Arquivo da tag: vegana

Salon Line lança novos produtos e linha vegana

Expert no tratamento para cabelos crespos e cacheados, a Salon Line apresenta sua primeira linha de produtos veganos, Pra Conquistar. Livre de componentes de origem animal, a novidade chega para completar o portfólio da família #todecacho.

Os novos produtos possuem em sua formula Água de Coco, Leite de Coco e Óleo de Coco, ingredientes ricos em vitamina E e ácidos graxos, que proporcionam hidratação, nutrição e a restauração da estrutura capilar além de recuperar o aspecto saudável dos fios. Os lançamentos são livres de sulfato, petrolato, parafina, silicone e óleo mineral, ou seja, são liberados para todos os tipos de técnicas.

Composta por Shampoo, Condicionador, Máscara de Tratamento, Creme para Pentear, Ativador de Cachos e Spray Capilar, a linha é indicada para todos os tipos de curvatura e pode ser usada diariamente. Conheça os lançamentos:

Shampoo de Coco {Limpeza irresistível} – Oferece aos fios uma limpeza revigorante sem ressecar os fios. Sua espuma cremosa nutre e hidrata os cabelos. Preço Sugerido: R$14,90

pra conquistar

Condicionador de Coco {Desembaraço Apaixonante} – Com Água e Óleo de Coco oferece hidratação, nutrição e maciez aos cabelos, facilitando o desembaraço dos fios. Preço Sugerido: R$14,90

praconquistar2

Meu Pudinzinho de Coco {Uma hidratação delícia} – Com fórmula enriquecida com ativos do coco, o produto oferece hidratação intensa promovendo restauração completa da fibra capilar. Preço Sugerido: R$17,90

praconquistar3

Creme de Pentear de Coco {Meu Crespo Pira!} – Indicado para todos os tipos de curvaturas, o lançamento facilita a finalização do penteado além de deixar os fios hidratados e com brilho. Preço Sugerido: R$13,90

praconquistar4

Ativador de Cachos Coco {Me Modela Que Eu} – O novo produto possui Água, Leite e Óleo de Coco, ativos que melhoram a flexibilidade do fio oferecendo definição perfeita para os cachos. Preço Sugerido: R$14,90

praconquistar5

Água de Coco {Me Salva Que Eu Gamo} – Spray Capilar super hidratante com D-Pantenol que promove a reposição hídrica. Preço Sugerido: R$18,90

praconquistar6

 

Linha Transição Capilar é indicada para quem está mudando dos lisos para os cacheados

Muitas mulheres já desejaram ter cabelos lisos e disciplinados, porém, a decisão de assumir os cabelos crespos e cacheados tem se tornado cada vez mais comum nos últimos tempos. Chamado de Transição Capilar, esse processo consiste em recuperar a forma natural dos fios, mas abandonar de vez a química nem sempre é uma tarefa fácil. Após o sucesso Gel Creme {Do meu cabelo cuido eu!}, a Salon Line apresenta novos produtos para quem está passando por essa fase de transformação e empoderamento: Transição Capilar.

Com ativos poderosos, os novos produtos possuem ação hidratante, que recuperam a fibra capilar desgastada além de nutrir, hidratar e controlar o frizz do cabelo. Indicado para todos os tipos de curvatura, a linha é livre de sulfato, petrolato, parafina, silicone e óleo mineral, ou seja, é liberada para todos os tipos de técnicas.

Potencializados com Queratina Vegetal e Colágeno, que possuem ação protetora e fortalecedora, e Óleo de Girassol, Óleo de Argan, Óleo de Abacate e Colágeno, que proporcionam ação umectante aos fios, os lançamentos podem ser usados diariamente. Conheça os produtos:

Shampoo {Limpeza Renovadora} 300ml – Promove uma limpeza renovadora e hidratante com espuma cremosa que não agride os fios. Preço Sugerido: R$11,30

transição capilar

Condicionador {Hidratação Mara} 300ml – Recupera a fibra desgastada além de oferecer hidratação intensa e desembaraço perfeito. Preço Sugerido: R$12,50

hidratação mara

Máscara {Super Óleos} 500g – Com Queratina Vegetal, Óleo de Girassol, Óleo de Argan, Óleo de Abacate e Colágeno nutre, hidrata e oferece maciez aos fios. Preço Sugerido: R$17,00

mascara

 

Ativador de Cachos garante hidratação e definição aos cabelos

Para as crespas e cacheadas que buscam definição e brilho máximo para os cabelos, eis o Ativador de Cachos Coco da Linha S.O.S Cachos. O produto possui ativos que hidratam e melhoram a flexibilidade do fio, além de oferecer definição perfeita para os cachos.

