Arquivo da categoria: bar

Pinheiros tem novo espaço pet friendly que mistura serviços de beleza, bar, loja e eventos

O bairro de Pinheiros, tido como um dos mais descolados de São Paulo, ganha um novo espaço que corrobora o adjetivo. O CAB é um espaço plural que abriga salão de beleza, bar, espaço de eventos, shop de produtos de beleza, acessórios e decoração, além do corner da My Boo, atestando seu selo de pet friendly, nova marca de acessórios caninos. A empreitada é fruto da parceria de Daniel Lacerda, hair-stylist e makeup artist que assina o menu de serviços, junto de seus dois sócios, Daniella Oliveira e Alexandre Kiss.

cab1cab2

O CAB ocupa uma charmosa propriedade na rua Matheus Grou. Logo na entrada percebe-se que o projeto privilegia o clima de ‘casa’ da região, com mesas na varanda que te convidam para um drinque. Ao adentrar, na primeira sala encontra-se à disposição os serviços de cabelo e manicure. Mais alguns passos você está no bar, de frente para mesas de happy hour.

Cab_5

Nos fundos, após passar um corredor e a My Boo, um amplo jardim com mesas e espreguiçadeira, além de um paisagismo impecável – que conta com um pé de manga, jardim vertical e muito verde, tornam o espaço ainda mais surpreendente. No andar de cima, uma continuação de ambientes para serviços de maquiagem, massagem e depilação.

Cab_4

O bar tem a carta assinada pelo Anderson Lealdini, e traz releituras de drinques clássicos como o Negroni, Gin Tônica, Gran Mojito e Bloody Mary. O destaque fica para o Moscow Mango, com espuma de manga colhida no jardim, e o Sunset Ginger, que remete a história dos criadores do CAB.

O nome CAB vem de ‘cabelo’ e também de uma brincadeira com o verbo ‘caber’, já que o local tem como intenção reunir as mais diversas tribos para atividades distintas no mesmo metro quadrado. O lema é ‘Caber Tudo’.

Cab_3Cab_2

O porta-voz da casa, Daniel Lacerda tem mais de 20 anos no mercado de beleza. Gaúcho, iniciou sua carreira em Porto Alegre (RS). Chegando a São Paulo, fez sua estreia no extinto Mundorama, na Galeria Ouro Fino. Ao longo de sua trajetória passou por importantes salões; em seu último projeto antes do CAB, foi responsável pelo salão LAJE. Sua facilidade em transitar pelo universo da beauté, moda e lifestyle, o fez participar das principais semanas fashion do eixo Rio-São Paulo, além de assinar campanhas e editoriais para marcas, como O Boticário, Natura, Nike, C&A e revistas como Vogue, Elle, L’Officiel e Harper’s Bazaar.

Lacerda lidera uma equipe atual e conectada, sempre em busca do que há de mais contemporâneo em termos de comportamento, moda e música. Os profissionais da casa traduzem esses elementos em técnicas e estilos para que seus clientes possam expressar o que são através do visual, com especialistas em corte gráfico, loiro, cabelo colorido e infantil.

Já Daniella e Alexandre se uniram à sociedade trazendo expertises no mercado empresarial e de publicidade. Daniela traz em sua bagagem 15 anos de negócios, tendo atuado em todas as áreas de uma empresa, chegando à diretoria. Hoje é sócia do CAB e consultora de negócios e RH. Alexandre migra do segmento de marketing e publicidade, no qual trabalhou com grandes agências, e também em sua própria marca.

“Não nos conectamos com rótulos. Amamos pessoas. Amamos bom papo. E somos a favor da singularidade e pluralidade. Pode entrar, que aqui ‘CAB tudo’”, afirmam os sócios.

Cab_6Cab_1

CAB – Rua Mateus Grou, 355 Horário de funcionamento: terça e quarta , das 10h às 20h. Quinta a sábado, das 10h às 22 h (salão fecha às 20 horas).

Anúncios

Boteco Todos os Santos faz open bar para jogo do Brasil na segunda-feira (2)

As oitavas de final da Copa do Mundo 2018 começaram e na segunda-feira, dia 2 de julho, é a vez do jogo entre Brasil e México, às 11 horas. Para torcer e se emocionar junto com os seus clientes, o Boteco Todos os Santos, localizado na Vila Madalena, abrirá às 9 horas e terá Open Bar das 10 às 13 horas, que contará com caipirinha, saquerinha, caipiroska, gin tônica, mojito, vodka Smirnoff, cachaça, cerveja long neck Budweiser, água e refrigerante.

