Arquivo da tag: comportamento

Verdades e mentiras sobre o Cadastro Positivo

O Projeto de Lei Parlamentar (PLP) 441/2017 que determina a inclusão automática – sem a necessidade de adesão – dos consumidores ao banco de dados com informações de adimplemento, conhecido como Cadastro Positivo, continua na pauta da Câmara dos Deputados, principalmente porque as mudanças propostas no texto-base dividem opiniões entre os parlamentares.

Dúvidas e questionamentos que também ocorrem por parte de entidades representativas da sociedade civil e consumidores. No entanto, nem toda informação que tem sido propagada a seu respeito procede, e este fato contribui para gerar desinformação. Para ajudar a elucidar certas confusões sobre o tema, a Boa Vista SCPC esclarece algumas das afirmações mais controversas. Confira:

O consumidor estará automaticamente no Cadastro Positivo.

Verdade: o consumidor estará automaticamente incluso e entre os seus direitos destacam-se: acessar de forma gratuita as suas informações detalhadas, inclusive pontuação de crédito (score) e histórico de pagamentos existente no banco de dados, e abrir solicitação para correção de informações que foram informadas incorretamente pelas fontes de informação (credores), além de poder cancelar ou reabrir seu cadastro.

trabalho mesa laptop computador mulher

Todos podem acessar minhas informações do Cadastro Positivo.

Mentira: o seu score poderá ser observado apenas por empresas que estejam avaliando a concessão de crédito ou transações comerciais e empresariais que impliquem risco financeiro. Segundo Pablo Nemirovsky, superintendente de Serviços ao Consumidor da Boa Vista SCPC, o histórico detalhado do tomador de crédito não estará disponível.

O Cadastro Positivo quebra o sigilo bancário e elimina a responsabilidade solidária.

Mentira: o Cadastro Positivo não afeta o sigilo bancário e muito menos invade a privacidade dos dados do cadastrado. Para eliminar esta possibilidade, o texto-base do PLP recebeu um substitutivo. Na hipótese de vazamento de informações sobre o cadastrado, os envolvidos poderão ser punidos com reclusão de um a quatro anos e multa, conforme prevê a Lei Complementar 105 (Lei do Sigilo Bancário). Além disso, o Cadastro Positivo respeita todas as salvaguardas para o consumidor previstas no Código de Defesa do Consumidor.

O Cadastro Positivo invade a privacidade dos dados dos consumidores.

Mentira: não há invasão de privacidade porque não há quebra de sigilo bancário com o Cadastro Positivo. A nova lei permite que os bancos, empresas de água, luz, telefone, varejo e outras, enviem informações apenas do comportamento de pagamento das operações de crédito, dos serviços continuados (luz, água, telefonia fixa etc) e de telefonia móvel pós-paga. Os bancos não enviarão informações como saldo em conta corrente ou extrato bancário, dados de poupança ou investimentos, nem detalhes de compras feitas com cartões de crédito. Essas continuam devidamente protegidas pela Lei do Sigilo Bancário.

contas gadini pixabay

Todas as informações financeiras e de investimentos farão parte do Cadastro Positivo.

Mentira: tanto a lei atual quanto o texto-base do PLP permitem apenas o compartilhamento de informações de histórico de pagamento de transações que envolvam risco financeiro, ou seja, operações de crédito e consumo, como datas de vencimento e de pagamento das faturas/parcelas e os valores dos mesmos. Informações que não estiverem vinculadas à análise de risco de crédito ao consumidor e informações sensíveis, como as consideradas de origem social e étnica, à saúde etc, não entram no Cadastro Positivo.

Renda e benefícios como aposentadoria farão parte do Cadastro Positivo.

Mentira: nem informações de salário ou de aposentadoria, como dados de saldo em conta corrente, investimentos, pagamentos à vista e nem mesmo limite de crédito fazem parte do Cadastro Positivo. Esse tipo de informação não chega aos gestores de banco de dados, o que garante a privacidade dos consumidores.

O cadastro Positivo levará a uma situação discriminatória.

Mentira: segundo estudos do Banco Mundial, feitos em diferentes países dos cinco continentes, um dos principais benefícios do Cadastro Positivo é a inclusão ao mercado do crédito. No Brasil, de acordo com o superintendente da Boa Vista SCPC, com o Cadastro Positivo funcionando plenamente, espera-se a inclusão de mais de 20 milhões de pessoas ao mercado de crédito. E engana-se quem acredita que pessoas que estão com o nome sujo serão prejudicadas. Como explica Nemirovsky, quem está inadimplente já enfrenta dificuldade para conseguir crédito na praça, ou quando consegue, obtém com juros muito mais altos. Logo, ao participar do Cadastro Positivo, pessoas com este perfil poderão mostrar que pagam diversas contas em dia e que têm capacidade de retomar o controle das suas finanças, e com este comportamento começar a construir um histórico de pagamento, retomando seu acesso ao crédito.

