Arquivo mensal: setembro 2018

Chandon apresenta drinque tendência para amantes das borbulhas

O Bubbles Chandon, criado pelo Help! Bar, exalta ainda mais as borbulhas delicadas originais da Chandon e já é a escolha perfeita para o brinde.

Além de delicioso, o drinque tem um preparo rápido e fácil, confira:

Bubbles Chandon

100ml Chandon Brut;
1 drops Flavorizado (Cranberry/ Bitter Angustura/ Vanilla/ Violeta);
Twist de Siciliano (opcional).

torrao flavorizadodrink_bubble_chandon2drink_bubble_chandon_drink_bubble_chandon4drink_bubble_chandon5

Fonte: Chandon

Anúncios

Terraço Italia terá Gnocchi da Sorte no dia 29 de setembro

Prato será servido no jantar e quem pedir ganhará uma taça de espumante em cortesia

Mito ou verdade, a história da origem do Gnocchi da Sorte, ou gnocchi da fortuna, remonta ao século IV e ainda inspira restaurantes a repetirem a “simpatia” e servirem todo dia 29 de cada mês a célebre e deliciosa massa, em geral feita de batata ou mandioquinha, para atrair a sorte.

Chef Pasquale Mancini
Chef Pasquale Mancini

Diz a lenda que o santo cristão São Pantaleão, faminto, bateu à porta de uma casa, e foi atendido pela família que o recebeu e dividiu com ele o jantar lhe oferecendo sete pedaços do gnocchi que comiam. Ao término do jantar, tendo São Pantaleão deixado o local, deu-se o milagre de muitas moedas de ouro surgirem debaixo dos pratos.

Gnocchi di mandioquinha con aspargi e gamberi 3

No Terraço Italia, a tradição se repete nesse próximo dia 29 de setembro, quando será servido o gnocchi di “mandioquinha” con gamberi e asparagi (massa fresca de mandioquinha com camarão e aspargos) com uma taça de prosecco em cortesia, ao custo de R$ 124,00.

O jantar é servido nas Salas Nobre e Panorama, ao som de piano e música ao vivo, respectivamente, com muitas mesas próximas à janela, oferecendo vista majestosa da cidade de São Paulo, a 160 metros de altura. A cozinha é comandada pelo chef toscano Pasquale Mancini, e utiliza ingredientes frescos e de alta qualidade no preparo de saborosos pratos.

sala panorama
Sala Panorama

Terraço Itália – Avenida Ipiranga, n°344 – 41° – Centro – São Paulo – SP

The Body Shop lança hidratante facial vegano em gel de vitamina E

Para uma hidratação facial que dura até 48 horas, a The Body Shop, marca inglesa ativista de cosméticos naturais, lança o Gel Creme Hidratante de Vitamina E, que apresenta textura em gel e dupla camada de ácido hialurônico, 100% natural, livre de parafina, óleos minerais e petrolato. O item, que é vegano, tem como principal ativo a vitamina E, poderoso antioxidante que protege a pele dos radicais livres.

A linha é uma das Best Sellers da The Body Shop, que é conhecida por seus produtos que proporcionam à pele hidratação diária há mais de 30 anos, por conter uma das fontes mais ricas de Vitamina E natural. O ativo é um excelente condicionador natural, que deixa a pele macia e tonificada, além de possuir propriedades antioxidantes eficazes que ajudam a proteger de radicais livres, que levam ao envelhecimento prematuro. A neutralização de radicais livres inibe a lesão das células, fornecendo proteção de longo prazo para a pele contra as agressões do meio ambiente.

Para um ritual de beleza completo, comece com o Gel de Limpeza Facial, que deixa a pele livre de impurezas, proporcionando maciez e refrescância. Siga o ritual com o Tônico Hidratante, que equilibra o pH da cútis, deixando-a suave com toque aveludado. Para uma pele mais macia, utilize o Gel Creme Hidratante, que é 100% vegano e protege dos radicais livres.

Para potencializar ainda mais os cuidados, o Sérum em Óleo Noturno, com rápida absorção, restaura e recarrega a pele com apenas uma noite de uso. A área dos olhos também merece atenção, por isso o Creme Hidratante Contorno para Olhos ajuda a proteger, reduzindo a aparecimento de rugas leves, inchaços e olheiras.