O primeiro lote está no final e os valores são de R$ 90,00 para as mulheres e R$ 120,00 para os homens; já o segundo lote será R$ 100,00 (mulher) e R$ 130,00 (homem).

Para melhor receber os seus clientes, o bar preparou para a ocasião uma nova decoração para a Copa do Mundo. Em ambiente festivo – verde e amarelo -, a casa conta com dois telões e nove televisões de última geração, nova iluminação, gerador de energia e cozinha full time com os melhores petiscos da região.

todos os santos

Após o jogo, a animação continua com muita música ao vivo com o melhor do samba de raiz com a Janaína Theodoro – sambista renomada que, em 2016, abriu uma temporada de shows do Arlindo Cruz e se apresentou na Cinemateca, além de já ter participado do palco principal da Virada Cultural de São Paulo, em 2010 – e o grupo Samba Alado. Na sequência, o som ficará por conta do melhor do pagode e partido alto com Buiu-SP, além do mix do DJ nos intervalos.

todos os santos 2

Para conseguir chegar a tempo e se acomodar nos lugares mais estratégicos para assistir a competição, é indispensável que seja feita a reserva – pois a casa comporta até 250 pessoas sentadas. O contato pode ser feito tanto por e-mail reserva@botecotos.com.br ou pelo telefone (11) 2574-1157.

Boteco Todos os Santos: Rua Aspicuelta, 585 – Vila Madalena

Vila Seu Justino cria combos em homenagem a craques da seleção

Os craques da seleção brasileira de 2018 ganham homenagem no Vila Seu Justino. Marcelo, Neymar, Philippe Coutinho e Paulinho são os combos propostos pelo bar para acompanhar os jogos do Brasil na fase de grupos. Todos unem comida e bebida com um valor vantajoso para o cliente.

O combo do lateral esquerdo do time leva salada de carpacio, dadinho de tapioca e duas caipirinhas de vodca nacional, por R$ 49,90. Já para quem quer uma opção não tão leve, o Combo Coutinho conta com uma pizza de marguerita, porção de pasteis e quatro long necks, por R$ 88,90.

No domingo, 17, estreia do time, a casa abriu às 12 horas e manteve as atrações de samba e sertanejo após a transmissão. Já nesta quarta-feira (27), o bar abre no mesmo horário e ainda disponibiliza buffet de feijoada por R$ 42,90, além de Double Heineken até o início da partida. Após o jogo, samba e sertanejo movimentam a pista. O Vila Seu Justino ainda transmite todos os outros jogos da fase de grupos que acontecerem dentro do horário de funcionamento normal do bar.

Confira os combos promocionais que são disponibilizados durante os jogos:

Combo Marcelo: R$ 49,90
Salada de Carpacio
Dadinho de Tapioca
2 caipirinhas vodca nacional

Combo Paulinho: R$ 79,90
4 Bolinhos de Aipim com Carne Seca
4 Coxinhas de Frango
Mandioca frita
4 Long Necks Sol

vila seu justino 2

Combo Neymar: R$ 86,90
4 Long Necks Heineken
8 mini-hamburgueres
Porção de batata-frita

vila seu justino

Combo Coutinho: R$ 88,90
Pizza de marguerita
Porção de pastéis
4 Long Necks Heineken

Vila Seu Justino: Rua Harmonia, 77 – Vila Madalena – São Paulo. Horário de funcionamento: terça a sexta-feira, das 18h às 2h. Sábado e domingo das 12h às 2h30

 

Bares criam drinques com Tanqueray Nº 10 e clientes ganham coqueteleira

Quatro bares – Iulia, Peppino, Tessen e Trabuca – têm drinques e serviços exclusivos com a bebida

Único gin a fazer parte do Hall of Fame do San Francisco Wine & Spirits Competition, Tanqueray Nº 10 selecionou quatro embaixadas em São Paulo, onde apresentará diferentes receitas e rituais de serviço. Cada uma delas – Iulia, Tessen, Trabuca e Peppino ­– criou um menu exclusivo de drinques feitos com o Tanqueray Nº 10. Os coqueteis serão preparados à mesa e servidos em uma coqueteleira personalizada, que será presente para os clientes.

Iulia  (2).jpg

No Iulia, bar e restaurante no Jockey Club de São Paulo, a carta especial é composta por três coquetéis (R$ 60,00 cada): o Red Ten leva Tanqueray Nº 10, suco de cranberry, limão siciliano, frutas vermelhas e Schweppes; o Gin Fizz é preparado com Tanqueray Nº 10, limão siciliano, xarope de açúcar e água de coco, e o Tropical tem Tanqueray Nº 10, limão siciliano, suco de abacaxi, xarope de açúcar, hortelã e Sprite.