O Cadastro Positivo vai diminuir a assimetria das informações e aumentar competição entre os bancos.

Verdade: com o Cadastro Positivo haverá um aumento significativo do número informações relacionadas ao comportamento de pagamento, o que contribuirá para a redução da assimetria de informações que existe hoje entre os credores, com isso haverá uma maior assertividade nas decisões de crédito e um maior número de empresas que podem concorrer com os grandes bancos para oferecer melhores condições ao consumidor ou às empresas. Os concedentes de crédito terão acesso ao score de crédito que considera o histórico de pagamento de todos os consumidores e não apenas daqueles que hoje são seus clientes, o que irá contribuir para aumentar a competição entre os bancos, fintechs, varejistas e financeiras na busca por novos clientes, com taxas de juros mais atrativas para o consumidor.

dinheiro bras pixabay

As taxas de juros poderão diminuir com o Cadastro Positivo.

Verdade: a experiência mostra que nos países onde o Cadastro Positivo foi introduzido, os juros e a inadimplência recuaram e a facilidade na obtenção de crédito aumentou. Os juros recuam porque o aumento da quantidade de informações sobre o consumidor reduz o risco nas operações de crédito, e os concedentes têm mais condições de distinguir bons e maus pagadores. Essa redução dos riscos ajuda a derrubar os spreads e, consequentemente, os juros. Além disso, o Cadastro Positivo aumenta a concorrência entre os bancos, pelo fato de que mais agentes, como, por exemplo, os bancos menores e as fintechs, terão acesso as informações que hoje são exclusivas dos grandes bancos.

Fonte: Boa Vista SCPC

 

 

 

Anúncios

Você está preparado para viver em um mundo VUCA?*

Vivemos um tempo de desafios extremos, tanto para profissionais liberais quanto para pequenas e médias empresas e corporações. Segundo especialistas em gestão, vivemos em um “mundo VUCA”, expressão que nasceu durante a Guerra Fria, mas que está cada vez mais presente no vocabulário dos profissionais e dos empreendedores da nova economia.

VUCA é um acrônimo do inglês volatile, uncertain, complex e ambiguous e serve para descrever quatro características que estão presentes atualmente na vida de todos: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade.

O principal impacto dessas características pode ser percebido na dificuldade de realizar qualquer planejamento em longo prazo. Entende-se que no mundo VUCA seja mais prudente ter agilidade na resposta às demandas imediatas do ambiente e nas ações de curto prazo do que projetar cenários longos e complexos.

empresa trabalh executivos pixabay
pixabay

Tal situação, contudo, afeta diretamente a nossa relação com as necessidades básicas dos seres humanos, como reconhecimento, segurança ou estabilidade. Por esta razão, é cada vez mais importante termos clareza do nosso propósito, da missão de nosso negócio e da identificação dos resultados buscados, mitigando o impacto da volatilidade que está ao nosso redor.

O mesmo vale para a incerteza, pois a forma de resolver os problemas de hoje talvez não sirva para compreender e resolver os problemas em um futuro próximo. Perceber a interdependência das coisas e considerar a complexidade das variáveis presentes na tomada de decisão fogem dos modelos de gestão de riscos tradicionalmente utilizados em processos corporativos e atitudes individuais. Como consequência, é improvável que ações isoladas tenham algum efeito em um sistema interconectado.

A ambiguidade está presente na ausência de clareza ao se analisar contextos complexos. Experiências anteriores não garantem que a solução para um problema sirva em um novo cenário, uma vez que este pode propiciar diversas interpretações cabíveis.

Desenvolver habilidades específicas será um caminho de empoderamento que viabilizará melhores ações de contorno no mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo. Uma vez que as mudanças são inevitáveis, a inteligência emocional, a autoestima e a resiliência são essenciais para lidar com a volatilidade e com as adaptações requeridas na transformação do cenário.

Para lidar com as incertezas, a flexibilidade é o caminho para a adaptação constante à realidade que se transforma. A impossibilidade de certezas sobre qual caminho seguir sugere que tenhamos a mente aberta para o desenvolvimento da criatividade e da capacidade de resolução de problemas complexos.

No caso da complexidade do mundo, competências como teamworking, pensamento crítico e flexibilidade cognitiva são as ferramentas que permitirão ampliar a visão sobre o contexto, viabilizando a elaboração de soluções mais aderentes às necessidades.

grupo reunião trabalho união.png
Pixabay

A ambiguidade requer que tenhamos uma grande habilidade de negociação, tanto interiormente quanto com os participantes da situação, pois o caminho a seguir não será necessariamente similar às decisões sustentadas no passado. Aprender com os erros e analisar a situação por outra perspectiva requerem uma postura firme e disposição para assumir novos riscos.

