Arquivo da categoria: Saúde

Dez mitos e verdades sobre a queda de cabelo

A queda capilar é hoje a sexta maior queixa de pacientes em consultórios de dermatologia. Mesmo assim, o assunto ainda é cercado de mitos relacionados às suas principais causas e tratamentos. O dermatologista Rafael Tomaz, gerente médico da Lupin, farmacêutica global que acaba de lançar no Brasil Recrexina – dermocosmético inovador que trata o afinamento e a queda capilar – esclarece 10 principais mitos e verdades relacionados ao problema, que tanto preocupa homens, quanto mulheres.

– O uso de apliques e mega hairs pode favorecer a queda capilar?

aplique de cabelo

Verdade: apliques e mega hairs, quando inseridos na raiz, pesam no fio e têm um efeito gravitacional, puxando os cabelos para baixo. Isso prejudica a saúde dos fios, que vão se destacando da raiz, podendo levar a uma queda de cabelo irreversível. No caso de pacientes que já têm uma diminuição da densidade capilar, o recomendado é deixar os fios soltos sempre que possível.

– Com o tratamento adequado, é possível perceber os resultados?

laserhairgrowtreatment-dallstx cabelo crescendo
Nu Hair

Verdade: hoje existem produtos e tecnologias que permitem resultados satisfatórios em grande parte dos pacientes. Com indicação médica, o uso de medicamentos, como a Finasterida e o Minoxidil, pode trazer benefícios no recrescimento capilar. Entretanto, alguns efeitos colaterais podem ser observados: Em alguns pacientes a Finasterida pode promover uma diminuição da libido e disfunção erétil. O Minoxidil, por outro lado, pode induzir o crescimento indesejado de pelos faciais em mulheres. Recentemente foi lançado o dermocosmético chamado Recrexina, que auxilia no aumento da densidade capilar, com resultados iniciais já observados após 2 meses de uso, tornando-se mais expressivos após quatro meses. Recrexina é uma formulação tópica inovadora e patenteada que possui resultados clínicos comprovados por meio de estudos científicos. Ela tem em sua composição moléculas capazes de estimular e ativar as células-tronco do couro cabeludo, promovendo o recrescimento e o fortalecimento do cabelo, além de potencializar a formação de queratina.

– A calvície é provocada exclusivamente pela idade e por fatores genéticos.

queda de cabelo

Mito: a herança genética e o envelhecimento são alguns dos fatores mais comuns que levam à queda capilar e até mesmo à calvície. No entanto, o problema tem diversas causas, podendo ser provocado por fatores como estresse, distúrbios hormonais, anemia, entre outros. É importante a avaliação do dermatologista para o correto diagnóstico da causa da calvície.

– O uso de anabolizantes e esteroides pode provocar queda de cabelo, favorecendo a calvície?

cabelo queda

Verdade: o excesso de testosterona é um dos principais vilões da queda de cabelo. Por isso, o uso do hormônio sexual masculino como anabolizante pode favorecer a perda dos fios. Muitos jovens procuram o consultório do dermatologista queixando-se de uma queda muito acentuada e, quando você investiga a história desse paciente, é comum que esse problema esteja associado ao uso de “bombas” de academia.

– A calvície pode ser totalmente revertida.

cabelos ao vento

Mito: não há cura para a calvície, no entanto existem tratamentos que ajudam a aumentar a quantidade de fios no couro cabeludo. É importante ressaltar que pacientes com queda capilar nos estágios inicial ou moderado responderão melhor ao tratamento. Por isso, recomenda-se tratar o quanto antes para se ter uma resposta mais expressiva.

– O uso de determinados medicamentos pode levar à queda?

remedios medicamentos pilulas

Verdade: há diversos medicamentos que têm como possível efeito colateral uma queda de cabelo transitória. Por outro lado, a dosagem errada do medicamento também pode ser prejudicial. Por isso, é importante que o paciente não faça uso de qualquer medicação sem orientação médica.

– O uso diário do secador pode ser prejudicial.

secador de cabelo

Mito: o secador não é vilão, mas é importante utilizar uma temperatura amena e manter determinada distância para não danificar o couro cabeludo. Já o uso da chapinha deve ser desencorajado como hábito, pois a temperatura elevada e o contato direto da prancha com a haste do fio podem provocar uma quebra.

– O uso de chapéus, bonés e tocas pode prejudicar os fios de cabelo.

mulher usando boina shutterstock
Shutterstock

Verdade: chapéus, boinas e bonés abafam o couro cabeludo, podendo causar a chamada dermatite seborreica e o excesso de oleosidade na raiz, que por sua vez favorecem a queda do cabelo.