Peppino (2).jpg

No Peppino, o menu Tanqueray Nº 10 tem dois drinques diferentes: o primeiro, além de gin, leva xarope de manga, limão siciliano, xarope de açúcar e tônica; e o segundo, açaí em pó, licor de laranja, limão siciliano, xarope de açúcar e tônica.

Tessen (1).jpg

Já o Tessen criou o Jardim Japonês (R$ 39,00) que leva Tanqueray Nº 10, suco de capim limão, néctar de maçã verde, caldo de gengibre, espuma de camomila e yuzu.

Trabuca (1)

Por fim, no Trabuca, o Bramble #Ten (R$ 36,00) leva Tanqueray Nº 10, suco de limão siciliano e xarope de açúcar.

Sobre Tanqueray Nº Ten

Em 2000, a casa Tanqueray, disposta a inovar e atender as demandas dos bartenders por algo novo, lançou o Tanqueray N° Ten. Além da base Tanqueray, Tanqueray N° Ten passa por mais um processo de destilação com frutas cítricas: limão siciliano, limão tahiti, grapefruit e flor de camomila. O resultado é uma bebida mais aromática, cítrica e perfeita para ser combinada com frutas do mesmo sabor.

Endereços:

Iulia – Rua Doutor José Augusto De Queiroz nº 93 – Jockey Club De São Paulo. Horário de funcionamento – segunda: a partir das 17h. Terça e quarta: das 12h às 15h. Quinta a domingo: a partir das 12h.

PeppinoRua João Cachoeira, 175 – Itaim Bibi. Horário de funcionamento – segunda e terça: das 18h à 1h. Quarta a sexta: das 18h às 2h. Sábado: das 16h às 2h

TessenRua Joaquim Floriano, 295 – Itaim Bibi.  Horário de funcionamento – segunda a sexta: das 12h às 15h e das 19h às 24h. Sábado e domingo: das 12h às 24h

Trabuca – Av. Presidente Juscelino Kubistchek, 1444 – Itaim Bibi. Horário de funcionamento – terça e quarta: das 18h à 1h. Quinta: das 18h às 2h. Sexta: da 12h às 2h
Sábado: das 16h às 2h

 

Bar do Jão leva bicampeonato no Comida di Buteco SP

Foram anunciados na noite de segunda (28), em festa no Grand Mercure Vila Olímpia, os melhores butecos de São Paulo eleitos no “Comida di Buteco” 2018. Durante os 30 dias de concurso (13 de abril a 13 de maio), público e corpo de jurados avaliaram os melhores petiscos da cidade e também os quesitos: atendimento, higiene e temperatura da bebida para escolher os eleitos. A Zona Leste voltou a se destacar na competição: quatro dos cinco finalistas estão localizados nos bairros da Vila Matilde, Tatuapé e Penha.

Pelo segundo ano consecutivo, o grande vencedor foi o Bar Do Jão, da Penha, bairro da zona leste de São Paulo. O petisco Entre um queijo e outro, que tal um filezinho? (tiras de filé mignon ao molho de queijos especiais servidos no pão Italiano) caiu no gosto de clientes e jurados.

BAIXA bar_do_jao_entre_um_queijo_e_outro_que_tal_um_filezinho_sao_paulo_2018_03

Para o proprietário da casa, Alexandre Alves Nunes, vencer o Comida di Buteco é tão especial que considera como um dos dias mais felizes de sua vida. “É uma experiência única. Ter o reconhecimento de todo o trabalho e dedicação empenhados em fazer uma boa competição é indescritível. Ainda mais diante de uma situação tão difícil como a que estamos vivendo em nosso país”, comemora.

Há 24 anos na Penha, o Bar do Jão colhe hoje os frutos deste bicampeonato: “Até ano passado nossa clientela estava restrita aos moradores do bairro. Agora ampliamos horizontes e recebemos pessoas de toda a cidade”, conclui.

Bar do Jão – Rua Antônio Lobo, 33 – Penha – Horário de funcionamento: segunda a sábado – das 17h às 23h.

