Arquivo da tag: sem lactose

Leite de coco: opção para intolerantes à lactose e quem busca bebidas saudáveis

Leite vegetal é, mais do que nunca, tendência de consumo – tanto para os intolerantes à lactose e quem busca consumir menos gorduras. Pensando nesse público e em utilizar 100% de sua matéria-prima, a Obrigado, empresa baiana conhecida por sua água de coco, lançou uma linha de bebidas à base de leite de coco.

É uma opção versátil e saborosa para quem aprecia ou prefere leites vegetais e cansou da soja e derivados. Está disponível nos sabores Natural, Chocolate, Manga & Maracujá, Banana, Morango & Linhaça, nos tamanhos 200ml e 1L, Tetra Pak. Em breve será lançada no formado “on the go”, numa pet de 350ml, perfeita para ser vendida gelada.

Além de possuir um baixíssimo valor calórico comparado ao utilizado para cozinhar, a bebida é saudável de verdade – tem mais de dez vitaminas na composição e ácido láurico, uma substância natural também encontrada no leite materno, com propriedades antivirais, antifúngicas, antibacterianas, digestivas, antioxidantes e que ainda age regulando acelerando o metabolismo. Como a água de coco da marca, quase não recebe adição de conservantes, colesterol e glúten.

obrigado5

Informações: Obrigado

 

 

 

Anúncios

Intolerância à lactose: 14 maneiras de continuar a amar laticínios

Se você é como eu e tem intolerância à lactose, estas dicas vão ajudar e bastante na sua rotina diária:

1 – Conheça o seu limite de lactose

getty_rf_photo_of_woman_tracking_lactose_levels_in_journal
Se é intolerante à lactose, você ainda pode comer alimentos com lactose – com moderação. A chave é conhecer o seu limite. Mantenha um diário alimentar, anote quando, o quê e o quanto você comeu e como você se sentiu. Você deve ver um padrão emergir e vai aprender quanto ou pouca lactose pode consumir. Então, fique no seu limite.

2 – Considere leite e outros laticínios sem lactose

getty_rf_photo_woman_selecting_milk

Para os bebedores regulares de leite, a maioria dos supermercados tem leite sem lactose ou com baixo teor de lactose em suas seções de laticínios ou alimentos especiais. Você também pode encontrar queijo sem lactose, iogurte sem lactose e outros produtos lácteos. Pode ser difícil obter cálcio suficiente quando você é intolerante à lactose. O leite sem lactose, no entanto, tem a mesma quantidade de cálcio que o normal.

3 – Tome o controle de sua alimentação

getty_rf_photo_of_woman_taking_control_by_brown_bagging_lunch

Assuma o controle de suas refeições em vez de lutar para encontrar algo que você possa comer em um menu. Ao cozinhar em casa, você pode substituir o leite em receitas com a versão sem lactose. Você também pode comprar um livro de receitas  sem lactose e começar a experimentá-las. Muitas receitas clássicas podem ser adaptadas para se adaptarem a uma dieta intolerante à lactose. Controle os ingredientes que vão na refeição e pode se surpreender com quanta variedade você pode comer.

4 – Considere suplementos de lactase

getty_rm_photo_of_man_holding_capsule_and_milk

Não é uma cura, mas tomar suplementos de enzima lactase pode ajudá-lo a comer alimentos que contenham lactose. Os suplementos são encontrados em muitas formas, incluindo cápsulas e comprimidos mastigáveis. Eles podem ser particularmente úteis se você não souber os ingredientes exatos da sua refeição. Se os suplementos não ajudarem os seus sintomas, certifique-se de consultar o seu médico.

5 – Caça à lactose oculta

getty_rf_photo_of_man_hunting_for_hidden_lactose

A lactose é encontrada na maioria dos produtos lácteos, exceto aqueles marcados com “sem lactose”, como leite ou queijo sem lactose. Também pode ser em alimentos embalados, como misturas secas, refeições congeladas e assados. Leia atentamente os rótulos dos alimentos e atente para ingredientes como “sólidos de leite”, “leite em pó” e “coalhada”. Se você optar por comer esses alimentos, talvez seja necessário tomar um suplemento de lactase para ajudar a prevenir os sintomas.

6 – Pergunte aos especialistas

getty_rm_photo_of_woman_asking_a_nutritionist_about_lactose_intolerance

Aprender uma nova maneira de comer não é fácil, mas você não precisa fazer isso sozinho. Peça ao seu médico para sugerir uma nutricionista para ajudá-lo a gerenciar sua dieta. Ela pode ensiná-lo a ler os rótulos dos alimentos, compartilhar dicas de alimentação saudável, informar a quantidade de laticínios que você pode comer ou beber sem sintomas e indicar alimentos com lactose reduzida ou sem lactose para fornecer uma dieta bem equilibrada.

