os participantes também receberão orientações dos profissionais quanto aos sinais e sintomas dessas doenças, para ficarem alertas aos perigos de alguns comportamentos de risco e às devidas precauções a serem tomadas. Ainda poderão conferir a exposição de banners explicativos sobre trombose venosa, doença arterial periférica, aneurisma de aorta e obstrução de artérias carótidas.

Para quem estiver passeando pelo parque no dia da ação, serão distribuídas cartilhas com orientações e haverá convite para participar de uma aula de aeróbica.

“O objetivo do Circulando Saúde é aproximar a nossa especialidade da população, possibilitar que os cidadãos conheçam os fatores que mais contribuem para o desenvolvimento de doenças vasculares e oferecer atendimento com Angiologistas e Cirurgiões Vasculares a uma parcela da população que tem difícil acesso ao especialista. Esta é a terceira edição do projeto, que já passou por São Luís, Recife e até o fim do ano ainda vai contemplar mais duas cidades”, afirma o presidente da SBACV,  Roberto Sacilotto.

O Circulando Saúde tem apoio da Kendall e da FQM Farma. A próxima cidade a receber a ação será Fortaleza (CE), no dia 19 de outubro.

Causas e sintomas das principais doenças vasculares

Sedentarismo, má alimentação, cigarro, pressão alta e estresse do dia a dia são algumas das causas mais recorrentes das doenças vasculares.

As varizes são as mais comuns e estima-se que 30% da população mundial têm varizes (conforme região do mundo), afetando mais as mulheres (70%) do que os homens (30%). Os sintomas mais frequentes são: dor, cansaço e sensação de peso nas pernas, ardência, edema (inchaço), câimbras, dormência e áreas de pele inflamada com prurido (coceira).

Antes de qualquer cirurgia, em alguns casos, tenta-se o tratamento das varizes com o uso de meias elásticas, principalmente durante a gestação, e a utilização de medicamentos flebotônicos que melhoram o fluxo venoso, exercícios e emagrecimento.

Além do tratamento clínico das varizes, alguns procedimentos podem ser necessários para minimizar o problema. Escleroterapia, a famosa secagem dos vasos, procedimento este que deve ser sempre realizado por médico especialista vascular, trata-se da injeção de substâncias na forma líquida ou com mistura gasosa (mais conhecida como espuma) para desaparecimento das telangiectasias ou aranhas vasculares (vasinhos).

varizes-pernas-veias- winzy lee shuttestock
Foto: Winzy Lee/Shuttestock

Outra técnica para este tipo de doença é a utilização do laser que também pode ser realizado nos pequenos vasos. Em alguns casos pode ser realizada a aplicação de espuma ou também utilizada a técnica de ablação (queimar para secar a veia), como no uso do laser ou de fibras de radiofrequência.

“Para as varizes de médio e grosso calibre nas pessoas com sintomas de peso, cansaço e queimação a técnica cirúrgica para retirada destas veias ainda é a mais utilizada em nosso meio. A escolha da alternativa mais adequada pode variar dependendo do caso, mas sempre sob realização do médico especialista Vascular”, destaca o presidente da SBACV-SP, Marcelo Calil Burihan.

Outra doença que está se tornando mais frequente é a arterial periférica, conhecida como má circulação. A prevalência é atingir de 3 a 5% da população depois dos 50 anos e de 500 a 1.000 indivíduos por ano por milhão de habitante. Tudo isso aponta para um alerta: a isquemia de membros (amputação). Em torno de 120 a 500 casos por milhão de habitantes, dependendo da região – Consenso Mundial.

Burihan explica que o tratamento clínico é a primeira abordagem. Já o cirúrgico, com a realização de pontes utilizando-se a safena ou materiais sintéticos; e as angioplastias, desentupimento da circulação com cateteres ou com stents; devem ser reservadas para os casos mais graves. “A cessação do tabagismo, o controle rigoroso do diabetes e da dislipidemia (aumento do colesterol), a mudança do hábito alimentar e a realização de exercícios físicos regulares são essenciais para que não haja a progressão da doença”, salienta.