2º Colocado

O Chopp do Alemão, da Vila Matilde, também zona leste, com o petisco Bacalhau do Malandrão (lombo de bacalhau desfiado com batatas esmagadas na manteiga e coberto com molho de queijos). Desde 2012 no Comida di Buteco, a casa sempre se destaca entre os dez melhores estabelecimentos. Para o proprietário José Roberto, todo o processo é emocionante: desde o desenvolvimento da receita, passando pelo primeiro dia de concurso, quando é possível sentir se os clientes estão gostando do petisco, até o anúncio dos vencedores. “Em 2012 éramos o único bar da Vila Matilde. Com o passar do tempo, nossos vizinhos passaram a participar também e hoje eu fico muito feliz por termos colocado a Vila Matilde no circuito dos melhores bares de São Paulo”, afirma.

baixa_chopp_do_alemao_bacalhau_do_malandrao_sao_paulo_2018_03

Chopp do Alemão – Rua Doutor José Paulo, 103 – Vila Matilde – Horário de funcionamento: terça a sábado das 18h às 24h30. Domingo das 16h às 23h.

3º Colocado

Também pelo segundo ano consecutivo está o Bar do Xandão, que fica na Vila Matilde, mais um da zona leste, com o petisco Due Carni dos Tramas (cupim cozido e grelhado, com mini espetos de filé mignon servidos com salada de batata dos Tramas. Acompanha, farofa de banana, molho de ervas e vinagrete). O proprietário José Alexandre Trama comemora a boa performance e credita aos pais, descendentes de italianos, a paixão pela gastronomia. “Vencemos o Comida di Buteco em 2014 e, desse dia em diante, nossa vida foi transformada. Graças ao concurso nos tornamos mais conhecidos e hoje recebemos pessoas até de outras cidades”, diz.

baixa bar_do_xandao_due_carni_dos_tramas_sao_paulo_2018_03

Bar do Xandão: Rua Gil de Oliveira, 477 – Vila Matilde – Horário de funcionamento: terça a sexta das 17h30 às 22h30. Sábado das 13h às 19h.

4º Colocado

O Camisa 10 ficou em quarto lugar  com o petisco Nó nas Tripas (suculenta carne temperada com mostarda dijon, especiarias e flor de sal, envolto com presunto parma, pasta de cogumelos e vinho branco, servidos com palitos de massa folhada. Acompanha torresminho com ervas finas e caldinho de feijão preto). Os irmãos e sócios Cláudio Cavalheiro Jr. e Leonardo Nascimento Cavalheiro ficaram emocionados por estarem entre os melhores estabelecimentos já na segunda participação. “Ano passado estreamos aqui no Comida di Buteco e ficamos em oitavo lugar. Subir nesse palco hoje foi emocionante demais. Estamos muito felizes e prontos para 2019”, diz Claudio.

baixa camisa_10_petiscaria_no_nas_tripas_sao_paulo_2018_06

Camisa 10: Rua Bom Sucesso, 1218 – Tatuapé – Horário de funcionamento: terça a sexta das 16h às 23h. Sábado das 11h30 às 23h.

 5º Colocado

O Famoso Bar do Justo, localizado em Santana, zona norte, apresentou o petisco Cestinha de Tortinha de Salmão (tortinhas recheadas com salmão assado, gratinadas com requeijão, gergelim branco e parmesão, acompanhado de tabule de salmão).

baixa famoso_bar_do_justo_cestinha_de_tortinha_de_salmao_sao_paulo_2018_02

Famoso Bar do Justo: Rua Alferes Magalhães, 25/29 – Santana. Horário de funcionamento: diariamente das 18h às 2h.

“Mesmo com todas as adversidades políticas e econômicas do nosso país, estamos observando resultados incríveis nesta edição do Comida di Buteco. Ainda não temos todos os números fechados, mas o feedback dos participantes até agora nos faz acreditar que superamos os resultados do ano passado. Muito disso se deve ao fato da cidade de São Paulo estar mais envolvida e engajada com o Comida di Buteco. Isso nos deixa muito felizes. É uma grande vitória para todos nós: coordenação e participantes apoiar esses butecos que tem como característica a gestão familiar, o dono a frente do negócio”, afirma Maria Eulália Araújo, sócia e gestora do Comida Di Buteco.

Próxima etapa…campeão nacional

Em junho, o vencedor da etapa paulista concorrerá ao prêmio nacional. Uma comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas 4 categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene). O Melhor Buteco do Brasil será conhecido e premiado em 23/07, em evento na cidade de São Paulo.