Desenvolvido especialmente para cabelos secos, fragilizados e opacos, o Ativador de Cachos Coco possui filtro UV, que tem a função de proteger o fio da ação do calor, evitar o ressecamento e o frizz.

Composta por Shampoo, Condicionador, Creme de Pentear e Máscara de Tratamento, a linha SOS Cachos Coco possui a combinação perfeita de Óleo e Manteiga de Coco, ativos que recuperam a saúde e força do fio além de modelar e controlar o volume dos cabelos.

ativador de cachos.jpg

Informações: SAC – (11) 4134-2727 |sac@salonline.com.br

 

Maior Arraiá de São Paulo e 100% Vegano durante todo o mês de junho

A VegNice, pensando na preservação dos bens gastronômicos brasileiros em harmonia com todos os seres, promove a Grande Festa Junina Vegana, que em sua 4ª edição de sucesso em São Paulo apresenta novidades, entre elas a variedade de datas e o local.

A maior Festa Junina de SP e Vegana acontecerá em todos finais de semana de junho (sextas,sábados e domingos) e será no local onde posteriormente será inaugurado o Vegan Park (1ª galeria vegana do mundo).

Nos fartos festejos juninos sempre encontraremos diversos tipos de doces e salgados típicos e na versão vegana, essa alegria se estende a todos os seres vivos, pois a tradição culinária, cultural e festiva está sendo de alguma forma mantida e sem causar sofrimento e morte aos animais .

Entre os pratos típicos bolo de milho, de aipim, de batata, de massa puba, chá de amendoim, pé de moleque, pamonha, aluá, cuscuz, paçoca moída na hora no pilão de madeira, café da roça feito diretamente no fogão à lenha; vários pratos típicos juninos adaptados como: buraco quente com jaca louca, canjica e arroz doce sem lactose feito com leite de amêndoas, bolinho caipira recheado de linguiça vegetal, bolos sem glúten etc.

É garantido que na Festa Junina Vegana o sabor e benefícios superam todas as expectativas. Haverá também expositores com artesanatos e produtos industrializados, todos produtos são sustentáveis. A feira também ajudará ONGs de proteção animal e promoverá dentro do evento um espaço para adoção de pets resgatados. O ambiente será animado com musica ao vivo, quadrilha junina, área kids e pets são muito bem-vindos.

cartazzzz

Quanto
Entrada gratuita. Se o coração permitir leve doação de pacote de ração para os pets resgatados que estarão na feirinha de adoção, esse gesto faz enorme diferença na vida deles.
Quando
Sextas, sábados e domingos de junho.
Horários: sexta das 18h às 22h / sábado das 13h às 22h / Domingo 13h às 20h
Local
Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 83 , Vila Mariana – ao lado do metrô Ana Rosa – onde, posteriormente, será inaugurado o Vegan Park (1ª galeria vegana do mundo)

 

BH ganha o primeiro gastrobar 100% vegano

Conhecida como a capital brasileira dos bares, Belo Horizonte possui hoje cerca de 10 mil bares e restaurantes, mas apesar da grande oferta, a cidade ainda não contava com um gastrobar 100% vegano. O Camaradería chega para mudar esse cenário. Com um conceito diferenciado, que alia criatividade e excelência do cardápio ao preço acessível e ambiente descontraído, a casa promete ser opção para todos os gostos, proporcionando uma experiência gastronômica completa.

Localizado no bairro Funcionários, o Camaradería oferece diariamente clássicos da culinária mundial e pratos regionais repaginados, segundo o “Conceito Camaradería”. De quarta a domingo, o gastrobar também conta com “happy hour” e porções especiais, como o espetinho de Cogumelo Paris e mel de figo (R$ 15,00), e a Porção Otomana (R$ 32,00), composta de bolinhos de grão de bico fritos, vinagrete de pepino, pão pita, acompanhados de dois homus: tahine com grão de bico e tahine com beterraba. Tudo isso em um ambiente acolhedor e descontraído, ideal para encontrar os amigos e compartilhar bons momentos.

gastrobar2.jpg

Ambiente

A decoração do espaço é marcada pela pegada retrô, com toque industrial rústico e moderno, harmonizando com perfeição o ambiente ao conceito do gastrobar. De acordo com Bruno Faria, sócio da Camaradería, a cocepção de gastrobar vem da Inglaterra e se aplica a bares que oferecem comida de restaurante a preços acessíveis em um ambiente descontraído. “É o lugar ideal para quem gosta de saborear pratos elaborados, mas não se sente à vontade em recintos formais. Aqui utilizamos técnicas da alta gastronomia, mas mantendo o preço de bar. Ao mesmo tempo, prezamos pela convivência e relações pessoais, que são tão importantes quanto a qualidade do serviço e excelência dos pratos. Surpreender a todos é o nosso objetivo”, afirma Faria.