Circulando Saúde – 12º Dia Vascular de São Paulo
Data: 16 de setembro de 2018
Horário: Das 9 às 14 horas
Local: Parque Villa-Lobos
Endereço: Av. Professor Fonseca Rodrigues, 1025 – Pinheiros, São Paulo (SP)
Informações: (11) 5087-4888 |secretaria@sbacvsp.org.br

 

Cobasi realiza evento de adoção de pets na Loja Campinas Cambuí

Evento ocorrerá todo terceiro sábado do mês, das 10 às 14 horas

A partir do sábado, 15 de setembro, a Cobasi em parceria com a ONG AAAC, irá realizar um evento de adoção de cães e gatos nas dependências da loja localizada na Av. Orosimbo Maia, no bairro de Cambuí, Campinas (SP).

O evento será realizado todo terceiro sábado do mês, das 10 às 14 horas. Para adotar um dos animais é necessário ser maior de 18 anos, portar o documento de identidade, ler e assinar o termo de adoção. Todos os animais disponíveis para adoção estão castrados, vacinados e vermifugados.

Essa ação faz parte das ações de incentivo a adoção da Cobasi que tem dois centros de adoções na cidade de São Paulo em parceria com ONGs locais e realização de eventos de adoção em parceria com instituições de proteção animal em diferentes cidades do estado de São Paulo.

gato e cachorro 2

Evento de adoção
Realização: Cobasi e ONG AAAC
Local: Cobasi Campinas Cambuí – Av. Orosimbo Maia, 1062, Cambuí, Campinas – SP
Data: a partir de 15/09 (todo terceiro sábado do mês)
Horário: das 10h às 20h

Molécoola inaugura primeira loja de recicláveis do varejo brasileiro

A abertura da terceira unidade ocorreu na manhã de hoje (12) no Shopping Center Norte, em São Paulo, e a expectativa é atingir mil lojas em cinco anos

Em uma parceria inédita no Brasil, a Molécoola e Shopping Center Norte, de São Paulo, inauguraram, na manhã de hoje (12/9), a primeira loja de recicláveis do varejo brasileiro. Implantada no Estacionamento C e funcionando no horário regular do empreendimento, a lojacontainer atua com base na logística reversa de recicláveis pós-consumo, por meio de um programa de fidelidade que transforma os recicláveis em benefícios.

A proposta desenvolvida pela Molécoola é integrada por um sistema de acúmulo de pontos no aplicativo – disponível para Android e IOS. Ao entregar seus resíduos em uma das lojacontainer, o usuário passa a somar pontos que, acumulados, são revertidos em premiações, com mais de 50 opções de resgates.

“Inaugurar a primeira loja de recicláveis do varejo no Shopping Center Norte é muito importante para nós, tanto pela relevância que o Shopping tem em São Paulo quanto pela proximidade que conseguimos ter com o público, permitindo que reciclagem se torne parte do cotidiano das pessoas. Essa parceria é um passo muito importante para a promoção da educação ambiental e consequente mudança de comportamento dos cidadãos”, diz Rodrigo Jobim, sócio da Molécoola.

Entre os benefícios apresentados, a Molécoola contribui para a diminuição do extrativismo. A indústria é beneficiada, entre outros, pela logística reversa, uma vez que há rastreabilidade da cadeia. Já o reciclador ganha com o custo competitivo e com o recebimento de material de qualidade, selecionado e limpo. A iniciativa pública é beneficiada diretamente pela diminuição do impacto ambiental local e pela economia na gestão de resíduos, enquanto o varejo tem a oportunidade de se associar a um programa de fidelidade sólido.

A parceria com a Molécoola integra o Programa Elo, iniciativa da Cidade Center Norte cuja proposta é representar e engajar uma corrente em prol da adoção de práticas sustentáveis. “Estamos muito contentes com a chegada da Molécoola no nosso empreendimento. A operação está alinhada à estratégia do Programa Elo de engajar pessoas às práticas que visam contribuir para um mundo mais sustentável”, diz Ricardo Afonso, diretor Superintendente do Shopping Center Norte.

A lojacontainer da Molécoola no Shopping Center Norte funciona como um ponto de coleta que acumula os materiais. Lá eles são pesados e prensados, para serem enviados para grandes recicladores, onde são transformados em matéria-prima, voltando para a cadeia produtiva e depois para as prateleiras.

molecoola

Sobre a Molécoola

Criada em 2017 a partir dos conceitos de economia circular e fidelidade ambiental, a Molécoola atua com base na educação ambiental e na logística reversa de recicláveis pós-consumo, por meio de um programa de fidelidade que transforma os recicláveis em benefícios.

