Arquivo da tag: restaurante

Dia dos Pais no Rubaiyat tem menu especial

Tradicionalmente comemorado no segundo domingo de agosto, o Dia dos Pais, poderá ser celebrado no próximo dia 12 nos restaurantes do grupo Rubaiyat em São Paulo, com um menu fechado.

Com duas unidades na cidade, Faria Lima e Alameda Santos, o Rubaiyat elaborou um menu especialmente para a data que inclui couvert (pães de queijo, de polvilho, pães caseiros, assados em forno de barro), Salada de repolho como entrada, Bife de Chorizo com farofa Rubaiyat ou Frango Caipira da Fazenda Rubaiyat (marinado em alecrim e limão siciliano, servido com creme de milho) como prato principal e Tiramisú de sobremesa.

Rubaiyat Rio
Foto: Rodrigo Azevedo

O valor do menu é de R$ 135,00 por pessoa ou de R$ 195,00 com harmonização de vinho Anakena Carmenere (tinto) ou Anakena Sauvignon Blanc (branco).

Rubaiyat Faria Lima – Av. Brig. Faria Lima 2954 Jardim Paulistano. Horário de funcionamento: segunda a sexta das 12h às 16h e das 19h às 24h. Sábado das 12h às 24h. Domingo das 12h às 18h.

Rubaiyat Alameda Santos – Alameda Santos, 86 Cerqueira Cesar, São Paulo. Horário de funcionamento: segunda a sexta das 12h às 16h e das 19h às24h / Sábado das 12h às 24h. Domingo das 12h às 18h.

Informações: Rubaiyat 

Anúncios

Varanda tem menu especial e sorteio de estadia em resort no Dia dos Pais

O restaurante Varanda preparou uma sugestão de cardápio especial para o segundo domingo de agosto, quando se comemora o dia Dos Pais. Com sugestões do chef Fábio Lazzarini, o menu indicado inclui entrada, prato principal e sobremesa.

As opções para a entrada são o Steak tartar, costela suína com barbecue da casa ou linguiça aperitivo com Chimichurri. O prato principal é o corte New York Steak, a versão norte-americana do Bife de Chorizo, acompanhado de batatas suflê, Palmito assado ou Risoto de funghi.

New York Steak

Para a sobremesa, as sugestões são Romeu e Julieta, na versão do Varanda, ou cheescake.

Romeu e Julieta

Os pais que comemorarem a data em uma das três unidades da rede, concorrerão ao sorteio de diárias no Resort Rio Quente, em Goiás, com vantagens especiais. A hospedagem inclui quatro noites no hotel interno para dois adultos e duas crianças de até 11 anos, com pensão completa e validade de um ano para utilização em baixa temporada, além de acesso ilimitado ao Hot Park e Parque das Fontes.

– Varanda Jardins: Rua General Mena Barreto, 793
– Varanda JK Endereço: Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041
– Varanda Faria Lima: Rua Prudente Correia, 432

Informações: Varanda

Seen oferece brunch e barbecue para comemorar o Dia dos Pais

Localizado no 23º andar do Tivoli Mofarrej São Paulo, o Seen preparou um cardápio especial para o Dia dos Pais. Além do tradicional brunch que é servido aos domingos, no dia 12 de Agosto, o chef William Ribeiro colocará no menu algumas opções de carne, como Prime rib com manteiga de ervas e alho; Pernil de cordeiro à caçadora e Sausage Rolls.

brunch_seen_estuI_dio_gastronoI_mico1
Foto: Estúdio Gastronômic

O menu ainda oferece sushi bar, boulangerie, charcuterie, saladas, opções quentes, sobremesas e pratos à la carte. O Brunch do Dia dos Pais tem o valor de R$ 165,00 por pessoa e inclui água, suco, refrigerante e cervejas (Seen Beer, Heineken; Cerpa; Stella Artois). As reservas já podem ser feitas pelo telefone ou e-mail.