O menu, desenvolvido e coordenado pelo Chef Jorge Costa, conta ainda com sugestões de sanduíches, petiscos, pizzas e sobremesas. “Belo Horizonte merecia uma casa vegana diferenciada, por isso, colocamos nossa paixão para criar um espaço acolhedor e com boa gastronomia. Para enriquecer ainda mais a experiência de nosso visitante, ofertamos as cervejas tradicionais e agregamos em nossa carta uma opção de cerveja artesanal exclusiva, produzida pela Bauernhof, além de drinks próprios e vinho orgânico italiano”, destaca Bruno.

gastrobar

Camaradería Gastrobar – Rua Cláudio Manoel 555 – Funcionários – Funcionamento: segundas e terças: das 11 às 15 horas. Quarta a sábado: das 11 às 22 horas. Domingodas 11 às 20h.

Páscoa: opções para intolerantes à lactose e veganos

Só quem tem intolerância à lactose sabe como é difícil “passar vontade”, ainda mais em épocas como a Páscoa, em que os ovos e o chocolate viram assuntos rotineiros. Outro público que tem dificuldade em encontrar lugares confiáveis e com produtos de qualidade são os veganos.

Para estes dois públicos, a sugestão são as guloseimas da Chocolateria Asseama – primeira chocolateria gourmet vegana de São Paulo, que desde dia 31 de março, está em novo endereço, na Vila Mariana. “O nosso chocolate não tem pó de leite, nem soro de leite, nem nada de origem animal. Portanto pode ser consumido sem receio também pelos intolerantes à lactose”, explica uma das sócias, Rosely Pinucci Baptista.

Na produção dos chocolates finos e bem elaborados está a maitre chocolatier Luciane Puccini. Para oferecer um produto vegano de alta qualidade, a chocolateria utiliza chocolate importado belga com o mínimo de 50,7 % de cacau, que é o chocolate meio amargo, vegano de origem. “Ele não tem pó de leite, nem soro de leite, nem nada de origem animal”, explica Rosely. Porém, para agradar o paladar brasileiro criaram um blend exclusivo, feito com chocolate belga e o chocolate ao leite de soja.

Com perfeição na fabricação e no acabamento, os produtos da Chocolateria Asseama são verdadeiros presentes. Entre as charmosas opções de ovos artesanais, com matéria prima importada, 100% veganos e sem lactose, estarão à venda, no novo local diversos tipos como:

– Ovo rendado – chocolate Belga meio amargo ou ao leite de soja com blend belga exclusivo da chocolateria Asseama, com bombom dentro – 350g a R$ 35/ 450g a R$ 94,50.

asseama 3.jpg

– Ovo com as máscaras africanas – chocolate Belga meio amargo ou ao leite de soja com blend belga exclusivo da chocolateria Asseama, com bombom dentro – 350g a R$ 73,50

asseama 4.jpg

– Gato Fino – chocolate Belga meio amargo ou ao leite de soja com blend belga exclusivo da chocolateria Asseama – 100g a R$ 21,00

asseama gatinhos.jpg

gatinhos chocolate

– Ovo aquarela – chocolate Belga meio amargo ou ao leite de soja com blend belga exclusivo da chocolateria Asseama, com bombom dentro – 150g – R$ 31,50

asseama 1.jpg

– Meio ovo de chocolate com damascos – chocolate Belga meio amargo ou ao leite de soja com blend belga exclusivo da chocolateria Asseama – 500 g a R$ 105,00

Todos os ovos estão disponíveis nas versões chocolate Belga meio amargo ou ao leite de soja com blend belga exclusivo da chocolateria Asseama. Os ovos vêm com bombom dentro.

ovos asseama2.jpg

Chocolateria Asseama: Rua França Pinto, 78 – Vila Mariana – Telefone: (11) 2201-2405

Informações: Asseama

Marca de maquiagem orgânica e vegana chega ao Brasil

Livre de químicas sintéticas e ingredientes de origem animal, a Baims traz produtos inéditos para o mercado de beleza natural, como iluminador facial e delineador em gel

Idealizada na Alemanha pela publicitária brasileira Luisa Baims Albrecht, a Baims chega ao Brasil com rímel, delineador em gel, sombras, primer, base e diversas outras maquiagens orgânicas e sem qualquer ingrediente de origem animal. Os produtos, que são ricos em minerais e ativos vegetais vindos da Amazônia, também têm propriedades anti-idade e clareadoras de manchas.