– Os cabelos caem mais em determinadas estações do ano, geralmente no outono.

viver outonos

Verdade: há indícios de que os cabelos caem mais em algumas estações do ano, como no outono, porém os fatores associados a esta observação são pouco compreendidos. Em países como o Brasil, que não possui estações do ano tão marcadas, este efeito pode ser pouco expressivo.

Sobre a Lupin

A Lupin é uma companhia farmacêutica global que desenvolve e comercializa uma grande variedade de medicamentos de marca, genéricos, biotecnológicos e princípios ativos. Atua nos segmentos de dermatologia, cardiologia, saúde feminina, diabetes, asma, neurologia, gastrointestinal, anti-infectivos. A empresa atua em mais de 100 países e detém posições de liderança em diversos mercados. É o quarto maior fabricante de genéricos nos EUA em prescrições. No Brasil, a empresa possui uma unidade de negócios voltada genéricos e OTC (produtos isentos de prescrição médica), sob a marca Medquímica, e uma unidade de especialidades, com uma linha de produtos dermatológicos de prescrição médica.

Anúncios

Dica: como higienizar as frutas de forma correta

Basta uma rápida pesquisa na internet para perceber que aparecem, entre os resultados, diversas formas de higienizar frutas. Água corrente ou sanitária, bicarbonato de sódio e vinagre são algumas das opções, e o que não faltam são dicas, das mais mirabolantes até as mais simples.

Mas, como saber se estamos realmente lavando as frutas da forma correta? Afinal, a higienização é fundamental para garantir uma alimentação mais saudável e livre de sujeiras.

A nutricionista Karen Alves, responsável pela segurança alimentar da Snack Frutas, delivery de cestas de frutas para escritório, explica: “Existe uma única maneira de higienização das frutas, sendo essa em imersão de hipoclorito e retirada do produto com água corrente. O que demanda a diferenciação é apenas o tempo em que devem ficar de molho. Cada marca de hipoclorito trabalha com um tempo de imersão, que deve ser respeitado para uma eficácia adequada da substância”, explica.

E se você já está coçando a cabeça, preocupado onde encontrar o tal hipoclorito, pode ficar tranquilo, pois ele é mais conhecido como água sanitária. Só é preciso ficar atento a algumas questões: deve estar sinalizado na embalagem do produto que é próprio para o uso em alimentos, além de estar registrado junto ao Ministério da Saúde.

“É um composto alvejante à base de cloro e, com ele, é possível remover insetos, sujidades e demais matérias presas aos alimentos. O que irá determinar sua ação, será a quantidade adequada de uso no momento da diluição. Algumas frutas, por exemplo, como pêssego, ameixa, kiwi, morango e nectarina são mais sensíveis e, portanto, demandam menor quantidade para que não haja deterioração”, destaca Karen.

frutas na agua, limpeza

Além de lavarmos os alimentos da forma correta dentro de casa, também precisamos nos preocupar com o que estamos ingerindo na rua e no escritório, já que a maior causa das intoxicações alimentares é a má higienização dos alimentos. Essa é uma das preocupações da Snack Frutas, empresa que atende a região de São Paulo e Belo Horizonte.

“Damos uma atenção especial à higienização dos nossos produtos. Todos os dias garimpamos as frutas mais frescas para os nossos clientes e em seguida desenvolvemos um processo meticuloso para garantir que os alimentos estejam em perfeito estado e livres de qualquer sujeira”, afirma Carlos Ribeiro, sócio-fundador da empresa.

O procedimento de higienização que a Snack Frutas realiza é muito simples e pode até ser adaptado para o ambiente doméstico. Confira:

=Seleção das melhores frutas, aquelas que não se encontram com partes deterioradas;
=Imersão em água com hipoclorito, respeitando o tempo de imersão de 10 a 15 minutos;
=Higienização em água corrente, para retirada da solução clorada;
=Processo de secagem natural, em sala refrigerada.

Sobre a Snack Frutas

frutas

Snack Frutas é uma empresa de delivery de cestas de frutas, distribuídas diária ou semanalmente aos escritórios nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte. Desde 2009 no mercado, tem por objetivo entregar alimentos de qualidade e prontos para o consumo, numa cesta de madeira retornável, devolvida no dia seguinte a entrega. Cada unidade comporta até 40 frutas para atender os mais variados paladares, desde as mais comuns, como abacaxi, banana, maçã e uva, até as menos conhecidas, como atemoia, mangostin, nêspera e umbu-cajá.