Enfim, no mundo VUCA, é fundamental que se tenha ousadia. Pois é sendo ousado que poderemos analisar os problemas em potencial e suas variáveis, entenderemos as consequências de cada problema e as possíveis ações requeridas, avaliaremos a interdependência das variáveis identificadas e nos prepararemos para as alternativas e seus desafios.

*Edson Moraes é sócio do Espaço Meio, Executive Coach desde 2014 e Consultor (Gestão & Governança) desde 2003. Foi Executivo do Bank of America entre 1982 e 2003. Seguiu carreira na Área de Tecnologia da Informação, foi Head do Escritório de Projetos e CIO por 4 anos. É Master em Project Management pela George Washington University. Participou de programas de educação executiva na área de TI ( Stanford University, Business School São Paulo e Fundação Getúlio Vargas). Conselheiro de Administração formado pelo IBGC, Coach pelo Instituto EcoSocial e certificado pelo ICF. Articulista e palestrante nas áreas de Governança, Tecnologia da Informação e Gestão de Projetos

 

 

As 8 pedras preciosas mais famosas e seus significados

Pedras e cristais nos encantam, cada uma com seu brilho, cores e suas formas, de alguma forma as pedras nos ajudam a alcançar harmonia. Cada uma delas também possui significado e propriedades diferentes.

Para quem gosta de moda, é muito interessante saber, já que muitas pessoas querem ou usam essas pedras. Por conta disso, o site Zarpellon listou as oito pedras preciosas mais famosas, seus significados e propriedades. Descubra qual combina mais com você.

pedras preciosas 11pedras preciosas 22

 

 

Dicas de como ensinar o cachorro a fazer necessidades no lugar certo

O adestramento de cães pode parecer um desafio, principalmente quando se trata de animais adultos; mas saiba que com as dicas certas e um aliado delicioso isso não será mais um problema.

Ensinar cachorro a fazer necessidades no lugar certo é uma das principais dificuldades, por isso o médico veterinário dos Snacks DogLicious, Marcello Machado, fala abaixo sobre todas as orientações que o tutor precisa para acabar com o xixi e cocô em lugares inadequados.

1. Escolha o lugar certo cachorro fazer as necessidades

Muitas vezes, o motivos para o cão fazer as necessidades no lugar escolhido por você é justamente a localização. Eles não vão usar esse cantinho se ele estiver próximo a água, comida ou cama. Por isso, escolha um local afastado e prepare com jornal ou tapete higiênico.

2. Sem broncas

Dar broncas no animal quando ver ele fazendo as necessidades em um lugar errado não é indicado. Esse comportamento só fará com que ele tenha medo de você. O que faz diferença é deixar claro onde você quer que ele faça. Mostre o local e procure levá-lo para lá. Agressividade e nervoso só irá prejudicar seu companheiro, podendo desencadear problemas psicológicos, como a cropofagia (o ato do cachorro comer suas próprias fezes).

house training of guilty puppy

3. Dê um prêmio sempre que ele acertar o lugar

Quando ver que seu companheiro acertou o lugar que você escolheu para ele fazer suas necessidades, é importante oferecer uma recompensa para que ele associe aquele comportamento a algo bom. O melhor aliado para isso é DogLicious! Gostosuras irresistíveis com texturas incríveis para conquistar seu amigo. É claro que não pode economizar nos carinhos.

4. Leve o cachorro para o local

Entender o organismo do seu amigo pode ajudar você nessa missão de treinamento. É comum que os cães façam suas necessidades logo após comer. Sendo assim, esteja atento e, se ver que ele não vai usar o cantinho certo, leve-o imediatamente para o lugar que escolheu.

Adestramento de cães: paciência, dedicação e DogLicious

cão-obediente11 cachorro adestramento

Lembre-se: para cumprir essa missão com sucesso é imprescindível que você tenha paciência, dedicação e os DogLicious preferidos do seu companheiro. O adestramento de cães filhotes é mais fácil, já o de cachorros adultos possui uma dificuldade maior e, por isso, os resultados podem demorar um pouco mais para aparecerem — mas isso não é motivo para desistir.

Além de saber como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo, existem outros ensinamentos que valem a pena serem passados ao cão e para todos. Você pode contar com DogLicious Snack Training ou outra opção da linha DogLicious.

Sugestão do veterinário

doglicius.png

DogLicious Snack Training – petisco que ajuda o tutor em todos os exercícios que fizer com o animal. Eles podem ser oferecidos como recompensa sempre que o animal acertar seu comando e, assim, ele associará aquele comportamento a algo positivo. Para prolongar a experiência deliciosa com o cão, o tutor quebrar o snack em pedaços menores e ir oferecendo aos poucos.

