Arquivo da categoria: Saúde

Boas noites de sono são fundamentais para o bem-estar da mulher

Dormir bem evita o estresse e melhora a disposição para enfrentar a rotina do dia a dia

Muitas vezes, os compromissos e as tarefas do dia a dia podem deixar a rotina da mulher ainda mais agitada. Para enfrentar essa correria, boas noites de descanso são essenciais. Segundo pesquisa da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, quando o assunto é sono, o sexo feminino tem padrões diferentes do masculino.

cama mulher sono dormir pixabay dieter robbins
Foto: Dieter Robbins/Pixabay

“Devido à diferença hormonal, o público feminino precisa de mais horas dormidas para manter a mesma disposição, se comparado ao sexo oposto” explica Renata Federighi, Consultora do Sono da Duoflex.

Outro estudo, realizado pelo Instituto do Sono da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), mostrou que as mulheres levam mais tempo para adormecer, porém o tempo do sono mais profundo (REM) é mais longo. Além disso, elas são mais propensas a terem sonhos ruins, os chamados pesadelos.

“Elas têm alterações hormonais que prejudicam o sono normal, como o período menstrual, a menopausa e a gravidez. A progesterona (hormônio feminino) tem papel fundamental nos mecanismos reguladores do sono. Tanto que as mulheres em pós menopausa, por exemplo, apresentam queda na qualidade e no número de minutos de sono”, esclarece a consultora.

Além disso, as mulheres estão mais propensas a desenvolver doenças cardíacas e depressão quando não dormem bem durante um período longo da vida.

Outra preocupação recorrente entre as mulheres é com a aparência. E ao contrário do que se imagina, sono da beleza não é só uma expressão. De acordo com Renata, o corpo produz hormônios associados ao estresse quando não há repouso adequado.

“Isso altera funções vitais e provoca vasoconstrição, ou seja, palidez e cansaço. Dormir menos do que precisamos deixa a pele sem brilho, com aumento dos vincos e flácida, pois o hormônio do crescimento, que é responsável pelo tônus muscular e pela renovação celular, é liberado em grande quantidade enquanto dormimos. As olheiras também se acentuam, o que faz com que a aparência fique ainda mais abatida”, explica.

Cerca de 40% da população apresenta algum tipo de distúrbio do sono

Conhecer estas particularidades é essencial para se garantir horas de sono realmente reconfortantes e, consequentemente, o bom funcionamento do organismo. Outras práticas podem ajudar a ter boas noites de sono.

“É importante se atentar à postura, usar um travesseiro e colchão que ofereçam conforto e sustentação para a cabeça e corpo, preservando a curvatura natural e alinhando a coluna, seguir uma alimentação saudável e hidratar-se bem, manter o ambiente arejado e o mais silencioso e escuro possível e evitar atividades estimulantes antes de dormir”, orienta a consultora do sono da Duoflex.

Fonte: Duoflex

Dia da Síndrome de Down: trabalho melhora desenvolvimento e qualidade de vida

Pessoas com essa condição são consideradas comprometidas e disciplinadas e podem melhorar ambiente de trabalho e relação interpessoal nas empresas

Muito mais do que apenas uma atividade que às pessoas se manterem economicamente, o trabalho tem a função de melhorar as relações sociais, desenvolver habilidades e trazer realização pessoal e intelectual. Isso também vale para pessoas com síndrome de Down, que comemoram seu Dia Internacional neste 21 de março. Para eles, ter uma ocupação profissional significa receber estímulo para o desenvolvimento e conquistar mais qualidade de vida.

jovem sindrome down shutterstock
Foto: Shutterstock

A legislação brasileira possui normas para a inclusão das pessoas com necessidades específicas no mercado de trabalho. Desde 1991, as empresas com 100 ou mais empregados devem manter em seus quadros uma porcentagem mínima de funcionários com algum tipo de deficiência.

Para empregadores que oferecem entre 100 e 200 vínculos empregatícios, esse percentual é de 2%. O número aumenta de acordo com a quantidade de funcionários, chegando a 5% para empresas com 1.001 empregados ou mais. Desde a entrada em vigor da Lei de Cotas, a participação dessas pessoas no mercado de trabalho tem aumentado.

Dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2017 mostram uma tendência de crescimento de vagas ocupadas por pessoas com deficiência mental/intelectual. Foram 34.851 mil contratados naquele ano, 2.764 mil a mais do que os 32.087 de 2016. A Rais não engloba dados específicos sobre os subtipos de deficiências, mas apenas grupos (física, visual, auditiva, mental/intelectual e múltipla).

De acordo com o chefe da Divisão de Fiscalização para Inclusão de Pessoas com Deficiência e Combate à Discriminação no Trabalho da Secretaria Especial de Trabalho e Previdência, João Paulo Reis, auditores-fiscais do Trabalho têm uma atuação específica para garantir a inclusão produtiva de pessoas com deficiência mental/intelectual.