Dicas para parecer menos cansada do que você realmente está

Sua pele pode entregar vários sinais de cansaço: falta de viço, inchaço, desidratação e olheiras são alguns dos problemas mais comuns. Saiba algumas dicas para lidar com o problema

Você já ouviu a expressão TATT (tired all the time – cansado o tempo todo, em português)? Mesmo que o fim de ano já tenha passado, esse diagnóstico – muito utilizado por médicos americanos – ainda pode estar próximo. Pesquisas da Mintel mostram, por exemplo, que uma em cada três pessoas admite estar permanentemente exausta. Mesmo que estar cansado seja um efeito colateral inevitável da vida moderna, que é agitada o tempo todo, sua pele pode tentar esconder isso – dos males o menor, não é mesmo?

“Olheiras, inchaço, pele sem viço e desidratada são as características mais comuns desses pacientes”, afirma Claudia Marçal, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que conta algumas dicas e o que há de novo para dar um up no visual:

pele rosto mulher creme face

=Invista na Vitamina C: poderoso, o ingrediente deve ser usado de maneira tópica e oral: “O antioxidante é fundamental para a pele. Internamente, trabalha para apoiar o sistema imunológico, aumentar a absorção de ferro e reduzir os sinais de cansaço. Com ação tópica clareadora e antioxidante, a Vitamina C diminui as metaloproteinases que degradam colágeno”, diz a médica. Quer uma dica? Nos cremes, prefira as fórmulas com Vitamina E. “Associado à Vitamina E, tem papel hidratante e reverte os danos da pele inflamada e com perda de viço e densidade tissular”, afirma a médica. “Já com relação às cápsulas, a Vitamina C pode ser combinada com Bio-Arct e Glisodin para potencializar o reforço ao sistema imunológico”, diz.

mulher lavando o rosto

=Lave o rosto com água fria: assim que acordar, lave o rosto com água fria e com um sabonete específico para seu tipo de pele. “De preferência, esse sabonete deve contar com extratos botânicos com ação anti-inflamatória, calmante e descongestionante, como a camomila, erva doce, hamamélis e calêndula. Eles vão ajudar na diminuição do edema”, afirma Claudia.

mulher agua termal pele beleza

=Use água termal (gelada): na noite anterior, deixe sua embalagem de água termal com ativos calmantes na geladeira. Logo após lavar o rosto, borrife-a. “A temperatura fria do produto refresca e descongestiona a pele”, explica a dermatologista.

mulher beleza pele creme

=Lembre do seu cosmético para área dos olhos: a área dos olhos tem a pele mais fininha do nosso corpo, portanto, o cuidado diário é essencial, com produtos que tenham efeito contra rugas, desidratação, flacidez e olheiras, além das bolsas por inchaço e acúmulo de linfa. Uma boa pedida é USK Dual Eyes, um lançamento da Under Skin que promove um cuidado global com a área dos olhos.

mulher bebendo água ibbl

=Beba mais água e consuma menos sódio: a correria do dia a dia não pode ser desculpa para ingerir menos que dois litros de água por dia, pois isso é essencial para desinchar o corpo todo, afinal o inchaço entrega o cansaço. “Água de coco e chá verde também são opções. Mas sempre se lembre também de controlar a quantidade de sódio nas refeições, pois ele colabora na retenção de líquido. E fique de olho em sucos de caixinha, que também tem muito sódio”, afirma a médica. Além dele, prestar atenção também no consumo de carboidratos e açúcares.

cama mulher sono dormir pixabay dieter robbins
Foto: Dieter Robbins/Pixabay

=Fique de olho na posição de dormir: deitar de bruços é a opção que mais favorece o inchaço matinal do rosto. Se possível, eleve a cabeça com mais de um travesseiro e durma de barriga para cima.

natação piscina

=Atividade física e dieta: corpo em movimento é corpo saudável, então arrume um horário para sua atividade física durante o dia. “A própria contração muscular já contribui para a drenagem dos líquidos. Alie os exercícios com uma dieta equilibrada, aumentando o consumo de couve, brócolis, repolho, couve-flor assim como frutas vermelhas como berries, o abacaxi, suco natural de romã e gengibre, pois os vegetais e as frutas melhoram a eliminação de toxinas”, explica a médica.

Fonte: Claudia Marçal é médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.

 

Radiação solar atinge níveis extremos e aumenta risco de câncer de pele

O Índice de Radiação Ultravioleta (IUV) tem atingido números alarmantes no Brasil e no mundo. Por isso, é preciso muita atenção aos cuidados com a pele, não apenas durante passeios ao ar livre, na praia ou piscina, mas até mesmo na sombra. Em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba, por exemplo, o IUV tem chegado a 14, nível considerado extremo, com alto grau de periculosidade. O índice normal e seguro fica em torno de 3 a 5.

