Arquivo mensal: fevereiro 2017

Top 10 das cervejas mais vendidas em 2016

As cervejas de trigo alemãs e belgas, bem como o estilo India Pale Ale, foram sucesso de vendas no ano passado na rede Mestre-Cervejeiro.com

O mercado de cervejas artesanais no Brasil vem crescendo expressivamente nos últimos anos, mesmo em meio à instabilidade econômica. Na rede de lojas especializadas em cervejas artesanais Mestre-Cervejeiro.com, a maior brasileira do ramo, o volume de vendas aumentou aumentou 15% em dezembro de 2016 comparando-se com o mesmo mês do ano anterior.

Os fatores que contribuíram para os bons resultados foram o crescente interesse do público consumidor de cerveja em opções de melhor qualidade, a chegada da marca a novas regiões — hoje presente em mais de 40 cidades em todas as regiões do país — e o aumento na oferta de rótulos e de informação disponível, o que vem alavancando o consumo de cervejas artesanais no país.

Na lista das 10 cervejas mais vendidas em 2016 nas lojas Mestre-Cervejeiro.com, figuram rótulos de diversas partes do mundo, como Escócia, Alemanha, Estados Unidos e Bélgica. Mas a campeã é brasileira! O primeiro lugar ficou com a Mestre-Cervejeiro.com Double IPA, uma das cervejas de marca própria da rede.

“A mais vendida no ano passado foi a nossa colaborativa com a premiada cervejaria Tupiniquim. Ela foi lançada em 2015 para comemorar 11 anos da marca Mestre-Cervejeiro.com e foi a primeira cerveja do estilo envasada em garrafas de 1 Litro no Brasil, com o intuito de ser compartilhada. Ela tem 8,0% de teor alcoólico, amargor presente com 80 IBU’s e aromas cítricos conferidos pelos lúpulos norteamericanos Cascade e Centennial.”, afirma Daniel Wolff, sommelier de cervejas e diretor da rede Mestre-Cervejeiro.com

O Brasil já conta com mais de 400 cervejarias – entre grandes e micros – e a proporção dos rótulos nacionais representou 56,6% do faturamento das lojas Mestre-Cervejeiro.com em 2016. Apesar disso, apenas dois dos 10 rótulos mais vendidos são produzidos no Brasil. Destacam-se no ranking o estilo India Pale Ale e cervejas de trigo — tanto as alemãs Weizenbier quanto as belgas Witbier –, com apenas dois rótulos fora destas categorias.

Confira abaixo o ranking de cervejas mais vendidas em 2016 na rede Mestre-Cervejeiro.com:

1. Mestre-Cervejeiro.com Double IPA (Porto Alegre/RS)

cerveja-de-inverno-mestre-cervejeiro-double-ipa-939134_w350h524

2. Weihenstephaner Hefeweissbier (Fresing, Alemanha)

3. Schneider Weisse Tap 7 (Kelheim, Alemanha)

4. Delirium Tremens (Melle, Bélgica)

5. BrewDog Punk IPA (Ellon, Escócia)

6. Brooklyn East India Pale Ale (Nova York, EUA)

Picture 137

7. Weinhestephaner Vitus (Fresing, Alemanha)

8. Brooklyn Lager (Nova York, EUA)

9. Bastards Jean Le Blanc (Pinhais/PR)

10. Vedett Extra White (Breendonk, Bélgica)

vedette-white

Informações: Mestre-Cervejeiro.com

Anúncios

Brasileiros geram mais resíduos, apesar da crise

Deficiência na destinação final ainda afeta 76,5 milhões de pessoas

Contrariando as expectativas, a quantidade de RSU (Resíduos Sólidos Urbanos) descartados pela população continua a aumentar no Brasil, tanto em termos absolutos, como individualmente, apesar do impacto da crise econômica sobre o consumo. Este é o cenário apontado pela ABRELPE (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais), na nova edição do Panorama de Resíduos Sólidos no Brasil, principal radiografia sobre a gestão de resíduos no país, lançado em outubro, na semana de comemoração de 40 anos da entidade.