Fonte: Total Alimentos

 

Curitiba tem aula de adestramento, feira de adoção e encontro de cães da raça maltês

Já famoso pela ampla programação de eventos para petlovers, o HiperZoo realiza uma série de eventos neste fim de semana. No sábado (19), acontece mais uma aula de adestramento e a feirinha de adoção. Já no domingo (20) será a vez dos cães da raça Maltês desfilarem sua elegância e sutileza pelo pet center.

Beautiful Labrador

O sábado inicia com aula de adestramento coletivo com o tema “Passeando corretamente (uso correto de guias e peitorais)”. O conteúdo faz parte do programa de aulas semanais, promovido pelo HiperZoo e pelo adestrador Rafael Wisneski, da Meu Cão Companheiro, que contempla também os assuntos: controle de ansiedade e estresse, como ensinar a defecar e urinar no local certo e comandos básicos. Para participar os interessados devem se inscrever apresentando cupom fiscal de compras realizadas no local, contendo ao menos um produto das marcas parceiras Purina, Kong, Petmais, Virbac ou Ferplast. As vagas são limitadas a doze clientes por turma.

Ainda no sábado (19), a ONG Beco da Esperança estará presente com animais de estimação que estão buscando um novo lar. “O número de cães e gatos adotados em nossas feirinhas de adoção vem crescendo a cada evento. Isto se deve, certamente, ao reconhecimento do público pelo trabalho sério desenvolvido pelas ONGs parceiras, bem como pelo apoio da mídia, que ajuda a divulgar esta ação social, e a comunicação antecipada de nosso calendário de eventos. Com isso, os interessados podem se planejar melhor para receber um novo amigo em casa”, destaca Patrícia Maeoka, sócia-proprietária do HiperZoo.

gato gata adoção.jpg

Para adotar, o interessado deve ter mais de 21 anos, responder a uma entrevista sobre os motivos de adoção, aceitar receber a visita de um voluntário da ONG, e apresentar RG, CPF e comprovante de endereço para assinar o termo de adoção. Para quem deseja ter um gato como amigo, ainda é necessário ter caixa de transporte e possuir telas de proteção nas janelas de casa.

Encontro de cães

Já no domingo (20) o pet center será invadido pelas beldades de longos e sedosos pelos brancos. O Maltês é a mais antiga das raças toys europeias e uma das preferidas para quem busca um cão de colo muito companheiro. São gentis e brincalhões, mas também podem ser muito corajosos, chegando a desafiar cães maiores.

O encontro dos malteses iniciará ao meio-dia e vai contar com piscina de bolinhas e um espaço seguro para brincadeiras. Além disso, os cães podem participar de um desfile concorrendo a vales compra da Jingles Moda Pet e a três banhos do serviço de estética do HiperZoo. Já os tutores podem aproveitar os descontos promovidos pela loja e as novidades gastronômicas dos food trucks.

Maltese dog

E como diversão faz parte do cotidiano dos malteses, o pet center promoverá também a palestra “Brincadeiras e Atividades Indoor para o Maltês”, ministrada pelo adestrador Rafael Wisneski. A entrada será gratuita e a palestra iniciará às 15h.

Serviço

 

Aulas de adestramento com Rafael Wisneski
Quando: Sábado, 19 de maio, das 10h às 11h – Tema: “Passeando corretamente com seu cão (uso de guias e peitorais)”
Sábado, 26 de maio, das 10h às 11h – Tema: “Comandos senta, deita e fica”
Vagas: limitadas a 12 clientes com um pet cada
Entrada: apresentação de cupom fiscal do HiperZoo contendo um produto dos parceiros Kong, Virbac, Ferplast, Petmais ou Purina.

Feirinha de adoção com Beco da Esperança
Quando: Sábado, 19 de maio, das 11h às 17h

Encontro de cães da raça Maltês
Quando: Domingo, 20 de maio, das 12h às 17h
Entrada: gratuita

Palestra “Brincadeiras e Atividades Indoor para o Maltês” com Rafael Wisneski
Quando: Domingo, 20 de maio, às 15h
Entrada: gratuita

Desfile Jingles Moda Pet
Quando: Domingo, 20 de maio, às 16h

HiperZoo – Rua Desembargador Westphalen, 3.448 – Curitiba/PR – Tel.: (41) 3051-7777

 

Revlon cria movimento para incentivar as mulheres a viverem com intensidade

#RevlonDay ocorre hoje, 17 de maio, e é um convite para tomar atitudes que transformem a rotina

A icônica marca Revlon lançou um movimento para celebrar seu novo posicionamento, o #RevlonDay, que ocorre hoje, 17 de maio, dando continuidade à comunicação Live Boldly, apresentada e estrelada mundialmente no início deste ano por suas novas embaixadoras globais Gal Gadot, Ashley Graham, Adwoa Aboah, Imaan Hammam, além da brasileira Raquel Zimmermann.

revlon

O movimento tem o objetivo de incentivar as mulheres a viverem intensamente, a saírem de sua zona de conforto e despertarem o lado bold que existe em cada uma delas.