Em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, por exemplo, os auditores celebram um termo de compromisso com empregadores para que contratem as pessoas com necessidades específicas inicialmente como aprendizes. Depois, mais capacitados, eles devem ser efetivados pelo contrato de emprego por prazo indeterminado. “Há vários casos de sucesso, de empresas que completaram a cota por meio dessa metodologia”, afirma João Paulo.

Dia Internacional – Causada por uma mutação genética, com a presença de três cromossomos 21 nas células, a Síndrome de Down tem consequências físicas, intelectuais e psicomotoras específicas, mas nenhuma delas impede o exercício de atividade produtiva.

Mãe de Henrique Gurgel, um rapaz de 27 anos com Down, Dirce Gurgel afirma que a ocupação como auxiliar em uma biblioteca fez muito bem ao filho. Henrique aprendeu a se comunicar mais assertivamente e a falar melhor. Na escola em que ele trabalhou foram realizados treinamentos que melhoraram o desempenho dele. “Não é só contratar para cumprir a cota. É importante fazer essa preparação”, enfatiza Dirce.

Segundo ela, por não estar trabalhando atualmente, o filho retrocedeu um pouco em relação ao desenvolvimento. “Ele se sentia acolhido, e os colegas na escola aprenderam bastante com ele. É preciso acabar com o preconceito. Contratar um Down é bom para todos”.

jovem sindrome down_Credit_Colletteys_Cookies_CNA_1
Foto: Collettey’s Cookie

A presidente da Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, Lenir Santos, explica que não há justificativa para não contratar pessoas com essa condição se elas estiverem bem preparadas e se houver a correta mediação no local de atuação. Ela afirma que o trabalho empodera, melhora a compreensão de cidadania, de direitos, de obrigações e também o desenvolvimento cognitivo, social e afetivo. “A inclusão de pessoas com deficiência intelectual melhora o ambiente de trabalho, pois exige o exercício da tolerância, da capacidade de convívio com as diferenças”.

Fonte: Secretária Especial de Previdência e Trabalho

Apae São Paulo lança campanha “Síndrome de Down: eu escolho incluir”

Ensaio fotográfico e post do Instituto Mauricio de Sousa com a personagem Tati nas redes sociais marcam o Dia Internacional da Síndrome de Down

Com o objetivo de conscientizar pessoas de todo o Brasil sobre a importância da inclusão social de pessoas com deficiência intelectual, a APAE DE SÃO PAULO está lançando a campanha “Síndrome de Down: eu escolho incluir”, para celebrar o Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado hoje, 21 de março.

Composta por anúncio impresso e peças para mídias sociais, a ideia central da campanha é mostrar crianças e jovens com síndrome de down que conquistaram espaço no mundo através de atividades sociais, como dança, música e fotografia. As fotos foram produzidas em parceria com o fotógrafo Mário Castello, que cedeu voluntariamente seu trabalho para a organização.

O Instituto Mauricio de Sousa também está participando da ação. Foi publicado em sua página oficial no Facebook um post retratando a personagem Tati, que tem síndrome de down e suas principais características são o amor aos amigos, a criatividade e o alto-astral.

A Apae de São Paulo defende que essas pessoas devam ser inseridas em todas as esferas sociais e tenham seus direitos civis garantidos, sem qualquer restrição. A Organização, ao longo da sua trajetória, vem apoiando pessoas com deficiência intelectual desde o seu nascimento até o envelhecimento, por meio de serviços de reabilitação, educação inclusiva, inclusão no mercado de trabalho, defesa e garantia dos seus direitos, geração e disseminação de conhecimento, entre outros.

Para Aracélia Costa, superintendente-geral da Apae de São Paulo, a campanha reforça o trabalho que a Organização realiza cotidianamente no apoio às pessoas com deficiência intelectual para que elas façam as suas escolhas e se desenvolvam plenamente como indivíduos. “Nossa missão institucional é trabalhar para um mundo com mais equidade e que seja, de fato, inclusivo”.

down.jpg

As peças podem ser vistas na página da Apae de São Paulo no Facebook e em diversos sites, jornais e revistas que cederam espaços gratuitamente. Entre os veículos estão o portal da Revista Pais & Filhos, Revista Carta Capital, Revista Ana Maria, Portal UOL, Revista Caras e Revista Aventura.

Fonte: Apae de São Paulo

Sinais que a pele está envelhecendo mais rápido do que deveria e o que fazer para evitar

Algumas evidências do envelhecimento aparecem com a idade, outras — mais sutis — servem para ativar o sinal de alerta: alguma coisa pode estar errada nos cuidados com a pele

Alguns momentos são bem claros ao evidenciar que o envelhecimento chegou e muitos a gente sente (e nota) na pele: sulcos da testa, pés de galinha, e bolsas abaixo dos olhos. E há alguns que aparecem antes mesmo de você envelhecer, segundo especialistas. Apesar da sutileza com que surgem, você deve ficar de olho nestes sinais.