Sobre o Comida de Buteco – Transformar vidas através da cozinha de raiz – Buteco extensão de sua casa

O concurso Comida di Buteco foi criado em 2000, com a finalidade de resgatar e valorizar a cozinha de raiz através da visibilidade aos butecos espontâneos/tradicionais. Já pode ser considerado, não apenas um concurso, mas um MOVIMENTO que envolve pessoas de todas as classes sociais e idades de norte a sul do Brasil. Em 2017 o Concurso engajou mais de cinco milhões de pessoas visitando os butecos participantes, provocando um forte impacto em toda a cadeia produtiva do setor:

520 mil votos
6 mil empregos gerados
R$ 70 milhões em mídia espontânea
R$ 140 milhões de impacto na cadeia de valor, da indústria ao consumidor

Informações: Comida di Buteco-SP

 

 

Happy Wine no Trabuca Bar: noites de jazz e seleção especial de vinhos em dobro

Trabuca Bar, localizado no Itaim, realiza durante quatro terças-feiras (22/05; 29/05; 05/06 e 12/06) o novo Happy Wine, dias em que a trilha sonora da casa ganhará o jazz do DJ Leonardo Ruas, acompanhada por uma seleção especial de vinhos, entrando no clima das noites frias. Na compra de uma garrafa, o cliente ganhará a segunda, que pode ser apreciada com sugestões do chef Vinicius Rollo.

Com nove rótulos, a carta de vinhos apresenta tintos perfeitos para o consumo com a Seleção de Queijos (manchego, grana padano, brie e chevrotin, acompanhados com uva e geleias de pimenta caseira – R$ 40,00) e os Ovos e Aspargos (ovo orgânico frito em manteiga noisette, servido com aspargos grelhados, lascas de queijo grana padano e azeite de trufas – R$ 22,00), que são algumas das opções do menu.

Entre os vinhos de R$ 140,00, estão o francês Mirandelle L. Lurton Rouge (750ml – se destaca pelo frescor e aromas de amora, framboesa e menta) e o Chianti Villa Masti (750ml – com aroma de ervas finas e frutas vermelhas secas); e também o mexicano Meio Queijo Douro (750ml – tem aroma de frutas negras confitadas, baunilha e um toque de especiarias). Já o chileno Altair Sideral (750ml – com aroma de frutas negras frescas, como mirtilo, ameixa e cerejas, com toque de especiarias e tostado), sai por R$ 320,00.

trabuca 1trabuca 2

Trabuca Bar: Av. Juscelino Kubitschek, 1.444 – Itaim Bibi – São Paulo. Horário de funcionamento: segunda-feira a quinta-feira, das 12h às 15h; terça-feira a quarta-feira, das 18h à 1h; quinta-feira, das 18h às 2h. Sexta-feira, das 12h às 2h (sem intervalo). Sábado, das 13h às 2h (sem intervalo). Domingos – fechado

Dia do Amigo: Vila 567 dá drinque de graça para amigos brindarem a data

Compartilhar momentos memoráveis com os amigos não tem preço – no dia 18 de abril, quarta-feira, é comemorado o Dia do Amigo e esse momento merece uma festa especial com bons drinks, comida de boteco e música de qualidade para embalar a conversa entre a galera. Para essa data, o Vila 567, o bar-balada com maior infraestrutura dedicada à música sertaneja da Vila Madalena fará, até às 21 horas, uma promoção do Drink Vila 567 (R$ 34,90), que leva vodca, xarope de tangerina, sprite, suco de limão siciliano, manjericão que deixa o coquetel leve e saboroso. Por isso, se você pedir um, seu amigo ganha outro de graça para brindar.

Para ninguém perder a comemoração, é possível curtir a casa com a galera de quarta a domingo – com direito a pista de dança para os mais animados, área do bar para conversar e o rooftop no piso superior, que possui uma vista privilegiada para o bairro boêmio.

drinque 567.png

Vila 567 – Rua Aspicuelta, 567, Vila Madalena – SP

Bar de Tapas Que tal? é novidade em Curitiba

O empreendimento, inspirado na cidade de Sevilha, traz o melhor da culinária espanhola com um cardápio assinado pelos badalados chefs Serginho Jucá e Felipe Lascet

Uma viagem deliciosa por Sevilha, uma das cidades mais encantadoras da Espanha, marcada por sabores inconfundíveis de tapas, drinks típicos da região e diversos outros preparos que marcam a alta gastronomia espanhola. Tudo isso em um ambiente temático cool e aconchegante.