Para a ação, a marca apresenta sua linha ColorStay, perfeita para ajudar as mulheres a expressarem sua força por meio da beleza, acompanhando-as nessa tarefa, o dia todo. Sua tecnologia de longa duração, que não transfere, não borra e não mancha destaca o best-seller mundial da marca, a base ColorStay, que tem incrível durabilidade de 24 horas, além dos demais produtos para pele, lábios e olhos.

E, durante todo o mês de maio, as mulheres que tiverem aderido à ação, contando nos Stories o que fizeram de diferente no #RevlonDay (17/5) – algo ousado para o seu estilo de vida, que pode ser desde uma atitude para enfrentar algum medo até tirar um momento de descanso para se cuidar – poderão ser selecionadas para aparecer nos Stories da Revlon (@revlonbrasil), como grandes exemplos do movimento Live Boldly.

REVLON BR

Facebook | Instagram | YouTube
Telefone de Atendimento ao Consumidor 0800 7733450

 

 

Shopping D promove feira de adoção de animais neste sábado

Em parceria com a ONG 100% Proteção Animal, iniciativa busca garantir lar e carinho para dezenas de cães e gatos; localizado na zona norte de São Paulo, o Shopping D sedia neste próximo sábado 19 sua primeira feira de adoção de animais

Em parceria com a ONG 100% Proteção Animal, o evento acontece das 10 às 18 horas, no piso térreo, na área interna do shopping, próximo à Lojas Americanas. Novas edições da feira estão previstas para o terceiro sábado de cada mês.

O objetivo é assegurar um futuro melhor a dezenas de cães e gatos, que poderão ganhar lar e carinho.

Nesta primeira edição, aproximadamente 50 cães e 15 gatos deverão estar disponíveis para acolhimento, todos devidamente vacinados e castrados, conforme atestado veterinário.

Para realizar a adoção, o candidato deve ter mais de 18 anos de idade e apresentar RG e comprovante de residência, além de assinar termo de responsabilidade em que compromete zelar pela qualidade de vida do animal.

Voltada ao mercado de pets, a varejista Cobasi é uma das parceiras do evento, em que distribuirá kits para quem fizer a adoção.

shoppin d.jpg

Serviço:
Evento de Adoção
Organização: Shopping D e ONG 100% proteção
Apoio: Cobasi
Local: Shopping D
Endereço: Av. Cruzeiro do Sul, 1100, Canindé, São Paulo – SP (próximo das estações Armênia e Portuguesa-Tietê do metrô)
Datas: 19/05
Horário: 10 às 18 horas

Informações: Tel.: (11) 4506-6000 / Facebook

Fonte: Cobasi

 

Especial Mês das Mães: mitos e verdades sobre a gestação de cadelas e gatas

Amor de mãe é incondicional. Instintivamente, desde o nascimento dos filhos, ela zela por eles, alimentando-os, protegendo-os, dando carinho. É assim entre os homens e no mundo animal. Cadelas e gatas também cuidam dos seus filhotes até o momento em que eles estão preparados para enfrentar a vida sozinhos. Em homenagem ao Mês das Mães, confira um especial sobre “Gestação Pet”, com orientações e informações preciosas para os tutores.

O médico-veterinário Luciano Granemann e Silva, proprietário da Clínica e Hospital Veterinário 24h Cão.Com, de Florianópolis (SC), comenta sobre cada uma das fases, desde o planejamento do acasalamento até a hora do parto. Confira a entrevista completa abaixo.

No caso de uma gestação planejada, que cuidados os tutores devem ter antes do acasalamento?
Luciano Granemann e Silva: Procurar escolher o macho com antecedência, informando-se sobre seu estado de saúde e histórico familiar e considerando suas características físicas e comportamentais. O vermífugo e as vacinas da fêmea devem estar em dia. O uso de suplementos vitamínicos pode aumentar a viabilidade de um número maior de filhotes, mas seu uso deve ser orientado por um médico-veterinário.

Como saber quando a fêmea está no cio?
LGS: Nas cadelas ele acontece em média a cada seis meses e é precedido por um sangramento que dura cerca de oito dias. Já nas gatas, pode ocorrer a cada 45 dias durante a estação quente. Elas demonstram se esfregando nas pessoas, sendo mais ativas e vocalizando com maior frequência.