Reunindo dezenas de representantes das iniciativas pública e privada, de diversos setores econômicos, além de ONGs e da própria comunidade, o modelo de negócio adotado pela Molécoola traz benefícios a todos as partes integrantes do projeto. De consumidores, passando pelo estímulo ao microempreendedorismo, chegando até o meio ambiente.

Informações: Molécoola

Longametragem “Alzheimer na Periferia” estreia em São Paulo

Documentário retrata o dia a dia do portador da doença de Alzheimer

Estreia, nesta terça-feira, 4 de setembro, o longametragem Alzheimer na Periferia, um projeto da Malabar Filmes, com patrocínio exclusivo do Aché Laboratórios Farmacêuticos, que nasceu com o propósito de desmistificar a evolução e o tratamento da doença de Alzheimer, principalmente em famílias que vivem em condição de vulnerabilidade social.

O documentário destaca a realidade de cinco núcleos familiares que residem em bairros carentes, localizados nas extremidades da cidade de São Paulo, e retrata as dificuldades enfrentadas no dia a dia tanto pelos portadores da doença quanto pelos cuidadores.

Segundo dados da Associação Brasileira de Alzheimer, cerca de 50 milhões de pessoas sofrem com a doença em todo o mundo, sendo 1,2 milhão apenas no Brasil. Além disso, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de casos da doença deve aumentar 500% na América Latina até 2050.

“Esse cenário está sendo impulsionado pelo aumento da expectativa de vida da população, principalmente em países mais pobres. Outros fatores, como obesidade, colesterol alto e diabetes também podem estar associados ao desenvolvimento de demência”, explica Eduardo Motti, diretor do Núcleo Médico do Aché.

Apesar de existirem tratamentos que prolonguem e garantam mais qualidade de vida aos pacientes, ainda não há cura para o Alzheimer. “O filme é um instrumento para conscientizar as pessoas sobre os principais sintomas da doença. É também uma forma de mostrar a realidade de famílias que apesar de poucos recursos, não desistem de lutar por seus familiares”, finaliza Albert Klinke, diretor do filme.

O filme Alzheimer na Periferia estará em cartaz nos cinemas da cidade de São Paulo.

714161299_1280x720.jpg

Confira o trailer clicando aqui

Fonte: Aché

Açaí natural agora na Galeria Jardins

De toda a produção de açaí no Brasil, 70% é destinada para o sudeste do país, segundo levantamento da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Não à toa, 96% das franquias da Oakberry Açaí Bowls estão concentradas nas cidades dessa região.

A novidade é que agora, uma das ruas mais luxuosas do mundo, localizada em São Paulo, também conta com o atendimento fast food da iguaria, que já soma 65 operações nas principais capitais brasileiras. A rede de franquia que nasceu para suprir uma demanda pouco atendida e explorada, o fast food saudável, inaugurou uma loja na Galeria Jardins, na rua Oscar Freire em julho.

oakberry açaibowl

Por meio de sua fórmula exclusiva, com um produto de qualidade, natural, sem adição de corantes, agrotóxicos e zero gordura trans e colesterol, a Oakberry oferece aos clientes três tamanhos de copo (pequeno, médio e grande – 350ml, 500ml e 700ml), por valores de R$ 13,90, R$ 19,90 e R$ 25,90. Além disso, podem ser adicionados até 15 toppings à vontade, como banana, granola, coco, semente de chia, leite em pó, mel, entre outros. O fast food busca entregar o copo em até dois minutos após a realização do pedido.

São Paulo é o estado em que a marca está mais presente, com 50 lojas. Além da terra da garoa, os produtos da Oakberry estão presentes nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul. O mercado internacional também conta com uma unidade da marca, em Orlando, nos EUA.

oak berry.jpeg

Oakberry Galeria Jardins: Rua Oscar Freire, 526 – Jardim Paulista – São Paulo – SP
Horário de funcionamento: 10h às 20h

Voo panorâmico de helicóptero em São Paulo: experiência ao alcance de todos

A High Class, única empresa do setor com sede no aeroporto Campo de Marte, oferece parcelamento de passeios em até 12 vezes

Você tem vontade de voar de helicóptero, mas acha que é muito caro e nem sequer pesquisou o preço? Pois saiba que com a High Class um passeio de 20 minutos pela cidade de São Paulo, em aeronave com três passageiros, sai por R$ 1.311,48 em 12 vezes, o que dá uma parcelinha de apenas R$36,43 por pessoa (à vista o voo é R$1.165,00).