“E tendo em vista esses indícios, podemos indicar tratamentos preventivos com respostas mais eficientes e que evitam o aparecimento de rugas, flacidez e outras alterações causadas pelo fotoenvelhecimento”, explica o dermatologistaJardis Volpe, da Clínica Volpe (SP). “Quanto antes você notar, com ajuda do médico especialista, melhor será sua aparência e o trabalho preventivo”, acrescenta.

Fique de olho nos cinco presságios que podem acender o sinal de alerta:

Manchas de sol aos 20/30 anos no rosto

manchas-pele-sol-mulher

A presença de manchas ou sardas tem relação direta com a fotoexposição solar precoce e intensa até os primeiros 20 a 25 anos de vida, explica a dermatologista Claudia Marçal. “Já existe um declínio na capacidade de reparo e proliferação celular, pois após os 25 anos em média, temos a primeira perda no metabolismo de regeneração e começamos a ter deficiência em produzir espontaneamente os antirradicais livres e antiglicantes que combatem os superóxidos que envelhecem o nosso organismo”, explica a dermatologista. Isso, segundo a médica, facilita o aparecimento de manchas.

“Indícios como as hiperpigmentações solares são um importante sinal de alerta dos danos cumulativos do sol”, comenta Volpe. E, nesse momento, a consulta com o dermatologista é primordial, pois ele pode prescrever fórmulas ou até mesmo fazer um tratamento em cabine com Picoway, um laser ultrarrápido, sem downtime (tempo de recuperação) e com pulsos em picossegundos que, ao entrar em contato com o cromóforo (pigmento), fragmenta a mancha em pedaços minúsculos, sendo então absorvida pelo organismo.

Após o procedimento, protetor solar de amplo espectro, com FPS de no mínimo 30, é indicado e anteriormente deve ser aplicado creme com Vitamina C e E, como U.SK Super C Restorative Cream, da Under Skin – que combina os dois ingredientes e apresenta a Vitamina C altamente estável e a 20%.

Rugas ao longo das bochechas

mulher-espelho-rosto-rugas

“As pessoas desenvolvem rugas com o movimento e expressões, de modo que não é realmente um mau sinal de envelhecimento. Mas se as linhas finas e rugas aparecem no meio das bochechas, nos vinte ou trinta anos, é hora de se preocupar”, explica o Dr. Jardis. Além das expressões, o sol aparece de novo como um grande vilão. Para rejuvenescer a região, o dermatologista Abdo Salomão indica sessões de DermAction, um ultrassom microfocado que é novidade no Brasil. A tecnologia atinge até o músculo e em apenas uma sessão promove melhora significativa no aspecto da pele, por causa do estímulo de produção de colágeno.

“O músculo sofre uma contração imediata ao ser atingido pelos pontos de coagulação e isso produz um efeito lifting, que pode apresentar evolução no período de três meses após o procedimento”, afirma o dermatologista. Em casa, o ácido hialurônico é um ingrediente que pode ser usado, como os manipulados com Hyaxel e DSH CN (baixo e alto peso molecular). Além disso, o dermatologista Dr. Jardis enfatiza a importância dos nutracêuticos, com substâncias como Exsynutriment, Bio-Arct e In.Cell, que agem de dentro para fora promovendo estímulo de colágeno.

Pescoço irritável e flácido

papada pescoço mulher meia idade

Claudia Marçal explica que o pescoço é uma região cuja pele é muito fina, praticamente sem glândulas sebáceas, com espessura próxima a dois milímetros, pouco hidratada e onde há grande movimentação natural pela própria dinâmica da região. O fotodano provoca, então, envelhecimento precoce e influencia também na função de barreira, deixando a pele facilmente irritável e mais flácida. A solução? A tecnologia do Legacy, uma poderosa radiofrequência que aquece a região e tem resultados expressivos nas rugas, flacidez e colares que aparecem no pescoço.

Sua pele está mais sensível que o habitual

rejuvenescimento envelhecimento.jpg

“A pele é parte de um sistema que precisa estar em equilíbrio, então, se o paciente está em desordens alimentares, em privação ou carência nutricional, ou fazendo uso de medicamentos de controle de colesterol (quando essas concentrações são altas), a pele que já tem tendência a ser mais sensível, pode se tornar-se mais seca”, explica a dermatologista.

“Essa sensibilidade, que pode vir conjuntamente com coceira, também é um presságio importante de que alguma coisa na sua rotina de beleza não está em ordem”, comenta Volpe. É necessário fazer uso de vitaminas orais como FC Oral, In.Cell e Bio-Arct, ter alimentação balanceada e aplicar produtos tópicos com ação calmante e altamente hidratante, como U.SK Advanced Defense Booster, que traz uma concepção exclusiva com ácido hialurônico que hidrata por mais de 24 horas, ácido maslínico para potente ação anti-inflamatória, calmante e hidratante, além do ácido ferúlico que é um poderoso antioxidante.