Quais os principais sintomas de gravidez em cadelas e gatas?
LGS: De modo geral, podemos dizer que as fêmeas prenhas ficam mais amáveis, carentes e cuidadosas. As principais mudanças físicas são: mamas maiores, abdômen mais baixo, perda de massa corporal, apesar do ganho de peso.

Sable Border Collie bitch, Honey, nearly full term carrying twelve pups
Foto: Warren Photographic

Que cuidados os tutores devem ter com as fêmeas prenhas?
LGS: O ideal é que a alimentação, desde o momento do cio, seja trocada para uma de filhote, que é hipercalórica. Ela pode ser oferecida à vontade, pois a tendência é que o animal perca massa muscular para gerar energia e nutrição para os filhotes. É importante também realizar alguns exames: análise da proteína B, com 14 dias de gestação, e ultrassom, a partir do 25º dia. Eles são necessários para não ter nenhuma surpresa desagradável na hora do parto.

O que é normal e o que não é normal durante a gestação de um pet?
LGS: O animal deve se mostrar tranquilo, calmo, se alimentar bem, fazer suas necessidades fisiológicas. A partir do 25º dia, as alterações corporais ficam mais evidentes: barriga mais pendular, as mamas crescem, a vulva também pode aumentar de volume, a fome fica maior.

Fêmeas que apresentam algum problema de saúde podem engravidar sem riscos?
LGS: Depende. Se a fêmea tem algum problema que pode ser transmitido para os filhotes, mesmo ela sendo capaz de engravidar, não recomendamos. A mesma orientação nos casos de: pets com mais idade; problemas de saúde graves, como cardíaco e hormonal; ou alterações no útero, ovário e mamas. Animais muito pequenos encontram complicações para desenvolver a gestação até o final. Os buldogues franceses têm muita dificuldade em dar à luz sozinhos. De qualquer forma, em todos os casos sempre indico a orientação de um médico-veterinário.

Pregnant tabby cat 4 days before giving birth to 8 kittens
Foto: Warren Photographic

Como os tutores devem se preparar para o momento do parto de seu pet?
LGS: O parto da cadela ocorre em torno de 63 dias e o da gata de 58. Normalmente, no dia do parto, ou no que o antecede, a fêmea muda de comportamento de repente. Tende a buscar um local mais isolado, se alimentar menos e beber mais água. Nesse momento, aconselhamos que os tutores fiquem por perto para auxiliar em algo que for necessário. No caso das cadelas, alguns dias antes pode ocorrer um corrimento significativo, que é normal no final da gestação, a partir do 50º/55º dia.

Em que situações é preciso chamar um veterinário?
LGS: Depois do nascimento do primeiro filhote, o intervalo entre os próximos geralmente é de cerca de 30 minutos. Pode demorar até seis horas, mas imagina o desconforto para a mãe. Se o tempo entre os nascimentos estiver muito longo, é aconselhável chamar um médico-veterinário para avaliar e auxiliar no parto. O ideal é que ele seja feito em casa, para evitar o estresse da cadela e dos filhotes. Mesmo nos casos em que é necessário deslocar os animais para a clínica, em cesarianas ou partos assistidos, eles retornam para seus lares em seguida.

É comum fazer cesárea em pets?
LGS: A maioria dos animais ganha seus filhotes de parto natural. Quase todos os clientes da minha clínica optam pelo parto assistido em casa, com a orientação prévia de um médico-veterinário ou no momento, por telefone. Ele acontece sem grandes dificuldades. Mas nos casos em que a fêmea está fazendo muita força, ou parou de fazer força, é indicado que um profissional verifique se há dilatação, avaliando se é preciso que ele intervenha ou realize uma cesárea.

cachorra e filhotes
Foto: Mel Schmitz/Morguefile

Quais os principais cuidados pós-parto com a fêmea e com os filhotes?
LGS: Eu costumo dizer que temos que dar atenção para a mãe e deixar a mãe dar atenção aos filhotes. Ela tem que ficar num ambiente tranquilo, de temperatura amena, nem muito quente e nem muito frio. Os filhotes, de preferência, devem ficar isolados do chão, em uma caminha, colchonete ou mesmo um papelão. Nos primeiros dias, a cadela estará atenta a tudo. O que os tutores tem que fazer basicamente é fornecer água e comida à vontade para a mãe.

Algum cuidado especial com o umbigo?
LGS: Sim, ele deve ser higienizado diariamente com iodo ou outra solução específica para essa finalidade. Cada filhote tem uma placenta, que é comida pela mãe assim que ele nasce. Com isso, o cordão umbilical se rompe e sangra um pouco. A fêmea lambe para poder estancar, mas há casos em que é preciso amarrar a ponta, cerca de dois dedos de distância da barriga.