“É extremamente importante adotar medidas fotoprotetoras, como o uso de filtro solar, chapéus e roupas com Fator de Proteção Ultravioleta (FPU), sempre que for sair de casa. Isso previne problemas de saúde, que podem ser graves, como o câncer de pele”, aconselha o dermatologista José Jabur, especialista em câncer de pele, da Altacasa Clínica Médica e chefe do setor de cirurgia dermatológica da Santa Casa de São Paulo.

Todas as cidades do país vêm registrando níveis de radiação solar extremos, acima dos 12. As regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste têm os índices mais altos, inclusive cidades do interior. São José dos Campos (SP) registra nessa época do ano IUV 14, igual a capital paulista; e Santos e Ribeirão Preto (SP) vêm marcando 13. No Rio de Janeiro, Campos dos Goytacazes e Búzios também chegam ao IUV 13.

menina criança praia pixabay
Foto: Pixabay

No caso das crianças, é preciso redobrar a atenção. Estudo recente publicado no Jornal da Associação Médica Americana de Dermatologia mostrou que o uso de fotoprotetor na infância pode reduzir em 40% o risco de melanoma – tipo mais perigoso de câncer de pele – antes dos 40 anos.

“Os pais não devem usar protetor solar em crianças de até seis meses. Por isso, não exponha o bebê diretamente no sol e coloque chapéus e roupas com Fator de Proteção Ultravioleta (FPU). Após os seis meses de idade, escolha um protetor com no mínimo FPS 30, e que seja ‘resistente à água’ para não sair com facilidade após uma ducha ou uma rápida entrada no mar ou piscina. É preciso reaplicar o protetor a cada três horas”, orienta o médico.

A Austrália é o continente que mais recebe radiação solar e lá existe uma enorme conscientização da população. Todas as crianças usam protetor solar e chapéus com abas largas para ir à escola, por exemplo. Jabur explica que é importante se inspirar no exemplo australiano e orientar as crianças desde cedo sobre a importância de se proteger do sol.

“Fale sempre com a criança sobre a importância de se proteger do sol para a pele não arder, para evitar queimaduras. Aos poucos, ela mesma vai aprender a colocar o chapéu e o protetor solar, sem que você precise brigar para isso. Estimule esse hábito. Dar o exemplo também é primordial. Mães e pais também devem cuidar da pele ao sol”.

praia sol pele

O horário de máxima intensidade de radiação solar é ao meio-dia. É importante evitar se expor entre 10 e 15 horas. A “regra da sombra” é interessante e serve como dica: se a sombra do seu corpo no chão for menor que a sua altura, não deve ficar exposto ao Sol.

Ao comprar o protetor solar, dê preferência a marcas conhecidas e procure um produto que proteja tanto dos raios UVB (que causam vermelhidão e atingem a camada superficial da pele) quanto dos raios UVA (que penetram na camada mais profunda). Mas se a ideia for ficar na praia ou piscina por muito tempo, o ideal é também usar peças com FPU – camisas, bermudas, chapéus e bonés, que garantem a fotoproteção duradoura. Nas áreas protegidas pelo tecido, não é necessário aplicar o filtro solar na pele.

Os dias nublados também queimam a pele e emitem radiação, mesmo que um pouco mais baixa. As nuvens fazem uma camada leve de proteção, mas não bloqueiam totalmente os raios solares. Portanto, é imprescindível que você também se proteja em dias nublados.

IUV registrado nas últimas semanas nas capitais brasileiras:

mulher-sol

São Paulo:14 / Rio de Janeiro: 14 / Belo Horizonte: 14 / Vitória: 13 / Curitiba: 14 / Florianópolis: 13 / Porto Alegre:12 / Campo Grande: 14 / Brasília/DF:13 / Goiânia: 13 / Cuiabá: 13 / Palmas: 13 / Fortaleza: 12 / Salvador: 12 / Recife: 12/ João Pessoa: 12 / Natal: 12 / Teresina: 12 / São Luís: 12 / Manaus: 12 / Belém:12 / Rio Branco: 13 / Porto Velho: 12 / Macapá: 12 / Boa Vista: 12

Saiba quais alimentos podem prolongar o bronzeamento na sua pele*

Cenoura, melancia, pimentão vermelho e amarelo, tomate, mamão, manga, acerola, beterraba, couve, espinafre e agrião são exemplos de alimentos ricos em carotenoides, substancia que dá cor aos alimentos que vão dos amarelos aos vermelhos e também os verdes escuros e que podem, inclusive, auxiliar a prolongar o bronzeado após o verão.