Parabenos, corantes e perfumes sintéticos, derivados de petróleo e silicones são alguns exemplos de químicas polêmicas ausentes na fórmula dos produtos, adequados até para peles sensíveis. As embalagens são feitas com bambu e levam o selo FSC (Conselho de Manejo Florestal), que busca contribuir para o uso correto dos recursos naturais, como uma alternativa à exploração predatória das florestas.

alana-2
A culinarista Alana Rox do programa ‘Diário de uma vegana’ (GNT) foi escolhida como embaixadora da Baims no Brasil

A Baims é a primeira marca de maquiagem orgânica e vegana a usar em sua formulação o princípio ativo BBA (BioBehenic Active), que apresenta atividade clareadora e propriedades anti-idade comprovadas para o cuidado com a pele. Os cosméticos são formulados na Europa e industrializados no Brasil.

conjunto

Além de produtos como base, corretivo, BB Cream e rímel, a marca chega com itens de maquiagem orgânica inéditos no Brasil, como delineador em gel, base compacta, pó translúcido e iluminador facial. Também é a primeira a oferecer sete tonalidades de base líquida. Os preços vão de R$75,50 (Lipgloss) a R$125,00 (BB Cream Beauty Balm 4 in 1). A linha completa oferece 40 produtos para rosto, olhos e lábios.

alana-3
Alana Rox exibe alguns produtos da linha

A culinarista e ativista Alana Rox, que estreia o programa “Diário de uma vegana” nas plataformas do canal GNT e que também acaba de lançar o livro com o mesmo título pela Editora Globo, foi convidada pela Baims para ser a embaixadora da marca.

Informações: Baims

Que tal começar o dia com um café da manhã vegano?

O café da manhã é a refeição mais importante do dia e nós já ouvimos isso milhares de vezes. Agora, quem confirma essa história é a Escola de Saúde Pública de Harvard. Qualquer motivo basta para justificar o descompromisso: falta de fome ao acordar, falta de tempo, preguiça e muitas outras desculpas, porém segundo pesquisadores, pessoas que pulam o café da manhã aumentam em 25% as chances de ter um enfarte ou sofrer de doenças cardíacas. E mais, um café da manhã saudável, lhe faz tomar decisões mais inteligentes quanto a alimentação do seu dia, além de melhorar o desempenho intelectual.

Dessa forma, gostaria de sugerir um cardápio saudável para o café da manhã. As receitas foram extraídas dos livros Cozinha vegana para o dia a dia, da autora Gabriela Oliveira, o livro Vegano sem frescura, dos blogueiros do Thug Kitchen e Mude sua dieta em 52 passos simples, da autora Sharon Palmer.

Wraps de tofu ao curry com papaia – livro Mude sua dieta em 52 passos simples, Sharon Palmer

wraps

“Isto é o que eu chamo de um prato delicioso e saudável em plena correria! Recheado com o colorido do papaia e do coco e com o sabor do tofu, este wrap fica maravilhoso como aperitivo ou no almoço. Faça um estoque de nutrientes poderosos, como betacaroteno, vitamina C, fibras e proteína com esta refeição de um prato só”.

Ingredientes:
½ xícara de leite de coco light (bem misturado antes de medir)
1½ colher (chá) de pasta de curry vermelho (tempero picante tailandês)
½ colher (chá) de gengibre fresco picado
1 dente de alho médio picado fino
½ colher (chá) de cúrcuma em pó
½ colher (chá) de shoyu com baixo teor de sódio
uma pitada de pimenta-de-caiena em pó
340 g de tofu extra firme, escorrido e cortado em cubos pequenos (para um
resultado melhor, prensado; ver página 115)
1 papaia médio sem casca e sem sementes picado
½ xícara de cebolinha picada
¼ de xícara de coentro fresco picado
uma pitada de sal marinho (opcional)
6 tortilhas ou wraps integrais de 23 cm de diâmetro, aproximadamente
3 xícaras de agrião ou de verduras novas

Modo de preparo:
1. Em uma tigela, misture o leite de coco, a pasta de curry vermelho, o gengibre, o alho, a cúrcuma, o shoyu e a pimenta-de-caiena até ficar homogêneo.
2. Junte o tofu, o papaia, a cebolinha e o coentro. Experimente e tempere com sal marinho, a gosto. Leve à geladeira por 30 minutos (ou até o dia seguinte, se preferir).
3. Coloque uma tortilha em uma tábua de corte. Distribua ½ xícara da mistura de tofu no meio da tortilha, de comprido. Em cima, ½ xícara de agrião.
4. Dobre o lado direito da tortilha sobre o centro e comece a enrolar o wrap, apertado, fazendo pressão. Coloque o wrap em uma travessa de servir com a emenda virada para baixo.
5. Sirva o wrap inteiro como refeição individual (cortado ao meio para facilitar), ou fatie em rodelas grossas, para servir de entrada.