7 – Porções menores, menos sintomas

getty_rm_photo_of_milk_cookies_smaller_portions

Talvez você não possa desfrutar de um copo grande de leite com biscoitos, mas você pode tentar uma porção menor. Comece com um copo de 120 ml em vez de um total de 240 ml. Aumente gradualmente a quantidade de leite até começar a notar sintomas desagradáveis. Ouça seu corpo. Ele informará quando você atingiu seu limite. Se você quiser evitar completamente a lactose, experimente o leite de vaca sem lactose ou bebidas não lácteas, como o leite de soja.

8 – Desfrute de laticínios, acompanhados

getty_rf_photo_of_woman_enjoying_dairy_with_other_foods

Em vez de comer ou beber produtos lácteos por si só, tente consumi-los com alimentos que não contenham lactose. Para algumas pessoas, a combinação de produtos lácteos com outros alimentos pode reduzir ou mesmo eliminar os sintomas habituais. Portanto, não beba apenas um copo de leite pela manhã. Despeje sobre o cereal ou tenha um pedaço de torrada do lado.

9 – Escolhas os melhores queijos para você

getty_rf_photo_of_closeup_of_swiss_cheese

Com intolerância à lactose, você ainda pode comer queijo, mas escolha com cuidado. Queijos duros e envelhecidos, como suíço, parmesão e cheddar, são mais pobres em lactose. Outras opções de queijo de baixa lactose incluem cottage ou feta, feito de leite de cabra ou ovelha. Certos tipos de queijos – especialmente os macios ou cremosos, como brie, são mais ricos em lactose. Se você quiser evitar laticínios completamente, tente queijos sem lactose.

10 – Aprenda a amar o iogurte

getty_rf_photo_of_yogurt_on_fruit_and_cereal

Procure por iogurte com culturas bacterianas vivas e ativas. Quando você come esse tipo de iogurte, as culturas bacterianas podem ajudar a quebrar a lactose. Além disso, apenas 1 xícara de iogurte natural com baixo teor de gordura fornece 415 mg de cálcio. Mas esqueça o frozen yogurt. Ele não contém culturas vivas suficientes, o que significa que pode causar problemas para pessoas intolerantes à lactose. Para estar seguro, você pode sempre escolher iogurte sem lactose.

11 – Probióticos para intolerância à lactose

getty_rm_photo_of_probiotic_rich_kefir

Para algumas pessoas, os probióticos podem aliviar os sintomas da intolerância à lactose. Probióticos são microrganismos vivos, geralmente bactérias, que restauram o equilíbrio de bactérias “boas” em seu sistema digestivo. Eles podem ser encontrados em alimentos como iogurte ou kefir – leite rico em probióticos – bem como suplementos dietéticos. Fale com o seu médico para ver se os probióticos que podem ajudá-lo.

12 – Comer fora quando se é intolerante à lactose

getty_rm_photo_of_woman_asking_server_for_allergy_guide

Você ainda pode jantar fora seguindo uma dieta sem lactose. Pergunte ao garçom se há um guia para o menu que mostra quais alimentos contêm leite. Ou deixe o seu anfitrião saber quais os alimentos que você está evitando. Tome um suplemento de lactase no caso de escapar algum ingrediente lácteo. Coma com simplicidade. Por exemplo, pule os molhos cremosos e condimentos lácteos como creme azedo.

13 – Cozinha caseira com baixa lactose

getty_rm_photo_of_person_cooking_lactose_free_at_home

Cozinhar com baixa lactose requer uma mudança de pensamento. Quanto mais simples você cozinhar, melhor. Use ervas e temperos para dar sabor à carne, peixe e legumes. Atenha-se a ingredientes frescos e use menos alimentos preparados. Experimente com caldo de galinha ou leites sem lactose para fazer molhos. Use queijos de baixa lactose para assar. Explore as cozinhas – como o mediterrânea ou a asiática – que não dependem muito de produtos lácteos.

14 – Ouça seu corpo

getty_rm_photo_of_woman_listening_to_her_body_make_right_decisions

Conforme você experimenta a ingestão de produtos lácteos, descobre quanto seu sistema digestivo pode suportar. Ouça o seu corpo e escolha sabiamente. Quer uma fatia de pizza de queijo? Lembre-se de como você se sentiu na última vez que comeu isso. Você inchou, sentiu-se desconfortável ou teve cólica? Se assim foi, tome um suplemento de lactase antes ou, em vez disso, troque por um sanduíche ou salada.