Seu olhar já não é mais o mesmo 

thumbnail coceira olhos
Thumbnail

“A região dos olhos é bastante sensível e delicada, com característica e estrutura epidérmica diferenciada. A área também conta com a fragilidade das fibras de colágeno, responsáveis pela sustentação dessa pele que fica, em média, 6% mais fina a cada dez anos”, explica Volpe.

Na região, as olheiras pioram com a alimentação rica em açúcar e sal pois, assim como o álcool, torna a pálpebra mais inchada e o pigmento depositado mais evidente. “As olheiras mais violáceas ou mesmo as mistas com tons acastanhados e arroxeados podem surgir por noites mal dormidas, por excesso de bebida alcoólica, tabagismo, na TPM, entre outras causas”, comenta Claudia.

Além dos tratamentos em consultório, uma novidade é U.SK Dual Eyes, um poderoso bálsamo duplo (diurno e noturno) para tratar olheira, flacidez e rugas na região dos olhos.

Fontes:
Abdo Salomão Jr.: Dermatologista de Guaxupé (MG), Doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Membro da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.

Claudia Marçal — Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Jardis Volpe — Dermatologista; Diretor Clínico da Clínica Volpe (São Paulo). Formado pela Universidade de São Paulo (USP); Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; Membro da Sociedade Americana de Laser, da SBD e da Academia Americana de Dermatologia; Pós-graduação em Dermatocosmiatria pela FMABC; Atualização em Laser pela Harvard Medical School.

Os perigos de se automedicar

A automedicação é vista por muitas pessoas como uma solução rápida para aquela dor ou qualquer outro sintoma que as esteja incomodando. Pode ser dor de cabeça, muscular, abdominal, e diversas outras perturbações como alergias, ansiedade, cansaço, dentre outros. Como já estão acostumadas a sempre tomar o mesmo remédio, então, quando pressentem o sintoma indesejado, vão até a farmácia e compram os medicamentos sem prescrição recente.

“O remédio que achamos que é o certo para nosso alívio pode até resolver no momento, mas também pode trazer uma série de outras complicações no futuro. Isso porque, se você não é um profissional da saúde, não conhece as especificidades de cada medicamento e as necessidades do organismo quando está com alguma dor ou doença” explica Patrícia Filgueiras dos Reis, que atende pelo Docway.

remedios_

Para a especialista, quando fazemos uso frequente do mesmo medicamento, o organismo pode criar resistência ou dependência daquele determinado remédio. Além disso, nem sempre conhecemos a causa do sintoma.

“Às vezes uma dor comum pode ser algo mais sério e precisar de um tratamento específico. Por isso a importância de consultar um médico antes de comprar qualquer medicamento”, comenta. É claro que devemos, se o soubermos tomar algumas medicações sintomáticas numa situação repentina. Por exemplo, se tivermos um pico febril ou uma dor de cabeça isolada, devemos tomar o analgésico/antitérmico que estamos habituados a usar nestes casos e observar a evolução do quadro. Se os sintomas persistirem, aí devemos buscar atendimento e avaliação médica adequada”, diz a médica.

Outro problema são aqueles remédios que camuflam os sintomas, mas não curam a doença, como por exemplo, alguns fármacos usados para rinite E anti-inflamatórios em geral. Segundo o médico, é comum que as pessoas façam uso desses medicamentos achando que estão resolvendo o problema, quando na verdade ele pode estar piorando e tendo os seus sintomas atenuados.

E a lista de problemas quanto à automedicação não para por aí. Às vezes, um remédio pode cortar o efeito de outro. “Isso acontece com alguns tipos de antibióticos e anticoncepcionais. Varia de caso para caso, mas pode acontecer do primeiro medicamento inibir o efeito do segundo, que é de uso contínuo”, analisa.

remedio pilula pixabay
Pixabay

Por isso, é imprescindível consultar um médico quando sentir qualquer dor ou perturbação recorrente ou persistente, e não fazer uso de remédios continuamente sem orientação. As consequências podem ser mais sérias do que imaginamos.

 Fonte: Docway

Alimentos que são ainda melhores juntos

A combinação desses elementos pode favorecer ainda mais o seu organismo

Que uma alimentação balanceada faz bem para o nosso organismo, todo mundo já sabe. Mas você sabia que ao unir alguns alimentos, eles trazem ainda mais benefícios a nossa saúde? Segundo a nutricionista e pesquisadora Aline Quissak, existem alimentos que, quando consumidos juntos, acabam potencializando suas propriedades, e essa sinergia – combinação – faz muito bem para o nosso corpo. Abaixo, uma lista com alimentos que são ainda melhores juntos do que separados, para que você possa inserir no seu dia a dia.

1) Cúrcuma e Pimenta do Reino

curcuma.jpg

A curcumina presente na cúrcuma (açafrão da terra) é um dos anti-inflamatórios naturais mais poderosos que existem. Mas o infelizmente o nosso corpo não consegue absorver. E para isso precisa da piperina, encontrada na pimenta do reino, para potencializar sua absorção em mais de 1000x. Além disso, a melhor proporção para esse efeito é 3:1 (a cada 3 medidas de cúrcuma, uma de pimenta do reino).