Nota: Ajuste o tempero do wrap aumentando a pimenta-de-caiena. Para um almoço perfeito para levar, conserve esses wraps de tofu em sacos plásticos ou em recipientes hermeticamente fechados. Se todos os wraps não forem consumidos de uma vez, guarde o recheio na geladeira, em um recipiente hermeticamente fechado, e monte os wraps 4 horas antes da hora de servir, no máximo, de modo que a verdura não fique murcha, e o wrap, molhado.
Variação: Substitua o papaia por 1 manga grande ou 2 pêssegos grandes.
Informações: 213 calorias, 10 g de proteína, 32 g de carboidrato, 5 g de gordura,
1,5 g de gordura saturada, 5 g de fibra, 6 g de açúcar, 256 mg de sódio
Nutrientes estrelados: ácido fólico (10% VD), niacina (11% VD), tiamina
(17% VD), vitamina A (30% VD), vitamina C (80% VD), cálcio (19% VD), ferro (14% VD), magnésio (10% VD), fósforo (21% VD), zinco (10% VD)
Tempo: preparo – 18 minutos; total: 48 minutos
Rendimento (tempo de geladeira incluído 6 porções – 1 wrap recheado cada)

Bolo de coco e cenoura (sem glúten) – Cozinha vegana para o dia a dia, Gabriela Oliveira

bolo-coco-cenoura

Ingredientes:
2 cenouras cruas
1 xícara de fubá
½ xícara de farinha de arroz
1½ xícara de açúcar demerara
1 colher (sopa) de fermento químico em pó
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ colher (chá) de goma xantana (opcional)
1 xícara de coco ralado
1½ xícara de leite vegetal
½ xícara de óleo
½ colher (sopa) de suco de limão-siciliano
coco ralado para polvilhar

Calda:
suco de 1 laranja
1 colher (sopa) de açúcar demerara

Modo de preparo:
1. Rale fino as cenouras e reserve.
2. Coloque num recipiente grande os ingredientes secos devidamente peneirados: o fubá, a farinha, o açúcar, o fermento, o bicarbonato e a goma. Junte o coco.
3. Noutro recipiente, misture o leite, o óleo e o suco de limão-siciliano. Despeje a mistura líquida no recipiente dos ingredientes secos, batendo com um fouet; mexa durante 1 minuto, até obter uma massa homogênea. Acrescente a cenoura ralada e misture.
4. Unte uma fôrma e polvilhe farinha. Despeje a massa e leve ao forno preaquecido a 180 °C durante 30 a 35 minutos.
5. Enquanto isso, prepare a calda: leve ao fogo uma panela com o suco de laranja e o açúcar; deixe ferver durante 2 a 3 minutos.
6. Retire o bolo do forno e espete a crosta com um palito. Despeje lentamente a calda quente sobre o bolo quente para que seja absorvida. Polvilhe coco ralado e desenforme depois de esfriar. Sirva o bolo frio.

Nota: Substitua o fubá e a farinha de arroz por 2 xícaras de farinha de trigo, na versão com glúten.
Tempo: 45 minutos. Rendimento: 8-10 porções.
Rico em: fibras, proteínas, lipídeos, vitaminas A, E e B, caroteno, magnésio e ferro

Waffles de milho com calda de morango, livro Vegano sem frescura

wlaffles

Calda de morango

Ingredientes:
450 g de morango*
2 a 4 colheres (sopa) de açúcar **
¼ de xícara de suco de laranja
½ colher (chá) de extrato de baunilha

Waffles

Ingredientes:
2 xícaras de leite de amêndoa ou outro leite vegetal
1 colher (chá) de vinagre de maçã ou suco de limão
1½ xícara de farinha de milho fina ou fubá***
1 xícara de farinha de trigo comum ou integral
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1½ colher (sopa) de fermento químico em pó
½ colher (chá) de sal
uma pitada de canela em pó
2 colheres (sopa) de óleo (semente de uva, azeite ou cártamo funcionam)
óleo para borrifar

Modo de preparo:
1. Primeiro, prepare a calda: corte e jogue fora as hastes dos morangos e pique o resto em pedacinhos. Coloque em uma panela pequena com o restante dos ingredientes e aqueça em fogo médio-baixo. No início, pode parecer que não há líquido suficiente para formar uma calda, mas os morangos dão conta do recado à medida que cozinham. Acredite. Misture e deixe borbulhar. Cozinhe por 15 a 20 minutos, mexendo a cada minuto, até engrossar e o líquido começar a evaporar. Desligue o fogo.
2. Enquanto a calda esfria, comece a preparar os waffles aquecendo a fôrma. Em uma vasilha pequena, misture o leite e o vinagre; reserve. Em uma tigela grande, misture as farinhas de milho e de trigo, o açúcar, o fermento, o sal e a canela. Faça uma cavidade no centro e junte o leite, depois o óleo. Mexa bem até eliminar os pontinhos de ingredientes secos e ficar com apenas algumas pelotas. Borrife um pouco de óleo sobre a fôrma de waffle preaquecida para essa coisa linda não grudar e encha com uma porção da massa. Cozinhe até dourar, de acordo com as instruções do fabricante do aparelho. Cubra com a calda de morango e sirva quente.