O total de RSU gerado no país aumentou 1,7%, de 78,6 milhões de toneladas para 79,9 milhões de toneladas, de 2014 a 2015, período em que a população brasileira cresceu 0,8% e a atividade econômica (PIB) retraiu 3,8%.

grafico.png

A geração de resíduos sólidos no Brasil cresceu mais de 26% na última década (2005-2015), porém a gestão dos materiais descartados continua apresentando grande deficiência, e 76,5 milhões de brasileiros (mais de 1/3 da população) ainda sofrem com a destinação inadequada dos resíduos, em um país onde 30 milhões de toneladas foram depositadas em lixões ou aterros controlados, que do ponto de vista técnico apresentam os mesmos problemas dos lixões, já que não contemplam o conjunto de medidas necessárias para proteção do meio ambiente contra danos e degradações.

grafico2

“O desafio da gestão de resíduos sólidos urbanos continua bastante considerável, uma vez que apesar de uma melhora percentual, a cada ano um volume maior de resíduos é depositado em locais inadequados, sendo que mais de 3.300 municípios ainda fazem uso de unidades irregulares para destinação do lixo, o que significa graves riscos ao meio ambiente e impactos diretos na saúde da população”, destaca o diretor-presidente da ABRELPE, Carlos Silva Filho, ao lembrar que esse cenário contraria as determinações da PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos – Lei Federal 12.305/2010) e de outras Leis Ambientais.

Os serviços de coleta mantiveram praticamente os mesmos índices de universalização observados anteriormente, com uma cobertura nacional de mais de 90%. As diferenças regionais, contudo, tornaram-se mais evidentes, já que as regiões Norte e Nordeste ainda estão com uma cobertura cerca de 80%, inferior à das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, onde o índice é superior a 90%.

grafico3

grafico4

O estudo da ABRELPE também mostrou que, em 2015, cada brasileiro gerou cerca de 391 kg de RSU, o que representa um volume similar e, em alguns casos, até maior do que aquele constatado em países mais desenvolvidos e com renda (PIB per capita) mais alta do que o Brasil.

País PIB per capita (USD) Geração RSU per capita (kg/hab/ano)
Islândia 47.493,20 347
Bélgica 46.622,50 438
Suécia 60.283,20 445
Japão 38.550,00 354
Coréia do Sul 25.998,00 358
BRASIL 9.850,00 391

De acordo com a entidade, a gestão adequada de resíduos sólidos é de vital importância para garantia de um futuro saudável e com alguma qualidade de vida, tendo sido incluída como uma das metas da nova agenda global dos 193 Estados-membros da ONU, que estabeleceram, por unanimidade, o compromisso de reduzir substancialmente, até 2030, a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso.

“No momento em que o mundo firma um pacto global em favor do meio ambiente, em que se discutem as bases da economia circular e se estabelecem as metas para um futuro sustentável, a gestão dos resíduos assume um caráter ainda mais prioritário para as sociedades”, afirma Silva Filho. “No entanto, o Brasil continua bastante atrasado no atendimento às determinações da PNRS, aprovada em 2010. No ritmo atual, o País não conseguirá cumprir o compromisso assumido perante a ONU, para implementar as ações definidas como prioridade até 2030”, observa o diretor- presidente da ABRELPE.

Coleta seletiva

coleta-seletiva-reciclagem-lixo
Pixabay

Segundo o Panorama elaborado pela ABRELPE, houve aumento paulatino das iniciativas municipais de coleta seletiva, conforme determinado pela PNRS, em todas as regiões do País. Em 2015, cerca de 70% dos municípios registraram tais atividades, que são cada vez mais demandadas pela sociedade. Em 2014, 64,8% dos municípios brasileiros apresentaram alguma iniciativa de coleta seletiva.

O aumento das iniciativas em municípios das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste foi bastante considerável, enquanto nas regiões Sul e Sudeste mais de 85% dos municípios implementaram ações nesse sentido, um índice superior à média nacional.

grafico5

Apesar desse aumento na abrangência das iniciativas de coleta seletiva, os índices de reciclagem no Brasil não apresentaram o mesmo avanço e, em alguns setores, houve até mesmo redução do total efetivamente reciclado, em comparação aos índices registrados anteriormente.