Valor: adultos R$ 165,00; crianças até 6 anos: cortesia. Crianças de 6 a 12 anos: R$ 60,00.

seen_fran_parente__1__menor
Foto: Fran Parente

Seen: Alameda Santos, 1437 – 23° andar – São Paulo, Brasil. Horário de funcionamento: domingo, 12 de Agosto, das 12h30 às 16h. 

Restaurantes criam cardápio em homenagem ao Dia dos Pais

Divina Panqueca, Fitó, Graça di Napolli, Mercearia do Conde e Toro Sushi oferecem cortesias, drinques e pratos especiais para o domingo (12)

Menu especial para comemorar o domingo em família. Esse é o espírito do almoço de Dia dos Pais (12) nos restaurantes mais badalados de São Paulo. Para deixar a data ainda mais saborosa, as casas prepararam pratos, menus especiais, drinques e mimos para presentear os pais.

Wellington Nemeth - Fotografo
Na compra da pizza Toscanella, a Graça di Napolli oferecerá um chope aos pais. Foto: Wellington Nemeth

E como domingo é dia de pizza na cidade, nada melhor do que reservar o Dia dos Pais para celebrar esse momento. Pizza com toques de alta gastronomia em ambiente despojado. Gourmet, mas sem deixar de lado o gosto e a “graça” de uma pizza com massa caseira, com ingredientes de preparo artesanal. Assim é a premiada Graça di Napolli, pizzaria localizada em Santana, zona norte de São Paulo, e que já ganhou os títulos de melhor pizzaria da cidade (júri da Veja São Paulo) e do Brasil (revista Gula). O diferencial da casa é a massa, que tem preparo artesanal, com fermentação natural e vários dias de descanso. No jantar especial de domingo, a pizzaria oferecerá um chope para os pais que escolherem a pizza Toscanella, que reúne com molho de tomate italiano, queijo caccio cavalo, língua de boi levemente defumada e cebola roxa (R$ 85,00, a grande, com 8 pedaços, e R$ 42,00, a broto, com 4 pedaços).

Foto 02

O Divina Panqueca presenteará os pais com uma cerveja long neck na compra de um prato principal. Foto: Romulo Fialdini.

Domingo combina também com panqueca. Novidade no Tatuapé, o Divina Panqueca conta com receita secreta de família passada de geração para geração. O restaurante traz mais de 20 sabores de panquecas, em versões gratinadas (com molho branco, pomodoro caseiro ou bolonhesa), recheadas e doces, do tipo crepe e americana. E até opções vegetarianas, sem lactose, low carb (pouco carboidrato) e sem glúten, com farinhas de linhaça, castanha e amêndoas, para quem está de olho na dieta ou tem restrições alimentares. Para o Dia dos Pais, o restaurante presenteará os que vierem acompanhados de seus filhos. Na compra dos pratos principais da casa, no domingo os pais ganham uma cerveja long neck de cortesia.

Foto 03
Carne de Sol, prato tradicional do restaurante Fitó Cozinha. Crédito da foto: Mario Rodrigues.

Apontado recentemente pelo prestigiado jornal New York Times como “programa imperdível” em São Paulo, o Fitó, restaurante inspirado na culinária do Piauí, é dica certeira para levar os pais no domingo. No piso superior há um rooftop, uma agradável laje, bem no coração de Pinheiros. Para celebrar a data, a dica da cozinheira Cafira Foz é o Arroz de Capote (R$ 52), preparado com galinha d’angola, favas, maxixe e farofa de miúdos com coco. Outra opção é a tradicional Carne de Sol da casa (contra-filé de carne-de-sol selado na manteiga de garrafa, com purê de cará e vinagrete, R$ 42). Para brindar, a dica é o exótico Cabeça de Cuia (Jameson, fermentado de caju do Piauí, espuma de gengibre e raspas de amburana, R$ 28). Drinques para pais de personalidade.

Foto 04
Ao pedir um dos pratos principais do menu especial, os pais ganham uma caipirinha da Mercearia do Conde. Crédito da foto: Tadeu Brunelli.