Saiba mais sobre os itens:

Gel Creme Hidratante Vitamina E – 50ml – R$ 79,00

Vitamin E Gel Moisture Cream
Creme hidratante facial em gel, de textura leve que hidrata por até 48h devido a sua dupla camada de ácido hialurônico 100% natural. Contém vitamina E, poderoso ativo antioxidante que protege a pele dos radicais livres. É 100% vegano e livre de parafina, óleos minerais e petrolato.

Gel de Limpeza Facial Vitamina E – 100ml – R$ 49,00

gel-de-limpeza-facial-vitamina-e-838.jpg
Limpeza facial suave que deixa a pele limpa, macia e fresca. Além da Vitamina E, que é um antioxidante natural, possui óleo de soja do programa comércio com comunidades, que é rico em ácidos essenciais que ajudam a repor a barreira da pele, evitando a perda de hidratação, e óleo de gérmen de trigo, que hidrata e amacia.

Tônico Hidratante Facial Vitamina E – 200ml – R$ 59,00

-tonico-hidratante-facial-vitamina-e-644
Um tônico que remove os vestígios de creme de limpeza, impurezas e maquiagem sem ressecar a pele. Equilibra o PH da pele deixando-a suave e tonificada, com toque aveludado.

Serum em Óleo Noturno Vitamina E – 28ml – R$ 110,00 (hoje em promoção por R$ 55,00)

serum-em-oleo-noturno-vitamina-e-835
Uma inovação técnica da The Body Shop combinando o poder de um serum com a indulgência de um óleo para restaurar e recarregar a pele com hidratação após apenas uma noite de uso. A combinação elaborada de serum é um óleo leve e delicado de rápida absorção, com aplicação não gordurosa, que deixa a pele intensamente hidratada por mais de 24 horas. O Serum em Óleo Noturno Vitamina E contém uma mistura concentrada de óleos de gérmen de trigo, girassol e jojoba, além dos óleos de marula, gergelim e soja obtidos através do programa de Comércio com Comunidades.

Creme Hidratante Contorno para os Olhos Vitamina E – 15ml – R$ 69,00

creme-hidratante-contorno-para-os-olhos-vitamina-e-1164
Creme hidratante e calmante para os olhos, que ajuda a proteger a pele delicada da área, reduzindo o aparecimento de rugas leves, inchaços e olheira, deixando a pele suave e macia, sem adição de fragrância sintética.

Informações: The Body Shop

Ametsa, marca de make cruelty free, faz promoções no Instagram e no site

Ametsa, marca de maquiagem cruelty free, e que conta com produtos veganos, está realizando uma promoção para seus seguidores no Instagram.

A mecânica funciona assim: o(a) seguidor(a) deve curtir 10 posts e comentar cinco fotos publicadas pela marca. Após essas ações, basta enviar uma mensagem, via Direct, com a seguinte frase: “Completei a gincana Ametsa!”.

Com isso, o(a) seguidor(a) ganha um código promocional (cupom), que garantirá 60% de descontos em compras no site da Ametsa. Importante frisar que esta promoção vale apenas para a linha de batons sólidos e pincéis.

ametsa-batons2pinceis

A segunda promoção é válida apenas para os batons líquidos veganos. Na compra de um item pelo site, o segundo, em uma cor surpresa, sai de graça.

promoção.jpg

Informações: Ametsa

 

Camiseta da campanha Watch Hunger Stop será vendida no Brasil

Este ano é comemorada a quinta edição da campanha Watch Hunger Stop 2018 de Michael Kors que tem como principal novidade a parceria inédita da marca com o artista plástico brasileiro, Eli Sudbrack.

Sudbrack foi o responsável pela criação do desenho que estampa as camisetas em edição limitada da edição 2018 do projeto. Além da atriz Kate Hudson, que já é parceira de longa data da campanha, este ano a atriz e cantora Hailee Steinfeld se junta ao time de Kors buscando erradicar a fome no mundo.

hailey
Hailee Steinfeld
kate hudson
Kate Hudson

O Watch Hunger Stop é uma idealização da grife MK em parceria com a ONU para tentar dar um ponto final na fome ao redor do mundo. Desde sua criação, em 2013, até o ano passado, o programa já havia distribuído mais de 15 milhões de refeições em diversos países.