“O incremento da reciclagem é uma meta buscada não apenas no Brasil, mas também em várias partes do mundo, que já contam com medidas concretas de estímulo e desoneração para viabilizar os avanços pretendidos. Ações nesse sentido ainda são incipientes por aqui, e toda a cadeia da reciclagem sofre com a ausência de um sistema de gerenciamento integrado para superação dos gargalos existentes”, afirma o diretor-presidente da ABRELPE.

lixo ourworld.jpg
Foto: Our World

Aspectos econômicos da gestão de resíduos

Para executar os serviços de limpeza urbana, incluindo coleta, transporte, destino final, varrição de ruas, manutenção de parques e demais serviços correlatos em âmbito municipal as prefeituras investiram, em média, recursos da ordem de R$ 10,15 por habitante / mês, e tiveram à disposição um contingente de 353.426 funcionários diretos, número que se manteve estável em comparação a 2014. Vale registrar, porém, que houve redução de 1,5% na quantidade de empregos gerados por empresas privadas.

Resíduos da construção e da saúde

Além dos RSU, os municípios brasileiros, em geral, também assumiram a responsabilidade pelos resíduos de construção e demolição (RCD) abandonados em vias e logradouros públicos, e pelos resíduos de serviços de saúde (RSS) gerados nas unidades públicas de atendimento à saúde.

Considerando os RSU, os RCD (Resíduos de Construção e Demolição) abandonados em vias públicas e os RSS (Resíduos de Serviços de Saúde) gerados em unidades públicas de Saúde, os municípios brasileiros ficaram responsáveis por um total de 125 milhões de toneladas de resíduos em 2015, quantidade suficiente para encher 1.450 estádios do Maracanã.

“As obrigações municipais para com a gestão de resíduos sólidos aumentam a cada ano, seja em termos de volume a gerenciar, seja em termos de obrigações a cumprir. Por outro lado, os orçamentos municipais têm seguido em sentido contrário, sofrendo com reduções periódicas. Esse cenário mostra claramente que serviços essenciais como a limpeza urbana não podem mais ficar vinculados ao orçamento geral das cidades, e devem ser custeados individualmente pelos geradores, o que garante a sustentabilidade financeira dos serviços e mais justiça social, com aplicação efetiva do princípio do poluidor-pagador”, finaliza o diretor-presidente da ABRELPE.

Fonte: ABRELPE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais

 

Não deixe a crise afetar a sua beleza

Com ideias um pouco deturpadas e período de desemprego, a vaidade pode ser deixada de lado e prejudicar o consumidor emocionalmente

Diante do preconceito existente dentro do termo “beleza exterior”, é difícil admitir socialmente o quanto a beleza influencia no dia a dia e é, portanto, um fator importantíssimo da vida humana. Como se já não bastasse isso, a crise que assola o país também faz com que as pessoas economizem com o que consideram supérfluos. Porém, é preciso ressaltar – talvez aos gritos – que estar bem vestido, com cabelo benfeito, unhas e maquiagem impecáveis, é sinônimo de ânimo, disposição, bem-estar e valorização pessoal.

A vaidade pode ser um mal quando usada em demasia, mas se bem equilibrada, é uma carta bônus até mesmo para o desempregado. Afinal, a imagem pessoal é o cartão de visita de cada um. Além disso, uma pessoa que possui a boa vaidade demonstra cuidado consigo mesma, enquanto aquela que não se preocupa com a aparência aparenta desleixo – que pode, inclusive, ser uma consequência de uma possível depressão.

makeup2

As mulheres, principalmente, se sentem melhor usando apenas um blush simples, um batom ou um rímel e, claro, nada melhor do que um cabelo brilhante, hidratado e muito bem cuidado. Não se trata, portanto, daquela beleza dita pela sociedade como padrão, mas sim da beleza de se achar bonita, ressaltar suas qualidades, seus traços e sua personalidade.

Por isso a crise não deve ser uma desculpa mascarada para deixar de se cuidar bem – mesmo para aquelas que não gostam de se produzir muito ou nem fazem ideia do que usar. “Existem inúmeros produtos, bons e baratos, que ajudam na apresentação visual. Isso é extremamente importante nos dias atuais, pois nos afeta psicologicamente, positiva ou negativamente”, afirma Leonídio de Oliveira Filho, empresário e criador do site Dica de Preço.

Foi pensando nisso que ele criou em seu site duas novidades: uma categoria específica para “Beleza”, e ao lado de cada produto, após fazer as buscas, links do YouTube que direcionam para vídeos de “Reviews” – outras consumidoras e youtubers que testaram aquele produto e o avaliam ou até ensinam como usá-lo da melhor forma.