Essa é a proposta do Que Tal? – Bar de Tapas, que foi inaugurado no fim de março, no Fresh Live Market, novo polo de entretenimento da cidade de Curitiba.

imprensa que tal-17

O cardápio da casa é assinado pelos badalados chefs Serginho Jucá e Felipe Lascet, que comandam o premiado Restaurante SuR, de Maceió (AL). Ao longo da carreira, os profissionais atuaram na Espanha com o “pai da gastronomia molecular”, Ferran Adriá, e no Brasil com Alex Atala. O menu do Que Tal? traz diversos preparos típicos do país ibérico, com destaque para as tradicionalíssimas tapas, com preços a partir de R$ 22,00 (6 unidades), preparadas com ingredientes como presunto, ovos, polvo, camarão, queijo, batata e aspargos. No cardápio estão sabores como Jámon Crudo (fatiado na hora), Huevos con Foie Gras, Esparragos, Patatas Bravas, Croquetas Jamón, Montadito de Queso, Tortilla, Pulpo Cozido, Gazpacho, Bocadillo Calamares e Gambas Ajillo.

imprensa que tal-2Tapas 4Tapas 3Tapas 2Tapas 1

Para aqueles que amam as paellas espanholas, o Que Tal? aposta em duas opções: Paella Feria de Sevilla (com polvos, camarões, anéis de lula, lagosta, mexilhões, páprica e vinho branco), que custará R$ 79,00 (individual) e R$ 129,00 (2 pessoas), e a Paella Casetas (com polvo, anéis de lula, lagosta, mexilhões, páprica e vinho Branco), que custará R$ 69,00 (individual) e R$ 119,00 (2 pessoas). Além disso, o empreendimento oferece uma opção de paella para o almoço, que custará R$ 36,00 (individual) e R$ 75,00 (2 pessoas): a Paella Marinera (com camarões, anéis de lula, mexilhões, pimentões vermelhos, páprica e vinho branco).

imprensa que tal-16imprensa que tal-15imprensa que tal-12imprensa que tal-8imprensa que tal-3

Trazendo sabores da alta gastronomia da Espanha, o empreendimento trabalha, também, com algumas opções de pratos principais, com destaque para o Pulpo Braseado (R$ 69,00), um saboroso polvo preparado na brasa com pimentão e brotos; o Bacalao Pistachios (R$ 59,00), delicioso lombo de bacalhau com pimenta e pistache; o Solomillo (R$ 69,00), uma incrível salada preparada com rúcula, presunto, melão e redução de balsâmico.

Para completar o menu, a casa conta com diversas sobremesas deliciosas, entre elas os tradicionais Churros Espanholes (R$ 29,00) com doce de leite e canela; o Cucuricho (R$ 19,00), uma casquinha crocante servida com doce de leite; a Crema Catalana (R$ 29,00), preparada com ovos e canela em pau; e a Verrine Queso (R$ 23,00), com cream cheese e frutas vermelhas.

Crema Catalanaimprensa que tal-13

Propondo uma harmonização completa, o Que Tal? conta com uma carta de drinques exclusivos, com bebidas tradicionais da Espanha. Uma das estrelas do endereço é o Rebujito. Sucesso nas noites de Sevilha desde a década de 1990, o drinque é preparado com xerez (um tipo de vinho fortificado bem licoroso), refrigerante de limão e folhas de menta.

Traditional Spanish alcoholic cocktail, Rebujito

Ambiente

Que talQue Tal_AmbienteQue Tal_Ambiente 2Sevilha_Que Tal

Além dos sabores tradicionais, o ambiente do Que Tal? – Bar de Tapas também transporta o público para a tradicional feira de abril de Sevilha, que atrai anualmente turistas de todo o mundo. O espaço conta com uma decoração temática descolada, com luzes, leques e tecidos coloridos. A fachada do empreendimento tem um toldo listrado e cortinas para simular uma bela caseta (barraca gastronômica) da Feira de Sevilha.

Que tal? – Bar de Tapas Complexo Gastronômico Fresh Live Market –  Alameda Doutor Carlos de Carvalho nº 1652, Batel. Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 11h às 23h; nas sextas e sábados, das 11h às 24h; e aos domingos, das 11h às 21h

 

 

Curitiba ganha seu primeiro ramen bar

Poucas iguarias orientais são tão saborosas quanto o ramen (conhecido popularmente no Brasil como “lámen”), prato típico da culinária japonesa que leva macarrão, caldo e acompanhamentos. Adorado em todo o mundo, o preparo caiu no gosto dos brasileiros nos últimos anos, ganhando novos ingredientes, modos de preparo e variações.

Agora, os curitibanos que amam a iguaria têm motivos de sobra para comemorar. Desde fevereiro eles têm o primeiro ramen bar da capital paranaense: Oishi Ramen Bar.