Multicultural e astral, a Mercearia do Conde, localizada no coração do Jardim Paulistano e sob o comando da restauratrice Maddalena Stasi, tem ambiente perfeito para reunir toda a família. Fadas e trapezistas parecem voar pelo ambiente. Quadros, pierrôs, espelhos, relicários, bicicleta, vassouras, panos de prato bordados, sacolas de feira, móbiles e artesanato variado estão por todos os cantos. Para o fim de semana comemorativo, dias 11 e 12/agosto, tanto no almoço quanto no jantar, a casa servirá um menu completo em 3 tempos. Para começar, Bolinho de Bacalhau (R$ 42, seis unidades) e Steak de Tartar (R$ 38). Como principais, o Carré de Cordeiro (R$ 89) e o Tagliatelle com Lulas e Camarões à Provençal (R$ 82). Para finalizar, Cheesecake com Geleia de Framboesa Caseira (R$ 29). Como cortesia, os pais que pedirem qualquer um dos pratos principais do menu especial ganharão uma das caipirinhas da casa. A dica é a Caipira do Engenho (cachaça, limões cravo, siciliano e Taiti com mel de engenho).

Foto 05
No Toro Sushi, a dica são os menus-degustação Omakase e Omakase Sushi. Foto: Mario Rodrigues.

Com unidades em Moema e na badalada Oscar Freire, nos Jardins, o Toro Sushi oferece excelência na culinária japonesa. Reaberta após breve reforma, a unidade da Oscar Freire tem um sushi bar recepcionando os clientes e deixando o ambiente ainda mais aconchegante, verdadeiro convite para uma viagem pelas obras de artes de sabor. A dica para o Dia dos Pais é acompanhar no sushibar o menu-degustação e surpresa, o “omakase”, harmonizando com as cervejas especiais japonesas. São duas as opções: o Omakase (R$ 188), que reúne 7 pratos e 1 sobremesa e o Omakase Sushi (R$ 198), que reúne uma sequência de sushis e 1 sobremesa. O Omakase conta com entradas de mariscos e pescados, ussuzukuri (fatias de robalo acompanhada com shimeji confitado no azeite extra-virgem, brotos de rúcula, raspas de limão-taiti e flor de sal, ao molho ponzu), sashimis, sushis, grelhados e até opções fritas. Já o Omakase Sushi apresenta uma sequência de nigiri sushi (feita tradicionalmente e moldada à mão com uma fatia de peixe cru sobre uma pequena porção de arroz e um leve toque de wasabi), preparada com uma grande variedade de produtos. O prato conta, primeiramente, com pescados brancos, mais leves, como o pargo ou o robalo. Os peixes brilhantes, mais fortes, como carapau e sardinha, vêm em seguida, junto de inúmeras opções de mariscos, frutos do mar e ovas. Um dia para ficar na memória e no paladar dos pais e de toda a família.

Confira endereços e horários

Divina Panqueca: Rua Apucarana, 1165 – Tatuapé – São Paulo – SP – Horário: Domingo (12) das 11h30 às 22h30.

Fitó: Rua Cardeal Arcoverde, 2773 – Pinheiros – São Paulo – SP – Horário: Domingo (12), das 12h30 às 17h.

Graça Di Napolli Pizzaria GourmetRua Dr. César, 704 – Santana – São Paulo – SP 
Horário: Domingo (12), das 18h30 às 24h.

Mercearia do Conde: Rua Joaquim Antunes, 217 – Jardim Paulistano – São Paulo –
Horário: Domingo (12), das 12h30 às 23h.

Toro Sushi
Unidade Jardins: Rua Oscar Freire, 512 – Cerqueira César – São Paulo – Horário: Domingo (12), das 12h às 17h.
Unidade Moema: Alameda dos Anapurus, 1430 – Moema – São Paulo – Horário: Domingo (12), das 13h às 17h.