Existem mais de 700 tipos de carotenoides diferentes. Apenas 50 fazem parte da dieta humana sendo que apenas seis respondem por 95% do que ingerimos (b-caroteno; a-caroteno; Licopeno; Luteína; β-Criptoxantina e Zeaxantina).

O carotenoide é uma substância lipossolúvel. Isso quer dizer que, na presença de um óleo (por exemplo azeite de oliva, coco ou castanhas) o carotenoide é mais facilmente transportado e absorvido pelo organismo.

Os carotenoides estão relacionados à síntese de vitamina A, que nosso organismo não produz e só pode ser obtida através da alimentação e que está diretamente relacionada à saúde da pele, além de ser um potente antioxidante.

A manutenção do bronzeado está diretamente relacionada à qualidade dos melanócitos da pele, que se for saudável, é uniforme e sem manchas escurecidas.

Vale ressaltar que a quantidade de melanócitos também determina o quanto a pele ficará bronzeada. Pessoas com menos melanócitos não conseguem atingir naturalmente um tom muito escuro.

Quanto à ingestão diária, cada pessoa deve procurar introduzir os alimentos fontes de carotenoides seguindo a sua dieta habitual e fazendo as substituições dentro das recomendações do nutricionista. Mas eu arisco dizer que vale a pena ter pelo menos uma fonte de carotenoide em todas as refeições do dia, pelo menos na primavera e no verão. Como a lista de fontes é razoavelmente extensa, não é algo muito complicado.

Principais representantes/Fontes

doce_abobora

Caroteno: cenoura, manga, abóbora;

milho alvimann
Foto: Alvimann/Morguefile

Luteína: batata, cenoura, milho e gema de ovos;

papaya mamao maduro semente pixabay
Pixabay

Criptoxantina: milho, páprica e mamão;

gema ovo ponce photography-pixabay
Foto: Ponce Photography

Zeaxantina: gema de ovos, milho, espinafre e páprica;

açafrão da terra
Crocina: açafrão;

urucum-bixa_orellana_fruit_open
Foto: Leonardo Ré-Jorge

Bixina: urucum;

pimenta
Capsantina: pimenta vermelha;

paprica pixabay
Pixabay

Capsorrubina: páprica;

amor perfeito
Violaxantina: amor perfeito

berinjelas
Pixabay

Licopeno: tomate, berinjela, cenoura, pimentas verdes, ameixa, mamão, pêssego e melancia.

*Sabina Donadelli é nutricionista, apaixonada pelo poder dos alimentos e garante que a comida pode fazer maravilhas pelas pessoas. Formada e pós-graduada em Nutrição, a profissional alia seus conhecimentos da escola clássica com estudos da fitoterapia e dietoterapia oriental, como a chinesa e a indiana. Ela afirma que nas doses e combinações certas, as refeições podem auxiliar no tratamento de doenças, auxiliam na perda de peso, corrigem distúrbios, espantam a tristeza, rejuvenescem a aparência e, entre tantos outros benefícios, ainda nos levam à felicidade.

Pesquisa: tipo de fotoprotetor pode diminuir em até 90% a proteção contra radiação

Mestrando em Ciências Médicas pela Unicamp, o pesquisador Lucas Portilho comprovou em pesquisa que a proteção solar depende diretamente do tipo de fotoprotetor utilizado. Protetor solar em pó compacto, por exemplo, pode oferecer até 90% menos proteção do que diz o rótulo

Recentemente, as formas de fotoproteção têm se tornado mais amplas, sendo possível encontrar fotoprotetor em pó, spray, bastão, creme, gel, entre outras formulações. Mas uma pesquisa recente do Mestrando em Ciências Médicas pela Unicamp, o pesquisador Lucas Portilho, afirma que alguns tipos de protetor solar não protegem a pele de forma eficiente, deixando o consumidor mais exposto à radiação dependendo do tipo de produto.

pó compacto base pixabay
Pixabay

“A proteção solar depende diretamente do tipo de fotoprotetor utilizado. Que o consumidor não tem nem ideia da quantidade de protetor que deve ser aplicada, isso já sabíamos; mas que as formas disponíveis no mercado variavam tanto na proteção contra radiação, isso é novidade”, afirma Lucas Portilho. No estudo, inédito no mundo, o pesquisador avaliou a proteção de seis diferentes tipos de fotoprotetores, todos faciais, sendo eles: pó compacto, fluido, bastão (stick), mousse, loção e pancake.