MK_FA18_WHS_VERT_1

Essa também será a primeira vez que a camiseta estará disponível para compra, podendo ser encontrada em lojas selecionadas do Brasil por R$ 210,00, a partir de 1º de outubro.

Spicy oferece aula de Junk Food Funcional com a chef Gabi Cabett

A Chef Gabi Cabett ministra amanhã, dia 26, uma aula especial de Junk Food Funcional na loja Spicy da Gabriel Monteiro. O valor da inscrição é de R$ 150,00 por pessoa.

Além de aprender receitas deliciosas, quem participar do curso ganha 10% de desconto em uma seleção de produtos incríveis. Para participar, basta entrar em contato através do e-mail gabycabett@gmail.com ou pelo número (11) 98108-9311.

Sobre Gabriela Cabett

Gabriela Cabett é Chef de cozinha atuante há 15 anos, no mercado da alta gastronomia, onde trabalhou e aprimorou suas habilidades na profissão. Sua experiência se dá pelo caminho percorrido em vários hotéis 5 estrelas de abrangência internacional, tendo entre eles nomes como o Grande Hotel de Campos de Jordão e WTC Sheraton em São Paulo, onde também se tornou Chef responsável pela cozinha do Facebook Brasil.

Gabriela trabalhou por um período de 9 anos com a cozinha autoral no restaurante From the Galley, onde também era gerente. Durante sua carreira, assumiu o papel de personal chef, passando seus ensinamentos de forma totalmente personalizada. Vale ressaltar sua relação de estudos e atuação com a comida Kosher e cozinha molecular. Com toda a sua abrangência na gastronomia, Gabriela já foi convidada por marcas como Pão de Açúcar e emissoras como, Band, Gazeta, GNT, Band e TV Aparecida para desenvolver e ensinar receitas. Hoje, além de prestar consultoria para alguns restaurantes e se manter ativa como personal chef e professora, é também proprietária do “Les Deux Café Bistrô”.

Junk Food Funcional
Quando: 26 de setembro
Horário: das 18h às 20h
Onde: Spicy – Gabriel Monteiro
Endereço: Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1236 – Jardim América

junk_food_funcional.jpg

Para participar, basta entrar em contato pelo e-mail gabycabett@gmail.com ou pelo número (11) 98108-9311

Produtos Guerlain estão com até 50% de desconto no Privalia

Somente nesta semana, a marca francesa de luxo Guerlain contará com itens entre fragrâncias, skincare e make com descontos entre 30% e 50%, com exclusividade no site Privalia. As vendas de itens da maison acontecem até dia 30 de setembro ou até enquanto durarem os estoques.

Confira alguns itens:

guerlain_lprn_black_perfecto
La Petite Robe Noire Black Perfecto 30ml – De R$ 210,00 por R$ 118,99
guerlain_kitespecial_r_540
Kit L’Homme Ideal – De R$ 405,00 por R$ 259,99
guerlain___la_petite_robe_noire_nail_color___063_pink_button___r_110
La Petite Robe Noire Nail Color – De R$ 115,00 por R$ 57,99
clair_light_blondes
Terracotta Jolie – De R$ 210,00 por R$ 139,99

O passeio é do cachorro, e não do tutor

A famosa “voltinha” pode até ser um alívio para os tutores, mas não deixa de ser estressante para os animais se alguns cuidados básicos não forem seguidos

 

Ao caminhar pelos bairros de São Paulo é comum vermos pessoas passeando com os cães, seja tutor, dogwalker, ou, até mesmo, um zelador dos prédios da redondeza, que busca uma grana extra. O passeio, aparentemente simples, esconde cuidados que, se não realizados, transforma o momento que deveria ser divertido, em uma ocasião estressante para o animal. Por isso, é preciso ter em mente que este momento é do animal e não da pessoa que o leva. Para proporcionar uma recreação prazerosa, Carolina Rocha, veterinária e fundadora da PetAnjo, separou algumas dicas:

mulher cachorro passeio caminhada

Escolha uma rota tranquila: tente procurar um caminho mais arborizado e sem muito tumulto. Os episódios mais estressantes para os animais são: aproximação de outros cães, pessoas desconhecidas querendo fazer carinho, que sejam impedidos de farejar e fazer necessidades, barulho de skate, bicicleta, moto e crianças correndo. Evite essas situações;