A ferramenta não se resume somente às grandes lojas e inclui também os pequenos comércios locais, além de produtos Avon, Natura, Boticário e L’Occitane, e exibe a variação de preços que ele sofreu ao longo dos meses. É possível estipular o valor que se gastar e ele apresentará as ofertas “do momento” que atendem a esta necessidade. Para conhecer a ferramenta e pesquisar sobre produtos de beleza, basta acessar o site.

leonidio-de-oliveira-filho-empresario-e-criador-do-site-dica-de-preco
Leonídio de Oliveira Filho, empresário e criador do site Dica de Preço

Novo portal vegano tem conteúdo para todas as pessoas

Em janeiro deste ano, entrou no ar o Mimi Veg. Apesar de ser vegano, o portal oferece conteúdo para todas as pessoas, com dicas de alimentação, receitas, produtos, artigos, notícias, entrevistas, adoção de animais e muito mais.

“O objetivo do portal é levar muita informação, discutr o direito de viver dos animais, despertar a consciência da preservação do planeta, que está tão devastado, e divulgar a filosofia de vida vegana”, explica Patrícia Arantes, idealizadora do projeto.

O veganismo, de acordo com o grupo que criou o termo – The Vegan Society –, é uma forma de vida que procura excluir, tanto quanto for possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade com os animais para comida, roupa ou qualquer outra finalidade. Isso se estende também para as pessoas e o planeta.

O Mimi Veg possui as seguintes seções: notícias, artigos (ambas abordam empreendedorismo, alimentação, meio ambiente, entre outras categorias), entrevistas, eventos, receitas, vídeos (filmes e documentários), produtos (cosméticos, limpeza, moda, entre outros), rotas (restaurantes, lanchonetes, hotéis etc.) e adoção de animais.

vegano-vegan-pate-740x357.jpg

“Acredito que, com informação e compaixão, as pessoas poderão optar por escolhas mais saudáveis, gerando saúde e qualidade de vida para todos e beneficiando os animais, que deixarão de ser foco de alimentação e passarão a ser reconhecidos como seres que sentem e têm direitos”, afirma a criadora do portal.

Patrícia Arantes diz que até o planeta pode deixar de ser explorado de forma degradante como ocorre há anos. “Com conhecimento, as pessoas percebem que é possível usar produtos mais naturais e ecológicos, entendem a importância da água e do meio ambiente saudável para os seres vivos. Somente nós, humanos, podemos fazer a diferença.”

Para saber mais sobre o Mimi Veg e descobrir um mundo de informações diversas, com um novo olhar em busca de qualidade de vida, compaixão e preservação, é só acessar o site.

Portal Mimi Veg 
Facebook/Instagram/Youtube: MimiVegOficial

Receitas para um almoço completo: risoto, contrafilé e creme de chocolate

A Bunge Brasil trás pratos fáceis, que cabem em qualquer ocasião e que são ótimas pedidas para estes dias quentes que temos enfrentado.

Risoto de tomate e rúcula

risoto de tomante.jpg

Ingredientes:
4 colheres de sopa de Margarina Delícia Supreme Refoga Fácil
1 cebola picada
1 xícara de chá de arroz para risotos – arbóreo ou carnaroli
½ xícara de chá de vinho branco
3 tomates maduros, sem pele e sem sementes, em cubos
½ xícara de chá de queijo parmesão ralado grosso
1 maço de rúcula lavada e picada grosseiramente
Sal e pimenta-do-reino

Modo de preparo:
Comece pelo recheio: Refoge a cebola picada com a margarina e refogue por 2 minutos. Adicione o arroz, misture por alguns instantes e acrescente o vinho. Adicione aos poucos 500ml de água, mexendo constantemente, até que os grãos estejam cozidos (ligeiramente al dente) e ligados por um líquido cremoso. Desligue o fogo, junte os tomates, o parmesão, o restante da margarina e a rúcula picada. Prove, ajuste o sal, se necessário, e sirva em seguida, acompanhado do contrafilé especial.