Então se você vai passar férias, feriado prolongado ou somente um final de semana em uma das maiores metrópoles do mundo, ou é morador da cidade, acredite: contemplar São Paulo das alturas é uma experiência inesquecível. Longe do estresse do trânsito, com segurança e conforto, o visual da capital paulista deixa qualquer um de boca aberta seja pela manhã, à tarde ou à noite.

Durante o passeio, o helicóptero – para três, quatro ou cinco passageiros – que parte do aeroporto Campo de Marte (zona norte), voa a uma altitude de 150/200m, o que permite ver com muita clareza diversos pontos turísticos como a Estação da Luz, Terraço Itália, Catedral da Sé, Pátio do Colégio, Teatro Municipal, Museu do Ipiranga, Avenida Paulista, Parque do Ibirapuera, Estádio do Pacaembu, Cidade Universitária, Memorial da América Latina, Allianz Parque, Sambódromo, edifício Copan, Mercado Municipal e Museu Catavento.

Então, que tal reunir os amigos e curtir São Paulo de um jeito diferente? Confira abaixo os valores e você vai ver que a experiência cabe no seu bolso:

Nº PASSAGEIROS TEMPO DE VOO VALOR À VISTA VALOR TOTAL PARCELADO “PARCELINHA” POR PESSOA
03 20 MIN. R$ 1.165,00 R$ 1.311,72 R$ 36,43
03 30 MIN. R$ 1.440,00 R$ 1.621,44 R$ 45,04
04 30 MIN. R$ 1.990,00 R$ 2.240,64 R$ 46,68
05 30 MIN. R$ 2.700,00 R$ 3.040,20 R$ 50,67

E vale ficar atento a uma questão chave: a segurança. Bruno La Laina e Guilherme Gracio, sócios da High Class, explicam que para realizar um voo de helicóptero é preciso checar se ele é homologado para táxi aéreo, pois diversas companhias vendem voos em aeronaves particulares, o que é proibido, por não ter como atestar os requisitos de segurança.

esquilo___josuA_C__soares_dos_santosjet_ranger_2___josuA_C__soares_dos_santosrobinson_r44___crA_C_dito_josuA_C__soares_dos_santos

Então siga essa dica para ter essa certeza de que vai fazer seu passeio panorâmico com toda segurança: entre no site da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), digite o prefixo da aeronave e verifique se em “categoria de registro”, consta TPX. Consta? Então pode ficar tranquilo e aproveite ao máximo a sua experiência nas alturas.

High Class Passeios de Helicóptero
Endereço: Av. Olavo Fontoura 1078 – Setor C – Lote 5 – Sala 1 (Aeroporto Campo De Marte) – Santana – CEP 02012-021 – São Paulo – SP
Atendimento das 09h às 18h: (11) 3863-2061
Atendimento plantão 24h: (11) 99753-6946
Skype: hchelicopteros
Orçamentos: contato@passeiosdehelicoptero.com.br

Mostra: celebridades viram animais silvestres em prol da fauna brasileira

Sophie Charlotte, Paloma Bernardi, Luisa Sonza e Derrick Green estão entre as estrelas que participam da exposição fotográfica “Somos Todos Silvrestres”.

Em cartaz no Santana Parque Shopping a partir de 24 de agosto, a atração é uma parceria com a ONG Ampara Animal e faz um alerta para as espécies de animais brasileiros que estão ameaçadas de extinção.

A atriz Sophie Charlotte na pele de onça
A atriz Sophie Charlotte na pele de uma onça

O maquiador Alisson Rodrigues representou na pele de cada famoso um animal como por exemplo a arara azul, tartaruga marinha, onça pintada, macaco, iguana, pantera negra, coruja, mico-leão dourado entre outros.

“Somos um shopping totalmente a favor das causas animais. Apoiar esta mostra é fundamental para que os nossos clientes e visitantes se atentem para a triste realidade da nossa fauna”, explica o gerente de marketing Marcos Maltez.