Fotos: Getty Images

Fonte: WebMD

Receita de bolo de laranja com coco diet

Há quem pense que apenas as delícias feitas com os ingredientes “normais” têm sabor de infância. Mas a tradição aliada à tecnologia de alimentos pode e muito bem substituir algumas opções de sabores para quem tem alguma restrição alimentar. E é exatamente o que a chef pâtissier Camila Kaminski trouxe para as receitas aprovadas pelo Empório Kaminski.

Penando em muitas receitas gostosas que sempre rondaram a tradição de sua família, Camila consegue adaptar algumas para que possam fazer mais pessoas felizes. Um exemplo é o Bolo de Laranja com Coco Diet que não está no cardápio diário da casa, mas que pode ser encomendado. Vale dizer ainda que opções saudáveis podem e são também deliciosas. Para quem quiser se arriscar na cozinha, a chef Camila Kaminski dá a receita desta delícia sem culpa.

Bolo de Laranja com Coco Diet (sem glúten, sem lactose e sem açúcar branco)

Ingredientes da massa
Ovos: 3 unidades
Açúcar Mascavo: 150 gramas
Aveia em flocos médios: 100 gramas
Leite de coco: 170 gramas
Óleo de Coco: 100 gramas
Farinha sem Glúten: 200 gramas
Fermento químico: 10 gramas
Suco de Laranja: 150ml

Ingredientes da Cobertura

Adoçante: 10 gramas
Suco de Laranja: 100ml
Coco seco: A gosto

Modo de Preparo
1. Separar as gemas das claras. Reservar ambas.
2. Bater as gemas com o açúcar na batedeira até dobrar de volume.
3. Desligar e acrescentar o suco de laranja, o iogurte e o óleo de coco (antes, derreter o óleo no micro-ondas até ficar líquido). Misturar com um fouet lentamente.
4. Bater as claras em neve (picos moles), acrescentando uma pitada de sal ao final do batimento. Reservar.
5. Peneirar a farinha sem glúten e o fermento, adicionando-os à massa, com o fouet. Em seguida, acrescentar a aveia.
6. Incorporar as claras em neve lentamente, com uma espátula.
7. Untar uma forma com óleo de coco e farinha sem glúten, e despejar a mistura.
8. Assar a 180 graus Celsius, por 40 minutos.
9. Despejar a cobertura de suco de laranja com adoçante fervido, com o bolo ainda quente. Polvilhar coco seco e servir.

Bolo-Diet-de-Laranja-com-Coco-Cerditos-Lucas-NoceraB

Fonte: Empório Kaminski

Pudim de chia com gelatina natural de morango

A chef Desiree Maistro, do Centro Europeu, principal escola de gastronomia do Brasil, preparou uma receita especial de sobremesa: Pudim de chia com gelatina natural de morango. Além de saboroso, o preparo é funcional, não contém glúten, lactose e açúcar refinado.

Pudim de chia com gelatina natural de morango 

Ingredientes para a massa

– 200ml de leite de coco
– 1 ½ colher de mel
– 3 colheres de chia
– 1 bandeja de morangos
– 1 envelope de gelatina em pó sem sabor (12g)

Modo de preparo

Misture a chia com o leite de coco e o mel. Mexa bem para não formar grumos. Deixe descansando por aproximadamente 1 hora. Após a chia hidratar, misture até ficar firme. Em outro recipiente, bata os morangos lavados (sem os cabinhos) com um mixer ou no liquidificador. Hidrate a gelatina incolor. Após hidratada e aquecida, junte a gelatina aos morangos batidos. Coloque a mistura em copos individuais ou em uma forma única, preenchendo só até a metade. Na sequência, leve à geladeira por 1 hora ou até que fique firme. Após a gelatina endurecer, complete o copo ou a forma com a mistura de chia e leite de coco. Leve novamente à geladeira para endurecer. Decore com frutas picadas e sirva.

Pudim de Chia com Gelatina Natural de Morango

Rendimento: 4 pessoas

Fonte: Centro Europeu

Nova campanha de conscientização sobre intolerância à lactose

Um terço da população brasileira pode ter intolerância à lactose, mas apenas 4% das pessoas procuram um diagnóstico ou cortam o leite da alimentação, segundo estudo realizado pelo centro de pesquisas Data Folha.

Para conscientizar a sociedade sobre o tema e a importância do diagnóstico, a farmacêutica Eurofarma dobrou o investimento em marketing de Perlatte, a única enzima lactase com estudo clínico no Brasil, que já vem em comprimidos prontos para consumo.