Grau de dificuldade: Médio
Tempo de preparo: 30 minutos.
Rende 2 a 3 porções

Contrafilé Especial

contrafile

Ingredientes:
¼ Xícara(s) de Óleo de soja Soya
8 Unidade(s) de bife de contra-filé
1/2 Xícara(s) de vinho branco seco
2 Unidade(s) de alho cortado na metade
2 Colher(es) de Sopa de molho de soja
Sal a gosto

Modo de preparo:
Em uma vasilha coloque os bifes, o vinho branco, o alho e deixe marinar por 30 minutos. Escorra os bifes, seque-os para retirar o excesso de umidade e esfregue o alho sobre as superfícies dos bifes para dar gosto. Tempere-os com sal e pimenta-do-reino a gosto. Em uma frigideira, leve metade do óleo de soja Soya para aquecer, em fogo baixo, por cerca de 5 minutos. Coloque uma parte dos bifes e frite-os primeiro de um lado por 2 a 4 minutos e quando as bordas estiverem marrons, vire e frite do outro lado por mais dois minutos. Adicione o óleo de soja Soya e repita a operação. Sirva com arroz com vagem e cenoura e uma boa salada.

Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 50 minutos.
Rende 4 porções

Creme de chocolate

creme-de-chocolate

Ingredientes:
1/2 xícara de chá de leite desnatado
1 colher de sopa de amido de milho
100g de chocolate meio amargo, picado
1 caixinha de creme de leite leve
1 colher colher de margarina Supreme light
1 colher de chá de essência de baunilha
Raspas de chocolate , para finalizar

Modo de preparo:
Em uma panela cozinhe o leite com o amido até engrossar. Em seguida, fora do fogo, junte o chocolate e misture bem até derreter completamente. Acrescente a margarina, o creme de leite e a essência e misture bem. Coloque em potes ou taças para sobremesa e leve à geladeira até gelar. Decore com as raspas e sirva gelado.

Dica Supreme: Se preferir adicione ao leite três colheres de sopa de açúcar
Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 20 minutos.
Rende 3 porções

Fonte: Bunge Brasil

Nutricionista explica real processo de desintoxicação do corpo

Diminuição de peso e medidas e melhora no humor e na concentração são alguns dos benefícios informados na internet quando se pesquisa por suco detox. O que poucos sabem, porém, é que os verdadeiros responsáveis por desintoxicar nosso corpo são o fígado e o rim, segundo a nutricionista Mirian Lacerda. “Não existe um alimento que seja responsável por desintoxicar nosso corpo”, afirma a profissional do SPA Sorocaba.

A nutricionista explica como o corpo humano trabalha na desintoxicação. “É no intestino que ocorre o processo de absorção do alimento que ingerimos. A partir disso o sangue chega ao fígado, onde são retiradas as impurezas e toxinas. Caso alguma toxina chegue à corrente sanguínea, no rim ela será filtrada e eliminada por meio da urina. Sendo assim, sucos detox não impactam nesse processo”, finaliza.

laranja e couve.jpg

Para a especialista, o benefício em consumir o chamado suco detox se dá pelo fato de ingerir frutas e verduras, alimentos que conferem ganho de vitaminas e fibras ao corpo. Couve, limão, hortelã, maçã e gengibre são os mais benéficos à saúde. Ainda assim, Mirian afirma que a melhor substituição para o suco detox é a reeducação alimentar e a prática de exercícios.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tempo ideal da prática de atividades físicas é de 150 minutos por semana, que devem ser somadas a outras orientações importantes. “Adotar uma alimentação balanceada ao invés de dietas da moda e consumir ao menos 2 litros de água por dia”, finaliza.

mulher correndo - alvimann - morguefile

Fonte: SPA Sorocaba

Drinques para curtir o fim do Carnaval

Calor e Carnaval, dupla para lá de quente! Para aqueles que são amantes de um bom drinque, segue uma seleção de bebidas com água de coco, espumante, uísque e vinhos refrescantes para o clima quente do verão.

Chandon Passion On Ice

chandon_passion_on_ice_web_

Drinque saboroso e fácil de preparar, é só colocar 2 cubos de gelo em uma taça de boca larga e pronto. É a mistura perfeita para a temporada. Serviço: http://www.chandon.com.br / SAC Chandon: 11 3062-8388

Glenfiddich
A sugestão de drinque é o Glenfiddich Old Fashioned, um clássico da coquetelaria feito com o mais premiado single malt do mundo para homenagear o alfaiate João Camargo.