* Morangos frescos são melhores, mas dá para usar os congelados desde que você descongele essas joias antes de usar.
** Junte as 4 colheres (sopa) se os morangos não forem muito doces ou se você quiser uma calda supermelada.
*** A mesma coisa usada em receitas de broa e bolo de fubá. Só não use farinha de milho em flocos e tudo bem.
A farinha de milho nesta receita dá o toque a mais que determina o padrão de excelência dos waffles.
Rendimento: 4 unidades grandes, mas isso pode variar de acordo com o aparelho usado.

Pãezinhos de cereais – Cozinha vegana para o dia a dia, autora Gabriela Oliveira

biscoitos-de-cereais

Ingredientes:
1½ xícara (chá) de farinha de trigo sem fermento
1 xícara (chá) de farinha de trigo integral
3 colheres (sopa) de farinha de centeio
3 colheres (sopa) de fubá
2 colheres (sopa) de flocos de aveia finos
1 colher (sopa) de linhaça moída
20 g de fermento biológico fresco ou 10 g de fermento biológico seco
1 xícara de água morna
1 colher (chá) cheia de sal
1 colher (sopa) de azeite, mais um pouco para pincelar
flocos de aveia, gergelim, linhaça e sementes de abóbora para cobrir

Modo de preparo:
1. Num recipiente grande, misture as farinhas, o fubá, os flocos de aveia, a linhaça e o fermento esfarelado. Num recipiente pequeno, coloque a água morna, dissolva bem o sal e junte o azeite. Faça uma cova no centro das farinhas e despeje a mistura líquida, mexendo bem para incorporar os ingredientes.
2. Enfarinhe os dedos e amasse, puxando a massa das pontas para o centro, até formar uma bola macia e elástica. Se precisar, adicione mais um pouco de farinha para não grudar. Com uma faca, corte a massa em 8 partes iguais e modele bolinhas com as mãos umedecidas em azeite.
3. Transfira as bolinhas de massa para uma assadeira forrada com papel-manteiga. Pincele-as com azeite e polvilhe flocos de aveia e sementes por cima.
4. Aqueça o forno por 2 minutos a 50 °C e desligue. Coloque a assadeira dentro do forno e deixe os pães crescerem durante 30 minutos ou até duplicarem de volume.
5. Aumente a temperatura para 180 °C e coloque no assoalho do forno um recipiente com água quente, para dar umidade ao pão. Deixe assar durante 20 a 25 minutos. Retire do forno e esfrie os pãezinhos colocando-os sobre uma grelha.

Nota: Se usar a máquina de fazer pão, programe o ciclo de sova e coloque primeiro a água, o azeite e o sal, e só depois adicione a mistura das farinhas e o fermento. Fica igualmente bem assado na fôrma de bolo inglês.
Tempo: 35 minutos + descanso: 30 minutos.
Redimento: 8 unidades.
Rico em: proteínas, fibras, cálcio e ferro

Nova marca vegana lança linha de batons para o verão

Algo que sempre gosto de dar aqui no blog são empresas veganas. Se forem de cosméticos, melhor ainda. E a novidade é a marca carioca FACE IT que chega com muita energia neste verão. A linha exclusiva de batons veganos, naturais, orgânicos e cruelty free é desenvolvida em parceria com o laboratório italiano Labphyto, expert em fabricação de maquiagem orgânica e natural. Desde 1998, produzem para mais de 60 marcas ao redor do mundo, com mais de 16 mil formulações.

Os ingredientes são livres de chumbo, alumínio, parabenos, sulfato, derivados de petróleo e qualquer outro ingrediente tóxico. As fórmulas contém ingredientes naturais e orgânicos de extratos vegetais e minerais, que agregam relevantes benefícios à saúde. Como resultado, produtos de alta tecnologia com poderosa aderência e fixação, cobertura aveludada matte e cores vivas. A coleção “Be an Inspiration” apresenta seis cores exclusivas: duas tonalidades de nude (rosado e smoked), um terracota, um coral, um poderoso vermelho luminoso e um vermelho fechado para o bordeaux.

Os produtos são certificados pela PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), a maior organização de direitos dos animais do mundo. Também fazem parte do programa “Beauty Without Bunnies”, que garante que os produtos não são testados e nem possuem derivados de ingredientes animais. Ao consumir produtos livres de crueldade, as pessoas ajudam a salvar coelhos, cachorros, gatos, ratos, macacos e outros animais de terríveis testes e uma vida inteira de sofrimento.