Consumo recomendado: 1 colher de chá por dia de cúrcuma para efeitos medicinais dessa raiz.

2) Banana e Nozes

banana

A banana é a queridinha das frutas: prática, simples, docinha e com preço acessível. Ela é muito importante para a saúde do coração e da musculatura, é um importante para o pré-treino, por dar energia, além do fósforo que auxilia no condicionamento cardiorrespiratório. Porém, sozinha a banana tem pontuação inflamatória no nosso corpo. “Não significa que ela cause mal; como falamos, ela tem muitos benefícios. A orientação é não comer ela sozinha. A melhor opção nesse caso, é consumi-la com nozes, devido ao seu poder anti-inflamatório e a concentração de ômega 3. Assim, melhora a performance dos praticantes de atividades e a proteção do coração da população em geral”, explica Aline.

Consumo recomendado: 1 banana + 3 nozes

3) Beterraba e Laranja

beterraba.jpg

Você já deve ter ouvido que beterraba tem grandes quantidades de ferro, e é verdade. Se você tem anemia ou é vegano, saiba que o ferro da beterraba é chamado de “ferro não heme”, ou seja, um ferro não ativado. Por isso, quando adicionamos vitamina C, vinda da laranja ou do limão (se fizer suco use a laranja, se fizer salada opte pelo limão), ativamos o ferro que, aí sim, é absorvido pelo nosso organismo

Consumo recomendado: Para cada 50g de beterraba, 10g de suco de laranja ou limão.

4) Cacau e frutas vermelhas

frutas vermelhas
Foto: Max Straeten

Esses são dois alimentos que sozinhos já trariam muitos benefícios. Mas você sabia que quando unimos os antioxidantes do cacau com o ácido elágico das frutas vermelhas (morango, amora, mirtilo, framboesa), temos uma proteção potente para o tratamento do câncer de mama? “Por regular o estrogênio, essa combinação é ótima para mulheres com TPM intensificada”, lembra a nutricionista.

Consumo recomendado: 100g de morango + 20g de chocolate 70% cacau

5) Damascos ou tâmara e coco

damasco.jpg

Tanto o damasco quanto as tâmaras possuem um nível elevado de potássio e vitamina A. Quando unimos potássio + vitamina A + o TCM – que é a gordura do coco -, ativamos as sinapses dos neurônios, melhorando a memória, o foco e a concentração.

Consumo recomendado: 2 damascos secos/tâmaras +20g de coco seco

6) Shitake, Shimeji e Tomate Cereja

shimeji

Os cogumelos têm as suas particularidades nutricionais, já que ele possui certos antioxidantes que não são encontrados em outros alimentos. O problema é que nem sempre conseguimos absorver essa quantidade de nutrientes. Para isso, unimos a eles a quercetina associada e licopeno do tomate cereja, que conseguem transportar nutrientes do shitake e Shimeji para o cérebro e para o coração. Para isso acontecer, eles precisam ser refogados por pelo menos 8 min.

Consumo recomendado: 1 xícara de chá (metade cogumelos, metade tomate cereja).

7) Acerola e Melão

acerola.jpg

Acerola é a fruta mais anti-inflamatória existente no Brasil. Sozinha, é poderosa aliada no tratamento de doenças como artrite, artrose, câncer (que não seja de estômago), depressão e até Alzheimer. Quando juntamos essa fruta ao melão, temos o efeito anti-inflamatório prolongado, graças a glutationa.

Consumo recomendado: consumir as frutas de duas a três vezes na semana, para que elas tenham seu efeito durante a semana toda.

8) Café e Óleo de coco filtrado (TCM)

café getimage

O óleo de coco extravirgem possui, entre outras substâncias, uma gordura chamada TCM (triglicerídeos de cadeia média); quando o filtramos (Lotus de Coco), temos apenas o TCM isolado. Essa gordura é a única que não passa pelo fígado para ser metabolizado, passando direto para o sistema nervoso central. Por isso, quando unimos o TCM com a cafeína do café, ele carrega a carrega direto para o cérebro, dando energia rápida para quem consome a mistura. “Essa não é uma mistura termogênica como muitos acreditam, é uma mistura para aumentar o rendimento nos treinos ou dar um ‘up’ em quem está cansado”, alerta.

Consumo recomendado: Para cada xícara (80ml) uma colher de café (5ml). Não recomendado para quem sofre de ansiedade.

9) Linhaça e semente de abóbora

semente de abobora.jpg

As sementes são uma estratégia usada pelos nutricionistas para regular o ciclo da mulher. A linhaça já é uma “superfood”, mas quando consumimos junto com a semente de abóbora, ela cria um equilíbrio entre progesterona e estrogênio para melhorar o humor e disposição no início do ciclo de menstruação.