As imagens, captadas pelo fotógrafo Jacques Dequeker, além de ser um material totalmente artístico, faz um apelo à reflexão do desequilíbrio que acomete nosso planeta.

somos todos silvestres.jpg
Exposição Somos Todos Silvestres
Período: de 24 de Agosto a 16 de setembro
Local: 2º Piso do Santana Parque Shopping
Endereço: Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2780 – Santana – São Paulo – SP
Entrada gratuita
Mais informações: (11) 2238-3002 ou WhatsApp: (11) 94595-8270

Sirène Fish & Chips chega em São Paulo

Ambiente jovem, cardápio enxuto e clima de praia resumem o Sirène, bar nascido e criado em Curitiba (PR). A marca, que significa “sereia” em francês, é referência em streetfood, segmento líder no mercado de entretenimento da cidade. Dois anos depois da inauguração da primeira unidade, na Rua Trajano Reis, o Sirène já conta com três unidades em Curitiba, e agora está explorando novos horizontes Brasil afora. Em julho, o Sirène abriu sua primeira franquia em São Paulo, capital.

Fábio Arazaki, responsável pela unidade de São Paulo, foi cativado pela temática. “Na primeira vez que ouvi falar do bar, precisei ir ao local para experimentar. Depois de pedir o primeiro Fish & Chips com chope, não consegui mais parar”, conta. O empresário é nascido em Londrina, no interior do Paraná, e nunca trabalhou com gastronomia, mas aposta na força e no formato. “Sempre quis me arriscar no mercado paulista e acredito que a aceitação do público em São Paulo será tão boa quanto em Curitiba”, torce o dono da primeira franquia Sirène da Avenida Paulista, coração da cidade.

No cardápio, chopes artesanais e o prato inglês carro-chefe da casa, o cone de Fish & Chips. “Não é um Fish & Chips qualquer, é o melhor que você vai comer na sua vida!”, conta Afonso, um dos sócios criadores da marca. O local serve a porção para comer “de pé”, deixando o cliente livre para curtir a noite com os amigos sem ficar preso a uma mesa. O cone tem dois tamanhos para saciar a fome ou a vontade, e também pode ser escolhida com apenas uma opção, só fish ou só chips. Para acompanhar, são duas opções de molho, maionese da casa ou tártaro. Além do atrativo gastronômico, o Sirène tem a marca própria de vestuário e acessórios.

Fish & Chips Sirène.jpg

Como surgiu o melhor Fish & Chips 

Unidos pela direção das unidades da marca e pela amizade de longa data – Afonso Neto, Raphael Umbelino e Alexandre Lopes se conheceram na infância, enquanto que Lucas Muller e Afonso se identificaram na faculdade –, os sócios abriram o negócio depois de muito planejamento, enquanto ainda se mantinham com outras profissões. “Analisamos a tendência do movimento do street food em Curitiba e notamos uma oportunidade. Quisemos inovar ao trazer o Fish & Chips para seu lugar original, a rua, pensando que este prato chegou ao Brasil em um formato mais gourmet”, explica Raphael.

Inspirado em um pub belga que serve o mesmo prato, o Sirène acabou sendo assim nomeado para referenciar o estabelecimento europeu e a personalidade dos sócios, amantes da natureza e do surf. “Estamos cada vez mais buscando profissionalizar para que possamos crescer muito e com qualidade, pensando sempre nos nossos clientes”, declara Alexandre.

E o crescimento não foi mera coincidência. “Muitos clientes perguntavam o que deveriam fazer para investir na marca”, explica Afonso, surpreso com a recepção do público empreendedor. Segundo ele foi necessário um ano inteiro de estudos para montar o sistema de franquias, agora disponível em três formatos: Express, Pocket e Standard, todos com um prazo de retorno de investimento em 12 e 24 meses. “Quando vimos que a marca tinha potencial, contratamos uma empresa de SP para nos ajudar a montar um modelo de franquia. No primeiro mês que anunciamos já foram vendidas três unidades”, revela, orgulhoso.

sirene.jpg

Sirène Paulista – Av. Paulista, 575 – Bela Vista – São Paulo (SP). Horário de atendimento: segunda a sábado: das 11h às 23h. Domingos: das 12 às 19 horas