Na fase de aleitamento, o que o tutor deve prestar atenção?
LGS: Verificar se os filhotes estão mamando adequadamente, se têm tamanho parecido, se algum não está tendo acesso à mamada, se estão quietos e dormindo a maior parte do tempo. Não é normal uma ninhada, ou um filhote, que chora o tempo todo. O ideal é que todos tenham um comportamento parecido. O contrário pode ser sinal de algum problema.

Quais as vantagens de ter um plano de saúde para as fêmeas cujos tutores planejam acasalar?
LGS: Quem quer cuidar bem do seu pet, costuma frequentar a clínica pelo menos duas vezes por ano. Nesses casos, o plano de saúde é uma proposta bastante econômica e segura, mesmo que não tenham o intuito de cruzá-la. O plano de saúde para pets inclui exames durante a gestação e concede descontos em outros, além de assistir a fêmea desde a fase de planejamento, com orientações importantes, até o momento do parto. Os filhotes também se beneficiam do plano, assistindo-os até a primeira vacina.

Existe diferença entre a gestação de uma cadela e de uma gata?
LGS: A parte inicial da gestação é semelhante, mas o restante é bem diferente. O parto da gata acontece antes do da cadela, que geralmente tem um número maior de filhotes. O parto da gata quase sempre é tranquilo, é muito raro uma cesariana, só quando existe um problema muito grave. Ela geralmente cuida de tudo sozinha, é difícil conseguir assistir o parto de uma gata. É preciso proporcionar um lugar dentro de casa onde ela se sinta muito segura, pois se tiver oportunidade, vai dar cria fora, o que pode dificultar os tutores cuidar da mãe e dos filhotes. Em relação à alimentação, os mesmos cuidados com a das cadelas prenhas vale para as gatas.

gata amamentando filhotes warren
Foto; Warren Photographic

Quem adota um pet muitas vezes desconhece o histórico do animal. Como o tutor consegue identificar se ele já teve filhotes?
LGS: Normalmente animais adotados, especialmente em ONGs, vêm castrados, contudo alguns sinais podem denunciar que a fêmea já teve filhotes, sendo o principal o estado das mamas. Quando mais flácidas, demonstram que houve amamentação.

Fonte: Clínica e Hospital Veterinário 24h Cão.Com

Curitiba: Pousadog oferece adestramento no ambiente familiar

Animais de estimação, atualmente, são considerados membros da família. Prova disso é o tratamento dedicado a eles preza pelo bem-estar e conforto diários. A necessidade de zelar e proteger os pets é um grande impulsionador desse segmento de mercado. Segundo dados da Fecomercio-SP, mesmo em um ano de crise, que foi 2016, esse segmento aumentou seu faturamento em 4,9%, batendo os R$ 18,9 bilhões de faturamento.

A boa aceitação pelos consumidores é uma tendência que reforça tanto o setor de serviços, como banho e tosa, hospedagem, adestramento, cuidados com a saúde, quanto o varejo. Um dos fatores que justifica o forte crescimento do setor, identificado pelos pesquisadores da Fecomercio-SP, é o envolvimento emocional entre o tutor e seu animal de estimação. Esse fator coloca os gastos com animais de estimação no topo do conjunto de gastos da família e o que acaba protegendo o setor de ser impacto pela crise econômica.

Com foco nesse mercado promissor, muitos profissionais têm reposicionado uma carreira sólida em outro setor para atender a demanda do mercado pet. Esse é o caso da administradora Thais Costa. Com passagens pelo mercado financeiro, operadoras de telefonia e por laboratórios financeiros, Thais encontrou no segmento uma forma de se reinventar e se reconectar com o trabalho, atuando como adestradora.

“Foi um longo caminho até conseguir abandonar o mundo corporativo para empreender em um mercado até então desconhecido para mim. A saída foi buscar muita informação e capacitação por meio de cursos realizados dentro e fora do Brasil”, conta. Depois de muitas horas de treinamento e tendo passado pelos cursos de renomados especialistas em adestramento de cães e gatos, como o mexicano radicado nos Estados Unidos, Cesar Millan e Alexandre Rossi, o Dr. Pet, Thais criou uma metodologia própria de adestramento.

“A metodologia de adestramento da Pousadog é baseada no aprendizado por meio do reforço positivo, sem dor, coação, medo ou castigos. Os cães e gatos são estimulados a atingirem suas potencialidades individuais, para melhorar sua comunicação com seus tutores, aumentando a autoestima e melhorando problemas comportamentais muitas vezes complexos”, explica a adestradora.

pousadog2

Hoje, o principal serviço da Pousadog é o adestramento no ambiente familiar. O processo de adestramento começa por uma espécie coach canino, no qual são avaliados pontos importantes da vida do cão e da rotina dos tutores. Após o diagnóstico, os tutores ficam com a tarefa de colocar em prática as orientações dessa primeira visita.