Consumo recomendado: 1 Colher de sopa de cada, do primeiro ao 15 dia, a partir do início da menstruação.

Seu corpo reflete sua mente

Nosso corpo é um emaranhado de células inteligentes, que responde aos estímulos da nossa mente, consciente e inconsciente, e cuja saúde está totalmente conectada às nossas emoções. A especialista em Saúde Integrativa, Frésia Sa, questiona: o que o seu corpo está refletindo neste momento, é saudável?

“Pode ser que você ainda não saiba, mas nossa mente pode adoecer ou curar nosso corpo, e só depende de como direcionamos nossas emoções e reagimos ao que nos acontece”. A frase é da fisioterapeuta Frésia Sa, especializada em saúde integrativa e sócia da Biointegral Saúde, em São Paulo.

nausea enjoo azia mulher doente md-health
Foto: MD-Health

“Quando fingimos que está tudo bem, mas vamos acumulando desapontamentos e tristezas, as chances de ter problemas de saúde são muito altas”, explica ela, que complementa: “por outro lado, quando desenvolvemos uma postura calma e grata diante da vida, fortalecemos nosso sistema imunológico”.

Segundo Frésia, nosso corpo é um emaranhado de células inteligentes, que responde aos estímulos da nossa mente, consciente e inconsciente. “Se não podemos controlar o que nos acontece, podemos, ao menos, ter controle sobre como vamos reagir ao que nos acontece. Esse poder de reação está intimamente ligado ao quanto nos conhecemos, ao quanto estamos conscientes diante da vida e ao quanto escolhemos a saúde ao invés da doença”, reforça a fisioterapeuta.

“Conhecemos pessoas que vivem à base de medicamentos, encontrando saídas rápidas e aparentemente eficazes para, praticamente, tudo que lhes acontece. Sou a favor do uso de medicamentos em momentos muito agudos da doença, mas contra a substituição, por eles, de uma investigação apurada das causas do que nos acontece e da mudança de hábitos e de mentalidade na busca da saúde integral” revela Frésia.

O corpo reflete a mente

mulhermenteilustracaocerebropixabay

Vamos pensar da seguinte forma: se você toma medicamentos, elimina os sintomas daquilo que está incomodando. Quando cessa o medicamento, logo a dor retorna. Esse é um quadro comum de reincidência no caso de dores crônicas, especialmente aquelas para as quais a ciência ainda não tem explicação. De onde vem a fibromialgia, por exemplo? Ou uma psoríase? São respostas que ainda estão sendo buscadas pela ciência.

Mas voltemos ao quadro: com os remédios, os sintomas são tratados. Mas a dor retorna. E aí, como fazer? Frésia fala sobre uma possibilidade real de tratamento: “Quando buscamos as causas primárias de dores e doenças, quando entendemos que somos mais do que aquele quadro sintomático atual, é possível encontrar novos meios de lidar e de tratar as dores. Muitas vezes, a doença é o corpo tentando lidar com nossas emoções mais profundas. Encontrá-las e iniciar um processo de limpeza é uma proposta viável e que, muitas vezes, é totalmente eficaz”.

Fonte: Biointegral Saúde

Bio Mundo lança com exclusividade o Slim Tea

Com um mix de 9 ervas 100% naturais, chá reduz o inchaço e auxilia na digestão

Tomar um delicioso chá é sempre uma boa ideia. A saborosa bebida é agradável ao paladar em todas as estações do ano, já que pode ser servida quente ou gelada, e ainda traz diversos benefícios para a saúde. Pensando nisso, a Bio Mundo apresenta com exclusividade o chá Slim Tea, da marca Natureza Mix, uma mistura de nove ervas que ajudam a reduzir medidas e adiciona bem estar ao dia a dia de qualquer um.

O chá, 100% natural, tem em seus ingredientes: hortelã, mate, chá verde, hibisco, laranja amarga, carqueja, gengibre, alecrim e sálvia. Todas as ervas são selecionadas para trazer saúde, bem estar, sabor e qualidade em um único produto. A diretora de marketing da Bio Mundo, Adriana Mothé, explica a importância de reservar um momento para o Slim Tea na rotina.

“O chá possui uma mistura de ervas que são digestivas, diuréticas, que aceleram o metabolismo e que ajuda a reduzir o inchaço do corpo. Ele pode ser ingerido diariamente e é muito prático, o que facilita o seu preparo em qualquer lugar”, explica.

slim tea

Por ser diurético e digestivo, auxilia as pessoas hipertensas e com retenção de líquido. De acordo com o departamento de nutrição da Bio Mundo, o chá pode ser consumido duas vezes ao dia, e se colocado em geladeira, mantém suas propriedades por 24 horas. O chá não é indicado para gestantes e menores de 15 anos.