Inverno no Ristorantino tem Crema de Funghi para aquecer

O inverno chegou mesmo a São Paulo. E o chef Henrique Schoendorfer, do italiano Ristorantino, criou uma saborosa receita para aquecer esses dias frios. A novidade é o Crema de Funghi ao forno, um creme de cogumelos, que fica no interior de uma massa folhada em crosta (R$ 66,00).

CREMA DE FUNGHICREMA DE FUNGHI 1
Ristorantino: Rua Dr. Mello Alves, 674 –Jardins–SP – Horário – almoço: seguda a sexta, das 12h às 15h e sábados e domingos, das 12h às 17h. Jantar: segunda a quinta, das 19h às 24h e sexta e sábados, das 19h à 1h

Petiscaria especial no Claudius Grill

Há 24 anos no bairro de Perdizes, Claudius Grill traz uma inovação especial: a Petiscaria que, a partir do dia 27, sexta-feira, vai ser realizada periodicamente na casa juntando petiscos saborosos e promoção de vinhos, em uma casa muito agradável.

A Petiscaria do Claudius terá francesinha, bolinho de bacalhau, pastel, croquete, sardinha, biriba, isca de peixe e a batata Ilhabela, entre outros, tudo com o toque especial do Chef Claudio, reconhecido pelo sabor dos pratos que cria.

petiscaria claudius.png

Vinho em Dobro

Para ficar ainda melhor, na compra de uma taça do vinho da casa, a segunda taça é por conta do Claudius.

Sobremesas

le carré

O menu de sobremesas do Claudius traz as exclusivas criações da marca CFC Patissier, do Chef Caio Corrêa, com destaque para o Le-Carré (com 54% cacau, o bolo intercala camadas de creme, folhas e musse de chocolate). O cliente também pode adquirir os doces para levar para casa.

Corrêa é Chef Patissier, embaixador da Callebaut no Brasil e pós-graduado pela Ealing Hammersmith and West London College, em Londres. Estagiou na Ecole Gastronomique Bellouet Conseil, em Paris e atuou com grandes chefs, inclusive na Confeitaria Ladurèe, uma das mais conceituadas da França.

Claudius Grill Rua Cardoso de Almeida, 770, Perdizes – São Paulo – Horário da Petiscaria – dia 27 de julho – das 19h às 23h

QCeviche!: restaurante revisita clássicos peruanos

Desde maio, os restaurantes QCeviche! introduziram novidades no cardápio, assinado pelo chef peruano Rolando Limo, com passagens pelo restaurante-escola Don Ignácio, em Lima. O ceviche segue como a estrela da casa, em suas cinco versões – pescado (de peixe branco), nikkei, marino (com frutos do mar), vegano (de manga, abacate e cogumelos) e de frutas –, mas ganha uma degustação especial (R$ 54,00), na qual o cliente pode experimentar três sabores.

qceviche
Ceviche Marino

Entre as novidades estão a jalea mixta (filé de peixe branco, com camarões crocantes, anéis de lula, mandioca ou batatas fritas, acompanhado de salada de cebola e tomate, R$ 54,00); o filé mignon em salsa anticuchera (medalhão com molho de pimenta dos andes, batatas sauté, R$ 42,00); o risoto de lomo saltado (R$ 38,00); a salada pallares, típica do sul do Peru (fava branca cozida, cebola, tomate, pimenta dedo-de-moça e queijo branco, R$ 19,00); e a sopa criolla (carne, cebola, tomate, pimenta dos andes, cabelo de anjo, torrada e ovo poché, R$ 17,00), prato tradicional da costa peruana.

qceviche5
Jalea mixta
qceviche3
Filé mignon em salsa anticuchera
qceviche4
Risoto de lomo saltado
qceviche 2
Sopa Criolla

Para a happy hour (entre as 17 e 19 horas), há novos pratos para compartilhar, como o lomo al jugo con papas rusticas (asinhas de frango cozidas em baixa temperatura e cobertas por molho agridoce com batatas fritas, R$ 36,00) e a trilogia de tequenos (pastéis peruanos recheados com ceviche quente, lomo saltado e aji de galinha, servidos com guacamole e salsa huancaína, R$ 29,00), ambos combinam bem com os drinques da casa, como o pisco sour (R$ 22,00), nuestro chilcano (R$ 22,00), que leva milho roxo em sua composição.