“Só começamos o adestramento, efetivamente, cerca de 10 a 15 dias depois, se os tutores conseguirem colocar pelo menos 50% das nossas orientações em prática. Essa foi a forma que encontramos de engajar toda a família no aprendizado do animal, garantindo um melhor retorno a expectativa dos envolvidos no processo”, destaca Thais.

Sobre a Pousadog

pousadog3cachorro

Foi criada em setembro de 2013 com o objetivo original de ser uma pousada para hospedagem de cães, em Campo Magro-PR. Porém, com o mercado aquecido, Thais Costa, logo percebeu que havia um nicho de mercado para atuar como adestradora no ambiente familiar e consultora de bem-estar canino. “Hoje devido à escassez de mão de obra qualificada e por questões burocráticas não hospedamos mais cães. Agora, o foco da Pousadog é ser uma consultoria para donos de hotéis, hospedagem familiar, pet shops, banho e tosa, passeadores e cuidadores eventuais que primem pela excelência no atendimento de seus clientes”, explica Thais. “Em nossos encontros de consultoria falamos sobre modelo de negócios, contratos e a relação entre empreendedores da área pet e seus clientes, os caninos e os humanos”, finaliza a adestradora.

Sobre Thais Costa

Residente em Curitiba, Thais Costa atua como adestradora de cães e gatos desde 2014. Para complementar a sua formação e desenvolver um método de adestramento próprio frequentou diversos cursos e palestras dentro e fora do país. Além disso, a adestradora também já participou de alguns filmes, preparando cães e gatos para atuarem.

A seguir um breve currículo da formação profissional da adestradora 

pousadog

Adestramento inteligente – Alexandre Rossi Dr. Pet. Fundamentos de treinamento canino – Tudo de cão. Planejando e organizando um treino canino – Denise Falck,Treinadora Comportamental. Calming Signals: A base da linguagem canina – Zootecnista Sara Favinha – Tudo de cão. Como introduzir um cão em uma casa multiespécie – CRMV João Telhado- Papo Cão. Adestramento: O Equilíbrio dos reforços positivos – Rodrigo Marques. Como preparar cães para o convívio em sociedade – Educadora Canina Emanuelle Moraes. Treinamento de Faro, atividade física e mental para cães – Rogério Sandoval Cão positivo. Cão terapeuta – Fátima Neves Psicóloga clínica e adestradora- Inataa. Como funciona um Daycare e Hotel sem baias e gaiolas – Raquel Rama Dogresort. Terapia floral para animais domésticos – Bioflorais. Banho e Tosa para cães (Fundamentos)- Johnatan Skolimoski. Agility- Palestra com Dan Wroblewski – Adestrador, veterinário e especialista em Comportamento. Influência de alimentos no comportamento Canino – Silvia Angélico – Cachorro Verde. Como se tornar um Dog Walker Profissional – Carolina Rocha – Joinville. Profissionalização de Day Care – Eduardo Scandiussi – SP. Treino de comportamento complexo – Papo cão – Joinville.  Animal Training – my way – Ethology Intitute Portugal Dr. Roger Abrantes. Cesar Way training – Achieving Balnce e harmony – Florida

Informações: Pousadog

 

 

Evento de adoção na loja Cobasi Londrina Madre Leonia com ONG Amigo Bicho

No dia 12 de maio, sábado, a Cobasi em parceria com a ONG Amigo Bicho irá realizar um evento de adoção de cães e gatos nas dependências da loja localizada na Avenida Madre Leônia Milito, em Londrina, Paraná.

O evento acontece das 10 às 17 horas e para adotar um dos animais é necessário ser maior de 18 anos, portar o documento de identidade, ler e assinar o termo de adoção. Todos os animais disponíveis para adoção estão castrados, vacinados e vermifugados.

O evento é realizado todo segundo sábado do mês, no mesmo horário, por tempo indeterminado. Essa ação faz parte das ações de incentivo a adoção da Cobasi que tem dois centros de adoções na cidade de São Paulo em parceria com ONGs locais e realização de eventos de adoção em parceria com instituições de proteção animal em diferentes cidades do Brasil.

gato e cachorro 2

Serviço
Evento de adoção de cães e gatos
Realização: Cobasi e ONG Amigo Bicho
Local: Cobasi Londrina Madre Leonia – Avenida Madre Leônia Milito, 2121, Londrina – PR
Datas: 12 de maio; 9 de junho; 14 de julho; 11 de agosto; 8 de setembro; 13 de outubro
Horário: das 10h às 17h