Mais de 100 voluntárias participaram da pesquisa. “Primeiro foi avaliada a quantidade real usada pelas consumidoras e, posteriormente, identificamos que a proteção solar está diretamente relacionada com o tipo de produto. Com exceção da loção facial, todos os outros veículos (tipos) apresentaram menos de 50% da proteção original, chegando em valores alarmantes, como o pó compacto, que apresentou 90% a menos de proteção”, afirma o pesquisador.

As formas pancake e pó compacto foram as piores: “Não protegem nem contra raios UVB e nem contra raios UVA. As formas de bastão, mousse e fluido ficaram muito abaixo do valor declarado na rotulagem”, declara o pesquisador.

O estudo foi feito utilizando as metodologias globalmente utilizadas e são as mesmas utilizadas pelas empresas antes de colocar o produto no mercado. “O problema é que antes de lançar qualquer protetor solar, as empresas testam o nível de proteção UVB e UVA, que são obrigatórios, mas durante esses testes, as quantidades utilizadas estão bem longe da quantidade real aplicada no dia a dia pelos consumidores. E elas não informam a quantidade correta para aplicação, então o resultado é uma falsa sensação de proteção”, afirma o especialista.

De acordo com a pesquisa, no geral, as pessoas usam 0,15mg/cm² de um pó compacto com proteção solar, quando a recomendação de fotoproteção é de 2mg/cm². “E alguns produtos com FPS 30 proporcionaram na aplicação real um FPS 2”, acrescenta. “Ao aplicar de forma errada um protetor, o consumidor se acha apto para se expor ao sol, o que ele não sabe é que grande parte da radiação está passando e que o DNA da pele pode estar em risco, podendo levar ao desenvolvimento de câncer de pele”, diz o pesquisador.

Sunblock bottles a yellow backgroundMas, qual é a conduta que o consumidor deve seguir? Segundo o pesquisador, para garantir uma maior proteção, a primeira ação é utilizar fotoproteção na forma de loção. “Nunca utilizar protetor solar na forma de pó ou pancake como única forma de proteção. O protetor na forma de bastão, mousse e fluido somente se for com FPS acima de 50. O pó compacto e pancake podem ser usados apenas em conjunto a outros protetores, pois utilizados de forma isolada não protegem a pele”, finaliza.

Fonte: Lucas Portilho é consultor e pesquisador em Cosmetologia, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma e Pesquisador em Fotoproteção na Unicamp. Especialista em formulações dermocosméticas e em filtros solares. Diretor das Pós-Graduações do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional, Hi Nutrition Educacional e Departamento de Desenvolvimento de Novas fórmulas. Atuou como Coordenador de Desenvolvimento de produtos na Natura Cosméticos e como gerente de P&D na AdaTina Cosméticos. Possui 17 anos de experiência na área farmacêutica e cosmética. Professor e Coordenador dos cursos de Pós-Graduação com MBA do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional. Coordena Estágios Internacionais em Desenvolvimento de Cosméticos na Itália, França, Mônaco e Espanha. Atua em desenvolvimento de formulações para mercado Brasileiro, Europeu e América Latina.

 

Bebedouro, tapete e colete gelados viram ‘combo do verão’ para os pets

A rede Petz tem registrado aumento na procura por produtos que ajudam a refrescar os bichinhos de estimação com a alta da temperatura. No caso dos tapetes gelados, por exemplo, chega a vender 30 vezes mais que no inverno.

Para manter a hidratação dos pets, o hit do verão é o pet drink, garrafinha que pode ser levada junto da coleira ou à tiracolo, e em casa, bebedouros e fontes que mantêm a água fresca e limpa. Para a diversão, os brinquedos interativos que podem ser preenchidos com conteúdo líquido ou congelado são boas opções, além do sorvete de pelúcia.

Já os acessórios como o tapete e o colete gelados são os que chamam mais a atenção para refrescar os peludos. Mas o principal é manter o check-up veterinário em dia, assim como a vacinação. A seguir, dicas de produtos para conforto e bem-estar dos bichinhos no calor.

petz colete 3

1 – Colete Gelado Azul Jambo Pet: nos tamanhos P, M, G e XG, depois de seco, basta umedecer com água para ser reutilizado – a partir de R$ 89,90.

petz tapete gelado

2 – Tapete Gelado Chalesco Pet Cooling Mat para Cães e Tapete Gelado Jambo para cães e gatos: não precisam de água e ficam fresquinho de três a quatro horas; após esse período, é só deixar 30 minutos para reutilizá-lo – a partir de­ R$ 84,99.