Pesquisa

lactose.png

 

Segundo pesquisa conduzida pelo Data Folha, 35% da população com idade acima dos 16 anos, cerca de 53 milhões de pessoas, relatam algum tipo de desconforto digestivo após o consumo de derivados do leite. No mundo, estima-se que 60% a 70% da população apresenta algum nível de dificuldade de digestão ou debilidade da enzima lactase.

A pesquisa mostra que entre pessoas que relataram algum tipo de desconforto gastrointestinal, 88,2%, jamais receberam um diagnóstico médico, a maioria homens com mais de 35 anos. Apenas 4% das pessoas relatam terem ido procurar ajuda médica e, dentre esses, 1% foi diagnosticado com Intolerância à lactose, o que corresponde a 1,5 milhão. As mulheres apresentam maior incidência da doença, correspondendo a 59% dos casos.

Campanha

Idealizada pela agência Santa Clara, a campanha lançou durante o carnaval de Salvador a música “Pode ter”, interpretada pela cantora Claudia Leitte. A música é um hino da tolerância, incentivando o respeito às diferenças. Não por acaso, o clipe “Pode Ter” foi gravado em Los Angeles, que é considerada a capital mundial da tolerância. A produção foi feita pela Produtora Movie3 Filmes e teve a direção de Mess Santos, que já dirigiu Claudia nos clipes “Baldim de Gelo”, “Taquitá” e “A Bela do Baile”.

As ações se estenderão ao longo do ano. A campanha entrará em uma fase educativa, usando a mensagem-chave “Será que você pode ter intolerância à lactose?”. “O mote é ‘Pode Ter’ porque pode ter intolerância à lactose, basta ter tratamento adequado para aliviar os sintomas sem ter que cortar o leite e seus derivados. O objetivo é incentivar as pessoas que desconfiam ser intolerantes a procurar um médico para o diagnóstico correto”, diz Roberta Junqueira, diretora de marketing da Eurofarma.

Além da música e do clipe, a campanha inclui anúncios em mídias como GNT, rádio CBN, Band News FM e rádio Globo, sempre focando nos diferenciais do produto e de esclarecimentos sobre a intolerância à lactose. “Perlatte é a única do mercado com estudo clínico no Brasil e com comprimidos prontos para consumo que aliviam os sintomas do intolerante. Nosso objetivo é levar informação e desmistificar o uso do leite no dia a dia” ressalta Roberta.

perlatte.jpg

Fonte: Perlatte

 

 

 

 

 

 

Consumidores comprariam mais produtos zero lactose se houvesse mais oferta

Pesquisa, desenvolvida pela Novozymes em parceria com a MindMiners, retrata os desejos dos consumidores por novos produtos

Atualmente, cerca de 70% da população mundial possui algum grau de intolerância à lactose. Esse crescimento movimentou diversos mercados a se adaptarem para atender esse público, com isso, os produtos lácteos com lactose reduzida estão em expansão. Líder no mercado de enzimas, a Novozymes no Brasil apresenta os resultados de uma pesquisa sobre o mercado de produtos zero lactose “Um relato da percepção do consumidor”.

Em 2016, aproximadamente, 2.700 mil toneladas de produtos com lactose reduzida foram vendidas em todo o mundo segundo dados da Euromonitor. A América Latina (AL), por exemplo, foi responsável por uma quantidade expressiva, algo em torno de 29% deste total. Esse mercado também representou, naquele ano, 6,1 bilhões de dólares em vendas. De 2012 a 2016, 12% dos produtos lácteos vendidos da AL resultaram em 12% do volume, em toneladas, produzidos, refletindo em 11% do faturamento das empresas do setor.

No contexto global, a Finlândia lidera o consumo per capita, com 107,5, seguida pela Suécia (16,8), Noruega (15,9), Itália (9,6), Espanha (8,3), Austrália (5,4), Alemanha (4,9), Colômbia (4,8), Áustria (3,8) e México (3,6). O Brasil aparece em 26º lugar, com 0,40 USD per capita.

No Brasil, uma grande quantidade de lançamentos de produtos 0% lactose é oferecida pelo mercado. O ano de 2016 é o que mais se destacou em lançamentos de produtos, encabeçando a lista estão os queijos, representando aumento de 115% das novidades do mercado, os iogurtes (91%), leites (72%), e outros produtos, como creme, sorvete, alimentos infantis, bebidas energéticas, bebidas lácteas, achocolatado, manteiga, doce de leite (53%) etc.