QCeviche –  Faria Lima – Rua Tavares Cabral, 61, Pinheiros. Barra Funda -Rua Marquês de São Vicente, 1619, Barra Funda – Horário de funcionamento: das 12 às 15 horas e das 19 às 22h30 (em ambas as unidades)

Lanchonete preferida dos paulistanos, Ponto Chic tem forte ligação com a cidade

O Ponto Chic está entre os locais mais tradicionais de São Paulo, com mais de 95 anos de existência. E foi no Largo do Paissandu onde tudo começou, na loja mais histórica, fundada em 1922. A relação com o município é marcante desde sua inauguração, coincidindo com a Semana de Arte Moderna. O local passou a ser frequentado por intelectuais, artistas, modernistas e grandes celebridades como Mário de Andrade, Anita Malfatti, Monteiro Lobato e tantos outros.

A cidade completou 464 anos em 2018 e o Ponto Chic, detentor da receita original do lanche Bauru, foi eleito a lanchonete preferida dos paulistanos em pesquisa realizada pela empresa digital MindMiners em parceria com a Revista Veja São Paulo.

O estudo tinha como finalidade descobrir as preferências dos munícipes em vários itens e, em um deles, o Ponto Chic ficou no topo da lista. Foram ouvidos 1.500 moradores da cidade das classes A e B e o local ficou em primeiro no quesito lanchonetes, com 15% dos votos. Em seguida apareceram, respectivamente, a Lanchonete da Cidade, com 11,9%, e o General Prime Burger, com 9,9%.

Bauru4
O famoso Bauru

A empresa tem administração familiar e, atualmente, o responsável é o proprietário Rodrigo Alves, neto de Antônio Alves e filho de José Carlos Alves. Além do bauru, o restaurante tem como especialidade o rococó, sanduíche servido no pão francês com fatias de rosbife (frio), tomate em rodelas, pepino em conserva, queijo gorgonzola e aliche.

Rococo2
Aqui, outro sanduíche famoso, o Rococó

Além do bauru e do rococó, destaque para outras especialidades da casa, como Seleto (sanduíche no pão francês com finas fatias de rosbife quente, presunto, tomate em rodelas, pepino em conserva e uma mistura de 4 tipos de queijos fundidos), Mexidinho ao Ponto Chic (combinação de presunto picadinho, dourado na manteiga, ovo e o queijo do Ponto Chic, servido direto no pergaminho de forma a manter sua temperatura), Fritada ao Ponto Chic (fatias de presunto forram o pergaminho para receber o ovo e serem cobertos por fatias de queijo prato), Sanduíche de Pernil (fatias de pernil frescas servido no pão francês com molho especial de tomate e cebola), e Bauru no Prato (o famoso Bauru servido com o pão à parte).

Mexidinho2
Mexidinho
Pernil3
Sanduíche de Pernil

A cozinha do Ponto Chic oferece também um cardápio repleto de opções de pratos tradicionais da cultura do brasileiro e do paulistano. São as mais diversas massas, saladas, sopas, sanduíches clássicos, aperitivos frios, beirutes e porções. Entre as refeições, destaque para Feijoada, às quartas e sábados, e o tradicional Virado à Paulista, servido às segundas-feiras, prato que foi reconhecido em 2018 como patrimônio imaterial do estado de São Paulo.

Bauru e seus 80 anos de existência – Casimiro Pinto Neto era um dos alunos da Faculdade de Direito do Largo São Francisco que se tornaram assíduos frequentadores do Ponto Chic. Por ter nascido em Bauru (SP), Casimiro carregou o nome do município como apelido e foi o protagonista na criação do sanduíche mais pedido da casa e que soma mais de 80 anos.