 

petz pet drink

3 – Bebedouro Pet Drink Portátil Transparente: com capacidade para 500 ml, a água saiu por um suporte que se adapta a todos os tamanhos de pets. Alça ajuda a levar à tiracolo ou junto da coleira – a partir de R$ 19,99.

petz fonte

4 – Fonte Bebedouro Truqys 2 Litros para Cães e Gatos: capacidade de 2 litros, nas voltagens 110V e 220V, bebedouro elétrico vem com 2 tipos de bicos, estimulando o pet a beber mais água – a partir de R$ 189,90.

classic_puppy_1

5 – Brinquedo Kong Classic: interativo para cães, que dá para colocar petiscos gelados dentro – a partir de R$ 69,90.

petz sorvete brinquedo

6 – Brinquedo Fun Ice Cream Pet Brink para Cães: sorvete de pelúcia para estimular a brincadeira – a partir de R$ 29,99.

Fonte: Petz

Sensação de que o tempo “voa” pode indicar falha de atenção

Se você achou que o ano de 2018 passou muito rápido é provável que não tenha vivenciado plenamente cada etapa da sua própria vida no período. E se não quer que essa percepção de tempo acelerado se repita em 2019, é preciso apenas prestar atenção. Essa mudança pode manter uma série de distúrbios distantes da sua cabeça e melhorar sua performance em tudo.

Para a instrutora e diretora da escola do DeRose Method Cambuí, Vanise Perez, atualmente é comum vivermos no que ela chama de “realidades paralelas”. Que atire a primeira pedra quem nunca conferiu os e-mails ou mensagens de texto durante uma refeição. Achamos que ganhamos tempo unindo duas ações, quando na realidade, não executamos nenhuma delas direito.

“Fazemos uma coisa pensando que poderíamos estar fazendo outra. Isso gera muito conflito interno e perda de energia”, explica Vanise. Entre os problemas atribuídos ao hábito de não estar presente estão agitação e ansiedade, dificuldade de relaxar, de aprender coisas novas ou de mudar o mindset, muito cansaço e até sensação de esgotamento.

A dica da especialista em alta performance para manter tudo isso bem longe é o mindfullness, a ciência do desenvolvimento da consciência, que numa tradução literal significa “atenção plena”: estar presente em tudo o que faz. Apesar de parecer algo simples, o conceito demanda treino, mas os resultados compensam.

Comece agora

mindfulness- mulher meia idade

De acordo com a neurocientista e também instrutora do DeRose Method, Renata Coura, estudos da área mostram que de 96% a 98% das nossas ações cotidianas são executadas de forma automática, com comportamentos condicionados. Para quebrar esse padrão, é necessário oferecer um estímulo diferente ao cérebro, exercitá-lo assim como exercitamos o corpo quando fazemos qualquer atividade física. E uma forte aliada nessa hora é a meditação.

Vanise conta que aumentar e manter a consciência sobre os pensamentos, sentimentos, hábitos e ações já nos tira do modo automático de funcionamento. Segundo ela, o estado meditativo é difícil de se conquistar, de fato, mas o treinamento da meditação é bem simples!

“Pode-se treinar a meditação focando o pensamento numa única imagem, como um pôr-do-sol ou uma flor, ou em um som por um tempo que, no início, pode variar de 1 a 5 minutos. Fazendo uns minutinhos todos os dias, esse treinamento começa a limpar a mente dos excessos e promove um impacto poderoso no dia a dia. Certamente, você passará a se sentir mais consciente e presente em suas ações”.

mulher meditacao mindfulness selfsetfreeliving
Foto: SelfSetFreeLiving

Outra técnica para manter o foco no momento presente é a respiração. Um treinamento que pode ser feito no dia a dia é o da chamada “respiração baixa”, feita com o abdômen. Para executá-la, deite-se ou sente-se com as costas eretas, coloque as mãos no baixo ventre e inspire sentindo sua barriga ser projetada para frente sem forçar. Expire contraindo o abdômen para dentro. Faça diversos ciclos.

“Essa respiração abdominal representa 60% da nossa capacidade pulmonar e é a que menos utilizamos. Ao treiná-la, passamos a vivenciar mais o presente e, de quebra, aumentamos a nossa vitalidade e disposição”, ensina Vanise.

Desfrute e evolua

Business woman meditating

Segundo Vanise, o treinamento do mindfullness auxilia na conquista de mudanças duradouras de comportamento. Isso porque a prática promove alterações estruturais no cérebro, o que permite que o indivíduo refaça escolhas para chegar exatamente à vida que almeja e que, consequentemente, atinja o aumento de performance pessoal e profissional.