O empreendimento, localizado no bairro Água Verde, conta com um ambiente contemporâneo, com foco em um público cool e descolado. A casa foi idealizada pela empresária Carmen Tieko Furukawa Vega, uma apaixonada por ramens que viveu no Japão e aprendeu todos os truques do preparo. Como não poderia ser diferente, o grande destaque do Oishi fica por conta da seleção de ramens, desenvolvida pela empresária em parceria com o chef Juliano Komay.

O ramen bar conta ainda com toda a experiência do chef Jefferson Yuji Kanno, que comandará a cozinha diariamente, profissional que atuou em restaurantes especializados em ramen no Japão. Todo esse conhecimento resultou em 10 opções deliciosas que seguem a linha tradicional do preparo e que têm como base caldos de porco, frango ou vegetariano. Os preços variam entre R$ 34,00 e R$ 39,00.

Entre as novidades da casa estão o Tonkotsu Shio, preparado com caldo de porco temperado com sal e servido com macarrão, chashu (carne de porco cozida), ovo cozido, naruto (massa de peixe), cebolinha, broto de feijão e menma (broto de bambu); o Chicken Missô, que leva caldo de frango temperado com missô e servido com macarrão, chashu (carne de porco cozida), ovo cozido, cebolinha, broto de feijão, bok choy (acelga chinesa), tomate cereja e nori; o Vegetariano Mushroon, com caldo vegetariano temperado com missô, servido com macarrão, cogumelo paris salteado em óleo de gergelim, shiitake, shimeji, tofu, cebolinha, bok choy (acelga chinesa), broto de feijão e nori; o Tonkotsu Butter Corn, com caldo de porco temperado com missô, servido com macarrão, chashu (carne de porco cozida), ovo cozido, cebolinha, broto de feijão, milho verde, manteiga, gergelim e nori; e o Tonkotsu Chili, preparado com caldo de porco temperado com sal e chili garlic sause, servido com macarrão, ovo cozido, naruto (massa de peixe), cebolinha, broto de feijão e flocos de pimenta coreana.

RAMEN 18RAMEN 11RAMEN 6RAIZ2POLVO8

Diferente dos outros empreendimentos do segmento na cidade de Curitiba, o Oishi Ramen Bar vai oferecer, também, uma grande variedade de bebidas, entre eles drinks com forte inspiração oriental desenvolvidos pelo bartender Vinicius Kodama.

Entre os coquetéis do empreendimento, com preços entre R$ 21,00 e R$ 28,00, estão Bamboo Cocktail (sherry, martiny dry e casca de limão siciliano), Gin & Tonic (gin tanqueray, tônica e limão siciliano), Green Thumb (bacardi, st germain, matcha syrup, pepino e salsão), Gin Gin Mule (tanqueray, syrup de gengibre, limão Taiti, club soda, hortelã e gengibre), Seijaku (bacardi, sherry, matcha syrup, limão Taiti, grão de bico, hortelã e matcha em pó) e Geisha Gimlet (ichiiko shochu, limão Taiti, simple syrup, água de grão de bico e casca de limão siciliano). Para quem não abre mão de uma bela cerveja artesanal, o ramen bar vai trabalhar com seis torneiras de chope, que vão servir bebidas de algumas das principais cervejarias do país, entre elas as paranaenses Way Beer, Bastards, Ignorus,Wensky e Bencke. Já para quem ama saquê, a casa vai contar com várias opções em dose ou garrafas, fornecidos pela Adega do Sake, entre eles o Takashimizu Seco, o Yauemon Kankuzuri e o Hakutsuru Toji Kan.

Seijaku
Seijaku
Bramble
Bramble
Bamboo Cocktail
Bamboo Cocktail

Ramen e muito mais

Além dos ramens, o Oishi Ramen Bar vai trabalhar com outras opções de preparos tipicamente japoneses. O Teishoku, por exemplo, é ideal para quem busca uma refeição rápida e variada durante o almoço. O “prato executivo” do Japão, com preços entre R$ 25 e R$ 38, contará com um item principal (Salmão, Yakissoba, Tori no Karague, Shitake na manteiga, Tonkatsu, Karê de ossobuco ou Rabada ao molho ponzu) acompanhado por arroz japonês, missoshiru, conserva e salada.

YAKISOBA10

Para completar o menu, o empreendimento trará uma série de porções ideais para serem consumidas como entradas ou como acompanhamentos das bebidas, com destaque para o Tempurá (empanado de camarão, shitake, pimentão, abóbora cabotiá, cenoura, berinjela e batata doce), o Takoyaki (bolinho de massa recheado com polvo e gengibre e coberto por cebolinha e katsuobushi), a Okonomiyaki (panqueca japonesa feita com repolho, gengibre, cebolinha e coberto por fatias de bacon e katsuobushi), o Missoshiru (sopa de missô), o Tori no Karague (frango crocante, temperado com shoyu, gengibre e alho), os tradicionais Gyozas (carne e cogumelo), a Kimpirá (raiz de bardana refogada com cenoura e gergelim), o Edamame (soja verde cozida e flor de sal) e a Wakame (salada de alga temperada).