Prestar atenção aos sinais corporais: medo, ansiedade, agressão, latidos, brincadeiras e temperatura corporal, principalmente em animais com focinhos curto;

cachorro na grama

Verifique o ambiente: todo animal é curioso, por isso, atenção aos objetos e restos de alimentos que estão no chão. Machucados como cortes e abrasões também ocorrem, é preciso estar atento ao espaço;

cachorros brincando

Animais soltos na rua: atenção também precisa estar voltada para outros animais abandonados ou sem guia. Ao perceber isso,  vire para o outro lado do cão, mude de sentido fazendo com que ele ignore o outro animal;

dachshund cachorro pixabay
Foto: Pixabay

Coleira: é importante verificar o estado da coleira e guia, e evitar puxões. Os animais precisam de espaço para cheirar e ter estímulos diferentes;

A02JAA Man walking dog

Tempo: todo cachorro, independente da raça, precisa ter pelo menos 30 minutos de passeios diários. Além de estimulação física, a caminhada traz benefícios mentais; Antes de sair para o passeio, mostre ao cachorro que ele está indo para algo divertido, mas calmo. Sempre dar um tom focado antes mesmo da caminhada. Isso evita ansiedade, reatividade e latidos do cão.

Além de todos esses cuidados, os tutores precisam ter consciência da importância de colocar seus cães nas mãos de profissionais que entendam do assunto. Saber que passear com o cachorro não é apenas colocá-lo para ir olhar a rua, pois situações que ocorrem durante essas caminhadas podem acabar causando um trauma ao animal e, muitas vezes, acidentes.

Fonte: Pet Anjo

Confira 18 mitos e verdades sobre endometriose

A endometriose é uma doença de saúde reprodutiva comum, que ocorre quando o tecido semelhante ao revestimento uterino (o endométrio) cresce fora do útero. Porém, como muitas outras, ela é cercada de muitos mitos e crenças. O médico ginecologista e especialista em Medicina Reprodutiva Arnaldo Cambiaghi, diretor do Centro de Reprodução Humana do Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia, comenta 18 mitos muito comuns sobre a doença. Confira:

mulher consulta medica
Foto: Is-Med.com

1 – É fácil diagnosticar a endometriose
Mito: não é fácil diagnosticar a endometriose. É comum que demore até cerca de 8 anos, essa é a média esperada para o diagnóstico da endometriose. Essa é uma das primeiras dificuldades na vida reprodutiva da mulher: o diagnóstico não ser feito precocemente. Uma mulher que chega ao consultório de um ginecologista reclamando de cólica, menstruação irregular e infertilidade, as chances de ter endometriose são muito altas. Se ela acrescentar cólicas muito fortes, abdômen inchado, dor ao evacuar, dor para urinar e dor durante a relação sexual, essa paciente deve ter endometriose profunda. Se o médico estiver atento, o diagnóstico não será difícil, pois a endometriose será uma possibilidade bastante provável.

2 – É normal que os períodos da menstruação sejam extremamente dolorosos
Verdade: mulheres com endometriose se referem a cólicas fortes durante a menstruação. Portanto, se uma mulher estiver sentindo uma dor severa e que não encontra alívio com medicação, a endometriose pode, sim, ser a causa do problema. O melhor é marcar uma consulta com o ginecologista.

3 – Os sintomas estão sempre presentes em mulheres com endometriose
Mito: nem sempre, algumas mulheres não sentem dor alguma, elas só vão perceber que têm endometriose quando forem ao ginecologista e ele pedir um exame de ultrassom de rotina.

yoga-jeviniya- pixabay
Foto: Jeviniya-Pixabay

4 – Terapias complementares não têm lugar no tratamento da endometriose
Mito: são sempre alternativas possíveis. Porém, o tratamento da endometriose é basicamente cirúrgico, por vídeolaparoscopia, no qual se ressecam as lesões endometrióticas. Podem ser complementos, além dos medicamentos convencionais, terapias como acupuntura, naturopatia e ioga. Porém, sem o tratamento cirúrgico não haverá resultado.