A pesquisa

produtoc lacteos leite queijo lactose

Em parceria com a empresa MindMiners, a Novozymes entrevistou 500 pessoas no período de 13 a 15/12/2017, com 20 perguntas, por meio de um aplicativo, com 58,4% de participação feminina e 41,6% masculina. Aproximadamente 30% dos participantes representam a classe B2, 23% na C1, 18% na B1, 15% na A e 14% na C2. Cinquenta e sete por cento deles possuem ensino superior, 40% ensino médio e 3% o ensino fundamental, com idades entre 18 e 41 anos.

Dos participantes, 61% afirmam consumir produtos 0% lactose, pois buscam por produtos mais saudáveis. Já outros 55% deles consideram que os produtos auxiliam na redução do desconforto gástrico e outros 52% consideram a menor formação de gases intestinais como um fator decisivo para a opção de produtos zero lactose.

Como fator para não consumir produtos tradicionais com lactose, 27% deles a consideram prejudicial à saúde e outros 37% têm alguém na família que é intolerante. Dos 500 participantes, 42% é intolerante à lactose e 27% deles acreditam na melhor qualidade dos produtos sem lactose.

Já os meios de informação sobre intolerância à lactose, o Google está com 59,6% entre os participantes, os médicos representam 58,8%, revistas de saúde e nutrição (35,4%), amigos (27,8%), Facebook/Instagram (18,4%). Entre as palavras mais pesquisadas por eles estão “produtos, alimentos, sintomas, lactose, saúde, causas, efeitos, leite, intolerância e medicamentos”.

Entre os produtos lácteos mais consumidos no país estão o iogurte, com 72,2%, leite longa vida (68%), sorvete (66,4%), manteiga (66,4%), leite condensado (61%), creme de leite (60,4%), leite em pó (56,2%), queijo mozarela e prato (52,8%), bebidas lácteas como achocolatados (45,8%), queijo minas (42,4%), outros queijos (37,4%), sobremesas lácteas (26,4%), leite pasteurizado (16,2%).

sem lactose.jpg

Relacionado também ao consumo, 37% dos participantes disseram estar dispostos a pagar mais por produtos 0% lactose em relação aos produtos lácteos em geral, indo de 10% a 40% a mais, representando 16% dos entrevistados.

Depois do primeiro consumo, a experiência positiva com os produtos 0% lactose geraram um grau de satisfação de 34% entre os entrevistados que, nessa média, afirmam que aumentaram o consumo para 50%.

Sobre a facilidade de encontrar produtos 0% lactose nos supermercados, leite em pó (37,6%), queijo minas (24,8%) e queijo mozarela e prato (27%) sempre encontram. Mas os iogurtes zero lactose são os mais encontrados e consumidores (50%). 21,4% dos participantes consumiriam sorvetes 0% lactose se encontrassem com mais facilidade. O mesmo vale para as sobremesas lácteas como petit suisse.

Oportunidades para novos produtos 0% lactose

leite biscoito mertilo morango.jpg

Os participantes questionados reforçaram que aumentariam seus consumos se houver uma maior variedade de produtos disponíveis de alguns lácteos, como iogurte (67,4%), sorvete (60%), leite condensado e manteiga (61,8%).

Aproximadamente 75,4% dos entrevistados afirmam serem influenciados com frequência – ou sempre – pela confiança que têm na marca. Outros 72,2% se preocupam com a garantia de que o produto é realmente 0% lactose e 72% também disseram atentar-se ao sabor do leite.

Outras questões, como versões desnatado ou semidesnatado não são a prioridade desse público e apenas 27,6% presta atenção na disponibilidade da versão pasteurizada do leite.

O preço é o que mais influencia na hora da escolha da marca do leite 0% lactose consumido (44,4%). E entre as características que mais desagradam os consumidores participantes estão o sabor diferente do leite padrão (47,6%), cor ligeiramente escura (38,0%), sabor adocicado (29,2%).

Entre os desejos dos consumidores estão produtos com redução de açúcares (65,6%), fortificado em cálcio (57,0%), sem aditivos (53,8%), fortificados com vitaminas e minerais (51,2%), com ômega 3 (50,4%), com fibras (48,0%), com alto conteúdo de proteína (47,8%), fórmula especial para mulheres (29,6%), fórmula especial para homens (20,8%), fórmula especial para adolescentes (19,4%).

Fonte: Novozymes

 

Sorvete saudável de frutas vermelhas com banana

A chef Desiree Maistro, do Centro Europeu, principal escola de gastronomia do Brasil, preparou uma receita especial de sobremesa: Sorvete saudável de frutas vermelhas e banana. Além de saboroso, o preparo é funcional, não contém glúten, lactose e açúcar refinado.