A nutricionista da Bio Mundo, Larissa Miriam, destaca que o uso do chá será ainda mais efetivo se unido com um estilo de vida saudável. “Para aproveitar bem todos os benefícios do Slim Tea o ideal é manter uma alimentação balanceada e fazer atividades físicas. Isso vai ajudar a conquistar os resultados desejados de forma mais rápida”, explica.

Confira abaixo os benefícios de cada ingrediente, segundo a nutricionista:

hortelã
Foto: Maria Mas/Morguefile

Hortelã: erva digestiva, que também tem ação expectorante. Contém vitamina A, C e fósforo.

Mate folha: contém xantinas que tem efeito no desempenho cerebral semelhante à cafeína, antioxidante, tem ação nos ácidos biliares, o que diminui a absorção do colesterol, digestiva e diurética.

Chá verde: tem propriedades estimulantes, antioxidantes e diuréticas.

cha--hibisco

Hibisco: a flor de hibisco reduz a pressão arterial e melhora a digestão, o que auxilia na diurese e excreção de toxinas. Também tem ação antioxidante.

Laranja Amarga: rico em vitamina C, é um poderoso antioxidante, estimula a função gastrointestinal e contém uma substância chamada sinefrina, que tem a capacidade de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.

Carqueja: planta medicinal que tem efeito depurativo e diurético, melhora a circulação sanguínea, reduz os níveis de colesterol e é utilizada para tratar gastrite e má digestão.

gengibre

Gengibre: além do seu efeito mais conhecido que é a termogênese, o gengibre alivia náuseas, é digestivo e auxilia no controle da glicemia e do colesterol.

Alecrim: o ingrediente é versátil, aromático e saboroso. Utilizado para diminuir sintomas de TPM, estimula a digestão e é cicatrizante.

salvia creative commons
Foto: CreativeCommons

Sálvia: diminui sintomas da menstruação e menopausa, reduz inflamação e retenção hídrica.

O Slim Tea vem em uma caixa com 60 sachês, tem o peso líquido de 90g e custa R$85,90. O produto está à venda em todas as unidades da rede Bio Mundo. Para encontrar a loja mais próxima é só acessar o site.

 

Dicas de como proteger os pets do barulho de trovões

Não deixá-los presos na coleira e mantê-los num espaço seguro são algumas das orientações

Assim como os fogos de artifício, o som das trovoadas também deixa muitos pets assustados. Com maior sensibilidade auditiva, cães e gatos sofrem com medo, desconforto e estresse provocado pelo barulho, além do risco de se machucarem, ao buscar esconderijo ou tentar escapar. E como diz a canção: “São as água de março fechando o verão”, ou seja, muita chuva caindo.

“As pessoas não devem tentar abraçá-los ou pegá-los no colo nesses momentos, para evitar que o animal associe a algo ruim”, explica a veterinária Karina Mussolino, gerente técnica de clínicas da Petz e do Centro Veterinário Seres.

Ela orienta a agir naturalmente, brincar com os pets, fazer festa, como se nada estivesse acontecendo. Também é importante evitar deixá-los presos com a coleira, permitir que se escondam e manter o ambiente vazio para que não se machuquem. “Procure não deixá-los ao ar livre, mas trazê-los para dentro de casa, onde o som é abafado”, explica a veterinária.

Pets com doenças cardíacas devem ter atenção dobrada. Alguns cães podem apresentar complicações cardiorrespiratórias e até ter convulsões nessas situações de medo. Por isso, as consultas no veterinário devem estar em dia para que o profissional possa acompanhar esse animal de forma preventiva.

10 dicas para driblar o barulho

gato assustado escondido pinterest

1 – Cães e gatos costumam se esconder nesses momentos de medo, por isso é importante deixá-los livres, não prender na coleira (em alguns casos eles podem ficar rodando em círculos e até se enforcar) e manter em espaço livre para que não se machuquem (por exemplo: áreas pequenas, portões, lanças…).

mulher cachorro sofá pixabay

2 – Alguns bichinhos toleram bem o colo do dono, pois se sentem mais seguros, outros preferem buscar áreas que possam se esconder, como embaixo de móveis. Deixe o seu pet se ajeitar da melhor maneira para ele, não force situações desconfortáveis.

gato frio cobertor

3 – Uma das formas de evitar transtorno é manter o pet quieto em um local fechado e silencioso, o que pode ajudá-lo a se sentir mais protegido (por exemplo: um quarto).

cachorro ouvido algodao malibupetcare
Foto: MalibuPetCare

4 – Alguns pets toleram bem a colocação de algodões nos ouvidos para abafamento dos sons. Mas vale lembrar que o algodão deve colocado com cuidado e retirado imediatamente após o término dos ruídos.

cachorro e gato brincando
Warren Photographic

5 – O ideal é agir de forma natural, brincar com o pet, entretê-lo com seu brinquedo favorito, fazer festa, como se nada estivesse acontecendo.

gato com frio

6 – No caso dos gatos, é comum que sumam da vista dos donos. Se a casa ou o apartamento forem seguros, com redes nas janelas e portões fechados, deixe o bichano por lá, evite ficar chamando para não estressá-lo mais.