“Era um dia que eu estava com muita fome. Cheguei para o sanduicheiro Carlos – hoje já falecido – e falei: – Abre um pão francês, tira o miolo e bota um pouco de queijo derretido dentro. Depois disso, o Carlos já ia fechando o pão e eu falei: – Calma, falta um pouco de albumina e proteína nisso (Eu tinha lido em um opúsculo livreto de alimentação para crianças, da Secretaria da Educação e Saúde, escrito pelo ex-prefeito Wladimir de Toledo Piza, também frequentador do PONTO CHIC – que a carne era rica nesses dois elementos). Bota umas fatias de roast beef junto com o queijo e ele já ia fechando de novo quando eu tornei a falar: – Falta a vitamina, bota aí umas fatias de tomate. Quando eu estava comendo o segundo sanduíche, chegou o ‘Quico’ – Antonio Boccini Jr. -, que era muito guloso e pegou um pedaço do meu sanduíche e gostou. Aí ele gritou para o garçom, que era um russo chamado Alex: – Me vê um desses do ‘Bauru’. Os amigos foram experimentando e o nome foi ficando. Todos quando iam pedir falavam: me vê um do ‘Bauru’, e assim ficou o nome de Bauru para o sanduíche inventado por Casimiro Pinto Neto, mais conhecido como Bauru”.

Bauru1
Bauru

A receita leva fatias de rosbife, tomate, pepino em conserva, e quatro tipos de queijos fundidos em banho-maria (queijo prato, estepe, gouda e suíço), preparados de um jeito único, tudo no pão fresquinho e crocante. Originalidade e sabor que fazem toda a diferença. Os chapeiros do Ponto Chic são treinados para manter o sabor da receita original, assim, geração após geração, quem visitar as lojas terá sempre a mesma experiência deliciosa ao provar o verdadeiro Bauru. Algumas lanchonetes adicionaram aos seus cardápios elementos inspirados na receita do nosso Bauru, difundindo ainda mais a fama do sanduíche ao redor do Brasil, mas o original só no Ponto Chic.

Tradição contribui para o sucesso do negócio

A longevidade e o sucesso da empresa podem ser explicados por fatores como respeito à tradição, consolidação da marca e um produto de qualidade que caiu no gosto dos clientes. Durante essa trajetória, o Ponto Chic passou por um período complicado na década de 70 quando foi despejado, já que o antigo dono teve dificuldades com o aluguel e o proprietário pediu o imóvel de volta.

“O fundador estava com idade avançada e não tinha interesse em seguir com o negócio, pois não tinha nenhum sucessor. Na época o meu avô (Antonio Alves) estava montando um restaurante perto de onde fica atualmente a loja das Perdizes e viu a notícia de que o Ponto Chic ia fechar. Foi aí que ele comprou a marca e chamou os ex-funcionários”, contou Rodrigo Alves.

A família Alves assumiu a administração do Ponto Chic mais precisamente em 1978. Desde então, o negócio seguiu prosperando principalmente por causa de uma gestão profissional e qualificada. “A expansão para mais de uma loja (atualmente são três) só foi possível com uma boa gestão financeira, entendendo o negócio e ajustando os preços, trabalhando sem fazer maluquices. É importante ter uma gestão racional e com foco no cliente, deixando de lado seu próprio gosto. Ter uma boa equipe é essencial, pois são eles que fazem a diferença”, afirmou Alves. O Ponto Chic tem lojas no Paissandu (Largo do Paissandu, 27), a mais tradicional, e as outras duas são localizadas nas Perdizes (Largo Padre Péricles, 139) e no Paraíso (Praça Oswaldo Cruz, 26).

Bauru6
Funcionário do Ponto Chic do Paraíso posa na Avenida Paulista com o famoso Bauru

A questão da tradição é uma das receitas do sucesso do Ponto Chic e é levada em conta também na relação com os funcionários. “Compreender seu negócio é fundamental. E o meu negócio é tradição. Espero que o cliente venha comer no Ponto Chic e tenha uma experiência. Que essa ida se torne algo memorável. E é a tradição que me proporciona essa mágica. É importante ter esses colaboradores mais velhos, pois eles são o espelho desta tradição. Na nossa folha de pagamento temos benefícios voltados para a terceira idade. Por exemplo, usamos um plano de saúde que é especializado nesse público. Considero fundamental a permanência deles porque são os pilares que mantêm a tradição, a cultura e os valores da empresa”, enfatizou.