Sorvete saudável de frutas vermelhas com banana

Ingredientes (para 4 porções)
3 bananas maduras em rodelas congeladas
100g frutas vermelhas congeladas
Mix de castanhas picadas (exemplo: castanha-do-pará, amêndoas, nozes)

Modo de preparo
· Descasque e corte as bananas em rodelas. Coloque em um saco plástico e leve ao congelador (tente deixar em uma camada apenas, para que quando retirar do saco plástico, as rodelas saiam soltinhas)
· Em um processador ou mixer coloque as bananas e as frutas vermelhas e bata até formar uma massa homogênea.
· Sirva em seguida com as castanhas picadas em cima

Sorvete Saudável de Frutas Vermelhas com Banana (2).jpg

Dicas
· Troque frutas vermelhas congeladas por qualquer fruta firme e não muito aguada, como manga e morango (que podem ser frescas e não congeladas).
· Para fazer sorvete de chocolate, use cacau e pó. Se necessário adoce com mel
· Quanto mais congelada a fruta estiver, melhor a textura do sorvete

Fonte:  Centro Europeu

Receita de colomba pascal sem lactose e sem glúten

Uma das épocas mais gostosas do ano chegou, a Páscoa. E com ela, diversas receitas tradicionais fazem parte da mesa, compartilhada com os familiares e amigos. A colomba pascal é uma ótima opção para fazer parte do cardápio deste período e é possível incluir opções saborosas e saudáveis.

A chef funcional Mônica Wagner preparou uma versão da receita, sem lactose e sem glúten, especialmente indicada para pessoas com restrições alimentares, mas que pode ser apreciada por todos.  Confira:

Colomba Pascal sem lactose e sem glúten

colomba pascal sem gluten

Ingredientes

1 xícara de farinha de arroz;
1 xícara de farinha de amêndoas;
1/2 xícara de farinha de grão de bico;
1/2 xícara de xilitol ou outro adoçante da tua preferência;
2 colheres de sopa de farinha de linhaça dourada;
3 colheres de sopa de nata light lacfree da Verde Campo;
2 ovos;
1 1/2 xícara de leite sem lactose;
1/2 xícara de mix de nuts (usei castanha do pará picada e nozes picadas);
1/2 xícara de uvas passas;
1 colher de sopa de fermento biológico seco;
1 colher de café de goma xantana;
pitada de sal;
1 colher de açúcar mascavo (para a ativação do fermento);
1 colher de chá de essência de panetone;

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes secos em uma tigela, reserve.Misture o ovo, a nata, a essência e o leite em outra tigela, e incorpore aos ingredientes secos.Coloque em uma forma grande de colomba pascal e deixe dobrar de tamanho dentro do forno desligado. O tempo varia de acordo com a temperatura externa, mas leva em torno de 1 hora.Retire a colomba, pré-aqueça o forno em 180º, e leve para assar por 35-40 minutos. Faça o teste do palito, se ele sair seco, está assado.

Para a cobertura

1/2 xícara de nata light sem lactose da Verde Campo;
1 colher de chá de xilitol;
Nozes e frutas secas para decorar

Modo de preparo

Misture a nata com o xilitol e cubra a colomba (deixe ela esfriar para fazer esse processo). Cubra com nozes e fruta secas.

colomba pascal sem gluten 2

Fonte: Verde Campo

Páscoa: Kopenhagen e Chocolates Brasil Cacau lançam 31 opções de presentes

Marcas apostam em chocolates com características únicas e embalagens especiais para celebrar a data

A Kopenhagen e a Chocolates Brasil Cacau preparam para esta Páscoa novidades surpreendentes, no total são 31 lançamentos, incluindo um ovo comemorativo para celebrar os 90 anos de história da Kopenhagen. São apenas 180 unidades de chocolate ao leite com 5Kg, todas numeradas por um calígrafo e recheadas com bombons sortidos. O item poderá ser encontrado nas principais lojas.

Na Chocolates Brasil Cacau destaque para o lançamento do Ovo Doce de Leite, ovo de chocolate ao leite recheado com doce de leite, que faz parte da linha Presentes. Opção certeira para quem ama chocolate e não quer errar ao presentear.

Confira os lançamentos da Kopenhagen:

OVO LÍNGUA DE GATO DOCE DE LEITE 400 G – PREÇO: R$ 119,90: ovo e ovinhos de chocolate ao leite recheados com doce de leite.

OVO LÍNGUA DE GATO AMARGO 300 G – PREÇO: R$ 99,90: ovo de chocolate amargo acompanhado de Língua de Gato amargo.