Oishi Ramen Bar – Avenida Presidente Getúlio Vargas, nº 3309, no Bairro Água Verde. Horário de funcionamento: almoço – de segunda a sexta, das 11h30 às 14h30, e aos sábados, das 11h30 às 15h; e durante o jantar, de segunda a quinta, das 18h30 às 23h, e nas sextas e sábados, das 18h30 às 00h30

 

 

Livro traz receitas simples e práticas de petiscos de boteco em versões veganas

A Editora Alaúde acaba de lançar o livro 50 Petiscos Veganos, da jornalista Katia Cardoso. Nele você encontra tudo o que precisa para montar um boteco vegano em casa. A obra reúne receitas de petiscos e comidinhas de bar, delícias que transformam qualquer encontro de amigos em um saboroso bate-papo.

Seja em um almoço descontraído aos fins de semana ou uma pausa na rotina em um bom happy hour nos botecos, os petiscos são uma paixão do brasileiro. E para agregar cada vez mais pessoas a esses momentos de confraternização com parentes e amigos, trazer opções veganas ao cardápio é uma ótima opção.

Pensando nisso, trouxemos duas receitas simples e práticas de petiscos veganos que podem deixar qualquer happy hour mais sofisticado e sustentável.

Caldinho de Abóbora com especiarias

Foto_Caldo_de_Abobora_Cesar Godoy Fotografia.png

Ingredientes
1 fio de azeite
1 talo pequeno de alho-poró
600g de abóbora japonesa, sem casca e sem sementes, cortada em pedaços
1 pedaço de gengibre, sem casca, de 5cm cortado em dois pedaços
Sal a gosto
½ colher (chá) de curry
2 anises-estrelados
1 xícara de caldo de legumes caseiro
¼ de xícara de leite de coco caseiro

Mode de preparo
Numa panela de pressão, leve ao fogo o azeite e refogue o alho-poró até ficar transparente. Junte a abóbora e mexa bem. Adicione os demais ingredientes, exceto o leite de coco. Tampe a panela e cozinhe por 15 minutos após o início da pressão. Retire do fogo e deixe a panela esfriar para abri-la. Retire os anises e descarte-os (se quiser, descarte também o gengibre para um sabor menos intenso). Ponha no liquidificador e bata bem. Transfira para uma panela e leve ao fogo por mais 5 minutos. Acrescente o leite de coco, mexa bem e deixe por mais 2 minutos para aquecer mais. Sirva decorados com um anis-estrelado.

Tempo de preparo – 25 Minutos | Rende – 6 porções

Croquete de lentilha vermelha

croquete-lentilha1_Cesar Godoy Fotografia.png

Ingredientes
2 xícaras de lentilha vermelha demolhada e cozida
1 xícara de tofu marinado
¼ de xícara de farinha de arroz
3 colheres (sopa) de azeite
Sal, pimenta vermelha e noz-moscada a gosto
Farinha de rosca a gosto para empanar

Modo de preparo
Bata no processador todos os ingredientes, exceto a farinha de rosca. Molde croquetes e passe-os ligeiramente na água. Depois, passe na farinha de rosca.
Preaqueça o forno a 180 °C e ponha os croquetes em uma assadeira forrada com papel-alumínio ligeiramente untado com azeite. Asse por 25 minutos ou até dourarem. Sirva quente.

Tempo de preparo – 40 Minutos | Rende – 14 unidades

Sobre a autora

Vegana por convicção, Katia Cardoso é uma apaixonada pela boa comida e por criar receitas sem nenhum produto de origem animal. Sempre atenta ao que consome, Katia procura elaborar suas receitas com ingredientes orgânicos e não refinados, sempre o mais saudável possível. Jornalista com mais de 20 anos de experiência, é editora de culinária e foi responsável pela edição e produção das revistas Claudia Cozinha, Delícias da Calu e Máxima, na Editora Abril, e Ana Maria, na Editora Caras.

Capa 50 petiscos veganos - alta

Título: 50 Petiscos Veganos
Editora: Alaúde
Autora: Katia Cardoso
Páginas: 136
Formato: 16 x 21 cm – brochura com orelha, miolo colorido
Preço: R$ 29,90