Isso quer dizer que a tecnologia não está presente no Ponto Chic? Engana-se quem pensa assim. A modernidade fica restrita aos bastidores. “Temos uma tecnologia gigantesca, mas que fica escondida do cliente. Portanto, você nunca verá meu garçom com um tablet porque quebra a magia. Ele estará com aquela comanda tradicional em papel anotando seu pedido. Se meu garçom chegar para atender com um aparelho tecnológico vira uma contradição. Como o estabelecimento vende tradição e, ao mesmo tempo, o garçom trabalha com tamanha modernidade? Não faz sentido. É impossível não ter uma tecnologia por trás. Eu tenho e é isso que me permite ter todos os números para fazer a gestão. A tecnologia não fica à mostra, para que o cliente tenha a impressão que a gente continua operando como há 40 anos”, destacou.

E essa relação com os colaboradores sempre foi tratada como prioridade pelo Ponto Chic. “Sempre foi a nossa maior preocupação e dedicação. Eles são a chave do sucesso para uma empresa. São eles que estão o tempo inteiro frente a frente com o cliente. São eles que fazem toda a preparação e estão fritando a batata, fazendo o Bauru e atendendo o cliente. É uma relação de muito respeito, de saber dividir o bolo para premiar aquele colaborador que está trabalhando bem e trazendo resultados. Costumo dizer que não sou patrão de ninguém. O nosso patrão é o cliente. Uso essa frase com frequência. O relacionamento de confiança é um diferencial para que alguns estejam na empresa por tanto tempo”, finaliza o proprietário.

Informações: Ponto Chic

Falafel, bolinho vegetariano, é opção perfeita para o happy hour

Falafel é um bolinho feito à base de grão-de-bico com temperos típicos da culinária árabe. Seu sabor é marcante, a textura é diferente, além de ser uma ótima opção para os vegetarianos petiscarem com cerveja ou chope.

A iguaria é bem versátil, já que pode ser consumida sozinha, com molhos diversos e como recheio de sanduíches. Pode ser acompanhado de salada ou de vegetais em conserva.

No tradicional restaurante sírio-libanês Arabesco, com unidades na região de Perdizes e Paulista, em São Paulo, o falafel com molho de tahine e salada de alface sai por R$ 39,90.

falafel

Informações: Arabesco

Restaurante de Curitiba é o primeiro do Brasil com Seafood Tower

Tradicional fora do país, a torre de frutos do mar é um dos destaques do Go Fish – Fresh Seafood

Que tal saborear uma torre de frutos do mar com itens frescos e sabores incomparáveis? Tradicional no exterior, a Seafood Tower, uma torre de frutos do mar no gelo com molhos especiais, ganhou sua primeira versão brasileira em abril. O restaurante Go Fish – Fresh Seafood, de Curitiba (PR), é o primeiro do país a apostar na novidade que tem chamado atenção dos curitibanos.

No Go Fish, a Seafood Tower conta com três opções de tamanho. A maior delas, que custa R$ 380,00, tem como destaque camarões gigantes (220g), ostras (12 unidades), mexilhões (18 unidades) e lagosta (300g), além de limão siciliano, caesar, holandaise, sour cream, dill, brotos e batatas rústicas. As outras duas torres, com ingredientes diferentes, custam R$ 260,00 e R$ 160,00.

Go fish (9).jpg

Go Fish – Complexo Gastronômico Fresh Live Market – Alameda Doutor Carlos de Carvalho nº 1502,  Batel, Curitiba. Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 11h às 23h; nas sextas e sábados, das 11h às 24h; e aos domingos, das 11h às 21h