 

As fundadoras da marca, Elza e Julia Barroso, atuaram por anos no mercado de moda, jornalismo, fotografia e meio ambiente. Mãe e filha, perseguem um ideal, um desafio, uma vontade de fazer diferente, de mudar hábitos e de ajudar com opções de cosméticos não convencionais, mantendo a sensualidade e beleza das mulheres, agregadas a uma vida saudável. “Nossa vontade é imensa em buscar soluções orgânicas para nossas próprias vidas e consequentemente para todos. Por isso a FACE IT nasceu”, comenta Elza. “Simplesmente nos conscientizamos e resolvemos colaborar. O mundo não suporta mais o consumo de tóxicos, isso vai ficar no passado. Tornar-se uma inspiração para outras pessoas, optando por uma vida saudável só depende de nós”, complementa Julia, em sintonia com um movimento que cresce cerca de 40% ao ano, ao redor do mundo.

Seguindo o moderno modelo de negócios, a FACE IT inicia suas vendas com o próprio e-commerce, por meio da plataforma canadense Shopify, que hospeda mais de 325 mil empresas pelo mundo, incluindo grandes marcas. Na loja virtual da FACE IT, os consumidores têm informações gerais da marca, da equipe, dos produtos, ingredientes e contam ainda com atendimento em tempo real pelo chat online.

faceit

Produtos livres de:

• PEG (polietileno glicol)
• Chumbo e outros metais pesados
• Derivados de Petróleo, Sulfato, Parabenos e Silicone
• Produtos de origem animal
• Crueldade com testes em animais
• Fragrâncias de origem sintética

Fotos: Cabéra/Clicio Barroso

Facebook

Maquiagem orgânica: complementando a beleza vinda da natureza

Com a capacidade de transformar, disfarçar imperfeições e valorizar os traços do rosto, a maquiagem tornou-se algo indispensável no dia a dia e com o avanço da tecnologia surgem novos produtos com melhores qualidades no mercado. Uma novidade que vem se destacando cada vez mais é maquiagem orgânica e vegana.

O diferencial desse tipo de produto é que sua fabricação é composta de materiais 100% natural e orgânico, isentos de aditivos químicos e sem possuir em sua fórmula nada de origem animal.

Utilizando produtos vegetais provenientes de plantações sustentáveis, sem agrotóxicos, nem métodos prejudiciais ao meio ambiente, à maquiagem orgânica pode ser encontrada, também, na loja virtual Terráquea, que adere a o veganismo, disponibilizando uma variedade de cosméticos orgânicos, hipoalergênico e isentos de aditivos químicos das marcas: Dona Orgânica  (fotos), Bioart e Vymana e respeita os princípios de sustentabilidade e a ética do movimento vegano.

dona-organica-2-2dona-organica-1dona-organica-3

É válido ressaltar que o veganismo é um movimento tem crescido bastante, fortalecendo e ganhando cada vez mais seu espaço no mundo e aqui no Brasil também. Os veganos sempre estão atentos sobre as empresas que testam seus produtos em animais e procuram sempre outras alternativas, pois aqueles que adotam essa postura rejeitam qualquer tipo de exploração ao animal.

Sobre a Terráquea

Terráquea é um ecocommerce vegano de cosméticos e produtos para bem-estar naturais e orgânicos. Possui mais de 300 produtos nacionais de empresas que prezam a proteção do meio ambiente e não testam em animais. Está situada na região de Florianópolis e atende todo país.

Dez receitas veganas para as festas de fim de ano

Nas festas de fim de ano – época de celebrar o amor e a compaixão – reinam nas mesas das famílias, paradoxalmente, os animais assados. Peru, porco e bacalhau são alguns dos mais comuns nessa época. Mas não precisa ser assim. Para quem quer passar as festas de fim de ano sem comer carnes ou outros produtos de origem animal – ou simplesmente quer preparar uma boa opção para aqueles primos que são vegetarianos ou veganos -, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), em parceria com o blog Presunto Vegetariano, separou algumas receitas deliciosas e superfáceis de preparar.