5 – Mulheres com endometriose não podem ter filhos
Mito: cerca de 30% das mulheres com endometriose têm dificuldade em engravidar. Quando se realiza uma pesquisa correta, por meio de exames complementares, como ultrassom e ressonância magnética, é possível diagnosticar em detalhes a doença e, em seguida, realizar a cirurgia ressecando esses focos de endometriose. Após esse tratamento, a mulher pode engravidar, mas é importante que não se esqueça de avaliar também outros problemas de infertilidade, como obstrução tubária, trombofilias, fator ovulatório e fator masculino. Muitas vezes se foca tanto na endometriose que se esquece de verificar a fertilidade do homem.

gravidez veggiegretz
Foto: Veggiegretz/Morguefile

6 – Gravidez cura endometriose
Mito: este é um dos maiores mitos sobre o problema. Gravidez não cura endometriose. Pode amenizar os sintomas, mas a melhora só é possível com a realização da cirurgia e, mesmo assim, não há garantia de cura da doença. Isso porque os sintomas podem ser amenizados, mas se for algo provisório, a doença pode voltar com o tempo.

7 – Histerectomia cura endometriose
Mito: a endometriose é um tecido endometrial fora do útero. A remoção do útero e/ou dos ovários, sem remover os importantes focos de endometriose não levará à cura. Portanto, histerectomia não cura endometriose, e é um erro gravíssimo acreditar que tirar o útero será a solução para a doença.

8 – Mulheres com endometriose devem evitar exercícios físicos
Mito: pelo contrário, o exercício físico ajuda a melhorar a vascularização e a circulação sanguínea, isso pode amenizar o mal-estar e as cólicas. Mulheres com endometriose devem, sim, realizar exercícios físicos. Além disso, podem tomar outras atitudes como manter uma dieta alimentar adequada.

mulher barriga deitada3

9 – Adolescentes não têm endometriose
Mito: muito pelo contrário. Muitas já têm sintomas de endometriose no início da adolescência e é fundamental que se faça um diagnóstico precoce para se evitar as complicações futuras, como a infertilidade e o comprometimento de outros órgãos. Isso porque, em casos de endometriose mais avançada, é necessário fazer cirurgias muito mais agressivas. O diagnóstico precoce da endometriose é fundamental e não deve ser descartado porque a paciente é adolescente.

10 – Mulheres com endometriose sofrem dor somente durante o período menstrual.
Mito: a dor pode ser intermitente ou contínua. Ela é mais frequente nos períodos menstrual e pré-menstrual. Às vezes, pode ocorrer durante ou após a atividade sexual, o que é mais comum quando houver um comprometimento do intestino ou bexiga, ou regiões próximas ao fundo da vagina.

11 – Endometriose é mais comum entre mulheres caucasianas na faixa dos 20 e 40 anos.
Mito: até meados do século 20, pensava-se que o problema existia apenas em mulheres brancas. Isso acabou sendo resultado da falta de cuidados médicos contínuos para muitas mulheres afrodescendentes. Hoje, inclusive, se entende que qualquer mulher, de qualquer etnia, adolescente ou mais velha, pode ter endometriose.

12 – A endometriose não tem cura
Verdade: infelizmente, não há cura. Quando a endometriose é diagnosticada criteriosamente e existe o mapeamento da doença por meio de exames complementares, como ressonância magnética e ultrassom, e um bom exame ginecológico, pode se realizar uma cirurgia bem detalhada para que se ressequem todos os focos da endometriose. Mulheres que passaram por uma cirurgia bem indicada e pelas mãos de profissionais qualificados, alcançam uma cura provisória por muitos anos. E pode ser até que nunca mais tenham endometriose, mas não de pode descartar que existe chance de a doença voltar.

MULHER DOR ESTOMAGO COLICA

13 – A endometriose afeta apenas os órgãos pélvicos.
Mito: embora a endometriose encontra-se principalmente na região pélvica, pode ser descoberta em outros órgãos, como diafragma, pulmão, parede abdominal, estômago e até mesmo nos olhos.