Grandes empresas, como a Vivo e o Google, já perceberam o quanto seus funcionários ficam mais produtivos quando dedicam alguns minutos do dia para silenciar a mente e disponibilizam salas ou atividades próprias para isso dentro dos escritórios.

vanise perez
Vanice Perez

Domindo com o inimigo: há mais de 1,5 milhão de seres invisíveis no seu colchão

A limpeza deve ser feita a cada seis meses e evita problemas respiratórios, além de prolongar a vida útil do colchão

Dormir bem depende de vários fatores: silêncio, pouca iluminação, temperatura agradável e, principalmente, um bom colchão. No entanto, além de adquirir um produto de boa qualidade, também é necessário investir na sua manutenção, se não quiser acabar dormindo com os inimigos – os ácaros.

Com o passar dos anos o colchão pode até dobrar de peso. Isso ocorre porque os ácaros podem estar vivendo e se proliferando no objeto. De acordo com pesquisadores da Unicamp, em 1 grama de poeira podem ser encontrados até 40 mil desses organismos. Em dois anos de uso, um colchão pode estar recheado com 1,5 milhão de ácaros. Mas como acabar com esses parasitas, responsáveis por doenças respiratórias e dermatológicas?

“Especialistas indicam a higienização dos colchões, pelo menos uma vez a cada seis meses, afinal, é em cima deste objeto que passamos cerca de oito horas do nosso dia”, explica Gerson Marçal, CEO da indústria alemã Pro-Aqua, que trouxe para o Brasil o smartcleaner Vivenso, um aspirador de pó capaz de remover 99% dos ácaros, fungos e bactérias do ambiente, incluindo em estofados. O produto não só é capaz de realizar uma limpeza profunda em colchões e almofadas, mas também permite que o usuário realize a purificação de estofados quantas vezes quiser, sem depender de terceiros.

smartcleaner vivenso limpeza

“Devido ao seu tamanho e fácil manuseio, o Vivenso pode ser facilmente incorporado à faxina da casa”, comenta Marçal. “Toda limpeza é feita a seco, evitando assim que a cama e travesseiros fiquem úmidos e acumulem novas bactérias e fungos”, finaliza.

Fonte: Pro-Aqua

 

Veja alguns alimentos que espantam a tristeza e o mau-humor*

Sentir tristeza e ficar “péssima” de vez em quando é uma reação natural a situações difíceis, como o fim de um relacionamento, uma demissão ou uma doença que aflige alguém que amamos, ou até mesmo conviver diariamente com um chefe ou colega chatos, isso afeta o emocional de qualquer um.

Quando estamos deprimidos, temos tendência a optar por alimentos pouco saudáveis, abusar de doces e bebidas alcoólicas, o que só piora ainda mais os sentimentos de “menos-valia”.

A depressão pode ter diversas causas, mas é possível combater a maioria delas com alimentos certos, aqueles que irão formar substâncias que atuam no cérebro, corrigem deficiências de vitaminas e minerais e estabilizam o açúcar no sangue, trazendo bem-estar.

Não importa o quanto você esteja deprimida ou triste, a escolha sábia de alimentos pode fazê-la sentir-se mais feliz e os efeitos são, acredite, imediatos.

Veja alguns alimentos importantíssimos para fazer você se sentir mais feliz:

kefir

=Peixes pequenos, ovos, iogurtes, kefir.

=Carboidratos ricos em fibras

+Diminua a ingestão de cafeína e de álcool

=Abasteça-se de Vitamina D (tome sol por 10 minutos todos os dias, fora do horário perigoso para à pele – das 10 às 16 horas)

abacate

=Abacate

=Chocolate Amargo

= Aveia

= Banana

morangos cortados pixabay
Pixabay

= Morango

= Couve

= Castanha-do-pará

gergelim-agromix-in
Foto Agromix.In

= Semente de gergelim

= Alho

= Melancia

ginger gengibre

= Gengibre

*Sabina Donadelli é nutricionista, apaixonada pelo poder dos alimentos, garante que a comida pode fazer maravilhas pelas pessoas. Formada e pós-graduada em Nutrição, alia seus conhecimentos da escola clássica com estudos da fitoterapia e dietoterapia oriental, como a chinesa e a indiana. Ela afirma que nas doses e combinações certas, as refeições podem auxiliar no tratamento de doenças, auxiliam na perda de peso, corrigem distúrbios, espantam a tristeza, rejuvenescem a aparência e, entre tantos outros benefícios, ainda nos levam à felicidade.