Para ler as receitas, clique nos nomes e você irá para a página que conta até com vídeo explicando o passo a passo:

Rocambole Assado de Lentilha e Quinoa

rocambole

Estrogonofe de palmito

estrogonofe

Salpicão Vegano

salpicao

Tomates recheados com proteína de soja e lentilha

tomate recheado.jpg

Salada de alho poró, maçã verde e tofu

salada-alho

Seitan ao molho madeira

seitan

Farofa com frutas e castanhas

farofa

Pavê de pêssegos

pave-pessego

Panetone e chocotone

panetone-chocotone

Torta de rabanada

torta-de-rabanada

Iniciativa: Sociedade Vegetariana Brasileira

Receitas e fotos: Presunto Vegetariano

 

Ceia vegana: três receitas para o seu Natal

Você sabia que nem só de peru se faz uma ceia de Natal? O veganismo, estilo de vida que consiste em não consumir qualquer produto de origem animal, ou que tenha sido testado em animais, tem se difundido e ganhando adeptos ano a ano.

E para atender este público crescente, a editora Alaúde selecionou 3 receitas deliciosas para compor o cardápio de uma ceia de Natal completa para os veganos.

Confira abaixo e bon appétit!

Entrada: Grão-de-bico salteado com alho-poró e alecrim

salada-grao-de-bico

Ingredientes:

2 cenouras pequenas
1 alho-poró (só a parte branca)
Azeite a gosto
1 folha de louro
1 raminho de alecrim
2 colheres (sopa) de shoyu
2 xícaras de grão-de-bico cozido
Funcho e tomilho a gosto
Folhinhas de alecrim para servir

Modo de preparo:

1. Corte a cenoura e o alho-poró em rodelas finas.
2. Aqueça uma frigideira com um fio de azeite e comece por saltear a cenoura com a folha de louro e o raminho de alecrim, em fogo médio, durante 1 a 2 minutos.
3. Junte o alho-poró e o shoyu e salteie por mais 2 minutos, mexendo regularmente.
4. Junte o grão-de-bico e tempere com funcho e tomilho. Misture bem e desligue o fogo.
5. Retire a folha de louro e sirva quente, decorado com folhinhas de alecrim.

Rende: 2 a 4 porções
Créditos da receita: Cozinha vegana para o dia a dia (Ed. Alaúde) | Gabriela Oliveira

Prato principal: Ravióli de chia com abóbora

ravioli

Ingredientes:

2 pedaços médios de abóbora (180 g)
1/3 de xícara de leite de coco (80 ml)
1 colher (sopa) de chia (10 g)
½ xícara de farinha de inhame (80 g)
1/3 de xícara de farinha de arroz integral (40 g)
1 colher (sopa) de óleo de coco (15 ml)
1 colher (chá) de sal (5 g), e mais para temperar a abóbora

Modo de preparo:

1. Coloque a abóbora em uma panela, cubra com água e cozinhe por 20 a 25 minutos, até amolecer. Retire da água e amasse com um garfo, temperando com um pouco de sal.
2. Aqueça o leite de coco até amornar. Desligue o fogo, junte a chia e espere alguns minutos até ela hidratar.
3. Coloque as farinhas, o óleo de coco e o sal em uma tigela. Junte o leite de coco com a chia e amasse bem até obter uma massa homogênea.
4. Espalhe um pouco de farinha de arroz na bancada. Abra a massa dentro de um saco plástico, usando um rolo para formar um retângulo fino.
5. Distribua colheradas do recheio da abóbora, deixando um espaço de dois dedos entre uma e outra. Feche a massa com cuidado, pois ela é frágil. Corte os raviólis e amasse as bordas com um garfo para fechar bem.
6. Em uma panela grande com água fervente, coloque devagar os raviólis para cozinhar. Quando subirem à superfície, retire-os delicadamente com a escumadeira. Sirva quente, com o molho de sua preferência.

Rende: 20 unidades pequenas
Créditos da receita: Detox dia a dia (Ed. Alaúde) | Astrid Pfeiffer

Sobremesa: Rabanada com sementes

rabanada

Ingredientes:

1½ colher (chá) de sementes de chia ou linhaça moídas
2 colheres (sopa) de farinha de trigo integral
1 xícara de leite vegetal sabor baunilha
½ filão de pão de fermentação natural amanhecido ou qualquer pão de casca grossa
1½ colher (sopa) de levedura nutricional
Óleo para borrifar

Modo de preparo:

1. Em uma assadeira ou refratário rasos, misture a chia e a farinha. Junte o leite, aos poucos, para não ficar cheio de grumos. Reserve por 15 minutos.
2. Corte o pão em fatias de 2,5 cm de espessura.
3. Bata a massa e, aos poucos, junte a levedura e misture.
4. Aqueça uma chapa ou frigideira pesada em fogo médio e borrife um pouco de óleo, para que as rabanadas não grudem.
5. Mergulhe as fatias de pão na massa – alguns segundos de cada lado – e coloque na chapa. Frite por 1 ou 2 minutos de cada lado, até dourarem e ficarem deliciosas.

Rende: 6 porções
Créditos da receita: Vegano sem frescura (Ed. Alaúde) | Thug Kitchen