305827_681806_glenfiddich_old_fashioned

Ingredientes
• 25 ml de angostura;
• 7 ml de xarope de açúcar (simple syrup);
• 75 ml Glenfiddich 15 anos;
• Cascas de laranja;
• 1 cereja;
• Gelo

Modo de preparo: em um copo baixo, adicione algumas pedras de gelo para compor a metade do copo. Com um dosador, adicione a angostura, o simple syrup e o Glenfiddich 15 anos. Com o auxílio de uma colher mexa o cuidadosamente o líquido. Na sequência, pegue um pedaço da casca de laranja e torça-o em cima do copo, para que o insumo da casca entre no drinque. Depois de torcida, adicione a casca e a cereja e está pronto para ser degustado.
Serviço: Casa Flora – Importadora Oficial
Endereço: R. Santa Rosa, 207 – Brás, São Paulo – SP, 03007-040
Telefone: (11) 2842-5199

Nespresso
O drinque da vez é o Bukeela Mascavo, o frescor das frutas cítricas potencializa a delicadeza do Bukeela ka Ethiopia. Uma versão cafeinada do tradicional chá gelado.

305827_681819_nespresso

Material:
• 1 coqueteleira
• 1 copo alto para receitas (350 ml)
Ingredientes:
• 1 cápsula de Grand Cru Bukeela Ka Ethiopia;
• 1 zest de limão;
• 1 zest de Laranja;
• 2 Sachets de açúcar Mascavo;
• 3 ml de suco de limão;
• Cubos de gelo

Modo de Preparo: Coloque na coqueteleira o suco de limão fresco, o açúcar mascavo e o Grand Cru Bukeela Ka Ethiopia. Adicione cubos de gelo no copo, e zest de laranja e limão e despeje a mistura da coqueteleira por cima e sirva.
Serviço: https://www.nespresso.com/br/pt/

Obrigado Água de Coco e Serafina Restaurante

A marca baiana Obrigado e o Serafina Restaurante apresentam quatro drinks exclusivos para o verão e os dias de festa:
• Drink Antioxidante que leva amora, framboesa, água de coco Obrigado e mel;

drink4_web_

• Drink Detox com água de coco Obrigado, lichia, hortelã, gengibre e grenadine.

305827_681826_obrigado_agua_de_coco_e_serafina_web_
As outras duas outras opções são feitas com a bebida de leite de coco Obrigado, sem lactose e com dez vitaminas:
• Frapê Piña Colada mistura o ingrediente com suco de abacaxi e gelo

abacaxi_web_
• Frapê Coco Limontino leva a bebida de leite de coco, com suco de limão e gelo.

305827_681825_obrigado_agua_de_coco_e_serafina_2_web_
Serviço: http://www.obrigadonatural.com.br / @obrigadonatural

Vinícola Guaspari
As sugestões da vinícola de Espírito Santo do Pinhal são ideais para as comemorações, – Guaspari Rosé: Vinho de coloração salmão claro, feito com a uva Syrah. Alta intensidade aromática, salientando frutas vermelhas. Em boca é um vinho fresco, com boa persistência e um toque mineral.

guaspari-rose

Serviço: A compra pode ser feita em empórios especializados, ou pelo site: http://www.vinicolaguaspari.com.br

 

Cores vibrantes e muito brilho, tomam conta da folia

Apostar em looks com bastante colorido e brilho é quase que obrigatório durante as festas de Carnaval. Para as mais antenadas e que não abrem mão de estilo até na hora de se divertir nas folias de Momo, a Vult oferece uma forcinha extra com alguns produtos de sua coleção que garantem looks pra lá de especiais. Se Joga!