14 – Qualquer ginecologista pode efetivamente tratar a endometriose.
Parcialmente verdade: os ginecologistas, de um modo geral, estão preparados para o diagnóstico e para o tratamento, desde que estejam atentos aos sintomas e saibam mapear a doença. Porém, o tratamento cirúrgico, feito por laparoscopia, deve ser realizado por profissionais qualificados que tenham experiência em laparoscopia e em cirurgia pélvica. Encontrar um especialista em endometriose pode ser fundamental para o sucesso do tratamento.

15 – A endometriose sempre piora.
Parcialmente verdade: para algumas mulheres, sim, pode piorar. Isso porque muitas vezes a endometriose se comporta como uma doença benigna, progressiva e invasiva. Ou seja, ela vai invadindo os órgãos com o passar do tempo. Por isso o diagnóstico precoce é fundamental.

mulher calor fogacho menopausa

16 – Menopausa cura a endometriose.
Mito: a diminuição dos níveis hormonais pode amenizar a endometriose, porém, os focos vão permanecer. No caso de uma reposição hormonal, comum na menopausa, esses focos poderão retroceder a endometriose, abrandar a dor, diminuir o inchaço, amenizando os sintomas, mas não cura a doença.

17 – É comum confundir a endometriose com a síndrome do intestino irritável (SII)
Verdade: isso pode acontecer em uma fase inicial, pois os sintomas intestinais podem ser confundidos. Faz parte do diagnóstico diferencial verificar se a dor pélvica é uma endometriose, um problema intestinal ou até mesmo um problema urinário. Entretanto, com os exames complementares de ultrassom e ressonância magnética, é possível diferenciar uma da outra.

18 – A endometriose pode ser prevenida
Mito: não existe uma maneira de se prevenir. Porém, ter bons hábitos, boa alimentação e rigor no estilo de vida pode amenizar sintomas ou diminuir a chance dela surgir.

Fonte: Arnaldo Schizzi Cambiaghi é diretor do Centro de reprodução humana do IPGO, ginecologista-obstetra especialista em medicina reprodutiva. Membro-titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparoscópica, da European Society of Human Reproductive Medicine. Formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa casa de São Paulo e pós-graduado pela AAGL, Illinois, EUA em Advance Laparoscopic Surgery. Também é autor de diversos livros.

Mini, nova linha de doces da Flormel inova com embalagem on the go

Flormel expande seu portfólio com o lançamento dos chocolates Minis. A nova linha de sobremesas chega ao mercado em duas versões: minibombom de coco e minibombom de amendoim, ambos cobertos com chocolate ao leite. Ambos são adoçados com taumatina 100% natural, possuem zero adição de açúcares e corantes artificiais e levam coco e amendoim de verdade.

Os doces da linha Mini celebram o sucesso da tradicional cocada e do pé de moleque, mas agora com uma proposta diferente. “É a primeira vez que trabalhamos com o produto no formato mini. A linha tem muito sabor e alto valor nutricional – é uma escolha mais saudável se comparada às opções tradicionais do mercado que possuem altíssima quantidade de açúcar”, sinaliza Alexandra Casoni, diretora geral da Flormel.

A linha Mini é ideal para quem busca praticidade e sabor e está cada vez mais interessado por produtos com melhor qualidade nutricional. “Os minibombons podem ir na mochila do cursinho, na bolsa para o escritório e na lancheira para as aulas”, complementa Alexandra. Com o lançamento, a Flormel dá mais um passo na tendência on the go apresentando embalagens que permitem o consumo da sobremesa a qualquer hora do dia.

Os produtos Flormel não têm restrições e podem ser consumidos por crianças, adultos, idosos, diabéticos, intolerantes à glúten e celíacos.

MINI_AMENDOIM_FRENTE_BAIXA.jpg

Minibombom com amendoim: 36% amendoim, zero adição de açúcares, sem glúten, sem adoçantes artificiais e fonte de fibras.

MINI_COCO_baixa.jpg

Minibombom com coco: 63% coco, zero adição de açúcares, sem glúten, sem adoçantes artificiais, fonte de fibras, coco in natura.

Preço: R$ 9,90 cada

Informações: Flormel