OVO 4 DESSERTS610 G – PREÇO: R$ 179,90 – ovo de chocolate ao leite com recheio sabor suflê de chocolate, ½ Ovo de chocolate ao leite com recheio sabor mil folhas, ½ Ovo de chocolate branco com recheio sabor bem-casado e 1 Ovo de chocolate ao leite com recheio sabor mousse de limão.

OVO AO LEITE 500 G, 300 G e 150 G – PREÇO: R$ 135,90, R$ 89,90 e R$ 45,90: ovo de chocolate ao leite e bombons sortidos. Lançamento da versão 500g.

cacau kop

OVO CACAU 60%|70%|80% 300 G- PREÇO: R$ 99,90: ½ ovo de chocolate amargo 60% cacau e ½ Ovo de chocolate amargo 70% cacau acompanhado de bombons de chocolate amargo 80% cacau.

OVO AMARGO NUTS BRASIL 300 GPREÇO: R$ 99,90: ovo e bombons de chocolate amargo com castanha-de-caju e castanha-do-Brasil.

OVO PETIT WAFER COM CÁPSULAS DE CAFÉ 300 G – PREÇO: R$ 125,90: ovo de chocolate ao leite com pedaços de wafer acompanhado de petitwafer (wafer com ponta coberta de chocolate) e cápsulas de café Kopenhagen.

RELANÇAMENTO

BLACK & WHITE MACADÂMIA CARAMELIZADA 300 G – PREÇO: R$ 104,90: ovo metade chocolate ao leite e metade branco com macadâmia caramelizada e ovinhos de chocolate ao leite e branco com macadâmia caramelizada. Agora na versão 300g.

FUNCIONAIS:

LANÇAMENTOS

OVO ZERO LACTOSE COM AMÊNDOAS 180 G – PREÇO: R$ 70,00: ovo de chocolate 40% cacau com amêndoas para dietas com restrição de lactose.

sweet

OVO SWEET TREASURE 1 KG – PREÇO: R$ 499,00:Ovo de chocolate ao leite e mesclado com damasco seco, avelã, castanha-de-caju e uvas passas decorado com chocolate ao leite. Acompanha 2 trufas amargas cobertas com chocolate amargo 70% cacau e decoradas com chocolate ao leite, 2 trufas ao leite cobertas com chocolate ao leite e decoradas com chocolate amargo, 2 trufas de limão siciliano cobertas com chocolate branco e decoradas com casca de limão desidratada, 2 trufas sabor groselha negra cobertas com chocolate amargo e decoradas com morango desidratado e 1 colar Locket, de prata de lei, da Pandora. Não acompanha os petites (enfeites).

LANÇAMENTO

5 quilos

PRODUTO: OVO 5 KG AO LEITE 5 KG – PREÇO: R$ 1.100,00: ovo de chocolate ao leite e bombons sortidos.

LATA OVINHOS LICOROSOS 250 G – PREÇO: R$ 64,00 – Miniovinhos de chocolate ao leite com recheio licoroso de conhaque, Miniovinhos de chocolate ao leite com recheio licoroso de rum e Miniovinhos de chocolate ao leite com recheio licoroso de whiskey.

MINIOVO LÍNGUA DE GATO TRUFADO 75 G – PREÇO: R$ 19,90: ovinho de chocolate ao Leite Língua de Gato com recheio de chocolate ao leite

RELANÇAMENTOS

OVINHOS CREME RIGA 15 G – PREÇO: R$ 308,90 KG: ovinho de chocolate ao leite recheados de Creme Riga. Item revival para a celebração dos 90 anos da marca.

OVINHOS CREME LEITE 15 G – PREÇO: R$ 308,90 KG: ovinho de chocolate ao leite com recheio cremoso de leite. Item revival para a celebração dos 90 anos da marca.

LANÇAMENTO

lingato

OVO LINGATO 150 G – PREÇO: R$ 99,90 – ovo de chocolate ao leite e Chumbinho colorido. Acompanha um copo exclusivo do Lingato com luzes de LED.

OVO MONSTROS S.A 300 G – PREÇO: R$ 123,90: ovo de chocolate ao leite com confeitos coloridos e pastilhas dragê acompanhado de um fone de ouvido personalizado com os personagens do Monstros S.A.

OVO OS INCRÍVEIS 300 G – PREÇO: R$ 123,90: ovo de chocolate ao leite com confeitos coloridos e pastilhas dragê acompanhado de um fone de ouvido personalizado com os personagens de Os Incríveis.

CONFIRA OS LANÇAMENTOS DE CHOCOLATES BRASIL CACAU

PRESENTES

RELANÇAMENTO

choco pipoca

OVO CHOCOPIPOCA 300 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 45,90: ovo de chocolate ao leite com pipoca doce.