Vult Batom Stick Matte – ao todo são 12 cores que agradam as mulheres que buscam lábios lindos, hidratados e deslumbrantes. Sua prática embalagem com mecanismo retrátil dispensa o uso de apontador.  Preço sugerido: R$ 34,00

vult-batom-matte-stick-cor-07vult-batom-matte-stick-cor-08vult-batom-matte-stick-cor-12

Vult Glitter – desenvolvido com partículas refletoras de luz, promove uma maquiagem com muito mais brilho. A coleção Vult conta com 6 cores: prata, dourado, bronze, rosa, verde e azul. e é possível criar looks surpreendentes e arrasadores.  Preço Sugerido: R$ 18,50

vult-glittersvult-glitters-6-cores

Informações: Vult

Cílios postiços e divertidos complementam o look

Tendência da estação, os cílios postiços coloridos e divertidos são apostas certas para este Carnaval. Na Blink Me, novo espaço beauty de São Paulo, é possível encontrar diversas opções da marca Klass Vough Fantasy. Confira:

305460_680360_fantasy_d305460_680358_fantasy_b305460_680361_fantasy_g305460_680359_fantasy_c

Onde encontrar: Blink Me
Morumbi Town Shopping – primeiro piso
Av. Giovanni Gronchi, 5930

Blink Me

Já pensou em encontrar produtos profissionais para o cabelo em uma loja de shopping? Agora isso é possível! Inaugurada no final de dezembro, a Blink.Me – Me Moment oferece mais de 4 mil produtos de cabelo, maquiagem e perfumaria. Entre eles, é possível encontrar os queridinhos de toda mulher, como Kérastase, Redken, Davines e L´Oréal Professionnél.

O espaço também conta com um salão de beleza com menu de looks assinados por Vanessa Rozan, além de serviços rápidos, como escova e make express. Também há um espaço para aulas e workshops. Na seção de makes, é possível encontrar marcas de luxo, como Dior e Lancôme, e as mais acessíveis, como Océane e Vult. Outra prateleira reúne marcas naturais e com ingredientes orgânicos como Korres e Surya. O espaço Blink.Me – Me Momento está localizado no shopping Morumbi Town, novo empreendimento de São Paulo.

Oscar: veja as atrizes na faixa dos 50 anos que se destacaram

E ontem aconteceu a 89ª edição do Oscar. Neste ano, ao contrário do último, havia muitos atores, diretores e produtores negros ou de outras etnias. Tanto que os prêmios de melhor ator e atriz coadjuvante foram para Mahershala Ali, por “Moonlight: Sob a Luz do Luar”  e Viola Davis, por “Um Limite Entre Nós”. Os prêmios de melhor atriz e ator foram para Emma Stone, por “La La Land” e Casey Affleck por “Manchestes à Beira-Mar. Todos meio que esperados.

Surpresa foi a confusão na entrega do último, e mais importante prêmio da noite. Após um erro da organização, que deixou Warren Beatty e Faye Dunaway em uma situação constrangedora ao anunciarem “La La Land”, foi feito o anúncio correto para “Moonlight”. Bom, algo inédito na história.

Cinema é uma das melhores invenções do homem, mas vamos falar de moda. Fiquei de olho nas atrizes e acompanhantes e destaco aqui algumas que estão na casa dos 50, ou que irão entrar nela este ano, como Nicole Kidman, ou que acabaram de entrar, como Laura Dern. Estavam todas muito bonitas e elegantes. E, por último, só porque para mim ela foi a mais elegante da noite, com um ar de anos 50, vestindo Dior, a atriz Kirsten Dunst, que tem apenas 34 aninhos. Confiram:

mv5body5mdcwmdg0mf5bml5banbnxkftztgwnzc4mjg1mti-_v1_sy1000_cr006311000_al_
Salma Hayek, 50 anos, usa Alexander McQueen- Foto: Kevin Mazur – © 2017 Kevin Mazur – Image courtesy gettyimages.com/IMDb
viola-davis
A ganhadora Viola Davis, 51 anos, usa Armani Privé – Foto: Kevin Mazur – © 2017 Kevin Mazur – Image courtesy gettyimages.com/IMDb
halle-berry
Halle Berry, 50 anos, usa Atelier Versace – Foto: Kevin Mazur – © 2017 Kevin Mazur – Image courtesy gettyimages.com/IMDb
laura-dern
Laura Dern, 50 anos, usa Rodarte – Foto: Frazer Harrison – © 2017 Getty Images – Image courtesy gettyimages.com/IMDb
nicole-kidman
Nicole Kidman, 49 anos, usa Armani Privé- Foto: Frazer Harrison – © 2017 Getty Images – Image courtesy gettyimages.com/IMDb
kirsten
Kirsten Dunst, 34 anos, usa Dior – Foto: Frazer Harrison – © 2017 Getty Images – Image courtesy gettyimages.com/IMDb

Então, gostou de algum deles?