Petz - hotel entrada3

7 – Também não é recomendado deixá-los sozinhos nesta época. Em caso de viagens, é aconselhável deixá-los com parentes, vizinhos ou em hotéis especializados.

gato gato remedio seringa

8 – Evite a automedicação, sem orientação do veterinário, pois há risco à saúde dos bichinhos.

gato na cama com gato

9 – Cães e gatos que já tenham histórico de doença cardíaca devem ter cuidados especiais nessas situações. É importante que o dono converse com o veterinário.

cachorro machucado veterinaria

10 – Caso o animal apresente qualquer tipo de alteração ou acabe se machucando de alguma forma, ele deve ser levado imediatamente a um veterinário, para ser avaliado e ter certeza que nenhuma lesão mais grave aconteceu com ele.

Fonte: Petz

Salvar

Novo estudo mostra que exame ocular pode detectar sinais da doença de Alzheimer

Estudo publicado no jornal da Academia Americana de Oftalmologia sugere que exame não invasivo também pode ajudar a distinguir entre a doença de Alzheimer e o comprometimento cognitivo leve

Pesquisadores do Duke Eye Center mostraram que um novo dispositivo de imagem não invasivo pode ver sinais da doença de Alzheimer em questão de segundos. Os pesquisadores descobriram que os pequenos vasos sanguíneos da retina na parte de trás do olho estão alterados em pacientes com este mal.

E eles mostraram que podem distinguir entre pessoas com Alzheimer e aquelas com apenas comprometimento cognitivo leve. Esta pesquisa mais recente é o maior estudo feito até hoje e acrescenta à literatura atual como os cientistas se esforçam para encontrar uma maneira rápida, não invasiva e barata para detectar a doença de Alzheimer nas fases iniciais. O estudo foi publicado on-line no dia 11 de março em Ophthalmology Retina, um jornal da Academia Americana de Oftalmologia.

Um novo tipo de imagem precisa e não invasiva, chamada angiografia por tomografia de coerência óptica (OCTA), auxiliou grande parte das pesquisas recentes sobre a conexão do olho com a doença de Alzheimer. Ele permite que os médicos vejam os menores vasos sanguíneos na parte de trás do olho que são menores que a largura de um fio de cabelo humano.

Como a retina é uma extensão do cérebro e compartilha muitas semelhanças com ele, os pesquisadores acreditam que a deterioração da retina pode espelhar as mudanças que ocorrem nos vasos sanguíneos no cérebro, oferecendo, assim, uma abertura para o processo da doença.

ANGIOGRAfia ocular heron eyecare
Imagem: Heron Eyecare

Para o estudo, os pesquisadores usaram o OCTA para comparar as retinas em 70 olhos de 39 pacientes com Alzheimer, com 72 olhos de 37 pessoas com comprometimento cognitivo leve, bem como 254 olhos de 133 pessoas cognitivamente saudáveis. Eles descobriram que o grupo de Alzheimer tinha perda de pequenos vasos sanguíneos da retina no fundo do olho e que uma camada específica da retina era mais fina quando comparada às pessoas com comprometimento cognitivo leve e pessoas saudáveis. As diferenças na densidade foram estatisticamente significativas após os pesquisadores controlarem fatores como idade e sexo.

Diagnosticar a doença de Alzheimer é um desafio

Alzherimers

Algumas técnicas podem detectar sinais da doença, mas são impraticáveis para a triagem de milhões de pessoas: as tomografias cerebrais são caras e a punção da coluna tem riscos. Em vez disso, a doença é frequentemente diagnosticada por meio de testes de memória ou observando mudanças comportamentais. No momento em que essas mudanças são percebidas, a doença está avançada. Embora atualmente não exista cura, o diagnóstico precoce permitirá que os pesquisadores estudem novas medicações mais cedo, já que futuros tratamentos podem ser mais eficazes quando administrados precocemente. Diagnósticos anteriores também proporcionariam aos pacientes e suas famílias tempo para planejar o futuro.

A oftalmologista, autora sênior e  professora de Oftalmologia da Duke, Sharon Fekrat, juntamente com o autor principal, Dilraj Grewal, MD, Professor Associado de Oftalmologia da Duke, esperam que o trabalho possa um dia ter um impacto positivo na vida dos pacientes.

“O diagnóstico precoce da doença de Alzheimer é uma enorme necessidade não atendida”, disse Sharon. “Não é possível para as técnicas atuais, como uma varredura do cérebro ou punção lombar para checar o número de pacientes com esta doença. É possível que essas mudanças na densidade dos vasos sanguíneos na retina possam espelhar o que está acontecendo no minúsculo sangue.” vasos no cérebro. Nosso trabalho não é feito. Se pudermos detectar essas alterações dos vasos sanguíneos na retina antes de qualquer alteração na cognição, isso seria um fator de mudança no jogo “.

Fonte: American Academy of Ophthalmology