LANÇAMENTOS

cocada

OVO COCADA BRANCA 400 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 54,90: ovo de chocolate ao leite com recheio cremoso de coco.

doce de leite

OVO DOCE DE LEITE 400 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 54,90: ovo de chocolate ao leite recheado com doce de leite.

RELANÇAMENTO

paçoquinha

OVO PAÇOQUINHA 400 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 54,90: ovo de chocolate ao leite com recheio sabor paçoquinha.

FUNCIONAIS

LANÇAMENTOS

diet

OVO CLÁSSICO DIET 150 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 32,90: ovo de chocolate ao leite com bombons, para dietas de ingestão controlada de açúcares.

bombom zero lac

BOMBONS ZERO LACTOSE 84 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 25,90: bombons de chocolate 40% cacau para dietas com restrição de lactose.

ESPECIAIS

LANÇAMENTOS

pegue e leve choco leite

OVOS PEGUE E LEVE CHOCOLATE AO LEITE 14 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 1,25: Miniovinhos de chocolate ao leite.

pegue leve choco bco

OVOS PEGUE E LEVE CHOCOLATE BRANCO 14 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 1,25 – Miniovinhos de chocolate branco.

pegue leve crocante

OVOS PEGUE E LEVE CHOCOLATE CROCANTE 14 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 1,25: miniovinhos de chocolate ao leite com crocante de castanha-de-caju.

CAIXA FIGURAS DE PÁSCOA 144 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 37,90: chocolate ao leite em formato de coelhinho, carinha de coelhinho e cenourinha.

delicias de pascoa

COMBO PÁSCOA 148 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 14,50: 4 minitrufas cobertas com chocolate ao leite – 48 G1 tablete de chocolate ao leite – 20 G1 tablete de chocolate ao leite com crocante de castanha-de-caju – 20 G1 trufa de morango coberta com chocolate ao leite – 30 G1 trufa sabor maracujá coberta com chocolate ao leite – 30 G

INFANTIS

LANÇAMENTOS

infantil m

OVO INFANTIL MASCULINO 150 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 49,90: ovo de chocolate ao leite com açúcar explosivo acompanhado de squeeze divertido.

infantil f

OVO INFANTIL FEMININO 150 G – PREÇO SUGERIDO: R$ 49,90: ovo de chocolate ao leite com açúcar explosivo acompanhado de um squeeze divertido.

 

Sweet Brazil traz história da África em nova linha de chocolates de Páscoa

A Sweet Brazil traz para esta Páscoa sua novidade: os ovos em animal print. Inspirada no tema África, Paula de Lima Azevedo, fundadora da marca, trouxe para sua nova linha tecidos, estampas, pelúcia e tudo que remete a este universo, com a qualidade e o sabor tão conhecidos e marcantes da marca.

Conhecida por seus ovos animados, com olhos, bracinhos, pernas e dizeres como ‘Te amo um tantão assim’, a marca se reinventa trazendo agora ovos de chocolate embrulhados em tecidos vindos diretamente do continente, ninhos com pequenos ovos, cestas com pelúcias de elefante, tigre, zebra e leão e até ovos com detalhes de unicórnio. Há, ainda, barras, coelhinhos, trufas e bombons.

Os preços vão desde R$ 10,00 (pirulitos e mini ovos) a R$ 450,00 (caixas luxuosas de bombons). Além dos chocolates ao leite, há também opções de 70% cacau, sem glúten e sem lactose. Nesta versão, além dos modelos prontos, é possível fazer sob encomenda em formatos diferentes.

A ideia de trazer a África para seus chocolates veio através de estudos que apontaram que o cultivo do cacau é fortemente trabalhado na região, sendo o maior continente produtor do mundo. Além disso, Paula sempre se encantou com as cores, padrões, animais e culturas trazidas pelo povo africano.

Fundada em 1987 e sempre sob o comando de Paula Lima, a Sweet Brazil é pioneira no quesito inovação. Recheios, formatos e embalagens, tudo sempre foi pensado de forma a surpreender os clientes e dar a eles o prazer de degustar um chocolate premium.

sweet brazil 2.png

Ovo Cacau 1kg – R$ 250,00 – *opção sem glúten e sem lactose – 70% cacau

sweet brazil 3

Ovo Unicórnio | 300g – R$ 85,00 

sweet brazil 4

Ovo Avelãs | 600g – R$ 210,00

Sweet Brazil – Rua Henri Dunant, 317 – Chácara Santo Antônio – São Paulo – Horário de funcionamento: segunda a sexta – sdas 10h às 18h sábados das 10h às 17h e domingos (18 e 25/03) das 11h às 16h